SlideShare uma empresa Scribd logo

Diversidade, Identidade e Sustentabilidade  

N
Nina Lopes

Diversidade Cultural

1 de 34
Baixar para ler offline
NOVEMBRO DE 2015
Projeto Diversidade,
Identidade e
Sustentabilidade
Culminância do Projeto
Dia: 28/11
Horário de 17h às 19h
NOVEMBRO DE 2015
Projeto Diversidade, Identidade e Sustentabilidade
Por que este projeto?
Neste 3º trimestre o projeto trabalhou com foco no tema
Diversidade e Identidade, onde foi trabalhado o problema
de discriminação.
A discriminação envolveu a raça, cor, gênero...
No dia 20 de Novembro, comemora-se o DIA DA
CONSCIÊNCIA NEGRA.
Por intermédio das atividades desenvolvidas, pretende-se
criar oportunidades para que os alunos, professores,
enfim, toda a comunidade escolar conheça a trajetória
histórica do povo negro brasileiro na construção de sua
cidadania plena.
NOVEMBRO DE 2015
Projeto Diversidade, Identidade e Sustentabilidade
Desta forma, espera-se que os alunos da
área de Ciências Humanas demonstre os
resultados das ações desenvolvidas ao
longo do trimestre.
Para isso apresentamos alguns temas
como sugestão de trabalho, a fim de
apresentar na culminância do projeto,
conforme segue:
NOVEMBRO DE 2015
Projeto Diversidade, Identidade e Sustentabilidade
Tema - Grandes Personalidades Negras
Atualmente, faz parte das reivindicações dos
Movimentos Sociais Negros, em sua luta contra o
racismo, o desvelamento da verdadeira história
do povo negro neste país.
Tirar do anonimato fatos históricos e figuras
ilustres, que se destacaram brilhantemente como
líderes nas lutas em favor do povo negro.
ZUMBI
 Libertador dos Escravos - 1655- 1695
 QUANDO TUDO ACONTECEU...
 1600: Negros fugidos ao trabalho escrevo nos
engenhos de açúcar de Pernambuco, fundam na Serra
da barriga o Quilombo de palmares; a população não
pára de aumentar. Chegarão a 30 mil. Para os
escravos, Palmares é a Terra da Promissão.
 1630: Os holandeses invadem o Nordeste brasileiro.
 1644: Tal como antes falharam os portugueses os
holandeses falham a tentativa de aniquilar o quilombo
de Palmares.
 1654: Os portugueses expulsam os holandeses do
Nordeste brasileiro.
 1665: Nasce Zumbi, num dos mocambos de Palmares.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ritmos Afro Brasileiros
Ritmos Afro BrasileirosRitmos Afro Brasileiros
Ritmos Afro Brasileirosculturaafro
 
Cultura Afro Brasileira
Cultura Afro   BrasileiraCultura Afro   Brasileira
Cultura Afro Brasileiramartinsramon
 
SensibilizaçãO Mostra
SensibilizaçãO MostraSensibilizaçãO Mostra
SensibilizaçãO Mostradeuseli
 
Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.
Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.
Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.Glauco Ricciele
 
OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...
OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...
OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...Claudia Elisabete Silva
 
Plano anual de atividades da diversidade etnico racial do rosa sverner de 2012
Plano anual de atividades da diversidade etnico racial do rosa sverner de 2012Plano anual de atividades da diversidade etnico racial do rosa sverner de 2012
Plano anual de atividades da diversidade etnico racial do rosa sverner de 2012welhington123
 
Uma historia do negro no brasil
Uma historia do negro no brasilUma historia do negro no brasil
Uma historia do negro no brasilnatielemesquita
 
Projeto brasil sem preconceito
Projeto brasil sem preconceitoProjeto brasil sem preconceito
Projeto brasil sem preconceitoWilson Lima
 
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão históricaCultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão históricaWesly Alves de Sá
 
Apresentação áfrica
Apresentação  áfricaApresentação  áfrica
Apresentação áfricavaleriattayde
 
ARTE E CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA NAS ESCOLAS: INFLUÊNCIA AFRICANA ...
  ARTE E CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA NAS ESCOLAS: INFLUÊNCIA AFRICANA ...  ARTE E CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA NAS ESCOLAS: INFLUÊNCIA AFRICANA ...
ARTE E CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA NAS ESCOLAS: INFLUÊNCIA AFRICANA ...Alexia Oliveira
 
Cultura negra / Afro-Brasileira
Cultura negra / Afro-BrasileiraCultura negra / Afro-Brasileira
Cultura negra / Afro-BrasileiraNiela Tuani
 

Mais procurados (17)

Ritmos Afro Brasileiros
Ritmos Afro BrasileirosRitmos Afro Brasileiros
Ritmos Afro Brasileiros
 
Cultura Afro Brasileira
Cultura Afro   BrasileiraCultura Afro   Brasileira
Cultura Afro Brasileira
 
SensibilizaçãO Mostra
SensibilizaçãO MostraSensibilizaçãO Mostra
SensibilizaçãO Mostra
 
Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.
Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.
Educação para as relações étnico-raciais e ensino de cultura Afro brasileira.
 
