ANO IX - N.o 195

15 DE OUTUBRO DE 2013

Cresce o protesto contra o
terminal de ônibus do Itaim Pta.

Na tarde desta segun...
Pág. 2

15 DE OUTUBRO DE 2013

Saiba como reclamar Moradores do Jardim Nélia reclamam
de lentidão na construção de praça
s...
Pág. 3

15 DE OUTUBRO DE 2013

Moradores participam
de encontro sobre o
Conselho Participativo
Informações e orientações s...
Pág. 4

15 DE OUTUBRO DE 2013

PPS abre série de congressos zonais no Itaim
Começaram nesse sábado, 19 de outubro, os cong...
Pág. 5

15 DE OUTUBRO DE 2013

Centro Cultural recebe
exposição “Cinzas ao Mar”

A exposição “Cinzas
ao Mar”, da artista p...
Pág. 6

15 DE OUTUBRO DE 2013

Parques garantem
refúgio aos
paulistanos com
atividades gratuitas

Com aproximadamente
11 m...
Pág. 7

15 DE OUTUBRO DE 2013

Saiba como se
adequar ao horário
de verão
Relógios deverão ser adiantados uma
hora a meia n...
Pág. 8

15 DE OUTUBRO DE 2013

Como eliminar
manchas da acne
para esse tipo de tratamento, existem algumas máscaras caseir...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Folha 195

96 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
96
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Folha 195

