SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Baixar para ler offline
• A Bíblia.
• 1º A importância da Biblia.
• Segundo o seu propósito, em que Deus, ele é Soberano,
alcança ao homem através de uma forma dupla: através
da Bíblia, a Palavra escrita e através de Cristo a
Palavra viva (Jo 1:1 – I Jo 5:7).
• Quatro importantes propósitos da Bíblia.
1) Quanto a razão da esperança em Cristo....... (I Pd 3:15).
2) Faz o crente sentir-se um Obreiro aprovado.(II Tm 2:15).
3) Aumenta a fé através de sua palavra................(Is 34:16).
4) Dá a luz e entendimento.............................. (Sl 119:130).
2º Como devemos estudar a Bíblia.
• É muito importante conhecer e acompanhar
determinado autor; sua biografia, conceito e referências.
• Existem vários tradutores, cada um tem um conceito
próprio, teológico e sistemático da interpretação da
bíblia, preciso você pesquisar qual a metodologia do
ensino em esboço se enquadram com sua visão
teológica, e bom estudos, não se esquecendo de não se
deixar levar-se por questões tolas e sem sentidos, as
quais só trazem confusão e contendas.
• (Tt 3:9) “... Mas evita questões tolas, genealogias,
contendas e debates acerca da lei; porque são
coisas inúteis e vãs...”
3º Leia a Bíblia diariamente (Dt 17:19).
• A Bíblia e o livro mais vendido no mundo, mais
estima-se que, 90% (noventa porcento) dos crentes,
não lêem a Bíblia freqüentemente, portanto não é de
causar admiração, a quantidade nos dias de hoje: haver
frieza espiritual, crentes infrutíferos e raquíticos dentro
das igrejas.
• É de urgência nós, nos corrigir-nos a prática da leitura
devocional da Bíblia em principal, como de outros livros
importantes e úteis ao nosso conhecimento.
• Foi por esse motivo e razão absoluta que Deus se
dirigiu a Israel com as
• seguintes palavras:
• (Os 4:6a) “...O meu povo está sendo destruído
porque lhe falta o conhecimento...”
• Sigamos portanto, os conselho do profeta Oséias - (Os
6:3a) “...Conheçamos e prossigamos em conhecer
ao Senhor...”
• Bibliologia
• A Bíbliologia é o estudo da Bíblia. Faz parte da
Teologia Bíblica e da Teologia Histórica e auxilia
poderosamente na área dos estudos teológicos.
• A estrutura da Bíblia.
• Esta divida a Bíblia em duas partes principais: Antigo
Testamento e o Novo Testamento, contendo os dois
volumes, 66 livros, sendo 39 livros no Antigo Testamento
e 27 livros no Novo Testamento.
• Escrito em um período de 16 séculos (1600 anos
aproximadamente), tendo cerca de 40 autores. Só por
esse fato precisamos concordar; Esse já é um grande
milagre, sendo esses escritores possuindo as mais
variadas profissões e atividades, vivendo em regiões
diferentes, de cultura diferentes e distantes uns dos
outros e também em épocas diferentes, nos mostrando
e provando pelos registros, a majestosa revelação
divina.
• A palavra Testamento (Gr. “Diatheke”), significa: Aliança,
concerto. Ou “berith”, que significa apenas “concerto”
- Já no Novo Testamento, o termo usado é “diatheke” ,
que quer dizer “testamento” .
COMO A BÍBLIA ESTA DIVIDIDA.
O Antigo Testamento
A divisão do Antigo Testamento.
• Aplicado aos 39 primeiros livros da Bíblia, por Tertuliano
e Orígenes.
• Foi escrito originalmente no idioma hebraico, com
exceção de pequenos trechos, que foram escritos em
aramaico, e estão mantidos pela sua originalidade.
• Uma língua que o povo de Israel trouxe e manteve
durante o exílio em Babilônia.
 Lei: (5 Livros). Gêneses, Êxodo, Levítico, Números e
Deuteronômio.
• Foram escritos por Moisés, são também chamados de
Pentateuco.
 Históricos: (12 Livros). Josué a Ester. Narram a
história de Israel em vários períodos de governos -
Teocrático: (Governo exercido por Deus através dos
Juízes.
 Monárquico: (Saul, Davi e Salomão) -
 Cativeiro: Judá pela Assíria – Israel pela Babilônia. -
 Pós-Cativeiro: Sob Zorobabel, Esdras e Neemias, com
os profetas.
 Poéticos: (5 Livros).
 Jó a Cantares de Salomão. São assim chamados não
por seu conteúdo seja imaginários ou fantasiados, mas
pelo seu gênero.
 Proféticos: (17 Livros). Isaias a Malaquias
• Profetas Maiores: (5 Livros) de Isaias a Daniel.
• Profetas Menores: (12 Livros) de Oséias a Malaquias.
A divisão do Novo Testamento
• Escrito em idioma grego, não o grego erudito, mas o
grego do povo comum, chamado (Gr. Koiné: O grego
helenístico ou “koiné” (no grego moderno,
• "o dialeto comum" (c.300 a.C – AD 300).
• São de origens alexandrino, patrístico, comum, bíblico
ou grego do Novo Testamento.
Está composto de 27 Livros, também classificados em
quatro grupos.
• Biografia: (São os 4 Evangelhos).
• Descrevem a vida e Ministério público de Jesus.
• Sendo os três primeiros evangelhos chamados de
Sinópticos: Os evangelhos de Mateus, Marcos, e Lucas
são conhecidos como Evangelhos Sinópticos devido a
conterem uma grande quantidade de histórias em
comum, na mesma sequência, e algumas vezes,
utilizando exatamente a mesma estrutura de palavras.
Histórico:
• É o livro dos Atos dos Apóstolos.
• Registrando a história da igreja primitiva, o
derramamento do Espírito Santo, perseguição, viver e a
propagação do evangelho.
• Escrito por Lucas, a tradição afirma que Lucas, um
companheiro do apóstolo Paulo, escreveu tanto Lucas
como Atos (Colossenses 4:14; 2 Timóteo 4:11).
• E dirige o registro a um conceituado cidadão romano
chamado Teófilo: (Atos 1:1) “...Fiz o primeiro tratado,
ó Teófilo, acerca de tudo que Jesus começou, não só a
fazer, mas a ensinar,...”
TEORIAS SOBRE QUEM ERA TEÓFILO
• Visão copta
• A tradição copta afirma que Teófilo era uma pessoa e
não um título honorário.
• A Igreja Copta diz que ele era um judeu da Alexandria.
• Ele foi provavelmente um oficial romano de alguma
