Ano 7 - Número 101 - www.aconteceleste.com.br Tel.: (11) 2031-2364 - raleste@gmail.com 3ª SEMANA DE AGOSTO/2014
O deputado...
Uma publicação do Grupo
Acontece de Jornais e Revista
As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colabor...
Comprometimento Social 3ª SEMANA DE
AGOSTO DE 2014
O Centro de Formação
Cultural Cidade Tiradentes
e o Instituto Pombas Ur...
Política 3ª SEMANA DE
AGOSTO DE 2014
Pesquisa Datafolha pu-
blicada nesta segunda-feira
mostra a presidente Dilma
Rousseff...
Cotidiano3ª SEMANA DE
AGOSTO DE 2014
Deixadas na pele após
um acidente ou uma cirurgia,
as cicatrizes, ao contrário do
que...
Variedade3ª SEMANA DE
AGOSTO DE 2014
A maioria das comidas
ingeridas pelo homem é ino-
fensiva ao animal. No entanto,
alim...
3ª SEMANA DE
AGOSTO DE 2014
Giro dos Famosos
Fique por dentro do mundo das celebridades
Trio se reuniu na noite de
terça-f...
3ª SEMANA DE
AGOSTO DE 2014
Feminina
Não é apenas o que você
come que atrapalha a dieta,
mas também quando você
come. Um e...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Guaianas 101

198 visualizações

Publicada em

Jornal Guaianás e Cidade Tiradentes

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
198
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guaianas 101

  1. 1. Ano 7 - Número 101 - www.aconteceleste.com.br Tel.: (11) 2031-2364 - raleste@gmail.com 3ª SEMANA DE AGOSTO/2014 O deputado federal Már- cio França (SP), membro da Direção Nacional do PSB e candidato a vice- -governador de São Paulo em chapa com Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta quarta-feira (20) que a ex-senadora Marina Sil- va, é “candidata da Rede, com apoio do PSB”. A de- claração foi feita antes da reunião de cúpula da le- genda irá oficializar a can- didatura... Leia pág 04 Se não houver medidas de incentivo ao transporte coletivo, tendência será de aumento dos congestiona- mentos nos próximos anos Afrota de veículos cres- ceu acima da estrutura viária nas maiores cidades do país nos últimos anos.A frota de veículos aumentou 92% entre 2002 e 2013, enquanto... Leia pág 02 O desempenho em por- tuguês e matemática dos alunos do ensino médio da rede estadual de São Paulo piorou em 2013 e é o mais baixo desde 2008, confor- me avaliação do governo do Estado. No fim do ensino fun- damental (9.º ano), a nota média da rede caiu em língua... Leia pág 02 A maioria das comidas ingeridas pelo homem é inofensiva ao animal. No entanto, alimentos como leite, chocolate e uva po- dem causar de diarreia a insuficiência renal no cão Muitas pessoas não re- sistem ao olhar de pidão de seus cachorros e oferecem ao animal... Leia na pag 06 ‘Marina é candidata da Rede com apoio do PSB’, diz Márcio França Encontro acontece nes- te sábado, dia 23 de agosto A Subprefeitura de Subprefeitura de Guaianases promove Diálogo Aberto com as mulheres da Região A Copa do Mundo in- terferiu nos resultados do mercado imobiliário, e os principais efeitos recaíram sobre a cidade de São Paulo, que registrou queda de 72,3% As vendas de imóveis residenciais na cidade de São Paulo caíram 72,3%, em junho, com 1.072 uni- dades comercializadas. No mesmo mês de 2013, foram vendidos 3.872 imóveis. Comparadas a maio deste ano, quando foram negociadas 2.080 unidades, houve queda de 48,5%, de acordo levanta- mento divulgado hoje (20) pelo Sindi-... leia pág 02 Vendas de imóveis em São Paulo tem pior junho dos últimos 5 anos Na tarde desta segun- da-feira (18), foi realizado o Fórum com a Secreta- Zona Leste receberá Unidade Móvel de Atendimento às Mulheres Entenda a doença por trás do ‘desafio do balde de gelo’ Guaianases promoverá neste sábado, dia 23 de agosto, no Centro Cultural de Guaianases, um Diálo- goAberto com as mulheres da região. ... leia pág 03 ria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres. A reunião... leia pág 04 Iniciativa pretende esti- mular doações a entidades ligadas à esclerose lateral amiotrófica, uma condição degenerativa que afeta a capacidade de movimen- tar-se, comer e respirar Leia pág 05 Frota de veículos cresce mais rá- pido que estrutu- ra viária do país Alunos do ensino médio têm pior desempenho em seis anos, mostra avaliação do governo Conheça alguns alimentos perigosos para cachorros
  2. 2. Uma publicação do Grupo Acontece de Jornais e Revista As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. Diretor e Chefe de Redação: Divaldo Rosa MTb: 42.488 • Jornalista (fl): Silmara Galvão Nunes • Representantes Comerciais: Divaldo Rosa • Diretor de Arte: Sérgio Avante • Designer: Ademir Rodrigues • Revisora: Prof. Suseli Corumba • Administração Financeira: Ademir Rodrigues • Distribuição: Mart Press Distrib.de Jornais • Redação e Publicidade • Fone/Fax: 2031-2364 / 2513- 0928 • Av. Guachos, 166 • Cep: 08030-360 • Vila Curuçá - SP - E-mail: raleste@gmail.com (fl = Freelancer) Jornal SUB PREF. DE GUAIANASES Estr. Guaianases, 2565 Jd Helena / Guaianases-SP BANCA COQUINHO Rua Hipolito de Camargo, 460 Guaianases-SP BANCA DE JORNAIS A MUSICAL Rua Salvador Gianetti, 1156 Guaianases-SP BANCA NOVA COQUEIRO Estr. Itaquera Guaianases, 2423 Jd Helena / Guaianases-SP BANCA TEMAS E LETRAS Av. Salvador Gianetti, 564 Guaianases-SP BANCA DE JORNAL A MUSICAL Rua Salvador Gianetti, 1156 Guaianases-SP Atualidade 3ª SEMANA DE AGOSTO DE 2014 O desempenho em por- tuguês e matemática dos alunos do ensino médio da rede estadual de São Paulo piorou em 2013 e é o mais baixo desde 2008, confor- me avaliação do governo do Estado. No fim do ensino fun- damental (9.