SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
VÍCIOS E DELITOS –
Joanna de Angelis- 40
Entra em acordo sem demora com o teu
adversário, enquanto estás com ele a
caminho, para que o adversário,
não te entregue ao juiz, o juiz ao oficial de
justiça , e sejas recolhido a prisão. Em verdade
te digo que não sairás daqui, enquanto não
pagares o último centavo ( Mateus 5: 25 e 26)
Precisamos revisar nossas concepções sobre os
vícios.
Não podemos entendê-los como uma
problemática que abrange, exclusivamente,
delinquentes e vadios.
Em verdade, viciados são todos aqueles que se
enfraqueceram diante da vida e se refugiaram na
dependência de pessoas ou substância
Hammed – As dores da Alma
Por serem carentes e sofridos, entregaram sua força
de vontade ao poder dos tóxicos, procurando se
esquecer de algo que, talvez nem mesmo saibam:
“eles próprios”, pois não aguentam suportar seu
mundo mental em desalinho.
Não é ocioso apenas o que nada faz, mas também o
que poderia empregar seu tempo”. A ociosidade é
uma porta que se abre para os vícios, é uma casa sem
paredes; as “serpentes” podem entrar nela por
todos os lados. Hammed – As dores da alma
Ao longo de nossas vidas, somos impelidos de
fazer escolhas, muitas vezes fazemos opções
elegendo aquilo que acreditamos ser o melhor
para nós, e rejeitamos, declaradamente, certas
coisas.
E fazemos opções também destituídas de
intenção e de consciência.
Todos esses aspectos não escolhidos vão
constituindo, pouco a pouco a nossa sombra.
Espelhos da Alma. Uma jornada terapêutica
Sombra não é negativa em si, mas ganha essa conotação
conforme a formação da personalidade.
O que para alguns é inaceitável para outros pode não ser.
A sombra que existe no ser humano não deve ser
combatida, sendo diluída pela integração na sua realidade
pessoal.
Para dilui-la teremos que treinar o perdão e o auto amor,
para que possamos criar um elo profundo com a vida.
Espelhos da Alma. Uma jornada terapêutica
Condicionamentos passados
fortemente fixados nos tecidos sutis
do espírito ressurgem como incontidas
impulsões1, que se transformam em
vigorosos senhores dos que lhes
padecem a injunção. 2
1- Impulsões: ato involuntário , tendência para agir sem reflexão, estímulo
2- injunção: imposição
Joana de Angelis
Procedentes do pretérito espiritual, fazem-se
dilaceração da alma desde cedo, quando o
processo da reencarnação se consuma...
Constituem imperiosos tormentos que aparecem
reiteradamente, dominam e destroem os seus
êmulos1.
Formam as paisagens lôbregas2 do mundo
moral da criatura humana.
1- êmulos : adversário, competidor , rival
2- lôbregas:Sombrio; sem claridade; diz-se do lugar escuro: ambiente lôbrego
Joana de Angelis
Tomam corpo em decorrência dos maus hábitos,
estimulados pela insensatez, cultivados pela
permissividade social.
Assumem aspeto inocente e se incorporam à
personalidade, tornando-se uma segunda
natureza que absorve os recursos superiores da
vida, culminando por seviciar e vencer os que
derrapam na sua inditosa direção.
Defluem de inspirações perniciosas de mentes
desencarnadas, em processo insinuante de
obsessão simples, que se converte em
subjugação selvagem, mediante a qual os
compares se sustentam e se estremunham,
infelicitando-se reciprocamente em doloroso
processo de longo curso em que se
interdependem, amargurados.
Obsessão Simples “Instala-se suavemente,
quando o pensamento intruso persiste em
tentativa de fixação. Confunde-se com os
próprios conflitos do paciente que ressumam
do inconsciente atual, gerando inquietações.
Transformam-se em monólogos insistentes
que produzem receios ,insatisfações,
incompreensões, manias, passando
Joanna de Angelis – Encontro com a Paz
Fascinação “Apresenta-se nas posturas irrefletidas e
nos comportamentos estranhos a que se entregam
as suas vítimas, sempre considerando-se portadoras
da total razão e do conhecimento da verdade,
irredutíveis nos seus pontos de vista, mesmo
naqueles que são absurdos ante a mais singela
análise, impedindo a lógica do senso comum.”
Joanna de Angelis – Encontro com a Paz
Subjugação “É o estágio mais avançado eperverso do
processo alienante. Poder esultar da sucessão das fases
anteriores, mas não necessariamente. As patologias da
subjugação deprimem o Self que perde o controle
sobre o ego e as faculdades de comando mental.”
“Considerando-se a gravidade das obsessões, é sempre
oportuno o atendimento médico simultâneo, de forma que
sejam recuperados os órgãos afetados pelo transtorno,
sempre portador de fluidos e vibrações perniciosos que
enfermam o conjunto fisiológico.”
Joanna de Ângelis – Encontros com a Paz e a Saúde, p. 136
Seja sob qual aparência os descubras em ti, não
lhes dês trégua.
A mentira inocente estimulada transforma-se, um
dia, numa calúnia bem urdida.
Uma taça de licor singela, repetida, faz-se veículo
de alcoolofilia martirizante.
Um delíquio moral momentâneo, aceito com
naturalidade, abre as portas da dignidade à
corrupção.
Sê severo nos teus compromissos morais, nas
tuas relações sociais, impondo-te elevação e
austeridade. Um descuido, uma concessão e se
estabelecem os vínculos inditosos. Morigeração
e cuidado deves manter, mesmo que os outros
se favoreçam com maior soma de liberdade, a
fim de preservar-te das artimanhas dos vícios e
delitos que trazes do ontem, que podes adquirir
hoje e que estão fáceis por toda parte... *
Sublimes realizações, tarefas nobilitantes que
suportaram graves investidas do mal, homens e
mulheres resolutos que se ofereceram ao bem e ao
dever, tombaram, inermes, ante os vapores dos
vícios sociais e delitos morais aparentemente
ingênuos, que terminaram por vencer as decisões
robustas em que fraquejaram...
Vigia e perscruta teus sentimentos.
Se descobrires tendências e inclinações não
adies o combate, nem te concedas
pieguismo.
Luta e vence-os de uma vez, arrebentando
os elos mantenedores da viciação e dos
delitos, a fim de lograres o êxito que
persegues, anelas e necessitas.
Vamos olhar para todas as potencialidades que
existem em nós , e permitir que elas façam parte
de nossa vida,
é nos dar a chance de nascer de novo, nesta
vida, e entender que “ninguém se encontraria
reencarnado na Terra, não tivesse a existência
uma finalidade superior.
Como toda faxina , precisaremos de alguns
utensílios:
Coragem para crescer, responsabilidade pelas
escolhas e consequência delas, aguentar a solidão
do processo, amor incondicional pela pessoa que
somos e gratidão pela vida que temos.
É hora de pensarmos em toda tristeza que já
podemos ter provocado nos outros em decorrência
da nossa vida bloqueada e nos conectar com o
trabalho que curará nossa alma.
E se realmente queremos deixar algo para
alguém que amamos, deixemos o exemplo
de alguém que acreditou tanto na vida que
trabalhou por ela e para ela, com todo o
afinco.
BOA NOITE
EM 2017

