SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
Ministério da Educação
Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima
Diretoria de Graduação
Licenciatura em Letras - Espanhol e Literatura Hispânica
AS CANÇÕES COMO INSTRUMENTO LÚDICO DIDÁTICO NAS
AULAS DE ELE
Boa Vista
Outubro de 2010
DÉBORA SILVA BRITO DA LUZ
ELIZIANE CHAGAS SILVA
LENNA LARISSA SALES CRUZ
AS CANÇÕES COMO INSTRUMENTO LÚDICO DIDÁTICO NAS
AULAS DE ELE
Proposta de atividade lúdica na área de Letras apresentado
como requisito básico para a participação do I Festival
Lúdico do IFRR .
Boa Vista
Outubro de 2010
1. OBJETIVO GERAL
Demonstrar como as canções podem ser trabalhas como instrumento
lúdico didático nas aulas de Espanhol como Língua Estrangeira- ELE.
2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS
 Mostrar como as canções podem ser trabalhadas nas aulas de ELE;
 Identificar as vantagens no uso das canções nas aulas de ELE;
 Divulgar aos participantes da atividade a utilização das canções
como instrumento lúdico didático.
3. JUSTIFICATIVA
Aprender uma língua estrangeira é algo que requer a existência de algumas
condições, tais como motivação. A segundo Dalis (2008) as canções são ferramentas
educativas que incentivam os alunos e abrangem uma infinidade de variações culturais,
ou seja, pode motivar os alunos a querer aprender a língua espanhola, e por tal motivo
os professores podem usar-las em suas aulas como meios para promoverem a
aprendizagem dos alunos
De acordo com Paiva (2001), a música assume um papel de destaque em vários
estágios da vida dos seres humanos, portanto é importante estar presente na educação.
Paiva disse que, se você prestar atenção a nossa vida quotidiana vai achar que a música
acompanha as pessoas em quase todos os momentos de suas vidas, estão em momentos
significativos de alegria ou de tristeza. Ela diz que nós podemos imaginar um
casamento, atos solenes, um filme sem música e da educação, faz parte da maioria das
pessoas acredita que é importante que as canções também estejam inseridas na
educação.
Corroborando com essa perspectiva Rocío (2010), diz que a canção é o gênero mais
popular e maior consumo do mundo, avanço conseguido por meio da internet, onde sua
difusão não conhece limites. Ela ainda afirma que não se pode esquecer que os alunos
em geral têm fácil acesso às canções y adoram cantar e escutá-las, o docente pode usar
tal instrumento para otimizar o processo de ensino-aprendizagem nas aulas de Espanhol
como Língua Estrangeira.
Considerando as observações feitas durante as atividades de Pesquisa e Prática da
Educação (PPP) e no estágio de regência, verificou-se que a língua espanhola é
trabalhada com uma metodologia e técnicas que transformam o estudo da língua
espanhola em pouco cansativo para os estudantes, porque os professores normalmente
só escrever na lousa, e pedem para os alunos que repitam e traduzam as palavras ao
acaso, sem qualquer ligação a um contexto particular.
Nesse sentido, este projeto vem para contribuir para otimização das aulas de
espanhol através de uma atividade lúdica que pretende demonstrar como trabalhar as
canções como instrumento lúdico nas aulas de ELE.
4. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
4.1 Espanhol como Língua Estrangeira
De acordo com Baralo(1999), quando alguém adquire sua língua materna (LM) ou
L1, tem competência linguística e comunicativa que “lhe servirá para interagir com os
colegas, para construir o seu mundo interior através de suas percepções, emoções,
inferências, para organizar seu pensamento, em geral, a se desenvolver como um ser
humano"(p.22).
As línguas que são aprendidas após a aquisição da LM, são chamados de segunda
língua (L2) ou língua estrangeira (LE), mas eles são diferentes. O primeiro é aquele que
é adquirido em um contexto natural, sem grandes estúdios e, geralmente, quando jovem.
LE, por sua vez, em um contexto institucional, como um adulto. No entanto, é possível
que L2 LE torna-se se o indivíduo recebe um grande competência comunicativa, por
exemplo, estudar em uma escola bilíngüe e / ou férias em um país que fala a língua que
está aprendendo.
Adquirir uma LE é uma atividade coletiva e individual, mas cada pessoa tem suas
próprias estratégias de aprendizagem, experiências anteriores e conhecimentos que
muitas vezes são positivamente ou negativamente envolvidos neste processo, mas são
essenciais na construção de comparações e assimilação linguística e comunicação
cultural e compreensão e interpretação de textos. Para Santos e Pauluk (s / d) o ensino
de LE passou e passa por constante desenvolvimento, no que diz respeito a
metodologias e muitas vezes trazem mudanças radicais nos procedimentos, conteúdos e
objetivos que visam atingir a educação. Isso faz com que o professor tenha como
objetivo fazer a escolha de uma abordagem estratégica para ensinar espanhol de forma
eficaz.
Nesse sentido Pauluk e Santos (s/d) diz que um dos objetivos da língua
estrangeira é que os alunos usam a língua que estão estudando em situações
significativas e relevantes. Este objetivo pode ser alcançado, e defender, com o uso de
canções em sala de aula. Através de atividades com canções é possível promover a
percepção dos alunos como membros da sociedade e dos atores do mundo ao passo que
eles são desafiados a analisar criticamente o conteúdo das músicas, não só no seu
aspecto lingüístico, mas também a interpretação e reflexão de questões diferentes.
4.2 As canções como instrumento lúdico didático
No contexto atual, com tantas mudanças freqüentes ocasionadas pelo avanço
