SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
Reforma Íntima sem Martírios
(Ermance Dufaux)
UM MODO DE ENTENDER, UMA NOVA FORMA DE VIVER
Francisco do Espírito Santo Neto – Espírito Hammed
Joanna de Angelis – psicografia de Divaldo P. Franco
PSICOTERAPIA À LUZ DO EVANGELHO DE JESUS
Alírio de Cerqueira Filho
Em todas as suas manifestações expressa a suprema misericórdia de
Deus, num conjunto de harmonias e bênçãos.
O homem, porém, nem sempre sabe valorizar lhe a oportunidade.
Egresso das faixas primitivas do instinto por onde transitou, guarda as
altas cargas das sensações em que se demora, em detrimento dos sutis
apelos da emoção cru que se engrandece, na ascese para a libertação
que o aguarda. Detivesse-se mais no acurar das observações e
descobriria a glória do bem manifesta em todo lugar.
Por descuido ou inépcia vincula-se aos compromissos vis em que se
emaranha e, ao ser surpreendido pela realidade da evolução de que
ninguém se evade, reage e desagrega-se, mergulhando nos lôbregos
estados de dor selvagem e inútil. A vida já dormente no mineral,
sonhando no vegetal, pensa no homem, a caminho da perfeita
integração na Consciência Cósmica, quando se torna anjo.
Alguém que te chega, perturbando a paz.
Outrem que te rouba pertences e sossego.
O ser que te sobrecarrega de dissabores.
Aquele que de fora desarmoniza a tua família.
O vadio que te adentra o lar.
O viciado que corrompe quem te é caro.
O aliciador que chega de longe e infelicita o filho ou a filha que
amas. .
Todos eles estão vinculados a ti
Quiçá houvessem renascido sob o teu teto e as Je
circunstâncias
impediriam dramas maiores
Antes de aderires ao entusiasmo reinante para a limitação
da prole,
reparte com o outro cônjuge as tuas preocupações, discute
o problema à luz da reencarnação.
Evita engajar-te na moda, só porque as opiniões gerais
são favoráveis à medida.
Não o faças, simplesmente, considerando os fatores
econômicos, os da superpopulação.
O Senhor dispõe de recursos inimagináveis.
Confia a Ele as tuas dificuldades e entrega-te consciente,
devotadamente.
Seja qual for a opção que escolhas — ter mais ou
menos filhos —, os
que se encontram na pauta das tuas necessidades
chegar-te-ão, hoje ou mais
tarde.
Sendo possível, acolhe-os da melhor maneira,
porqüanto, conforme os
receberes, ser-te-ão amigos generosos ou rudes
adversários dos quais não te
libertarás facilmente
Por mais anestesiados se encontrem os centros
do discernimento intelectual, dia chega em que
ele se instala.
Passe o tempo sob a aflição do tóxico que
perturba a faculdade da razão, momento surge
em que se reajustam os núcleos da atividade do
pensamento e ele brota.
Joana de Angelis
Apesar da intensidade clamorosa dos fatores
perturbantes que destroem os sentimentos superiores
da vida, ao impacto dos projéteis da ira alucinada, do
ódio avassalador, do ciúme desequilibrante ou do amor
próprio enlouquecido, levando a criatura a atitudes
infelizes, chega a oportunidade em
que aparecem os pródromos da sua presença..
pródromo é um sinal ou grupo de sintomas que pode indicar o início de
uma doenças antes que sintomas específicos surjam
Joana de Angelis
Arrependimento
É uma reação emocional para atos passados - ​​pessoais e
comportamentais que temos em relação a algo feito a
alguém no passado. Dicionário
Freud afirma que o arrependimento está paralelamente ligado ao
sentimento de culpa por alguma coisa errada que o homem pratica e
tem consciência do ato praticado.
Porém, a maioria ainda convive e sofre com esses
sentimentos, sem nada fazer para corrigir ou superar os
erros cometidos e, passam a vida inteira sofrendo
estacionados e inertes diante do fato.
