Guaianás 120

415 visualizações

Publicada em

Jornal Guaianás e Cidade Tiradentes

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
415
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
30
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guaianás 120

  1. 1. T i r a g e m 3 5 m i l - w w w . f b . c o m / F o l h a It a i m C u r u c a - T e l . : ( 1 1 ) 2 0 3 1 - 2 3 6 4 - r a l e s t e @ g m a i l . c o m 2ªQUINZ.MAI/2015ANO 7 / Nº 120 SÃO MIGUEL DISTRIBUIÇÃO GRATUITA GUAIANÁS & CIDADE TIRADENTES Cerca de 2 mil pessoas prestigiaram o encerramento das comemorações do 154º aniversário de Guaianases Entrevista ExclusivaVeja entrevista exclusiva com Josafa Caldas, novo subprefeito de Guaianases CONSEG Cidade Tiradentes Empossada nova diretoria Boas atrações e ótimo público marcaram abertura e encerramento do Aniversário de Guaianases Destaque Local entrevista Evento Fabrica de Cultura Cidade Tiradentes Cultura EVENTO Foi realizado no último domingo (31/05), na Rua Salvador Gianetti, o tradicio- nal Desfile Cívico e Militar que marcou o encerramento das comemorações do 154º aniversário de Guaianases. Nem a chuva e o frio, esfriaram o entusiasmo de cerca de 2 mil pessoas, entre moradores do bairro, pais e alunos das escolas munici- pais, dos CEUs Jambeiro, Ág.. Leia na Pg 19 A Fábrica de Cultura Ci- dade Tiradentes tem ótimas oportunidades de cursos diurnos direcionados para crianças e jovens de 8 a 19 anos e para adultos, pelo pro- grama Adultos, Pais e Avós no período noturno. localizada na Zona Leste a Fábrica de Cultura está ins- talada em um edifício novo com 6.000 m² e conta com um teatro de 300 lugares, to- talmente.. Leia na Pg 14 Na terça-feira (26 ) o Conseg da Cidade Tiraden- tes celebrou o possa da nova diretoria... Leia na Pg 07 Leia na Pg 03 O subprefeito de Guaia- nases, Josafa Caldas, 48 anos, é casado e tem cinco filhos. Morador da zona leste desde 1987 estudou Gestão Pública e foi.. Leia na Pg 11 Corridas de Rua reúnem cerca de 3 mil pessoas em Guaianases COMUNIDADE A 7ª etapa do Circuito foi realizada no último domingo em comemo-Leia na Pg 04
  2. 2. 2 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Atualidades Um estudo inédito realizado pelo Instituto do Coração (In- Cor) do Hospital das Clínicas da FMUSP revelou que multiplicou por três a velocidade com que ca- íram o número de internações por doença cardiovascular e acidente vascular cerebral após a entrada Lei Antifumo acelerou queda das internações por doença cardiovascular Pesquisa inédita do InCor apon- ta que triplicou velocidade da queda de internações; domingo é o Dia Mundial Sem Tabaco em vigor da Lei Antifumo no Estado de São Paulo, em agosto 2009. No domingo, 31 de maio, foi o Dia Mundial Sem Tabaco. O estudo é o primeiro do gê- nero já realizado no Brasil e usou como base as internações por do- ença cardiovascular e por aciden- te vascular cerebral ocorridas no SUS antes e depois da Lei Anti- fumo, que entrou em vigor em 7 de agosto de 2009. A lei proibiu fumar em am- bientes fechados de uso coletivo como bares, restaurantes e casas noturnas. O objetivo é combater Bancas Ass. Educacional Brasil Para o Mun- do - Rua Arnaldo BonaVentura Banca do Sr Francisco-Ao lado do Clube Andre Vital Banca do Sr. João-Rua Nascer do Sol Banca Fabiana & Irmãos-Av. dos Me- talurgicos Banca Sr Gilberto-Av. dos Metalurgi- cos - Setor 65 Onde encontrar o jornal em Cidade Tiradentes o tabagismo passivo, terceira cau- sa de mortes evitáveis segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). De acordo com a pes- quisa, no período entre agosto de 2005 e julho de 2009, a queda na taxa de internação por essas doenças era de 1% ao ano. De agosto de 2009 a julho de 2010, essa queda foi três vezes mais rá- pida, atingindo 3% ao ano. “São números muito significativos e comprovam a eficácia da Lei Antifumo. A lei teve um impacto significativo na redução dos ma- les causados pelo fumo passivo e também ajudou quem queria parar de fumar. O resultado foi a queda das internações”, afirma a cardiologista Jaqueline Issa, dire- tora do ambulatório de tratamento do tabagismo do Incor. O alto ín- dice de cumprimento e o respei- to e apoio da população à lei já vinham revelando seus benefícios à saúde pública. Estudo anterior também realizado pelo Incor em cerca de 700 estabelecimentos do Estado, como bares, restauran- tes e casas noturnas, revelou que houve uma redução de até 73,5% nos níveis de monóxido de carbo- no no interior desses ambientes. Os frequentadores e funcionários desses estabelecimentos foram alguns dos grandes beneficiados pela lei.
  3. 3. 3BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Destaque Local Foi realizada no palco do CEU Jambeiro, a Cerimônia de Abertura do Aniversário de 154º Anos do Bairro de Guaia- nases. Cerca de 350 pessoas compareceram. O evento contou com di- versas atrações para o públi- co, como as apresentações do Glover Dança Aberta e da Or- questra Sinfónica AFAPH. Os professores Diego e Flávia, do CEU Jambeiro, também abri- lhantaram a noite com a apari- ção dos seus alunos de ginástica artística e zumba, respectiva- mente. Já os atletas da Seleção de Guaianases, que foram vice- -campeões da Copa SP14, fo- ram homenageados pelo seu óti- Boas atrações e ótimo público marcaram a Abertura das festividades do Aniversário de Guaianases Cerca de 350 pessoas prestigiaram o evento; Até o final do mês, o bairro comemorou seus 154 anos e aconteceu também outras 11 atrações para o público. mo desempenho no torneio. Os representantes das equipes que cederam seus atletas, como o Botafogo de Guaianases, Codó, Paulistinha, Continental, Oito de Maio e River Plate recebe- ram foram premiados e exalta- dos por terem contribuído para que o nome do bairro fosse bem representado na competição. A professora Ita, que é vo- luntária do CEU Jambeiro, tam- bém foi homenageada pelo seu trabalho social à frente do Fu- tebol Feminino na região. Seu ótimo trabalho já vem rendendo frutos, e atualmente já temos três atletas no grupo de jogado- ras da Seleção Brasileira.
