REVESTIMENTOS EM CÉLULAS (3A - AULA 6)
PAREDE CELULAR
Parede Celular
Funções:
• Reforço externo;
• Sustentação celular;
• Revestimento celular;
• Proteção celular.
Parede Celular
Composição química:
• Fungos = Quitina;
• Bactérias e cianobactérias =
Polissacarídeos + Aminoácidos
(Pepti...
Plasmodesmos
• Durante a formação das células,
elementos tubulares do retículo
endoplasmático ficam retidos entre as
vesíc...
• lamela média (LM), que une as células
vizinhas, forma uma camada delicada,
entre elas.
Estrutura da P.C. nos vegetais
• As células com paredes secundárias são,
geralmente, células mortas
Parede secundária
• Parede primária Composta de celulose
e pectina;
• Parede secundária Composta de celulose
e impregnações ( suber, lignina...
A Membrana Plasmática
• É uma “capa” dupla que envolve e protege todo
o interior da célula.
• Permeabilidade Seletiva: cap...
Glicocálix (secretado pelo Complexo de golgi)
”Malha” feita de moléculas de glicídios (carboidratos)
frouxamente entrelaça...
Membrana Plasmática:
Especializações de
membrana
ESPECIALIZAÇÕES DA MEMBRANA
PLASMÁTICA
SUPERFÍCIE APICAL DA
CÉLULA
SUPERFÍCIE BASO-LATERAL DA
CÉLULA
1- Microvilosidades
2...
MICROVILOSIDADES
-Projeções cilíndricas do citoplasma,
envolvidas por membrana que se
projetam da superfície apical da cél...
microvilosidades glicocálice MICROVILOSIDADE
S
Placas de adesão em forma de disco
DESMOSSOMOS
JUNÇÕES CELULARES ADESÃO
Desmossomos ( filamentos de proteínas)
• FUNÇÕES:
– Coesão entre as células;
– Pontos de aderência entre as células;
– Int...
Interdigitações:
Aumento da superfície de contato
• Também atuam na união entre as células dos tecidos de
revestimento, ga...
CÍLIOS E FLAGELOS
Cílios: Mais curtos e numerosos, são
encontrados em protozoários, larvas
aquáticas, revestimentos de via...
CÍLIOS/FLAGELOS
ESPECIALIZAÇÕES DA SUPERFÍCIE APICAL DA
MEMBRANA
CÍLIOS
-Projeções cilíndricas
MÓVEIS, semelhantes a pêlos
-Função: propul...
• Estrutura dos cílios e flagelos
HASTE
CORPO
BASAL
RAIZ
Tipos de soluções
Hipertônica Hipotônica
Transporte Através da Membrana
Transporte PassivoTransporte Passivo
Difusão Simples
- Muitas substâncias penetram nas células ou delas saem
por difusão p...
DIFUSÃO SIMPLES
Difusão Facilitada - Algumas substâncias, como a
glicose, galactose e alguns aminoácidos têm tamanho
superior, o que imped...
DIFUSÃO FACILITADA
DIFUSÃO FACILITADA
Transporte PassivoTransporte Passivo
Osmose - (osmos= empurrar) Duas soluções de
concentrações diferentes estão separadas ...
OSMOSE
ÁGUA
SAL
POUCO SAL MUITO SAL
Membrana semi-
permeável
OsmoseOsmose
A célula vegetal é vulnerável aos ambientes hipertônicos. A saída
da água contida no seu vacúolo, provoca uma...
Osmose
Transporte AtivoTransporte Ativo
• É a passagem de um soluto de um meio
menos concentrado, para um meio mais
concentrado (...
Transporte AtivoTransporte Ativo
• Bomba de NA+ e K+ Este tipo de transporte se
dá, quando íons como o sódio (Na+) e o pot...
Transporte AtivoTransporte Ativo
•Juntos esses dois receberam o nome de bomba de sódio
e potássio.
•Todo este mecanismo de...
Transporte AtivoTransporte Ativo
Transporte AtivoTransporte Ativo
Transporte em massa: grandes
moléculas
a) ENDOCITOSE: Incorporação de moléculas
maiores.
b) EXOCITOSE: Eliminação de subst...
Transporte em massa: grandes
moléculas
Transporte em massa: grandes
moléculas
Fagocitose - processo pelo qual a célula eng...
Transporte em massaTransporte em massa
Pinocitose - processo pelo qual a célula engloba
gotículas de líquido, formando vac...
Revestimentos e transporte atraves da membrana
Revestimentos e transporte atraves da membrana
Revestimentos e transporte atraves da membrana
Revestimentos e transporte atraves da membrana
Revestimentos e transporte atraves da membrana
Revestimentos e transporte atraves da membrana
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Revestimentos e transporte atraves da membrana

