Dados do Ensino Médio

• Em 2008, pouco mais de 51% da população entre 15 a 17
anos encontrava-se matriculada no Ensino Mé...
Dados do Ensino Médio

• Em termos de progressão, o estudo da FGV indica que:
– 83% dos jovens concluintes do Ensino Funda...
Dados do Ensino Médio

• IDEB do Ensino Médio:
– Em 2005, o índice do Ensino Médio era 3,4.
– Em 2007, o índice foi 3,5 e ...
Desafios do Ensino
Médio
• As transformações do mundo do trabalho e os dados
do Ensino Médio pressionam as escolas para qu...
Desafios do Ensino
Médio
• A inclusão de muitas disciplinas isoladas sobrecarrega o
currículo, reforça a tradição da apren...
Ensino Médio: o plano
legal e a prática curricular
Finalidades previstas na Lei de Diretrizes e Bases da
Educação Nacional...
Protótipo curricular de ensino médio orientado
para o trabalho e as demais práticas sociais
Princípios e Práticas
Educativas no Protótipo

• Trabalho e Pesquisa como princípios educativos, unindo
a preparação para ...
Mecanismos de
integração curricular

• Um Núcleo de preparação básica para o trabalho e demais
práticas sociais, que trans...
A organização curricular

• As Áreas garantem os conteúdos previstos em lei, tendo como
referência os objetivos do Núcleo ...
Elementos de
integração - EM
Protótipo de Ensino Médio
Integrado com a educação
profissional de nível técnico
(EMI)
Objetivos do Núcleo de preparação para o
trabalho e demais práticas sociais
Conhecimentos, saberes e competências relacion...
Núcleo no EMI:
características gerais

• Ampliam-se os objetivos de aprendizagens do Núcleo nos
dois últimos anos letivos,...
Projetos do Núcleo no EMI

• Escola e moradia como ambientes de aprendizagem (1º ano).
• Ação comunitária (2º ano).
• Vida...
As Áreas de
conhecimento

• As mesmas Áreas do Ensino Médio: Linguagens;
Matemática; Ciências da Natureza e Ciências
Human...
Outros elementos comuns
aos protótipos de EM e EMI
Metodologia de ensino e aprendizagem
• Participação
efetiva
dos
estudantes
desenvolvimento de suas capacidades e
construçã...
Avaliação como recurso de integração curricular
• Avaliação de processo e que combine processos internos
e contínuos com p...
Condições mínimas para
implantação
• Adesão voluntária por parte da instituição de ensino/sistemas.
• Criação do Núcleo.
•...
Publicações eletrônicas (pdf)
• Caminho consulta publicações na página UNESCO
www.brasilia.unesco.org - Publicações no Bra...
Protótipos Curriculares de Ensino Médio e Ensino Médio Integrado
Protótipos Curriculares de Ensino Médio e Ensino Médio Integrado
Protótipos Curriculares de Ensino Médio e Ensino Médio Integrado
Protótipos Curriculares de Ensino Médio e Ensino Médio Integrado
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Protótipos Curriculares de Ensino Médio e Ensino Médio Integrado

595 visualizações

Publicada em

Apresentação dos protótipos curriculares de Ensino Médio e Ensino Médio Integrado no Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
595
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Com foco no trabalho e pesquisa, o Núcleo, ocupará pelo menos 25% da carga horária curricular anual do ensino médio.
    As Áreas (75%) desenvolverão aprendizagens próprias que garantirão a formação dos estudantes e subsidiarão as atividades do Núcleo.
  • Protótipos Curriculares de Ensino Médio e Ensino Médio Integrado