  4. 4. 4 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Comunidade As matérias publicadas são de exclusiva responsabilidade dos colaboradores e não representam necessariamente a opinião do Jornal. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa. Diretor e Chefe de Redação: Divaldo Rosa MTb: 42.488 • Jornalista (fl): Silmara Galvão Nunes • Diretor em Cidade Tiradentes: Pastor Odair Bento • Designer: Ademir Rodrigues • Marketing e pós vendas: ArianeAndrade • Revisora: Prof. Suseli Corumba • Administração Financeira: Ademir Rodrigues • Distribuição: Mart Press Distrib.de Jornais • Redação e Publicidade • Fone/Fax: 2031-2364 / 2513-0928 • Av. Guachos, 166 • Cep: 08030-360 • Vila Curuçá - SP - (fl = Freelancer) Um veículo do Grupo Acontece em parceria com o Grupo Diário de SP Foi realizada no Mercadão de Guaianases, uma ação promoven- do várias atividades de prevenção de saúde para a Comunidade. Cerca de 500 pessoas participa- ram do evento. A população foi beneficia- da com ações da Supervisão de Saúde, que ofereceu exames gra- tuitos, com testes de diabetes, verificação/ aferição da pressão arterial, verificação da circun- ferência abdominal, avaliação e orientação nutricional, além de informações sobre preven- ção contra doenças sexualmente transmissíveis (DST) e outras orientações sobre qualidade de vida. Além disso, os agentes da Su- pervisão de Vigilância em Saúde (SUVIS) estiveram no local, aler- tando os munícipes sobre o com- bate a Dengue e a Chikungunya. O projeto contou também a com a participação de profissio- nais realizando corte de cabelos gratuitos, designer de sobrance- lhas e esmaltação de unhas. A 7ª etapa do Circuito foi realizada no último domin- go em comemoração aos 154 anos do bairro O paulistano que adora acordar cedo teve bons mo- tivos para aproveitar o belo domingo de sol na região de Guaianases e participar da Corrida de Rua e Caminhada da Família, em frente ao CEU Jambeiro. Ao todo, participaram do circuito cerca de 2000 corre- dores e 500 caminhantes. Maria Araujo de Souza, moradora da região era uma dessas corredoras que vieram prestigiar a corrida. Com mais duas amigas disse estar feliz em correr. “Acordo cedo com prazer e venho até o CEU jam- beiro para correr, pratico isso há mais de ano”, concluiu a dona de casa. Um dos que mais chama- ram a atenção durante a prova foi João Batista de Oliveira, de 40 anos, deficiente físico disse correr a quase três anos. “Mesmo com uma perna, não me sinto diferente, eu sou o Corridas de Rua e Caminhada da Família reúnem cerca de 3 mil pessoas em Guaianases Acompanhe os cinco primeiro colocados em cada categoria Masculino 1º Marcelo Salgado 2º Silas Paulino dos Santos 3º Henrique Afonso Rodrigues 4º Israel Santana 5º Julio Cesar de Andrade Feminino 1º Ednalva da Silva Nunes 2º Maria Carla J. Nascimento 3º Kelly Cristina da Silva Pinto 4º Sheila Aparecida de Oliveira 5º Cristina Paula de Souza Silva próprio adversário, me prepa- ro sempre e sou feliz assim” afirmou o corredor que mora em Suzano. O Circuito Popular de Corridas de Rua e Caminhada da Família é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Es- portes, Lazer e Recreação de São Paulo (SEME). A próxi- ma etapa será disputada no dia 31/05, em Parelheiros. Ação de Saúde atende cerca de 500 pessoas no Mercadão de Guiaianases O evento fez parte da comemoração aos 154 anos do bairro
  5. 5. 5BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Comunidade O evento fez parte da come- moração aos 154 anos do bairro, e contou com diversos imigran- tes que residem nos bairros do Lajeado e de Guaianases Foi realizado, a 1ª edição de “La Feria Latina”, no CEU Lajeado. O evento contou com cerca de 800 pessoas e ajudou a estreitar o vínculo com as colô- nias de imigrantes que residem nos bairros do Lajeado e de Guaianases. Durante a programação tive- mos diversas atividades, como torneios feminino, masculino e infantil, comidas, artesana- tos, apresentações de danças típicas da Bolívia, Peru e Para- O Mercado Municipal de Guaianases foi inaugurado no dia 5 de maio de 1989 e recebeu o nome de Leonor Quadros. O prédio foi construído no local em que acontecia uma feira li- vre. Com o tempo, a prefeitura utilizou este espaço para abas- tecer os bairros de Guaianases, Lajeado e Cidade Tiradentes. Até hoje, o mercado é ponto de referência para o bairro e pela excelência no atendimento e na variedade oferecida pelos co- merciantes dos boxes. Com um amplo estaciona- mento, o mercado conta com 44 boxes, medindo 25m2, distribu- ídos entre quitandas, açougues, avícolas, peixarias, empórios, mercearias, utilidades domés- ticas, floriculturas, rotisseries, bares e lanchonetes. Há ainda, O Sistema SEBRAE - Servi- ço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas realizou uma palestra para Microempre- endedores no CEU Jambeiro. O evento fez parte da comemora- ção aos 154 anos do bairro. O objetivo do encontro foi sensibilizar os participantes so- bre os benefícios advindos da nova figura do Empreendedor Individual como mecanismo de formalização e fomento ao em- preendedorismo, inclusive em relação a produtos e serviços desenvolvidos especificamente para esse público. Conteúdo Programático: Sebrae realiza palestra para microempreendedores no CEU Jambeiro Histórico, conceito, benefícios e obrigações da Lei Comple- mentar 128/2008 que regula- menta a figura do Empreende- dor Individual. Apresentação do Portal do Em- preendedor. Oportunidades geradas com a formalização. Serviço: Palestra para Micro- empreendedores do SEBRAE Local: CEU Jambeiro Informações (11) 2074-6601 (11) 08005700800 Festa Latino Americana reúne cerca de 800 pessoas no CEU Lajeado guai, além de diversas ações da Supervisão Técnica de Saúde Guaianases, como a oferta de teste rápido para diagnóstico de Sífilis e HIV, aferição de pres- são arterial, e orientações pre- ventivas sobre a dengue, tuber- culose, cuidados com animais sinantrópicos, entre outros. Mercado Municipal de Guaianases completa 26 anos de inauguração Espaço é referência e recebe os moradores de bairros vizinhos um espaço para os artistas plás- ticos exibirem seus talentos aos munícipes. O mercado está localizado ao lado da Estação Guaianases da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) que faz conexão com outras linhas de trem. Pelo fácil acesso, bom atendimento e produtos de boa qualidade, o mercado abastece não somente a população de Guaianases, mas conquista mui- tos bairros vizinhos. O Mercado Municipal de Guaianases funciona de terça a sábado das 08h30 às 19h30 e no domingo das 08h às 13h. Serviço: Mercado Munic. Guaianases Rua Belmiro Valverde, 13 Telefone: (11) 2557-8213
  6. 6. 6 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Propaganda
  7. 7. 7BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Eventos Na terça-feira (26 ) o Conseg da Cidade Tiradentes celebrou o possa da nova di- retoria do órgão de seguran- ça publica. A solenidade acontece no auditório da ETEC Estadual da Cidade Tiradentes, diver- sas autoridades, lideranças comunitárias, empresários e profissionais liberais dentre outros, estiveram presentes. A mesa foi composta por: Dr. Mestre Júnior (Delega- do de Polícia Civil - Titular Conseg Cidade Tiradentes: Empossada nova diretoria da 8ª Delegacia Seccional / DECAP), quem conduziu a Posse do Presidente Eleito para Gestão 2015 – 17, Dr. Maurício Dolivo (Delegado de Polícia Civil - Titular do 54º Distrito de Polícia Civil - Delegacia local), 1º Sar- gento PM-3ª CIA/28ºBPM- -M - CPA-M9 (Represen- tando o CMTE da 3ª Cia. Capitão Fábio), Coronel PM - Admir Gervásio Mo- reira (Diretor Adjunto da ASPOMIL- Associação dos Policiais Militares), Inspetor Cmte Adjunto da IR-Inspe- toria Regional GCM Cidade Tiradentes - Rafael P. dos Santos,Dr. Isaias G. Guima- rães - Diretor ACSP - As- sociação Comercial de São Paulo / Distrital Centro. Na ocasião, foram eleitos os seguintes nomes da dire- toria: Sr. Odair B. do Nasci- mento - Presidente (Reelei- ção). Pr da 1ª Igreja Batista Fila- délphia em Cid. Tiradentes. Maestro e Professor de Mú- sica - Pianista do Coral In- fantil da E.E. Camilo Castelo Branco. Jornalista e Diretor do Grupo Acontece de Jornais e Revis- ta para a Cidade Tiradentes e Região. Diretor de Comunicação dos Fotos:AnainaEliasGróss Profissionais Evangélicos do Direito - UPROED.Sr. Gal- dino Oliveira Texeira - Vice- -Presidente. Presidente da Associação do Portadores de Mobilidade Reduzida - COLIBRI (Cid. Tiradentes). Membro do Conselho Gestor do HMCT-Hospital Munici- pal de Cidade Tiradentes. Sr. Marcelo Luiz da Silva - 1º Secretário. Psicólogo - Pedagogo - Pro- fessor Universitário e Orien- tador Educacional da ETEC ESTADUAL CID. TIRA- DENTES. Sr. Isaias Lino Madureira - 2º Secretário. Pr Titular da IGREJA CRIS- TO É VITÓRIA - Cid. Tira- dentes. Teólogo - Formado pela Uni- versidade Metodista / Cam- pus S.Bernardo do Campo. Capelão Auxiliar Voluntário dos PMs de Cristo para a Ci- dade Tiradentes. Sr. Ricardo D. Bastos - Dire- tor Social e de Assuntos Co- munitários. Presidente da Associação Educacional Brasil Para O Mundo - Cid. Tiradentes. O QUEfoi feito na Zona Leste Saiba o que foi feito perto de você e em toda a cidade: oquefoifeito.prefeitura.sp.gov.br 141 km de faixas de ônibus 58 km de ciclovias Terminal de ônibus de Itaquera 37 praças com internet grátis 14.600 novos pontos de iluminação Teatro Flávio Império 3 Hospitais Dia 1 Unidade Básica de Saúde (UBS) 106 novos leitos hospitalares e 128 leitos ativados 19 creches 7 escolas 13 Universidades nos CEUs