º ano), a nota média da rede caiu em língua portuguesa e teve leve aumento em mate- mática — mas mostrou estagnação nos últimos seis resultados. O 5º ano do ensino fundamental, fim do primeiro ciclo, manteve a melhora. Os resultados são da última edição do Saresp Se não houver medidas de incentivo ao transporte coletivo, tendência será de aumento dos congestiona- mentos nos próximos anos Afrota de veículos cresceu acima da estrutura viária nas maiores cidades do país nos últimos anos.Afrota de veícu- los aumentou 92% entre 2002 e 2013, enquanto a extensão do sistema viário aumentou 62%. As informações são do jornal Folha de S. Paulo, com base em uma pesquisa da Associação Nacional dos Transportes Públicos (ANTP) que comparou dados de 438 municípios com mais de 60 mil habitantes. A malha viária cresce de acordo com o aumento da população, os congestiona- mentos cada vez maiores nas grandes cidades e até no interior do país decorrem da explosão da frota de veículos, ACopa do Mundo interfe- riu nos resultados do merca- do imobiliário, e os principais efeitos recaíram sobre a cidade de São Paulo, que registrou queda de 72,3% As vendas de imóveis residenciais na cidade de São Paulo caíram 72,3%, em junho, com 1.072 uni- dades comercializadas. No mesmo mês de 2013, foram vendidos 3.872 imóveis. Comparadas a maio deste ano, quando foram negocia- das 2.080 unidades, houve queda de 48,5%, de acor- do levantamento divulgado hoje (20) pelo Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP). Segundo a entidade, a Copa do Mundo interferiu nos resultados do mercado imobiliário, e os principais efeitos recaíram sobre a cidade de São Paulo, que Frota de veículos cresce mais rápido que estrutura viária do país principalmente de carros e motos. A experiência com outras cidades no exterior mostra que a saída para o problema não seria abrir novas ruas e avenidas. A principal solução seria acabar com o estímulo ao transporte individual como a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre veículos novos e os subsídios à gasolina. A pesquisa aponta que o preço da gasolina subiu 38% em dez anos, abaixo da inflação. Futuro – . O país também apresenta um elevado poten- cial de crescimento para a indústria automobilística no mundo, além da Índia e China. Isto é, se não houver incenti- vos à utilização do transporte coletivo, a tendência é de que os congestionamentos aumentem cada vez mais nos próximos dez anos. Alunos do ensino médio têm pior desempenho em seis anos, mostra avaliação do governo (Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo), que ocorre anualmente em toda a rede. Eles mostram problemas no ciclo final do ensino fundamental e no ensino médio, apontados como gargalos da educa- ção. Ambas as etapas es- tão desde 2008 no patamar baixo de proficiência — a escala ainda demarca o abaixo do básico, adequa- do e avançado. No ensino médio, a nota média caiu nas duas dis- ciplinas. Passou de 268,4 para 262,7 em língua por- tuguesa — quando o ade- quado é acima de 300. A nota significa que os alunos não percebem, por exemplo, que personagens emitem opiniões diferentes sobre um mesmo tema em uma tira de quadrinhos. Em matemática, a nota média da rede passou de 270,4 para 268,7 — a nota adequada é 350. Nesse caso, não se consegue in- terpretar os dados de uma tabela simples. A distância entre a nota obtida e o con- siderado adequado nesta disciplina representa mais de três anos de estudo, aproximadamente. No site Em março deste ano, quando o jornal “O Estado de S. Paulo” revelou que o ensino médio havia apre- sentado queda no Idesp (Índice de Desenvolvimen- to da Educação do Estado) entre 2012 e 2013, não era possível indicar se o aprendizado tinha piorado. O Idesp também leva em consideração dados como aprovação e adequação entre a série e idade. A Secretaria de Estado da Educação não divulgou em março os dados do Sa- resp — até mesmo agora não houve, a exemplo do Idesp, divulgação oficial dos resultados. A pasta atualizou as planilhas no site oficial da secretaria estadual. Boa notícia Apesar da estagnação dos anos finais, a rede estadual de São Paulo conseguiu bons resultados no primeiro ciclo do ensino fundamental. Tanto em língua portuguesa quanto em matemática. Os dados do Saresp apresentam uma tendên- cia de melhoria desde 2008. Em português, a média alcançou 199,4 em 2016, ficando a 0,6 ponto do nível de aprendizado considerado adequado. Em matemática, houve melhora, mas a etapa não saiu do básico. O Estado de S. Paulo. Vendas de imóveis em São Paulo tem pior junho dos últimos 5 anos registrou o pior mês de junho dos últimos cinco anos em termos de vendas. Por outro lado, as cidades situadas em torno da Capital obtiveram o melhor mês de junho em vendas. “É possível que este movimento seja reflexo da adequação dos imóveis lançados ao perfil de público dessas cidades, com ênfase na oferta de dois dormitó- rios, algo bem tradicional e que atende à demanda da classe média”, disse o eco- nomista-chefe do Secovi-SP, Celso Petrucci. De acordo com os dados, nos outros municípios da região metropolitana de São Paulo, houve crescimento de 33,7%, considerando as 2.303 unidades comercia- lizadas em junho de 2014 com as 1,723 mil unidades de igual mês do ano anterior. Em relação a maio, com 1,252 mil unidades vendi- das, a variação foi 83,9%. Em valores, o montante comercializado na cidade de São Paulo em junho chegou a R$ 547,1 milhões – queda de 59,8% do que o registra- do em maio (R$ 1,36 bilhão). O imóveis com um dormitó- rio lideraram as vendas, com 447 unidades e participação de 41,7%, seguidos pelos de três dormitórios, que re- presentaram 28,1% de fatia de mercado (301 vendidos). No total, foram lançadas na capital paulista 2,413 mil unidades residenciais, 32,5% a menos do que o resultado de junho de 2013 (3,574 mil unidades). Hou- ve ainda redução de 10% em relação a maio, quando registrou-se o lançamento de 2.681 unidades. No semestre, as vendas na capital paulista totaliza- ram 9,054 mil unidades, o que corresponde uma queda de 48,3% sobre as 17,500 mil unidades acumuladas de janeiro a junho de 2013. Com relação aos lança- mentos, foram registradas 11,360 mil unidades, queda 18,8% em relação primeiro semestre do ano passado.