    1. 1. Dados do Ensino Médio • Em 2008, pouco mais de 51% da população entre 15 a 17 anos encontrava-se matriculada no Ensino Médio. • Em 2009, na faixa de 18 anos, idade em que já deveriam ter concluído o Ensino Médio, somente 37% tinham conseguido completar esta etapa. • Estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) “Os Determinantes do Fluxo Escolar entre o Ensino Fundamental e o Ensino Médio no Brasil” (2010) mostra que 70% dos jovens matriculados no Ensino Médio provêm de famílias com renda familiar per capita até um salário mínimo.
    2. 2. Dados do Ensino Médio • Em termos de progressão, o estudo da FGV indica que: – 83% dos jovens concluintes do Ensino Fundamental se matriculam no primeiro ano do Ensino Médio na idade considerada “correta” ou adequada; – 65% no segundo ano; e – 55% no terceiro ano. Os demais o fazem com distorção idade série;
    3. 3. Dados do Ensino Médio • IDEB do Ensino Médio: – Em 2005, o índice do Ensino Médio era 3,4. – Em 2007, o índice foi 3,5 e a meta 3,4; – Em 2009, o índice alcançado foi de 3,6 e a meta era 3,5.  Meta 2021: 5,2
    4. 4. Desafios do Ensino Médio • As transformações do mundo do trabalho e os dados do Ensino Médio pressionam as escolas para que considerem novas abordagens de ensino. • A preparação para a educação superior não pode ser o objetivo exclusivo. A preparação para o trabalho e para vida em sociedade é necessária. • É preciso também educar os jovens como pessoas independentes e para a aprendizagem autônoma.
    5. 5. Desafios do Ensino Médio • A inclusão de muitas disciplinas isoladas sobrecarrega o currículo, reforça a tradição da aprendizagem por meio da memorização e dificulta a aprendizagem significativa. • É necessário superar a fragmentação curricular e a transmissão de conhecimentos descontextualizados. • Ressignificação, então, é aqui entendida como um currículo integrado que efetivamente prepare os jovens para atuarem de maneira eficaz no trabalho, na sociedade e na vida e para que sejam capazes de enfrentar os paradoxos, conflitos e mudanças de um mundo em rápida transformação.
    6. 6. Ensino Médio: o plano legal e a prática curricular Finalidades previstas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional: A consolidação e o aprofundamento dos conhecimentos... A preparação básica para o trabalho e a cidadania... O aprimoramento do educando como pessoa humana... A compreensão dos fundamentos científicotecnológicos dos processos produtivos...
    7. 7. Protótipo curricular de ensino médio orientado para o trabalho e as demais práticas sociais
    8. 8. Princípios e Práticas Educativas no Protótipo • Trabalho e Pesquisa como princípios educativos, unindo a preparação para o trabalho com a preparação por meio do trabalho. • Escola como comunidade de aprendizagem. • Cultura para o trabalho e demais práticas sociais por meio de atividades transformadoras na comunidade imediata. • Identificação de interesses vocacionais, opções profissionais e perspectivas de vida e atuação social, através de formulação de projetos de vida e sociedade.
    9. 9. Mecanismos de integração curricular • Um Núcleo de preparação básica para o trabalho e demais práticas sociais, que transforma em prática curricular os princípios educativos de trabalho e pesquisa. • Quatro Áreas de conhecimento: Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática, divididas ou não em disciplinas. • Quatro dimensões articuladoras: trabalho, ciência, cultura e tecnologia. • Metodologia de ensino e aprendizagem. • Avaliação
    10. 10. A organização curricular • As Áreas garantem os conteúdos previstos em lei, tendo como referência os objetivos do Núcleo (Preparação básica para o trabalho e demais práticas sociais) e a matriz do novo Enem. • As Áreas são integradas por um Núcleo, que é desenvolvido através de projetos anuais: Escola e moradia como ambientes de aprendizagem(1º ano), Ação comunitária (2º ano) e Projetos de vida e sociedade (3º ano). • Os focos dos projetos são também os focos de pesquisa e transformação (trabalho) desenvolvidos integradamente pelo Núcleo e pelas Áreas. • As dimensões articuladoras: trabalho, cultura, ciência e tecnologia, orientam as atividades de pesquisa e transformação.
    11. 11. Elementos de integração - EM
    12. 12. Protótipo de Ensino Médio Integrado com a educação profissional de nível técnico (EMI)
    13. 13. Objetivos do Núcleo de preparação para o trabalho e demais práticas sociais Conhecimentos, saberes e competências relacionados: 1.À educação básica para o mundo do trabalho e demais práticas sociais (1º ao 4º ano). 2. Ao eixo tecnológico e seus fundamentos (3º ano formação tecnológica). 3. Ao exercício específico de cada habilitação profissional (4º ano - formação técnica específica)
    14. 14. Núcleo no EMI: características gerais • Ampliam-se os objetivos de aprendizagens do Núcleo nos dois últimos anos letivos, passando a ocupar maior porcentagem do tempo curricular. • Nos dois primeiros anos é operado por todos os alunos, pelos professores da formação geral e pelo menos um professor da educação profissional (professor-coordenador). • Nos dois últimos anos, integram-se ao Núcleo todos os professores da educação profissional. • Composto por projetos e oficinas.
    15. 15. Projetos do Núcleo no EMI • Escola e moradia como ambientes de aprendizagem (1º ano). • Ação comunitária (2º ano). • Vida e sociedade (3º e 4º ano). • Projeto relacionado ao eixo tecnológico: Tornar uma área produtiva de forma sustentável (3º ano), para o exemplo do Técnico em Agroecologia • Projeto relacionado à habilitação profissional: Ação agroecológica juvenil (4º ano), para o mesmo exemplo de formação técnica.
    16. 16. As Áreas de conhecimento • As mesmas Áreas do Ensino Médio: Linguagens; Matemática; Ciências da Natureza e Ciências Humanas. • Os objetivos de aprendizagem das Áreas no EMI são os mesmos do EM de formação geral. • Atividades variam conforme a habilitação técnica, desde o primeiro ano. • Toda formação técnica é também geral e toda formação geral é também técnica.
    17. 17. Outros elementos comuns aos protótipos de EM e EMI
    18. 18. Metodologia de ensino e aprendizagem • Participação efetiva dos estudantes desenvolvimento de suas capacidades e construção do seu conhecimento. no na • Projetos de investigação e de intervenção, com protagonismo dos estudantes. • A atividade como centro de toda situação de aprendizagem (não as aulas). • Participação conjunta dos professores (vistos como mediadores da aprendizagem) e estudantes na execução dos projetos e atividades.
    19. 19. Avaliação como recurso de integração curricular • Avaliação de processo e que combine processos internos e contínuos com processos externos que envolvam indicadores nacionais ou internacionais. • Avaliação integrada dos componentes curriculares pelos professores, acompanhando e reforçando o desenvolvimento integrado do currículo. • Uma autoavaliação combinada com avaliação pelos colegas e pelos docentes visando promover maior autonomia dos estudantes.
    20. 20. Condições mínimas para implantação • Adesão voluntária por parte da instituição de ensino/sistemas. • Criação do Núcleo. • Nova organização do horário de aulas, do calendário escolar, das formas de avaliação e novos enfoques metodológicos. • Disposição dos gestores da escola e dos professores para formas participativas de gestão, com envolvimento efetivo dos estudantes no planejamento curricular. • Docentes predominantemente em tempo integral em uma mesma escola, concursados e devidamente contratados. • Infraestrutura adequada para funcionamento.
    21. 21. Publicações eletrônicas (pdf) • Caminho consulta publicações na página UNESCO www.brasilia.unesco.org - Publicações no Brasil - Pesquisar no Catálogo da UNESDOC – (tema) • Link para Protótipo http://unesdoc.unesco.org/images/0019/001922/192271por.pdf

    ×