Abubação do abacaxi

2.600 visualizações

Publicada em

ADUBAÇÃO E CALAGEM PARA A CULTURA DO ABACAXI PARA O ESTADO DO PARÁ.

Publicada em: Ciências
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.600
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
121
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
100
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Abubação do abacaxi

  1. 1. UNIVERSIADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA CAMPUS CAPITÃO POÇO José Leandro Silva de Araújo. E-mail: agro_leandro17@Hotmail.com Numero: (091) 98036-3885
  2. 2. ADUBAÇÃO E CALAGEM PARA A CULTURA DO ABACAXI PARA O ESTADO DO PARÁ.
  3. 3. 1 Slide  O abacaxizeiro (nome cientifico comonus var. comsus) é uma planta tropical, monocotiledônea, herbácea e perene.  Pertence a família das plantas epífitas, mais seu hábito de crescimento é terrestre e retira os nutriente diretamente dos solos.  É uma planta exigente, quanto ao aspecto nutricionais.  Macronutrientes: K > N > Ca > Mg > S > P  Micronutriente: Mn > Fe > Zn > B > Cu INTRODUÇÃO
  4. 4. 2 Slide  As principais variedades de abacaxi plantadas no Brasil são:  Pérola  80% da área plantada de abacaxi  Smooth Cayenne  Gomo de mel  Imperial  Vitória INTRODUÇÃO
  5. 5. Abacaxi Pérola 3
  6. 6. 4 Slide INTRODUÇÃO Maiores produtores mundiais:
  7. 7. 5 Slide INTRODUÇÃO Floresta do Araguaia-PA, maior produtor nacional de abacaxi.
  8. 8. 6 Slide INTRODUÇÃO Características de plantio do abacaxi  CLIMA: Ótimo situa-se na faixa de 22° a 32° C  PLUVIOSIDADE: A ideal varia de 1000mm a 1500mm anuais.  LUMINOSIDADE: O ótimo situa-se na faixa de 2500 a 3000 horas de brilho de solar/ano  UMIDADE RELATIVA: Próximo de 75%  SOLO: Boa drenagem (fusariose) e com boa aeração.  FISIOLOGIA: É uma planta CAM ou MAC (fotossíntese a noite).  BOTÂNICA: Pseudofruto.
  9. 9. 7 Slide RECOMENDAÇÃO DE CALCÁRIO  Porque devemos aplicar calcário ?  Para corrigir o pH do solo.  Qual objetivo de corrigir o pH do solo ?  Deixar os nutriente pronto para ser absorvido pela planta.
  10. 10. 8 Slide RECOMENDAÇÃO DE CALCÁRIO  A análise química de solo é uma ferramenta indispensável para um recomendação de calagem e também adubação.  Havendo a necessidade de aplicação de calcário, deve ser distribuído homogeneamente no solo, de dois e três meses antes do plantio.  Incorporação do calcário com ajuda de uma arado.  É aconselhável aplicar antes do período das chuvas.
  11. 11. 9 Slide RECOMENDAÇÃO DE CALCÁRIO Como o abacaxizeiro é uma planta “ávida” pelo magnésio (Mg), deve-se aplicar dar preferência ao calcário dolomítico (MgO > 12%) É muito comum, em regiões, a ocorrência de sintomas foliares de deficiência de Mg. Determinação da quantidade de calcário: 𝑵𝑪: 𝑽𝟐 − 𝑽𝟏 ∗ 𝑪𝑻𝑪 𝑷𝑹𝑵𝑻 NC: Necessidade de calagem (t/ha) V2: Saturação por base do, em % que se pretende alcançar para a cultura V1: Saturação por base do solo (%) revelada pela análise química do solo. CTC: Capacidade de troca de catiônica. PRNT: Poder relativo de neutralização total (%) do calcário.
  12. 12. 10 Slide RECOMENDAÇÃO DE ADUBAÇÃO  As recomendações de adubação para o abacaxizeiro devem ser baseadas em resultados de análise de solo e/ou foliares.  Relação benefício/custo do adubação. LABORATÓRIO DE ANÁLISE DE SOLO CRUZEIRO DO SUL Nitrogênio (N)-------------------- > 70 N Fosforo (P) ------------------------ > 7 mg/dm3 Potássio (K) ----------------------- > 17 cmolc/dm3 Dados simulados
  13. 13. 11 Slide RECOMENDAÇÃO DE ADUBAÇÃO TABELA-1: Recomendação de adubação para cultura do abacaxi em itaberada,BA. 1ª 2ª 1ª 2ª 3ª N mineral ou orgânico 85 125 60 70 80 Duas aplicação Em cobertura N (Kg/ha) Nutriente Três aplicações Após plantio