  8. 8. 8 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Emprego Participe das oficinas gra- tuitas do mês de junho. Confira abaixo as unidades onde serão realizadas as orientações A Secretaria de Desenvolvi- mento, Trabalho e Empreende- dorismo (SDTE), por meio do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe), abre a programação do mês de junho das Oficinas de Orien- tação ao Trabalho. O serviço é gratuito e tem como foco auxi- liar os trabalhadores a se prepa- rarem melhor para entrevistas de emprego ou processos sele- tivos. A primeira oficina do mês será na próxima quarta-feira, 3/6, com o tema Marketing Pessoal, no qual o participante receberá dicas de apresentação pessoal, desde vestimentas até comunicação e higiene pessoal. Para quem busca um dire- cionamento sobre planejamento de metas profissionais, ingresso no mercado de trabalho e qua- lificação, a oficina indicada é a de Empregabilidade, que será realizada no dia 10. Já no dia 17, a oficina sobre Habilidades tem como objetivo orientar o participante a identi- ficar aptidões técnicas para rea- lização de tarefas desenvolvidas cotidianamente. Dicas de como elaborar um currículo serão oferecidas na última oficina de junho, dia 24, sobre Elaboração São 739 oportunidades para estes profissionais. É possível consultar as ofertas de emprego pelo aplicativo CATe eletrô- nico, disponível para celulares com sistema Android. Ao todo, são mais de 3.600 vagas cadas- tradas. O Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedoris- mo (CATe), da Secretaria Mu- nicipal de Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo (SDTE), oferece 739 vagas de emprego para pessoas com de- ficiência ou mobilidade reduzi- da. Os salários são de R$ 3.500 para analistas de sistemas com ensino superior completo. As oportunidades também estão abertas para os professo- res de educação infantil, que tenham com ensino superior completo, com salario de R$ 1.906,74. Profissionais com ensino fundamental encontram oportu- nidades como repositor de mer- cadorias (128 vagas) ou recep- cionista de caixa (100 vagas), com salários de R$ 800,00 a R$ 1.000,00, respectivamente. Oficinas de Orientação ao Trabalho ajudam trabalhadores no ingresso ao mercado de trabalho Confira abaixo a programação das oficinas de junho 03/06-Marketing Pessoal Unidades: Itaquera - Itaim - Ja- baquara - Luz - Penha - Santana - São Mateus I - São Miguel I - Pirituba - Interlagos - Perus – Guaianases. 10/06-Empregabilidade Unidades: Itaquera - Itaim - Ja- baquara - Luz - Penha - Santana - São Mateus I - São Miguel I - Pirituba - Interlagos - Perus – Guaianases. 17/06-Habilidades Unidades: Itaquera - Itaim - Ja- baquara - Luz - Penha - Santana - São Mateus I - São Miguel I - Pirituba - Interlagos - Perus – Guaianases. 24/06-Elaboração/Currículo Unidades: Itaquera - Itaim - Ja- baquara - Luz - Penha - Santana - São Mateus I - São Miguel I - Pirituba - Interlagos - Perus – Guaianases. de Currículo, na qual o partici- pante será orientado a produzir o seu currículo passo a passo. Para participar, é necessá- rio ter, no mínimo, 16 anos de idade, e comparecer a uma das unidades fixas do CATe (men- cionadas abaixo, de acordo com cada tema). É necessário apresentar RG, CPF, carteira de trabalho e número do PIS. Salários no CATe chegam a R$ 3.500 para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida Para recepcionistas com en- sino médio completo são 37 va- gas, com salário de R$ 882,00 a R$1.187,00 e operadores de caixa podem se candidatar para alguma das 101 vagas, com salários de R$ 1.000,00 a R$ 1.200,00. Para se cadastrar e partici- par dos processos seletivos, o candidato precisa comparecer a uma das unidades do CATe com RG, CPF, carteira de traba- lho e número do PIS. Também é possível consul- tar as ofertas de emprego pelo aplicativo CATe eletrônico, disponível para celulares com sistema Android. Ao todo, são mais de 3.600 oportunidades de emprego cadastradas. Outras informações estão disponíveis no site www.pre- feitura.sp.gov.br/trabalho ou na Central de Atendimento ao Munícipe, pelo telefone 156. Os currículos poderão ser encami- nhados paraconvocacaorecruta- mento@prefeitura.sp.gov.br e eficientes@prefeitura.sp.gov.br (profissionais com deficiência).
  9. 9. 9BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Educação Diversos eventos estão pro- gramados para a data, como a apresentação de uma breve histó- rico do bairro e de um bate papo com convidados especiais A Biblioteca Pública Cora Coralina realizou uma programa- ção voltada para as comemora- ções dos seus 49 anos de existên- cia. Na ocasião houve também a apresentação de um breve histó- rico do bairro e da Poetisa Cora Coralina, além de um bate papo com os convidados especiais. Durante o dia, ocorreu as parti- cipações do Allan Regis, que é romancista, cronista e contista, e da Rata Fiuza, que é poetisa do Jardim Romano. Saiba mais: Inaugurada no dia 21 de maio de 1966, a Biblioteca homenageia a poetisa Cora Cora- lina, oferecendo ao público mos- tras de cinema, peças teatrais, ofi- cinas de leitura, Telecentro, além de um acervo com mais de 47 mil exemplares. Os alunos que vão concluir o Ensino Médio em qualquer modalidade da rede estadual, neste ano, ou aqueles que se de- clararem membros de famílias de baixa renda, estão isentos do pagamento da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Neste ano, as inscrições abrem no dia 25 de maio e seguem até 5 de junho. Os candidatos que com- provarem carência, segundo as regras do edital, também não precisam pagar a taxa. A pu- blicação do edital está prevista Unidade é destinada para faixa etária de 4 e 5 anos. Equi- pamento integra plano de ex- pansão de equipamentos da rede municipal de educação A nova Escola Municipal de Educação Infantil Cidade Tira- dentes II amplia o atendimen- to educacional para mais 240 crianças entre 4 e 5 anos. O pre- feito Fernando Haddad visitou na terça-feira (12) a unidade, que integra plano de expansão da quantidade de equipamentos da rede municipal de educação. “Nós estamos com um plano de obras muito grande, são mais de 140 obras em andamento em toda a cidade na área de edu- cação. Em Cidade Tiradentes, nós temos no plano um CEU (Centro de Educação Unifi- cado) novo e uma creche em construção para inaugurar. Não há precedente na cidade de tanta obra simultânea em execução”, afirmou Haddad. A visita nesta manhã marcou a inauguração oficial da escola, que iniciou suas atividades no ano letivo de 2015. A nova escola conta com sete salas de aula, sala de lei- tura, brinquedoteca, refeitório e espaço para brincadeiras. As crianças são atendidas por uma equipe com 15 professo- res, quatro educadores de apoio operacional e administrativo, diretor, assistente de diretor e coordenador. “Estamos ampliando o atendimento em creches e pré- -escolas e isto é muito impor- tante porque quanto mais cedo a pessoa entrar em uma unidade Alunos da rede estadual não precisam pagar taxa de inscrição para o Enem para a próxima segunda-feira (18). Os alunos que aderirem à isenção e não comparecerem no dia da avaliação sem justificar, perderão o direito à gratuidade nas inscrições da edição 2016 do Enem. As provas da edição 2015 do Enem serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro. No primeiro dia, a avaliação terá 4 horas e meia de duração e será compos- ta por questões que envolvem ciências humanas e ciências da natureza. Linguagens e códigos, matemática e redação comple- tam o segundo dia da prova, que terá duração de 5 horas e meia. No ano passado, mais de 8,7 milhões se inscreveram para a avaliação, que possibilita a en- trada dos candidatos em univer- sidades públicas de todo o País. Biblioteca Cora Coralina completa 49 anos com diversas atrações para a Comunidade Nova escola infantil em Cidade Tiradentes atende 240 crianças educacional, mais ela se de- senvolve. Hoje quase todas as crianças a partir de 4 anos estão na escola em São Paulo. Isso é fundamental para as etapas se- guintes”, disse Haddad, após acompanhar apresentação dos alunos da unidade. A Diretoria Regional de Ensino de Guaiana- ses, responsável pela região de Cidade Tiradentes, Guaianases, Lajeado e Iguatemi, possui a menor demanda de educação in- fantil da cidade: cerca de 1,71% do total. Durante a visita, estudantes de ensino fundamental de esco- las municipais da região entre- vistaram o prefeito Haddad e o secretário Gabriel Chalita (Edu- cação) pelo projeto Imprensa Jovem. “O projeto Imprensa Jovem é muito importante porque é uma atividade de protagonismo: aprendem a filmar, a entrevis- tar, elaborar as questões, deba- ter e a ler melhor. E isso é es- sencial porque a gente quer que cada estudante da escola públi- ca acredite no seu potencial”, disse Chalita. No bate-papo, os estudantes conversaram sobre o Plano Municipal de Educação, investimentos nas escolas e pro- jetos culturais para a região. Haddad também conversou com pais de alunos da nova es- cola, que apresentaram deman- das nas áreas de educação e saú- de. Um grupo de mães sugeriu que a administração municipal avalie a possibilidade de aten- dimento noturno em creches, para auxiliar mulheres que tra- balham no turno da noite. Antes da inauguração, Ha- ddad conheceu as instalações e as atividades do Centro de Edu- cação Infantil (CEI) Conjunto Habitacional Santa Etelvina VI, também em Cidade Tiradentes. Por meio de convênio com a Associação Via Comunidade, o equipamento atende 158 crian- ças de 0 a 4 anos. Prefeito Haddad e Chalita-secretario de educação, prestigia a unidade da EMEI