  1. 1. ANO IX - N.o 195 15 DE OUTUBRO DE 2013 Cresce o protesto contra o terminal de ônibus do Itaim Pta. Na tarde desta segunda-feira (21), aconteceu mais uma manifestação em frente à subprefeitura do Itaim Paulista contra o projeto do Prefeito Haddad que quer a instalação de um Terminal de Ônibus bem no centro comercial do bairro. Desta vez cerca de 400 pessoas participaram de uma passeata que partiu do centro do bairro, próximo ao terreno onde a prefeitura pretende desapropriar, e foi caminhando Pág 03 até ... Pneus em chamas na Av Marechal Tito, interrompe o trânsito na maior via expressa da região PPS abre série de congressos zonais no Itaim Começaram nesse sábado, 19 de outubro, os congressos zonais do PPS paulistano com um encontro dos diretórios da zona leste, no Itaim Paulista. Nestes três encontros regionais serão debatidos assuntos de interesse da militância partidária e renovadas as suas direções locais. Nesta segunda-feira, 21, reúnem-se os diretórios da zona norte, oeste e centro expandido. No dia 26 é a vez... Pág 04 Projeto de Amazonas que Moradores do Jd Nélia reclamam de lentidão na inclui gás na cesta básica recebe apoio de lideranças construção de praça Recebemos denúncia anônima de um morador da Rua Magnólia Azul, Jardim Nélia, sobre uma praça existente na esquina desta rua com a Itajuíbe. Fomos até o local onde existe uma... Pág 02 Buscando aprimorar as políticas públicas relacionadas ao gás de cozinha e assegurar o acesso da po- pulação ao produto a um preço mais baixo, o deputado Alcides Amazonas (PCdoB) ... Pág 04 Subprefeituras de SP irão fiscalizar lei do silêncio Pág 02 Prefeito Haddad visita Itaim Paulista As autoridades foram recebidas pela Subprefeita e Chefe de Gabinete. Eles visitaram obras e partici- param da inauguração da EMEI Parque Santa Rita. O prefeito visitou na quinta-feira ... Pág 04
  2. 2. Pág. 2 15 DE OUTUBRO DE 2013 Saiba como reclamar Moradores do Jardim Nélia reclamam de lentidão na construção de praça sobre bueiros entupidos ou abertos “Chama-nos à atenção a falta do Valor Total da obra, que deveria estar registrado na placa de identificação da obra, o que dá mais transparência na aplicação do dinheiro público”, disse uma professora que não quis se identificar. Os serviços realizados têm como objetivo garantir um melhor escoamento das águas evitando assim alagamento nas vias. Placa no local, que não informa o valor da obra. As equipes da Subprefeitura do Itaim Paulista/Vila Curuçá executam diariamente, limpeza nas bocas de lobo e ramais das galerias da região. Lembramos que os serviços de manutenção são efetuados manualmente e mecanicamente, tendo como principal objetivo impedir a obstrução da drenagem garantindo assim um melhor escoamento das águas. Desse modo, diariamente são realizadas a limpeza de 120 bocas de lobo manualmente e 15 limpezas mecanizadas com o apoio do popular tatuzão (equipamento que combina hidrojato com o sugador). No dia 9 de outubro, os serviços foram feitos nas ruas Ângelo Stefanini, Paulo Tapajós, Padre Francisco Veloso e Desembargador Juarez Mattos Barreto Bezerra de Menezes. Assim, com a retirada dos lixos, entulhos e objetos que naturalmente correm para os bueiros, a Subprefeitura busca solucionar problemas com enchentes e alagamentos. Portanto,para que os trabalhos surtam efeitos com melhores resultados, é necessário que a população colabore não jogando qualquer tipo de material ou objeto que gere entulho nas ruas. Lembrando que os munícipes podem solicitar serviços de limpeza de bocas de lobo pela internet SAC – Serviço de Atendimento ao Cidadão através do site http://sac.prefeitura.sp.gov. br/, na Praça de Atendimento da Subprefeitura do Itaim Paulista, que fica localizada na Avenida Marechal Tito, 3012 ou ligar para 156. Recebemos denúncia anônima de um morador da Rua Magnólia Azul, Jardim Nélia, sobre uma praça existente na esquina desta rua com a Itajuíbe. Fomos até o local onde existe uma praça (sem nome), na confluência dessas duas ruas, no Jardim Nélia e constatamos que a obra em andamento foi contratada pela Subprefeitura do Itaim Paulista, e a responsável pela execução dos serviços é a empresa Construmedici Engenharia e Comércio Ltda. Tentamos obter maiores informações sobre o andamento da obra e os moradores denunciam que ela está num ritmo muito lento. “Estou indignada com o ritmo dessa obra e a prefeitura deveria retirar o lixo dessa caçamba mais vezes, porque quando ela enche de lixo nos faz ter que passar no meio dos carros, porque não tem calçada. É sem noção aquela caçamba”, diz Jeane moradora da Rua Ferreira de Lemos. A reclamação de Dona Marinalva Evangelista, moradora na Rua Magnólia, vai na mesma direção: “Eu acho que a prefeitura está tendo um descaso com a população, porque o lixo está demais. Vêm pessoas de fora, com o carro, colocar o lixo aqui. Eles tinham que colocar brinquedos, luz, aparelhos de ginástica para que as crianças ficassem à vontade para brincar. Aqui está virando um lixão. Eu moro aqui ao lado e na minha casa vai rato.” Para Natalícia Teixeira falta muita coisa nessa praça. “Falta segurança, iluminação, falta refazer a quadra e torná-la um local digno para as famílias poderem frequentar sem medo. Do jeito que está, não dá para passar aqui à noite” Outra que reclama da subprefeitura é dona Iracema de Valença que, em sua opinião, tem que melhorar tudo. “Tá muito feio. Eles colocam o lixo nessa caçamba mas não tem ninguém pra tomar conta. O desrespeito aos moradores é muito claro”. Na opinião do Sr. Ex- pedito a obra está devagar, quase parando. “Eu acho que eles pegam vários serviços e acabam não terminando nada. Tem que pegar e terminar por partes. Tem dias da semana que vem um funcionário, mas fica parado, não faz nada.” Finalizando a