econômico, político, social e principalmente tecnológico, o professor não pode mais
ficar atrelado à velhos paradigmas de ensino. Segundo Onerlas (2003) o professor
necessita enfrentar os grupos de estudantes, fortalecido de uma formação pedagógica
que o fundamente de elementos suficientes para ensinar de forma adequada.
Ha de considerar la naturaleza del aprendizaje para poder proponer medios de
enseñanza eficaces que produzcan aprendizajes significativos. Así, al conocer
los procesos internos, que llevan al alumno a aprender significativamente,
manejará algunas ideas para propiciar, facilitar y acelerar la enseñanza y el
aprendizaje (p. 01).
Pode se observar que para que o professor possa realizar sua função, o
desenvolvimento de seu trabalho deve estar fundamentado na reflexão não só do seu
desempenho como professor, deve refletir também sobre o processo de aprendizagem
dos alunos e entender como a aprendizagem se efetiva.
Onerlas (2003) descreve a aprendizagem como o processo de aquisição
cognoscitiva que explica, em parte, o florescimento e a transformação das estruturas
internas, das potencialidades do indivíduo para compreender e atuar no meio em que
vive. O ensino e a aprendizagem não são um processo de causa-efeito, de acordo com a
autora, há aprendizagem sem ensino formal e ensino formal sem aprendizagem.
As canções como estratégia de aprendizagem de línguas estrangeiras, remonta da
Idade Média, ainda que os gregos já a utilizavam como ferramenta de educação social.
Uma retomada do uso de canções na aprendizagem só inicia no século XX. Seguindo
essa linha, Rocío (2010) explica que no século XXI as canções se fazem cada vez
presentes no estudo e aprendizagem de qualquer língua estrangeira “ya que constituyen
un recurso didáctico idóneo: es un medio lúdico, motivador y original de tener acceso a
la lengua y cultura estudiadas, y en el caso del español, a la lengua y cultura de los
países de habla hispana, en toda su riqueza y diversidad”.
Murphey (1992) afirma que a música faz parte da vida da maioria dos alunos, e
que podem liberar energia positiva, ou seja, podem estimular associações positivas ao
estudo da língua estrangeira. As canções podem ser utilizadas como estratégia de
aprendizagem, pois geralmente possuem uma linguagem simples e convencional que
auxiliam no processo de memorização de diferentes estruturas.
Em geral, a maioria dos autores que abordam esse tema defende que as canções
são um excelente instrumento didático, pois ajudam no processo de aquisição de
aspectos lexicais, gramaticais, estruturais e inclusive culturais. Além disso, são capazes
de criar um clima agradável.
5. METODOLOGIA
Para o desenvolvimento da atividade se usará uma dinâmica que envolverá a
utilização de uma canção. A dinâmica será baseada na técnica de reconstrução, que
consiste , segundo Alonso y Zipman (2002), em organizar a canção, adicionar ou
descobrir o que está faltando na mesma.
Primeiramente os participantes da dinâmica assitirão o video musical, e depois
será disponibilizada aos mesmos a letra da canção de forma aletória, onde eles terão
por objetivo organizar a letra conforme o video assistido. No momento da
realização da dinâmica os participantes serão divididos em dois ou mais grupo, no
final ganhará o grupo de participantes que obtiver êxito primeiro em organizar a
letra da canção, o mesmo terá como recompensa um brinde.
Os participantes da dinâmica poderão com essa atividade praticar a pronuncia,
ampliar vocabulário e até mesmo estruturas gramaticais da língua espanhola, de
forma implicita. Mostrando assim, que a utilização das canções como instrumento
lúdico didático constitui um meio fácil e estratégico de aprender a língua espanhola.
6. RECURSOS
 O2 caixas de som;
 01 datashow;
 01 mesa;
 Cópias da letra da canção;
7. TEMPO DE REALIZAÇÃO DA ATIVIDADe
Para a realização da atividade com cada grupo de participantes será em
media de 10 a 15 minutos, pois antes do inicio da dinâmica será explicado em
que consistirá a mesma, o que demandará cerca de 2 minutos, e depois 5
minutos para assisitir o vídeo e mais aproximadamente 4 minutos para
organizar a letra da canção.
REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS
ALONSO, M. Cibele Gonzáles Pellizzari; ZIPMAN, Suzana B. Slepoy de. Trabajar
con música y canciones en la clase de E/LE. In: Actas del X seminário de
Dificultades Específicas de la Enseñaza del Español a Lusohablantes: el
componente lúdico en la clase de E/LE. Brasilia: Embajada de España en Brasil –
Consejería de Educación, Ministerio de Educación, Cultura y Deporte de España, 2003.
BARALO, Marta. La adquisición del español como lengua extranjera. Madrid: Arco
Libros, 1999.
DALIS, Fanny. El uso de la música en la enseñanza del español en noruega:
resultados de una tesis de maestría. Noruega: ANPE. II Congreso nacional:
Multiculturalidad y norma policéntrica: Aplicaciones en el aula de ELE, 2008.
MURPHEY, Tim. Music and song: teacher’s resource series edited by Alan Maley.
Oxford University Press, 1992.
ORNELAS, Virginia Gonzáles. Estrategias de Enseñanza y Aprendizaje. Pax
México: Ciudad de México, 2003.
PAIVA, Maria da Graça Gomes. A música enquanto estratégia de aprendizagem no
ensino de língua inglesa. Porto Alegre: 2001.
ROCÍO, Aguiar Docal. Uso de Canciones y Otras actividades em torno a La música
como recurso didáctico em La clase de ELE. Consejería de Educación – Embajada de
España, 2010.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Universidade do estado dabahia
Universidade do estado dabahiaUniversidade do estado dabahia
Universidade do estado dabahia
Jucélia Da Hora
 
Metodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori Seichi
Metodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori SeichiMetodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori Seichi
Metodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori Seichi
Adriana Takamori
 
O ensino interdisciplinar de lingua inglesa
O ensino interdisciplinar de lingua inglesaO ensino interdisciplinar de lingua inglesa
O ensino interdisciplinar de lingua inglesa
UNEB
 
Introdução à didáctica do português recensão
Introdução à didáctica do português recensãoIntrodução à didáctica do português recensão
Introdução à didáctica do português recensão
ascotas
 
Monografia: A prática da Leitura no Ensino de Lingua Inglesa
Monografia: A prática da Leitura no Ensino de Lingua InglesaMonografia: A prática da Leitura no Ensino de Lingua Inglesa
Monografia: A prática da Leitura no Ensino de Lingua Inglesa
gleudivania
 
A leitura em sala de aula de língua inglesa
A leitura em sala de aula de língua inglesaA leitura em sala de aula de língua inglesa
A leitura em sala de aula de língua inglesa
UNEB
 
Síntese dos conceitos básicos da didáctica do português ana andreia
Síntese dos conceitos básicos da didáctica do português   ana andreiaSíntese dos conceitos básicos da didáctica do português   ana andreia
Síntese dos conceitos básicos da didáctica do português ana andreia
'Ines Tavares
 
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e ContradiçõesSeminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
lagunaedu
 
Introdução à didáctica do português
Introdução à didáctica do portuguêsIntrodução à didáctica do português
Introdução à didáctica do português
ascotas
 

Mais procurados (20)

Comunicação e interação no aprendizado de línguas estrangeiras: para se compr...
Comunicação e interação no aprendizado de línguas estrangeiras: para se compr...Comunicação e interação no aprendizado de línguas estrangeiras: para se compr...
Comunicação e interação no aprendizado de línguas estrangeiras: para se compr...
 