FREUD: Foi um médico neurologista e criador da psicanálise
O arrependimento sempre se manifesta na
consciência em débito para com a vida.
A princípio, ei-lo como lembrança da falta cometida de
que já se não supunha existir qualquer sinal;
posteriormente, a recordação do momento infeliz que
se estabelece; mais tarde, a ideia rediviva dominante e
por fim a obsessão do remorso, avassaladora.
Insidioso e maleável.
O arrependimento é câncer que se apropria do homem
que se deixou colher em falta, pela vindita ou pelo
desforço.
Joana de Angelis
(...) O arrependimento já é uma característica de evolução do
espírito. Allan Kardec caracteriza o arrependimento em três hipóteses:
desejo de melhora, sentimento de culpa e esforço de superação.
(O Livro dos Espíritos)
O desejo de melhora não é muito simples e fácil de aceitar, haja
vista, que isso implica em reconhecer nossa inferioridade
moral, ou “reconhecer a própria sombra”,.
Porém, não existe outra maneira ou outro caminho para o
arrependimento senão reconhecer de imediato que ainda somos
imperfeitos e, que devemos dia-a-dia fazer um esforço muito
grande para darmos os passos iniciais à nossa reforma íntima.
Sofremos muito convivendo com o sentimento de culpa
sem entender, conforme nos falam os espíritos
superiores, que no estágio em que nos encontramos nesta
encarnação se não fosse esse sentimento, “a culpa”,
não iríamos sair do lugar, pois é justamente o sentimento
de culpa, de ter feito algo errado ou de não ter feito
algo de bom, que nos empurra para o progresso e para
a evolução, entendendo que os erros devem servir de
ponto de partida para nosso futuro e não como prisão
mental, moral ou espiritual.
três hipóteses: desejo de melhora, sentimento de culpa e
esforço de superação
A culpa nos paralisa no tempo e ficamos soterrados sob os escombros
de nossos desacertos. Ela interrompe nossas oportunidades de
crescimento no presente em virtude de nossa obstinação neurótica em
comportamentos do passado.
A culpa se estrutura nas crenças antigas do pecado
irreparável e nos alicerces do perfeccionismo.
Quem se arrepende abandona a culpa, pois não mais aprova os
velhos comportamentos e atos imaturos. Todavia, não se
autocastiga pelo fato de não ser perfeito, nem causa a própria
ruína física ou emocional, abandonando-se num mar de
lamentação e pesar. Ao contrário: assume a responsabilidade de
seus erros e evita repeti-los; ao mesmo tempo, abranda seu
julgamento e perdoa a si mesmo.
UM MODO DE ENTENDER, UMA NOVA FORMA DE VIVER
Francisco do Espírito Santo Neto – Espírito Hammed
A terceira hipótese para conquistar equilíbrio no processo do
arrependimento, conforme Kardec, é o esforço, juntamente com o desejo e
força de vontade de reparar toda e qualquer situação equivocada.
Isto nos faz lembrar Paulo de Tarso que disse “A mim, que fui antes
recrimino, perseguidor e injuriador, mas alcancei a
misericórdia de Deus porque o fiz por ignorância e por ser
incrédulo”.
três hipóteses: desejo de melhora, sentimento de culpa
e esforço de superação
Esse arrependimento não pode ser apaziguado por algo externo, não
basta alguém nos dizer algo, em forma de algum rito para estarmos
perdoados
speramos consolo das pessoas:
Todo erram,
fique
tranquilo....ergu
a a cabeça
Esse conceito também é correto, mas ....se ficarmos só
nisso..............poderemos fazer de novo, novo..... ?
Se o remorso é fruto de uma consciência externa; o
arrependimento é de uma detecção interior. Eu não preciso
que o outro perceba eu tomo consciência que fiz algo
equivocado e passo a exigir de mim uma mudança de
atitude.
621. Onde está escrita a lei de Deus?
“Na consciência.
“Ela nos cobra quando erramos - Na verdade nossa consciência
