SlideShare uma empresa Scribd logo
Um Axé para o
   Samba
Nomes: Caroline Heflinger
       Maria Angélica
       Rafaela Dorigan
Axe
Axé
Axé é força vital, energia, princípio da
vida, força sagrada dos orixás. Axé é
bênção, cumprimento, votos de boa-sorte
e sinônimo de Amém. Axé é poder.
Figura 1




Axé se tem, se usa, se gasta, se repõe, se acumula.
Energia Vital
                                    Fig.2
A natureza desta energia é nos preencher
de alegria, felicidade, amor, prazer, paz e
sensibilidade. Portanto, quanto mais
energia vital você absorve, mas sensível à
vida e feliz você se torna.
Fig. 3


Alegria que vem de dentro.
Corporeidade
• Corporeidade é a maneira pela qual o
  cérebro reconhece e utiliza o corpo como
  instrumento relacional com o mundo,
  relações entre ser-vivo e o ambiente
  através de seu corpo.




                                      Fig. 4
Axé
     +
Energia Vital
     +
Corporeidade
     =
Samba


 Fig. 5
• O samba surgiu da
  mistura de estilos
  musicais de origem
  africana e brasileira.
  O termo samba é de
  origem africana e
  tem seu significado
  ligado às danças
  típicas tribais do
  continente.

                           Fig.6. Instrumentos Musicais
Na década de 1930, as estações de rádio,
passam a tocar os sambas para os lares.
Os grandes sambistas e compositores
desta época são: Noel Rosa; Cartola;
Dorival Caymmi; Ary Barroso,e Adoniran
Barbosa que se consolidou com o samba
Trem das Onze.
Trem das onze
                          Não posso ficar nem mais um minuto
                          com você
                          Sinto muito amor, mas não pode ser
                          Moro em Jaçanã,
                          Se eu perder esse trem
                          Que sai agora às onze horas
                          Só amanhã de manhã.
                          Além disso, mulher
                          Tem outra coisa,
                          Minha mãe não dorme
                          Enquanto eu não chegar,
                          Sou filho único
                          Tenho minha casa para olhar
                          E eu não posso ficar.
Fig. 7 Adoniran Barbosa
Principais Tipos de
         Samba
• Samba-enredo       •   Samba-exaltação
• Samba de partido   •   Samba de breque
  alto               •   Samba de gafieira
• Pagode             •   Sambalanço
• Samba-canção
• Samba
  carnavalesco
Samba-exaltação
                                 Com letras patrióticas e ressaltando as
                                 maravilhas do Brasil, com
                                 acompanhamento de orquestra. Exemplo:
                                 Aquarela do Brasil, de
                                 Ary Barroso gravada em 1939 por
                                 Francisco Alves.


  Fig. 8 Ary Barroso


Samba de breque
Este estilo tem momentos de paradas rápidas,
onde o cantor pode incluir comentários, muitos
deles em tom crítico ou humorístico. Um dos
mestres deste estilo é Moreira da Silva .




                                                     Fig. 9 Moreira da
                                                     Silva
Referências
Axé. Disponível em:
http://portal.buziosweb.com/blog/o-axe-qual-seu-significado.html
Acesso em maio de 2012.
BRANDÃO, Ana Paula. (coord.) Saberes e fazeres, v.3 : Modos de
interagir / coordenação do projeto Ana Paula Brandão. - Rio de
Janeiro : Fundação Roberto Marinho, 2006. 152p. : il. color. - (A cor da
cultura)
Energia Vital. Disponível:
http://www.pathware.com.br/shiatsu/energia.htm Acesso em maio de
2012
Corporeidade. Disponível em:
http://www.dicionarioinformal.com.br/corporeidade/ Acesso em maio de
2012
Samba. Disponível em: http://www.suapesquisa.com/samba Acesso
em maio de 2012
LISTA DE FIGURAS

Foto 1. ___
Foto 2: www.imbui.com.br/conteudo/noticias/bahia/imagens/ acesso
em maio de 2012.
Foto 3: ://www.oitopassos.com/2011/12/29/fotos-de-bebes-afro-desc
acesso em maio de 2012.
Foto 4:http: www.ufjf.br acesso em maio de 2012.
Foto 5: Imagem (sem autoria). Disponível em:
http://www.botequimdosamba.com.br/portal/images/stories/samba-escola.jpg
 Acesso em maio de 2012.
Foto 6: Instrumentos Musicais. Disponíveis em:
http://buracodafechadura.files.wordpress.com acesso em maio de
2012.
 Foto 7: Adoniran Barbosa. Disponível em: http://www.lastfm.com.br
acesso em maio de 2012.
Foto 8: Ary Barroso. Disponível em:
http://receitadesamba.wordpress.com acesso em maio de 2012.
Foto9 : Moreira Da Silva. Disponível em: http://blogln.ning.com
acesso em maio de 2012.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Samba Choro
Samba ChoroSamba Choro
Samba Choro
JulianeCQuatrochi
 
