SlideShare uma empresa Scribd logo
O SIGNIFICADO DO TRABALHO




• Todo trabalho é uma atividade, mental ou
  física, que produz bens ou serviços.
  Podemos, assim, afirmar que o trabalho é
  uma atividade produtiva.
O SIGNIFICADO DO TRABALHO


 • Os bens, para serem criados,
   necessitam dos meios de
   produção, conjunto formado
   pelos meios de trabalho e pelo
   objeto de trabalho, que incluem
   as ferramentas, as instalações,
   os combustíveis, os meios de
   transporte e outros recursos
   tirados da natureza (matéria-
   prima).
O SIGNIFICADO DO TRABALHO




 • O conceito de trabalho e o valor que
   se dá a ele dependem da época, do
   local e de quem o controla.
O SIGNIFICADO DO TRABALHO


Veja algumas definições:
• Trabalho é a aplicação da força física
  ou intelectual, feita pelos seres
  humanos, que transforma a natureza
  para satisfazer as necessidades dos
  homens.
Ou ainda:
• Trabalho é a ação material ou
  intelectual transformadora do homem,
  realizada na natureza e na sociedade
  em que ele vive.
O SIGNIFICADO DO TRABALHO

• Segundo Karl Marx, um dos
  grande teóricos do trabalho,
  esse pode ser entendido como:
“ ... a força de trabalho posta em
  ação (criando valor) na
  elaboração de determinada
  mercadoria.”
O SIGNIFICADO DO TRABALHO




• Ou seja, todo trabalho tem um
  valor em si, pois produz alguma
  mercadoria.
O SIGNIFICADO DO TRABALHO

• Para Adam Smith, o valor da
  mercadoria depende do trabalho
  utilizado para produzi-la, ou
  seja, quanto maior o tempo e a
  técnica (conhecimento
  necessário) gastos para realizar
  um trabalho, maior deve ser o
  preço cobrado pela mercadoria
  produzida.
O SIGNIFICADO DO TRABALHO

• Resumindo:
TRABALHO        é um dos requisitos
                para determinar o...



          VALOR DA MERCADORIA
O VALOR DO TRABALHO




• Marx e Smith concordam que todo trabalho
  tem um valor. Entretanto, discordam sobre
  o valor a ser pago pelo trabalho.
O VALOR DO TRABALHO
• Para Marx, existe uma relação
  entre o acúmulo de riqueza do
  capitalista e o empobrecimento
  do trabalhador.
• Para ele, o valor não pago ao
  trabalhador é denominado mais-
  valia.
• É da mais-valia que o capitalista
  tira boa parte do seu lucro. Isso
  revela um pouco da exploração
  que o trabalhador sofre.
O VALOR DO TRABALHO
• Resumindo
                é a parte do
MAIS-VALIA      trabalho não
                paga ao...




              TRABALHADOR
TRABALHO E ALIENAÇÃO




TEMPOS MODERNOS - CHAPLIN
O VALOR DO TRABALHO
• Segundo Marx, o trabalhador é
  alienado de seu trabalho. Isso
  ocorre porque ele vende seu
  serviço, não é dono de seu
  tempo. Enquanto trabalha, não é
  dono nem do produto criada. O
  dono é o capitalista, que
  também é proprietário dos
  meios de produção.
O VALOR DO TRABALHO
• Para os marxistas a única forma de
  acabar com esse sistema de
  exploração é: o trabalhador consciente
  do valor de seu trabalho, acabar com a
  propriedade privada, criando assim
  uma sociedade igualitária na qual não
  estaria mais alienado de seu trabalho,
  pois seria dono de seu tempo e dos
  meios de produção, que pertenceriam
  a todos igualmente e não somente a
  uma minoria de pessoas, às empresas
  ou ao Estado.
O VALOR DO TRABALHO
• Adam Smith preocupava-se com
  a capacidade produtiva do
  trabalhador. Acreditava que a
  especialização e a divisão do
  trabalho aumentavam a
  produtividade e beneficiavam
  todos, tanto assalariados como
  capitalistas.
O VALOR DO TRABALHO
• Dessa forma, caberia ao capitalista,
  concentrador da renda, aumentar a
  produtividade e a oferta de trabalho
  para o desenvolvimento da
  sociedade.
• O papel dos capitalistas, enquanto
  empreendedores seria fundamental
  para a oferta de bens e serviços que
  atendessem às necessidades dos
  indivíduos.
O VALOR DO TRABALHO