provoca sensações para acordarmos e mudar o comportamento, se não
continuamos errando “
Basta o arrependimento durante a vida para que as faltas
do Espírito se apaguem e ele ache graça diante de Deus?
“O arrependimento concorre para a melhoria do Espírito,
mas ele tem que expiar o seu passado.” (LE) 999
9º — Toda falta cometida, todo mal realizado é uma dívida
contraída que deverá ser paga; se o não for em uma existência,
sê-lo-á na seguinte ou seguintes, porque todas as existências são
solidárias entre si. Aquele que se quita numa existência não terá
necessidade de pagar segunda vez.
10º — O Espírito sofre, quer no mundo corporal, quer no
espiritual, a consequência das suas imperfeições. As misérias, as
vicissitudes padecidas na vida corpórea, são oriundas das nossas
imperfeições, são expiações de faltas cometidas na presente ou
em precedentes existências.
CAPÍTULO VII- Céu Inferno
As penas futuras segundo o Espiritismo
Qual a consequência do arrependimento no estado espiritual ?
“Deseja o arrependido uma nova encarnação para se purificar.
O Espirito compreende as imperfeições que o privam de ser
feliz e por isso aspira a uma nova existência em que possa
expiar suas faltas.
LE 991
Que consequência produz o arrependimento no estado corporal?
“Fazer que, já na vida atual, o Espírito progrida, se tiver tempo de
reparar suas faltas. Quando a consciência o exprobra e lhe mostra
uma imperfeição, o homem pode sempre melhorar-se.” LE 992
Significado de Exprobar Não concordar com; censurar ou repreender:
Há pessoas que dizem: “Arrependo-me de me não ter
vingado.”
Algumas exclamam: “Arrependo-me de não ter
expulso o inimigo à minha porta.”
Outros proferem: “Arrependo-me do bem que fiz.”
Algumas contraditam: “Amarguro-me, sim, porque fui
eu quem o ajudou e arrependo-me da hora inditosa
em que nutri a víbora que hoje me picou...
Joana de Angelis
Joana de Angelis
Arrependimento sadio das faltas cometidas é
compromisso assumido com as tarefas a executar.
Arrependimento perturbador que ultraja a consciência
torna-se problema que se afigura de difícil solução.
Caso não te disponhas a tudo recomeçar sob o
beneplácito da Misericórdia Divina que nos colocou no
mundo para amar e amar, servir e servir porque é da Lei
que “somente pelo amor os homens serão salvos”,
padecerás do arrependimento perturbador, que nada
edifica.
Joana de Angelis
O arrependimento no estado corporal é oportunidade que a alma está tendo
para reformular sua vida. Esse ensejo, no tocante ao porvir, é ele grande
valia espiritual, quando a alma o aproveita e se esforça para melhorar no
silêncio das suas atividades secretas. O pensamento é o meio de começar.
Mesmo que estivermos endividados ante as leis naturais, o nosso
dever é começar. Se estás em dúvida com o que chega ao teu
consciente sobre o arrependimento, não percas tempo; a
consciência não erra.
Ela está falando na tua intimidade para pegares no arado sem olhar
para trás. A Terra do Espírito é dadivosa e boa, pedindo plantio. Escolhe
bem as sementes, se possível com afabilidade, porque elas, com
carinho, mostram o amor, e os frutos não serão de outro sabor.
Miramez
O Evangelho Segundo o Espiritismo narra o
episódio de Santo Agostinho ensinando que
devemos sim, todos os dias antes de dormir,
refletir sobre tudo o que fizemos ou deixamos de
fazer de bom ou ruim e repetir sempre aquilo que
foi bem feito e corrigir logo tudo o que foi o mal
feito sempre que tivermos oportunidade para tal.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA
MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA
MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA R Gómez
 