Teste
TesteTeste
Teste
 
Projeto de linguagem
Projeto de linguagemProjeto de linguagem
Projeto de linguagem
 
Relato de exp. lucas e caique
Relato de exp.   lucas e caiqueRelato de exp.   lucas e caique
Relato de exp. lucas e caique
 
Universidade do estado dabahia
Universidade do estado dabahiaUniversidade do estado dabahia
Universidade do estado dabahia
 
AS QUATRO HABILIDADES
AS QUATRO HABILIDADESAS QUATRO HABILIDADES
AS QUATRO HABILIDADES
 
Metodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori Seichi
Metodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori SeichiMetodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori Seichi
Metodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori Seichi
 
12ª mssfi stands
12ª mssfi stands12ª mssfi stands
12ª mssfi stands
 
Apresentacao Enalic 2016: reconhecendo as experiências sociais dos alunos em ...
Apresentacao Enalic 2016: reconhecendo as experiências sociais dos alunos em ...Apresentacao Enalic 2016: reconhecendo as experiências sociais dos alunos em ...
Apresentacao Enalic 2016: reconhecendo as experiências sociais dos alunos em ...
 
O ensino interdisciplinar de lingua inglesa
O ensino interdisciplinar de lingua inglesaO ensino interdisciplinar de lingua inglesa
O ensino interdisciplinar de lingua inglesa
 
Introdução à didáctica do português recensão
Introdução à didáctica do português recensãoIntrodução à didáctica do português recensão
Introdução à didáctica do português recensão
 
Monografia: A prática da Leitura no Ensino de Lingua Inglesa
Monografia: A prática da Leitura no Ensino de Lingua InglesaMonografia: A prática da Leitura no Ensino de Lingua Inglesa
Monografia: A prática da Leitura no Ensino de Lingua Inglesa
 
A leitura em sala de aula de língua inglesa
A leitura em sala de aula de língua inglesaA leitura em sala de aula de língua inglesa
A leitura em sala de aula de língua inglesa
 
Memória reflexiva
Memória reflexivaMemória reflexiva
Memória reflexiva
 
Síntese dos conceitos básicos da didáctica do português ana andreia
Síntese dos conceitos básicos da didáctica do português   ana andreiaSíntese dos conceitos básicos da didáctica do português   ana andreia
Síntese dos conceitos básicos da didáctica do português ana andreia
 
O ensino de inglês através das técnicas do teatro
O ensino de inglês através das técnicas do teatroO ensino de inglês através das técnicas do teatro
O ensino de inglês através das técnicas do teatro
 
Projeto Spanglish
Projeto SpanglishProjeto Spanglish
Projeto Spanglish
 
Exemplo de Projeto
Exemplo de ProjetoExemplo de Projeto
Exemplo de Projeto
 
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e ContradiçõesSeminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
 
Introdução à didáctica do português
Introdução à didáctica do portuguêsIntrodução à didáctica do português
Introdução à didáctica do português
 

Destaque (9)

Plano de Investigação
Plano de InvestigaçãoPlano de Investigação
Plano de Investigação
 
Desenho projecto-investigação
Desenho projecto-investigaçãoDesenho projecto-investigação
Desenho projecto-investigação
 
Projecto dissertação - plano de investigação
Projecto dissertação - plano de investigaçãoProjecto dissertação - plano de investigação
Projecto dissertação - plano de investigação
 
Rita Santos - Projecto De Tese
Rita Santos - Projecto De TeseRita Santos - Projecto De Tese
Rita Santos - Projecto De Tese
 
Projeto de pesquisa
Projeto de pesquisaProjeto de pesquisa
Projeto de pesquisa
 
Apresentação pré projeto de Doutoramento
Apresentação pré projeto de DoutoramentoApresentação pré projeto de Doutoramento
Apresentação pré projeto de Doutoramento
 
Apresentação Pré- projeto tese
Apresentação Pré- projeto tese Apresentação Pré- projeto tese
Apresentação Pré- projeto tese
 
Projecto de investigação simplificado susana a.
Projecto de investigação simplificado   susana a.Projecto de investigação simplificado   susana a.
Projecto de investigação simplificado susana a.
 
Desenho Metodológico da Investigação
Desenho Metodológico da Investigação Desenho Metodológico da Investigação
Desenho Metodológico da Investigação
 

Semelhante a As canções como instrumento lúdico didático nas aulas de ele

Projeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua Espanhola
Projeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua EspanholaProjeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua Espanhola
Projeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua Espanhola
EC306norte
 
A educação não formal associada as interlinguagens
A educação não formal associada as interlinguagensA educação não formal associada as interlinguagens
A educação não formal associada as interlinguagens
piaprograma
 
Ensaio pesquisa ac a-o italo a. de oliveira - final
Ensaio pesquisa ac a-o italo a. de oliveira - finalEnsaio pesquisa ac a-o italo a. de oliveira - final
Ensaio pesquisa ac a-o italo a. de oliveira - final
piaprograma
 
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantisCaderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
simone pereira
 

Semelhante a As canções como instrumento lúdico didático nas aulas de ele (20)

UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...
UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...
UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...
 
UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...
UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...
UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...
 
A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA POR MEIO...
A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA POR MEIO...A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA POR MEIO...
A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA POR MEIO...
 
Rosimara slides
Rosimara slidesRosimara slides
Rosimara slides
 
Projeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua Espanhola
Projeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua EspanholaProjeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua Espanhola
Projeto "Mucho Gusto" - Iniciação à Língua Espanhola
 
Projeto Proinfo
Projeto ProinfoProjeto Proinfo
Projeto Proinfo
 
Trabalhando com a música e o espanhol simultaneamente
Trabalhando com a música e o espanhol simultaneamenteTrabalhando com a música e o espanhol simultaneamente
Trabalhando com a música e o espanhol simultaneamente
 
Trabalhando com a música e o espanhol simultaneamente
Trabalhando com a música e o espanhol simultaneamenteTrabalhando com a música e o espanhol simultaneamente
Trabalhando com a música e o espanhol simultaneamente
 
Trabalhando com a música e o espanhol simultaneamente
Trabalhando com a música e o espanhol simultaneamenteTrabalhando com a música e o espanhol simultaneamente
Trabalhando com a música e o espanhol simultaneamente
 
Trabalhando com a música e o espanhol simultaneamente
Trabalhando com a música e o espanhol simultaneamenteTrabalhando com a música e o espanhol simultaneamente
Trabalhando com a música e o espanhol simultaneamente
 
PRÁTICAS DE ENSINO-aprendizagem de LP para Surdos: uma análise sociointeracio...
PRÁTICAS DE ENSINO-aprendizagem de LP para Surdos: uma análise sociointeracio...PRÁTICAS DE ENSINO-aprendizagem de LP para Surdos: uma análise sociointeracio...
PRÁTICAS DE ENSINO-aprendizagem de LP para Surdos: uma análise sociointeracio...
 
Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?
Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?
Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?
 
Modelo de material.luc
Modelo de material.lucModelo de material.luc
Modelo de material.luc
 
Modelo de material.luc
Modelo de material.lucModelo de material.luc
Modelo de material.luc
 
A educação não formal associada as interlinguagens
A educação não formal associada as interlinguagensA educação não formal associada as interlinguagens
A educação não formal associada as interlinguagens
 
Ensaio pesquisa ac a-o italo a. de oliveira - final
Ensaio pesquisa ac a-o italo a. de oliveira - finalEnsaio pesquisa ac a-o italo a. de oliveira - final
Ensaio pesquisa ac a-o italo a. de oliveira - final
 
Panorama de Língua Estrangeira - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Língua Estrangeira - Prêmio Victor Civita 2011Panorama de Língua Estrangeira - Prêmio Victor Civita 2011
Panorama de Língua Estrangeira - Prêmio Victor Civita 2011
 
Da fala a_escrita
Da fala a_escritaDa fala a_escrita
Da fala a_escrita
 
Da fala a_escrita
Da fala a_escritaDa fala a_escrita
Da fala a_escrita
 
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantisCaderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
Caderno de apoio a pratica pedagogica cantigas de roda e musicas infantis
 

Mais de Rogério Almeida

Juego didáctico adivinación
Juego didáctico   adivinaciónJuego didáctico   adivinación
Juego didáctico adivinación
Rogério Almeida
 
O ensino da literatura como meio lúdico de aprendizagem
O ensino da literatura como meio lúdico de aprendizagemO ensino da literatura como meio lúdico de aprendizagem
O ensino da literatura como meio lúdico de aprendizagem
Rogério Almeida
 
Juego didáctico adivinación
Juego didáctico   adivinaciónJuego didáctico   adivinación
Juego didáctico adivinación
Rogério Almeida
 
4. estructura de la programación
4. estructura de la programación4. estructura de la programación
4. estructura de la programación
Rogério Almeida
 
9. presentacion (actividades)
9. presentacion (actividades)9. presentacion (actividades)
9. presentacion (actividades)
Rogério Almeida
 
8. presentación del trabaljo objetivos
8. presentación del trabaljo objetivos8. presentación del trabaljo objetivos
8. presentación del trabaljo objetivos
Rogério Almeida
 
7. nuestro modelo de programación
7. nuestro modelo de programación7. nuestro modelo de programación
7. nuestro modelo de programación
Rogério Almeida
 