reportagem, ouvimos a manifestação do Sr. Cesar: “Todos nós vemos o descaso na construção. Eles começam mas não terminam. Essas caçambas de lixo já era pra serem tiradas, porque os ratos estão invadindo as nossas casas. Então o que tem que fazer é cobrar do poder público a reconstrução rápida da praça, porque já está paga, e exigir a retirada desse lixo e das caçambas, e a recuperação da nossa quadra. Foi tudo feito nas ‘coxas’ e tá horrível. O orçamento da praça já foi feito e aprovado, então por que não terminaram?”, conclui o morador. Subprefeituras de São Paulo irão fiscalizar lei do silêncio Um veículo do GRUPO ACONTECE de Jornais e Revistas A marca Folha do Itaim existe a 42 anos, sendo 9 anos sob a direção do Grupo Acontece de Jornais e Revistas. CIRCULAÇÃO: Itaim Paulista, Vl Curuçá, Jd Robrú, Alto Tiete (Itaquá, Poá, Ferraz de Vasconcelos e Suzano) 35 mil exemplares - 1ª Quinz Out 2013 Diretor Executivo: Jornalistas (fl): Diretor de Arte: Designer Gráfico Reporter Fotográfico: Fotografo Teen: Revisora: Gerente Financeiro: Depto. Jurídico: Distrib./Logistica: Divaldo Rosa Silmara Galvão Nunes-MTb 51.096 Sérgio Avante Ademir Rodrigues Adriana Correa Bruno Barreto Rosa Prof. Suseli Corumba Rosa Ademir Rodrigues Agilson M. Oliveira MULTI - Distrib. de Jornais e Folhetos REDAÇÃO E PUBLICIDADE Fone/Fax: 2031-2364 / 2513-0928 Av. dos Guachos, 166 - 08030-360 - Vila Curuçá – SP www.aconteceagora.com.br | E-mail: raleste@gmail.com As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. O Programa de Silêncio Urbano (Psiu), com sede no centro de São Paulo e subordinado à Secretaria de Coordenação das Subprefeituras, será descentralizado para as 32 subprefeituras de São Paulo. Com apoio de guardas civis metropolitanos e da PM, parte dos agentes que hoje atua nos bairros do centro expandido será deslocada para atender regiões da periferia com grande volume de reclamações de barulho à noite, principalmente em relação aos “pancadões” de funk realizados por pequenos bares e postos de gasolina. Segundo o governo, em cada subprefeitura haverá um plantão ao final de semana para atender aos chamados da população. Hoje, entretanto, são apenas 14 técnicos e 5 engenheiros para fazer as blitze do Psiu e fiscalizar a lei do silêncio em mais de 20 mil bares e 10 mil igrejas. Os agentes relataram temer a falta de estrutura, como equipamentos e segurança, para fazer autuações em áreas mais violentas. Em nota, a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras argumentou que novos técnicos serão treinados e capacitados para trabalharem no Psiu. “Não será uma divisão pura e simples dos servidores, haverá uma adequação do pessoal com treinamentos de pessoas que farão parte das equipes e no uso do sistema. O trabalho do Psiu retoma o sistema de trabalho que já foi feito no passado (entre 2001 e 2004) com o engenheiro de plantão na subprefeitura”, informou o governo, que também pretende usar PMs da Operação Delegada na fiscalização. A lei do silêncio em São Paulo proíbe o funcionamento de bares, casas noturnas e restaurantes sem isolamento acústico após a 1 hora. As multas variam de R$ 7 mil a R$ 34 mil, com risco de o estabelecimento ser lacrado em caso de reincidência. Nas áreas residenciais, o limite de tolerância para o barulho é de 50 decibéis, das 7 horas às 22 horas, e de 45 decibéis (barulho equivalente a um liquidificador ligado) das 22 horas às 7 horas. Ao apresentar na semana passada o projeto de descentra- lização do Psiu, a diretora do programa, Debora Castelani, na sede do Conselho de Segurança (Conseg) do Tatuapé, afirmou que as reclamações feitas no número 156 serão imediatamente repassadas ao engenheiro de plantão na subprefeitura da área. Ela admitiu que hoje o órgão só consegue muitas vezes ir ao local 15 dias, em média, após a reclamação. A Prefeitura recebe cerca de 2 mil denúncias por mês por descumprimentos da lei do silêncio.
  3. 3. Pág. 3 15 DE OUTUBRO DE 2013 Moradores participam de encontro sobre o Conselho Participativo Informações e orientações sobre o Conselho foram expostas aos participantes durante o debate que aconteceu na sexta-feira, (04). O encontro que aconteceu na sexta-feira, (04), no auditório do CEU Vila Curuçá teve a presença de aproximadamente 150 pessoas, incluindo a Subprefeita, Chefe de Gabinete e o Secretário de Relações Governamentais que em suas considerações declarou a importância da participação da população junto ao conselho, visto que o mesmo terá sua formação exclusivamente feita por representantes da sociedade civil, eleitos pelos moradores de cada distrito da cidade de São Paulo. Lembrando que os conselheiros escolhidos ajudarão a administrar a cidade, expressando a necessidade de cada região e apresentando planejamento, sugerindo também ações e políticas públicas nos territórios, além de fiscali- zarem os gastos públicos. Com isso, o conselho terá conhecimento antecipado dos investimentos que serão destinados às regiões podendo acompanhar as Execuções Orçamentárias e, ao fazer parte do governo, terá pleno poder em criticar, concordar ou discordar das decisões desde que esteja amparado pela legislação vigente. No decorrer do encontro o Secretário ouviu atentamente e esclareceu alguns questionamentos feitos pelos moradores e futuros candidatos. Enfim, foram atendidas positivamente as expectativas previstas no encontro, visto que o processo em sua execução resultará no desenvolvimento das regiões e consequentemente de toda a cidade de São Paulo. Cresce o protesto contra o terminal de ônibus do Itaim Pta. Na tarde desta segundafeira (21), aconteceu mais uma manifestação em frente à subprefeitura do Itaim Paulista contra o projeto do Prefeito Haddad que quer a instalação de um Terminal de Ônibus bem no centro comercial do bairro. Desta