Samba além do carnaval
Samba além do carnavalSamba além do carnaval
Samba além do carnaval
Thaiz Reciolino
 
Samba
SambaSamba
Hotmail
HotmailHotmail
ED. FÍSICA: Xote & Baião
ED. FÍSICA: Xote & BaiãoED. FÍSICA: Xote & Baião
ED. FÍSICA: Xote & Baião
BlogSJuniinho
 
Samba canção
Samba cançãoSamba canção
Origens do frevo
Origens do frevoOrigens do frevo
Origens do frevo
Daniele Duque
 
Música
MúsicaMúsica
Música
Kah Aquinuu
 
Gêneros musicais - Samba
Gêneros musicais - SambaGêneros musicais - Samba
Gêneros musicais - Samba
Nathália Rodrigues
 
Trabalho gênero musical - Ingrid e Miréia - Samba
Trabalho gênero musical - Ingrid e Miréia - SambaTrabalho gênero musical - Ingrid e Miréia - Samba
Trabalho gênero musical - Ingrid e Miréia - Samba
escolafranciscozilli
 
Danca certo
Danca certoDanca certo
Danca certo
melissageraldo
 
Jogo Samba
Jogo SambaJogo Samba
Jogo Samba
Thaiz Reciolino
 
Samba breno e leonardo higa
Samba breno e leonardo higaSamba breno e leonardo higa
Samba breno e leonardo higa
ceciliavanessa
 
o samba
o sambao samba
Bolero
Bolero Bolero
O samba e suas origens ademir
O samba e suas origens    ademirO samba e suas origens    ademir
O samba e suas origens ademir
Ademir da Silva
 
SAMBA- TURMA 3003
SAMBA- TURMA 3003SAMBA- TURMA 3003
SAMBA- TURMA 3003
portomariana
 
Frevo
Frevo Frevo
Presentaci+¦n1 samba
Presentaci+¦n1 sambaPresentaci+¦n1 samba
Presentaci+¦n1 samba
Elô Ribeiro
 
Danças existentes
Danças existentesDanças existentes
Danças existentes
euler223
 

Mais procurados (20)

Samba Choro
Samba ChoroSamba Choro
Samba Choro
 
Samba além do carnaval
Samba além do carnavalSamba além do carnaval
Samba além do carnaval
 
Samba
SambaSamba
Samba
 
Hotmail
HotmailHotmail
Hotmail
 
ED. FÍSICA: Xote & Baião
ED. FÍSICA: Xote & BaiãoED. FÍSICA: Xote & Baião
ED. FÍSICA: Xote & Baião
 
Samba canção
Samba cançãoSamba canção
Samba canção
 
Origens do frevo
Origens do frevoOrigens do frevo
Origens do frevo
 
Música
MúsicaMúsica
Música
 
Gêneros musicais - Samba
Gêneros musicais - SambaGêneros musicais - Samba
Gêneros musicais - Samba
 
Trabalho gênero musical - Ingrid e Miréia - Samba
Trabalho gênero musical - Ingrid e Miréia - SambaTrabalho gênero musical - Ingrid e Miréia - Samba
Trabalho gênero musical - Ingrid e Miréia - Samba
 
Danca certo
Danca certoDanca certo
Danca certo
 
Jogo Samba
Jogo SambaJogo Samba
Jogo Samba
 
Samba breno e leonardo higa
Samba breno e leonardo higaSamba breno e leonardo higa
Samba breno e leonardo higa
 
o samba
o sambao samba
o samba
 
Bolero
Bolero Bolero
Bolero
 
O samba e suas origens ademir
O samba e suas origens    ademirO samba e suas origens    ademir
O samba e suas origens ademir
 
SAMBA- TURMA 3003
SAMBA- TURMA 3003SAMBA- TURMA 3003
SAMBA- TURMA 3003
 
Frevo
Frevo Frevo
Frevo
 
Presentaci+¦n1 samba
Presentaci+¦n1 sambaPresentaci+¦n1 samba
Presentaci+¦n1 samba
 
