CURSO: TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃOMEC- DIRETORIA DE ENSINO DE PIRACICABA,SP                               CURSISTAS:        Fl...
UMA PROPOSTAObjetivo: desenvolver uma webquestEtapas:Escolha do tema: resistência dos africanos e seus descendentes no ...
Uma proposta (continuação)Redação do texto da webquestCorreção e readequação do texto da webquestCriação da página do b...
Webquest desenvolvida em agosto de 2012 por Valquiria e Flávia sob orientação daprofessora Marisete
Objetivo da webquestTodos nós sabemos que houve escravidão no Brasil no contexto histórico da América Portuguesa (1530-18...
TAREFASVisitem as páginas a seguir para obter as informações necessárias à realização da atividade final   que é a produçã...
ORIENTAÇÕES PARAELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃOÉ importante que tenham lido atenciosamente os textos que indicamos a vocês. Proc...
CONCLUSÃOO estudo sobre a resistência de africanos e seus descendentes à escravidão está diretamente associada à negação ...
Um sonhoDesenvolver atividade -webquest – a partir do uso docomputador e internet - comalunos da Escola Estadual DeEnsino...
RESULTADOSVárias tentativas foram feitas para que os alunos pudessem desenvolver as atividades propostas na webquest.Não...
CONCLUSÃOEstamos vivendo num momento bem peculiar na história da educação no Estado de São Paulo.Nós professores procura...
REFERÊNCIAS Cartilha dos Direitos Humanos. Disponível em:  http://portal.mj.gov.br/sedh/documentos/CartilhaZiraldo.pdf Ac...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Produção de relato multimídia

600 visualizações

Publicada em

Relato Multimídia de atividade realizada para o curso "Tecnologias na educação" - MEC - Diretoria de Ensino de Piracicaba, SP, 2012

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Produção de relato multimídia

