Fundos de Investimento

1.231 visualizações

Publicada em

O que são fundos de investimento, como funcionam, seus tipos e tributações.

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

Fundos de Investimento

  1. 1. FUNDOS DE INVESTIMENTO
  2. 2. CONCEITO Organização jurídica no formato de condomínio de investidores Precisam ser aprovados pela CVM Responsabilidade: Estatuto Social Prospecto Balanço Social* * Auditoria Independente
  3. 3. RESPONSABILIDADES – Direitos e deveres dos cotistas – Organização social do fundo – Datas de realização da assembleia – Riscos que o investidor está sujeito – Política de investimentos – Informações gerais sobre o fundo
  4. 4. Funções administrativas GESTOR DA CARTEIRA DE INVESTIMENTO gestão do patrimônio ADMINISTRADOR representa o fundo e determina valor da cota CUSTODIANTE guarda os títulos que compõem a carteira DISTRIBUIDOR capta os recursos financeiros junto a investidores
  5. 5. Como FUNCIONA Investidor aplica recursos financeiros e adquire cotas Cálculo das cotas: 1: Cota de fechamento – o administrador determina o valor da cota no final do dia e o investidor só saberá no dia seguinte a aplicação. 2: Cota de abertura – o administrador determina o valor da cota no começo do dia e o investidor sabe no momento da aplicação.
  6. 6. 3: O administrador, de posse do valor da cota, calcula a quantidade de cotas por investidor e determina o valor atual dos investimentos dos cotistas Como FUNCIONA APLICAÇÃO – valor financeiro / valor da cota RESGATE – quantidade de cotas x valor atual da cota
  7. 7. COMO FUNCIONA 4: Prazo de carência para efetuar resgates Possível perda de rentabilidade * Se estiver previsto no estatuto, o administrador só poderá fazer o resgate em datas estipuladas.
  8. 8. TAXAS COBRADAS – Pela execução dos trabalhos relativos a gerência administrativa –Definida em termos anuais –Incide diariamente sobre o patrimônio do fundo TAXA DE ADMINISTRAÇÃO TAXA DE PERFORMANCE – Cobrada em função dos objetivos de rentabilidade –Desconto administrador ao divulgar o valor da cota do fundo TAXA DE ENTRADA/SAÍDA – Pela execução dos trabalhos relativos a gerência administrativa –Definida em termos anuais –Incide diariamente sobre o patrimônio do fundo
  9. 9. TRIBUTAÇÃO IMPOSTO DE RENDA - Incide sobre a rentabilidade obtida pelo cotista - Alíquota varia: composição da carteira prazo médio dos títulos 1. Mais de em ações: alíquota de 15%67% 2. Maioria composta por títulos de renda fixa Prazo da aplicação Alíquota de IR Até 180 dias 22,50% Acima de 180 dias 20% Curto prazo: menos que 365 dias Prazo da aplicação Alíquota de IR De 365 dias 20% De 730 dias 17,5% Acima de 730 dias 15% Longo prazo: igual ou mais que 365 dias 3. Come-cotas: último dia útil de maio e novembro
  10. 10. TRIBUTAÇÃO IMPOSTO SOBRE OPERAÇÕES FINANCEIRAS (IOF) Apenas para resgates inferiores a 30 dias Número de dias decorridos após a aplicação IOF (em%) Número de dias decorridos após a aplicação IOF (em%) 1 96 16 46 2 93 17 43 3 90 18 40 4 86 19 36 5 83 20 33 6 80 21 30 7 76 22 26 8 73 23 23 9 70 24 20 10 66 25 16 11 63 26 13 12 60 27 10 13 56 28 6 14 53 29 3 15 50 30 0
  11. 11. TIPOS CURTO PRAZO -Investimento em títulos públicos federais ou privados de baixo risco de crédito -Prazo máximo de 365 dias - Prazo médio da carteira de até 60 dias -Rentabilidade associada às taxas SELIC ou CDI -Menor risco - Crédito de resgate no mesmo dia da solicitação REFERENCIADO - Acompanha a variação do indicador de desempenho escolhido -Pelo menos: 95% da carteira composta por ativos que compõe o indicador - Pelo menos: 80 % do PL em títulos de emissão do Tesouro Nacional ou do Banco Central do Brasil ou em ativos financeiros de renda fixa considerados de baixo risco de crédito * Referenciado DI
  12. 12. TIPOS Os fundos dessa categoria possuem 80% da carteira de em títulos de renda fixa pré ou pós-fixados Principal fator de risco: variação da taxa de juros e/ou de índice de preços Geralmente o crédito do resgate se dá no mesmo dia da solicitação RENDA FIXA MULTIMERCADOS - Política de investimento que envolve vários fatores de risco, sem o compromisso de concentração em nenhum fator em especial -Maior liberdade de gestão - Buscam maior rendimento, mas tem maior risco - Crédito de resgate nem sempre no mesmo dia da solicitação