• Se marxistas e capitalistas
  parecem defender o bem-estar
  geral, onde está a diferença?
O VALOR DO TRABALHO
• Está na forma como eles
  pensam a organização da
  sociedade; duas IDEOLOGIAS
  diferentes que tiveram grande
  influência no mundo.
O VALOR DO TRABALHO
• Marx defendeu uma sociedade
  comunista.
• Nesse tipo de sociedade, a proposta
  é a abolição da propriedade privada,
  dos meios de produção, a
  distribuição igualitária dos bens
  produzidos pela sociedade e a
  organização da riqueza social pela
  própria comunidade de produtores de
  bens.
O VALOR DO TRABALHO
• De outro lado, Adam Smith defendeu
  uma sociedade capitalista.
• Nela a propriedade privada é
  essencial, e é o capitalista quem
  garante a produtividade e a
  sobrevivência de todos.
• Nessa sociedade, a desigualdade
  social faz parte da natureza humana
  e cabe aos mais aptos (capitalistas)
  controlar a propriedade e o esforço
  coletivo em benefício do aumento da
  produtividade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introduçao a sociologia
Introduçao a sociologiaIntroduçao a sociologia
Introduçao a sociologia
Marcelo Freitas
 
Karl marx e o materialismo histórico e dialético
Karl marx e o materialismo histórico e dialéticoKarl marx e o materialismo histórico e dialético
Karl marx e o materialismo histórico e dialético
Marcela Marangon Ribeiro
 
Trabalho e Sociedade
Trabalho e SociedadeTrabalho e Sociedade
Trabalho e Sociedade
Portal do Vestibulando
 
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
Paulo Alexandre
 
Capítulo 7 - O Mundo do Trabalho
Capítulo 7 - O Mundo do TrabalhoCapítulo 7 - O Mundo do Trabalho
Capítulo 7 - O Mundo do Trabalho
Marcos Antonio Grigorio de Figueiredo
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
Luis De Sousa Rodrigues
 
01 historia do trabalho
01 historia do trabalho01 historia do trabalho
01 historia do trabalho
Vânia Franco
 
Industria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de MassaIndustria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de Massa
Elisama Lopes
 
Aula 01 sociologia do trabalho
Aula 01 sociologia do trabalhoAula 01 sociologia do trabalho
Aula 01 sociologia do trabalho
Daniel Alves
 
Estereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminaçãoEstereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminação
mafertoval
 
história da sociologia
   história da sociologia   história da sociologia
história da sociologia
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
O Trabalho ao longo da História
O Trabalho ao longo da HistóriaO Trabalho ao longo da História
O Trabalho ao longo da História
Paula Meyer Piagentini
 
Fatos sociais
Fatos sociaisFatos sociais
Fatos sociais
Fabson Calixto
 
Clássicos da sociologia
Clássicos da sociologiaClássicos da sociologia
Clássicos da sociologia
Luciano Carvalho
 
Indústria Cultural
Indústria CulturalIndústria Cultural
Indústria Cultural
Munis Pedro
 
Socialização.
Socialização.Socialização.
Socialização.
Nuno Cunha
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
O mundo do trabalho
O mundo do trabalhoO mundo do trabalho
O mundo do trabalho
Colegio
 
Evolução Histórica do Trabalho
Evolução Histórica  do TrabalhoEvolução Histórica  do Trabalho
Evolução Histórica do Trabalho
Luisa Lamas
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
Paula Tomaz
 

Mais procurados (20)

Introduçao a sociologia
Introduçao a sociologiaIntroduçao a sociologia
Introduçao a sociologia
 
Karl marx e o materialismo histórico e dialético
Karl marx e o materialismo histórico e dialéticoKarl marx e o materialismo histórico e dialético
Karl marx e o materialismo histórico e dialético
 
Trabalho e Sociedade
Trabalho e SociedadeTrabalho e Sociedade
Trabalho e Sociedade
 
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
 
Capítulo 7 - O Mundo do Trabalho
Capítulo 7 - O Mundo do TrabalhoCapítulo 7 - O Mundo do Trabalho
Capítulo 7 - O Mundo do Trabalho
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
 
01 historia do trabalho
01 historia do trabalho01 historia do trabalho
01 historia do trabalho
 
