Alfabetização e Letramento

2.479 visualizações

Publicada em

Apresentação do TCC, sobre alfabetização e letramento.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.479
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
70
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alfabetização e Letramento

  1. 1. ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica Ana Karoline Fonseca e Souza Elaine Costa Pereira Euzeny Patrícia Ribeiro Márcia Paulina de Oliveira Pereira Miranda Michelle Potiguara Cruz e Oliveira Stéfani Costa Batista Orientadora: Professora Doutora Maria Auxiliadora de Oliveira Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso Belo Horizonte 2014
  2. 2. Objetivo Geral: • Analisar a importância da Alfabetização e do Letramento, de acordo com os níveis de escrita das crianças com quatro anos de idade. Objetivos Específicos: • Analisar o contexto histórico do desenvolvimento da Infância e da EI; • Diferenciar os conceitos de Letramento e de Alfabetização; • Descrever as etapas da escrita, dando ênfase ao nível Pré-silábico; • Pesquisar sobre os saberes que as gestoras e as professoras da escola pesquisada, agregam à prática da escrita, sobretudo no nível Pré-silábico. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  3. 3. Problematização: • As professoras, sujeitos da pesquisa, valorizam e distinguem os conceitos de Alfabetização e de Letramento. • Os métodos e as atividades realizadas pelas professoras promovem o avanço das crianças nos processos de Alfabetização e de Letramento quando aplicados de forma adequada, especialmente, no nível pré- silábico. Metodologia: • Análise Quantitativa e Qualitativa Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  4. 4. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica Lócus da pesquisa: • Instituto Educacional Maria Madalena Os instrumentos de pesquisa: • Questionário • Análise Documental • Entrevista semiestruturada
  5. 5. Breve Histórico da Educação Infantil • A ideia de Infância não existiu sempre, e nem da mesma maneira. Ao contrário, ela aparece com a sociedade capitalista, urbano-industrial, na medida em que mudam a inserção e o papel social da criança na comunidade. [...]. Este conceito de Infância é, pois, determinado historicamente pela modificação das formas de organização da sociedade. (KRAMER, 2003, p. 19). Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  6. 6. Breve Histórico da Educação Infantil • As primeiras creches começaram a ser implantadas na Inglaterra do século XVIII, para atender filhos de famílias que precisam trabalhar. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  7. 7. Breve Histórico da Educação Infantil • De acordo com Craidy e Kaercher (2001, p.27): Piaget, Vygotsky e Wallon tentaram demonstrar que a capacidade de conhecer e aprender se constrói a partir das trocas estabelecidas entre sujeito e o meio. As teorias sociointeracionistas concebem, portanto, o desenvolvimento infantil como um processo dinâmico, pois as crianças não são passivas, meras receptoras das informações que estão a sua volta. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  8. 8. Breve Histórico da Educação Infantil • Aos poucos, sobretudo na Europa, a educação passou a ser direito de todas as crianças e adolescentes e diversos países se esforçaram para universalizar as Pré-Escolas e a Educação Infantil. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  9. 9. Breve Histórico da Educação Infantil • No Brasil, a preocupação com a infância e com a educação infantil veio através da Constituição Federal de 1988. Um pouco mais tarde, em 1990, é publicado o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que busca assegurar os direitos desses sujeitos. Em 1996, após muitos debates, foi veiculada a segunda Lei de Diretrizes e Bases (LDB), Lei nº 9394/96. Essa legislação considera a Educação Infantil como nível de ensino, passando assim, a se constituir como a primeira etapa da Educação Básica. Além disso, a LDB busca garantir para a Infância uma séria de direitos, entre os quais, o direito de brincar e se desenvolver através do lúdico. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  10. 10. Breve Histórico da Educação Infantil • A preocupação com a Educação Infantil e o desenvolvimento completo das crianças é um tema significativo e recorrente nas discussões entre os especialistas dessa área do conhecimento nos dias atuais. Um ponto relevante é a necessidade das crianças de 6 (seis) anos ingressarem no Ensino Fundamental. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  11. 