Danças existentes
Danças existentesDanças existentes
Danças existentes
 

Destaque

Axé Turma 2002
Axé Turma 2002Axé Turma 2002
Axé Turma 2002
Manuel de Abreu
 
Slidemusic axe
Slidemusic axeSlidemusic axe
Case Axe
Case AxeCase Axe
Projeto dança
Projeto dançaProjeto dança
Projeto dança
Facebio Biologia
 
Projeto Dança e Saúde
Projeto Dança e SaúdeProjeto Dança e Saúde
Projeto Dança e Saúde
Leandro Martins
 
Apostila ensino médio danca
Apostila ensino médio dancaApostila ensino médio danca
Apostila ensino médio danca
Reginaldo Pazinatto
 
Mpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigidoMpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigido
Elô Ribeiro
 
Axe
AxeAxe
Sangue e a importância dos seus constituintes
Sangue e a importância dos seus constituintesSangue e a importância dos seus constituintes
Sangue e a importância dos seus constituintes
davidjpereira
 
Capoeira Regional
Capoeira RegionalCapoeira Regional
Capoeira Regional
Marcos Silva
 
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURALFUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
Dayane SLima
 
Frevo andré luiz e dennis
Frevo andré luiz e dennis Frevo andré luiz e dennis
Frevo andré luiz e dennis
ceciliavanessa
 
Frevo
FrevoFrevo
Projeto danca e teatro 3º bim. 2014
Projeto danca e teatro 3º bim. 2014Projeto danca e teatro 3º bim. 2014
Projeto danca e teatro 3º bim. 2014
ComendadorViana14
 
Hip hop
Hip hopHip hop
Hip hop
DeaaSouza
 
Planejamento dança
Planejamento dançaPlanejamento dança
Planejamento dança
SimoneHelenDrumond
 
HIP-HOP
HIP-HOPHIP-HOP
HIP-HOP
aangeelaa
 
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e AtividadesArtes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Geo Honório
 
Hip Hop
Hip HopHip Hop
Hip Hop
Dilmara Faria
 

Destaque (20)

Axé Turma 2002
Axé Turma 2002Axé Turma 2002
Axé Turma 2002
 
Slidemusic axe
Slidemusic axeSlidemusic axe
Slidemusic axe
 
Case Axe
Case AxeCase Axe
Case Axe
 
Projeto dança
Projeto dançaProjeto dança
Projeto dança
 
Projeto Dança e Saúde
Projeto Dança e SaúdeProjeto Dança e Saúde
Projeto Dança e Saúde
 
Apostila ensino médio danca
Apostila ensino médio dancaApostila ensino médio danca
Apostila ensino médio danca
 
Mpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigidoMpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigido
 
Presentation Campagne Axe
Presentation Campagne AxePresentation Campagne Axe
Presentation Campagne Axe
 
Axe
AxeAxe
Axe
 
Sangue e a importância dos seus constituintes
Sangue e a importância dos seus constituintesSangue e a importância dos seus constituintes
Sangue e a importância dos seus constituintes
 
Capoeira Regional
Capoeira RegionalCapoeira Regional
Capoeira Regional
 
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURALFUNK - MOVIMENTO CULTURAL
FUNK - MOVIMENTO CULTURAL
 
Frevo andré luiz e dennis
Frevo andré luiz e dennis Frevo andré luiz e dennis
Frevo andré luiz e dennis
 
Frevo
FrevoFrevo
Frevo
 
Projeto danca e teatro 3º bim. 2014
Projeto danca e teatro 3º bim. 2014Projeto danca e teatro 3º bim. 2014
Projeto danca e teatro 3º bim. 2014
 
Hip hop
Hip hopHip hop
Hip hop
 
Planejamento dança
Planejamento dançaPlanejamento dança
Planejamento dança
 
HIP-HOP
HIP-HOPHIP-HOP
HIP-HOP
 
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e AtividadesArtes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
 
Hip Hop
Hip HopHip Hop
Hip Hop
 

Semelhante a Axe

AULA SOBRE O SAMBA.pdf
AULA SOBRE O SAMBA.pdfAULA SOBRE O SAMBA.pdf
AULA SOBRE O SAMBA.pdf
SauloLaraCoimbra1
 