ordem, pois Lucas se referia a ele como "excelência", o
que era um título romano.
Título honorífico
• A tradição do título honorífico (academia) sustenta que
Teófilo não era uma pessoa.
• A palavra em grego significa "Amigo de Deus" e, assim,
tanto Lucas e Atos foram dirigidos a qualquer um que se
encaixa nessa descrição.
• Nesta tradição, o público-alvo do autor, como com todos
os outros Evangelhos canônicos, eram os aprendizes
(acadêmico), mas homens e mulheres não nomeados
da época.
• Da mesma forma os evangelhos não-canônicos de
Tomé, Pedro e Tiago, não são dirigidos a qualquer
gênero particular, ou a qualquer pessoa específica.
Epistolas: (21 Livros Romanos a Judas).
São também conhecidas por doutrinárias, contendo as
doutrinas para a igreja.
Nove (09) cartas são dirigidas as igrejas (Romanos a
Tessalonicenses).
Quatro (04), foram dirigidas a indivíduos em particular ( I e
II Timóteo, Tito e Filemom).
Uma (01) específica aos Hebreus cristãos em Roma.
Sete (07), são dirigida a todos indistintamente (Tiago a
Judas) conhecidas como universais.
Profética: (Apocalipse ou Revelação).
• O livro do Apocalipse ("O livro da revelação") e também
chamado de Apocalipse de João, é um livro da Bíblia —
o livro sagrado do cristianismo — e o último da seleção
do Cânon bíblico, e que foi escrito pelo Apóstolo João A
palavra apocalipse, do grego αποκάλυψις, apokálypsis,
significa "revelação", formada por "apo", tirado de, e
"kalumna", véu.
• Um "apocalipse", na terminologia do judaísmo e do
cristianismo, é a revelação divina de coisas que até
então permaneciam secretas a um profeta escolhido por
Deus.
• Por extensão, passou-se a designar de "apocalipse"
aos relatos escritos dessas revelações.
• Devido ao fato de, na maioria das bíblias em língua
portuguesa se usar o título Apocalipse e não Revelação,
até o significado da palavra ficou obscuro, sendo às
vezes usado como sinônimo de "fim do mundo".
• O título do livro pode sugerir " A Revelação de Jesus
Cristo", sendo a ideia básica de que os eventos
descritos no livro foram revelados a Jesus Cristo, e este
mostrou a seus servos, há mais de 2000 anos atrás ou
mais de 20 séculos atrás, as coisas que aconteceriam,
teoricamente, em breve.
• João, o escritor do livro, não é seu autor, apenas o
escriba, que escreveu o livro ditado pelo autor, Jesus.
• Por duas vezes, João relata que o conteúdo do livro foi
revelado através de anjos.
• Neste livro da Bíblia, conta-se que antes da batalha
final, os exércitos se reúnem na planície abaixo de "Har
Meggido" (a colina de Meggido).
• Entretanto, a tradução foi malfeita e Har Meggido foi
erroneamente traduzido para Armagedom, fazendo os
exércitos se reunirem na planície antes do Armagedom,
a batalha final.
• Credibilidade Bíblica
• PORQUE DEVO CRER NAS ESCRITURAS ?
• Elas Testificam A Existência De Deus...
• Na epístola de João, capítulo 5, versículo 39 da Bíblia
na Linguagem de Hoje (BLH) Jesus disse aos Judeus:
• “Vocês estudam as Escrituras Sagradas porque
pensam que vão encontrar nelas a vida eterna. E são
elas mesmas que dão testemunho a meu favor”.
• A bíblia (que significa livros), foi escrita por 40 homens
diferentes, em tempos diferentes.
• Nenhum sabia que seus escritos fariam parte da Bíblia e
mesmo assim não há nenhuma contradição entre seus
ensinos.
• Suas narrativas tratam do passado, do presente e do
futuro.
• A arqueologia prova que a Bíblia e os seus relatos são
verdadeiros.
• § É a palavra de Deus (Dt 28:1-2; Ts 2:13)
• § É a revelação da vontade de Deus (Sl 19:1-6; Rm
2:15)
• § Foi inspirada por Deus (2Tm 3:16; 2Pe 1:20-21)
• § Autentica a divindade de Jesus Cristo (Jo 20:31)
• § Fornece luz para o seu caminho (Sl 119:105 e 130)
• § É alimento para a alma (Jó 23:12; Sl 119:103; 1Pe 2:2)
• § É uma arma de defesa (Ef 6:17)
• § Tem poder salvador (Rm 1:16)
• § Foi escrita para nos dar esperança (Rm 15:4)
• § Nos dar conhecimento sobre a vida eterna (1Jo 5:13)
Como usar a Bíblia
• ...Meditando De Dia E De Noite...
• A bíblia não deve ser utilizada como uma “caixa de
promessas” ou como um “amuleto espiritual”. Devemos
meditar nas escrituras, lendo com atenção observando o
contexto de cada versículo, fazendo sempre uma
indagação pessoal sobre a mensagem que Deus está
enviando para sua vida.
• Procure ler diariamente a Palavra de Deus, utilizando os
mecanismos da leitura eficaz, tais como: Sublinhar as
palavras-chaves, anotar suas dúvidas e sobretudo,
sempre, pesquisar as palavras desconhecidas,
facilitando sua análise textual.
COMO ENTENDER AS VERDADES BÍBLICAS ?
...Através Da Oração...
• Só podemos saber a vontade ou a opinião de outra
pessoa através da comunicação. Nossa comunicação
com Deus se dá através da oração. Orar é falar com
nosso Senhor, é ter intimidade com Cristo, é apresentar
a Ele nossas necessidades e ao mesmo tempo
agradecê-lo pela salvação e pela vida eterna que Ele
nos agraciou.
• O propósito de Deus para nossas vidas está escrito em
sua Palavra, para realizarmos sua vontade, precisamos
conhecê-las.
...ATRAVÉS DO AUXÍLIO DO ESPÍRITO SANTO...
• Nossa capacidade de discernir ou interpretar as
verdades Bíblicas, são muito limitadas, devemos então
solicitar o auxílio do “consolador”, o Espírito Santo de
Deus, conforme está escrito em (João 14:26) “Mas o
Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em
meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos
fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito”.
• Também Lucas no evangelho, capítulo 12, verso 12
narra: “Porque o Espírito Santo vos ensinará na
mesma hora o que deveis dizer”. Paulo diz que
ensinava a palavra de Deus através do Espírito Santo.
(1Cor 2:13).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