Providencia divina
Providencia divinaProvidencia divina
Providencia divinaAlice Lirio
 
Roteiro 6 o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidade
Roteiro 6    o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidadeRoteiro 6    o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidade
Roteiro 6 o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidadeBruno Cechinel Filho
 
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechadosEvangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechadosAntonino Silva
 
Esquecimento do passado e intuição
Esquecimento do passado e intuiçãoEsquecimento do passado e intuição
Esquecimento do passado e intuiçãoFatoze
 
A importância do perdão
A importância do perdãoA importância do perdão
A importância do perdãoHelio Cruz
 
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De RosaRosana De Rosa
 
Esquecimento do passado
Esquecimento do passadoEsquecimento do passado
Esquecimento do passadoHelio Cruz
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 34 - Escandâlo e nós
Série Evangelho no Lar - Cap. 34 - Escandâlo e nósSérie Evangelho no Lar - Cap. 34 - Escandâlo e nós
Série Evangelho no Lar - Cap. 34 - Escandâlo e nósRicardo Azevedo
 
Estudos do evangelho - Continuação - Bem Aventurados os Aflitos
Estudos do evangelho - Continuação - Bem Aventurados os Aflitos Estudos do evangelho - Continuação - Bem Aventurados os Aflitos
Estudos do evangelho - Continuação - Bem Aventurados os Aflitos Leonardo Pereira
 
Mensageiros Capitulo 07- A Queda de Otavio
Mensageiros Capitulo 07- A Queda de OtavioMensageiros Capitulo 07- A Queda de Otavio
Mensageiros Capitulo 07- A Queda de OtavioPatricia Farias
 
E A Vida Continua - Cap 1
E A Vida Continua - Cap 1E A Vida Continua - Cap 1
E A Vida Continua - Cap 1Patricia Farias
 
O perdão a luz da psicologia de jesus
O perdão a luz da psicologia de jesusO perdão a luz da psicologia de jesus
O perdão a luz da psicologia de jesuspmabonfim
 
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06Patricia Farias
 

Mais procurados (20)

MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA
MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA
MÁGOA O CÁRCERE DA ALMA
 
ESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADOESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADO
 
Providencia divina
Providencia divinaProvidencia divina
Providencia divina
 
Bondade
BondadeBondade
Bondade
 
Esquecimento do passado
Esquecimento do passadoEsquecimento do passado
Esquecimento do passado
 
Roteiro 6 o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidade
Roteiro 6    o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidadeRoteiro 6    o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidade
Roteiro 6 o esquecimento do passado - justificativa da sua necessidade
 
Esquecimento do passado
Esquecimento do passadoEsquecimento do passado
Esquecimento do passado
 
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechadosEvangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
Evangeliza - Bem aventurados os que tem os olhos fechados
 
Esquecimento do passado e intuição
Esquecimento do passado e intuiçãoEsquecimento do passado e intuição
Esquecimento do passado e intuição
 
Dor e bênção
Dor e bênçãoDor e bênção
Dor e bênção
 
A importância do perdão
A importância do perdãoA importância do perdão
A importância do perdão
 
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
2012-5-6-Palestra-A Importância do Perdão-Rosana De Rosa
 
Esquecimento do passado
Esquecimento do passadoEsquecimento do passado
Esquecimento do passado
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 34 - Escandâlo e nós
Série Evangelho no Lar - Cap. 34 - Escandâlo e nósSérie Evangelho no Lar - Cap. 34 - Escandâlo e nós
Série Evangelho no Lar - Cap. 34 - Escandâlo e nós
 
Estudos do evangelho - Continuação - Bem Aventurados os Aflitos
Estudos do evangelho - Continuação - Bem Aventurados os Aflitos Estudos do evangelho - Continuação - Bem Aventurados os Aflitos
Estudos do evangelho - Continuação - Bem Aventurados os Aflitos
 
Mensageiros Capitulo 07- A Queda de Otavio
Mensageiros Capitulo 07- A Queda de OtavioMensageiros Capitulo 07- A Queda de Otavio
Mensageiros Capitulo 07- A Queda de Otavio
 
E A Vida Continua - Cap 1
E A Vida Continua - Cap 1E A Vida Continua - Cap 1
E A Vida Continua - Cap 1
 
O perdão a luz da psicologia de jesus
O perdão a luz da psicologia de jesusO perdão a luz da psicologia de jesus
O perdão a luz da psicologia de jesus
 
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
Os Mensageiros - A vida no Mundo espiritual Cap 06
 
Submissão e Resignação frente a Mudanças
Submissão e Resignação frente a MudançasSubmissão e Resignação frente a Mudanças
Submissão e Resignação frente a Mudanças
 

Semelhante a Considerando o arrependimento

A dor.pptx
A dor.pptxA dor.pptx
A dor.pptxM.R.L
 
Estudos do evangelho - continuação - Bem aventurados os Aflitos
Estudos do evangelho - continuação - Bem aventurados os Aflitos Estudos do evangelho - continuação - Bem aventurados os Aflitos
Estudos do evangelho - continuação - Bem aventurados os Aflitos Leonardo Pereira
 
O Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e ProgressoO Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e ProgressoCeile Bernardo
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Clair Bianchini
 
Auto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpaAuto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpaLisete B.
 