477 visualizações

Publicada em

Revestimentos e transporte atraves da membrana

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
477
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revestimentos e transporte atraves da membrana

  1. 1. REVESTIMENTOS EM CÉLULAS (3A - AULA 6)
  2. 2. PAREDE CELULAR
  3. 3. Parede Celular Funções: • Reforço externo; • Sustentação celular; • Revestimento celular; • Proteção celular.
  4. 4. Parede Celular Composição química: • Fungos = Quitina; • Bactérias e cianobactérias = Polissacarídeos + Aminoácidos (Peptidioglicano) • Vegetais = Celulose, Cálcio e Magnésio;
  5. 5. Plasmodesmos • Durante a formação das células, elementos tubulares do retículo endoplasmático ficam retidos entre as vesículas, que estão se fundindo originando os futuros plasmodesmos;
  6. 6. • lamela média (LM), que une as células vizinhas, forma uma camada delicada, entre elas. Estrutura da P.C. nos vegetais
  7. 7. • As células com paredes secundárias são, geralmente, células mortas Parede secundária
  8. 8. • Parede primária Composta de celulose e pectina; • Parede secundária Composta de celulose e impregnações ( suber, lignina e cutina) Constituição química
  9. 9. A Membrana Plasmática • É uma “capa” dupla que envolve e protege todo o interior da célula. • Permeabilidade Seletiva: capacidade de selecionar as substâncias que entram e saem da célula. Proteínas periféricas Proteínas integrais
  10. 10. Glicocálix (secretado pelo Complexo de golgi) ”Malha” feita de moléculas de glicídios (carboidratos) frouxamente entrelaçadas. Esta malha protege a célula como uma vestimenta FUNÇÕES: • Proteção contra agressões físicas e químicas do ambiente externo, • Uma malha de retenção de nutrientes e enzimas, • Confere às células a capacidade de se reconhecerem
  11. 11. Membrana Plasmática: Especializações de membrana
  12. 12. ESPECIALIZAÇÕES DA MEMBRANA PLASMÁTICA SUPERFÍCIE APICAL DA CÉLULA SUPERFÍCIE BASO-LATERAL DA CÉLULA 1- Microvilosidades 2- Desmossomos 3- Cílios/Flagelos 1-Junções celulares Junções célula-célula Junções célula-matriz extracelular
  13. 13. MICROVILOSIDADES -Projeções cilíndricas do citoplasma, envolvidas por membrana que se projetam da superfície apical da célula -São imóveis -Aumentam a área de superfície celular
  14. 14. microvilosidades glicocálice MICROVILOSIDADE S
  15. 15. Placas de adesão em forma de disco DESMOSSOMOS JUNÇÕES CELULARES ADESÃO
  16. 16. Desmossomos ( filamentos de proteínas) • FUNÇÕES: – Coesão entre as células; – Pontos de aderência entre as células; – Intercâmbio de substâncias
  17. 17. Interdigitações: Aumento da superfície de contato • Também atuam na união entre as células dos tecidos de revestimento, garantindo maior proteção e intercâmbio de substâncias.
  18. 18. CÍLIOS E FLAGELOS Cílios: Mais curtos e numerosos, são encontrados em protozoários, larvas aquáticas, revestimentos de vias respiratórias dos mamíferos. Flagelos: Mais longos e em menor número, são observados em protozoários, espermatozóides, anterozóides e algas
  19. 19. CÍLIOS/FLAGELOS
  20. 20. ESPECIALIZAÇÕES DA SUPERFÍCIE APICAL DA MEMBRANA CÍLIOS -Projeções cilíndricas MÓVEIS, semelhantes a pêlos -Função: propulsão de muco e de outras substâncias sobre a superfície do epitélio, através de rápidas oscilações rítmicas e no caso dos flagelos funcionam na locomoção -Microtúbulos organizados (9 + 2), inseridos no corpúsculo basal
  21. 21. • Estrutura dos cílios e flagelos HASTE CORPO BASAL RAIZ
  22. 22. Tipos de soluções Hipertônica Hipotônica Transporte Através da Membrana
