PLANO DE MKT DA EMPRESA - AGÊNCIA SHAMMALUZ

141 visualizações

Publicada em

Este trabalho tem como objetivo o desenvolvimento um plano de marketing para o lustre Chuva d Prata, da empresa Mwa Indústria e Comercio de Lustres, que tem como nome fantasia Shammaluz.
Para melhor entendimento deste projeto, o estudo foi divido em quatorze capítulos. No primeiro é destinado ao histórico da Shammaluz,onde contém todas as informações referente a empresa, desde de sua criação aos seus planos futuros.
Já no segundo temos o conhecimento da missão, visão e valores da empresa em questão, em seguida no terceiro descrevemos o consumidor e o perfil dos quais adquirir os produtos da Shammaluz.
Abordaremos o mercado de iluminação, o tamanho das principais marcas neste mercado e os concorrentes diretos e indiretos da Shammaluz no quarto capítulos, logo , no quinto capitulo, será descrito as características do produto Chuva de Prata.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
141
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PLANO DE MKT DA EMPRESA - AGÊNCIA SHAMMALUZ

  1. 1. Projeto Multidisciplinar Plano de Marketing : Shammaluz Curso:Publicidade e Propaganda Nomes:Adilma Bruno Luís Karina Alves Terceiro Semestre São Paulo, 2014
  2. 2. SUMÁRIO Introdução..................................................................................................................................... 4 1. Histórico .................................................................................................................................... 5 2. Planejamento Estratégico. ........................................................................................................ 8 2.1 Missão ................................................................................................................................. 8 2.2 Visão.................................................................................................................................... 8 2.3 Valores................................................................................................................................. 8 3 . Marketing Estratégico .............................................................................................................. 9 3.1 Consumidor......................................................................................................................... 9 3.2 Perfil do Consumidor........................................................................................................... 9 4. MERCADO................................................................................................................................ 11 4.1 - HISTÓRICO....................................................................................................................... 11 4.2 Tamanho Do Mercado....................................................................................................... 12 4.3- Tamanho De Mercado Por Região ................................................................................... 12 4.4 PARTICIPAÇÃO DE MERCADO DAS PRINCIPAIS MARCAS............................................ 13 4.4.1 Concorrentes Diretos .......................................................................................... 13 4.5.1 – Concorrentes Indireto ............................................................................................. 14 5. Características do P do Produto.............................................................................................. 15 5.1 Por Características Específicas. ......................................................................................... 15 5.2 – Embalagens .................................................................................................................... 16 5.3 Serviços. ............................................................................................................................ 16 6 - Característica de P de Ponto.................................................................................................. 18 6.1 – Procedimentos de Venda. .............................................................................................. 18 7 – Aspectos Legais. .................................................................................................................... 19 7.1 – Imposto .......................................................................................................................... 19 8 – Marketing Tático ................................................................................................................... 20 8.1 – Produto........................................................................................................................... 20 8.2 Ciclo de Vida e Estratégia de Marketing. .......................................................................... 20 8.2.1 – Introdução Regional ................................................................................................ 20 8.2.2 – Introdução Nacional................................................................................................ 20 8.2.3 – Fase Atual:............................................................................................................... 21 8.3 – Marca.............................................................................................................................. 21