01ª aula Introdução á Biblia
01ª aula   Introdução á Biblia01ª aula   Introdução á Biblia
01ª aula Introdução á BibliaFrancilene Santos
 
A Origem e História da Bíblia
A Origem e História da BíbliaA Origem e História da Bíblia
A Origem e História da BíbliaAntonio Fernandes
 
Como nos veio a bíblia
Como nos veio a bíbliaComo nos veio a bíblia
Como nos veio a bíbliaibeerj
 
FORMAÇÃO SOBRE A BÍBLIA
FORMAÇÃO SOBRE A BÍBLIAFORMAÇÃO SOBRE A BÍBLIA
FORMAÇÃO SOBRE A BÍBLIAWebExecutivo1
 
Aula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de Tirano
Aula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de TiranoAula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de Tirano
Aula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de TiranoRomulo Andalécio
 
Curso de Bibliologia
Curso de BibliologiaCurso de Bibliologia
Curso de BibliologiaSergio Silva
 
Conhecendo as escrituras slide share
Conhecendo as escrituras   slide shareConhecendo as escrituras   slide share
Conhecendo as escrituras slide shareLuiz Siles
 
Bibliologia - Estudo da Bíblia
Bibliologia - Estudo da BíbliaBibliologia - Estudo da Bíblia
Bibliologia - Estudo da BíbliaMarcos Aurélio
 
Aula 02- O Cânon Sagrado
Aula 02- O Cânon SagradoAula 02- O Cânon Sagrado
Aula 02- O Cânon SagradoMaxsuel Aquino
 
Semana da Bíblia - A Origem e História.
 Semana da Bíblia - A Origem e História. Semana da Bíblia - A Origem e História.
Semana da Bíblia - A Origem e História.Antonio Fernandes
 
A Bíblia e como chegou até nós.
A Bíblia e como chegou até nós.A Bíblia e como chegou até nós.
A Bíblia e como chegou até nós.Mauro RS
 
Os livros da Bíblia Sagrada
Os livros da Bíblia SagradaOs livros da Bíblia Sagrada
Os livros da Bíblia SagradaSergio Silva
 

Mais procurados (20)

Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
 
Apostila de bibliologia
Apostila de bibliologiaApostila de bibliologia
Apostila de bibliologia
 
01ª aula Introdução á Biblia
01ª aula   Introdução á Biblia01ª aula   Introdução á Biblia
01ª aula Introdução á Biblia
 
A Origem e História da Bíblia
A Origem e História da BíbliaA Origem e História da Bíblia
A Origem e História da Bíblia
 
Como nos veio a bíblia
Como nos veio a bíbliaComo nos veio a bíblia
Como nos veio a bíblia
 
Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
 
FORMAÇÃO SOBRE A BÍBLIA
FORMAÇÃO SOBRE A BÍBLIAFORMAÇÃO SOBRE A BÍBLIA
FORMAÇÃO SOBRE A BÍBLIA
 
Bibliologia
BibliologiaBibliologia
Bibliologia
 
Aula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de Tirano
Aula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de TiranoAula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de Tirano
Aula- Teologia Sistemática/Bibliologia - Instituto Bíblico de Tirano
 
A Doutrina das Escrituras
A Doutrina das EscriturasA Doutrina das Escrituras
A Doutrina das Escrituras
 
Bibliologia apostila do aluno
Bibliologia apostila do alunoBibliologia apostila do aluno
Bibliologia apostila do aluno
 
Curso de Bibliologia
Curso de BibliologiaCurso de Bibliologia
Curso de Bibliologia
 
BIBLIOLOGIA (AULA 01 - BÁSICO - IBADEP)
BIBLIOLOGIA (AULA 01 - BÁSICO - IBADEP)BIBLIOLOGIA (AULA 01 - BÁSICO - IBADEP)
BIBLIOLOGIA (AULA 01 - BÁSICO - IBADEP)
 