5. el autor de la programación
5. el autor de la programación5. el autor de la programación
5. el autor de la programación
Rogério Almeida
 
3.evaluacion de la programacion
3.evaluacion de la programacion3.evaluacion de la programacion
3.evaluacion de la programacion
Rogério Almeida
 
2. presentacionv de los componentes de la programacion
2. presentacionv de los componentes de la programacion2. presentacionv de los componentes de la programacion
2. presentacionv de los componentes de la programacion
Rogério Almeida
 
6. importancia del formato y la programación
6. importancia del formato y la programación6. importancia del formato y la programación
6. importancia del formato y la programación
Rogério Almeida
 

Mais de Rogério Almeida (13)

Le2 15.09.12 creando blogs
Le2   15.09.12 creando blogsLe2   15.09.12 creando blogs
Le2 15.09.12 creando blogs
 
Juego didáctico adivinación
Juego didáctico   adivinaciónJuego didáctico   adivinación
Juego didáctico adivinación
 
O ensino da literatura como meio lúdico de aprendizagem
O ensino da literatura como meio lúdico de aprendizagemO ensino da literatura como meio lúdico de aprendizagem
O ensino da literatura como meio lúdico de aprendizagem
 
Juego didáctico adivinación
Juego didáctico   adivinaciónJuego didáctico   adivinación
Juego didáctico adivinación
 
4. estructura de la programación
4. estructura de la programación4. estructura de la programación
4. estructura de la programación
 
9. presentacion (actividades)
9. presentacion (actividades)9. presentacion (actividades)
9. presentacion (actividades)
 
8. presentación del trabaljo objetivos
8. presentación del trabaljo objetivos8. presentación del trabaljo objetivos
8. presentación del trabaljo objetivos
 
7. nuestro modelo de programación
7. nuestro modelo de programación7. nuestro modelo de programación
7. nuestro modelo de programación
 
5. el autor de la programación
5. el autor de la programación5. el autor de la programación
5. el autor de la programación
 
3.evaluacion de la programacion
3.evaluacion de la programacion3.evaluacion de la programacion
3.evaluacion de la programacion
 
2. presentacionv de los componentes de la programacion
2. presentacionv de los componentes de la programacion2. presentacionv de los componentes de la programacion
2. presentacionv de los componentes de la programacion
 
1. análisis de variable
1. análisis de variable1. análisis de variable
1. análisis de variable
 
6. importancia del formato y la programación
6. importancia del formato y la programación6. importancia del formato y la programación
6. importancia del formato y la programación
 

Último

ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 

Último (20)