vez cerca de 400 pessoas participaram de uma passeata que partiu do centro do bairro, próximo ao terreno onde a prefeitura pretende desapropriar, e foi caminhando até a subprefeitura, obstruindo a via sentido centro, da avenida Marechal Tito, com fogos de artifícios, carro de som, apitos, cartazes e faixas onde constavam frases com dizeres contra a construção do terminal de ônibus no centro do bairro. Moradores, funcionários de lojas e comerciantes do Itaim Paulista estão em uma luta constante contra o projeto da Prefeitura que planeja construir o “Terminal de ônibus do Itaim Paulista” na região central mais valorizada do bairro, trazendo desapropriações e desempregos para o bairro. À frente da manifestação esteve Josimar Andrade, diretor de relações sindicais da cidade de São Paulo que, em entrevista ao Jornal Folha do Itaim & Curuça, explicou que ninguém está contra o terminal de ônibus, mas sim contra o local escolhido pela prefeitura. “Serão cerca de 300 desapropriações e isto vai provocar um estrago monstruoso na economia do bairro, prejudicando o comércio da região. Não podemos deixar que isto aconteça e a nossa intenção é que seja estudado um novo local para este terminal”, frisa ele. Indignados e pegos de surpresa, trabalhadores e comerciantes do Itaim Paulista, também em entrevista ao jornal Folha do Itaim & Curuçá, se mostraram bastante insatisfeitos com a ideia e resolveram protestar contra o projeto. A gerente da Loja ABC Center, Karina dos Santos Silva, se diz muito chateada em ver que pode perder o emprego, “tem 10 anos que trabalho no mesmo local, a loja em que trabalho tem tradição na região há 40 anos, servindo a todos os moradores, isto não é justo, eles precisam olhar para nossa região com mais carinho”, lamenta ela. Com uma faixa preta exposta ao longo do trecho da Avenida Marechal Tito, empresários e líderes comunitários afirmam que estão querendo matar o centro comercial e que a população e o bairro estão de “luto” por esta causa: “Isto é uma falta de respeito com nossa região que foi construída ao longo destes 50 anos, alguém precisa interceder por nós, mas se não tiver ninguém, lutaremos nós mesmos, moradores”, afirmou a empresária Judite Ramos. Ao chegar em frente à subprefeitura do Itaim Paulista, em forma de torcida organizada, todos os participantes da manifestação gritavam o “grito de guerra”, que dizia “Olha, quem diria, trabalho e renda é tudo hipocrisia”. Esbravejando sua revolta em forma de reivindicação, a multidão dizia: “Fora vereador Zelão”. “Vamos fazer o que for possível para não perder nossos empregos, o nosso bairro merece mais respeito”, declarou a funcionária da Farmácia Popular Raquel Gonçalves. No decorrer da manifestação lideres comunitários se queixavam da falta de apoio de alguns parlamentares que, segundo os próprios manifestantes, não quiseram ouvir a voz do povo. “Cadê o Ricardo Teixeira, cadê a vereadora Noemi Nonato para nos ajudar nesta hora?” diziam eles. A passeata foi uma manifestação pacífica, porém a Guarda Civil Metropolitana esteve de prontidão em frente à subprefeitura para inibir qualquer tipo de atitudes hostil.
  4. 4. Pág. 4 15 DE OUTUBRO DE 2013 PPS abre série de congressos zonais no Itaim Começaram nesse sábado, 19 de outubro, os congressos zonais do PPS paulistano com um encontro dos diretórios da zona leste, no Itaim Paulista. Nestes três encontros regionais serão debatidos assuntos de interesse da militância partidária e renovadas as suas direções locais. Nesta segunda-feira, 21, reúnem-se os diretórios da zona norte, oeste e centro expandido. No dia 26 é a vez da zona sul. Com a presença da exvereadora Soninha Francine, que fez uma palestra sobre a situação da cidade e do país, principalmente sobre os problemas da questão tributária, as administrações petistas e a necessidade de reformas no país, lideranças partidárias e comunitárias puderam expor suas opiniões sobre saúde, transporte, educação, a sucessão presidencial e outros assuntos em pauta, sobre a política e o cotidiano da cidade. O presidente municipal do PPS/SP, Carlos Fernandes, fez um balanço do momento político-partidário e alguns informes importantes. Por exemplo: a eleição dos conselhos participativos das subprefeituras e a abertura das inscrições para um curso de formação política destinado à militância do PPS e realizado pela FAP (Fundação Astrojildo Pereira). Entre as críticas à gestão do prefeito Fernando Haddad, foram bastante citados o aumento do IPTU e a implantação das faixas de ônibus nas principais vias de São Paulo, que não bastam como ato isolado para a melhoria do transporte público. Além de dirigentes mu- Nelson Teixeira-Secretario, Carlos-Presidente Diretorio Municipal, Soninha-Presidente PPS e Mota presidente do Diretorio zona do Itaim Paulista Nelson Teieira Toninho Novaes Carlos Fernandes, presidente Municipal do PPS Projeto de Amazonas que inclui gás na cesta básica recebe apoio de lideranças Audiência sobre gás de cozinha discute maneiras de baratear produto e valorizar o setor Buscando aprimorar as políticas públicas relacionadas ao gás de cozinha e assegurar o acesso da população ao produto a um preço mais baixo, o deputado Alcides Amazonas (PCdoB) reuniu lideranças do setor e consumidores em audiência pública na Assembleia Legislativa nesta terça-feira, 15. Como resultado, o parlamentar se comprometeu a organizar todas as propostas apresentadas tanto no evento quanto nas diversas reuniões que tem realizado com as entidades de classe e entregá-las diretamente à presidenta da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis, Magda Chambriard, durante audiência que acontecerá em breve no Rio de Janei- ro, na sede da ANP. Dentre tais sugestões destacam-se a criação de uma câmara de intermediação