  23. 23. Transporte PassivoTransporte Passivo Difusão Simples - Muitas substâncias penetram nas células ou delas saem por difusão passiva, o soluto penetra na célula quando sua concentração é menor no interior celular do que no meio externo, e sai da célula no caso contrário. - Neste processo não há consumo de energia. - Ocorre a favor do gradiente de concentração. - A passagem do soluto pode ocorrer tanto através dos poros como pela dupla camada lipídica.
  24. 24. DIFUSÃO SIMPLES
  25. 25. Difusão Facilitada - Algumas substâncias, como a glicose, galactose e alguns aminoácidos têm tamanho superior, o que impede a sua passagem através dos poros. No entanto, estas substâncias passam através da matriz, por transporte passivo, contando, para isto, com o trabalho de proteínas carregadoras (proteínas transportadoras). Transporte PassivoTransporte Passivo
  26. 26. DIFUSÃO FACILITADA
  27. 27. DIFUSÃO FACILITADA
  28. 28. Transporte PassivoTransporte Passivo Osmose - (osmos= empurrar) Duas soluções de concentrações diferentes estão separadas por uma membrana que é permeável ao solvente e praticamente insolúvel ao soluto. Há, então, passagem do solvente de onde está em maior quantidade (solução hipotônica) para onde está em menor quantidade (solução hipertônica).
  29. 29. OSMOSE ÁGUA SAL POUCO SAL MUITO SAL Membrana semi- permeável
  30. 30. OsmoseOsmose A célula vegetal é vulnerável aos ambientes hipertônicos. A saída da água contida no seu vacúolo, provoca uma diminuição do volume celular e, consequentemente, o afastamento da membrana plasmática relativamente à parede celular. Este fenômeno é conhecido por plasmólise. Plasmólise Deplasmólise Hipotônico Hipertônico
  31. 31. Osmose
  32. 32. Transporte AtivoTransporte Ativo • É a passagem de um soluto de um meio menos concentrado, para um meio mais concentrado ( contra o gradiente), que ocorre com gasto de energia.
  33. 33. Transporte AtivoTransporte Ativo • Bomba de NA+ e K+ Este tipo de transporte se dá, quando íons como o sódio (Na+) e o potássio (K+), tem que atravessar a membrana contra um gradiente de concentração. •Encontramos concentrações diferentes, dentro e fora da célula, para o sódio e o potássio. •Na maioria das células dos organismos superiores a concentração do sódio (Na+) é menor dentro da célula do que fora desta. •O potássio (K+), apresenta situação inversa, a sua concentração é maior dentro da célula do que fora desta.
  34. 34. Transporte AtivoTransporte Ativo •Juntos esses dois receberam o nome de bomba de sódio e potássio. •Todo este mecanismo de transporte ativo que mantém tais distribuições iônicas é de suma importância para a transmissão do impulso nervoso.
  35. 35. Transporte AtivoTransporte Ativo
  36. 36. Transporte AtivoTransporte Ativo
  37. 37. Transporte em massa: grandes moléculas a) ENDOCITOSE: Incorporação de moléculas maiores. b) EXOCITOSE: Eliminação de substâncias maiores. Transporte em massa: grandes moléculas a) ENDOCITOSE: Incorporação de moléculas maiores. b) EXOCITOSE: Eliminação de substâncias maiores.
  38. 38. Transporte em massa: grandes moléculas Transporte em massa: grandes moléculas Fagocitose - processo pelo qual a célula engloba partículas sólidas através de pseudópodes. É um processo seletivo, de paramécios feito por amebas. Nos mamíferos, a fagocitose é feita por células de defesa, como os macrófagos.
  39. 39. Transporte em massaTransporte em massa Pinocitose - processo pelo qual a célula engloba gotículas de líquido, formando vacúolos contendo líquido. Muitas células exibem esse fenômeno, como os macrófagos e as dos capilares sanguíneos.

×