Industria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de MassaIndustria Cultural e Cultura de Massa
Industria Cultural e Cultura de Massa
 
Aula 01 sociologia do trabalho
Aula 01 sociologia do trabalhoAula 01 sociologia do trabalho
Aula 01 sociologia do trabalho
 
Estereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminaçãoEstereótipos, preconceitos e discriminação
Estereótipos, preconceitos e discriminação
 
história da sociologia
   história da sociologia   história da sociologia
história da sociologia
 
O Trabalho ao longo da História
O Trabalho ao longo da HistóriaO Trabalho ao longo da História
O Trabalho ao longo da História
 
Fatos sociais
Fatos sociaisFatos sociais
Fatos sociais
 
Clássicos da sociologia
Clássicos da sociologiaClássicos da sociologia
Clássicos da sociologia
 
Indústria Cultural
Indústria CulturalIndústria Cultural
Indústria Cultural
 
Socialização.
Socialização.Socialização.
Socialização.
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
 
O mundo do trabalho
O mundo do trabalhoO mundo do trabalho
O mundo do trabalho
 
Evolução Histórica do Trabalho
Evolução Histórica  do TrabalhoEvolução Histórica  do Trabalho
Evolução Histórica do Trabalho
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
 

Semelhante a O significado e o valor do trabalho

Capitalismo e sociedade (8º ano CPII)
Capitalismo e sociedade (8º ano CPII)Capitalismo e sociedade (8º ano CPII)
Capitalismo e sociedade (8º ano CPII)
roberto mosca junior
 
Karl Marx: A Teoria Crítica
Karl Marx: A Teoria CríticaKarl Marx: A Teoria Crítica
Karl Marx: A Teoria Crítica
tiaozinhobacada
 
Aula - trabalho (conceito e texto apostila).ppt
Aula - trabalho (conceito e texto apostila).pptAula - trabalho (conceito e texto apostila).ppt
Aula - trabalho (conceito e texto apostila).ppt
MarceloCardosodaCost
 
O exílio em Londres, a Economia Política e O Capital
O exílio em Londres, a Economia Política e O CapitalO exílio em Londres, a Economia Política e O Capital
O exílio em Londres, a Economia Política e O Capital
Lílian Reis
 
Curso marxismo-aula-o-trabalho-profc2aa-lucieneida-praun
Curso marxismo-aula-o-trabalho-profc2aa-lucieneida-praunCurso marxismo-aula-o-trabalho-profc2aa-lucieneida-praun
Curso marxismo-aula-o-trabalho-profc2aa-lucieneida-praun
Hernane Guedes Jaques
 
O capital
O capitalO capital
O capital
lane
 
Karl marx atualizado
Karl marx atualizadoKarl marx atualizado
Karl marx atualizado
roberto mosca junior
 
Karl marx atualizado
Karl marx atualizadoKarl marx atualizado
Karl marx atualizado
roberto mosca junior
 
4º Bloco Conceitos BáSicos Do Marxismo Marcos Costa
4º Bloco   Conceitos BáSicos Do Marxismo   Marcos Costa4º Bloco   Conceitos BáSicos Do Marxismo   Marcos Costa
4º Bloco Conceitos BáSicos Do Marxismo Marcos Costa
Wladimir Crippa
 
4º Bloco Conceitos BáSicos Do Marxismo Marcos Costa
4º Bloco   Conceitos BáSicos Do Marxismo   Marcos Costa4º Bloco   Conceitos BáSicos Do Marxismo   Marcos Costa
4º Bloco Conceitos BáSicos Do Marxismo Marcos Costa
Wladimir Crippa
 
3 Karl Marx.pptx
3 Karl Marx.pptx3 Karl Marx.pptx
3 Karl Marx.pptx
osmarioTV
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
gray 87
 
Capitalismo e trabalho 2020
Capitalismo e trabalho   2020Capitalismo e trabalho   2020
Capitalismo e trabalho 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
O trabalho em marx
O trabalho em marxO trabalho em marx
O trabalho em marx
andrecarlosocosta
 
O trabalho em marx
O trabalho em marxO trabalho em marx
O trabalho em marx
andrecarlosocosta
 
Aula de sociologia 2 ano i bimestre 2020 revisado
Aula de sociologia 2 ano   i bimestre 2020 revisadoAula de sociologia 2 ano   i bimestre 2020 revisado
Aula de sociologia 2 ano i bimestre 2020 revisado
Paulo Alexandre
 
trabalho_e_mercadoria.pptx
trabalho_e_mercadoria.pptxtrabalho_e_mercadoria.pptx
trabalho_e_mercadoria.pptx
WellingtonFelipeDeCa1
 