para facilitar o diálogo entre revendas e ANP e a busca de ações que barateiem o custo do produto para o consumidor final, a exemplo do Projeto de Lei 536/13, de autoria do deputado Amazonas, que dispõe sobre a inclusão do gás de cozinha na cesta básica resultando na redução da carga de ICMS de 12% para até 7%. “Um produto essencial para a vida das pessoas deve ter um valor acessível especialmente para as de menor poder aquisitivo. Nosso projeto, portanto, tem importante caráter social”, enfatizou. Outro projeto do deputado, o PL 393/13, propõe garantir a livre circulação do produto. “Estamos vendo, nesses últimos dias, o quanto é ruim para a sociedade a falta do GLP. Este projeto visa a liberar seu tráfego independentemente de regras como as de rodízio”, explica o deputado. Na audiência, os participantes elegeram Amazonas o padrinho do gás no estado e também foi lançada uma cartilha do mandato de Amazonas com suas opiniões e ações para o setor de gás de cozinha. A cartilha pode ser baixada no site do deputado (www.alcidesamazonas.com.br) ou ser solicitada em seu gabinete pelo 3886-6738/6719. Representantes do setor Giovanni Buzzo, presidente da Associação de Sindicatos e Revendedores Gás LP (Feng), falou sobre a importância do setor na geração de emprego e renda, destacando que somente no estado de São Paulo existem 11 mil revendedores que, ao todo, empregam cerca de 60 mil pessoas. Ricardo Tonietto, diretor jurídico do Sindigás, destacou a importância do PL 536/13. “Não faz sentido o arroz e o feijão estarem na cesta básica e o gás, usado para prepara-los, não estar”. Manoel Bernardino de Souza, da Federação dos Trabalhadores no Comércio de Minérios e Derivados de Petróleo no Estado de São Paulo (Fepetrol), falou da insegurança que há para os trabalhadores do setor. “O poder público e a polícia não ajudam. E prestamos um serviço essencial, pois além da venda no comércio, entregamos o produto na casa das pessoas”. Francisco Neves, coordenador do escritório da ANP em São Paulo, destacou que “a agência tem buscado a confluência entre aos interesses públicos, do empresariado, do consumidor e do trabalhador”. E explicou que a fiscalização “não é nenhum monstro e que não tem a finalidade de gerar caixa para o governo, mas sim de contribuir para o cumprimento das regras necessárias para o bom funcionamento do setor e a segurança do consumidor”. nicipais e zonais, jornalistas e radialistas locais, marcaram presença alguns suplentes de vereador do PPS, que disputaram a eleição municipal de 2012, entre eles Adinelson Motta, Denilson Perozzo, Felipe Guerra, Hilda Alvese Luiz Carlos Trucolo. O Congresso Municipal do PPS paulistano vai ocorrer no próximo dia 9 de novembro, das 9h às 15h, na UniSantana (Rua Voluntários da Pátria, 257, Santana, zona norte). Posteriormen- te, o Congresso Estadual do PPS deverá acontecer no dia 24 de novembro, um domingo, na Assembleia Legislativa. O 18º Congresso Nacional do partido também será realizado em São Paulo, nos dias 6, 7 e 8 de dezembro de 2013. Foram aprovadas as normas gerais (confira aqui) para a realização dos congressos, que apresentam como tema “Uma nova agenda para o Brasil: nova política, nova economia, novo governo”. Prefeito Haddad visita Itaim Paulista As autoridades foram recebidas pela Subprefeita e Chefe de Gabinete. Eles visitaram obras e participaram da inauguração da EMEI Parque Santa Rita. O prefeito visitou na quinta-feira (03) a região do Itaim Paulista/Vila Curuçá, acompanhado dos Secretários de Infraestrutura Urbana e Obras, Educação e Coordenação das Subprefeituras. A visita começou na obra de construção de galerias de águas pluviais e sistema de microdrenagem nas ruas Paulo Martins Garro, Damião Cosme de Faria e Avenida Fernando Pacheco Jordão no Jardim Camargo Novo. Esta obra faz parte do Programa de Redução de Ala- gamento – PRA e estão sendo construídas bocas de lobo e ramais de captação em tubos de concreto para o escoamento das águas de chuva. Em seguida inaugurou a EMEI Parque Santa Rita localizada na Avenida Fernando Figueiredo Lins, que atualmente está com 366 alunos matriculados e possui capacidade de atender até 415 alunos na faixa etária entre 3 e 5 anos . Lá conheceu os espaços existentes, dialogou com os alunos, assistiu a apresentação do Sarau literário “O que dizem os umbigos”. Por fim, participou de um debate com alguns pais dos alunos, onde foram apresentadas críticas e sugestões para melhorias do bairro.
  5. 5. Pág. 5 15 DE OUTUBRO DE 2013 Centro Cultural recebe exposição “Cinzas ao Mar” A exposição “Cinzas ao Mar”, da artista plástica Carla Fatio, inaugurada no último dia 11, no Centro de Educação e Cultura “Francisco Carlos Moriconi”, pode ser conferida até o dia 31 de outubro, de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas. A entrada é gratuita. Iniciativas como essa, promovidas pela Prefeitura de Suzano, por meio da Secretaria de Cultura, visa fomentar o intercâmbio com artistas consagrados e trazer a contemporaneidade e o diálogo do fazer artístico para a cidade. A artista apresenta quatro obras, cada uma de dois metros. São elas: Mãe Aiuca, Liláceas, Peixe Anjo e Balanus. Carla Fatio tem percorrido o circuito nacional e internacional de exposições individuais e coletivas. O pensamento feminino, a sensibilidade e o resgate da autoestima, sintetizam as reflexões presentes em suas obras. A exposição intitulada “Cinzas ao Mar” vibra as várias “marés e luas cheias” por meio de metáforas, que invadem o dia a dia das atribulações das pessoas. Pintura pura, poética em registro permanente do seu caminho, a obra convida ao exercício da imaginação e respeito pelo próprio sentimento. Além disso, Carla propõe uma oficina com crianças, jovens e artistas da cidade, para juntos, construírem