  3. 3. Comprometimento Social 3ª SEMANA DE AGOSTO DE 2014 O Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes e o Instituto Pombas Urba- nas realizam até domingo, 24 de agosto, atividades culturais em Cidade Tira- dentes. A programação conta com espetáculos teatrais, dança e cirandas.Todos os eventos são gratuitos e não necessitam de inscri- ção, basta comparecer ao local nos respectivos dias e horários. Confira a programação: Divinéia - DANÇA Descrição: Fusão entre técnicas de danças, artes marciais e elementos do ambiente prisional recriam o universo de homens en- carcerados O título vem do nome dado pelos presidiários da Casa de Detenção de São Paulo ao pátio amplo, em forma de funil, onde fica a sala de revista corporal. Antes do acesso aos pavilhões, é preciso levantar os braços diante dos revistadores. A partir dessa descrição, a J.Gar.Cia Dança Contem- porânea procura mostrar no palco a convivência en- tre homens encarcerados. Uma fusão entre técnicas de dança contemporânea, artes marciais e as vá- rias culturas coexistentes O Programa Saúde no Es- porte promove durante o mês de agosto palestras sobre o Diabetes nos Centros Espor- tivos da Cidade Tiradentes. O objetivo do programa é orientar sobre a prevenção, o tratamento e a alimentação, além de esclarecer as dúvidas da população. Entre os serviços solici- tados pela população está a inserção de placas de si- nalização e de faixas de pe- destres em diversas vias da região, além de intervenções em lombadas O programa CET no seu Bairro esteve no bairro de Guaianases, entre os dias 21 e 25 de julho. Durante esta semana foram rece- bidas 254 solicitações de melhorias na região, que vão desde a inserção de placas de sinalização e de Faixas de Pedestres em diversas vias da região, passando por Intervenções em Lombadas (entre manutenção e implan- tação de novos dispositivos), até chegar às melhorias em sinalização e iluminação pú- blica entre outros. Além das solicitações atendidas, o programa CET no seu Bairro será respon- sável ainda pelo desenvol- vimento de 29 projetos na Encontro acontece neste sábado, dia 23 de agosto A Subprefeitura de Guaia- nases promoverá neste sá- bado, dia 23 de agosto, no Centro Cultural de Guaiana- ses, um Diálogo Aberto com as mulheres da região. O encontro é uma sequ- ência do trabalho executado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres em parce- ria com a Subprefeitura de Guaianases, onde entre ou- Centros Culturais realizam eventos gratuitos em Cidade Tiradentes no universo prisional são utilizadas para recriar o ambiente. Mais do que a constrangedora realidade presidiária, o que se ma- nifesta é um pulsar de um mundo menino, através de suas várzeas alagadas, transformadas em campos de futebol. Cenários do grande Recife, onde o artis- ta Jorge viveu sua infância. Local: Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes Rua Inácio Monteiro, 6900, São Paulo Data: 22 e 23 de agosto Horário: 20 horas Cirandando no Quin- tal - TEATRO INFANTIL Descrição: Com repertório lúdico e interativo, o público é convidado para brincar ao som de instrumentos musicais Os artistas passeiam pelo público enquanto entoam belas músicas do cancio- neiro infantil e também composições próprias. Embalados pelo acorde- on, violão, escaleta, flauta transversal e voz, pais e filhos interagem com a apresentação para, juntos, desenharem o universo imaginativo proposto pelo espetáculo. Os participantes são con- vidados para cantar e criar ritmos com palmas, pés e voz. O objetivo é desenvol- ver a coordenação motora, a audição e a psicomotri- cidade das crianças, além de oferecer novas ideias de brincadeiras criativas através da sonoridade dos objetos e do corpo huma- no. A proposta promove a imersão aos sons e à musicalidade. Local: Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes Rua Inácio Monteiro, 6900, São Paulo Data: 23 de agosto Horário: 16 horas Espetáculo Teatral Descrição: Espetáculo “A Mesma Coisa” ( com o Grupo Palavra) Local: Instituto Pombas Urbanas - Av. dos Me- talúrgicos, 2100, Cidade Tiradentes Data: 23 de agosto Horário: 19 horas Telefone: 2285-7758 Palestras sobre o Diabetes acontecem em Cidade Tiradentes Confira programação: 25/08 - 10h e 14h – C. E. Cidade Tiradentes Local: Avenida dos Metalúr- gicos, 2255 – Cidade Tira- dentes Fone: 2282-0204 Subprefeitura de Guaianases promove Diálogo Aberto com as mulheres da Região tros assuntos será discutida a constituição dos Fóruns Regionais de Mulheres de toda a cidade. DiálogoAberto com as mulhe- res da região Data: 23 de agosto de 2014 (Sábado) Horas: 15h Local: Centro Cultural de Guaianases Endereço: Rua Cosme Deo- tado Tadeu, 136 Programa CET no seu Bairro recebe ao todo 254 solicitações de deman- das dos moradores de Guaianases região, ante os 36 que serão implementados no Lajeado. Foram também desenvolvidas 24 ações de educação de Trânsito que envolveu a parti- cipação de aproximadamente 1.880 alunos. Salientamos ainda que este projeto conta com o total apoio da Secretaria Municipal de Educação, juntamente com a Coordenação das Subprefeituras, Subprefei- tura de Guaianases, Secre- taria Municipal de Serviços, Companhia de Engenharia e Tráfego (CET), Departamento de Iluminação Pública (Ilume) e da SPTrans. As intervenções nos bair- ros preveêm, inclusive, insta- lação de abrigos e totens nos pontos de ônibus da região. E lembrando que a próxi- ma parada do programa CET no seu Bairro na região será no mês de outubro, no distrito de Jardim São Paulo.
  4. 4. Política 3ª SEMANA DE AGOSTO DE 2014 Pesquisa Datafolha pu- blicada nesta segunda-feira mostra a presidente Dilma Rousseff com 36% das inten- ções de voto, contra 20% do candidato do PSDB, Aécio Neves, e 21% de Marina Silva, possível escolhida do PSB para ocupar a vaga dei- xada por Eduardo Campos. O levantamento é o primeiro depois da morte do ex-gover- nador pernambucano em um acidente de avião na quarta- -feira, 13. Nessa simulação, Marina e Aécio aparecem em um empate técnico na segunda colocação e devem disputar uma das vaga para o segundo turno. Entre os demais candida- Datafolha: Dilma tem 36%, Marina, 21%, e Aécio 20% tos, o Pastor Everaldo (PSC) soma 3% das intenções de voto. Zé Maria (PSTU) e Eduardo Jorge (PV) apare- cem com 1%. Luciana Genro (PSOL), Rui Costa Pimenta (PCO), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB) não pontuaram. Com a participação de Marina como candidata, os números de voto nulo ou em branco reduziram 5%. Na últi- ma pesquisa, ainda com Cam- pos, esse grupo somava 13% e, agora, recuou para 8%. Indecisos eram 14%, caindo para 9% nesta pesquisa. O Datafolha também tes- tou um cenário em que o PSB não apresenta um substituto para Campos. Nessa simu- lação, Dilma tem 41%, Aécio aparece com 25%, Pastor Everaldo com 4%; Zé Ma- ria, Eduardo Jorge, Luciana Genro e Rui Costa Pimenta somam 1% cada. Brancos e nulos registravam 13% e indecisos 12%. Na resposta espontânea, que soma a intenção de voto sem apresentação dos nomes de candidatos, a presidente Dilma lidera com 24%, Aécio aparece com 11% e Marina com 5%. Na última pesquisa, a candidata do PT tinha 22%, contra 9% do tucano e 0% de Marina. Na pesquisa anterior, divulgada pelo Datafolha em meados de julho, quando Na tarde desta segunda- -feira (18), foi realizado o Fórum com a Secretaria Mu- nicipal de Políticas Públicas para Mulheres. A reunião aconteceu por volta das 15h no auditório da Subprefeitu- ra de São Miguel Paulista, localizada na Rua Dona Ana Flora Pinheiros de Souza, Vila Jacuí. O evento teve como prin- cipal objetivo reunir mulheres de diversos setores profissio- nais, tais como: educação, saúde, assistência social, segurança, comunicação e outras, para discutir a neces- sidade de receber na região leste a unidade móvel de atendimento às mulheres em situação de violência. Cerca de 30 mulheres participaram do Fórum, na ocasião, todas foram apre- sentadas e tiveram a palavra para discutir e opinar sobre a importância de ter o atendi- mento móvel. A chefe de gabinete Célia Assumpção fez a abertura do Fórum de Mulheres e Campos era o candidato do PSB, Dilma