  14. 14. 1ª 2ª 1ª 2ª 3ª Até 5 50 * 50 * * 06 a 10 40 * 40 * * 11 a 15 30 * 30 * * Duas aplicação Em cobertura P no solo (mg/dm3) P2O5 (Kg/ha) Nutriente Três aplicações Após plantio 12 Slide RECOMENDAÇÃO DE ADUBAÇÃO TABELA-1: Recomendação de adubação para cultura do abacaxi em itaberada,BA. Quanto de fosforo devo aplicar ? R: 80 Kg (40Kg + 40 Kg) de P2O5 de Ha.
  15. 15. 13 Slide RECOMENDAÇÃO DE ADUBAÇÃO TABELA-1: Recomendação de adubação para cultura do abacaxi em itaberada,BA. 1ª 2ª 1ª 2ª 3ª Até 0,07 105 155 75 85 100 0,08 a 0,15 85 125 60 70 80 0,16 a 0,23 60 95 45 50 60 0,24 a 031 40 65 30 35 40 Duas aplicação Em cobertura K no solo (cmolc/dm3) k2O (Kg/ha) Nutriente Três aplicações Após plantio Quanto de potássio devo aplicar ? R: 310 Kg (60Kg + 95 kg + 45 kg + 50 + 50 Kg) de K2O por Ha. O abacaxi é planta suculenta e o dose  muito K+
  16. 16. 14 Slide APLICAÇÃO DE FERTILIZANTE  Recomenda-se que a adubação do abacaxizeiro seja ao longo da fase vegetativa (fase ante da floração).  PORQUE É RECOMENDADO APLICAR AO LONGO DA FASE VEGETATIVA ?  Deve-se aplicar 0,5 L a 1 L de esterco bovino curtido.  Porque o adubo deve ser curtido ?  Todos os adubos devem ser aplicado em cobertura (30-90 dias após o plantio) período em que o enraizamento (aumenta o aproveitamento máximo dos adubos  Lixiviação)  Os fertilizantes fosfatados, nitrogenados e potássicos deve ser aplicado em cobertura dado maior preferencias os mais solúveis em água (Obs: O P pode ser aplicado em sulco/cova no plantio  é melhor aplicar todos juntos, diminuição de $$$$$) .
  17. 17. 15 Slide ADUBAÇÃO ORGÂNICA  O abacaxizeiro responde bem à aplicação de adubos orgânico (esterco de animais, tortas de vegetais etc.)  Na maioria das vezes, as limitações à utilização de adubo orgânicos são determinadas pela não disponibilidade na propriedade e/ou pela inviabilidade econômica da aquisição e do transporte.  Neste caso pode ser aplicado no plantio ou cobertura.
  18. 18. 16 Slide ANÁLISE FOLIAR  A análise química de tecido vegetal é um recurso valioso para avaliação do estado nutricional da plantas, podendo ser usado em conjunto com as análise do solo.  Para análise foliar utiliza-se da folha ‘D’ (folha da região média da planta), geralmente é a folha mais comprida.  IDEAL DE COLETA:  A coleta das folhas pode ocorrer ao longo do ciclo vegetativo (normalmente a partir do 4º mês após o plantio até a indução da floração)  Recomenda-se a coleta de 25 folhas tomadas ao acaso, para cada talhão.  Coleta-se uma folha por planta.
  19. 19. 17 Slide ANÁLISE FOLIAR Distribuição das folhas do abacaxizeiro, de acordo com a idade
  20. 20. 18 Slide SINTOMAS VISUAL DE DEFICIÊNCIA É a visualização de sintomas de deficiências, manifestados pelas plantas ainda em campo, se constituir em RECURSO AUXILIAR importante na identificação de possíveis carência nutricionais. OBS: A deficiência já estar ocorrendo na planta.
  21. 21. MACRONUTRIENTES
  22. 22. 19 Slide SINTOMAS VISUAL DE DEFICIÊNCIA  Nitrogênio (N)  Folhas pequena.  A planta fica fraca.  Fruto pequeno.  Coroa pequena.  Senescência precose, ou seja, queda das folhas.  Redução de proteínas e aminoácidos.
  23. 23. 20 Slide SINTOMAS VISUAL DE DEFICIÊNCIA  Nitrogênio  A deficiência de Nitrogênio causa clorose (amarelecimento) das folhas, causado pelo diminuição das molécula de clorofila.  Redução da fotossíntese. Esquema da molécula de clorofila
  24. 24. Planta sadia Coloração amarelada da folha de maneira generalizada 21
  25. 25. Frutos menores 22