11. Breve Histórico da Educação Infantil • Outra questão atinente à Educação Infantil se refere à publicação da Lei 12.796/2013, que dispõe sobre a frequência às aulas dos alunos da Educação Infantil. Assim, foram feitas alterações nos artigos 29 e 30 da Lei nº 9.394/96 (LDB), que dão nova redação a esses artigos para adequá-los ao que determinam a Ementa Constitucional 59/2009 e às Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil - DCNEI acerca da faixa etária da Educação Infantil. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  12. 12. Alfabetização e Letramento na Educação Infantil Conceitos de Alfabetização e Letramento ALFABETIZAÇÃO • PRIBERAM, 2014: propagar a leitura e a escrita; • SOARES, 1985: conjunto de habilidades; não há um conceito que a defina com clareza. LETRAMENTO • PRIBERAM, 2014: Capacidade de ler, escrever e interpretar o que se escreve; • SOARES, 2003: condição de quem sabe ler, escrever e exercer as práticas sociais da escrita. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  13. 13. Alfabetização e Letramento na Educação Infantil Abordagem aos níveis de escrita • Pré-silábico: a criança não faz correspondência entre fonema e grafema. • Silábico: utiliza uma letra para cada sílaba com ou sem valor sonoro. • Silábico-alfabético: Começa a perceber que cada sílaba é formada por mais de uma letra. • Alfabético: escrita organizada com base na correspondência entre grafemas e fonemas. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  14. 14. Alfabetização e Letramento: a aquisição da escrita no nível Pré-silábico •Início do processo de aquisição da escrita. •O desenvolvimento da escrita da criança de acordo com Contini Júnior (1994). •Escrita como combinação de movimentos iguais. •Escrita: limitado número de sinais gráficos. •Escrita x Objeto. •Estruturação e ordenação das palavras. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  15. 15. Alfabetização e Letramento: a aquisição da escrita no nível Pré-silábico O nível Pré-silábico se apresenta com diversas variações: •Grafismo primitivo: rabiscos e pseudo-letras. •Escritas pictográficas: desenho do objeto. •Escritas ideográficas: uma grafia para cada vocábulo. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  16. 16. Alfabetização e Letramento: a aquisição da escrita no nível Pré-silábico •Escritas sem controle de quantidade: repete a mesma letra até o limite da folha •Escritas fixas: a sequencia de letras para todas as palavras; •Escritas diferenciadas: combinações diferenciadas de letras para as diferentes representações; •Escritas diferenciadas com valor sonoro inicial: letra inicial representa o valor sonoro da sílaba inicial das palavras; Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  17. 17. O nível Pré-silábico na Educação Infantil •Nível de escrita padronizado pela sociedade. •Criança nasce em um ambiente que proporciona a ela o contato com os diversos suportes da linguagem. •Criança no nível Pré-silábico não faz correspondência entre grafia e som. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  18. 18. O nível Pré-silábico na Educação Infantil •Garatujas: forma de a criança expor sua escrita. •Escrita da criança nessa fase: rabiscos contínuos, bolinhas e traços ondulados. •Os professores não devem ignorar os vários registros da criança, do nível Pré-silábico. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  19. 19. • Dados Coletados pelo Questionário • Aspectos abordados: • Dificuldades no processo da Alfabetização e Letramento; • Estratégias e Metodologias; • Acompanhamento da Direção e dos pais; Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  20. 20. Dados Coletados pelo Questionário: perfil dos docentes Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica 40% 40% 20% Faixa Etária 20 - 25 26 - 31 32 - 37 38 - 43 44 - 49 50 - 55 60% 40% Estado Civil Solteira Separada Divorciada Casada Viúva 60%20% 20% Possui Filhos Zero Um Dois 28% 29% 43% Escolaridade Curso de Ensino Médio Curso de Magistério de Nível Médio Curso Normal Superior Curso de Pedagogia Outra Licenciatura Especialização -
  21. 21. Dados Coletados pelo Questionário: perfil dos docentes Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica 40% 20% 40% Tempo de Experiência Magistério Menos de 1 ano Entre 1 a 4 anos Entre 5 a 8 anos Entre 9 a12 anos Entre 13 a 16 anos 40% 20% 20% 20% Leciona em outra escola ou dobra Não Sim - Dobra Sim - Particular Sim - Estadual 100% Renda Salarial Pessoal Até 1 Salário Mínimo De 1 a 3 salários mínimos De 4 a 6 salários mínimos De 7 a 9 salários mínimos Segundo os aportes da Estatística Descritiva, não se deve elaborar gráficos para um universo muito pequeno, como o que referencia esta pesquisa. Contudo optamos por elaborar gráficos, pois queríamos conhecer o processo de elaboração desses instrumentos.