tinha 36% das intenções de voto diante de 20% de Aécio e 8% de Cam- pos. O Pastor Everaldo (PSC) aparecia com 3%. José Maria (PSTU), Eduardo Jorge (PV), Luciana Genro, Rui Costa Pimenta (PCO) e Eymael (PSDC) tinham 1% cada. Levy Fidelix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB) não pontuavam. Bran- cos e nulos somavam 13% e indecisos, 14%. Segundo turno Em uma simulação do se- gundo turno entre Dilma e Ma- rina, as duas empataram, com 43% dos votos para a petista e 47% para Marina. Como a margem de erro é de 2%, as duas estariam tecnicamente empatadas. Já na disputa com Aécio, Dilma venceria com 47% das intenções de votos ante 39% do tucano. O levantamento do Datafo- lha foi feito entre 14 e 15 de agosto, com 2.843 eleitores em 176 municípios do País. A pesquisa foi registrada no TSE sob o protocolo BR- 00386/2014 e tem margem de erro máxima de 2 pontos porcentuais e nível de con- fiança de 95%. Informações são do jornal Estadão. Zona Leste receberá Unidade Móvel de Atendimento às Mulheres ressaltou a importância do papel da mulher para a so- ciedade, “ queremos ampliar cada vez mais a rede de mulheres de nossa região, somos guerreiras,lutadoras, sensíveis e unidas contra a violência da mulher. Então nossa ideia é trazer junto com a Secretaria da Mulher, o ônibus móvel que atenderá vitimas da violência domés- tica. Lá elas receberão total apoio e assistência dos ór- gãos responsáveis”, garante Célia. As Unidades Móveis têm por objetivo levar às mulhe- res dessas áreas os serviços especializados da Rede de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência. No Estado de São Paulo são três, porém apenas duas es- tão sendo utilizadas. As uni- dades móveis fazem ações de prevenção, assistência, apuração, investigação e enquadramentos legais. Elas têm, ainda, função educa- tiva, com a promoção de palestras e esclarecimentos sobre a Lei Maria da Penha e sua aplicação. O projeto foi anunciado na Marcha das Margaridas, em 2011, pela presidente Dilma Rousseff. As Unidades Móveis são ônibus adaptados e equipa- dos com duas salas para o atendimento emergencial, com equipe multidisciplinar treinada para a escuta das denúncias das mulheres e para prestar primeiro atendi- mento. Elas circularão pelas áreas mais remotas e afas- tadas dos centros urbanos, possibilitando o acesso das mulheres que vivem nessas regiões aos serviços da Rede de Atendimento à Mulher em Situação de Violência, com orientação adequada e humanizada. Helen da Secretaria Mu- nicipal de Políticas Públicas para Mulheres foi a que enal- teceu o projeto do ônibus e falou de todo o trabalho que é feito na unidade móvel. “O ônibus tem uma equipe mul- tidisciplinar pronta para fazer o primeiro atendimento e o acolhimento destas vítimas da violência, temos psicó- logas, assistentes sociais e dependendo do caso, usa- mos o carro de apoio da se- cretaria e vamos direto para a delegacia abrir um boletim de ocorrência e se preciso for, solicitamos até escolta. O principal objetivo é fazer com que a vítima se sinta segura, protegida e acolhida”. Helen diz ainda que cerca de 8 a 10 mil mulheres já foram atendidas pela unidade na região sul de São Paulo e a expectativa é que este nú- mero cresça ainda mais na região leste. “Embora o aten- dimento normal da unidade móvel seja feito às segundas, quartas e sextas, aqui para a região leste, já entramos com o pedido de que o atendi- mento seja feito de segunda a sexta, ”, explica. Está pre- visto para chegar ao bairro de São Miguel a unidade no mês de setembro, ainda não foi definido com clareza o dia certo, mas será no mês de setembro. O candidato do PT ao go- verno de São Paulo, Alexandre Padilha, planeja combinar a campanha na região metropoli- tana de São Paulo com a inten- sificação da agenda no interior. Ainda na tarde desta terça, ele deveria se reunir com prefeitos petistas de cidades do interior de São Paulo para discutir a campanha nos próximos dias. “Agora nós vamos combinar ações na região metropolitana com forte ação no interior”, afirmou o candidato ao visitar nesta terça-feira (19) o Centro de São Paulo para fazer cam- panha de rua e panfletagem. O candidato percorreu as ruas próximas ao Theatro Mu- nicipal com o candidato à ree- leição no Senado, Eduardo Su- plicy, e secretários municipais do prefeito Fernando Haddad. A propaganda eleitoral do ex-ministro começa nesta quarta-feira (20) na televisão “Vamos mostrar nossas pro- postas”, afirmou, sem adiantar o conteúdo do programa de governo a ser divulgado na TV. O candidato disse que essa será a oportunidade para o povo conhecer suas propostas de “mais médicos especiali- zados, segurança integrada, educação”. Apesar de estar com ape- Padilha planeja intensificar campanha no interior de SP nas 5% das intenções de voto segundo o último levantamento do Datafolha, o candidato se disse “tranquilo”. “Estou muito tranquilo, estamos em um ritmo dentro das expectativas. Nossa campanha é na rua e o PT vai estar no segundo turno”, afirmou. Braços Abertos Sem citar nominalmente o programa de combate ao uso de crack promovido pela Prefeitura, o Braços Abertos, o candidato elogiou o projeto na região no Centro. E aproveitou para criticar a atuação do go- verno do estado. “Nós colocamos a disposi- ção R$ 500 milhões para esta- dos e municípios. O governo do estado não quis fazer parcerias. O atual governador sempre coloca o partido na frente do interesse da população de São Paulo. Os municípios começa- ram a usar.”, afirmou. Padilha voltou a falar sobre seu projeto de Frente Paulista de Segurança, que integraria policias e sistemas de infor- mação na cidade para melhor segurança e monitoramento. “Ele não quis fazer parcerias nem para integração da polí- cia”, afirmou. O deputado federal Már- cio França (SP), membro da Direção Nacional do PSB e candidato a vice-governador de São Paulo em chapa com Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou nesta quarta-feira (20) que a ex-senadora Ma- rina Silva, é “candidata da Rede, com apoio do PSB”. A declaração foi feita antes da reunião de cúpula da legenda irá oficializar a can- didatura dela à Presidência tendo como vice o deputado Beto Albuquerque (RS). A escolha de Marina e Albuquerque, articulada na última semana dentro do PSB, se deu por causa da morte trágica do ex-gover- nador Eduardo Campos em acidente aéreo em Santos (SP). A Rede foi o partido fundado por Marina Silva no ano passado, mas que não obteve registro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para disputar as eleições neste ano. “Ela [Marina] é uma can- didata da Rede com o apoio ‘Marina é candidata da Rede com apoio do PSB’, diz Márcio França Para França, ‘não tem problema’ PSB incorporar militantes da Rede. Ele disse que o foco de Ma- rina será o eleito- rado pertencente à classe C. do PSB, e nós sempre dei- xamos isso claro, desde o início. Não tem problema. O PSB incorporou os militantes da Rede, faz parte, assim como não tem problema em ela montar sua equipe de campanha com pessoas de sua confiança”, disse França. Para o deputado federal, o foco de Marina Silva, após a oficialização de sua can- didatura, será o eleitorado pertencente à classe C. Na avaliação do parlamentar, as classes A e B votam predo- minantemente no candidato do PSDB ao Planalto, Aécio Neves, e as classes D e E na presidente Dilma Rous- seff, candidata à reeleição pelo PT. A jornalistas, França de- fendeu que Marina Silva utilize a imagem de Eduardo Campos em suas propagan- das eleitorais. Para o candi- dato a vice-governador de São Paulo, o eleitor, de um modo geral, via em Campos uma “terceira via”, além de PT e PSDB. “Os eleitores com quem converso têm dito que gosta- riam de ter pesquisado mais sobre o Campos, ter conhe- cido melhor suas propostas. Portanto, temos, claro, de ter a Marina nas nossas propagandas, afinal, ela é a candidata a presidente, mas devemos continuar com a imagem do Campos”, disse. Na avaliação de Márcio França, o eleitor de Marina Silva é “diferente” do de Eduardo Campos e que a candidata deverá traçar estratégias para garantir os votos do ex-governador de Pernambuco nas urnas.