  10. 10. 1 0 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Política O prefeito Fernando Ha- ddad sancionou na quinta- -feira (28) a lei nº 16.211, que permite a concessão de terminais de ônibus da Ca- pital a empresas privadas. O objetivo é ampliar a qualida- de dos serviços prestados e reduzir o custo de adminis- tração destes equipamentos. Em entrevista coletiva, Ha- ddad afirmou que a Prefeitu- ra realizará estudos para ava- liar o melhor modelo para a Prefeitura vai iniciar estudos para concessão de terminais de ônibus a parceiros privados parceria com o setor privado. “A ideia é fazer estudos com eventuais proponentes privados que queiram ex- plorar as áreas de terminais mantendo o equipamento de forma mais adequada para a população. É uma oportu- nidade do investidor empre- ender, mantendo o terminal mais limpo, mais equipado, com a logística mais adequa- da, sobretudo para os novos ônibus”, afirmou Haddad. Os terminais poderão ser licitados individualmente ou reunidos por regiões equiva- lentes aos lotes da concessão do Subsistema Estrutural do Sistema de Transporte Cole- tivo Público de Passageiros. Segundo a lei, a administra- ção municipal pode optar por realizar ou não obras públi- cas nos terminais antes da concessão. Os parceiros privados serão escolhidos por lici- tação e serão responsáveis pela administração, manu- tenção e requalificação dos equipamentos. A Secretaria Municipal de Transportes será responsável por licitar e fiscalizar as concessões, que terão no máximo 30 anos de duração. No sistema de transporte público da cidade existem hoje 29 terminais de ônibus. “Há interesse nos mais cen- trais, porque atraem muita gente: Parque D. Pedro, Prin- cesa Isabel, Praça da Bandei- ra. Mas há outros também no bairro que podem receber in- vestimentos”, disse Haddad. De acordo com a lei, as propostas de modernização dos terminais deverão levar em conta as características urbanísticas de cada região. A remuneração dos serviços e dos investimentos será pela exploração comercial dos equipamentos, inclusive com publicidade. As empresas poderão, por exemplo, insta- lar comércio no espaço inter- no dos terminais ou construir novos espaços para instala- ção de lojas, restaurantes ou postos de serviços. Padre do Vaticano de- clarou que demônios podem causar ‘piores consequên- cias’ para as pessoas durante brincadeira Um exorcista do Vatica- no resolveu alertar jovens e adolescentes que têm entra- do na nova onda de “invocar espíritos” conhecida como “Desafio Charlie Charlie (Charlie Charlie Challenge, em inglês). Segundo o pa- dre espanhol José Antonio Fortea, espíritos podem re- almente aparecer e ninguém vai gostar do que vier em seguida, contou ao tabloide britânico Mirror. “Alguns espíritos que es- tão na origem dessa prática vão perturbar participantes desse jogo”, afirmou o padre. “As pessoas realmente podem sofrer as piores con- sequências por causa desses demônios”, alertou. Bispos, pastores e padre são contra brincadeira “Charlie Charlie” Ele acrescentou que não é provável que pessoas se- jam possuídas por demônios durante a brincadeira Charlie Charlie, mas disse que não é impossível. A nova mania nas redes sociais consiste em um ritual de invocação de um espírito que atende por “Charlie”. Diversos vídeos são pu- blicados nas mídias sociais mostrando a brincadeira na qual se cruzam dois lápis sobre um papel com as pala- vras “sim” e “não” escritas. “Charlie, Charlie, você está aqui?” perguntam em seguida os curiosos. Segundo um texto que circula na Internet, a brinca- deira é tradicional no Méxi- co. Nem todos acreditam, no entanto, alguns se assustam com as respostas de Charlie, gritam e correm.
  11. 11. 11BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Entrevista O subprefeito de Guaiana- ses, Josafa Caldas, 48 anos, é casado e tem cinco filhos. Mo- rador da zona leste desde 1987 estudou Gestão Pública e foi assessor do Sindicato dos Mo- toristas e Trabalhadores em Transporte de São Paulo. Poste- riormente, trabalhou na Secreta- ria Municipal de Esportes e foi assessor da Câmara dos Verea- dores. Voltou para a Prefeitura de São Paulo em 2011, tendo assessorado, a partir de então, a Secretaria Especial de Arti- culação para a Copa do Mundo (Secopa), o Comitê Especial para a Copa do Mundo de 2014 (SPCOPA) e a Subprefeitura Sé. Assumiu a Subprefeitura Guaia- nases em abril de 2015. BOM DIA Guaianás: Quais as marcas que a população de Guaianases pode esperar de sua gestão à frente da Subprefeitu- ra? Subprefeito: Quando fui convidado pelo Prefeito Fer- nando Haddad e pela Vice-Pre- feita Nádia Campeão a assumir essa missão, as diretrizes eram claras: ouvir as comunidades, integrar o governo local de Guaianases, buscar parcerias e viabilizar mais avanços para a região. É com esses quatro ei- xos que trabalho diariamente. O retorno tem sido muito bom. BOM DIA Guaianás: Como fazer para superar a burocracia e os conflitos políticos que estão sempre presentes na administra- ção pública? Subprefeito: Até o momen- to, a equipe da Subprefeitura e os gestores do governo local de Guaianases demonstraram muito compromisso com essa proposta de ampliar a presença do governo Haddad nos bairros. Os eventos em comemoração ao aniversário de Guaianases, por exemplo, só foram bem-suce- didos porque contaram com a adesão e o empenho de vários órgãos municipais e parceiros, além das comunidades. Procu- ramos realizar eventos volta- dos para a comunidade, como o Sábado da Saúde, em frente ao Mercadão de Guaianases. Cerca de 500 moradores foram bene- ficiados com exames gratuitos, testes de diabetes, verificação da pressão arterial e orientação nu- tricional, além de informações sobre prevenção contra doenças sexualmente transmissíveis. No CEU Lajeado, a 1ª “La Feria Latina” reuniu 800 pessoas e ajudou a estreitar o vínculo com as comunidades de imigran- tes que residem em Lajeado e Subprefeito de Guaianases, Josafa Caldas, concede entrevista exclusiva ao Jornal Bom Dia Guaianás & Cidade Tiradentes Guaianases. Outro destaque foi a Corrida de Rua e Caminhada da Família — uma parceria da Subprefeitura e da Secretaria Municipal de Esportes, que mo- bilizou mais de 3 mil pessoas às ruas de Guaianases para a práti- ca de atividade física. BOM DIA Guaianás: Qual é o próximo desafio? Subprefeito: Vamos receber um dos mais importantes proje- tos da gestão Fernando Haddad, a Ação Integrada “Prefeitura no Bairro”, de 29 de junho a 9 de julho. Teremos um novo esfor- ço concentrado, de mais de 20 órgãos municipais e parceiros, com foco em 80 ruas da Vila Yolanda, da Vila Minerva e Jardim Aurora. Além de uma grande prestação de serviços e atendimentos aos munícipes, esses dois bairros passarão por um das maiores operações de zeladoria de sua história. BOM DIA Guaianás: O que, exatamente, essa Ação Integra- da trará para Guaianases? Subprefeito: É um projeto coordenado pela Vice-Prefeita que já beneficiou outras subpre- feituras da Zona Leste, como Itaim Paulista, São Mateus e Ita- quera. Na primeira semana, cer- ca de dez tendas de atendimento ficarão instaladas ao lado do Mercadão de Guaianases. Essas unidades prestarão os mais di- versos serviços, como oferta de empregos, emissão de carteira de trabalho, inscrição no Prona- tec e no Cadastro Único. Mas a programação mais prolongada, de duas semanas, envolverá a Subprefeitura, a CET, a Ilume e outros órgãos, que atuarão de forma conjunta e integrada, nas principais ruas desses bairros. Haverá mutirão de limpeza em ruas, calçadas, praças, córregos e bocas de lobo, manutenção e ampliação dos pontos de luz, mais sinalização de trânsito, operações extras de cata-bagu- lho e tapa-buraco, podas e re- moção de árvores. BOM DIA Guaianás: Quem indicou esses bairros em parti- cular para receber a Ação Inte- grada? E quais foram os crité- rios da escolha? Subprefeito: Foi um con- senso do nosso governo local. É claro que outros bairros dos distritos de Lajeado e de Guaia- nases necessitam de um pro- grama desse porte. Mas, nesse momento, levamos em conside- ração dois fatores. Primeiro: os índices de vulnerabilidade, de carência de serviços públicos. Segundo: o grande afluxo de pessoas no local, o que ajuda a aproximar ainda mais a Prefei- tura da população. Só com as tendas de atendimento, mais de 2 mil pessoas devem ser bene- ficiadas. BOM DIA Guaianás: O que mais podemos esperar des- ta gestão do prefeito Fernando Haddad? Subprefeito: A Ação Inte- grada, por si só, chama a aten- ção da Prefeitura para as mais diversas demandas da região. É uma oportunidade para os se- cretários municipais virem até a população, dialogar, entender as reivindicações e buscar sa- ídas. Uma das áreas com mais intervenções será o entorno do Mercadão, que sofre hoje com problemas de segurança, dete- rioração, iluminação pública e limpeza. A Guarda Civil Metro- politana é uma das instituições mais atentas e determinadas a resolver essa questão. Guaia- nases também receberá uma unidade do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CAT), uma antiga demanda da