Análise da Crise Econômica

2.633 visualizações

Publicada em

O senador Mercadante faz uma análise da Crise Econômica e mostra o fortalecimento da economia brasileira durante o Governo do presidente Lula.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.633
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
72
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Análise da Crise Econômica

  1. 1. O Brasil e a Crise Internacional Sen. Aloizio Mercadante PT/SP Fevereiro de 2009 RESUMO
  2. 2. Evolução da Crise <ul><li>Fase 1 </li></ul><ul><li>2001- 2006: Bolha Imobiliária. </li></ul><ul><li>Intensa liquidez. </li></ul><ul><li>Abundância de crédito </li></ul><ul><li>Inovações financeiras </li></ul><ul><li>Elevação gradual das taxas de juros </li></ul><ul><li>Fim do período: estouro da bolha. </li></ul><ul><li>Fase 2 </li></ul><ul><li>2007: Crise crédito imobiliário. </li></ul><ul><li>Amplitude limitada(EUA). </li></ul><ul><li>Primeiras perdas(HSBC:US$ 10 bilhões em fev/07) </li></ul><ul><li>Falência New Century Financial. </li></ul><ul><li>Fase 3 </li></ul><ul><li>set-07/set-08: Crise Financeira Internacional. </li></ul><ul><li>Intervenção Northern Rock. Taxa Libor atinge nível recorde. </li></ul><ul><li>Injeções de liquidez. </li></ul><ul><li>Intervenção nas agências Fannie Mae e Freddie Mac. </li></ul><ul><li>Falência Lehman Brothers </li></ul><ul><li>Fase 4 </li></ul><ul><li>Out-08: Crise Econômica Global. </li></ul><ul><li>Travamento do crédito. Retração da Liquidez internacional </li></ul><ul><li>Atuação coordenada dos Bancos Centrais. </li></ul><ul><li>Economias avançadas em recessão e desaceleração dos emergentes </li></ul>
  3. 3. Fonte: World Economic Outlook, FMI. <ul><li>Em sete dos últimos 20 anos a taxa de crescimento do PIB foi inferior a 3%. </li></ul>Perspectivas da Economia Global
  4. 4. Perspectivas da Economia Global – O Quadro Recessivo Evolução Recente do PIB em Economias Selecionadas Perspectivas da Economia Global
  5. 5. Perspectivas da Economia Global
  6. 6. Perspectivas da Economia Global: mercado de trabalho EUA <ul><li>Fechamento de 3,6 milhões de postos desde dez/07. </li></ul><ul><li>Metade do corte nos últimos 3 meses. </li></ul><ul><li>Desemprego em elevação na zona do euro (8%). </li></ul><ul><li>Crescente tensão social da Europa. </li></ul>Europa Mundo <ul><li>OIT projeta aumento de 18%(51 milhões) no número de desempregados em 2009. </li></ul><ul><li>Taxa de Desemprego mundial deverá crescer de 6% para 7,1%. </li></ul>
  7. 7. O Enfrentamento da Crise – Intervenções Estatais
  8. 8. Redução da vulnerabilidade externa O Brasil e a agenda positiva * Inclui Empréstimos Intercompanhias. Fonte: BCB.
  9. 9. Estrutura das Exportações por Países e Blocos Econômicos em 2003 Estrutura das Exportações por Países e Blocos Econômicos em 2008 Fonte: MDIC / FUNCEX e Banco Central do Brasil Dados Acumulados em 12 meses até junho/2003 Fonte: MDIC / FUNCEX e Banco Central do Brasil Dados Acumulados em 12 meses até junho/2008 O Brasil e a agenda positiva Diversificação do comércio externo
  10. 10. Aumento das Reservas Internacionais O Brasil e a agenda positiva * Posição em 11/02 Fonte: SPE/MF 200,6 * Variação: US$ 140,8 bi Reservas Internacionais
  11. 11. Equilíbrio fiscal O Brasil e a agenda positiva Fonte: Credit Suisse Fonte: STN
  12. 12. O Brasil e a agenda positiva Participação na carteira total de crédito (%) Fonte: BCB Grau de alavancagem das instituições financeiras Fonte: Credit Suisse <ul><li>Liberação de compulsório: </li></ul><ul><li>R$ 99,2 bi </li></ul><ul><li>Mercado de câmbio: </li></ul><ul><li>US$ 61 bi </li></ul>Bancos Públicos Bancos Pequenos e médios nacionais Bancos estrangeiros Dois maiores bancos nacionais privados Fonte: BCB <ul><li>Mercado à vista: US$ 14,3 bi </li></ul><ul><li>Recompra e C. Exterior: US$ 13,4 bi </li></ul><ul><li>Derivativos: US$ 33,3 bi </li></ul>
  13. 13. O Brasil e a agenda positiva Fonte: STN Investimentos do governo central (exclui empresas estatais) Fonte: STN
  14. 14. O Brasil e a agenda positiva Enfrentamento da crise: eixos principais Choque de Liquidez Ampliação dos investimentos públicos e desoneração dos inv. privados Preservação do emprego e da renda. Proteção social aos mais vulneráveis Defesa Comercial e combate ao protecionismo
  15. 15. O Brasil e a agenda positiva <ul><li>Choque de Liquidez: </li></ul><ul><li>Propostas: </li></ul><ul><li>Redução do “spread” bancário. </li></ul><ul><li>Cadastro Positivo </li></ul><ul><li>Redução da SELIC </li></ul><ul><li>Uso dos Dep. Compulsórios </li></ul>Retomada do crédito
  16. 16. O Brasil e a agenda positiva <ul><li>Retomada do investimento: </li></ul><ul><li>Propostas: </li></ul><ul><li>Superávit primário anti-cíclico </li></ul><ul><li>Fortalecimento do PAC. </li></ul><ul><li>Desoneração da folha </li></ul><ul><li>Câmaras Setoriais e setorialização das políticas </li></ul>
  17. 17. O Brasil e a agenda positiva <ul><li>Emprego e renda: </li></ul><ul><li>Reajuste S.M.: injeção de R$ 27 bi. </li></ul><ul><li>Seguro- Desemprego:de 5 para 7 parcelas. </li></ul><ul><li>Ampliação do bolsa-família. </li></ul><ul><li>Mudança da tabela do IR. </li></ul><ul><li>Redução do IPI </li></ul><ul><li>Propostas: </li></ul><ul><li>Programa de hab. Popular </li></ul><ul><li>Recomposição da frota nacional de caminhões e ônibus. Ex.: EUA e México </li></ul><ul><li>Inclusão digital </li></ul>

×