As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 

As canções como instrumento lúdico didático nas aulas de ele

  • 1. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima Diretoria de Graduação Licenciatura em Letras - Espanhol e Literatura Hispânica AS CANÇÕES COMO INSTRUMENTO LÚDICO DIDÁTICO NAS AULAS DE ELE Boa Vista Outubro de 2010
  • 2. DÉBORA SILVA BRITO DA LUZ ELIZIANE CHAGAS SILVA LENNA LARISSA SALES CRUZ AS CANÇÕES COMO INSTRUMENTO LÚDICO DIDÁTICO NAS AULAS DE ELE Proposta de atividade lúdica na área de Letras apresentado como requisito básico para a participação do I Festival Lúdico do IFRR . Boa Vista Outubro de 2010
  • 3. 1. OBJETIVO GERAL Demonstrar como as canções podem ser trabalhas como instrumento lúdico didático nas aulas de Espanhol como Língua Estrangeira- ELE. 2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS  Mostrar como as canções podem ser trabalhadas nas aulas de ELE;  Identificar as vantagens no uso das canções nas aulas de ELE;  Divulgar aos participantes da atividade a utilização das canções como instrumento lúdico didático. 3. JUSTIFICATIVA Aprender uma língua estrangeira é algo que requer a existência de algumas condições, tais como motivação. A segundo Dalis (2008) as canções são ferramentas educativas que incentivam os alunos e abrangem uma infinidade de variações culturais, ou seja, pode motivar os alunos a querer aprender a língua espanhola, e por tal motivo os professores podem usar-las em suas aulas como meios para promoverem a aprendizagem dos alunos De acordo com Paiva (2001), a música assume um papel de destaque em vários estágios da vida dos seres humanos, portanto é importante estar presente na educação. Paiva disse que, se você prestar atenção a nossa vida quotidiana vai achar que a música acompanha as pessoas em quase todos os momentos de suas vidas, estão em momentos significativos de alegria ou de tristeza. Ela diz que nós podemos imaginar um casamento, atos solenes, um filme sem música e da educação, faz parte da maioria das pessoas acredita que é importante que as canções também estejam inseridas na educação. Corroborando com essa perspectiva Rocío (2010), diz que a canção é o gênero mais popular e maior consumo do mundo, avanço conseguido por meio da internet, onde sua difusão não conhece limites. Ela ainda afirma que não se pode esquecer que os alunos em geral têm fácil acesso às canções y adoram cantar e escutá-las, o docente pode usar
  • 4. tal instrumento para otimizar o processo de ensino-aprendizagem nas aulas de Espanhol como Língua Estrangeira. Considerando as observações feitas durante as atividades de Pesquisa e Prática da Educação (PPP) e no estágio de regência, verificou-se que a língua espanhola é trabalhada com uma metodologia e técnicas que transformam o estudo da língua espanhola em pouco cansativo para os estudantes, porque os professores normalmente só escrever na lousa, e pedem para os alunos que repitam e traduzam as palavras ao acaso, sem qualquer ligação a um contexto particular. Nesse sentido, este projeto vem para contribuir para otimização das aulas de espanhol através de uma atividade lúdica que pretende demonstrar como trabalhar as canções como instrumento lúdico nas aulas de ELE. 4. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 4.1 Espanhol como Língua Estrangeira De acordo com Baralo(1999), quando alguém adquire sua língua materna (LM) ou L1, tem competência linguística e comunicativa que “lhe servirá para interagir com os colegas, para construir o seu mundo interior através de suas percepções, emoções, inferências, para organizar seu pensamento, em geral, a se desenvolver como um ser humano"(p.22). As línguas que são aprendidas após a aquisição da LM, são chamados de segunda língua (L2) ou língua estrangeira (LE), mas eles são diferentes. O primeiro é aquele que é adquirido em um contexto natural, sem grandes estúdios e, geralmente, quando jovem. LE, por sua vez, em um contexto institucional, como um adulto. No entanto, é possível que L2 LE torna-se se o indivíduo recebe um grande competência comunicativa, por exemplo, estudar em uma escola bilíngüe e / ou férias em um país que fala a língua que está aprendendo. Adquirir uma LE é uma atividade coletiva e individual, mas cada pessoa tem suas próprias estratégias de aprendizagem, experiências anteriores e conhecimentos que muitas vezes são positivamente ou negativamente envolvidos neste processo, mas são essenciais na construção de comparações e assimilação linguística e comunicação cultural e compreensão e interpretação de textos. Para Santos e Pauluk (s / d) o ensino de LE passou e passa por constante desenvolvimento, no que diz respeito a
  • 5. metodologias e muitas vezes trazem mudanças radicais nos procedimentos, conteúdos e objetivos que visam atingir a educação. Isso faz com que o professor tenha como objetivo fazer a escolha de uma abordagem estratégica para ensinar espanhol de forma eficaz. Nesse sentido Pauluk e Santos (s/d) diz que um dos objetivos da língua estrangeira é que os alunos usam a língua que estão estudando em situações significativas e relevantes. Este objetivo pode ser alcançado, e defender, com o uso de canções em sala de aula. Através de atividades com canções é possível promover a percepção dos alunos como membros da sociedade e dos atores do mundo ao passo que eles são desafiados a analisar criticamente o conteúdo das músicas, não só no seu aspecto lingüístico, mas também a interpretação e reflexão de questões diferentes. 