  3. 3. 8.4 – Design............................................................................................................................. 21 8.5 – Embalagem..................................................................................................................... 22 8.6 – Qualidade. ...................................................................................................................... 22 9.Ponto........................................................................................................................................ 23 9.1 – Canais de Distribuição.................................................................................................... 23 10. Promoção .............................................................................................................................. 24 10.1 – Propaganda .................................................................................................................. 24 10.1.1 – Publico – Alvo........................................................................................................ 24 10.1.2 -Tática de Comunicação........................................................................................... 24 11 – Investimento. ...................................................................................................................... 25 12. História da Agência................................................................................................................ 26 13 . Planejamento Estratégico .................................................................................................... 27 13.1 Missão ............................................................................................................................. 27 12.2 Visão................................................................................................................................ 27 12.3 Valores............................................................................................................................. 27 14. Concorrentes......................................................................................................................... 28 14.1 Concorrentes Diretos Principais...................................................................................... 28 14.2 Concorrentes Diretos Secundários.................................................................................. 28 14.3 CONCORRENTES INDIRETOS............................................................................................ 29 Referências.................................................................................................................................. 30 Anexos......................................................................................................................................... 31 Anexo II........................................................................................................................................ 32 Anexo III....................................................................................................................................... 33
  4. 4. INTRODUÇÃO. Este trabalho tem como objetivo o desenvolvimento um plano de marketing para o lustre Chuva d Prata, da empresa Mwa Indústria e Comercio de Lustres, que tem como nome fantasia Shammaluz. Para melhor entendimento deste projeto, o estudo foi divido em quatorze capítulos. No primeiro é destinado ao histórico da Shammaluz,onde contém todas as informações referente a empresa, desde de sua criação aos seus planos futuros. Já no segundo temos o conhecimento da missão, visão e valores da empresa em questão, em seguida no terceiro descrevemos o consumidor e o perfil dos quais adquirir os produtos da Shammaluz. Abordaremos o mercado de iluminação, o tamanho das principais marcas neste mercado e os concorrentes diretos e indiretos da Shammaluz no quarto capítulos, logo , no quinto capitulo, será descrito as características do produto Chuva de Prata. No sexto capitulo, falaremos do procedimento de venda da empresa Shammaluz, já no sétimo capitulo apresentaremos os aspectos legais, tais como os impostos que os clientes tem que recolher. Já no oitavo capitulo mostraremos o marketing estratégico destinado ao lustre Chuva de Prata,Os canais de distribuição é citado no nono capitulo, a tática de comunicação está no décimo e investimento estará no decimo primeiro capitulo. No decimo segundo capitulo é contada a historia da Agencia Diversifiquê, no décimo terceiro capitulo é focado na missão, visão e valores da agência e no decimo quarto citamos nossos concorrentes.
  5. 5. 5 1. HISTÓRICO A Shammaluz tornou-se uma nova opção em iluminação residencial a partir de 2005, com a criação da extinta Reluz Lustres, na capital paulista, que ficou conhecida como “Reluz Lustres de São Paulo” devido á similaridade do nome com outra empresa de luminárias com sede na cidade de Bauru (SP).O nome fantasia Shammaluz vem do idioma hebraico, “shamma” se lê “chama” é derivado da palavra” shammaah” que significa ” está presente” , a tradução de Shammaluz do hebraico para português, equivale a “a luz está presente”. Além do nome conflitante, era preciso dar o próximo passo, e em 2009, em virtude domais de R$ 1.400.000,00 (um milhão e quatrocentos mil reais) por ano. Nada melhor para marcar a data do que uma radical mudança de nome. E assim nasceu a marca Shammaluz com a proposta de oferecer bons produtos a preços populares. Com uma administração familiar disposta a resolver a baixa aceitação dos seus produtos na região Sudeste do País, a Shammaluz abriu caminho e cativou uma carteira importante de clientes nas regiões Norte e Nordeste. Aos poucos foi se capitalizando e ampliando sua distribuição. Atualmente atende mais de 1.000 pontos de venda varejistas, dos setores da construção, iluminação e decoração, espalhados por 22 Estados brasileiros. De capital 100% nacional, toda a tecnologia utilizada na fabricação das luminárias foi desenvolvida na própria empresa, desde o projeto das máquinas, passando pelos processos de trabalho até a qualificação da mão de obra, entretanto seria injusto não dizer que a Shammaluz herdou boa parte do seu know-how da primeira geração da família Aquino. Foi o Aquino pai, na sua fábrica artesanal que descobriu acidentalmente o processo de manufatura do material, que se tornaria um dos principais produtos da empresa: o Acrílico Aglomerado. Com ele é feito os componentes dos clássicos populares lustres de folhas e gotão e os modernos pendentes Jarro, Bola e OVINI. A Shammaluz também foi a pioneira na adaptação de componentes para acrílico, antes só fabricados em vidro. É a única que produz a versão retro do lustre de pingos, que foi muito popular na década de 1970. Com a ampliação da linha de produtos e o início da participação da Shammaluz , em 2010,na Feira Internacional da Industria de Iluminação, que acontece em São Paulo, a Expolux, o catálogo pulou de 50 para aproximadamente 120 modelos de luminárias decorativas com um mix de materiais bem atualizado .