O samba
O sambaO samba
Samba diferentes estilos(trabalho de artes).pptx
Samba diferentes estilos(trabalho de artes).pptxSamba diferentes estilos(trabalho de artes).pptx
Samba diferentes estilos(trabalho de artes).pptx
NetinhoRodrigues3
 
Evoluzione del samba
Evoluzione del sambaEvoluzione del samba
Evoluzione del samba
Maurizio Tosti
 
Slide sobre o samba brasileiro
Slide sobre o samba brasileiroSlide sobre o samba brasileiro
Slide sobre o samba brasileiro
PedroHenrique184273
 
Jornal heitor
Jornal heitorJornal heitor
Jornal heitor
Governo de Rondônia
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem slideFiguras de linguagem slide
Figuras de linguagem slide
Ivana Bastos
 
Laise e kelli
Laise e kelliLaise e kelli
Laise e kelli
tuevoce
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
GraceDavino
 
Danças afro
Danças afroDanças afro
Danças afro
Elinton Oliveira
 
Pnaic 7º encontro2 ano
Pnaic 7º encontro2 anoPnaic 7º encontro2 ano
Pnaic 7º encontro2 ano
michelly
 
Figurasdelinguagem slide-120914120327-phpapp02
Figurasdelinguagem slide-120914120327-phpapp02Figurasdelinguagem slide-120914120327-phpapp02
Figurasdelinguagem slide-120914120327-phpapp02
sirlenemaciel
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Junior Ribeiro
 
O Samba
O SambaO Samba
Homenagem Patativa
Homenagem PatativaHomenagem Patativa
Homenagem Patativa
klauddia
 
Ritmos musicais maisa , maria a e matheus e
Ritmos musicais maisa , maria a e matheus eRitmos musicais maisa , maria a e matheus e
Ritmos musicais maisa , maria a e matheus e
nacirbertini
 
Apresentação Jogo das Rimas - Conectidiade
Apresentação Jogo das Rimas - ConectidiadeApresentação Jogo das Rimas - Conectidiade
Apresentação Jogo das Rimas - Conectidiade
ANAPAULASSO
 
SLIDES – 100 ANOS DE SAMBA.
SLIDES – 100 ANOS DE SAMBA.SLIDES – 100 ANOS DE SAMBA.
SLIDES – 100 ANOS DE SAMBA.
Tissiane Gomes
 
Porque existe preconceito com a Axé Music
Porque existe preconceito com a Axé MusicPorque existe preconceito com a Axé Music
Porque existe preconceito com a Axé Music
8794
 
TRABALHO DE EDUCAÇÃO FISICA - SAMBA.pptx
TRABALHO DE EDUCAÇÃO FISICA - SAMBA.pptxTRABALHO DE EDUCAÇÃO FISICA - SAMBA.pptx
TRABALHO DE EDUCAÇÃO FISICA - SAMBA.pptx
Letciasorentedos
 

Semelhante a Axe (20)

AULA SOBRE O SAMBA.pdf
AULA SOBRE O SAMBA.pdfAULA SOBRE O SAMBA.pdf
AULA SOBRE O SAMBA.pdf
 
O samba
O sambaO samba
O samba
 
Samba diferentes estilos(trabalho de artes).pptx
Samba diferentes estilos(trabalho de artes).pptxSamba diferentes estilos(trabalho de artes).pptx
Samba diferentes estilos(trabalho de artes).pptx
 
Evoluzione del samba
Evoluzione del sambaEvoluzione del samba
Evoluzione del samba
 
Slide sobre o samba brasileiro
Slide sobre o samba brasileiroSlide sobre o samba brasileiro
Slide sobre o samba brasileiro
 
Jornal heitor
Jornal heitorJornal heitor
Jornal heitor
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem slideFiguras de linguagem slide
Figuras de linguagem slide
 
Laise e kelli
Laise e kelliLaise e kelli
Laise e kelli
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
 
Danças afro
Danças afroDanças afro
Danças afro
 
Pnaic 7º encontro2 ano
Pnaic 7º encontro2 anoPnaic 7º encontro2 ano
Pnaic 7º encontro2 ano
 
Figurasdelinguagem slide-120914120327-phpapp02
Figurasdelinguagem slide-120914120327-phpapp02Figurasdelinguagem slide-120914120327-phpapp02
Figurasdelinguagem slide-120914120327-phpapp02
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
O Samba
O SambaO Samba
O Samba
 
Homenagem Patativa
Homenagem PatativaHomenagem Patativa
Homenagem Patativa
 
Ritmos musicais maisa , maria a e matheus e
Ritmos musicais maisa , maria a e matheus eRitmos musicais maisa , maria a e matheus e
Ritmos musicais maisa , maria a e matheus e
 
Apresentação Jogo das Rimas - Conectidiade
Apresentação Jogo das Rimas - ConectidiadeApresentação Jogo das Rimas - Conectidiade
Apresentação Jogo das Rimas - Conectidiade
 
SLIDES – 100 ANOS DE SAMBA.
SLIDES – 100 ANOS DE SAMBA.SLIDES – 100 ANOS DE SAMBA.
SLIDES – 100 ANOS DE SAMBA.
 
