Cartas de Paulo aos Coríntios
Experiência 
Espiritual sob 
novo enfoque 
• O êxtase de 2Cor 12,1-10 
• Experiência de arrebatamento 
que não só foi impo...
• Campo Semântico 
• Termos e expressões: “visões”, “revelações”, “ser 
arrebatado”, “terceiro céu”, “paraíso” = típicos d...
Viagens 
celestiais ou 
arrebatamento 
• Ser arrebatado: estrutura 
cosmológica
• Terceiro céu: divisão da Tenda no deserto e do 
Templo de Jerusalém, segundo um modelo 
• Templo celestial preexistente:...
O perigo do 
orgulho 
• Faz parte de uma tradição de 
ascensão que envolve: 
mistério, transformação e 
revelação 
• e sof...
• relação da soberba com viagens celestiais: Is 14,11- 
15 e Ez 28,13-15: reis humanos e sua pretensões 
• Os quatros rabi...
Fraqueza, 
adversidade, 
oposição e coisas 
indizíveis 
• Relato: pouca informação 
sobre a experiência: 
• Ocorreu há 14 ...
• não se refere a palavras impossíveis de serem ditas 
• “as quais não é permitido a um homem falar”: não 
pode ser compar...
Espinho na 
Carne 
• Foi-lhe colocado um espinho 
na (para) carne, um anjo de 
satanás. 
• Finalidade: feri-lo para evitar...
• BIBLIOGRAFIA:
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Carta aos Corintios 02

964 visualizações

Publicada em

Cartas aos Corintios: experiência espiritual sob novo enfoque, slide numero 02

Publicada em: Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
964
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
64
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carta aos Corintios 02

  1. 1. Cartas de Paulo aos Coríntios
  2. 2. Experiência Espiritual sob novo enfoque • O êxtase de 2Cor 12,1-10 • Experiência de arrebatamento que não só foi importante como também não foi única. • Não foi ocasional, mas marcou a vida do apóstolo • Experiências tais que fizeram parte da carreira do apóstolo • Narrativas da mística judaica relatam a ascensão aos céus ocorre várias vezes na vida do místico • Era típico no tempo de Paulo
  3. 3. • Campo Semântico • Termos e expressões: “visões”, “revelações”, “ser arrebatado”, “terceiro céu”, “paraíso” = típicos de um campo semântico apocalíptico • Informação dada por Paulo: “no corpo ou fora do corpo” (repetida 2 vezes): não sabe a natureza do evento • Arrebatamento de Henoc (Gn 5,24) e de Elias (2Rs 2,11): pessoa inteira. • Gregos e João: em espírito (Ap 1, 10; 4,1-2)
  4. 4. Viagens celestiais ou arrebatamento • Ser arrebatado: estrutura cosmológica
  5. 5. • Terceiro céu: divisão da Tenda no deserto e do Templo de Jerusalém, segundo um modelo • Templo celestial preexistente: Ex 25,8-9 • Hekhalot: Palácios, Templos ou átrios: no 3Henoc • No terceiro estágio: visão do trono (mercabhá em Ez 1) • visão de figura gloriosa semelhante um ser humano • ascensão: antecipação do estado final dos fieis
  6. 6. O perigo do orgulho • Faz parte de uma tradição de ascensão que envolve: mistério, transformação e revelação • e sofrimento: angústia, oposição angelical e perigo de morte • De quem Paulo está falando? (v.5). De Jesus? (cf. v.2) • Espinho na carne: como consequência • Por que em terceira pessoa: para evitar o orgulho pessoal
  7. 7. • relação da soberba com viagens celestiais: Is 14,11- 15 e Ez 28,13-15: reis humanos e sua pretensões • Os quatros rabinos que entraram no PARDES: Ben Azai morreu; Ben Zomá ficou louco. Acher tornou-se herege. E Akiva entrou e saiu em paz, porque era humilde. • Orgulho é a primeira coisa que Paulo menciona antes de narrar a experiência
  8. 8. Fraqueza, adversidade, oposição e coisas indizíveis • Relato: pouca informação sobre a experiência: • Ocorreu há 14 anos; não sabe se no corpo ou fora dele, foi ao terceiro céu e ouviu coisas indizíveis • Dois mundos opostos se encontram: oposição não durante a viagem • Isaías e Ezequiel: oposição por parte do povo • “palavras indizíveis” (v. 4): por causa da oposição
  9. 9. • não se refere a palavras impossíveis de serem ditas • “as quais não é permitido a um homem falar”: não pode ser compartilhado abertamente • segredos divinos: em conversas privadas entre mestre e discípulo (cf. Mc 4,11) • Palavras ouvidas: fonte de fortalecimento para o vidente revelação privada, diz respeito ao vidente • Cautela: com mistérios, aguardar tempo certo
  10. 10. Espinho na Carne • Foi-lhe colocado um espinho na (para) carne, um anjo de satanás. • Finalidade: feri-lo para evitar autoexaltação • Várias interpretações: doença, perseguição, tentação sexual, malária, defeito na fala, problemas nos olhos, problema psíquico. • Faz parte da tradição mística judaica • Está em várias literaturas
  11. 11. • BIBLIOGRAFIA:

×