  6. 6. 6 Recentemente, sob uma consultoria de gestão de RH, a Shammaluz definiu a Visão da empresa:”O que nos inspira a seguir crescendo é a possibilidade de colaborar para o desenvolvimento do país através de atitudes empreendedoras que, ao mesmo tempo,gerem empregos e lucros, também valorizam a mão de obra interna e modernizam os meios de produção nacional”. É uma projeção difícil de ser consolidado, principalmente para pequenas indústrias, mas, é preciso não perder os objetivos de vista, diz o diretor financeiro Marcos. É com essa consciência que a Shammaluz apoia iniciativas que geram melhorias na vida das pessoas que por consequência, melhoram sua família, comunidade, cidade eo próprio pais. A Shammaluz contribui através do programa Empresa do Bem, para a propagação dos valores morais da SEMADI (Secretária de Missões Assembleia de Deus Ipiranga) que tem como missãoevangelizar as pessoas através de seus missionários, que transforma a exclusão social em caridade e a pobreza em esperança. Atuante em mais de 10 países, entre eles Bolívia na América do Sul, Alemanha na Europa e Moçambique na África, desenvolve um trabalho de educação e assistência calcado no compromisso com a igualdade entre as pessoas, na obediência a uma doutrina construtiva e na transparência na administração dos recursos. Em 2009 a Shammaluz™ investiu em uma nova identidade visual e em marketing de relacionamento. Em 2010 fez sua participação inaugural na Expolux, maior feira internacional da indústria da iluminação do Hemisfério Sul, é a principal mostra do mercado para os profissionais do ramo da iluminação, onde a Shammaluz garantiu a adesão de representações comerciais para todo o território brasileiro. Nos anos seguintes adquiriu novas máquinas, ampliou sua capacidade produtiva com a mudança de sede, investiu em comunicação e design, teve seus produtos decorando o auditório de programas de TV, inovou oferecendo ao mercado oportunidades de bons negócios como as ações de vendas Antecipe o seu Pedido! – dirigida aos compradores lojistas – e o programa de incentivo Bônus Extra – destinado aos representantes regionais e novamente marcou presença na Expolux em 2012 com mais de 15 lançamento. Neste ano de 2014, a empresa participou de mais uma edição da Expolux , e teve como atrativo 14 lançamentos e optou por dois estandes como estratégia de uma maior
  7. 7. 7 visualização. Para que houvesse um incentivo maior nas compras, a Shammaluz optou por uma promoção, na compra de R$ 10.000 ( dez mil reais) em produtos , o cliente ganharia um tablet. Ao término da feira o diretor da empresa Marcos, informou que a feira teve um retorno favorável, bem mais que o esperado e que agora era planejar e trabalhar para que os clientes sejam atendidos o mais rápido possível e da melhor forma.
  8. 8. 8 2. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. 2.1 MISSÃO Vendemos soluções em iluminação. Criamos e produzimos produtos que atende a um público que cresce e fica mais exigente a cada dia. Nossa excelência está no atendimento, no cumprimento dos prazos e no cuidado com a satisfação dos clientes. 2.2 VISÃO. Queremos colaborar para o desenvolvimento do País através de atitudes empreendedoras, que ao mesmo tempo, gerem empregos e lucros. Também faz parte da nossa visão, valorizar a mão de obra interna e modernizam os meios de produção nacional. Queremos ser uma empresa modelo no ramo da iluminação, mantendo metas audaciosas de crescimento sustentável e de responsabilidade social. 2.3 VALORES. Trabalhamos com ética, transparência nos negócios, comprometimento com bons resultados e pontualidade, não somente nas entregas, mas também no nível da qualidade de produtos e serviços oferecidos.
  9. 9. 9 3 . MARKETING ESTRATÉGICO 3.1 CONSUMIDOR Segundo fontes do Instituto Brasileiro Geografia e Estatística (IBGE)94 milhões de brasileiros compõem a classe média correspondendo assim a 50,5% da população, a classe C tem como característica não desejar um o estilo de vida das elites, preferem produtos que valorizam a sua origem, conforme pesquisa no ano de 2012. Hoje, fabricar e vender para a classe C faz parte de uma estratégia para o posicionamento da marca Shammaluz, até porque nos últimos anos, o País passou por mudanças socioeconômicas importantes que transformou a classe C na atual força matriz da economia de consumo. Porém, o alinhamento da qualidade dos produtos Shammaluz com os pontos de venda com atendimento preferencial às consumidoras emergentes, já havia acontecido naturalmente na trajetória da empresa. 3.2 PERFIL DO CONSUMIDOR. A Shammaluz fornece seus produtos apenas para empresas jurídicas, não tendo muito contato com seu consumidor final, porém já havia sido realizada uma pesquisa de público- alvo quando a empresa decidiu mudar o nome para Shammaluz. Na ocasião foi constatado contatou-se produtos eram adquiridos pelo publico da classe C, e por pessoas do sexo feminino. A pesquisa foi realizada em2009, com os representantes da empresa e alguns clientes.Afim de analisar o mercado em que a empresa se encontra atualmente, foi realizada uma nova pesquisa pela Agencia Diversifiquê por meio de contato telefônico e conversas realizadas por Skype com representantes e clientes, está pesquisa aconteceu durante os dias 10 e 11 do mês de abril. No Estado do Rio Grande do Sul mais precisamente na cidade São Pedro do Sul, constatamos que os produtos são adquiridos pelo público feminino da classe média: mulheres com idade de 35 a 55 anos, as quais têm preferência pelo produto em virtude de sua praticidade de limpeza e, principalmente por seu preço.