Perdo 130429173017-phpapp01
Perdo 130429173017-phpapp01Perdo 130429173017-phpapp01
Perdo 130429173017-phpapp01apqbarros
 
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 5 item11
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 5 item11Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 5 item11
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 5 item11Patricia Farias
 
Mente humana e necessidades para se entender
Mente humana e necessidades para se entenderMente humana e necessidades para se entender
Mente humana e necessidades para se entenderMarianaGuadalupi
 
Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martíriogrupodepaisceb
 
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar sepaikachambi
 
Reforma-Intíma-sem-martírio.pdf
Reforma-Intíma-sem-martírio.pdfReforma-Intíma-sem-martírio.pdf
Reforma-Intíma-sem-martírio.pdfDeniseTofanello
 
Por que comigo
Por que comigoPor que comigo
Por que comigoLisete B.
 
Segundo Módulo - Aula 16 - Penas e gozos futuros
Segundo Módulo - Aula 16 - Penas e gozos futurosSegundo Módulo - Aula 16 - Penas e gozos futuros
Segundo Módulo - Aula 16 - Penas e gozos futurosCeiClarencio
 
Bem aventurados os aflitos
Bem aventurados os aflitosBem aventurados os aflitos
Bem aventurados os aflitosCEENA_SS
 
Evangeliza - Compromissos para com a vida
Evangeliza - Compromissos para com a vidaEvangeliza - Compromissos para com a vida
Evangeliza - Compromissos para com a vidaAntonino Silva
 

Semelhante a Considerando o arrependimento (20)

A dor.pptx
A dor.pptxA dor.pptx
A dor.pptx
 
Estudos do evangelho - continuação - Bem aventurados os Aflitos
Estudos do evangelho - continuação - Bem aventurados os Aflitos Estudos do evangelho - continuação - Bem aventurados os Aflitos
Estudos do evangelho - continuação - Bem aventurados os Aflitos
 
Suicidio parte-dois
Suicidio parte-doisSuicidio parte-dois
Suicidio parte-dois
 
O Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e ProgressoO Perdão,lei de Evolução e Progresso
O Perdão,lei de Evolução e Progresso
 
Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos Bem-aventurados os aflitos
Bem-aventurados os aflitos
 
Auto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpaAuto perdão = felicidade sem culpa
Auto perdão = felicidade sem culpa
 
Perdo 130429173017-phpapp01
Perdo 130429173017-phpapp01Perdo 130429173017-phpapp01
Perdo 130429173017-phpapp01
 
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 5 item11
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 5 item11Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 5 item11
Evangelho Segundo o Espiritismo Cap 5 item11
 
Mente humana e necessidades para se entender
Mente humana e necessidades para se entenderMente humana e necessidades para se entender
Mente humana e necessidades para se entender
 
Reforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírioReforma íntima sem martírio
Reforma íntima sem martírio
 
Erro e queda
Erro e quedaErro e queda
Erro e queda
 
As bases do transformar se
As bases do transformar seAs bases do transformar se
As bases do transformar se
 
Reforma-Intíma-sem-martírio.pdf
Reforma-Intíma-sem-martírio.pdfReforma-Intíma-sem-martírio.pdf
Reforma-Intíma-sem-martírio.pdf
 
Reconciliação com os adversários
Reconciliação com os adversáriosReconciliação com os adversários
Reconciliação com os adversários
 
Por que comigo
Por que comigoPor que comigo
Por que comigo
 
Cáritas
CáritasCáritas
Cáritas
 
Segundo Módulo - Aula 16 - Penas e gozos futuros
Segundo Módulo - Aula 16 - Penas e gozos futurosSegundo Módulo - Aula 16 - Penas e gozos futuros
Segundo Módulo - Aula 16 - Penas e gozos futuros
 
Autopunição e Autoperdão
Autopunição e AutoperdãoAutopunição e Autoperdão
Autopunição e Autoperdão
 
Bem aventurados os aflitos
Bem aventurados os aflitosBem aventurados os aflitos
Bem aventurados os aflitos
 
Evangeliza - Compromissos para com a vida
Evangeliza - Compromissos para com a vidaEvangeliza - Compromissos para com a vida
Evangeliza - Compromissos para com a vida
 

Mais de Bernadete Costa

Mais de Bernadete Costa (12)