população, que será inaugurada em poucos dias. No local, ofere- ceremos cursos de qualificação, orientação para o trabalho e emissão de carteira de trabalho. A prioridade é para empregos na própria região. Além disso, vou me dedicar pessoalmente à pauta de drenagem e redução de alagamentos. No último verão, as enchentes afetaram famílias – que perderam suas casas – e lojistas. É preciso ter foco e ati- tude para que esses problemas sejam equacionados. BOM DIA Guaianás: Como você enxerga o futuro de Guaia- nases? Subprefeito: Com o tempo, temos de reduzir cada vez mais nosso histórico de região-dor- mitório. O programa de Incen- tivos Fiscais para a Zona Leste, implantado pelo Prefeito Ha- ddad em 2014, é uma base que ainda precisamos explorar para atrair mais empresas, serviços e empregos para a região. Mas entendo que as grandes deman- das que a população apresenta à Prefeitura giram em torno de dois eixos: espaços e serviços públicos. Os gestores precisam ter sempre como prioridade o uso mais qualificado dos espa- ços públicos, das ruas e calça- das, das praças e áreas verdes, dos parques, enfim, dos locais de convivência. A outra questão – que esteve muito presente nas manifestações populares de ju- nho de 2013 – é a melhoria dos serviços públicos. É uma co- brança não apenas local, mas de todo o Brasil. A Subprefeitura tem de dar o exemplo e atender cada vez melhor os munícipes, conclui Josafa Caldas. Nádia Campeão-vice prefeita de São Paulo e Josafá Caldas- -subprefeito de Guaianases
  12. 12. 1 2 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Esporte
  13. 13. 13BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Esporte
  14. 14. 1 4 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Cultura A Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes tem óti- mas oportunidades de cur- sos diurnos direcionados para crianças e jovens de 8 a 19 anos e para adultos, pelo programa Adultos, Pais e Avós no período noturno. localizada na Zona Leste a Fábrica de Cultu- ra está instalada em um edifício novo com 6.000 m² e conta com um teatro de 300 lugares, totalmente equipado para apresenta- ções. Iniciou suas atividades em Outubro de 2013. Tem 16 salas de aulas para as atividades, entre as quais se destacam: cursos, saraus, feiras culturais e exposições de conclusão dos cursos, além de shows No mês de maio, os gru- pos Circo Teatro Palombar e Cia Teatral Aos Quatro Ventos apresentam-se em importan- tes espaços culturais da cidade como o Centro Cultural São Paulo e o Museu da Língua Por- tuguesa. As apresentações são parte do projeto “Cooperativa Fabrica de Cultura Cidade Tiradentes A Fábrica de Cultura Cidade Tiradentes Funcionamento: 3ª a Sábado das 9h às 21h Domingos das 9h às 17h. R. Henriqueta N. Brieba, 281 (antiga Rua Coração Sertanejo esq. com a R. Indira Ghandi) Contato: Telefone 2556-3624 e sessões de cinema aos fi- nais de semana. A frequência nas Fábri- cas depende de matrícula específica para os cursos. Os interessados em fazer a inscrição devem comparecer com um res- ponsável de posse de RG e comprovante de residên- cia. Teatro Palombar e Cia Teatral Aos Quatro Ventos de Artistas: Produzindo Cami- nhos Sustentáveis para vida”, com patrocínio da empresa Pe- trobras através do programa Pe- trobras Socioambiental. A entrada é aberta ao publico e gratuita. oferece ótimas oportunidades de cursos A falácia de que estamos pas- sando por uma crise temporária de falta de água em São Paulo não se coaduna com a visão que está disponível nos meios de comu- nicação dando conta de que isto também está acontecendo em ou- tros países, seja por má gestão ou mesmo escassez provocada pela degradação do meio ambiente. Apesar das donas de casa estarem reclamando que as torneiras estão secas e que a água só chega de for- ma insuficiente para os trabalhos domésticos diários, há um compo- nente perverso nisso tudo que pre- cisa ser objeto de alerta. A crise hídrica está impactando o Estado de São Paulo e podemos ficar sem água a partir de julho do presen- te ano, caso as medidas que estão sendo adotadas não sejam sufi- cientes. Em outras palavras, pode ser que estejamos num cenário ca- tastrófico cujo desfecho será uma situação sem alimentação e sem energia elétrica para todos poden- do deflagrar um verdadeiro caos social. Na região metropolitana de São Paulo vivem 20 milhões de pessoas quando o ideal, para a infraestrutura existente, seriam 4 milhões. Só para se ter uma ideia de como a coisa pode sair do controle, recentemente no bairro do Butan- tã, zona oeste da Capital, a água não chegou nos pontos mais altos daquela região e houve um reação violenta com a queima de 3 ônibus em represália. Por incrível que pa- reça, a crise hídrica só não está pior pois estamos enfrentando uma crise econômica que desacelerou o seg- mento industrial e isso causou um menor consumo de água. Segundo estudos da Unicamp, o ciclo de es- cassez de água pode durar de 20 a 30 anos. Já estamos atrasados nas boas práticas de reuso da água e emprego de novas tecnologias de sustentabilidade, cujo grande entra- ve se encontra numa enormidade de leis que emperram essa possível sa- ída para os problemas ambientais. Existe a necessidade de se investir em obras de infraestrutura para mi- tigar os efeitos da escassez de água mas essa providência demora para apresentar bons efeitos. O que vale agora é a atitude individual de cada cidadão em poupar esse líquido precioso. Pode ter havido falha- no planejamento a médio e longo prazo do uso de recursos hídricos e isso envolve uma política maior que tangencia até a ordem social. O Brasil tem zonas de conflito violen- to por causa da água. Muitos des- ses conflitos ocorrem nas disputas para evitar a apropriação de recur- sos hídricos por empresas ou para impedir a construção de barragens. O clima tropical úmido facilita a recarga do sistema hídrico mas a nossa sobrecarga existente nas grandes metrópoles tem sido um fator negativo de consumo deman- dando medidas de intervenção ur- gentes, dentro de um planejamento factível, por exemplo, interligando o Sistema Cantareira com Alto Cotia e Guarapiranga. O volume de perda de água nas tubulações de distribuição e ligações clandes- tinas é da ordem de 30% e algo precisa ser feito para estancar essa condição adversa. A água, embora seja o recurso mais abundante do mundo, não se distribui de forma equitativa pelo globo. Então, cabe ao homem planejar. Resumindo, vamos evitar o caos social e não deixar virar caso de polícia. *Emanuel de Aquino Lopes é Co- ronel da Reserva da Policia Militar, Mestre em Ciências Policiais de Segu- rança e Ordem Pública, especializado em Direitos Humanos pela Fundação Getúlio Vargas , membro do Núcleo de Projetos Estratégicos – ISAE Amazô- nia eda OSCIP Instituto Brasil – IBRA (www.ibra.org.br) . Escreve em VIVER EM SEGURANÇA Emanuel de Aquino Lopes A falta de água e o caos social
  15. 15. 15BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Viagem Planejar o que levar para uma viagem pode não parecer difícil. E realmente não é. Mas nossa praticidade às vezes nos faz esquecer alguns acessórios que poderiam ter sido muito Acessórios para não esquecer na hora de montar a mala bem utilizados. E o pior é que só percebemos isso durante a necessidade. Vai acampar, via- jar para a Europa ou fazer um mochilão? Então dá uma olhada no que não pode faltar: # Adaptador de tomada inter- nacional Como o próprio nome já sugere, se você está planejando uma viagem ao exterior, espere encontrar um padrão de toma- Meio do ano é aquele pe- ríodo em que os pais tentam tirar uns dias de folga do tra- balho, colocam a criatividade pra funcionar e fazem um es- forço financeiro para realiza- rem uma viagem e passar mais tempo junto de sua família, principalmente quando se tem filhos, pois eles entram em fé- rias escolares. Entretanto, ou- tro cenário bem comum é as pessoas não se programarem para isso, comprometendo o orçamento financeiro. Se você é daqueles que toda vez, no mesmo período do ano, senta com a família, faz um diagnóstico da vida fi- nanceira, analisa a situação e já se planeja para todas as oca- siões que podem ser previstas das diferente àquele que você está acostumado. Portanto, é aconselhável ter um destes na mala se não quiser ficar sem ce- lular, câmera fotográfica, com- putador ou qualquer outro apa- relho elétrico. # Toalha de secagem rápida Para quem vai acampar ou então está partindo para uma jornada mais longa, este é um dos itens mais imprescindíveis. Além de secar muito mais rá- pido, ela também economiza espaço na mala quando compa- rada a uma toalha comum. # Kit de Primeiros Socorros básico Este é um dos itens que muitas pessoas, incluindo eu, costumam deixar de fora. Mas se você não pode se dar ao luxo de atrasar em um ou dois dias a programação da sua viagem por causa de um resfriado ou uma dor de cabeça, este passa a ser um item bem importante. # Varal de viagem Seja acampando ou dentro de um quarto de hotel, um varal de viagem pode salvar sua vida em algumas ocasiões. É uma so- lução simples e prática para se- car suas roupas durante a noite e deixa-las aptas ao uso na manhã seguinte. E, no fim das contas, é apenas uma corda que pratica- mente não ocupa espaço. # Sacola para roupa suja Provavelmente, a menos que você seja maníaco por limpeza, vai acabar acumulando algumas peças de roupa suja uma hora ou outra. Então porque