  10. 10. 10 Na cidade de Ampére, no Paraná o público é semelhante ao Rio Grande do Sul, mulheres que ocupam a classe média, porém, lá existe uma variação de idade na aquisição dos lustres. No Paraná, as clientes têm faixa etária de 25 a 40, anos e optam pelo produto por ele ter um preço acessível. No Espírito Santo, na cidade de Cachoeiro de Itapemirim, são clientes que compram o necessário para adequação da casa, como nos dois Estados citados anteriormente, mulheres que pertencem as classes sociais B e C. Normalmente são clientes com a faixa etária de aproximadamente 28 anos, as quais adquirem o produto em virtude do preço e por desejarem buscar modelos variados para cada ambiente de sua residência.
  11. 11. 11 4. MERCADO Segundo Kotler é um conjunto de compradores reais e potenciais de um produto. Esses compradores compartilham de um desejo ou uma necessidade específicos e podem ser satisfeitos por meios de trocas e relacionamento. O mercado de iluminação no Brasil é muito competitivo, formado, sobretudo por médias empresas, é acompanhado da construção civil e cresce em média 8% ao ano. Segundo o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Iluminação, Carlos Uchoa Fagundes, alguns fatores contribuem para essa expansão. Spots modernos, luminárias de diversos tamanhos, arandelas com diferentes materiais, lustres com cristais, entre uma imensa variedade de produtos do ramo. Com os resultados positivos da construção civil no país, o setor de iluminação cresce dia-a- dia. O mercado é bom para quem fabrica e também para quem comercializa lâmpadas, lustres e luminárias. 4.1 - HISTÓRICO Crescimento do mercado, aumento da oferta e nova regulamentação técnica marcam o segmento de iluminação brasileiro. Este já pode ser considerado o segundo grande marco do setor, após o apagão de 2001 que teve o efeito de mudar o padrão de consumo de iluminação no Brasil. A aposta de fabricantes nacionais do setor de iluminação em novas tecnologias, capazes de reduzir o consumo de energia e valorizar a estética dos ambientes, está criando um diferencial para empresas brasileiras de médio porte, diante da forte concorrência com produtos asiáticos. A tendência de consumo aponta favoravelmente para as fontes eficientes, com baixo índice de metais pesados, de longa duração e de IRC (Índice de Reprodução de Cor) elevado. Neste aspecto, o LED destaca-se como o grande candidato de consumo preferencial e já representa a melhor alternativa em termos de Lumens por Watt disponível no mercado.
  12. 12. 12 O próprio aumento da demanda por LED tem levado as empresas de iluminação a investir fortemente nesta tecnologia. 4.2 TAMANHO DO MERCADO O mercado de iluminação está passando por um período de transformações tecnológicas.Com um faturamento de R$ 4 bilhões, o mercado de iluminação fechou 2013 com um crescimento de aproximadamente 4% nas vendas quando comparado a 2012 (R$ 3,8 bilhões). Para este ano estima-se que o mercado de iluminação em geral projete uma expansão na casa dos 4%. O avanço pode ser impulsionado pela Expolux. A feira - que acontece de dois em dois anos, que começou no dia 22 de abril - tradicionalmente acelera os negócios do setor. Além disso, a chegada da Copa do Mundo também pode render bons frutos. Os dados são da Associação Brasileira da Indústria de Iluminação (Abilux), que atribuiu o desempenho positivo à oferta de produtos mais eficientes (fontes de luz e luminárias) e à evolução do mercado com a chegada de novas tecnologias. 4.3- TAMANHO DE MERCADO POR REGIÃO Segundo pesquisa realizada em 2012 através da Associação Brasileira da Indústria de Iluminação (Abilux), podemos notar como funciona a demanda de vendas por região.
