IFPI - Instituto Federal do Piauí
Curso: Técnico em Fruticultura
Disciplina: Riscos Laborais na Agricultura
Professor: Lae...
Ergonomia e Trabalho a
Céu Aberto
 Conceito(Ergonomia)
 Objetivo
 Causas
 Tipos de Ergonomia
 Conceito(Trabalho a
céu...
Ergonomia
 É conjunto de disciplinas que estuda a
organização do trabalho no qual existe
interações entre seres humanos e...
Objetivo
 É desenvolver e aplicar técnicas de adaptação
do homem ao seu trabalho e formas eficientes
e seguras de desempe...
Causas
 As lesões por esforço repetitivo (LER) são um
dos problemas físicos mais comuns que pode
causar limitações ou mes...
Tipos de Ergonomia
Ergonomia Cognitiva:
Está relacionada com um conjunto de
processos mentais, entre eles a percepção,
ate...
 Ex:
Carga Mental de Trabalho, Vigilância, Tomada de
Decisão, Desempenho de Habilidades, Erro
Humano, Interação Humano-Co...
Ergonomia Organizacional:
É a parte do pressuposto que todo o
trabalho ocorre no âmbito de organizações.
 Principal objet...
 Ex:
Trabalho em Turnos, Programação de Trabalho,
Satisfação no Trabalho, Teoria Motivacional,
Supervisão, Trabalho em Eq...
Trabalho a Céu Aberto
 Tipifica as medidas preventivas relacionadas
com a prevenção de acidentes nas atividades
desenvolv...
 Serão exigidas medidas especiais que protejam
os trabalhadores contra a insolação excessiva,
o calor, o frio, a umidade ...
 Para os trabalhos realizados em regiões
pantanosas ou alagadiças, serão imperativas as
medidas de profilaxia de endemias...
Objetivo
 Analisar o desempenho do esforço físico que o
trabalhador faz durante sua jornada e
procedimentos possíveis par...
Causas
 No Brasil, a atividade da construção civil é
uma das atividades laborais que mais produz
doenças ocupacionais. Es...
Prevenção
 A forma segura de prevenção é estar bem
protegido por roupa e por chapéu.
Periodicamente, de três em três mese...
Recomendações
 É importante ao engenheiro de segurança do
trabalho contribuir na conscientização de
empregadores e empreg...
 A curto prazo, o engenheiro de segurança do
trabalho pode implantar ações paliativas de
enfrentamento dessa situação, as...
• Uso de chapéu de palha, adaptação de ventil
ação ao capacete;
• Cuidados especiais com vestuário e alimentaç
ão.
• Impla...
Obrigado Pela Atenção!
Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto
Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto
Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto
Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto
Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto
Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto
Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto
Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto
Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto
Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto

2.416 visualizações

Publicada em

Trabalho de Riscos Laborais na Agricultura.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.416
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
112
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nr 17 Ergonomia e Nr 21 Trabalho a Céu Aberto