  22. 22. Atividades Enriquecedoras da Pesquisa Nível: Quantidade variável com repertório Nível: Quantidade variável com fixo parcial; repertório variável. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  23. 23. Conclusões • Consideramos que as problematizações foram bem respondidas, e conseguimos entender que, dentro do âmbito da escola o termo Alfabetização e Letramento ainda é confundido pelas professoras. • Conseguimos entender que o processo de Alfabetização e do Letramento bem explorado, na idade correta, é fundamental para o desenvolvimento das crianças. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  24. 24. Conclusões • No que tange a abordagem da fase Pré-silábica, entendemos que esta pesquisa alcançou os objetivos propostos, uma vez que, analisou o contexto histórico do desenvolvimento da Infância e da Educação Infantil, trouxe a diferenciação dos conceitos de Letramento e de Alfabetização, descreveu as etapas da escrita enfatizando o nível Pré-silábico, além de identificar os saberes que as gestoras e as professoras da escola pesquisada têm a cerca do nível Pré-silábico. • Trabalhar a Alfabetização e Letramento na Educação Infantil não é uma tarefa fácil, sobretudo quando se pensa em articular teoria e prática, portanto, o desafio está em se trabalhar de forma dinâmica e organizada, propiciando a aprendizagem. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  25. 25. Referências • ARIÈS, Phillippe. História Social da Criança e da Família. Rio de Janeiro: Editora LTC, 1981. • AZENHA, Maria da Graça. Construtivismo De Piaget a Emilia Ferreiro. 5ª ed. Ática: São Paulo, 1997, p. 110. • BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação Qualitativa em Educação: uma introdução à teoria e os métodos. Porto: Editora Porto, 1994 • BRASIL. Ministério da Educação e da Cultura. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil: vol. 3. Belo Horizonte: UBEE, 2001. • CARVALHO, Luís Miguel. Governando a educação pelo espelho Do perito: uma análise do pisa como instrumento de regulação. Educ. Soc., Campinas, vol. 30, n. 109, p. 1009-1036, set./dez. 2009. Disponível em <http://www.cedes.unicamp.br>. Acesso em: 08/04/2014. • CONTINI JÚNIOR, José. A concepção do sistema alfabético por crianças em idade Pré-Escolar. In: KATO, Mary (org.). A concepção da escrita pela criança. São Paulo: Pontes, 2002, p. 53-104. • COSTA, A.C. Consciência fonológica: relação entre desenvolvimento e escrita. 2002. 155f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) – Faculdade de Letras, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2002 • CRAIDY, Carmem; KAERCHER, Gládis. Educação Infantil: Pra que te quero. Porto Alegre: Editora Artmed, 2001. • DELVAL, Juan. Los Fines de La Educacion. Madrid: Siglo Vietiuno de España Editores S.A., 1993. Disponível em: <http://www.priberam.pt/dlpo/Letramento>. Acesso em: 27/03/2014. • FERREIRO, E. Alfabetização em Processos. São Paulo: Cortez, 1986. • FERREIRO, Emília; TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da Língua Escrita. Porto Alegre: Artemed, 1999, p.304. • FERREIRO, Emília; TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da Língua Escrita.Porto Alegre: Artemed,1999. • FERREIRO, Emilia. Reflexões Sobre Alfabetização. São Paulo: Cortez, 2000. • FERREIRO, Emília. Reflexões sobre Alfabetização. Trad. Horácio Gonzáles (et.al). 