  26. 26. 23 Slide SINTOMAS VISUAL DE DEFICIÊNCIA  Fósforo (P)  Folhagem de cor escura, verde-azulado ou vermelho- arroxeada . (folhas velhas)  Folhas velhas que dessecam a partir da ponta de cor marrom-avermelhada.  Planta curta e menos ramificada  Fruto pequeno, com coloração avermelhada.
  27. 27. Coloração vermelho-arroxeada nas folhas em fase inicial 24
  28. 28. Deficiência de P em milho, arroxeameto da folhas EXEMPLO COMPARATIVO 25
  29. 29. Coloração avermelhada dos frutos Coloração amarelada da casca no tratamento completo (fruto bom) 26
  30. 30. 27 Slide SINTOMAS VISUAL DE DEFICIÊNCIA  Potássio (K)  Clorose (amarelecimento) acompanhada com necrose nas margens do limbo.  Pedúnculo do fruto pouco resistente.  Fruto pequeno , menos doce e sem arona.  Solos rico em Mg e Ca podem causa deficiência de K.  Escurecimento interno do fruto.
  31. 31. Escurecimento interno do fruto, Fruto esponjoso e vida útil rápida. Ressecamento do ápice das folhas mais velhas. 28
  32. 32. Pedúnculo do fruto pouco resistente 29
  33. 33. 30 Slide SINTOMAS VISUAL DE DEFICIÊNCIA  Cálcio (Ca)  Folhas pequenas, curtas, estreitas e quebradiças.  Morte das gemas apicais.  Menor desenvolvimento radicular.  Pequena frutificação ou produção de fruto anormais (rachados)
  34. 34. 31 Folhas pequenas, curtas, estreitas e quebradiças
  35. 35. 32 Slide SINTOMAS VISUAL DE DEFICIÊNCIA  Magnésio (Mg)  Clorose seguida de necrose na base das folhas da planta.  Ressecamento das folhas velhas.  Frutos sem acidez, pobre em açúcar e sem sabor.
  36. 36. Clorose seguida de necrose na base das folhas da planta. 33
  37. 37. Clorose seguida de necrose na base da coroa. 34
  38. 38. 35 Slide SINTOMAS VISUAL DE DEFICIÊNCIA  Enxofre (S)  Folhagem amarelo-pálido a dourado.  Margem das folhas de cor rósea.  Frutos pequeno.
  39. 39. MICRONUTRIENTES
  40. 40. 36 Slide SINTOMAS VISUAL DE DEFICIÊNCIA  Zinco (Zn)  Crescimento restrito das gemas apicais (Zinco  Triptofano  Auxina)  Plantas anãs (falta de Auxina).  Folhas jovem quebradiças e às vezes encurvada.  Roseta foliar apresenta-se fechado (área folear). Figura: Crescimento restrito das gemas apicais (falta de Auxina)
  41. 41. 37 Slide SINTOMAS VISUAL DE DEFICIÊNCIA  Cobre (Cu)  Folhas verde-clara (bronze).  Folhas em forma de calha U.  As pontas das folhas ser curvam para baixo.  Raízes curtas com pelos reduzidos. (morte das gemas terminais.  Planta raquítica.
  42. 42. Figura: Plantas de abacaxi com sintomas de deficiência de cobre (folhas com pronunciada calha em forma de U e coloração vermelha-purpúrea) 38
  43. 43. 39 Slide SINTOMAS VISUAL DE DEFICIÊNCIA  Ferro (Fe)  Folhas com coloração brancas nas folhas jovem, seguido de necrose.  Diminuição no crescimento do fruto.  Folhas flácidas.  Fruto com vermelho com coroa clorótica.
  44. 44. Sintomas típico de deficiência, com coloração brancas nas folhas. 40
  45. 45. 41 Slide SINTOMAS VISUAL DE DEFICIÊNCIA  Boro (B)  Paralisação do crescimento da folhas em 2/3.  Pontas secas.  Tendência da folhas a ser enrolar.  Fruto com coroa múltiplas (Havaí e Martinica)  Frutos podem ser muito pequeno e esférico.  Má-formação dos frutos. IMPORTANTE: NUNCA E JÁ MAIS Deve-se ERRAR NA APLICAÇÃO DE BORO. O limite entre a deficiência e a toxidez é muito pequeno
  46. 46. Má-formação dos frutosDeformação na folha 42
  47. 47. Rachadura entre os frutilhos 43
  48. 48. 44 Slide SINTOMAS VISUAL DE DEFICIÊNCIA  Manganês (Mn)  Os sintomas de deficiência não são bem definido nesta plantas em campo. Explicação: Nas regiões tropicais e subtropicais, há predominância de solos ácidos, o que favorece a disponibilidade de do Mn, tornando-se mais favorável a toxidez do que a deficiência.
  49. 49. FRASE

×