  1. 1. IFPI - Instituto Federal do Piauí Curso: Técnico em Fruticultura Disciplina: Riscos Laborais na Agricultura Professor: Laerte Amorim Período: Tarde Bloco I 1º Semestre 2015.1 NR 17 Ergonomia e NR 21 Trabalho a Céu Aberto Acadêmicos: Arla Myres Soares Ferreira Domingos Edson Ferreira Keila Fernanda Moreira da Silva Tainara Borges de Araújo
  2. 2. Ergonomia e Trabalho a Céu Aberto  Conceito(Ergonomia)  Objetivo  Causas  Tipos de Ergonomia  Conceito(Trabalho a céu aberto)  Objetivo  Causas  Prevenção  Recomendações
  3. 3. Ergonomia  É conjunto de disciplinas que estuda a organização do trabalho no qual existe interações entre seres humanos e máquinas.  Se aplica à qualidade de adaptação de uma máquina ao seu operador, proporcionando um eficaz manuseio e evitando um esforço extremo do trabalhador na execução do trabalho.
  4. 4. Objetivo  É desenvolver e aplicar técnicas de adaptação do homem ao seu trabalho e formas eficientes e seguras de desempenhar visando a otimização do bem-estar e, consequentemente, aumento da produtividade.
  5. 5. Causas  As lesões por esforço repetitivo (LER) são um dos problemas físicos mais comuns que pode causar limitações ou mesmo incapacidade de trabalhar.
  6. 6. Tipos de Ergonomia Ergonomia Cognitiva: Está relacionada com um conjunto de processos mentais, entre eles a percepção, atenção, cognição, controle motor e armazenamento e recuperação de memória.  Principal objetivo: Pretende analisar o impacto que esses processos têm na interação do ser humano e outros elementos dentro de um sistema.
  7. 7.  Ex: Carga Mental de Trabalho, Vigilância, Tomada de Decisão, Desempenho de Habilidades, Erro Humano, Interação Humano-Computador e Treinamento.
  8. 8. Ergonomia Organizacional: É a parte do pressuposto que todo o trabalho ocorre no âmbito de organizações.  Principal objetivo: Pretende potencializar os sistemas existentes na organização, incluindo a estrutura, as políticas e processos da organização.
  9. 9.  Ex: Trabalho em Turnos, Programação de Trabalho, Satisfação no Trabalho, Teoria Motivacional, Supervisão, Trabalho em Equipe, Trabalho à Distância e Ética.
  10. 10. Trabalho a Céu Aberto  Tipifica as medidas preventivas relacionadas com a prevenção de acidentes nas atividades desenvolvidas a céu aberto, tais como, em minas, ao ar livre e em pedreiras.  Corresponde aos trabalhos efetuados em ambientes externos, sem coberturas para proteção do trabalhador.
  11. 11.  Serão exigidas medidas especiais que protejam os trabalhadores contra a insolação excessiva, o calor, o frio, a umidade e os ventos inconvenientes.  Aos trabalhadores que residirem no local do trabalho, deverão ser oferecidos alojamentos que apresentem adequadas condições sanitárias.
  12. 12.  Para os trabalhos realizados em regiões pantanosas ou alagadiças, serão imperativas as medidas de profilaxia de endemias, de acordo com as normas de saúde pública.  Os locais de trabalho deverão ser mantidos em condições sanitárias compatíveis com o gênero de atividade.
  13. 13. Objetivo  Analisar o desempenho do esforço físico que o trabalhador faz durante sua jornada e procedimentos possíveis para amenizar os efeitos do calor na produtividade e na vida (saúde) do trabalhador.  Levantar os fatores de riscos ocupacionais relacionados à incidência de radiações solares, e influência da temperatura climática, sobre os operários da construção civil no trabalho a céu aberto.
  14. 14. Causas  No Brasil, a atividade da construção civil é uma das atividades laborais que mais produz doenças ocupacionais. Este estudo está delimitado aos distúrbios relacionados à realização de trabalho a céu aberto, dada a inexistência de qualquer tipo de proteção física ao trabalhador, que durante a jornada de trabalho fica submetido à exposição integral ao calor e intempéries.
  15. 15. Prevenção  A forma segura de prevenção é estar bem protegido por roupa e por chapéu. Periodicamente, de três em três meses, todas as partes do corpo devem ser examinadas e a qualquer sinal de alteração na pele, a pessoa deve procurar o médico.
  16. 16. Recomendações  É importante ao engenheiro de segurança do trabalho contribuir na conscientização de empregadores e empregados quanto às Normas legais de proteção ao trabalhador e ampliar os procedimentos preventivos à saúde e à vida do trabalhador.
  17. 17.  A curto prazo, o engenheiro de segurança do trabalho pode implantar ações paliativas de enfrentamento dessa situação, assegurando a melhora do bem estar do trabalhador em atividades a céu aberto: • Período intercalado para descanso/repouso; • Educação para o consumo necessário de água;
  18. 18. • Uso de chapéu de palha, adaptação de ventil ação ao capacete; • Cuidados especiais com vestuário e alimentaç ão. • Implantação de um processo educativo sistem ático através de áudio-visual, palestras, e supervisão permanente.
  19. 19. Obrigado Pela Atenção!

×