  13. 13. TIPOS AÇÕES - Carteira composta de, no mínimo, 67% ações - União de investidores aumenta o poder de negociação - Expectativa de rentabilidade elevada - Possibilidade de diversificar o investimento - Investimento de alto risco - Crédito de resgate após 4 dias de sua solicitação
  14. 14. DIREITOS CREDITÓRIOS/FIDC TIPOS - Títulos de créditos originários de operações realizadas nas instituições financeiras, na indústria, arrendamento mercantil ou prestação de serviços - Podem ser: 1. ABERTOS – cotistas podem solicitar resgate de cotas 2. FECHADOS – cotas resgatadas ao término do prazo de duração - Risco: retorno ligado ao nível de inadimplência
  15. 15. TIPOS - Fundos que investem em empreendimentos imobiliários - Divididos em cotas que não podem ser resgatadas - Composto por imóveis comerciais, residenciais, rurais ou urbanos construídos ou em construção - Retorno por meio da distribuição dos resultados do fundo (ex: aluguel) - Ganhos de escala - Maior liquidez * 95% do resultado líquido auferido pelo fundo deve ser distribuído ao cotista * sem gastos com a compra do imóvel, corretagem, ou impostos como o ITBI IMOBILIÁRIOS
  16. 16. TIPOS CAMBIAL Rentabilidade dos fundos acompanha a variação da moeda estrangeira 80% da carteira composta por títulos de renda fixa que busquem acompanhar a variação de preços de moedas estrangeiras ou de uma taxa de juros denominada cupom cambial “Fundos Cambiais Dólar” são os mais conhecidos Crédito do resgate no dia seguinte a sua solicitação Proteção contra a desvalorização do real no médio e longo prazo Alternativa para quem tem que efetuar pagamentos em moeda estrangeira caso faça alguma transação no exterior
  17. 17. TIPOS DÍVIDA EXTERNA Composição da carteira por no mínimo 80% em títulos representativos da dívida externa Permitida a aplicação de até 20% do patrimônio líquido em outros títulos de crédito transacionados no mercado internacional É um meio ágil e de baixo custo operacional para investir em títulos do governo brasileiro negociados no exterior PREVIDÊNCIA É um fundo de uma instituição privada que concentra recursos de pessoas que visam à previdência
  18. 18. RISCOS É a probabilidade de não se obter o que esperava RISCO DE CRÉDITO é a probabilidade de que o emissor do título que compõe a carteira do fundo não pague o valor de título RISCO DE ESTRATÉGIA/MERCADO é a probabilidade de que a estratégia de investimento do gestor do fundo não produza os resultados esperados
  19. 19. TRANSPARÊNCIA Ainda é bastante negligenciada no mercado brasileiro CVM: dispõe informações sobre algumas carteiras de fundos de investimento existentes Comparação de Fundos - Startup Comparação de Fundos - Startup
  20. 20. REFERÊNCIAS ADVFN. Tributação de fundos de investimento: IOF.Disponível em: <http://br.advfn.com/educacional/fundos/tributacao-de- fundos-iof>. Acesso em: 03 maio 2013. ADVFN. Tipo de Fundo: Cambial. Disponível em: <http://br.advfn.com/educacional/fundos/cambial>. Acesso em: 29 maio 2013. BMF BOVESPA. Fundo de Investimento Imobiliário. <http://www.bmfbovespa.com.br/pt-br/invista-ja/tipos-de- investimentos/fundo-de-investimento-imobiliario.aspx?Idioma=pt-br>. Acesso em 30 maio 2013. COMO INVESTIR. Tributação: Tributação dos Fundos de Investimento. Disponível em: <http://www.comoinvestir.com.br/fundos/guia-de-fundos/tributacao/paginas/default.aspx>. Acesso em: 03 maio 2013. FUNDOS.COM. Fundos de investimento. Disponível em: <http://www.fundos.com/fundosdeinvestimento.htm>. Acesso em: 03 maio 2013. GLOBO.COM. Sistema traz transparência a administração de fundos de investimento.<http://g1.globo.com/tecnologia/startup/platb/2013/01/24/sistema-traz-transparencia-a-administracao-de-fundos- de-investimento/>. Acesso em 30 maio 2013. PORTAL DO INVESTIDOR. Cotas de fundos de investimento (409). Disponível em: <http://www.portaldoinvestidor.gov.br/menu/Menu_Investidor/valores_mobiliarios/FundodeInvestimento409.html>. Acesso em: 03 maio 2013. WIKIPEDIA. Fundo de Investimento. Disponível em:<http://pt.wikipedia.org/wiki/Fundo_de_investimento>. Acesso em 29 maio 2013.

×