Historia da Africa
Historia da AfricaHistoria da Africa
Historia da Africa
 
OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...
OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...
OT Múltiplas histórias na sala de aula: história africana, afro-brasileira e ...
 
Cultura afro descendente
Cultura afro descendenteCultura afro descendente
Cultura afro descendente
 
Plano anual de atividades da diversidade etnico racial do rosa sverner de 2012
Plano anual de atividades da diversidade etnico racial do rosa sverner de 2012Plano anual de atividades da diversidade etnico racial do rosa sverner de 2012
Plano anual de atividades da diversidade etnico racial do rosa sverner de 2012
 
Uma historia do negro no brasil
Uma historia do negro no brasilUma historia do negro no brasil
Uma historia do negro no brasil
 
Projeto brasil sem preconceito
Projeto brasil sem preconceitoProjeto brasil sem preconceito
Projeto brasil sem preconceito
 
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão históricaCultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
Cultura indígena e cultura afro uma reflexão histórica
 
Apresentação áfrica
Apresentação  áfricaApresentação  áfrica
Apresentação áfrica
 
Slide africa
Slide africaSlide africa
Slide africa
 
OP Os povos africanos
OP Os povos africanosOP Os povos africanos
OP Os povos africanos
 
ARTE E CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA NAS ESCOLAS: INFLUÊNCIA AFRICANA ...
  ARTE E CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA NAS ESCOLAS: INFLUÊNCIA AFRICANA ...  ARTE E CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA NAS ESCOLAS: INFLUÊNCIA AFRICANA ...
ARTE E CULTURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA NAS ESCOLAS: INFLUÊNCIA AFRICANA ...
 
Cultura negra / Afro-Brasileira
Cultura negra / Afro-BrasileiraCultura negra / Afro-Brasileira
Cultura negra / Afro-Brasileira
 
Q9
Q9Q9
Q9
 

Semelhante a Diversidade, Identidade e Sustentabilidade  

Cultura afro-brasileira
Cultura afro-brasileiraCultura afro-brasileira
Cultura afro-brasileiraVictor Mattos
 
Cultura Afro Brasileira B Roxo
Cultura Afro Brasileira B RoxoCultura Afro Brasileira B Roxo
Cultura Afro Brasileira B RoxoANA CRISTINA
 
slides formação da população brasileira.pdf
slides formação da população brasileira.pdfslides formação da população brasileira.pdf
slides formação da população brasileira.pdfStfaniSousa1
 
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdfRaizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdfMaria Claudia F.Graca
 
Web aula 1éder
Web aula 1éderWeb aula 1éder
Web aula 1éderDudu1980
 
Web aula 1éder
Web aula 1éderWeb aula 1éder
Web aula 1éderDudu1980
 
Atividade -hist-geo_-17-11_(1)
Atividade  -hist-geo_-17-11_(1)Atividade  -hist-geo_-17-11_(1)
Atividade -hist-geo_-17-11_(1)Washington Rocha
 
Trab. socio miscigenação cultural brasileira
Trab. socio miscigenação cultural brasileiraTrab. socio miscigenação cultural brasileira
Trab. socio miscigenação cultural brasileiraMinguimingui
 
consciencia_negra-_professora_camila_correa-_ei.docx.doc
consciencia_negra-_professora_camila_correa-_ei.docx.docconsciencia_negra-_professora_camila_correa-_ei.docx.doc
consciencia_negra-_professora_camila_correa-_ei.docx.docisauraprof23
 
Africa & cultura afrobrasileira
Africa & cultura afrobrasileiraAfrica & cultura afrobrasileira
Africa & cultura afrobrasileiraEliphas Rodrigues
 
Remanescentes Culturais Africanos no Brasil
Remanescentes Culturais Africanos no BrasilRemanescentes Culturais Africanos no Brasil
Remanescentes Culturais Africanos no BrasilTathy Pereira
 

Semelhante a Diversidade, Identidade e Sustentabilidade   (20)

Afro Brasileira
Afro BrasileiraAfro Brasileira
Afro Brasileira
 
Cultura afro-brasileira
Cultura afro-brasileiraCultura afro-brasileira
Cultura afro-brasileira
 