BIBLIOLOGIA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
BIBLIOLOGIA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)BIBLIOLOGIA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
BIBLIOLOGIA (AULA 03 - BÁSICO - IBADEP)
 
Conhecendo as escrituras slide share
Conhecendo as escrituras   slide shareConhecendo as escrituras   slide share
Conhecendo as escrituras slide share
 
Bibliologia - Estudo da Bíblia
Bibliologia - Estudo da BíbliaBibliologia - Estudo da Bíblia
Bibliologia - Estudo da Bíblia
 
Aula 02- O Cânon Sagrado
Aula 02- O Cânon SagradoAula 02- O Cânon Sagrado
Aula 02- O Cânon Sagrado
 
Semana da Bíblia - A Origem e História.
 Semana da Bíblia - A Origem e História. Semana da Bíblia - A Origem e História.
Semana da Bíblia - A Origem e História.
 
A Bíblia e como chegou até nós.
A Bíblia e como chegou até nós.A Bíblia e como chegou até nós.
A Bíblia e como chegou até nós.
 
Os livros da Bíblia Sagrada
Os livros da Bíblia SagradaOs livros da Bíblia Sagrada
Os livros da Bíblia Sagrada
 

Destaque

Sermão cristão uma vida de renúcia.
Sermão  cristão uma vida de renúcia.Sermão  cristão uma vida de renúcia.
Sermão cristão uma vida de renúcia.Joel Silva
 
Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéis 02
Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéis 02Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéis 02
Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéis 02Família EBD Areão
 
5º módulo 4ª aula
5º módulo   4ª aula5º módulo   4ª aula
5º módulo 4ª aulaJoel Silva
 
4º módulo 1ª aula
4º módulo   1ª aula4º módulo   1ª aula
4º módulo 1ª aulaJoel Silva
 
3 passos simples para sair do vermelho
3 passos simples para sair do vermelho3 passos simples para sair do vermelho
3 passos simples para sair do vermelhoFamília EBD Areão
 
Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéis
Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéisDiferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéis
Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéisFamília EBD Areão
 
Estudos condicional x incondicional
Estudos  condicional   x   incondicionalEstudos  condicional   x   incondicional
Estudos condicional x incondicionalJoel Silva
 
Doutrina o perigo das amizades
Doutrina  o perigo das amizadesDoutrina  o perigo das amizades
Doutrina o perigo das amizadesJoel Silva
 
Doutrina multiformidade cristã
Doutrina  multiformidade cristãDoutrina  multiformidade cristã
Doutrina multiformidade cristãJoel Silva
 
1º módulo 2ª aula
1º módulo   2ª aula1º módulo   2ª aula
1º módulo 2ª aulaJoel Silva
 
Augustus nicodemus mateus 24-25
Augustus nicodemus   mateus 24-25Augustus nicodemus   mateus 24-25
Augustus nicodemus mateus 24-25Franck Lenzi
 
As Dimensões missionarias da Igreja
As Dimensões missionarias da Igreja  As Dimensões missionarias da Igreja
As Dimensões missionarias da Igreja Oswaldo Michaelano
 
Aula Jonatas 53: Sola gratia
Aula Jonatas 53: Sola gratiaAula Jonatas 53: Sola gratia
Aula Jonatas 53: Sola gratiaAndre Nascimento
 
Sermão o andar do cristão
Sermão  o andar do cristãoSermão  o andar do cristão
Sermão o andar do cristãoJoel Silva
 

Destaque (20)

Sermão cristão uma vida de renúcia.
Sermão  cristão uma vida de renúcia.Sermão  cristão uma vida de renúcia.
Sermão cristão uma vida de renúcia.
 
Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéis 02
Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéis 02Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéis 02
Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéis 02
 
5º módulo 4ª aula
5º módulo   4ª aula5º módulo   4ª aula
5º módulo 4ª aula
 
4º módulo 1ª aula
4º módulo   1ª aula4º módulo   1ª aula
4º módulo 1ª aula
 
As finanças do lar
As finanças do larAs finanças do lar
As finanças do lar
 
1 por-4-mateus
1 por-4-mateus1 por-4-mateus
1 por-4-mateus
 
3 passos simples para sair do vermelho
3 passos simples para sair do vermelho3 passos simples para sair do vermelho
3 passos simples para sair do vermelho
 
I Co 15:32
I Co 15:32I Co 15:32
I Co 15:32
 
Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéis
Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéisDiferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéis
Diferenças e Divergências Conjugais - Entendendo os papéis
 
Estudos condicional x incondicional
Estudos  condicional   x   incondicionalEstudos  condicional   x   incondicional
Estudos condicional x incondicional
 
Doutrina o perigo das amizades
Doutrina  o perigo das amizadesDoutrina  o perigo das amizades
Doutrina o perigo das amizades
 
Finanças e Fé Cristã
Finanças e Fé CristãFinanças e Fé Cristã
Finanças e Fé Cristã
 
Doutrina multiformidade cristã
Doutrina  multiformidade cristãDoutrina  multiformidade cristã
Doutrina multiformidade cristã
 
1º módulo 2ª aula
1º módulo   2ª aula1º módulo   2ª aula
1º módulo 2ª aula
 
Augustus nicodemus mateus 24-25
Augustus nicodemus   mateus 24-25Augustus nicodemus   mateus 24-25
Augustus nicodemus mateus 24-25
 
Romanos 16
Romanos   16Romanos   16
Romanos 16
 
Maturidade CRISTA
Maturidade CRISTAMaturidade CRISTA
Maturidade CRISTA
 
As Dimensões missionarias da Igreja
As Dimensões missionarias da Igreja  As Dimensões missionarias da Igreja
As Dimensões missionarias da Igreja
 