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 8 Complexo de culpa, o tormento da alma humana
Lição 8   Complexo de culpa, o tormento da alma humanaLição 8   Complexo de culpa, o tormento da alma humana
Lição 8 Complexo de culpa, o tormento da alma humana
Escol Dominical
 
Obsessão doença moral
Obsessão doença moralObsessão doença moral
Obsessão doença moral
Graça Maciel
 
Como superar as dificuldades, sofrimentos e dores 2
Como superar as dificuldades, sofrimentos e dores 2Como superar as dificuldades, sofrimentos e dores 2
Como superar as dificuldades, sofrimentos e dores 2
Izabel Cristina Fonseca
 

Mais procurados (20)

Palestra Perdão e Reconciliação
Palestra Perdão e ReconciliaçãoPalestra Perdão e Reconciliação
Palestra Perdão e Reconciliação
 
Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão Obsessão e Desobsessão
Obsessão e Desobsessão
 
Lição 8 Complexo de culpa, o tormento da alma humana
Lição 8   Complexo de culpa, o tormento da alma humanaLição 8   Complexo de culpa, o tormento da alma humana
Lição 8 Complexo de culpa, o tormento da alma humana
 
Evangelho segundo o e spiritismo
Evangelho segundo o e spiritismoEvangelho segundo o e spiritismo
Evangelho segundo o e spiritismo
 
Suicídio
SuicídioSuicídio
Suicídio
 
Grilhoes partidos
Grilhoes partidosGrilhoes partidos
Grilhoes partidos
 
Reconciliação com os adversários
Reconciliação com os adversáriosReconciliação com os adversários
Reconciliação com os adversários
 