não ter uma sacola especialmente para elas. Vai evitar que sua mochila fique cheirando a roupa suja. #Cópia autenticada de docu- mentos Este item vale principal- mente para quem pretende via- jar para outro país. Levar uma cópia dos principais documen- tos de identificação pode e irá facilitar as coisas em caso de perda ou roubo dos originais. Até por isso, de preferência uti- lize as próprias cópias e não os originais, quando possível. Férias de julho: como se planejar? – gastos repetitivos e com da- tas comemorativas e férias, por exemplo –, parabéns! Você é educado financeiramente e tem condição de realizar todos os seus objetivos e sonhos, bem como os de sua família, sem frustrações. No entanto, infe- lizmente, essa não é a realidade de boa parte da população, que não recebeu orientação alguma de hábitos corretos em relação ao uso e à administração dos recursos financeiros, apenas aprendeu a gastar, para depois se preocupar em como irá hon- rar com seus compromissos. A consequência desse comporta- mento impulsivo e não cons- ciente é de transformar sonhos em pesadelos, pois, mesmo quando se consegue realizar, pagar por ele pode ter efeitos desastrosos para as finanças. Então, o primeiro passo para que a tão desejada viagem em família não se transforme em uma constante preocupação é planejamento. Um passeio assim possui gastos intrínse- cos, como transporte, estadia, alimentação, telefonia, den- tre outros. Por isso, é preciso levar em consideração todas essas despesas no momento em que estiverem calculando o valor total da viagem. Daí o motivo de se programar com antecedência, para avaliar to- dos os aspectos, pesquisar os melhores preços e condições e poupar para pagar à vista, se possível. Minha orientação para quem não viu nada sobre via- gem até o momento é come- çar a se planejar para realizar um passeio muito melhor no final do ano ou até mesmo no meio do ano que vem. Sei que a ansiedade de curtir o mo- mento é grande, mas tomar atitudes mais conscientes tem mais vantagens, tanto em curto quanto em longo prazo. Outra dica é analisar bem qual desti- no cabe melhor no orçamento financeiro e, se for necessário, mude o local da viagem, para aproveitarem melhor. Se decidirem por postergar a viagem, não significa que não possam fazer nada para aproveitarem agora. Pensem em programas culturais, pon- tos turísticos, piquenique no parque, enfim, tem diversas opções para gastar pouco. Mas, caso já tenham se programado para realizar esse passeio em família agora em julho mesmo, a cautela deve ser com as des- pesas durante a viagem, com compras, lembrancinhas, etc. É importante estabelecer um limite de gasto antes mesmo de saírem de casa.
  16. 16. 1 6 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Feminina Truques de beleza que dá para fazer em casa sem nenhum esforço, multiuso e com custo zero? Parece bom demais para ser verdade, mas cubos de gelo podem sim fazer maravilhas pela sua rotina de beleza! Como já se pode imaginar, refrescar a pele é uma das propriedades que podemos esperar, mas o gelo também serve para muitas outras coisas, como… Diminuir a vermelhidão de uma espinha: o gelo reduz a in- flamação e também pode aliar a dor que vem junto com aquela acne mais feia. Coloque o gelo em um saquinho ziplock (uma toalha pode machucar peles mais delicadas), segure por 10 minutos e pronto! Ah! Se tiver alguma região do rosto com vermelhidão, independente da espinha, o gelo funciona para amenizar também! Aliviar olheiras: aproveite esse efeito calmante do gelo para diminuir aquele inchaço que aparece freqüentemente pela manhã, ou depois de horas de trabalho em frente ao com- putador! Enrole o gelo em uma toalha e deixe sobre a região dos olhos enquanto descansa. Fechar poros: a água gela- da faz com que os indesejados “pontinhos” diminuam, além de reduzir a produção de óleo da pele. Enrole dois cubos em uma toalha macia e massageie no rosto até que os gelos te- nham derretido. Vale como primer: pelo Mulheres que confiam em si mesmas têm mais chances de serem felizes no amor. Quem não gostaria de ser feliz? Apesar de a fórmula para a alegria ainda não ter sido descoberta, um dos cami- nhos para ficar com um sorriso constante no rosto passa pela autoconfiança. Valorizando a si mesma, você certamente aumenta as chances de se dar bem no amor e em outros as- pectos da vida; saiba mais nas próximas fotos. Faça questão de ser trata- da com gentileza e carinho. Não se conforme apenas com doses esporádicas do melhor tratamento que você mere- ce. Ao contrário do que mui- ta gente pensa, o sentimento de posse não é nada positivo, então, tenha cuidado para não cair nessa armadilha em troca de um pouquinho de atenção! Se não obtiver isso de quem você gosta, o jeito é seguir em frente. Dia dos namorados! Que delícia poder ter com quem dividir essa data! É tão gostoso ter al- guém para contar nos mo- mentos bons, nas alegrias da vida e nos momentos difíceis que precisamos de um apoio, um abraço apertado e um silêncio nada constrangedor que inspira paz dentro dos nossos corações! Amar é ter que abrir mão de fazer o que se quer todos os dias apenas para revezar a sua vontade com o sorriso de outra pessoa, e como isso é gratificante quando acontece, ver a pes- soa que amamos feliz é um presente inenarrável. Amar não é achar uma metade, alguém que te com- plete, amar é já ser completo por si só e achar alguém que possa somar, possa te acres- centar, e fazer da felicidade algo rotineiro em sua vida! Amar é ter o seu ( sua) melhor amigo (a) e seu gran- de amor dentro de uma única pessoa, a qual você possa ter uma relação de prazer não só enquanto os seus corpos es- tiverem na melhor fase ativa da sexualidade, mas também quando a idade pesar tanto que a única coisa que du- rar em cima da cama for as mãos dadas bem enrugadas e uma conversa sem sentido e esquecida afetada pelos anos da convivência!! Que o dia dos namorados possa ser todo dia em seu relacionamento, que o amor cresça a ponto de despertar em você a vontade de acordar todos os dias ao lado dessa mesma pessoa, e que depois de uns anos quando a crise vier, que o amor seja motivo para lutar e passar por cima das dificuldades, que tentar de novo seja o lema do casal e que desistir seja algo que nunca passe pela cabeça de nenhum Dos dois. Antes de apontar o que está ruim no outro, mude você primeiro, porque a reação de uma pes- soa muitas vezes é o espelho das atitudes que você pratica. Feliz dia dos namorados! Por: Bruna Dias Ser feliz passa pela autovalorização! Se for comprometida, ten- te ser uma boa companheira, mas não viva em função de um homem. Evite ter medo de criticar, e, com educação, interfira quando achar neces- sário, assim como insista nos pontos de vista em que acredi- ta. Quem ama cuida, mas não abaixa a cabeça para tudo o que o outro deseja. Não abdique de seus so- nhos. Em tempos nos quais as mulheres estão inseridas no mercado de trabalho, o casal deve conversar para definir o melhor rumo para os dois. Se vocês chegarem à conclusão que é a sua carreira que deve ficar em um ritmo mais lento ou mesmo parar em prol de outros aspectos, não deixe de ter objetivos de vida. Se o seu parceiro te amar, com certeza ele te apoiará. Cuide da sua aparência. Pode reparar: a maior parte das pessoas que possui uma baixa autoconfiança não cuida de si mesmo. Não é preciso virar uma obcecada por beleza e nem gastar centenas de reais com isso, mas você precisa se sentir bem com o que vê no espelho para que os outros te respeitem mais. Não dê ouvidos para que o que todo mundo fala. Tenha em mente que agradar todo mundo é impossível e, por mais que você se esforce, sem- pre haverá alguém tentando te jogar para baixo. O jeito então é filtrar as críticas construti- vas daquelas que só querem te derrubar e seguir se esforçan- do para ser feliz. Seja uma pessoa confiá- vel. Ninguém gosta de lidar com alguém que não consegue guardar um segredo ou adora fazer intrigas, certo? Uma pes- soa que se valoriza de verdade não liga para esse tipo de bes- teira que só traz coisas ruins, preferindo cuidar da própria vida e fazendo o bem para os outros. Aprenda utilizar cubos de gelo na sua rotina de beleza motivo do tópico anterior, o gelo também quebra um galho na hora de fazer a maquiagem durar mais! Melhor ainda se esse uso for aliado a um pri- mer convencional, o resultado é uma pele fresca e com maciez extra! Auxilia na depilação: sabe aquele cortezinho chato que você fez porque usou uma lâ- mina correndo? Limpe a região com água e pressione um cubo de gelo nela por 1 ou 2 minutos. Isso vai diminuir os vasinhos de sangue e então desacelerar o sangramento. Por outro lado, nada de passar o gelo na pele antes da depilação com cera, como algumas pessoas indi- cam: como fecha os poros, vai ficar mais difícil de arrancar os pelos e por isso aumenta a dor. Tipo spa: para potenciali- zar o “tratamento” com gelo, congele cubos com fatias de pepino ou feitos de chá preto, dois ingredientes famosos pelo combate ao cansaço na área dos olhos. Tente também com suco de laranja, que vai lhe dar uma boa dose de antioxidantes. Antes de sair se jogando em um balde de gelo lembre- -se de sempre envolver os ge- los em um saquinho plástico ou toalha macia. Não use mais do que dois gelos de uma só vez, e vá sempre sentindo sua sensi- bilidade ao frio, fazendo movi- mentos suaves para não agredir a pele.