Aula Jonatas 53: Sola gratia
Aula Jonatas 53: Sola gratiaAula Jonatas 53: Sola gratia
Aula Jonatas 53: Sola gratia
 
Sermão o andar do cristão
Sermão  o andar do cristãoSermão  o andar do cristão
Sermão o andar do cristão
 

Semelhante a 1º módulo 4ª aula

ESCOLA BIBLICA DOMINICAL.pptx
ESCOLA BIBLICA DOMINICAL.pptxESCOLA BIBLICA DOMINICAL.pptx
ESCOLA BIBLICA DOMINICAL.pptxEwertonLeo3
 
Introduobblica 121003071240-phpapp02
Introduobblica 121003071240-phpapp02Introduobblica 121003071240-phpapp02
Introduobblica 121003071240-phpapp02Paulinho Silva
 
A bíblia fonte de comunhão
A bíblia fonte de comunhãoA bíblia fonte de comunhão
A bíblia fonte de comunhãoAlexandre Ribeiro
 
Curso_de_Obreiros_Hermeneutica.pptx
Curso_de_Obreiros_Hermeneutica.pptxCurso_de_Obreiros_Hermeneutica.pptx
Curso_de_Obreiros_Hermeneutica.pptxmarco elizeu
 
Curso de Introducao a Biblia_Cidade Viva.ppt
Curso de Introducao a Biblia_Cidade Viva.pptCurso de Introducao a Biblia_Cidade Viva.ppt
Curso de Introducao a Biblia_Cidade Viva.pptAlexAmorim34
 
Estrutura da Bíblia.ppt
Estrutura da Bíblia.pptEstrutura da Bíblia.ppt
Estrutura da Bíblia.pptJose Sanches
 
(01) introdução bibliográfica
(01) introdução bibliográfica(01) introdução bibliográfica
(01) introdução bibliográficaUNIÃO CRISTÃ
 
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completoIntrodução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completoFrancelia Carvalho Oliveira
 
_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf
_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf
_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdfjuanjavier29
 
Lição 1 - O Que Cremos Sobre a Bíblia
Lição 1 - O Que Cremos Sobre a BíbliaLição 1 - O Que Cremos Sobre a Bíblia
Lição 1 - O Que Cremos Sobre a BíbliaRespirando Deus
 
Curso biblico da igreja batista adore de palhoça sc
Curso biblico da igreja batista adore de palhoça scCurso biblico da igreja batista adore de palhoça sc
Curso biblico da igreja batista adore de palhoça scpolianysbernal
 
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 014º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01Joel de Oliveira
 
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 014º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01Joel Silva
 

Semelhante a 1º módulo 4ª aula (20)

Introdução Bíblica
Introdução BíblicaIntrodução Bíblica
Introdução Bíblica
 
Slides panorama do velho testamento 2
Slides   panorama do velho testamento 2Slides   panorama do velho testamento 2
Slides panorama do velho testamento 2
 
Lição 1 e 2 _ Edilson.pdf
Lição 1 e 2 _ Edilson.pdfLição 1 e 2 _ Edilson.pdf
Lição 1 e 2 _ Edilson.pdf
 
ESCOLA BIBLICA DOMINICAL.pptx
ESCOLA BIBLICA DOMINICAL.pptxESCOLA BIBLICA DOMINICAL.pptx
ESCOLA BIBLICA DOMINICAL.pptx
 
Explicando a biblia
Explicando a bibliaExplicando a biblia
Explicando a biblia
 
Introduobblica 121003071240-phpapp02
Introduobblica 121003071240-phpapp02Introduobblica 121003071240-phpapp02
Introduobblica 121003071240-phpapp02
 
A bíblia fonte de comunhão
A bíblia fonte de comunhãoA bíblia fonte de comunhão
A bíblia fonte de comunhão
 
Curso_de_Obreiros_Hermeneutica.pptx
Curso_de_Obreiros_Hermeneutica.pptxCurso_de_Obreiros_Hermeneutica.pptx
Curso_de_Obreiros_Hermeneutica.pptx
 
Curso de Introducao a Biblia_Cidade Viva.ppt
Curso de Introducao a Biblia_Cidade Viva.pptCurso de Introducao a Biblia_Cidade Viva.ppt
Curso de Introducao a Biblia_Cidade Viva.ppt
 
Estrutura da Bíblia.ppt
Estrutura da Bíblia.pptEstrutura da Bíblia.ppt
Estrutura da Bíblia.ppt
 
Aula ieb (1)
Aula ieb (1)Aula ieb (1)
Aula ieb (1)
 
Introdução bíblica
Introdução bíblicaIntrodução bíblica
Introdução bíblica
 
(01) introdução bibliográfica
(01) introdução bibliográfica(01) introdução bibliográfica
(01) introdução bibliográfica
 
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completoIntrodução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
Introdução ao Estudo do Antigo Testamento - completo
 
_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf
_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf
_Apostila_Modulo_256_Apocalipse_Denilson.pdf
 
Lição 1 - O Que Cremos Sobre a Bíblia
Lição 1 - O Que Cremos Sobre a BíbliaLição 1 - O Que Cremos Sobre a Bíblia
Lição 1 - O Que Cremos Sobre a Bíblia
 
Curso biblico da igreja batista adore de palhoça sc
Curso biblico da igreja batista adore de palhoça scCurso biblico da igreja batista adore de palhoça sc
Curso biblico da igreja batista adore de palhoça sc
 
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 014º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01
 
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 014º trimestre 2015 adolescentes lição 01
4º trimestre 2015 adolescentes lição 01
 