24. ed. atualizada. São Paulo: Cortez, 2001. • FERNANDES, Maria; ANDREU, Sebastião. Os segredos da Alfabetização. SP: 2001. • HELD, Jacqueline. O imaginário no poder. São Paulo: Ática, 1985. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  26. 26. Referências • JUNIOR, José Contini. A Concepção do Sistema Alfabético Por Crianças em Idade Pré-Escolar, in A Concepção da Escrita pela Criança. Campinas: Pontes Editores, 1994. • KRAMER, Sônia. A Política do Pré-escolar no Brasil. São Paulo: Editora Cortez, 2003. • KATO, Mary. A concepção da escrita pela criança. 3 ed. São Paulo: Pontes, 2002, p. 206. • LUDKE, M; ANDRÉ, M. Pesquisa em Educação: Abordagens qualitativas. São Paulo; Epu, 1986. • MAGALHÃES, Luciane Manera. Et al. Planejamento do Ensino: Alfabetização e ensino/aprendizagem do componente curricular – Língua Portuguesa. In Pacto Nacional Pela Educação. Brasília: MEC, SEB, 2012. • MARX, Karl. O Capital. São Paulo. Difel, 1988. • MENDES, Raimunda Lopes Rodrigues. Educação Infantil: as lutas pela sua difusão atual. Belém, Unama, 1999. • MOREIRA, Nadja da Costa Ribeiro. Portadores de Texto: Concepções de Crianças quanto a Atributos, Funções e Conteúdos, in A Concepção da Escrita pela Criança. Campinas: Pontes Editores, 1994. • NOGUEIRA, M. A. (1998). Relação família-escola: novo objeto na sociologia da educação. Cadernos de Educação PAIDEIA, FFCLRP-USP, Ribeirão Preto, Fev/ago. • PIAGET, Jean. A Construção do Real na Criança. Tradução de Álvaro Cabral e Cristiane Monteiro Oiticica. Rio de Janeiro: Zahar, 1975. • PRIBERAM, Dicionário da Língua Portuguesa. Alfabetização. Disponível em: <http://www.priberam.pt/dlpo/Alfabetização>. Acesso em: 27/03/2014. • PRIBERAM, Dicionário da Língua Portuguesa. Letramento. Disponível em: <http://www.priberam.pt/dlpo/Letramento>. Acesso em: 27/03/2014. • SILVA, Edna Mariano Machado. A Participação dos Pais no Processo de Alfabetização. Ensino em Re-Vista, 5(1): 99-119. Jun. 96/ Jul. 97. Disponível em: <www.seer.ufu.br/index.php/emrevista/article/download/7827/4934>. Acesso em: 10/04/2014. • SOARES, Magda Becker. Alfabetização e Letramento. 4° Ed. São Paulo: Contexto, 2006. • SOARES, Magda Becker. As muitas facetas da Alfabetização. In: Cad. Pesq. São Paulo (52): 19-25, fev -1985. Disponível em: <http://www.fcc.org.br/pesquisa/publicacoes/cp/arquivos/640.pdf>. Acesso em: 09/04/2014. • SOARES, Magda Becker. Letramento: um Tema em três gêneros. 2° Ed. Belo Horizonte: Autentica, 2003. Curso de Graduação em Pedagogia Trabalho de Conclusão de Curso ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO: A aquisição da escrita na fase Pré-silábica
  27. 27. OBRIGADA!

×