  5. 5. Cotidiano3ª SEMANA DE AGOSTO DE 2014 Deixadas na pele após um acidente ou uma cirurgia, as cicatrizes, ao contrário do que se imagina, não podem ser removidas, apenas ame- nizadas com tratamentos per- sonalizados indicados por um especialista. Laser, aplicação de nitrogênio líquido e cremes estão na lista das técnicas usadas para deixar as marcas mais discretas. Com o passar do tempo, devido ao processo natural de renovação da pele, muitas ficam mais claras, mas não desaparecem até mesmo porque cada área do corpo apresenta um padrão de ci- catrização distinto. Acompanhe, a seguir, mi- tos e verdades sobre o trata- mento das marcas. Todas as cicatrizes são iguais. Mito. Elas são divididas em relação à cor, podendo ser mais claras, mais escuras ou do tom da pele, além de Uso frequente de roupas justas, por mais que não incomode, causa prejuízos como varizes e infecções ginecológicas Pode parecer que vai ficar apenas feio, mas o prejuízo é muito maior rou- pas agarradas, além de de- selegantes, podem causar problemas de saúde. De tão acostumada que está ao uso, muita gente nem sente qualquer incômodo aparente, mas é certo que isso acarretará problemas de saúde a longo prazo. Os malefícios das roupas extremamente justas costu- mam fazer mal a partir de dois meses de uso contínuo. Aquela mulher que usa uma calça muito apertada uma vez na semana, por exem- plo, provavelmente não será prejudicada. Mas quem só Iniciativa pretende esti- mular doações a entidades ligadas à esclerose lateral amiotrófica, uma condição degenerativa que afeta a ca- pacidade de movimentar-se, comer e respirar Nas últimas semanas, vídeos de celebridades inter- nacionais, chefões da tecno- logia e jogadores de futebol recebendo um banho de água com gelo sobre a cabeça tomaram conta das redes sociais. Neles, eles desafiam três amigos a fazer o mesmo ou a doar recursos para en- tidades ligadas à esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma doença degenerativa para a qual não existe cura. Há poucos dias, o “desafio do balde de gelo” passou a ser adotado por brasileiros famosos, incluindo o jogador Neymar, a modelo Gisele Bündchen e a cantora Ivete Sangalo. As associações brasileiras ligadas à condição já sentem o aumento das doações, mas elas ainda são muito menores do que os recursos destinados à causa nos Estados Unidos, onde a campanha teve início. A iniciativa americana foi Entenda a doença por trás do ‘desafio do balde de gelo’ criada para estimular as do- ações para a ONG ALS As- sociation. O desafio recebeu atenção de pessoas como Bill Gates, Mark Zuckerberg e Taylor Swift especialmente após Peter Frates, um ame- ricano de 29 anos que tem a doença, aderir à campa- nha. No dia 31 de julho, ele publicou, em sua página no Facebook, um vídeo em que aparece balançando a cabe- ça ao som da música Ice Ice Baby. “Água com gelo e ELA são uma péssima mistura”, escreveu, antes de desafiar três colegas a receberem o banho de água com gelo. Segundo o jornal The New York Times, aALSAssociation recebeu 13,3 milhões de dóla- res em doações entre os dias 29 de julho e 18 de agosto — no mesmo período do ano passado, as doações soma- ram 1,7 milhão de dólares. No Brasil, a adesão de celebridades à brincadeira também provocou um au- mento das doações, embora (muito) menor. A Associação Pró-Cura da Ela, por exemplo, recebeu 10 000 reais em do- ações desde segunda-feira. Em todo o ano passado, fo- ram doados cerca de 12 000 reais. Já a Associação Bra- sileira de Esclerosa Lateral Amiotrófica (Abrela) recebeu, desde o último dia 13, cerca de 5 000 reais a mais do que o de costume. Normalmente, as doações ao órgão somam aproximadamente 18 000 reais no mês. A doença — A esclerose lateral amiotrófica danifica as células nervosas do cérebro e da medula, inclusive os nervos motores. Com isso, a capacidade de o cérebro iniciar e controlar movimen- tos voluntários, inclusive os ligados à fala e deglutição, diminuiu progressivamente. Em estágios avançados, o paciente pode ter paralisia completa. Segundo o neurolo- gistaAcary Oliveira, professor da Unifesp e um dos fundado- res da Abrela, pessoas com a doença vivem, em média, três anos e meio a partir dos primeiros sintomas. No entanto, há casos mais raros de pessoas que conquistam uma longevidade maior. É o caso do cientista Stephen Hawking, hoje com 72 anos. Ele recebeu o diagnóstico de ELA aos 21 anos. Estima-se que a doença atinja cerca de 6 000 brasi- leiros. “No entanto, trata-se de uma doença subdiagnos- ticada porque o tempo entre o aparecimento dos sintomas e a detecção da doença é longo. Em média, demora um ano”, diz Oliveira. Segundo o neurologista, um dos motivos pelo qual a campanha con- quistou tantas adesões é o fato de a doença progredir de forma muito rápida e debilitar a função motora do paciente, mas sem afetar a sua cogni- ção. “Pessoas com a doença chegam a ficar na cama, sem conseguir mover-se, falar ou comer. Porém, a cognição delas está preservada. Isso mexe com as pessoas”, afir- ma. Apesar de não removíveis, cicatrizes podem ser amenizadas finas ou largas. Também são classificadas pelos especia- listas pela posição cutânea: deprimida (abaixo do plano da pele), alta (do tamanho do corte ou mais alta – grupo em que a queloide se encaixa) e no plano da pele. Tratar a cicatriz logo após seu surgimento não favorece a melhora. Mito. Inicialmente, logo depois de ocorrer o machuca- do ou a cirurgia, os cremes e as faixas de silicone têm um efeito preventivo e ajudam no processo final de cicatrização. Vale lembrar que o padrão para esse processo tende a se definir em dois ou três me- ses após a agressão, a partir daí o resultado do tratamento é indiferente em relação ao tempo. A recuperação é igual em todos os tipos de pele. Mito. A pele negra e a oriental têm um padrão de cicatrização diferente da pele clara, pois nelas há maior chance de aparecimento de cicatrizes inestéticas. Lasers são capazes de atenuar cicatrizes. Verdade. Eles melhoram a coloração, sendo mais eficien- tes nas marcas mais fundas. Nas cicatrizes altas indica-se a injeção de corticoide, que ajuda na redução da altura, já nas queloides é preciso fazer uma retirada cirúrgica para transformar a cicatriz larga em fina, enquanto nas mais estreitas recomenda-se a apli- cação de nitrogênio líquido. Cremes também podem disfarçar as marcas. Verdade. Fórmulas com ácido retinoico, óleo de rosa mosqueta, óleo de maracu- já, blend de antioxidantes e ácido glicólico estimulam a produção de colágeno, o que tende a melhorar as cicatrizes deprimidas e também as finas e altas. Cinco problemas de saúde causados por roupas apertadas de veias mais sensíveis sen- do assim, qualquer coisa ou pressão atrapalha o retorno venoso, que não consegue oxigenar os tecidos da pel- ve. 3- Celulite: roupas jus- tas não necessariamente causam celulite, mas, por prejudicar a circulação do sangue, podem agravar o quadro. Isso vale para cal- ças apertadas, cinta mode- ladora ou blusas – sempre apertadas. 