4.2 As canções como instrumento lúdico didático No contexto atual, com tantas mudanças freqüentes ocasionadas pelo avanço econômico, político, social e principalmente tecnológico, o professor não pode mais ficar atrelado à velhos paradigmas de ensino. Segundo Onerlas (2003) o professor necessita enfrentar os grupos de estudantes, fortalecido de uma formação pedagógica que o fundamente de elementos suficientes para ensinar de forma adequada. Ha de considerar la naturaleza del aprendizaje para poder proponer medios de enseñanza eficaces que produzcan aprendizajes significativos. Así, al conocer los procesos internos, que llevan al alumno a aprender significativamente, manejará algunas ideas para propiciar, facilitar y acelerar la enseñanza y el aprendizaje (p. 01). Pode se observar que para que o professor possa realizar sua função, o desenvolvimento de seu trabalho deve estar fundamentado na reflexão não só do seu desempenho como professor, deve refletir também sobre o processo de aprendizagem dos alunos e entender como a aprendizagem se efetiva. Onerlas (2003) descreve a aprendizagem como o processo de aquisição cognoscitiva que explica, em parte, o florescimento e a transformação das estruturas internas, das potencialidades do indivíduo para compreender e atuar no meio em que vive. O ensino e a aprendizagem não são um processo de causa-efeito, de acordo com a autora, há aprendizagem sem ensino formal e ensino formal sem aprendizagem. As canções como estratégia de aprendizagem de línguas estrangeiras, remonta da Idade Média, ainda que os gregos já a utilizavam como ferramenta de educação social. Uma retomada do uso de canções na aprendizagem só inicia no século XX. Seguindo
  • 6. essa linha, Rocío (2010) explica que no século XXI as canções se fazem cada vez presentes no estudo e aprendizagem de qualquer língua estrangeira “ya que constituyen un recurso didáctico idóneo: es un medio lúdico, motivador y original de tener acceso a la lengua y cultura estudiadas, y en el caso del español, a la lengua y cultura de los países de habla hispana, en toda su riqueza y diversidad”. Murphey (1992) afirma que a música faz parte da vida da maioria dos alunos, e que podem liberar energia positiva, ou seja, podem estimular associações positivas ao estudo da língua estrangeira. As canções podem ser utilizadas como estratégia de aprendizagem, pois geralmente possuem uma linguagem simples e convencional que auxiliam no processo de memorização de diferentes estruturas. Em geral, a maioria dos autores que abordam esse tema defende que as canções são um excelente instrumento didático, pois ajudam no processo de aquisição de aspectos lexicais, gramaticais, estruturais e inclusive culturais. Além disso, são capazes de criar um clima agradável. 5. METODOLOGIA Para o desenvolvimento da atividade se usará uma dinâmica que envolverá a utilização de uma canção. A dinâmica será baseada na técnica de reconstrução, que consiste , segundo Alonso y Zipman (2002), em organizar a canção, adicionar ou descobrir o que está faltando na mesma. Primeiramente os participantes da dinâmica assitirão o video musical, e depois será disponibilizada aos mesmos a letra da canção de forma aletória, onde eles terão por objetivo organizar a letra conforme o video assistido. No momento da realização da dinâmica os participantes serão divididos em dois ou mais grupo, no final ganhará o grupo de participantes que obtiver êxito primeiro em organizar a letra da canção, o mesmo terá como recompensa um brinde. Os participantes da dinâmica poderão com essa atividade praticar a pronuncia, ampliar vocabulário e até mesmo estruturas gramaticais da língua espanhola, de forma implicita. Mostrando assim, que a utilização das canções como instrumento lúdico didático constitui um meio fácil e estratégico de aprender a língua espanhola.
  • 7. 6. RECURSOS  O2 caixas de som;  01 datashow;  01 mesa;  Cópias da letra da canção; 7. TEMPO DE REALIZAÇÃO DA ATIVIDADe Para a realização da atividade com cada grupo de participantes será em media de 10 a 15 minutos, pois antes do inicio da dinâmica será explicado em que consistirá a mesma, o que demandará cerca de 2 minutos, e depois 5 minutos para assisitir o vídeo e mais aproximadamente 4 minutos para organizar a letra da canção.
  • 8. REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS ALONSO, M. Cibele Gonzáles Pellizzari; ZIPMAN, Suzana B. Slepoy de. Trabajar con música y canciones en la clase de E/LE. In: Actas del X seminário de Dificultades Específicas de la Enseñaza del Español a Lusohablantes: el componente lúdico en la clase de E/LE. Brasilia: Embajada de España en Brasil – Consejería de Educación, Ministerio de Educación, Cultura y Deporte de España, 2003. BARALO, Marta. La adquisición del español como lengua extranjera. Madrid: Arco Libros, 1999. DALIS, Fanny. El uso de la música en la enseñanza del español en noruega: resultados de una tesis de maestría. Noruega: ANPE. II Congreso nacional: Multiculturalidad y norma policéntrica: Aplicaciones en el aula de ELE, 2008. MURPHEY, Tim. Music and song: teacher’s resource series edited by Alan Maley. Oxford University Press, 1992. ORNELAS, Virginia Gonzáles. Estrategias de Enseñanza y Aprendizaje. Pax México: Ciudad de México, 2003. PAIVA, Maria da Graça Gomes. A música enquanto estratégia de aprendizagem no ensino de língua inglesa. Porto Alegre: 2001. ROCÍO, Aguiar Docal. Uso de Canciones y Otras actividades em torno a La música como recurso didáctico em La clase de ELE. Consejería de Educación – Embajada de España, 2010.