  13. 13. 13 O gráfico acima mostra o crescimento nas vendas no setor de iluminação no Brasil, onde se concede grande diferença de resultados de um mês para o outro. 4.4 PARTICIPAÇÃO DE MERCADO DAS PRINCIPAIS MARCAS O mercado ultimamente nos dá a oportunidade de escolhas, pois existem diversas empresas atuando no mesmo seguimento, em que marcas, modelos, qualidade e preços são analisados pela atual classe média, que a cada dia se torna mais exigentes em suas escolhas. As empresas diariamente tentam atrair esse cliente para consumir ou adquirir seus produtos. A partir, do momento que conseguem essa aproximação, a luta passa a ser a fidelização desde para com a empresa. Os concorrentes preparam e qualificam cada vez mais seus funcionários, para que atinjam a perfeição em sua área de atuação. No segmento de iluminação não é diferente, 58% das indústrias estão localizadas na Grande São Paulo, o que demonstra o quanto é grande esse mercado, e como ele está concentrado. Dentrodesses 58%, se encontra a empresa Shammaluz, que vem trabalhando em meio á e concorrência , com o propósito de oferecer aos seus clientes produtos de qualidades e com preço acessível. 4.4.1 Concorrentes Diretos 4.4.1.1 G-LIGHT Atualmente a G-Light é atua em três regiões do país, Feira de Santana – BA onde se localiza a matriz G-Light , Blumenau – SC, Carapicuíba- SP. Tem como foco o comercio e fabricação de lâmpadas, luminárias e acessórios que compõem um mix vendedor que trás resultados a curto prazo para o varejo. 4.4.1.2 AVANT A Avant é uma empresa especializada no desenvolvimento de soluções para iluminação, sediada em São Paulo, a Avant tem forte atuação em todo o país, por meio de
  14. 14. 14 cinco Gerências Regionais e cerca de 120 representantes comerciais distribuídos por todos os Estados brasileiros. 4.5.1 – Concorrentes Indireto A empresa Bronzearte é um dos concorrentes indiretos da Shammaluz, ela é uma multinacional brasileira com mais de 50 anos de existênciae está presente em todo o território brasileiro, atuando ainda na Europa. Tem como diferenciais produtos modernos em tecnologia LED e lâmpadas, mercado esse que a Shammaluz não atende. A companhiatem como missão ser reconhecida como uma das melhores empresas de iluminação, com gestão responsável e eficaz dos produtos, colaboradores, recursos financeiros e ambientais. A Reluz Lustres também se encontra como um concorrente indireto, é uma empresa importadora onde tem como concorrente direto a Bronzearte, ambas brigam acirradamente no mercado, já que a importação são seus pontos fortes. Em conversa com o responsável por compras da Reluz, Fernando confirma essa concorrência com a Bronzearte, e afirma que a Shammaluz não é considerada um concorrente direto, pois ela não optou por importar, mas sim em focar em fabricação própria dos seus produtos, os quais, inclusive, são comprados pela própria Reluz tornando –a um cliente fiel da empresa Shammaluz. Nesse mercado nos deparamos também com os concorrentes que não trabalham com a mesma linha de produtos, porém atingem o público alvo da Shammaluz, pois apresentam ao mercado produtos similares que podem facilmente substituir os da empresa em questão , os produtos importados da China é um exemplo claro, pudemos observar o quanto eles são fortes pela grande quantidade de empresas em exposição na Expolux.
  15. 15. 15 5. CARACTERÍSTICAS DO P DO PRODUTO Segundo Urban&Urban produto é objetivo concreto ou abstrato que satisfaz a necessidade e desejos dos consumidores, é um dos compostos de marketing onde nele se agrega tudo referente a formulação física, características, produção, qualidade, marca, design, embalagem entre outros. Existe três características básicas para um produto, a qualidade é um deles e corresponde quão perfeitamente seu produto satisfaz um desejo ou necessidade do cliente, pode ser um diferencial a forma de apresentação do produto essa se torna uma outra característica básica do P de produto. Com isso se constrói uma marca, por consequência também de um relacionamento satisfatório com seu mercado alvo, se a marca for de boa aceitação sua marca pode se torna mais valiosa do que seu próprio produto. 5.1 POR CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS. A Shammaluz investe cada vez mais em adaptações de componentes e acrílico injetado e parte da nacionalização de componentes, com a fabricação própria para evitar a quebra de fornecimento dos produtos aos seus clientes. O lustre Chuva de Prata é de fabricação própria com pingentes em pedra de acrílico cristal e são disponível nas seguintes versões: - Código 40 de 4 andares: 3 lâmpadas, 49 pingentes de pedras de acrílico cristal, 50 centímetros de diâmetro x 55cm de altura, contem componentes cromados que corresponde a armação do lustre e 30 centímetro de fio e corrente. - Código 41 de 3 andares: 1 lâmpadas, 29 pingentes de pedras de acrílico cristal, 37 centímetros de diâmetro x 45cm de altura, contem componentes cromados que corresponde a armação do lustre e 30 centímetro de fio e corrente. - Código 42 de 2 andares: 1 lâmpadas, 16 pingentes de pedras de acrílico cristal, 29 centímetros de diâmetro x 33cm de altura, contem componentes cromados que corresponde a armação do lustre e 30 centímetro de fio e corrente.