4- Dores nas costas: não tão frequente, algumas pes- soas podem ter dores nas costas por conta de roupas absurdamente apertadas. Qualquer coisa que aca- ba comprimindo os nervos acaba dando dores nas costas, porque muda o eixo da gravidade. A coluna está acostumada com uma gravi- dade em um certo ponto, se isso mudar, acaba forçando a coluna em outros pontos. 5- Dificulta a digestão: O especialista explica que a di- gestão se dá até duas horas depois da refeição. Às vezes os fatores mecânicos, como cintos muito apertados, rou- pas mais justas, atrapalham na hora da alimentação e nas duas horas seguin- tes. Isso acontece porque o organismo tira sangue dos músculos para mandar para o estômago e fazer a digestão. Se a pessoa usar roupa muito justa, tem dificuldades de oxigenação, então o sangue fica parado, consequentemente, o ali- mento também. A digestão, então, demora muito para se completar. sai de casa com um número menor do que o próprio ma- nequim, deve ficar atenta. 1- Varizes: Com o uso fre- quente de roupas apertadas, a circulação fica prejudicada e contribui para os primeiros vasinhos nas pernas. Um problema não só causado por calças, mas também por meias ou cintas muito aper- tadas. Meias de compressão devem ser usadas apenas por quem tem problemas venosos. 2- Infecções ginecoló- gicas: Roupa apertada faz com que não haja oxigena- ção na região genital. Com isso, morrem as “bactérias do bem”, aquelas que pro- tegem a região, e aparecem as bactérias patogências, que fazem mal. Além disso, a circulação do útero e trato ginecológico é feita por meio
  6. 6. Variedade3ª SEMANA DE AGOSTO DE 2014 A maioria das comidas ingeridas pelo homem é ino- fensiva ao animal. No entanto, alimentos como leite, choco- late e uva podem causar de diarreia a insuficiência renal no cão Muitas pessoas não re- sistem ao olhar de pidão de seus cachorros e oferecem ao animal um pedacinho do que estão comendo. Na maioria das vezes, os agrados são inofensivos. “A domesticação praticamente adaptou o cão à dieta humana. Em compara- ção com o homem, o cachor- ro só precisa de um pouco mais de proteína e menos de carboidrato”, diz o veterinário Wagner Luis Ferreira, profes- sor da Universidade Estadual Paulista (Unesp). Massas, pães, carnes e boa parte das frutas e legumes não fazem mal ao bicho. No entanto, há algumas comidas prejudiciais à saúde canina. Chocolate, uva e leite são exemplos que podem causar problemas como diarreia, insuficiência renal e parada cardíaca. Chocolate O cacau possui uma subs- tância chamada teobromina, que estimula o sistema ner- voso e aumenta a pressão sanguínea e os batimentos cardíacos. “Em cachorros, o alimento pode causar uma parada cardíaca ou uma con- vulsão”, diz a veterinária Ane Dormir com o rosto encos- tado na fronha de algodão do travesseiro tende a provocar as chamadas “rugas de sono” Ter uma boa noite de sono é importante para a recupera- ção do corpo e também para a beleza da pele. Porém, é preciso ficar atento a alguns detalhes até na hora do des- canso. As fronhas de algodão podem contribuir para o surgi- mento das chamadas “rugas de sono”, um tipo de marca que se forma quando a pes- soa dorme forçando o rosto contra o travesseiro, sempre na mesma posição. Arelação que compromete a beleza da cútis se dá pelo fato de as fronhas de algodão serem mais duras e mais fáceis de amassar durante a noite. Por isso, quando o rosto fica muito tempo em contato com as partes amarrotadas do tecido acaba ficando com espécies de dobras e linhas que tendem a sumir ao lon- go do dia, mas também se tornar vincos profundos e até mesmo rugas, se o atrito com a derme acontecer todos os dias e por muito tempo. Por essa razão, a melhor maneira de prevenção é optar pelas capas de cetim, que di- minuem a pressão da pele do rosto com o travesseiro, por terem a superfície mais lisa. A posição escolhida para dormir também pode influen- ciar na aparência da cútis. Isso porque, de acordo com a dermatologista, dormir de lado tende a acelerar o surgimento de sulcos nasogenianos (bi- gode chinês) e rugas ao redor dos olhos (pés-de-galinha), na testa e entre o nariz e o lábio superior - regiões que perdem as substâncias de sustentação com maior faci- lidade por causa da intensa exposição ao sol. Essas marcas, inclusive, podem ser mais profundas e aparentes na área que fica mais tempo em contato com o Entenda por que cigarro, ál- cool e jejum prolongado pioram a queimação no estômago. O prazer da refeição dura pouco para os 20 milhões de brasileiros que, segundo a Organização Mundial da Saú- de, são obrigados a lidar com a queimação no estômago causada pela azia. O número levantado já é alto, mas tende a ser ainda maior, já que a maio- ria das pessoas que convive com o problema dificilmente busca um especialista na ten- tativa de resolvê-lo. Cardápio selecionado Controlar o consumo de alguns alimentos ajuda a evitar crises de azia, frituras e alimen- tos muito gordurosos devem ficar longe do prato de quem sofre com azia, frutas ácidas, condimentos, embutidos e al- guns tipos de verduras, como couve, couve flor, brócolis, repolho, nabo, rabanete, pepino e tomate também devem ser evitados, porque tem ph ácido. Refeições na hora certa Passar longos períodos em jejum aumenta as chances de azia, isso acontece porque, quando uma pessoa fica sem comer, o ácido gástrico se acu- mula e pode refluir, irritando o final do esôfago, comer