1 - BIBLIOLOGIA.doc
1 -  BIBLIOLOGIA.doc1 -  BIBLIOLOGIA.doc
1 - BIBLIOLOGIA.doc
 

Mais de Joel Silva

Seguir a cristo é carregar a cruz
Seguir a cristo é carregar a cruzSeguir a cristo é carregar a cruz
Seguir a cristo é carregar a cruzJoel Silva
 
Colossences 3 (parte 3)
Colossences 3 (parte 3)Colossences 3 (parte 3)
Colossences 3 (parte 3)Joel Silva
 
Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)Joel Silva
 
Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)Joel Silva
 
Colossences 2 (parte 3)
Colossences 2 (parte 3)Colossences 2 (parte 3)
Colossences 2 (parte 3)Joel Silva
 
Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 4)
Colossences 1 (parte 4)Colossences 1 (parte 4)
Colossences 1 (parte 4)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 3)
Colossences 1 (parte 3)Colossences 1 (parte 3)
Colossences 1 (parte 3)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Joel Silva
 
A bíblia e a homossexualidade
A bíblia e a homossexualidadeA bíblia e a homossexualidade
A bíblia e a homossexualidadeJoel Silva
 

Mais de Joel Silva (20)

Seguir a cristo é carregar a cruz
Seguir a cristo é carregar a cruzSeguir a cristo é carregar a cruz
Seguir a cristo é carregar a cruz
 
Colossences 4
Colossences 4Colossences 4
Colossences 4
 
Colossences 3 (parte 3)
Colossences 3 (parte 3)Colossences 3 (parte 3)
Colossences 3 (parte 3)
 
Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)Colossences 3 (parte 2)
Colossences 3 (parte 2)
 
Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)Colossences 3 (parte 1)
Colossences 3 (parte 1)
 
Colossences 2 (parte 3)
Colossences 2 (parte 3)Colossences 2 (parte 3)
Colossences 2 (parte 3)
 
Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)Colossences 2 (parte 2)
Colossences 2 (parte 2)
 
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
Colossences 1 (parte 05) e cap. 02 (parte 01)
 
Colossences 1 (parte 4)
Colossences 1 (parte 4)Colossences 1 (parte 4)
Colossences 1 (parte 4)
 
Colossences 1 (parte 3)
Colossences 1 (parte 3)Colossences 1 (parte 3)
Colossences 1 (parte 3)
 
Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)
 
Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)Colossences 1 (parte 1)
Colossences 1 (parte 1)
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
A bíblia e a homossexualidade
A bíblia e a homossexualidadeA bíblia e a homossexualidade
A bíblia e a homossexualidade
 
Romanos 15
Romanos   15Romanos   15
Romanos 15
 
Romanos 14
Romanos   14Romanos   14
Romanos 14
 
Romanos 13
Romanos   13Romanos   13
Romanos 13
 
Romanos 13
Romanos   13Romanos   13
Romanos 13
 
Romanos 12
Romanos   12Romanos   12
Romanos 12
 
Romanos 11
Romanos   11Romanos   11
Romanos 11
 

Último

Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxCelso Napoleon
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoInsituto Propósitos de Ensino
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxCelso Napoleon
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaFranklinOliveira30
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoInsituto Propósitos de Ensino
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptxPIB Penha
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024RaniereSilva14
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiamaysa997520
 

Último (12)

Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptxLição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
Lição 1 - O início da caminhada - CPAD.pptx
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 01
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 02
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula ao vivo
 
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptxLição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
Lição 2 - A Escolha entre a Porta Estreita e a Porta Larga.pptx
 
slide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarísticaslide da missa com leituras e oração eucarística
slide da missa com leituras e oração eucarística
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - IntroduçãoEbook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Introdução
 
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
Ebook - Mentoria Ministério com Jovens - Aula 03
 
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdfO Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
O Livro dos Espiritos - Allan Kardec.pdf
 
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptxO concílio de Jerusalém  Cap 14 e 15.pptx
O concílio de Jerusalém Cap 14 e 15.pptx
 
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
AUXADO_1TRIM_2024.pdf ESCOLA SABATINA 2024
 
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familiaRESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
RESOLVENDO CONFLITOS NO CASAMENTOe na familia
 