  16. 16. 16 - Código 43 de 1 andares: 1 lâmpadas, 9 pingentes de pedras de acrílico cristal, 22 centímetros de diâmetro x 23 cm de altura, contem componentes cromados que corresponde a armação do lustre e 30 centímetro de fio e corrente. Anexado Imagens Ilustrativas disponível na página 31 5.2 – EMBALAGENS No mercado as empresas devem avaliar qual o tipo de embalagem mais adaptada para acondicionar e apresentar o potencial do produto. As embalagens do lustres Chuva de Prata são funcionais, os códigos citados anteriormente vão às seguintes embalagens: - Código 40 : Caixa com as medidas 40x50x50 - Código 41: Caixa com as medidas 32,5x38x37 - Código 42: Caixa com as medidas 18,5x30x30 - Código 43: Caixa com as medidas 20x19x20 5.3 SERVIÇOS. Mesmo não tendo tanto contato com o consumidor final, a Shammaluz possui o serviço de reposição de peças, caso falte alguma ou quando o produto chega danificado de alguma forma. Como intermediário é usado o comprador direto da empresa, sendo as lojas ou os distribuidores. As peças são enviadas por correio quando são de pequeno porte, já quando se trata de peças volumosassão despachadas através de transportadoras, o custo do serviço é por conta da própria Shammaluz. Com alguns distribuidores existe um acordo de manutenção de peças , quando constatado que existe qualquer problema no lustre, o distribuidor envia a peça para analise, normalmente o distribuidor concentra uma grande quantidade de produtos para envio de uma única vez. Neste caso o frete de vinda até a Shammaluz é por conta do cliente o de volta é de responsabilidade da Shammaluz.
  17. 17. 17 Esses serviços são algumas das formas que a empresa encontrou para atender as necessidades do seu comprador e principalmente do cliente final, uma forma para fidelização dos clientes com a empresa.
  18. 18. 18 6 - CARACTERÍSTICA DE P DE PONTO 6.1 – PROCEDIMENTOS DE VENDA. No inicio da Shammaluz, para que o mercado tivesse conhecimento dos seus produtos, a alternativa encontrada foi a de ter vendedores próprios. Esses vendedores atuavam em todas as regiões do Brasil, mas principalmente nos estados da Bahia e Minas Gerais. Conforme conversa com o diretor Marcos, o mesmo afirma que existiam prejuízos devido aos grandes gastos com o vendedor, dentre eles as despesas com hospedagens e os consertos dos carros que quebravam constantemente devido a má conservação das estradas, era um custo alto mais foi importante prospecção de mais clientes e se obtinha a vantagem de receber um feedback mais exato e rápido. Em 2012 houve a primeira participação da empresa na Feira Expolux, com isso possuíram diversas parceiras dando o inicio á um novo ciclo, onde a partir de então, os representantes comerciais começarão a fazer parte dessa nova etapa. A empresa optou por representantes comerciais com o objetivo de crescer no mercado e levar seu produto aonde não era conhecido.Com os representantes foi acordado que, o mesmo iria receber uma porcentagem por cada pedido enviado, para eles foi encaminhado catálogos e algumas amostras de lustres para facilitar na familiarização dos produtos. Até hoje a empresa trabalha com representações comerciais, que considera o mais benéfico para os clientes, pois dessa forma sempre existe alguém próximo para melhor atende-lo , sem contar a redução de custos para empresa.