e reconhecerem o artista e seu lugar (um diálogo sobre a arte contemporânea e processo de releitura de sua obra). Nesses encontros, os participantes terão a oportunidade de desenvolver exercícios criativos com tintas, papéis e outros materiais. O evento está marcado para o próximo dia 18, das 10 às 11h30 (para adultos); mais tarde (das 13h15 às 14h15), no mesmo dia, será a vez de crianças e jovens. No dia 23, a oficina se repete em ambos os horários, para os adultos, e no dia 24, das 10 às 11h30, para público de todas as ida- Estudantes plantam Ipês na várzea do Tietê no Miguel Badra des. O Centro Cultural fica na rua Benjamin Constant, 682, na área central. Sobre a artista Carla Francisca Fatio possui Doutorado em Comunicação e Cultura, habilitação em Produção Artística e Crítica Cultural na América Latina pelo PROLAM (Programa de Pós-Graduação em Integração da América Latina) da USP – Universidade de São Paulo. Mestrado em Ensino e Aprendizagem pela UNESP – IA, Mestrado em Psicopedagogia, com ênfase em déficit de aprendizagem, pela UNISA (Universidade de Santo Amaro), e outras especializações relacionadas à gestão de eventos e área cultural. É uma artista plástica visual, que trabalha com desenvolvimento de pesquisas na linguagem contemporânea, atuando também como artista-educadora, em segmentos de vulnerabilidade infantojuvenil. Os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Vitor Salviano, do Miguel Badra Baixo, participaram do projeto de Educação Ambiental realizado pela Prefeitura de Suzano, por meio das secretarias de Assuntos Urbanos, Serviços e Manutenção, Meio Ambiente e Educação. Os pequenos plantaram mudas de Ipê na avenida Governador Mário Covas Junior, na várzea do rio Tietê. Ao todo, 100 mudas de Ipê (amarelo, branco, roxo e rosa), cultivadas no viveiro municipal, foram distribuídas no decorrer do acostamento da rotatória do Miguel Badra até a divisa com Itaquaquecetuba. As espécies (de diferentes cores) florescem em meses alternados. As 28 crianças (representantes de duas classes da 3ª série) estavam empolgadas com a atividade. Depois de ouvirem as instruções, as mudas eram rapidamente colocadas nas “covinhas” e cobertas pela terra. A alegria de colocar a “mão na massa” era visível. Pablo, que tem dificuldades de locomoção, também participou da ação. Com ajuda, o menino plantou sua primeira árvore. “Gostei muito, foi demais!”, celebrou enquanto limpava as mãos sujas de terra. Os secretários Edmir Pereira Vidal e Carmen Lúcia Lorente, titulares do Meio Ambiente e Assuntos Urbanos, explicaram que a administração pretende levar a atividade para todas as escolas. “A ideia é não parar. Queremos que as crianças tenham uma vivência constante com a natureza, criando uma cultura de proteção ao meio ambiente. A intenção é plantar as mudas nas proximidades das escolas”, afirmaram. E o plantio é apenas uma das etapas do trabalho de conscientização. Professores e alunos desenvolverão o tema dentro das salas de aula também. Segundo Ana Maria Speglis Cezar, professora do 3º E, as crianças vão dividir a experiência vivida hoje com seus colegas e realizarão atividades relacionadas. “Vamos levar o exemplo para o ambiente escolar e tentar plantar também nas dependências da unidade”, informou. A ação também foi uma forma de celebrar o Dia da Árvore (21 de setembro), o início da Primavera e aniversário do Rio Tietê (22 de setembro). A previsão da Secretaria de Meio Ambiente é de que até o final da gestão 15 mil árvores sejam plantadas em Suzano.
  6. 6. Pág. 6 15 DE OUTUBRO DE 2013 Parques garantem refúgio aos paulistanos com atividades gratuitas Com aproximadamente 11 milhões de habitantes, São Paulo é considerada uma das mais importantes cidades do mundo, ao reunir diversificado pólo cultural, artístico e gastronômico. Também chamada de “Selva de Pedra”, a quatrocentenária cidade é conhecida pelo seu caótico e diário congestionamento, precarização do sistema de transporte e, sobretudo, pela conturbada mobilidade de seus moradores. Mas apesar do aparente cenário apocalíptico, São Paulo também pode ser uma boa opção aos que buscam tranquilidade, contato com a natureza e espaço para esportes e lazer. Com mais de 100 parques públicos, a capital paulista reserva ótimas opções pelos quatro cantos da cidade, como o Ibirapuera, Villa-Lobos, Aclimação, Parque do Carmo e da Cantareira. Voltadas à realização de atividades físicas, recreação ou para um descompromissado passeio em família, as opções revelam-se verdadeiros refúgios para os paulistanos que buscam qualidade de vida e bem-estar coletivo. Cinema itinerante, alimentado pela luz solar, visita os CEUs em outubro e novembro Grupo Acontece de Jornais e Revista completa 20 anos de atuação O maior grupo de comunicação impressa da zona leste está em festa, pois estamos comemorando 20 anos de atuação em um dos ramos mais difíceis de sobreviver, em nossa economia. De fato a atividade de comunicação ou mídia impressa vem amargando grandes perdas, em função do crescimento da internet, e de outras modalidades de mídias. Nesses 20 anos ocorreu uma verdadeira revolução gráfica, com os jornais deixando de ser montados em pranchetas de past-up, e passando a ser diagramados em computador graças a criação de modernos programas como Page Maker, In Design, Photoshop e Corel Draw. Ainda no campo gráfico, deixamos de enviar os arquivos em simples disquetes para hoje utilizarmos os modernos sistemas de transmissão de arquivos tipo FTP. Na visualização do jornal saímos do tradicional preto e branco para utilizarmos cores em todas a páginas. Em fim o jornal ficou mais moderno, atual e bem apresentável. Mesmo assim com todas essas inovações tecnológicas os jornais perderam espaço para a praticidade da internet. Contrariando toda essa ten- dência de perda de espaço, redução de faturamento e perda de influência, o Grupo Acontece de Jornais e Revista caminhou em uma direção oposta, com os seus veículos sendo cada dia mais fortalecidos e com crescente aumento de sua credibilidade. O notório crescimento dos jornais, onde inicialmente existia apenas o Jornal Acontece Agora, passados 20 anos deixamos de ter apenas um jornal para construirmos um grupo de jornais e revista, que é formado por quatro jornais regionais e uma revista, todos eles com circulação e distribuição gratuita na zona leste de São Paulo, que são os seguintes: 1° - Jornal Acontece Agora - 20 anos - Circula com 40 mil exemplares por quinzena sendo distribuído nos bairros de São Miguel, Itaquera, Vila Jacuí, Jardim Helena e Vila Curuçá. 