Porque existe preconceito com a Axé Music
Porque existe preconceito com a Axé MusicPorque existe preconceito com a Axé Music
Porque existe preconceito com a Axé Music
 
TRABALHO DE EDUCAÇÃO FISICA - SAMBA.pptx
TRABALHO DE EDUCAÇÃO FISICA - SAMBA.pptxTRABALHO DE EDUCAÇÃO FISICA - SAMBA.pptx
TRABALHO DE EDUCAÇÃO FISICA - SAMBA.pptx
 

Mais de Ava Augustina

Normalização e normatização de trabalhos acadêmicos
Normalização e normatização de trabalhos acadêmicosNormalização e normatização de trabalhos acadêmicos
Normalização e normatização de trabalhos acadêmicos
Ava Augustina
 
RESUMO
RESUMO RESUMO
RESUMO
Ava Augustina
 
Revolução industrial inglesa
Revolução industrial inglesaRevolução industrial inglesa
Revolução industrial inglesa
Ava Augustina
 
Produção de relato multimídia
Produção de relato multimídiaProdução de relato multimídia
Produção de relato multimídia
Ava Augustina
 
Pesquisa de opinião03082012
Pesquisa de opinião03082012Pesquisa de opinião03082012
Pesquisa de opinião03082012
Ava Augustina
 
Projeto Esculpindo Valores Humanos
Projeto Esculpindo Valores HumanosProjeto Esculpindo Valores Humanos
Projeto Esculpindo Valores Humanos
Ava Augustina
 
Religiosidade e oralidade afro-brasileira
Religiosidade e oralidade afro-brasileiraReligiosidade e oralidade afro-brasileira
Religiosidade e oralidade afro-brasileira
Ava Augustina
 
Musicalidade e africanidade
Musicalidade e africanidadeMusicalidade e africanidade
Musicalidade e africanidade
Ava Augustina
 
Memória e ludicidade
Memória e ludicidadeMemória e ludicidade
Memória e ludicidade
Ava Augustina
 
Memória e Ancestralidade
Memória e AncestralidadeMemória e Ancestralidade
Memória e Ancestralidade
Ava Augustina
 
Mama África
Mama ÁfricaMama África
Mama África
Ava Augustina
 

Mais de Ava Augustina (11)

Normalização e normatização de trabalhos acadêmicos
Normalização e normatização de trabalhos acadêmicosNormalização e normatização de trabalhos acadêmicos
Normalização e normatização de trabalhos acadêmicos
 
RESUMO
RESUMO RESUMO
RESUMO
 
Revolução industrial inglesa
Revolução industrial inglesaRevolução industrial inglesa
Revolução industrial inglesa
 
Produção de relato multimídia
Produção de relato multimídiaProdução de relato multimídia
Produção de relato multimídia
 
Pesquisa de opinião03082012
Pesquisa de opinião03082012Pesquisa de opinião03082012
Pesquisa de opinião03082012
 
Projeto Esculpindo Valores Humanos
Projeto Esculpindo Valores HumanosProjeto Esculpindo Valores Humanos
Projeto Esculpindo Valores Humanos
 
Religiosidade e oralidade afro-brasileira
Religiosidade e oralidade afro-brasileiraReligiosidade e oralidade afro-brasileira
Religiosidade e oralidade afro-brasileira
 
Musicalidade e africanidade
Musicalidade e africanidadeMusicalidade e africanidade
Musicalidade e africanidade
 
Memória e ludicidade
Memória e ludicidadeMemória e ludicidade
Memória e ludicidade
 
Memória e Ancestralidade
Memória e AncestralidadeMemória e Ancestralidade
Memória e Ancestralidade
 