Reconciliação com os adversarios
Reconciliação com os adversariosReconciliação com os adversarios
Reconciliação com os adversarios
 
Grilhoespartidos
GrilhoespartidosGrilhoespartidos
Grilhoespartidos
 
Obsessão doença moral
Obsessão doença moralObsessão doença moral
Obsessão doença moral
 
Palestra perdão e reparação 31.07.16
Palestra perdão e reparação 31.07.16Palestra perdão e reparação 31.07.16
Palestra perdão e reparação 31.07.16
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - resignacao
( Espiritismo)   # - amag ramgis - resignacao( Espiritismo)   # - amag ramgis - resignacao
( Espiritismo) # - amag ramgis - resignacao
 
Idiotismo e loucura
Idiotismo e loucuraIdiotismo e loucura
Idiotismo e loucura
 
Livro dos Espíritos Q373 ESE cap.28 item40
Livro dos Espíritos Q373 ESE cap.28 item40Livro dos Espíritos Q373 ESE cap.28 item40
Livro dos Espíritos Q373 ESE cap.28 item40
 
Como superar as dificuldades, sofrimentos e dores 2
Como superar as dificuldades, sofrimentos e dores 2Como superar as dificuldades, sofrimentos e dores 2
Como superar as dificuldades, sofrimentos e dores 2
 
A dinãmica do perdão
A dinãmica do perdão A dinãmica do perdão
A dinãmica do perdão
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 12 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 12 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 12 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 12 doc
 
Livro dos Espíritos 389 ESE cap.28 item 69
Livro dos Espíritos 389 ESE cap.28 item 69Livro dos Espíritos 389 ESE cap.28 item 69
Livro dos Espíritos 389 ESE cap.28 item 69
 
Palestra ESE cap 10 Bem-aventurados os misericordiosos
Palestra ESE cap 10 Bem-aventurados os misericordiososPalestra ESE cap 10 Bem-aventurados os misericordiosos
Palestra ESE cap 10 Bem-aventurados os misericordiosos
 

Semelhante a Vicios e delitos

Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
gabiparavoce
 
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
EWALDO DE SOUZA
 
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
guestae3c203
 

Semelhante a Vicios e delitos (20)

Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
 
Reforma íntima: uma abordagem espírita
Reforma íntima:   uma abordagem espíritaReforma íntima:   uma abordagem espírita
Reforma íntima: uma abordagem espírita
 
Amor, Única Solução
Amor, Única SoluçãoAmor, Única Solução
Amor, Única Solução
 
Apostila 07 doc
Apostila 07 docApostila 07 doc
Apostila 07 doc
 
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 07 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 07 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 07 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 07 doc
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 07 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 07 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 07 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 07 doc
 
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 07 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -doc - 07 docApostila obsessão   lar rubataiana -doc - 07 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -doc - 07 doc
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
 
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
Nas Fronteiras da Loucura - Divaldo Pereira Franco pelo Espírito Manoel Philo...
 
Egoismo
EgoismoEgoismo
Egoismo
 
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia ProfundaJesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
Jesus e o Evangelho à Luz da Psicologia Profunda
 
08 examinando a obsessao perante obsidiados
08   examinando a obsessao perante obsidiados08   examinando a obsessao perante obsidiados
08 examinando a obsessao perante obsidiados
 
Apostila Módulo VI - Projeto Mediunidade Sem Tabu
Apostila Módulo VI - Projeto Mediunidade Sem TabuApostila Módulo VI - Projeto Mediunidade Sem Tabu
Apostila Módulo VI - Projeto Mediunidade Sem Tabu
 
Obsessão e desobsessao
Obsessão e desobsessaoObsessão e desobsessao
Obsessão e desobsessao
 
Estranhos rumos seguros roteiros - O Homem Integral - Cap II
Estranhos rumos seguros roteiros  - O Homem Integral - Cap IIEstranhos rumos seguros roteiros  - O Homem Integral - Cap II
Estranhos rumos seguros roteiros - O Homem Integral - Cap II
 
13ª aula da obsessão - conceitos e causas - coem
13ª aula   da obsessão - conceitos e causas - coem13ª aula   da obsessão - conceitos e causas - coem
13ª aula da obsessão - conceitos e causas - coem
 
Sexo e obsessão
Sexo e obsessãoSexo e obsessão
Sexo e obsessão
 
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
 
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
6920506 divaldo-franco-joanna-de-angelis-o-ser-consciente[1]
 
O ser consciente divaldo franco joanna de angelis
O ser consciente divaldo franco joanna de angelisO ser consciente divaldo franco joanna de angelis
O ser consciente divaldo franco joanna de angelis
 