20- HISTÓRIA DO TRABALHO.pptx
20- HISTÓRIA DO TRABALHO.pptx20- HISTÓRIA DO TRABALHO.pptx
20- HISTÓRIA DO TRABALHO.pptx
Junior Oliveira
 
Karlmarx
KarlmarxKarlmarx
Karlmarx
rosilane32
 
Sociologia de Marx para Ensino Médio
Sociologia de Marx para Ensino MédioSociologia de Marx para Ensino Médio
Sociologia de Marx para Ensino Médio
Matheus Rodrigues
 

Semelhante a O significado e o valor do trabalho (20)

Capitalismo e sociedade (8º ano CPII)
Capitalismo e sociedade (8º ano CPII)Capitalismo e sociedade (8º ano CPII)
Capitalismo e sociedade (8º ano CPII)
 
Karl Marx: A Teoria Crítica
Karl Marx: A Teoria CríticaKarl Marx: A Teoria Crítica
Karl Marx: A Teoria Crítica
 
Aula - trabalho (conceito e texto apostila).ppt
Aula - trabalho (conceito e texto apostila).pptAula - trabalho (conceito e texto apostila).ppt
Aula - trabalho (conceito e texto apostila).ppt
 
O exílio em Londres, a Economia Política e O Capital
O exílio em Londres, a Economia Política e O CapitalO exílio em Londres, a Economia Política e O Capital
O exílio em Londres, a Economia Política e O Capital
 
Curso marxismo-aula-o-trabalho-profc2aa-lucieneida-praun
Curso marxismo-aula-o-trabalho-profc2aa-lucieneida-praunCurso marxismo-aula-o-trabalho-profc2aa-lucieneida-praun
Curso marxismo-aula-o-trabalho-profc2aa-lucieneida-praun
 
O capital
O capitalO capital
O capital
 
Karl marx atualizado
Karl marx atualizadoKarl marx atualizado
Karl marx atualizado
 
Karl marx atualizado
Karl marx atualizadoKarl marx atualizado
Karl marx atualizado
 
4º Bloco Conceitos BáSicos Do Marxismo Marcos Costa
4º Bloco   Conceitos BáSicos Do Marxismo   Marcos Costa4º Bloco   Conceitos BáSicos Do Marxismo   Marcos Costa
4º Bloco Conceitos BáSicos Do Marxismo Marcos Costa
 
4º Bloco Conceitos BáSicos Do Marxismo Marcos Costa
4º Bloco   Conceitos BáSicos Do Marxismo   Marcos Costa4º Bloco   Conceitos BáSicos Do Marxismo   Marcos Costa
4º Bloco Conceitos BáSicos Do Marxismo Marcos Costa
 
3 Karl Marx.pptx
3 Karl Marx.pptx3 Karl Marx.pptx
3 Karl Marx.pptx
 
Karl marx
Karl marxKarl marx
Karl marx
 
Capitalismo e trabalho 2020
Capitalismo e trabalho   2020Capitalismo e trabalho   2020
Capitalismo e trabalho 2020
 
O trabalho em marx
O trabalho em marxO trabalho em marx
O trabalho em marx
 
O trabalho em marx
O trabalho em marxO trabalho em marx
O trabalho em marx
 
Aula de sociologia 2 ano i bimestre 2020 revisado
Aula de sociologia 2 ano   i bimestre 2020 revisadoAula de sociologia 2 ano   i bimestre 2020 revisado
Aula de sociologia 2 ano i bimestre 2020 revisado
 
trabalho_e_mercadoria.pptx
trabalho_e_mercadoria.pptxtrabalho_e_mercadoria.pptx
trabalho_e_mercadoria.pptx
 
20- HISTÓRIA DO TRABALHO.pptx
20- HISTÓRIA DO TRABALHO.pptx20- HISTÓRIA DO TRABALHO.pptx
20- HISTÓRIA DO TRABALHO.pptx
 
Karlmarx
KarlmarxKarlmarx
Karlmarx
 
Sociologia de Marx para Ensino Médio
Sociologia de Marx para Ensino MédioSociologia de Marx para Ensino Médio
Sociologia de Marx para Ensino Médio
 