Mama África
Mama ÁfricaMama África
Mama África
 

Último

As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 

Axe

  • 1. Um Axé para o Samba Nomes: Caroline Heflinger Maria Angélica Rafaela Dorigan
  • 3. Axé Axé é força vital, energia, princípio da vida, força sagrada dos orixás. Axé é bênção, cumprimento, votos de boa-sorte e sinônimo de Amém. Axé é poder.
  • 4. Figura 1 Axé se tem, se usa, se gasta, se repõe, se acumula.
  • 5. Energia Vital Fig.2 A natureza desta energia é nos preencher de alegria, felicidade, amor, prazer, paz e sensibilidade. Portanto, quanto mais energia vital você absorve, mas sensível à vida e feliz você se torna.
  • 6. Fig. 3 Alegria que vem de dentro.
  • 7. Corporeidade • Corporeidade é a maneira pela qual o cérebro reconhece e utiliza o corpo como instrumento relacional com o mundo, relações entre ser-vivo e o ambiente através de seu corpo. Fig. 4
  • 8. Axé + Energia Vital + Corporeidade =
  • 10. • O samba surgiu da mistura de estilos musicais de origem africana e brasileira. O termo samba é de origem africana e tem seu significado ligado às danças típicas tribais do continente. Fig.6. Instrumentos Musicais
  • 11. Na década de 1930, as estações de rádio, passam a tocar os sambas para os lares. Os grandes sambistas e compositores desta época são: Noel Rosa; Cartola; Dorival Caymmi; Ary Barroso,e Adoniran Barbosa que se consolidou com o samba Trem das Onze.
  • 12. Trem das onze Não posso ficar nem mais um minuto com você Sinto muito amor, mas não pode ser Moro em Jaçanã, Se eu perder esse trem Que sai agora às onze horas Só amanhã de manhã. Além disso, mulher Tem outra coisa, Minha mãe não dorme Enquanto eu não chegar, Sou filho único Tenho minha casa para olhar E eu não posso ficar. Fig. 7 Adoniran Barbosa
  • 13. Principais Tipos de Samba • Samba-enredo • Samba-exaltação • Samba de partido • Samba de breque alto • Samba de gafieira • Pagode • Sambalanço • Samba-canção • Samba carnavalesco
  • 14. Samba-exaltação Com letras patrióticas e ressaltando as maravilhas do Brasil, com acompanhamento de orquestra. Exemplo: Aquarela do Brasil, de Ary Barroso gravada em 1939 por Francisco Alves. Fig. 8 Ary Barroso Samba de breque Este estilo tem momentos de paradas rápidas, onde o cantor pode incluir comentários, muitos deles em tom crítico ou humorístico. Um dos mestres deste estilo é Moreira da Silva . Fig. 9 Moreira da Silva
  • 15. Referências Axé. Disponível em: http://portal.buziosweb.com/blog/o-axe-qual-seu-significado.html Acesso em maio de 2012. BRANDÃO, Ana Paula. (coord.) Saberes e fazeres, v.3 : Modos de interagir / coordenação do projeto Ana Paula Brandão. - Rio de Janeiro : Fundação Roberto Marinho, 2006. 152p. : il. color. - (A cor da cultura) Energia Vital. Disponível: http://www.pathware.com.br/shiatsu/energia.htm Acesso em maio de 2012 Corporeidade. Disponível em: http://www.dicionarioinformal.com.br/corporeidade/ Acesso em maio de 2012 Samba. Disponível em: http://www.suapesquisa.com/samba Acesso em maio de 2012
  • 16. LISTA DE FIGURAS Foto 1. ___ Foto 2: www.imbui.com.br/conteudo/noticias/bahia/imagens/ acesso em maio de 2012. Foto 3: ://www.oitopassos.com/2011/12/29/fotos-de-bebes-afro-desc acesso em maio de 2012. Foto 4:http: www.ufjf.br acesso em maio de 2012. Foto 5: Imagem (sem autoria). Disponível em: http://www.botequimdosamba.com.br/portal/images/stories/samba-escola.jpg Acesso em maio de 2012. Foto 6: Instrumentos Musicais. Disponíveis em: http://buracodafechadura.files.wordpress.com acesso em maio de 2012. Foto 7: Adoniran Barbosa. Disponível em: http://www.lastfm.com.br acesso em maio de 2012. Foto 8: Ary Barroso. Disponível em: http://receitadesamba.wordpress.com acesso em maio de 2012. Foto9 : Moreira Da Silva. Disponível em: http://blogln.ning.com acesso em maio de 2012.