Convite a coragem
Convite a coragemConvite a coragem
Convite a coragem
 
Convite a parcimonia
Convite a parcimoniaConvite a parcimonia
Convite a parcimonia
 
Convite ao progresso
Convite ao progressoConvite ao progresso
Convite ao progresso
 
Convite a coragem
Convite a coragemConvite a coragem
Convite a coragem
 
Convite a calma
Convite a calma  Convite a calma
Convite a calma
 
Ante o amor
Ante o amorAnte o amor
Ante o amor
 
Sob dores extenuantes
 Sob dores extenuantes Sob dores extenuantes
Sob dores extenuantes
 
Críticos impiedosos
Críticos impiedososCríticos impiedosos
Críticos impiedosos
 
Vicios e delitos
Vicios e delitosVicios e delitos
Vicios e delitos
 
A criança na casa espírita
A criança na casa espíritaA criança na casa espírita
A criança na casa espírita
 
Considerando o medo
Considerando o medoConsiderando o medo
Considerando o medo
 
Ante dissenções
Ante dissençõesAnte dissenções
Ante dissenções
 

Último

pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfnestorsouza36
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaRicardo Azevedo
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoNilson Almeida
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentaçãoantonio211075
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoFabioLofrano
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...M.R.L
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024LeonardoQuintanilha4
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxViniciusPetersen1
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............MilyFonceca
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptxPIB Penha
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfStelaWilbert
 

Último (14)

pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 

Considerando o arrependimento

  • 1. Reforma Íntima sem Martírios (Ermance Dufaux) UM MODO DE ENTENDER, UMA NOVA FORMA DE VIVER Francisco do Espírito Santo Neto – Espírito Hammed Joanna de Angelis – psicografia de Divaldo P. Franco PSICOTERAPIA À LUZ DO EVANGELHO DE JESUS Alírio de Cerqueira Filho
  • 2. Em todas as suas manifestações expressa a suprema misericórdia de Deus, num conjunto de harmonias e bênçãos. O homem, porém, nem sempre sabe valorizar lhe a oportunidade. Egresso das faixas primitivas do instinto por onde transitou, guarda as altas cargas das sensações em que se demora, em detrimento dos sutis apelos da emoção cru que se engrandece, na ascese para a libertação que o aguarda. Detivesse-se mais no acurar das observações e descobriria a glória do bem manifesta em todo lugar. Por descuido ou inépcia vincula-se aos compromissos vis em que se emaranha e, ao ser surpreendido pela realidade da evolução de que ninguém se evade, reage e desagrega-se, mergulhando nos lôbregos estados de dor selvagem e inútil. A vida já dormente no mineral, sonhando no vegetal, pensa no homem, a caminho da perfeita integração na Consciência Cósmica, quando se torna anjo.
  • 3. Alguém que te chega, perturbando a paz. Outrem que te rouba pertences e sossego. O ser que te sobrecarrega de dissabores. Aquele que de fora desarmoniza a tua família. O vadio que te adentra o lar. O viciado que corrompe quem te é caro. O aliciador que chega de longe e infelicita o filho ou a filha que amas. . Todos eles estão vinculados a ti Quiçá houvessem renascido sob o teu teto e as Je circunstâncias impediriam dramas maiores
  • 4. Antes de aderires ao entusiasmo reinante para a limitação da prole, reparte com o outro cônjuge as tuas preocupações, discute o problema à luz da reencarnação. Evita engajar-te na moda, só porque as opiniões gerais são favoráveis à medida. Não o faças, simplesmente, considerando os fatores econômicos, os da superpopulação. O Senhor dispõe de recursos inimagináveis. Confia a Ele as tuas dificuldades e entrega-te consciente, devotadamente.
  • 5. Seja qual for a opção que escolhas — ter mais ou menos filhos —, os que se encontram na pauta das tuas necessidades chegar-te-ão, hoje ou mais tarde. Sendo possível, acolhe-os da melhor maneira, porqüanto, conforme os receberes, ser-te-ão amigos generosos ou rudes adversários dos quais não te libertarás facilmente
  • 6. Por mais anestesiados se encontrem os centros do discernimento intelectual, dia chega em que ele se instala. Passe o tempo sob a aflição do tóxico que perturba a faculdade da razão, momento surge em que se reajustam os núcleos da atividade do pensamento e ele brota. Joana de Angelis
  • 7. Apesar da intensidade clamorosa dos fatores perturbantes que destroem os sentimentos superiores da vida, ao impacto dos projéteis da ira alucinada, do ódio avassalador, do ciúme desequilibrante ou do amor próprio enlouquecido, levando a criatura a atitudes infelizes, chega a oportunidade em que aparecem os pródromos da sua presença.. pródromo é um sinal ou grupo de sintomas que pode indicar o início de uma doenças antes que sintomas específicos surjam Joana de Angelis
  • 8. Arrependimento É uma reação emocional para atos passados - ​​pessoais e comportamentais que temos em relação a algo feito a alguém no passado. Dicionário Freud afirma que o arrependimento está paralelamente ligado ao sentimento de culpa por alguma coisa errada que o homem pratica e tem consciência do ato praticado. Porém, a maioria ainda convive e sofre com esses sentimentos, sem nada fazer para corrigir ou superar os erros cometidos e, passam a vida inteira sofrendo estacionados e inertes diante do fato. FREUD: Foi um médico neurologista e criador da psicanálise
  • 9. O arrependimento sempre se manifesta na consciência em débito para com a vida. A princípio, ei-lo como lembrança da falta cometida de que já se não supunha existir qualquer sinal; posteriormente, a recordação do momento infeliz que se estabelece; mais tarde, a ideia rediviva dominante e por fim a obsessão do remorso, avassaladora. Insidioso e maleável. O arrependimento é câncer que se apropria do homem que se deixou colher em falta, pela vindita ou pelo desforço. Joana de Angelis
  • 10. (...) O arrependimento já é uma característica de evolução do espírito. Allan Kardec caracteriza o arrependimento em três hipóteses: desejo de melhora, sentimento de culpa e esforço de superação. (O Livro dos Espíritos) O desejo de melhora não é muito simples e fácil de aceitar, haja vista, que isso implica em reconhecer nossa inferioridade moral, ou “reconhecer a própria sombra”,. Porém, não existe outra maneira ou outro caminho para o arrependimento senão reconhecer de imediato que ainda somos imperfeitos e, que devemos dia-a-dia fazer um esforço muito grande para darmos os passos iniciais à nossa reforma íntima.
  • 11. Sofremos muito convivendo com o sentimento de culpa sem entender, conforme nos falam os espíritos superiores, que no estágio em que nos encontramos nesta encarnação se não fosse esse sentimento, “a culpa”, não iríamos sair do lugar, pois é justamente o sentimento de culpa, de ter feito algo errado ou de não ter feito algo de bom, que nos empurra para o progresso e para a evolução, entendendo que os erros devem servir de ponto de partida para nosso futuro e não como prisão mental, moral ou espiritual. três hipóteses: desejo de melhora, sentimento de culpa e esforço de superação