Mais de Edenilson Morais

Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do MaranhãoSimulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
Edenilson Morais
 
Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem
Edenilson Morais
 
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
Edenilson Morais
 
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade culturalHistória do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
Edenilson Morais
 
História de mato grosso período colonial
História de mato grosso   período colonialHistória de mato grosso   período colonial
História de mato grosso período colonial
Edenilson Morais
 
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Edenilson Morais
 
Sociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel FoucaltSociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel Foucalt
Edenilson Morais
 
A nova historia cultural
A nova historia culturalA nova historia cultural
A nova historia cultural
Edenilson Morais
 
Guerraspunicas
GuerraspunicasGuerraspunicas
Guerraspunicas
Edenilson Morais
 
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Edenilson Morais
 
As origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtAs origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendt
Edenilson Morais
 
Durkheim suicidio
Durkheim suicidioDurkheim suicidio
Durkheim suicidio
Edenilson Morais
 
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernosA crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
Edenilson Morais
 
Sociologia globalização
Sociologia globalizaçãoSociologia globalização
Sociologia globalização
Edenilson Morais
 
A visão da afro
A visão da afroA visão da afro
A visão da afro
Edenilson Morais
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Edenilson Morais
 
Cartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerraCartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerra
Edenilson Morais
 
Sociologia resumo
Sociologia resumoSociologia resumo
Sociologia resumo
Edenilson Morais
 
Artigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidadeArtigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidade
Edenilson Morais
 
Weber e o capitalismo
Weber e o capitalismoWeber e o capitalismo
Weber e o capitalismo
Edenilson Morais
 

Mais de Edenilson Morais (20)

Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do MaranhãoSimulado História do Brasil e do História do Maranhão
Simulado História do Brasil e do História do Maranhão
 
Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem Soluções para otimização de resultados no enem
Soluções para otimização de resultados no enem
 
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
HISTÓRIA DE MATO GROSSO PERÍODO IMPERIAL (DETRAN-MT 2015)
 
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade culturalHistória do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
História do brasil enem cultura, patrimônio e diversidade cultural
 
História de mato grosso período colonial
História de mato grosso   período colonialHistória de mato grosso   período colonial
História de mato grosso período colonial
 
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
Período colonial de Mato Grosso (Atividades)
 
Sociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel FoucaltSociologia - Michel Foucalt
Sociologia - Michel Foucalt
 
A nova historia cultural
A nova historia culturalA nova historia cultural
A nova historia cultural
 
Guerraspunicas
GuerraspunicasGuerraspunicas
Guerraspunicas
 
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014Aulão de história regional - UNEMAT 2014
Aulão de história regional - UNEMAT 2014
 
As origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtAs origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendt
 
Durkheim suicidio
Durkheim suicidioDurkheim suicidio
Durkheim suicidio
 
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernosA crise feudal e a ascensão dos estados modernos
A crise feudal e a ascensão dos estados modernos
 
Sociologia globalização
Sociologia globalizaçãoSociologia globalização
Sociologia globalização
 
A visão da afro
A visão da afroA visão da afro
A visão da afro
 
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociaisSociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
Sociologia aula16 os novos_movimentos_sociais
 
Cartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerraCartazes da 1ª guerra
Cartazes da 1ª guerra
 
Sociologia resumo
Sociologia resumoSociologia resumo
Sociologia resumo
 
Artigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidadeArtigos de história da sexualidade
Artigos de história da sexualidade
 
Weber e o capitalismo
Weber e o capitalismoWeber e o capitalismo
Weber e o capitalismo
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 