  17. 17. 17BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Bem Estar Quando chega o fim do mês, sempre vem aquele frio na bar- riga. Quer dizer que as contas estão chegando. E uma das pio- res situações que enfrentamos é a de não conseguir adminis- trar corretamente os recursos financeiros e honrar com todos os nossos compromissos, não é verdade? Listo aqui cinco dicas de como o comportamento pode te ajudar a ter maior controle so- bre as finanças. 1. Previna-se Quando se trata de cuidar do equilíbrio financeiro pessoal, o caminho preventivo é a me- lhor saída. Isso porque todas as ações desenvolvidas, quando se está em situação financeira de emergência, são mais difíceis, uma vez que o equilíbrio emo- cional e o prazo curto para se conseguir novas fontes de renda pressionam as pessoas a adota- rem medidas emergenciais, que podem ser prejudiciais ao patri- mônio da família. Um exemplo é que muitas famílias recorrem a venda de seus imóveis para qui- tar dívidas. Vale a pena reservar um dinheiro do seu orçamento para se resguardar de possíveis acontecimentos desagradáveis. 2.Estude sobre educação financeira Vejo que muitos educado- res financeiros têm focado em questões técnicas como, por exemplo, o uso de planilhas de orçamentos, na hora de orientar as pessoas. De fato, a preocupa- ção deveria ser anterior a isso, no sentido de se buscar antes dessa fase a mudança real do comportamento dos consumi- dores. É preciso buscar conhe- cimento sobre como lidar com seu dinheiro. 3.Não aceite todas as pro- moções O consumidor, embora te- nha seus direitos resguardados A hora das refeições pode ser um estresse para toda a fa- mília, especialmente quando os pequenos resistem a comer o que está à mesa. O duelo é sempre o mesmo: os pais temem que os filhos não estejam comendo o suficiente para obter energia e as crianças preferem ingerir alimentos que nem sempre são saudáveis na opinião dos mais velhos. Mas o que fazer quando seu filho se recusa categoricamente a comer frutas, legumes ou ver- duras? Forçá-lo a comer, por exem- plo, nunca é uma boa estratégia. Influência positiva: Não há dúvida de que os hábitos alimentares das crianças são in- fluenciados pelo que elas veem ao redor. Se há muitos doces e batatas fritas em casa ou na casa de um amigo, então elas provavelmen- te vão querer comer isso. Felizmente, a pressão social pode funcionar nos dois senti- dos. Como pais, somos o modelo de liderança para nossos filhos. Se eles nos veem comen- do regularmente, saboreando e desfrutando de alimentos sau- dáveis, e empolgados sobre o estamos ingerindo, vão estar mais dispostos a prová-los. Por isso, se você conhece uma criança que é mais ousada em relação à média do paladar infantil (exemplo: comer jiló), Como acabar com as manhas de crianças na hora das refeições convide-a para comer em sua casa com seus filhos em algum momento. Ao vê-la comer frutas e le- gumes, o seu filho provavel- mente vai querer emular esse comportamento. Dê tempo ao tempo: De- pois de criar uma atmosfera po- sitiva em torno de comida sau- dável, é hora do próximo passo. Isso vai levar tempo. Aqui estão algumas sugestões: Introduza o novo alimento em pequenas porções de modo a não sobrecarregar o paladar de seu filho. Comece com pequenos pe- daços de seu próprio prato. Uma criança pode demorar de 10 a 15 mordidas para se acostumar a um novo alimento. Prove o alimento junto com seu filho, mostrando que você também está disposto a saborear coisas novas. Mantenha-se sempre posi- tivo, mesmo em momentos de tensão. Tenha em mente que dar a seu filho alimentos açucarados ou doces regularmente vai de- senvolver o paladar deles para gostar desse tipo de comida. Tente fazer da refeição um momento descontraído e rela- xado. Quando possível, envolva a criança na preparação dos ali- mentos. Fale sobre o que você come: que aspecto o alimento tem, de onde vem, como é pro- duzido. Em vez de usar doces como motivação, tentar criar uma ta- bela de recompensas. Não se estresse: Você não é o único pai ou mãe que sofre com os filhos na hora das refei- ções. Esse é um momento que ocorre quando as crianças estão se tornando mais independen- tes. Acredita-se que a rejeição a experimentar comidas novas é parte de um desenvolvimen- to evolutivo que surgiu para evitar que os pequenos comam alimentos potencialmente peri- gosos enquanto exploram o am- biente a seu redor. Tente manter uma atitude positiva, especialmente quando se fala de comida. Lembre-se de que as crian- ças mudam de humor todos os dias. Por isso, talvez agora re- jeitem um alimento e amanhã estejam mais abertos a outras experiências gastronômicas. Se existem alimentos que você prefere que seus filhos não comam ─ por exemplo, alimen- tos processados, ou carne, se você é vegetariano ─ não tente dar muita importância a eles, mas sim naqueles que eles po- dem comer à vontade. Isso por- que ao associarem um alimento a algo negativo, as crianças cer- tamente estarão menos dispos- tas a experimentr. Cinco dicas de como seu comportamento pode ajudar na administração financeira legalmente, é vitimizado quase que diariamente por centenas de estímulos de marketing para gastar dinehiro. As empresas trabalham no limite da legalida- de. São ofertas de promoções, que acabam sendo péssimas para o consumidor que compra sem cautela coisas que não pre- cisa ou não quer. Aí, consequen- temente, surgem as dívidas. Não acredite em todas pro- moções, seja diligente ao ve- rificar os pontos positivos e negativos de todas as compras, não aceite ser pressionado com a estratégia do marketing de dizer que há poucos produtos (escassez) ou de que a promo- ção termina hoje (senso de ur- gência). Você compra se quiser e nem toda oferta pode ser boa pra você. 4. Não pegue empréstimos O consumidor deve passar a adotar uma postura mais de- fensiva quando lida com o seu equilíbrio financeiro, pois aque- las pessoas que ofertam emprés- timos fáceis no mercado, são as primeiras pessoas que irão pro- cessá-lo judicialmente, quando houver inadimplência. 5. Tenha equilibrio finan- ceiro Zele pelo seu equilíbrio fi- nanceiro como um guardião de um castelo, porque se os exér- citos do endividamento invadi- rem sua vida, você e sua família serão afetados com isso. Com- portamento é tudo quando se trata de manter o equilíbrio fi- nanceiro. Fique atento com isso. Sua família vai agradecer! Com disiplina e conheci- mento você poderá ter maior controle sobre seu dinheiro e não o contrário. Lélio Braga Calhau é Promotor de Justiça de defesa do consumidor do Ministério Público de Minas Gerais.