1º módulo 4ª aula

  • 1.
  • 2. • A Bíblia. • 1º A importância da Biblia. • Segundo o seu propósito, em que Deus, ele é Soberano, alcança ao homem através de uma forma dupla: através da Bíblia, a Palavra escrita e através de Cristo a Palavra viva (Jo 1:1 – I Jo 5:7). • Quatro importantes propósitos da Bíblia. 1) Quanto a razão da esperança em Cristo....... (I Pd 3:15). 2) Faz o crente sentir-se um Obreiro aprovado.(II Tm 2:15). 3) Aumenta a fé através de sua palavra................(Is 34:16). 4) Dá a luz e entendimento.............................. (Sl 119:130).
  • 3. 2º Como devemos estudar a Bíblia. • É muito importante conhecer e acompanhar determinado autor; sua biografia, conceito e referências. • Existem vários tradutores, cada um tem um conceito próprio, teológico e sistemático da interpretação da bíblia, preciso você pesquisar qual a metodologia do ensino em esboço se enquadram com sua visão teológica, e bom estudos, não se esquecendo de não se deixar levar-se por questões tolas e sem sentidos, as quais só trazem confusão e contendas. • (Tt 3:9) “... Mas evita questões tolas, genealogias, contendas e debates acerca da lei; porque são coisas inúteis e vãs...”
  • 4. 3º Leia a Bíblia diariamente (Dt 17:19). • A Bíblia e o livro mais vendido no mundo, mais estima-se que, 90% (noventa porcento) dos crentes, não lêem a Bíblia freqüentemente, portanto não é de causar admiração, a quantidade nos dias de hoje: haver frieza espiritual, crentes infrutíferos e raquíticos dentro das igrejas. • É de urgência nós, nos corrigir-nos a prática da leitura devocional da Bíblia em principal, como de outros livros importantes e úteis ao nosso conhecimento. • Foi por esse motivo e razão absoluta que Deus se dirigiu a Israel com as
  • 5. • seguintes palavras: • (Os 4:6a) “...O meu povo está sendo destruído porque lhe falta o conhecimento...” • Sigamos portanto, os conselho do profeta Oséias - (Os 6:3a) “...Conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor...”
  • 6. • Bibliologia • A Bíbliologia é o estudo da Bíblia. Faz parte da Teologia Bíblica e da Teologia Histórica e auxilia poderosamente na área dos estudos teológicos. • A estrutura da Bíblia. • Esta divida a Bíblia em duas partes principais: Antigo Testamento e o Novo Testamento, contendo os dois volumes, 66 livros, sendo 39 livros no Antigo Testamento e 27 livros no Novo Testamento.
  • 7. • Escrito em um período de 16 séculos (1600 anos aproximadamente), tendo cerca de 40 autores. Só por esse fato precisamos concordar; Esse já é um grande milagre, sendo esses escritores possuindo as mais variadas profissões e atividades, vivendo em regiões diferentes, de cultura diferentes e distantes uns dos outros e também em épocas diferentes, nos mostrando e provando pelos registros, a majestosa revelação divina. • A palavra Testamento (Gr. “Diatheke”), significa: Aliança, concerto. Ou “berith”, que significa apenas “concerto” - Já no Novo Testamento, o termo usado é “diatheke” , que quer dizer “testamento” .
  • 8. COMO A BÍBLIA ESTA DIVIDIDA. O Antigo Testamento A divisão do Antigo Testamento. • Aplicado aos 39 primeiros livros da Bíblia, por Tertuliano e Orígenes. • Foi escrito originalmente no idioma hebraico, com exceção de pequenos trechos, que foram escritos em aramaico, e estão mantidos pela sua originalidade. • Uma língua que o povo de Israel trouxe e manteve durante o exílio em Babilônia.
  • 9.  Lei: (5 Livros). Gêneses, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio. • Foram escritos por Moisés, são também chamados de Pentateuco.  Históricos: (12 Livros). Josué a Ester. Narram a história de Israel em vários períodos de governos - Teocrático: (Governo exercido por Deus através dos Juízes.  Monárquico: (Saul, Davi e Salomão) -  Cativeiro: Judá pela Assíria – Israel pela Babilônia. -  Pós-Cativeiro: Sob Zorobabel, Esdras e Neemias, com os profetas.
  • 10.  Poéticos: (5 Livros).  Jó a Cantares de Salomão. São assim chamados não por seu conteúdo seja imaginários ou fantasiados, mas pelo seu gênero.  Proféticos: (17 Livros). Isaias a Malaquias • Profetas Maiores: (5 Livros) de Isaias a Daniel. • Profetas Menores: (12 Livros) de Oséias a Malaquias.
  • 11. A divisão do Novo Testamento • Escrito em idioma grego, não o grego erudito, mas o grego do povo comum, chamado (Gr. Koiné: O grego helenístico ou “koiné” (no grego moderno, • "o dialeto comum" (c.300 a.C – AD 300). • São de origens alexandrino, patrístico, comum, bíblico ou grego do Novo Testamento.
  • 12. Está composto de 27 Livros, também classificados em quatro grupos. • Biografia: (São os 4 Evangelhos). • Descrevem a vida e Ministério público de Jesus. • Sendo os três primeiros evangelhos chamados de Sinópticos: Os evangelhos de Mateus, Marcos, e Lucas são conhecidos como Evangelhos Sinópticos devido a conterem uma grande quantidade de histórias em comum, na mesma sequência, e algumas vezes, utilizando exatamente a mesma estrutura de palavras.
  • 13. Histórico: • É o livro dos Atos dos Apóstolos. • Registrando a história da igreja primitiva, o derramamento do Espírito Santo, perseguição, viver e a propagação do evangelho. • Escrito por Lucas, a tradição afirma que Lucas, um companheiro do apóstolo Paulo, escreveu tanto Lucas como Atos (Colossenses 4:14; 2 Timóteo 4:11). • E dirige o registro a um conceituado cidadão romano chamado Teófilo: (Atos 1:1) “...Fiz o primeiro tratado, ó Teófilo, acerca de tudo que Jesus começou, não só a fazer, mas a ensinar,...”
  • 14. TEORIAS SOBRE QUEM ERA TEÓFILO • Visão copta • A tradição copta afirma que Teófilo era uma pessoa e não um título honorário. • A Igreja Copta diz que ele era um judeu da Alexandria. • Ele foi provavelmente um oficial romano de alguma ordem, pois Lucas se referia a ele como "excelência", o que era um título romano.