a cada três horas mantém o sistema digestivo em funcionamento, sem sobrecarga na produção de ácido gástrico. Pratos que transbordam Quem exagera no prato também corre maior risco de ter azia, quanto maior o volume de alimentos ingeridos de uma vez, maior será o risco que o suco gástrico atinja o esôfago, já que estômago estará super- lotado. Exercícios após a refeição Muita movimentação física aumenta as chances de reflu- xo até duas horas após uma grande refeição, o estômago ainda acumula ácidos gástri- cos em maior quantidade e os movimentos podem fazer com que esses líquidos retornem em direção ao esôfago, causando a queimação. Leite gelado durante uma crise Tomar um copo de leite gelado pode até piorar a quei- mação o alívio que você sente ao tomar um copo de leite é momentâneo a bebida tem pH baixo (o que neutraliza a acidez estomacal). No entanto, é rica em cálcio, mineral que estimula a produção de ácido gástrico pelo estomago, além disso, o leite, em sua versão integral, é rico em gorduras, outro componente que aumenta as chances de azia, um copo de leite de soja gelado traz alívio, assim como alguns goles de água gelada. Café depois do almoço Outro hábito bastante co- mum que deve ser evitados por pessoas que sofrem com azia é tomar café após a refeição a cafeína provoca um relaxa- Mude 12 hábitos para prevenir a azia mento demasiado no esfíncter, causando o refluxo de ácido digestivo para o esôfago duas xícaras diárias é o máximo re- comendado para uma pessoa que sofre com crises de azia. Tomar chá preto Assim como o café, o chá preto e o chá mate provocam o relaxamento do esfíncter, faci- litando o refluxo e aumentando as chances de azia, chás mais claros ou o chá verde não cau- sam o mesmo efeito, podendo ser consumidos sem preocu- pação o chá de camomila, por sua vez, possui características calmantes que diminuem a irritação da parede do esôfago atingida pelo refluxo gástrico. Sono após comer Deitar-se após as refeições deixa o corpo em uma posição que facilita o refluxo dos ácidos digestivos que provocam a azia, caso você seja vítima do problema, o ideal é permanecer sentado, pelo menos, meia hora após o término da refeição e, só após este intervalo, dar um cochilo. Riscos do álcool Além de irritar naturalmente o sistema gástrico, o álcool tam- bém estimula a produção de ácido pelo estômago e diminui a capacidade de contração da válvula que impede o refluxo por isso, evite esse tipo de be- bida durante as refeições como medida preventiva. Também não é recomendável beber com o estômago vazio, prevenindo o acúmulo de ainda mais ácidos digestivos. Mais uma do cigarro A azia é mais um incômo- do que pode ser colocado na lista de malefícios que o fumo traz ao corpo, além de causar problemas sérios no pulmão, o cigarro também diminui a proteção da mucosa do estô- mago, deixando o órgão mais sensível à irritação causada pelo ácido gástrico. É por esse motivo também que o cigarro aumenta as chances de úlcera no estômago. Excesso de peso Pessoas que sofrem com o sobrepeso ou com obesidade têm maiores probabilidades de serem incomodadas com a azia, já que a pressão sobre o estômago (causada pelo excesso de peso) aumenta as chances dos ácidos gástricos sofrerem refluxo em direção ao esôfago. Líquidos durante a refeição Bebidas gaseificadas au- mentam a pressão dentro do estômago, forçando os ácidos digestivos a seguirem em sen- tido inverso (refluxo gástrico). Outras bebidas, em excesso, acabam diluindo o ácido gás- trico e obrigando o estômago a produzi-lo em maior quantida- de. Ardência e queimação são resultados possíveis quando há consumo exagerado de be- bidas junto às refeições. Conheça alguns alimentos perigosos para cachorros Amaral, professora da Uni- versidade Federal de San- ta Maria (UFSM). Um fator agravante é que o paladar do cachorro gosta (e muito) do sabor doce. Leite Por volta dos 40 dias de vida, o cão já desenvolveu dentição para ingerir alimen- tos sólidos e não precisa mais de leite. Se a bebida deixar de ser oferecida ao animal, a lactase intestinal, enzima que digere a lactose, se tornará inativa e perderá a capacida- de de digestão. Caso o animal tome leite depois de adulto, poderá ter diarreia. “Além disso, o leite da vaca tem mais lactose que o da mãe canina, o que pode aumentar o risco de diarreia”, diz o veterinário Wagner Luis Ferreira, profes- sor da Universidade Estadual Paulista (Unesp). Uva Os veterinários ainda não sabem explicar por que, mas alguma substância presente na uva faz mal para o ca- chorro. “A ingestão da fruta pode causar insuficiência renal aguda no animal”, diz a veterinária Ane Amaral. Alho e cebola O alho e a cebola têm, respectivamente, dissulfeto de alipropila e alicina. Es- sas substâncias oxidam as células vermelhas e levam à destruição da hemoglobina. “A hemoglobina dos cães se oxida mais facilmente do que a dos humanos. O animal pode desenvolver anemia se consumir comidas tem- peradas com alho e cebola”, explica Ane Amaral. Produtos com cafeína A cafeína presente em re- frigerantes faz mal aos cães. Assim como o chocolate, a substância acelera os bati- mentos cardíacos e estimula o sistema nervoso. Como con- sequência, o cachorro pode sofrer uma parada cardíaca ou uma convulsão. Ossos Ossos de todas as ori- gens — principalmente os ocos por dentro, como os de galinha — são perigosos para cachorros. Eles possuem farpas que podem machucar a mucosa do esôfago, estô- mago ou intestino, além de obstruir algum desses órgãos. “Em termos nutricionais, o osso é desnecessário para o cão. Para agradar o bicho, é melhor oferecer aqueles industrializados, próprios para cachorros”, diz Wagner Luis Ferreira. Fronha do travesseiro pode causar “rugas de sono” travesseiro. Por isso, além de optar por tecidos mais delica- dos para as roupas de cama, existe ainda outra medida fundamental. As mulheres devem procurar dormir sem- Céu Curuçá pre de barriga para cima, sem nenhuma pressão na face. Embora menos frequen- tes, as “rugas de sono” tam- bém podem aparecer no colo, normalmente, após os 30 anos e principalmente se a pele mista, seca ou oleosa sofrer com a exposição sem proteção aos raios ultravio- leta, vento e poluição do dia a dia.