Cultura Afro Brasileira B Roxo
Cultura Afro Brasileira B RoxoCultura Afro Brasileira B Roxo
Cultura Afro Brasileira B Roxo
 
slides formação da população brasileira.pdf
slides formação da população brasileira.pdfslides formação da população brasileira.pdf
slides formação da população brasileira.pdf
 
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdfRaizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
Raizes_Culturais_Brasileiras__Africanos__ensino_basico.pdf
 
Karine e lorane 5 b
Karine e lorane 5 bKarine e lorane 5 b
Karine e lorane 5 b
 
Cultura afro
Cultura afroCultura afro
Cultura afro
 
Geografia a
Geografia  aGeografia  a
Geografia a
 
Web aula 1éder
Web aula 1éderWeb aula 1éder
Web aula 1éder
 
Web aula 1éder
Web aula 1éderWeb aula 1éder
Web aula 1éder
 
Dia da consciência negra
Dia da consciência negraDia da consciência negra
Dia da consciência negra
 
Dia da consciência negra
Dia da consciência negraDia da consciência negra
Dia da consciência negra
 
BR IMIGRANTES.pptx
BR IMIGRANTES.pptxBR IMIGRANTES.pptx
BR IMIGRANTES.pptx
 
Da origem do hip
Da origem do hipDa origem do hip
Da origem do hip
 
Atividade -hist-geo_-17-11_(1)
Atividade  -hist-geo_-17-11_(1)Atividade  -hist-geo_-17-11_(1)
Atividade -hist-geo_-17-11_(1)
 
Documento de Helena.pptx
Documento de Helena.pptxDocumento de Helena.pptx
Documento de Helena.pptx
 
Trab. socio miscigenação cultural brasileira
Trab. socio miscigenação cultural brasileiraTrab. socio miscigenação cultural brasileira
Trab. socio miscigenação cultural brasileira
 
consciencia_negra-_professora_camila_correa-_ei.docx.doc
consciencia_negra-_professora_camila_correa-_ei.docx.docconsciencia_negra-_professora_camila_correa-_ei.docx.doc
consciencia_negra-_professora_camila_correa-_ei.docx.doc
 
Africa & cultura afrobrasileira
Africa & cultura afrobrasileiraAfrica & cultura afrobrasileira
Africa & cultura afrobrasileira
 
Remanescentes Culturais Africanos no Brasil
Remanescentes Culturais Africanos no BrasilRemanescentes Culturais Africanos no Brasil
Remanescentes Culturais Africanos no Brasil
 

Último

Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...apoioacademicoead
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxColmeias
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoMariaJoão Agualuza
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...Prime Assessoria
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.Prime Assessoria
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...GraceDavino
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...excellenceeducaciona
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...azulassessoriaacadem3
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...excellenceeducaciona
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Prime Assessoria
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Prime Assessoria
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...excellenceeducaciona
 

Último (20)

Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
Com base na figura exposta abaixo, Explique o modelo de determinação social d...
 
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
Vários modelos foram propostos para estudar os determinantes sociais e a tram...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 