  • 15. Título honorífico • A tradição do título honorífico (academia) sustenta que Teófilo não era uma pessoa. • A palavra em grego significa "Amigo de Deus" e, assim, tanto Lucas e Atos foram dirigidos a qualquer um que se encaixa nessa descrição. • Nesta tradição, o público-alvo do autor, como com todos os outros Evangelhos canônicos, eram os aprendizes (acadêmico), mas homens e mulheres não nomeados da época. • Da mesma forma os evangelhos não-canônicos de Tomé, Pedro e Tiago, não são dirigidos a qualquer gênero particular, ou a qualquer pessoa específica.
  • 16. Epistolas: (21 Livros Romanos a Judas). São também conhecidas por doutrinárias, contendo as doutrinas para a igreja. Nove (09) cartas são dirigidas as igrejas (Romanos a Tessalonicenses). Quatro (04), foram dirigidas a indivíduos em particular ( I e II Timóteo, Tito e Filemom). Uma (01) específica aos Hebreus cristãos em Roma. Sete (07), são dirigida a todos indistintamente (Tiago a Judas) conhecidas como universais.
  • 17. Profética: (Apocalipse ou Revelação). • O livro do Apocalipse ("O livro da revelação") e também chamado de Apocalipse de João, é um livro da Bíblia — o livro sagrado do cristianismo — e o último da seleção do Cânon bíblico, e que foi escrito pelo Apóstolo João A palavra apocalipse, do grego αποκάλυψις, apokálypsis, significa "revelação", formada por "apo", tirado de, e "kalumna", véu. • Um "apocalipse", na terminologia do judaísmo e do cristianismo, é a revelação divina de coisas que até então permaneciam secretas a um profeta escolhido por Deus.
  • 18. • Por extensão, passou-se a designar de "apocalipse" aos relatos escritos dessas revelações. • Devido ao fato de, na maioria das bíblias em língua portuguesa se usar o título Apocalipse e não Revelação, até o significado da palavra ficou obscuro, sendo às vezes usado como sinônimo de "fim do mundo". • O título do livro pode sugerir " A Revelação de Jesus Cristo", sendo a ideia básica de que os eventos descritos no livro foram revelados a Jesus Cristo, e este mostrou a seus servos, há mais de 2000 anos atrás ou mais de 20 séculos atrás, as coisas que aconteceriam, teoricamente, em breve.
  • 19. • João, o escritor do livro, não é seu autor, apenas o escriba, que escreveu o livro ditado pelo autor, Jesus. • Por duas vezes, João relata que o conteúdo do livro foi revelado através de anjos. • Neste livro da Bíblia, conta-se que antes da batalha final, os exércitos se reúnem na planície abaixo de "Har Meggido" (a colina de Meggido). • Entretanto, a tradução foi malfeita e Har Meggido foi erroneamente traduzido para Armagedom, fazendo os exércitos se reunirem na planície antes do Armagedom, a batalha final.
  • 20. • Credibilidade Bíblica • PORQUE DEVO CRER NAS ESCRITURAS ? • Elas Testificam A Existência De Deus... • Na epístola de João, capítulo 5, versículo 39 da Bíblia na Linguagem de Hoje (BLH) Jesus disse aos Judeus: • “Vocês estudam as Escrituras Sagradas porque pensam que vão encontrar nelas a vida eterna. E são elas mesmas que dão testemunho a meu favor”.
  • 21. • A bíblia (que significa livros), foi escrita por 40 homens diferentes, em tempos diferentes. • Nenhum sabia que seus escritos fariam parte da Bíblia e mesmo assim não há nenhuma contradição entre seus ensinos. • Suas narrativas tratam do passado, do presente e do futuro. • A arqueologia prova que a Bíblia e os seus relatos são verdadeiros.
  • 22. • § É a palavra de Deus (Dt 28:1-2; Ts 2:13) • § É a revelação da vontade de Deus (Sl 19:1-6; Rm 2:15) • § Foi inspirada por Deus (2Tm 3:16; 2Pe 1:20-21) • § Autentica a divindade de Jesus Cristo (Jo 20:31) • § Fornece luz para o seu caminho (Sl 119:105 e 130) • § É alimento para a alma (Jó 23:12; Sl 119:103; 1Pe 2:2) • § É uma arma de defesa (Ef 6:17) • § Tem poder salvador (Rm 1:16) • § Foi escrita para nos dar esperança (Rm 15:4) • § Nos dar conhecimento sobre a vida eterna (1Jo 5:13)
  • 23. Como usar a Bíblia • ...Meditando De Dia E De Noite... • A bíblia não deve ser utilizada como uma “caixa de promessas” ou como um “amuleto espiritual”. Devemos meditar nas escrituras, lendo com atenção observando o contexto de cada versículo, fazendo sempre uma indagação pessoal sobre a mensagem que Deus está enviando para sua vida. • Procure ler diariamente a Palavra de Deus, utilizando os mecanismos da leitura eficaz, tais como: Sublinhar as palavras-chaves, anotar suas dúvidas e sobretudo, sempre, pesquisar as palavras desconhecidas, facilitando sua análise textual.
  • 24. COMO ENTENDER AS VERDADES BÍBLICAS ? ...Através Da Oração... • Só podemos saber a vontade ou a opinião de outra pessoa através da comunicação. Nossa comunicação com Deus se dá através da oração. Orar é falar com nosso Senhor, é ter intimidade com Cristo, é apresentar a Ele nossas necessidades e ao mesmo tempo agradecê-lo pela salvação e pela vida eterna que Ele nos agraciou. • O propósito de Deus para nossas vidas está escrito em sua Palavra, para realizarmos sua vontade, precisamos conhecê-las.
  • 25. ...ATRAVÉS DO AUXÍLIO DO ESPÍRITO SANTO... • Nossa capacidade de discernir ou interpretar as verdades Bíblicas, são muito limitadas, devemos então solicitar o auxílio do “consolador”, o Espírito Santo de Deus, conforme está escrito em (João 14:26) “Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito”. • Também Lucas no evangelho, capítulo 12, verso 12 narra: “Porque o Espírito Santo vos ensinará na mesma hora o que deveis dizer”. Paulo diz que ensinava a palavra de Deus através do Espírito Santo. (1Cor 2:13).