Mais de Bernadete Costa (13)

Convite a coragem
Convite a coragemConvite a coragem
Convite a coragem
 
Convite a parcimonia
Convite a parcimoniaConvite a parcimonia
Convite a parcimonia
 
Convite ao progresso
Convite ao progressoConvite ao progresso
Convite ao progresso
 
Erro e queda
Erro e quedaErro e queda
Erro e queda
 
Convite a coragem
Convite a coragemConvite a coragem
Convite a coragem
 
Convite a calma
Convite a calma  Convite a calma
Convite a calma
 
Ante o amor
Ante o amorAnte o amor
Ante o amor
 
Sob dores extenuantes
 Sob dores extenuantes Sob dores extenuantes
Sob dores extenuantes
 
Críticos impiedosos
Críticos impiedososCríticos impiedosos
Críticos impiedosos
 
A criança na casa espírita
A criança na casa espíritaA criança na casa espírita
A criança na casa espírita
 
Considerando o medo
Considerando o medoConsiderando o medo
Considerando o medo
 
Ante dissenções
Ante dissençõesAnte dissenções
Ante dissenções
 
Considerando o arrependimento
Considerando o arrependimentoConsiderando o arrependimento
Considerando o arrependimento
 

Último

O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
thandreola
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
MilyFonceca
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
StelaWilbert
 

Último (15)

Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptxBíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
Bíblia sagrada - JOel - slides powerpoint.pptx
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Oração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De CássiaOração De Santa Rita De Cássia
Oração De Santa Rita De Cássia
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
O SAGRADO CORAÇÃO DA JUSTIÇA II / 25/05/2024
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Lição 8 - Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
Auxiliar adolescentes 2° trimestre de 2024.
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 