  19. 19. 19 7 – ASPECTOS LEGAIS. 7.1 – IMPOSTO As operações de vendas interestaduais sujeitas à substituição tributária tem sido obrigatório para alguns estados, este imposto é recolhido normalmente pelas empresas que realizam a venda, porém a responsabilidade de pagamento é do cliente. Segue abaixo os estados que tem recolhimento de imposto e suas porcentagens: -São Paulo–7,73% - Minas Gerais- 14,10% - Rio Grande Sul - 10,95% - Pernambuco15,95% - Goiás- 15,95% - Maranhão - I18,71% - Santa Catarina - 12,33% - Mato Grosso - recolhimento conforme CNAE do cliente, ou seja o cliente que recolhe o imposto. - Rio de Janeiro -14.401%
  20. 20. 20 8 – MARKETING TÁTICO 8.1 – PRODUTO. O produto é o lustres Chuva de Prata, que contém 4 modelos, que são eles: - Código 40 - Código 41 -Código 42 - Código 43 Anexado Imagens Ilustrativas disponível na página 31 8.2 CICLO DE VIDA E ESTRATÉGIA DE MARKETING. 8.2.1 – Introdução Regional - Período de Divulgação: Maio á Julho de 2013. - Praças: Cidades o ABC ( Santo André, São Bernardo do Campo e Diadema) e Litoral Sul da Cidade de São Paulo. - Estratégia de Produto -Desdobramento da Linha : Baixo custo de desenvolvimento e aproveitamento da cadeia de produção, fazendo com que ocorra o barateamento do produto. -Estratégia de Divulgação: Distribuição de amostras ( enxoval) em modelo de consignação. -Aceitação: de 100% para amostragem de 5% da carteira de clientes. 8.2.2 – Introdução Nacional. - Período de Divulgação: Agosto á Setembro de 2013 - Praça : Brasil
  21. 21. 21 - Estratégia de Divulgação: Campanha de e-mail marketing, campanha off-line com distribuição dirigida de flyers, anúncio em revista do setor de iluminação e vendas diretas através de telemarketing ativo. - Aceitação: 100% da carteira de clientes. 8.2.3 – Fase Atual: - Período de Divulgação: De Outubro de 2013 á Abril 2014 - Praça Teste: Brasil - Estratégia de Divulgação : Lançamento na Feira Internacional da Iluminação – Expolux 2014. - Aceitação: De 100% da carteira de clientes. - Estimativa Vendas: Após a introdução nacional é estimado um crescimento de vendas de 142%, levando em consideração a influência do fator recompra. 8.3 – MARCA A marca dada para o lustres Chuva de Prata, se deu a partir da palavra guarda-chuva, é meramente nominativa e não expressam conceito próprio ou influenciam na decisão do consumidor. 8.4 – DESIGN O lustre é de armação modelo ¨aranha¨ de metal cromado, remonta antigos lustres com pingentes de lustres, é um design clássico tradicional no Brasil na década de 1970, atualizado para pingentes de acrílico em vários estilos. O desdobramento atual traz decoração em pedras facetadas de acrílico conforme estabilidade na importação e o consumo de pedrarias em vidro e cristal.
  22. 22. 22 8.5 – EMBALAGEM. A embalagem não expressa um conceito próprio e nem a influencia na decisão de compra do consumidor, é apenas funcional, onde atende a necessidade de transporte e estocagem. 8.6 – QUALIDADE. Produto e baixo custo e com uma qualidade média, qualidade essa pautada pelos custos de fabricação, faixa de preço competitiva, produto destinado ao publico alvo da classe C.
  23. 23. 23 9.PONTO 9.1 – CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO. Representantes Comerciais Representantes Comerciais Representantes Comerciais Transportadora Cliente Cliente FinalCliente FinalCliente Final
  24. 24. 24 10. PROMOÇÃO 10.1 – PROPAGANDA 10.1.1 – Publico – Alvo. Hoje, fabricar e vender para a classe C faz parte de uma estratégia para o posicionamento da marca Shammaluz, desta forma, o nosso público alvo será focado para mulheres que fazem parte dessa classe social, com idade média entre 25 a 55 anos. 10.1.2 -Tática de Comunicação. A base da comunicação tem como inicio aé realização de exposição na Feira Internacional da Iluminação – Expolux 2014. A segunda é a divulgação do produto em mídia imprensa através de revistas do ramo decorativo, que tem como publico revendedores A terceira fase é atingir o publico através da internet com mídias digitais usando redes sociais e mídia impressa através de banner que será distribuída nas revendas, com intuito de indicar ao consumidor que o estabelecimento comercializa os produtos Shammaluz. E a quarta e ultima fase é a de fixação realizada com vídeo, aonde realizaremos a ligação direta com o consumidor final com o site da Shammaluz..