  • 12. A culpa nos paralisa no tempo e ficamos soterrados sob os escombros de nossos desacertos. Ela interrompe nossas oportunidades de crescimento no presente em virtude de nossa obstinação neurótica em comportamentos do passado. A culpa se estrutura nas crenças antigas do pecado irreparável e nos alicerces do perfeccionismo. Quem se arrepende abandona a culpa, pois não mais aprova os velhos comportamentos e atos imaturos. Todavia, não se autocastiga pelo fato de não ser perfeito, nem causa a própria ruína física ou emocional, abandonando-se num mar de lamentação e pesar. Ao contrário: assume a responsabilidade de seus erros e evita repeti-los; ao mesmo tempo, abranda seu julgamento e perdoa a si mesmo. UM MODO DE ENTENDER, UMA NOVA FORMA DE VIVER Francisco do Espírito Santo Neto – Espírito Hammed
  • 13. A terceira hipótese para conquistar equilíbrio no processo do arrependimento, conforme Kardec, é o esforço, juntamente com o desejo e força de vontade de reparar toda e qualquer situação equivocada. Isto nos faz lembrar Paulo de Tarso que disse “A mim, que fui antes recrimino, perseguidor e injuriador, mas alcancei a misericórdia de Deus porque o fiz por ignorância e por ser incrédulo”. três hipóteses: desejo de melhora, sentimento de culpa e esforço de superação
  • 14.
  • 15. Esse arrependimento não pode ser apaziguado por algo externo, não basta alguém nos dizer algo, em forma de algum rito para estarmos perdoados speramos consolo das pessoas: Todo erram, fique tranquilo....ergu a a cabeça Esse conceito também é correto, mas ....se ficarmos só nisso..............poderemos fazer de novo, novo..... ?
  • 16. Se o remorso é fruto de uma consciência externa; o arrependimento é de uma detecção interior. Eu não preciso que o outro perceba eu tomo consciência que fiz algo equivocado e passo a exigir de mim uma mudança de atitude. 621. Onde está escrita a lei de Deus? “Na consciência. “Ela nos cobra quando erramos - Na verdade nossa consciência provoca sensações para acordarmos e mudar o comportamento, se não continuamos errando “
  • 17. Basta o arrependimento durante a vida para que as faltas do Espírito se apaguem e ele ache graça diante de Deus? “O arrependimento concorre para a melhoria do Espírito, mas ele tem que expiar o seu passado.” (LE) 999
  • 18. 9º — Toda falta cometida, todo mal realizado é uma dívida contraída que deverá ser paga; se o não for em uma existência, sê-lo-á na seguinte ou seguintes, porque todas as existências são solidárias entre si. Aquele que se quita numa existência não terá necessidade de pagar segunda vez. 10º — O Espírito sofre, quer no mundo corporal, quer no espiritual, a consequência das suas imperfeições. As misérias, as vicissitudes padecidas na vida corpórea, são oriundas das nossas imperfeições, são expiações de faltas cometidas na presente ou em precedentes existências. CAPÍTULO VII- Céu Inferno As penas futuras segundo o Espiritismo
  • 19. Qual a consequência do arrependimento no estado espiritual ? “Deseja o arrependido uma nova encarnação para se purificar. O Espirito compreende as imperfeições que o privam de ser feliz e por isso aspira a uma nova existência em que possa expiar suas faltas. LE 991 Que consequência produz o arrependimento no estado corporal? “Fazer que, já na vida atual, o Espírito progrida, se tiver tempo de reparar suas faltas. Quando a consciência o exprobra e lhe mostra uma imperfeição, o homem pode sempre melhorar-se.” LE 992 Significado de Exprobar Não concordar com; censurar ou repreender:
  • 20. Há pessoas que dizem: “Arrependo-me de me não ter vingado.” Algumas exclamam: “Arrependo-me de não ter expulso o inimigo à minha porta.” Outros proferem: “Arrependo-me do bem que fiz.” Algumas contraditam: “Amarguro-me, sim, porque fui eu quem o ajudou e arrependo-me da hora inditosa em que nutri a víbora que hoje me picou... Joana de Angelis
  • 22. Arrependimento sadio das faltas cometidas é compromisso assumido com as tarefas a executar. Arrependimento perturbador que ultraja a consciência torna-se problema que se afigura de difícil solução. Caso não te disponhas a tudo recomeçar sob o beneplácito da Misericórdia Divina que nos colocou no mundo para amar e amar, servir e servir porque é da Lei que “somente pelo amor os homens serão salvos”, padecerás do arrependimento perturbador, que nada edifica. Joana de Angelis
  • 23. O arrependimento no estado corporal é oportunidade que a alma está tendo para reformular sua vida. Esse ensejo, no tocante ao porvir, é ele grande valia espiritual, quando a alma o aproveita e se esforça para melhorar no silêncio das suas atividades secretas. O pensamento é o meio de começar. Mesmo que estivermos endividados ante as leis naturais, o nosso dever é começar. Se estás em dúvida com o que chega ao teu consciente sobre o arrependimento, não percas tempo; a consciência não erra. Ela está falando na tua intimidade para pegares no arado sem olhar para trás. A Terra do Espírito é dadivosa e boa, pedindo plantio. Escolhe bem as sementes, se possível com afabilidade, porque elas, com carinho, mostram o amor, e os frutos não serão de outro sabor. Miramez
  • 24. O Evangelho Segundo o Espiritismo narra o episódio de Santo Agostinho ensinando que devemos sim, todos os dias antes de dormir, refletir sobre tudo o que fizemos ou deixamos de fazer de bom ou ruim e repetir sempre aquilo que foi bem feito e corrigir logo tudo o que foi o mal feito sempre que tivermos oportunidade para tal.