Vicios e delitos

  • 1. VÍCIOS E DELITOS – Joanna de Angelis- 40
  • 2. Entra em acordo sem demora com o teu adversário, enquanto estás com ele a caminho, para que o adversário, não te entregue ao juiz, o juiz ao oficial de justiça , e sejas recolhido a prisão. Em verdade te digo que não sairás daqui, enquanto não pagares o último centavo ( Mateus 5: 25 e 26)
  • 3. Precisamos revisar nossas concepções sobre os vícios. Não podemos entendê-los como uma problemática que abrange, exclusivamente, delinquentes e vadios. Em verdade, viciados são todos aqueles que se enfraqueceram diante da vida e se refugiaram na dependência de pessoas ou substância Hammed – As dores da Alma
  • 4. Por serem carentes e sofridos, entregaram sua força de vontade ao poder dos tóxicos, procurando se esquecer de algo que, talvez nem mesmo saibam: “eles próprios”, pois não aguentam suportar seu mundo mental em desalinho. Não é ocioso apenas o que nada faz, mas também o que poderia empregar seu tempo”. A ociosidade é uma porta que se abre para os vícios, é uma casa sem paredes; as “serpentes” podem entrar nela por todos os lados. Hammed – As dores da alma
  • 5. Ao longo de nossas vidas, somos impelidos de fazer escolhas, muitas vezes fazemos opções elegendo aquilo que acreditamos ser o melhor para nós, e rejeitamos, declaradamente, certas coisas. E fazemos opções também destituídas de intenção e de consciência. Todos esses aspectos não escolhidos vão constituindo, pouco a pouco a nossa sombra. Espelhos da Alma. Uma jornada terapêutica
  • 6. Sombra não é negativa em si, mas ganha essa conotação conforme a formação da personalidade. O que para alguns é inaceitável para outros pode não ser. A sombra que existe no ser humano não deve ser combatida, sendo diluída pela integração na sua realidade pessoal. Para dilui-la teremos que treinar o perdão e o auto amor, para que possamos criar um elo profundo com a vida. Espelhos da Alma. Uma jornada terapêutica
  • 7. Condicionamentos passados fortemente fixados nos tecidos sutis do espírito ressurgem como incontidas impulsões1, que se transformam em vigorosos senhores dos que lhes padecem a injunção. 2 1- Impulsões: ato involuntário , tendência para agir sem reflexão, estímulo 2- injunção: imposição Joana de Angelis
  • 8. Procedentes do pretérito espiritual, fazem-se dilaceração da alma desde cedo, quando o processo da reencarnação se consuma... Constituem imperiosos tormentos que aparecem reiteradamente, dominam e destroem os seus êmulos1. Formam as paisagens lôbregas2 do mundo moral da criatura humana. 1- êmulos : adversário, competidor , rival 2- lôbregas:Sombrio; sem claridade; diz-se do lugar escuro: ambiente lôbrego Joana de Angelis
  • 9. Tomam corpo em decorrência dos maus hábitos, estimulados pela insensatez, cultivados pela permissividade social. Assumem aspeto inocente e se incorporam à personalidade, tornando-se uma segunda natureza que absorve os recursos superiores da vida, culminando por seviciar e vencer os que derrapam na sua inditosa direção.
  • 10. Defluem de inspirações perniciosas de mentes desencarnadas, em processo insinuante de obsessão simples, que se converte em subjugação selvagem, mediante a qual os compares se sustentam e se estremunham, infelicitando-se reciprocamente em doloroso processo de longo curso em que se interdependem, amargurados.
  • 11. Obsessão Simples “Instala-se suavemente, quando o pensamento intruso persiste em tentativa de fixação. Confunde-se com os próprios conflitos do paciente que ressumam do inconsciente atual, gerando inquietações. Transformam-se em monólogos insistentes que produzem receios ,insatisfações, incompreensões, manias, passando Joanna de Angelis – Encontro com a Paz
  • 12. Fascinação “Apresenta-se nas posturas irrefletidas e nos comportamentos estranhos a que se entregam as suas vítimas, sempre considerando-se portadoras da total razão e do conhecimento da verdade, irredutíveis nos seus pontos de vista, mesmo naqueles que são absurdos ante a mais singela análise, impedindo a lógica do senso comum.” Joanna de Angelis – Encontro com a Paz
  • 13. Subjugação “É o estágio mais avançado eperverso do processo alienante. Poder esultar da sucessão das fases anteriores, mas não necessariamente. As patologias da subjugação deprimem o Self que perde o controle sobre o ego e as faculdades de comando mental.” “Considerando-se a gravidade das obsessões, é sempre oportuno o atendimento médico simultâneo, de forma que sejam recuperados os órgãos afetados pelo transtorno, sempre portador de fluidos e vibrações perniciosos que enfermam o conjunto fisiológico.” Joanna de Ângelis – Encontros com a Paz e a Saúde, p. 136
  • 14. Seja sob qual aparência os descubras em ti, não lhes dês trégua. A mentira inocente estimulada transforma-se, um dia, numa calúnia bem urdida. Uma taça de licor singela, repetida, faz-se veículo de alcoolofilia martirizante. Um delíquio moral momentâneo, aceito com naturalidade, abre as portas da dignidade à corrupção.
  • 15. Sê severo nos teus compromissos morais, nas tuas relações sociais, impondo-te elevação e austeridade. Um descuido, uma concessão e se estabelecem os vínculos inditosos. Morigeração e cuidado deves manter, mesmo que os outros se favoreçam com maior soma de liberdade, a fim de preservar-te das artimanhas dos vícios e delitos que trazes do ontem, que podes adquirir hoje e que estão fáceis por toda parte... *
  • 16. Sublimes realizações, tarefas nobilitantes que suportaram graves investidas do mal, homens e mulheres resolutos que se ofereceram ao bem e ao dever, tombaram, inermes, ante os vapores dos vícios sociais e delitos morais aparentemente ingênuos, que terminaram por vencer as decisões robustas em que fraquejaram... Vigia e perscruta teus sentimentos.
  • 17. Se descobrires tendências e inclinações não adies o combate, nem te concedas pieguismo. Luta e vence-os de uma vez, arrebentando os elos mantenedores da viciação e dos delitos, a fim de lograres o êxito que persegues, anelas e necessitas.
  • 18. Vamos olhar para todas as potencialidades que existem em nós , e permitir que elas façam parte de nossa vida, é nos dar a chance de nascer de novo, nesta vida, e entender que “ninguém se encontraria reencarnado na Terra, não tivesse a existência uma finalidade superior.
  • 19. Como toda faxina , precisaremos de alguns utensílios: Coragem para crescer, responsabilidade pelas escolhas e consequência delas, aguentar a solidão do processo, amor incondicional pela pessoa que somos e gratidão pela vida que temos. É hora de pensarmos em toda tristeza que já podemos ter provocado nos outros em decorrência da nossa vida bloqueada e nos conectar com o trabalho que curará nossa alma.
  • 20. E se realmente queremos deixar algo para alguém que amamos, deixemos o exemplo de alguém que acreditou tanto na vida que trabalhou por ela e para ela, com todo o afinco. BOA NOITE EM 2017