  18. 18. 1 8 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Saúde Viaja muito? Pergunte ao pediatra se ele pode receitar algo para um caso de emergên- cia Por melhor que seja ter o bebê em seus braços, qual mãe nunca se sentiu angustiada ao ouvir o choro do filhote e não conseguir acalmá-lo? Fome, frio e fralda suja foram razões descartadas, será que ele está doente? Devo medicá-lo? Antes de tudo, tenha em mente que a automedicação, tão comum no Brasil, não deveria fazer parte nem da rotina de adultos, quanto mais de recém- -nascidos. A qualquer sinal que considere estranho, seja choro incessante, febre ou nariz es- correndo que não deixe a crian- ça respirar direito, um pediatra deverá ser consultado. Por mais simples que possa parecer, não hesite em ir ao hospital. Ter um bebê em casa é bem cansativo no começo, afinal, você precisa gastar toda a ener- gia que tem nos cuidados des- se ser tão dependente de você. Porém, ser mãe é estar sempre Como saber se devo dar remédio ao meu bebê? alerta, portanto, todas as vezes que for medicar seu filhote, preste atenção na data de vali- dade do produto, assim como na dosagem indicada pelo médico para o caso de seu pequeno. Ou- tro cuidado importante é manter qualquer remédio fora do alcan- ce de crianças, mesmo que vá utilizá-lo em poucas horas. Montar uma farmacinha em casa não significa que quando o bebê tiver algum sintoma co- nhecido, você poderá dar a ele o remédio que deu certo da última vez. É bom repetir que somente o médico terá condições de in- dicar o melhor tratamento para a criança. Note que muitas vezes sintomas parecidos significam males diferentes. Mantenha tudo que comprar em sua casa, preferencialmente no mesmo local. Se possível, anote os no- mes de todo medicamento que tiver, fazendo assim uma lista. Isso será útil para que você não compre o mesmo remédio duas vezes. Pode-se também mostrar esse rol ao médico e perguntar se algum daqueles medicamen- tos serve para tratar o problema de saúde do pequeno. Muitos remédios agem da mesma for- ma e são apenas fabricados por empresas diferentes. Seu bolso agradece! Você deve ter alguns itens em casa, que te ajudarão em casos de emergência, tais como: termômetro, curativos adesivos, seringas, conta-gotas, gaze e esparadrapo. Outro cui- dado é deixar em lugares de fá- cil visualização dados como: te- lefones do pediatra, endereço do pronto-socorro mais próximo, se tiver plano de saúde, o núme- ro da carteirinha do convênio e também telefones de emergên- cia, como dos Bombeiros, por exemplo. Na hora do sufoco, isso evita mais estresse. Já basta ver seu pequeno doente. Passageiro que chegava em casa às 7h por ter que esperar rei- nício do transporte público ago- ra consegue chegar às 2h. Novo serviço realiza 2.663 viagens por noite, 368 delas somente no Ter- minal Parque D. Pedro II, o mais movimentado da cidade Planejado para atender os principais locais de interesse das pessoas que se locomovem pela cidade entre 0h e 4h, o serviço Noturno integra terminais de ôni- bus e os principais bairros de São Paulo, com 151 linhas. O serviço, implantado em fevereiro deste ano, atendeu até o dia 30 de abril Mais de 1,5 milhão de passageiros são transportados pelo Noturno em dois meses 1,55 milhão de passageiros. Antes da implantação do No- turno, eram realizadas, em média, 15 mil viagens de passageiros por madrugada, com as 98 linhas então existentes. Esse número passou para 22,5 mil passagei- ros em abril, um crescimento de 50%. Aos sábados, quando há maior movimento durante a noi- te, o número de transportados passou de 25 mil para 36,6 mil, um crescimento de 46%. Duran- te todo o primeiro mês de opera- ção, em março, foram transpor- tados 712.765 passageiros. Em abril, esse número cresceu para 809.253. Os dados desse mês estão sendo atualizados e ainda podem crescer. São Paulo avança em direção ao que é oferecido em capitais como Londres. De acor- do com o Transport For London, autoridade londrina responsável pelo transporte coletivo, a capital do Reino Unido possui 117 linhas de ônibus circulando durante a madrugada, 34 a menos que em São Paulo. Nesses trajetos, são transportados 42 milhões de pas- sageiros por ano, com o intervalo médio de passagem dos veículos de 30 minutos.
  19. 19. 19BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Evento Crises, do grego krísis, ato de separar, julgamen- to, evento, momento de- cisivo. Não há quem não tenha vivenciado uma. Das diversas formas de crises, existencial, social, econômica ou política só existem duas certezas: que elas não persistem para sempre e que é possí- vel sairmos fortalecidos. As crises são momentos de rupturas e geram refle- xões e aprendizados. As lições suscitadas por uma crise servem como ama- durecimento. As refle- xões alimentam utopias e esperanças. Um exemplo foi a cri- se das últimas décadas. Aprendemos, com a cri- se econômica dos anos de 1980, que com infla- ção não se brinca e após aquele período todos os governos que vieram, ti- veram no foco de seus mandatos o combate à inflação. Na década anterior o país teve de aprender com a “crise do petróleo” que as reservas do combus- tível não eram infinitas. Saímos dessa crise, do início anos de 1970, com o firme propósito de que Coluna Mauricio Pestana Secretário Adjunto na Secretaria de Promoção da Igualdade Racial O lado bom da crise fontes alternativas teriam de ser criadas. Surgia en- tão a indústria do álcool tornando o Brasil líder mundial no seguimento. A crise de mais 40 anos atrás semeou, para hoje, as bases da indústria de biocombustível e até da prospecção do pré-sal. Foi também a cri- se política, nos anos de 1960, que levou o país ao obscurantismo das tor- turas, das mortes e desa- parecimento de centenas de pessoas durante os 20 anos que perdurou a dita- dura militar, deixando a lição de que democracia pode ser algo complexo de exercer, mas não in- ventaram ainda regime melhor. Ditadura nunca mais! Não sabemos ainda quais lições a atual cri- se política poderá dei- xar como marca para as próximas gerações, mas, uma coisa é certa: pela primeira vez na história do Brasil, grandes em- presários e pessoas que jamais poderíamos so- nhar, estão de trás das grades. Isto só reforça a tese de que toda crise, tem seu lado positivo O evento foi realizado, na Rua Salvador Gianetti, pró- ximo a Estação da CPTM Foi realizado no último domingo (31/05), na Rua Salvador Gianetti, o tradicio- nal Desfile Cívico e Militar que marcou o encerramento das comemorações do 154º aniversário de Guaianases. Nem a chuva e o frio, esfriaram o entusiasmo de cerca de 2 mil pessoas, entre moradores do bairro, pais e alunos das escolas munici- pais, dos CEUs Jambeiro, Água Azul, Cidade Tiraden- tes, Inácio Monteiro e Laje- ado que abrilhantaram o en- cerramento das festividades. Cerca de 2 mil pessoas prestigiaram o encerramento das comemorações do 154º aniversário de Guaianases Vereador Cenival Moura falando ao público no inicio do desfile civico-militar
  20. 20. 2 0 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Fama
  21. 21. 21BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Entretenimento Relacionamentos, aparência física e carreira estão entre os te- mas que devem figurar nas con- versas entre pais e filhos. Chega a adolescência e com ela muitas dúvidas nas cabeças dos filhos, que mal acabaram de deixar a infância. Já do lado dos Falando com filhos adolescentes pais, é a hora de surgirem os ques- tionamentos sobre como abordar temas importantes com os novos jovens e acompanhar o crescimen- to e amadurecimento dos filhos. O diálogo natural é sempre o melhor caminho, apesar da naturalidade, vale lembrar que pai e mãe não são considerados amigos pelos filhos adolescentes e, portanto, é necessário manter sempre a hie- rarquia no tratamento e deixar claro que os adultos estão presen- tes para orientar e ensinar. Veja abaixo 6 temas impor- tantes para falar com seu filho adolescente: Relacionamentos Essa é a época em que rela- cionamentos amorosos ou de amizade costumam começar e terminar. É importante a orienta- ção neste momento de como lidar com as emoções. Dialogar com o adolescente e tentar entender e participar do que está aconte- cendo na vida do filho terá mais efeito positivo do que a simples proibição. Sexualidade Assunto clássico para tratar com os adolescentes. Eles têm muitas dúvidas sobre sexo e mui- tas vezes não têm naturalidade para tratar disso em casa. A su- gestão é sempre se manter aberto para as perguntas dos filhos, em todas as idades, e tratar a questão com naturalidade. Drogas Com relação às drogas, o se- gredo é esclarecer os riscos do consumo da substância. Conver- samos mais sobre não fazer nada ‘no embalo’ dos amigos e sobre saber os riscos a que se está ex- posto quando se usa drogas. Aparência física Muitos adolescentes se sen- tem inseguros com a aparência física. Cris conta que seu filho mais velho passou por uma fase de ser incomodado na escola por ser muito magro e usar óculos. Além de falar que ele é lindo, eu disse que nunca liguei para o que os outros falam. Carreira Nesta época também surgem dúvidas quanto a carreira a seguir, e é necessário estar aberto para tirar dúvidas. É importante tam- bém entender que nem sempre um filho tem interesse pela car- reira dos pais e deseja buscar um caminho próprio. Tentar impor uma profissão a um adolescen- te pode trazer prejuízos futuros importantes, como a insatisfação profissional tardia. Religião Este assunto é, por muitas ve- zes, razão de discordância entre pais e filhos. Impor uma visão religiosa para o adolescente tam- bém é prejudicial. Mais do que a opinião, sua experiência religiosa é válida.
  22. 22. 2 2 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Viva
  23. 23. 23BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Lazer
  24. 24. 2 4 BOM DIA GUAIANAS & CID. TIRADENTES - 2a . QUINZENA DE MAIO 2015 Publicidade

×