  1. 1. CURSO: TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃOMEC- DIRETORIA DE ENSINO DE PIRACICABA,SP CURSISTAS: Flávia Modolo e Valquiria M. Augusti TUTORA: Marisete
  2. 2. UMA PROPOSTAObjetivo: desenvolver uma webquestEtapas:Escolha do tema: resistência dos africanos e seus descendentes no contexto da América PortuguesaElaboração de um roteiro de subtemas para levantamento de sites para serem consultados pelos alunos.Publicação da webquest no blogger
  3. 3. Uma proposta (continuação)Redação do texto da webquestCorreção e readequação do texto da webquestCriação da página do blog com textos e links específicos para a realização da atividade
  4. 4. Webquest desenvolvida em agosto de 2012 por Valquiria e Flávia sob orientação daprofessora Marisete
  5. 5. Objetivo da webquestTodos nós sabemos que houve escravidão no Brasil no contexto histórico da América Portuguesa (1530-1822) e no Brasil Imperial (1822-1889). Indígenas, africanos e seus descendentes foram escravizados pelos portugueses e brasileiros que aqui viviam. É claro que eles resistiram de diversas maneiras.A escravidão é uma forma de desrespeito aos direitos humanos. Desta forma, é muito importante que nós brasileiros conheçamos a nossa história para que tenhamos uma visão crítica e que valorize os direitos humanos.Pensamos esta webquest tendo em vista favorecer a aprendizagem sobre a resistência dos africanos e seus descendentes à escravidão durante esses períodos da história brasileira. Leiam com atenção as orientações para que possam atender aos objetivos propostos.
  6. 6. TAREFASVisitem as páginas a seguir para obter as informações necessárias à realização da atividade final que é a produção de um texto dissertativo sobre "Resistência dos africanos e seus descendentes à escravidão na América Portuguesa e Brasil Imperial": 1. Há diversos documentos visuais e escritos que indicam a forma como os escravos eram tratados pelos seus "senhores". Leonardo de Castro escreveu um texto interessante sobre este assunto chamado "Escravidão e resistência" Para ler o texto é só clicar no título do texto. Leiam os textos e respondas as perguntas a seguir: 1.1. Quais os tipos de violência e castigos sofridos pelos escravos segundo Leonardo de Castro? 1.2. Cite as formas de resistência mencionadas no texto? 2. Os quilombos foram uma das formas de resistência mais temidas pelos "senhores de escravos". 2.1. Explique o que foram os quilombos. 2.2. Por que os quilombos eram tão temidos pelos "senhores de escravos"?Vocês sabem que a escravidão é um desrespeito aos Direitos Humanos. Mas o que são Direitos Humanos? Leia a Cartilha Dos Direitos Humanos que foi elaborado pelo Ziraldo. O Ziraldo escreveu muitas obras interessantes e é por isso que o mencionamos aqui.
  7. 7. ORIENTAÇÕES PARAELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃOÉ importante que tenham lido atenciosamente os textos que indicamos a vocês. Procurem as informações solicitadas e façam as anotações em seu caderno ou no word.Se quiserem, visitem outros sites que tratam do mesmo assunto. Lembrem-se de anotar o endereço eletrônico das páginas consultadas. Para escrever a dissertação sobre resistência dos africanos e seus descendentes nos períodos denominados América Portuguesa (1530-1822) e Brasil imperial (1822-1889) sigam o roteiro a seguir: - escolham um título para sua dissertação; - elaborem uma introdução (indique qual é o objetivo do texto); - no desenvolvimento mencionem que houve escravidão no Brasil nos períodos estudados, citem as formas de violência e castigos; mencionem as formas de resistência à escravidão; - concluam com uma avaliação sobre a resistência dos africanos e seus descendentes à escravidão e negação dos direitos humanos nesses períodos.
  8. 8. CONCLUSÃOO estudo sobre a resistência de africanos e seus descendentes à escravidão está diretamente associada à negação dos direitos humanos.A luta pela sobrevivência das pessoas que foram escravizadas demonstra que os africanos e seus descendentes não agiram apaticamente à situação que lhes foi imposta. Da África ao continente americano sofreram privações e opressões. Muitos morreram no caminho! Outros morreram na América Portuguesa (1530-1822) e no Brasil Imperial (1822-1889) devido aos maus-tratos e condições precárias de vida e trabalho nas casas-grandes, senzalas e nas cidades.Esperamos que vocês tenham apreendido que mesmo sendo escravos eles não foram passivos, foram sujeitos de sua história!
  9. 9. Um sonhoDesenvolver atividade -webquest – a partir do uso docomputador e internet - comalunos da Escola Estadual DeEnsino Fundamental JardimGilda
  10. 10. RESULTADOSVárias tentativas foram feitas para que os alunos pudessem desenvolver as atividades propostas na webquest.Não houve, no entanto, condições para a realização da atividade.
  11. 11. CONCLUSÃOEstamos vivendo num momento bem peculiar na história da educação no Estado de São Paulo.Nós professores procuramos fazer cursos que visam o uso das tecnologias da informação e da comunicação na escola. Entretanto, muitas vezes não temos condições estruturais, recursos tecnológicos e humanos que proporcionem as condições para o desenvolvimento e aplicação de propostas diferenciadas de ensino tendo em vista a aprendizagem significativa.Ficamos no giz, lousa, caneta, papel, lápis ...e muita boa vontade para desenvolver projetos educativos que articulam o uso das diferentes linguagens – literatura, cinema, artes, etc - que já são usadas na escola há muito tempo. Não são recursos usados por todos os professores, mas estão presentes.
  12. 12. REFERÊNCIAS Cartilha dos Direitos Humanos. Disponível em: http://portal.mj.gov.br/sedh/documentos/CartilhaZiraldo.pdf Acesso em setembro de 2012 ZIRALDO. (web site oficial) Disponível em: http://www.ziraldo.com/ acesso em outubro de 2012. CASTRO, Leonardo. Escravidão e resistência no Brasil. In: Nova HistóriaNet. Disponível: http://novahistorianet.blogspot.com.br/2009/01/escravido-e-resistncia-no- brasil.html acesso em setembro de 2012 . PROINFO. Tecnologias na educação: ensinando e aprendendo com as TICs. Brasil: MEC, Secretaria de Educação à distância, 2012 .

×