  7. 7. 3ª SEMANA DE AGOSTO DE 2014 Giro dos Famosos Fique por dentro do mundo das celebridades Trio se reuniu na noite de terça-feira (19), na churrasca- ria Porcão, no Rio de Janeiro. A noite de terça-feira (19) foi de encontro entre amigas para Juliana Paes, Carolina Dieckmann e Preta Gil. As três jantaram na churrascaria Porcão, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. De cara limpa, janta com Carol Dieckmann e Preta Gil Juliana Paes Atriz aproveitou folga nas gravações para passeara na noite de terça-feira (19) A atriz Marina Ruy Bar- bosa aproveitou a terça-feira (19) na companhia de um grupo de amigas. Solteira desde o término do namoro com Klébber Toledo, ela fez compras em um shopping no Ela solteirissima, faz compras com amigas em shopping Marina Ruy Barbosa Rio de Janeiro. Ela também aproveitou para jantar em um restaurante japonês. Marina, que atualmente brilha na novela Império, postou na terça um video em seu Instagram, no qual usava collant com estampa psicodé- lica estilo tie dye rosa, branco e azul, e uma mini-saia pink. posa e Zezé di Camargo se derrete: “Acho ela linda Graciele Com botas até o joelho, vai restaurante com amigos Selena Gomez De short curtinho e bo- tas até o joelho, a cantora Selena Gomez curtiu, na terça-feira (19), a com- panhia de alguns amigos durante um almoço em um restaurante em Califórnia, nos Estados Unidos. Na saída do restaurante Gracias Madre, a eterna amada de Justin Bieber foi clicada pelos papara- Sertanejo publicou, na madrugada de quarta- -feira (20), uma imagem em que a namorada posa ao lado de cartaz com a sua foto O sertanejo Zezé di Camargo usou o Insta- gram na madrugada de quarta-feira (20) para elo- giar a namorada, Graciele Lacerda. “Acho ela muito linda”, escreveu o cantor ao pu- blicar uma foto em que ela aparece com um look justinho e decotado, que realçou suas curvas zzi que a fotografavam enquanto ela se dirigia ao carro. Durante o final de se- mana, a cantora desafiou James Franco a jogar um balde de água com gelo na corrente que virou febre ao redor do mundo. O ator não só cumpriu o desafio como apareceu sem cuecas no vídeo. “Jantar com as meninas Juliana Paes e Carolina Die- ckmann. Colocamos a rese- nha em dia, mas ainda faltou foi coisa! Amo!”, escreveu a cantora ao postar uma foto no Instagram. Na mesma rede social, o promoter David Brazil compartilhou alguns dos registros do encontro.
  8. 8. 3ª SEMANA DE AGOSTO DE 2014 Feminina Não é apenas o que você come que atrapalha a dieta, mas também quando você come. Um estudo mostrou que pessoas que almoçam cedo perdem mais de peso do que os que adiam a refeição. Pesquisadores do Hos- pital, Universidade reuniram 420 pessoas com excesso de peso para fazer dieta por 20 semanas. Os grupos foram divididos em dois: metade almoçava antes das 15h e a outra metade após esse horário. Durante a refeição, 40% das calorias diárias fo- ram consumidas. Segundo relatório, da pes- quisa aqueles que comiam mais cedo perderem em mé- dia 30% a mais que o outro grupo. Além de perder mais peso, quem almoçou cedo teve menos risco de desen- volver diabetes. “Nossos resultados indi- Atualmente existem diver- sos truques de beleza, dicas de comportamento e de moda com o objetivo de deixar você ainda mais atraente e sensual para o seu parceiro, namora- do, marido ou mesmo para conquistar alguém. Acontece que estar descontente com o peso (seja para mais ou para menos), cabelo ou pele é uma condição quase permanente para qualquer mulher. Por isso, o melhor a fazer é tentar aproveitar suas característi- cas e qualidades à seu favor, valorizando o que você tem de bom na arte da conquista. Para facilitar a sua vida, re- solvemos reunir algumas das principais dicas para valorizar a sua beleza, o que deixará você mais confiante e, assim, se sentindo mais atraente. Confira as nossas 10 dicas! 1. Use salto alto, pois eles emagrecem, alongam e dei- xam a mulher em evidência. Claro que você não precisa ir ao supermercado de salto, mas invista nesse tipo de sa- pato em momentos especiais. Mas tome cuidado se você não souber ou se não puder andar de salto. Não adianta colocar os sapatos, prejudicar a sua saúde ou mesmo andar virando o pé. Definitivamente, isso não é nada sexy. 2. Valorize a sua beleza com a maquiagem. Esta dica pode ajudar você a aumentar o seu poder de sedução. É importante que você saiba qual é as características da sua pele e encontrar um make que valorize o que você tem de melhor, além de esconder aquilo que não fica bem. Um exemplo clássco é o uso do batom vermelho, que é consi- derado um toque clássico de sensualidade, mas que pode Almoçar tarde prejudica a perda de peso, diz estudo cam que quem come tarde apresenta um ritmo mais lento de perda de peso do que quem come cedo, o que sugere que o momento de grandes refeições pode ser um fator importante em um programa de emagrecimen- to”, disse o pesquisador. O estudo mostrou ainda que o horário de refeições menores não influencie na perda de peso. No entanto, notou-se que quem comia tarde tam- bém era mais propenso a pular o café da manhã. Os pesquisadores também examinaram outros fatores que desempenham um pa- pel na perda de peso, como ingestão e gasto de calorias, hormônios do apetite e qua- lidade do sono. Além dos horários das refeições, não foi encontrada qualquer outra diferença entre os grupos que justifique os resultados. Arte da conquista: Veja 10 dicas para ser mais atraente não cair bem para todos os tipos de pele (e de maquia- gem) e causar uma impressão contrária ao desejado. 3. Use os cabelos soltos, pois assim você poderá brin- car com eles enquanto seduz, passando a mão, jogando para os lados. Os homens acham isso super atraente e gostam de tocar nos cabelos da mulher também. Uma dica para quem tem cabelos lisos é fazer ondas neles. Já os anelados, a dica é cuidar para que eles se adequem ao seu próprio estilo. 4. Valorize seu corpo, suas curvas. Não use roupas muito largas, que escondam seu corpo, nem muito apertadas, que não combinem com ele. Use roupas que valorizem e evidenciem o melhor que você tem, seja você mais cheinha ou mais magrinha. Ser atraente não é estar em um padrão, mas compreender quais são as suas qualidades e valorizar isso. 5. Revele a pele, através de roupas com tecidos trans- parentes ou investindo em cortes sensuais, como fendas e decotes. Mas lembre-se de não exagerar, pois a intenção é deixar um mistério para que o homem tenha vontade de descobrir, não mostrar tudo à primeira vista. 6. Deixe as unhas com- pridas, sem exagerar. Este é um toque de feminilidade que os homens adoram. Unhas compridas precisam também estar limpas, feitas e pintadas, senão dará uma impressão de desleixo. Aposte em cores que combine com você, com a ocasião e com a roupa que você escolheu. 7. Mantenha a postura e o sorriso, pois um homem não se atrai por mulheres que estão encurvadas e com ar de tristeza. Sua postura ereta passa a mensagem de mulher poderosa e seu sor- riso diz que você está bem consigo mesma e aberta para conversas. Você deve confiar em você mesma e, para isso, é fundamental que você se conheça e compreenda as suas qualidades. 8. Lance olhares. Olhar nos olhos é um truque de sedução infalível, pois deixa aquela sensação de mistério. Isso fará com que o homem perceba sua presença caso ele ainda não tenha te visto e faz despertar o interesse em conhecer melhor. 9. Use lingerie de renda. Homem adora lingerie com rendas, porque além de sen- sual ela revela o corpo da mulher sem ser vulgar. Os ho- mens gostam de cores diver- sas, desde que fiquem bem com o o seu tom de pele e com o seu corpo. Não precisa usar o tempo todo, pois não é confortável. Mas é importante que você esteja com ela nos momentos certos. 10. Use meia-calça. Nos dias frios, além de aquecer, elas complementam a sen- sualidade da saia. Podem ser rendadas ou mesmo arrastão, pra quem curte o estilo. O importante é sempre estar atenta ao que vai combinar mais com o seu corpo.

×