Diversidade, Identidade e Sustentabilidade  

  • 1. NOVEMBRO DE 2015 Projeto Diversidade, Identidade e Sustentabilidade Culminância do Projeto Dia: 28/11 Horário de 17h às 19h
  • 2. NOVEMBRO DE 2015 Projeto Diversidade, Identidade e Sustentabilidade Por que este projeto? Neste 3º trimestre o projeto trabalhou com foco no tema Diversidade e Identidade, onde foi trabalhado o problema de discriminação. A discriminação envolveu a raça, cor, gênero... No dia 20 de Novembro, comemora-se o DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA. Por intermédio das atividades desenvolvidas, pretende-se criar oportunidades para que os alunos, professores, enfim, toda a comunidade escolar conheça a trajetória histórica do povo negro brasileiro na construção de sua cidadania plena.
  • 3. NOVEMBRO DE 2015 Projeto Diversidade, Identidade e Sustentabilidade Desta forma, espera-se que os alunos da área de Ciências Humanas demonstre os resultados das ações desenvolvidas ao longo do trimestre. Para isso apresentamos alguns temas como sugestão de trabalho, a fim de apresentar na culminância do projeto, conforme segue:
  • 4. NOVEMBRO DE 2015 Projeto Diversidade, Identidade e Sustentabilidade Tema - Grandes Personalidades Negras Atualmente, faz parte das reivindicações dos Movimentos Sociais Negros, em sua luta contra o racismo, o desvelamento da verdadeira história do povo negro neste país. Tirar do anonimato fatos históricos e figuras ilustres, que se destacaram brilhantemente como líderes nas lutas em favor do povo negro.
  • 6.  Libertador dos Escravos - 1655- 1695  QUANDO TUDO ACONTECEU...  1600: Negros fugidos ao trabalho escrevo nos engenhos de açúcar de Pernambuco, fundam na Serra da barriga o Quilombo de palmares; a população não pára de aumentar. Chegarão a 30 mil. Para os escravos, Palmares é a Terra da Promissão.  1630: Os holandeses invadem o Nordeste brasileiro.  1644: Tal como antes falharam os portugueses os holandeses falham a tentativa de aniquilar o quilombo de Palmares.  1654: Os portugueses expulsam os holandeses do Nordeste brasileiro.  1665: Nasce Zumbi, num dos mocambos de Palmares.
  • 7.  1665: Nasce Zumbi, num dos mocambos de Palmares.  1662: Criança ainda, Zumbi é aprisionado por soldados e dado ao padre António Melo. Foi batizado com o nome de Francisco e ejuda na missa e estudou latim e português.  1675: Na luta contra os soldados portugueses comandados pelo Sargento-mor Manuel Lopes. Zumbi revela-se grande guerreiro e organizador militar.  1680: Zumbi impera em Palmares e comanda a resistência contra as tropas portuguesas.  1694: Apoiados pela artilharia, Domingos Jorge Velho e Vieira de Mello comandam o ataque final contra a Cerca do Macaco, principal mocambo de Palmares. Embora ferido, Zumbi consegue fugir.  1695, 20 de Novembro: Denunciado por um antigo companheiro, Zumbi é localizado, preso e degolado.
  • 11. MÃE MENININHA DO GANTOIS
  • 17. Pelé
  • 23.  Desde que eram escravos, os “afro brasileiros” já possuíam uma infinidade de aspectos próprios, como por exemplo, a cultura, a religião e a arte. Capoeira – Expressão Artística Afro Brasileira – Arte Marcial Algumas Esculturas Africanas
  • 24.  Baseada nas histórias, crenças, lendas e na filosofia africana.  Basicamente feito com elementos da Natureza. Máscara de Madeira Igbo-Ukwu: arte africana em bronze
  • 25. Da Esquerda para direita: Viola, Médio e Gunga(ou Berra-Boi) Tambores
  • 26.  Entre os mais famosos estão: Pelé, Daiane dos Santos, Agnaldo Timóteo, Vanessa da Mata, Marcelo D2, Gilberto Gil, Tobias Barreto, Cafu, entre muitos outros Pelé Vanessa da Mata Gilberto Gil
  • 28.  Capoeira é uma arte marcial desenvolvida inicialmente por escravos negros no Brasil, a partir do período colonial.  Marcada por seus golpes que enganam o adversário, que geralmente são feitos no solo ou completamente invertidos.  Inicialmente criado para proteção e defesa própria  Hoje vista mais como uma forma de expressão artística, devido ao movimento que os corpos fazem, durante a prática.
  • 29.  A música criada pelos afro-brasileiros é uma mistura da música portuguesa, indígena e africana, produzindo uma grande variedade de estilos.  Entre os estilos influenciados, temos: Samba, Maracatu, Ijexá, Maxixe, Lambada, Carimbó, entre outros.  A música afro – brasileira era altamente descriminada, sendo vista como “Música para marginais” até o século XX, onde só então começou a ser melhor aceita pela população.  Dois instrumentos clássicos usados nas músicas afro – brasileiras, são os tambores e o Berimbau.
  • 30.  A cozinha brasileira deriva em grande parte da cozinha africana, mesclada com elementos da cozinha indígena e portuguesa.  Na Bahia, principalmente, pratos como vatapá e moqueca são típicos da culinária afro-brasileira.  A feijoada é o prato nacional do Brasil. É basicamente a mistura de feijões pretos, carne de porco e farofa. Começou como um prato português que os escravos negros modificaram:os donos de escravos davam as partes pobres do porco aos escravos e estes misturavam estas partes com feijão e farinha
  • 32. O Dia da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. Prega o seguinte conceito: “Desde o início da história do Brasil temos conosco os afro – descendentes, que nos ajudaram a lutar em busca de um país justo e livre. Somos influenciados por eles a todo tempo, assim como eles são influenciados por nós. Hoje devemos nos unir a eles pela luta a igualdade, assim como fizeram muitas vezes por nós.” Dia da Consciência Negra – 20/11
  • 33. Temas para trabalhar: 1 -Grandes Personalidades Negras – Jesuino 2º Seg. 2ºano ;Guilherme - 1º ano 2 –Exposição de Arte Indígena e Afro – Brasileira – Fátima – 1º ano 3 –Capoeira 4 –Música - Geraldo – 2º ano 5 –Cozinha – Exposição de Doces - Jaqueline -2º Seg. 2º ano 6 – Desfiles – Roupas típicas