O significado e o valor do trabalho

  • 1. O SIGNIFICADO DO TRABALHO • Todo trabalho é uma atividade, mental ou física, que produz bens ou serviços. Podemos, assim, afirmar que o trabalho é uma atividade produtiva.
  • 2. O SIGNIFICADO DO TRABALHO • Os bens, para serem criados, necessitam dos meios de produção, conjunto formado pelos meios de trabalho e pelo objeto de trabalho, que incluem as ferramentas, as instalações, os combustíveis, os meios de transporte e outros recursos tirados da natureza (matéria- prima).
  • 3. O SIGNIFICADO DO TRABALHO • O conceito de trabalho e o valor que se dá a ele dependem da época, do local e de quem o controla.
  • 4. O SIGNIFICADO DO TRABALHO Veja algumas definições: • Trabalho é a aplicação da força física ou intelectual, feita pelos seres humanos, que transforma a natureza para satisfazer as necessidades dos homens. Ou ainda: • Trabalho é a ação material ou intelectual transformadora do homem, realizada na natureza e na sociedade em que ele vive.
  • 5. O SIGNIFICADO DO TRABALHO • Segundo Karl Marx, um dos grande teóricos do trabalho, esse pode ser entendido como: “ ... a força de trabalho posta em ação (criando valor) na elaboração de determinada mercadoria.”
  • 6. O SIGNIFICADO DO TRABALHO • Ou seja, todo trabalho tem um valor em si, pois produz alguma mercadoria.
  • 7. O SIGNIFICADO DO TRABALHO • Para Adam Smith, o valor da mercadoria depende do trabalho utilizado para produzi-la, ou seja, quanto maior o tempo e a técnica (conhecimento necessário) gastos para realizar um trabalho, maior deve ser o preço cobrado pela mercadoria produzida.
  • 8. O SIGNIFICADO DO TRABALHO • Resumindo: TRABALHO é um dos requisitos para determinar o... VALOR DA MERCADORIA
  • 9. O VALOR DO TRABALHO • Marx e Smith concordam que todo trabalho tem um valor. Entretanto, discordam sobre o valor a ser pago pelo trabalho.
  • 10. O VALOR DO TRABALHO • Para Marx, existe uma relação entre o acúmulo de riqueza do capitalista e o empobrecimento do trabalhador. • Para ele, o valor não pago ao trabalhador é denominado mais- valia. • É da mais-valia que o capitalista tira boa parte do seu lucro. Isso revela um pouco da exploração que o trabalhador sofre.
  • 11. O VALOR DO TRABALHO • Resumindo é a parte do MAIS-VALIA trabalho não paga ao... TRABALHADOR
  • 12. TRABALHO E ALIENAÇÃO TEMPOS MODERNOS - CHAPLIN
  • 13. O VALOR DO TRABALHO • Segundo Marx, o trabalhador é alienado de seu trabalho. Isso ocorre porque ele vende seu serviço, não é dono de seu tempo. Enquanto trabalha, não é dono nem do produto criada. O dono é o capitalista, que também é proprietário dos meios de produção.
  • 14. O VALOR DO TRABALHO • Para os marxistas a única forma de acabar com esse sistema de exploração é: o trabalhador consciente do valor de seu trabalho, acabar com a propriedade privada, criando assim uma sociedade igualitária na qual não estaria mais alienado de seu trabalho, pois seria dono de seu tempo e dos meios de produção, que pertenceriam a todos igualmente e não somente a uma minoria de pessoas, às empresas ou ao Estado.
  • 15. O VALOR DO TRABALHO • Adam Smith preocupava-se com a capacidade produtiva do trabalhador. Acreditava que a especialização e a divisão do trabalho aumentavam a produtividade e beneficiavam todos, tanto assalariados como capitalistas.
  • 16. O VALOR DO TRABALHO • Dessa forma, caberia ao capitalista, concentrador da renda, aumentar a produtividade e a oferta de trabalho para o desenvolvimento da sociedade. • O papel dos capitalistas, enquanto empreendedores seria fundamental para a oferta de bens e serviços que atendessem às necessidades dos indivíduos.
  • 17. O VALOR DO TRABALHO • Se marxistas e capitalistas parecem defender o bem-estar geral, onde está a diferença?
  • 18. O VALOR DO TRABALHO • Está na forma como eles pensam a organização da sociedade; duas IDEOLOGIAS diferentes que tiveram grande influência no mundo.
  • 19. O VALOR DO TRABALHO • Marx defendeu uma sociedade comunista. • Nesse tipo de sociedade, a proposta é a abolição da propriedade privada, dos meios de produção, a distribuição igualitária dos bens produzidos pela sociedade e a organização da riqueza social pela própria comunidade de produtores de bens.
  • 20. O VALOR DO TRABALHO • De outro lado, Adam Smith defendeu uma sociedade capitalista. • Nela a propriedade privada é essencial, e é o capitalista quem garante a produtividade e a sobrevivência de todos. • Nessa sociedade, a desigualdade social faz parte da natureza humana e cabe aos mais aptos (capitalistas) controlar a propriedade e o esforço coletivo em benefício do aumento da produtividade.