2° - Folha do Itaim & Curuçá - 42 anos ( sendo que o titulo pertence ao Grupo Acontece há 10 anos) - Circula com 35 mil exemplares por quinzena nos bairros de Itaim Paulista, Vila Curuçá e Cidades do Alto Tietê ( Itaquá ,Poá e Ferraz). 3° - Jornal Ermelino & Ponte Rasa - 9 anos - 25 mil exem- plares por quinzena - Circula nos bairros de Ermelino Matarazzo, Ponte Rasa e Cangaíba. 4° - Jornal Guaianas & Cidade Tiradentes - 6 anos - 25 mil exemplares por quinzena - Circula nos bairros de Guaianases, Lageado, Jardim Robrú e Cidade Tiradentes. 5° - Revista Acontece Leste - 7 anos - 30 mil exemplares - Circula na região leste, especialmente nos bairros de São Miguel, Itaquera, Penha, Ermelino Matarazzo, Ponte Rasa, Vila Curuça, Itaim Paulista e Guaianases. Foram 20 anos de lutas e afirmação de uma linha editorial que sempre teve compromisso com a verdade, com a ética jornalística e com o desenvolvimento da zona leste. Tivemos a coragem de fazer um jornal sério, sem laços partidários e sem demagogia. Em razão dessa postura sofremos muito no começo, mas fazendo um balanço de todo esse tempo verificamos que a nossa estratégia foi correta. Algumas manchetes revelam o comprometimento dos jornais com a comunidade, tais como: Zona Leste diz NÃO ao Cadeião / A luta em defesa do Metrô de Superfície da Variante Leste / O Caos da Saúde Pública na Zona Leste / Movimento da Universidade Pública e Gratuita exige USP na Zona Leste / ONG IDV defende a recuperação do centro velho de São Miguel / Inauguração da nova estação de São Miguel, não prevê a alça de acesso para o comércio / Moradores e Comerciantes do Itaim desaprovam terminal de Ônibus no Centro do Bairro, etc. Por conta da credibilidade do Grupo Acontece a sua sede localizada na Vila Curuçá se transformou em ponto de encontro de lideranças, políticos e gestores públicos tais como: vereadores, subprefeitos, deputados, secretários estaduais e municipais, senador e até ministro de estado. Recebemos as mais altas homenagens concedidas a jornais e revista tal como: Título de Cidadão Paulistano conferido ao diretor/ fundador do Grupo Acontece, Prêmio Gutenberg da ACSP ( por 6 anos consecutivos), Prêmio Mérito Comunitário, Prêmio Lyons Club de Jornalismo e honrarias e agradecimentos de subprefeituras, Assembléia Legislativa, etc. Embora a tendência do mercado de comunicação impressa aponte para um futuro incerto, especialmente para os grandes jornais, a nossa visão é que os jornais de bairro vão sobreviver à avalanche da internet, desde que continue com a vocação para divulgar os assuntos de interesse do seu bairro. Plantamos uma semente promissora e caberá aos funcionários comprometidos e aos futuros herdeiros da família, regar esta árvore chamada Grupo Acontece, pois ela promete dar muitos frutos para aqueles que continuarem o caminho traçado por mim. Divaldo Rosa - Diretor/ Presidente e fundador do Grupo Acontece de Jornais e Revista. Ajude a eleger o melhor Happy Hour da cidade Festival Gastronômico Petisca Brasil chega a solo paulistano em busca dos melhores cardápios com opções de até R$ 21 Unidades do CEUs recebem o Cinesolar, um cinema itinerante que é alimentado por energia solar. As sessões acontecem em vários dias de outubro e novembro e começam sempre às 17h. A entrada é Catraca Livre. O Cinesolar é um furgão equipado com placas que são capazes de captar a luz solar e transformá-la em energia elétrica. A natureza e a sociedades são os principais temas dos curtas exibidos. A programação inclui produções de França, Argentina, Suíça, Bulgária e Reino Unido. Mais informações no site www.catracalivre. com.br Quantas vezes o seu fim de expediente foi salvo por um bom lugar para reunir amigos, beber e jogar conversa fora? Muitas. O bom e velho “Happy Hour” já conhecido pelas grandes metrópoles pede a atenção – e ajuda – de todos para um evento de suma importância: o Petisca SAMPA. De 15 outubro a 13 de novembro, paulistanos terão a chance de votar no seu estabelecimento favorito, levando em consideração diversos serviços durante o horário típico de happy hour (até às 21h). A avaliação popular, que será somada a do júri especializado, deve ser feita via internet. Os quesitos a serem analisados são: apresentação do como de petiscos, sabor, harmonização de bebida, atendimento e meio ambiente do local. Já os estabelecimentos participantes concorrem nas categorias de “Melhor Happy Hour”, “Melhor Petisco”, “Melhor Atendimento” e “Melhor Happy Hour pelo Voto Popular”. Todos os pratos que disputam a peleja não ultrapassam o valor de R$ 21 e são compostos pelo combo petisco + bebida. Para completar, o público também pode interagir com o concurso cultural via Twitter e Instagram. Basta compartilhar a foto de seu Happy Hour favorito usando a hashtag #PetiscaSAMPA. A melhor foto ganhará um iPad 4. Participe e ajude quem te ajuda a matar a rotina semanal.