  25. 25. 25 11 – INVESTIMENTO. Tabela de Preço Descrição Formato Qtd Valor Unitário Total Observações Stand ( Feira ) Estande Construído 2 R$ 100.000,00 Lançamento Expolux Revista 1 página 4 R$ 2.500 R$ 10.000,00 Com a arte pronta Internet Redes Sociais R$ 0 R$ 0 Baner 5mx50 5 R$ 300,00 R$ 1.500 Apenas para lojas. Total R$ 111.500,00
  26. 26. 26 12. HISTÓRIA DA AGÊNCIA A nossa historia começou quando um grupo de estudantes percebeu que o mercado publicitário estava estagnado em um perfil criativo, necessitando de inovação e variações de ideias. Criar uma agencia é um sonho de muitos publicitários, o grupo estava confiante na concretização deste sonho até os receios negativos por parte de alguns membros começaram a surgir , mas a perseverança foi o combustível para que os envolvidos chegasse no consenso de que “ nunca saberemos se nunca tentarmos”, então nos juntamos e formamos a Diversifiquê. Diversifiquê foi criada com o propósito de apresentar ao mercado ideias inovadora para atender o mercado que está a cada dia que passa mais exigente e sofisticado. Agregando seus valores ao produto e concretizando sua metas com o propósito de fixar a marca na mente do consumidor.
  27. 27. 27 13 . PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 13.1 MISSÃO Idéias inovadoras e serviços de qualidade que superem suas expectativas. Oferecer soluções criativas e inovadoras criando um laço duradouro com nossos clientes. 12.2 VISÃO Mantermo-nos atualizados a novas mídias e tecnologias, identificar novas tendências e oportunidades para proporcionar a nossos clientes serviços inovadoras e com superior excelência a cada “job”. Garantir a satisfação do cliente sendo a melhor e mais desejada agência de comunicação com soluções criativas. 12.3 VALORES Criatividade Energia Excelência Diversidade Inovação
  28. 28. 28 14. CONCORRENTES 14.1 CONCORRENTES DIRETOS PRINCIPAIS Os concorrentes diretos principais disputam os mesmos clientes de forma direta, negociação. Por negociação, serviço por serviço, embora atuem no mesmo ramo de negócios, não têm o mesmo nível de atuação. Por força de circunstâncias de mercado, muito semelhantes. Semelhantes no porte, na estrutura profissional, nas dificuldades enfrentadas nos clientes abordados e nas técnicas de negociação. - Agência ERA Seguimento de Consultoria Publicitária Trabalho atual: Consultoria a uma empresa de Dermo Cosméticos, maquiagens, perfumes e linhas de tratamento de pele. 14.2 CONCORRENTES DIRETOS SECUNDÁRIOS Os concorrentes diretos secundários estão alguns degraus abaixo (ou acima) nos níveis de qualidade do produto e faixa de preço praticado. - Insight Comunicação Seguimento de Consultoria Publicitária Trabalho atual: Consultoria a uma empresa/microempresa de Confecção e Vendas de Roupas. -Innovare Soluções Publicitárias Segmento de Consultoria Publicitária Trabalho atual: Consultoria a uma empresa/microempresa de confecção e venda de roupas com foco em estampas esportivas e cultura urbana.
  29. 29. 29 14.3 CONCORRENTES INDIRETOS Já os concorrentes indiretos são concorrentes que normalmente não percebemos objetivamente, pois eles são concorrentes no nível institucional. Todas as outras agencias de consultoria publicitária disponível no mercado são consideradas concorrentes indiretos. Porque essas agencias são consideradas como ameaças ? Por que são agencias que estão iniciando no mercado publicitário agora, e assim como a Diversifiquê estão em busca de novas peças para ampliar o leque de serviços. Mesmo trabalhando atualmente com clientes de segmentos distintos ainda são consideradas como concorrentes.
  30. 30. 30 REFERÊNCIAS. - Gestão do composto de marketing / Flávio Torres Urban, André Torres Urdan, pag 41 – São Paulo, Altlas, 2001. - Princípios de marketing/PhiligKotler e Gary Armstrong, pq 4, Person 2007. - www.shammaluz.com.br -http://exame.abril.com.br/economia/noticias/54-dos-brasileiros-formam-a-classe-c-diz-serasa- experian - www.glight.com.br - www.avant.com.br - www.brozeart.com.br - www.reluzlustres.com.br
  31. 31. 31 ANEXOS Anexo 1 – Lustre Chuva de Prata
  32. 32. 32 ANEXO II
  33. 33. 33 ANEXO III

×