  7. 7. Pág. 7 15 DE OUTUBRO DE 2013 Saiba como se adequar ao horário de verão Relógios deverão ser adiantados uma hora a meia noite do domingo, 20 A partir da meia noite do próximo domingo, 20, os dias serão mais longos. É que começa em boa parte dos Estados brasileiros, incluindo São Paulo, o horário de verão. Apesar de ganhar uma hora a mais de sol, a mudança exige adequação com relação à rotina e aos hábitos diários. Para uma adaptação tranquila ao novo horário, é importante, nos dias que antecedem à mudança, dormir a cada dia alguns minutos cedo mais em um local silencioso, escuro e arejado. Além disso, situações estimulantes no final da tarde ou na parte da noite devem ser evitadas. Quanto mais estímulo, maior a dificuldade do organismo em relaxar. A melatonina, o hormônio regulador do sono, é acionada pela falta de luz e sofre alteração com a mudança de horário. Também não é recomendado comer demais no jantar, ir dormir sem comer, tomar banho muito frio ou muito quente, ler livros ou ver filmes muito estimulantes nas horas que antecedem o sono. Evite o consumo de café ou chá preto, que são estimulantes. Para aqueles que tomam medicação, o horário do relógio deve ser seguido. O horário de verão não é única instância que desequilibra o organismo. Novos turnos de trabalho ou viagens internacionais podem agir da mesma forma. Aproveite o final de tarde e início de noite mais claros para fazer atividades prazerosas e caminhadas. Vestibular das Fatecs está com as inscrições abertas Com mais três unidades e 790 vagas a mais em relação ao ano passado, Faculdades de Tecnologia oferecem 67 cursos. A Fatec (Faculdade de Tecnologia) está com as inscrições abertas para o Vestibular do primeiro semestre de 2014. Para se inscrever, o candidato deve acessar o site do Vestibular Fatec, preencher a ficha de inscrição e o questionário socioeconômico. Depois deve imprimir o boleto e pagar a taxa no valor de R$ 70 em qualquer agência bancária. No ato da inscrição é possível escolher um curso em 1ª opção e colocar como 2ª opção: o mesmo curso de 1ª opção em outro período na mesma Fatec; ou o mesmo curso de 1ª opção em qualquer período de outra Fatec; ou ainda qualquer curso com o mesmo conjunto de disciplinas prioritárias (a relação dos cursos estará na internet , no momento em que o candidato for definir a segunda opção), em qualquer Fatec e período. O candidato com deficiências, que precise de condições especiais para fazer a prova, deve mencionar sua necessidade na ficha de inscrição eletrônica. Será necessária a apresentação de laudo médico. O Manual do Candidato, que traz todas as datas, normas e orientações para o processo seletivo, está disponível no site para download gratuito. Inclusão Social O Sistema de Pontuação Acrescida concede bônus de 3% a estudantes afrodescendentes e de 10% a oriundos da rede pública. Caso o aluno esteja nas duas situações, recebe 13% de bônus. Para ter direito ao bônus, o candidato afrodescendente deve fazer a autodeclaração no ato da inscrição. O candidato também deve informar, no momento da inscrição, se é egresso do ensino público. A comprovação de que cursou integralmente o Ensino Médio na rede pública (federal, estadual ou municipal) será exigida no ato da matrícula por meio da apresentação do histórico escolar ou da declaração escolar, contendo o detalhamento das séries cursadas e o nome da escola. É indispensável que o candidato verifique se realmente tem direito à pontuação acrescida, pois a matrícula não poderá ser realizada e a vaga será perdida caso as informações não atendam às condições estabelecidas em sua totalidade. As inscrições vão até o dia 7 de novembro, às 15h, e a prova será realizada no dia 8 de dezembro. O Manual do Candidato está disponível no site (http:// www.vestibularfatec.com.br/ home/) e traz todas as datas, normas e orientações para o processo seletivo e relação dos cursos.
  8. 8. Pág. 8 15 DE OUTUBRO DE 2013 Como eliminar manchas da acne para esse tipo de tratamento, existem algumas máscaras caseiras, feitas com ingredientes naturais, que clareiam as manchas e devolvem brilho e beleza à pele. Confira uma mistura poderosa que vai ajudar a eliminar as manchas de acne: Máscara para clarear manchas de acne A acne é uma doença caracterizada pelo aumento da produção de sebo pela pele. Esse processo geralmente acontece durante a puberdade, momento no qual as quantidades de hormônio sexual estão elevadas, fazendo com que as glândulas sebáceas trabalhem de maneira desregulada. Em alguns casos, acne pode se estender para a idade adulta. Cicatrizes de acne Além do desconforto e do péssimo aspecto que proporciona à pele, a acne também pode causar manchas escuras no rosto, costas e peito. A deposição de pele morta sobre os poros faz com que fiquem entupidos, dificultando a passagem do sebo e gerando uma inflamação. Esse processo pode machucar a pele e formar cicatrizes irreversíveis. Como tirar manchas de acne Para eliminar, ou atenuar essas marquinhas indesejáveis, os dermatologistas indicam tratamentos com laser, ácidos e peelings. Apesar de eficazes, essas técnicas podem ser bastante evasivas e contraindicadas para quem tem sensibilidade extrema na cútis. Como alternativa mais branda, ou manutenção Ingredientes 1 xícara (chá) de água termal – limpa e hidrata a pele; Suco de 1 limão – clareia a pele e ajuda a remover as manchas; 3 colheres de sopa de aveia em flocos – oferece uma delicada esfoliação e ainda hidrata a cútis; Modo de preparo Junte todos os ingredientes em um recipiente e misture bem. Aplique a pasta sobre o rosto e deixe agir por alguns minutos. Depois enxague muito bem a pele e evite a exposição ao sol. Se quiser turbinar o tratamento e deixar a pele mais hidratada, umedeça uma mecha de algodão em uma colher de sopa de azeite e espalhe pelo rosto, fazendo movimentos circulares. Enxague e aplique um pouco de protetor solar.

×