Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).

1.043 visualizações

Publicada em

Componentes de um plano de aula e de avalição. Métodos, objecticos com os respectivos verbos. Níveis de perguntas numa avaliação sumativa.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.043
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de aula ( seus elementos) e plano de avaliaçao (seus elementos).

  1. 1. Plano de aula e Plano de avaliação Formação Peramanente dos formadores –EPFR de Estaquinha/2015 Organização: Formador Filipe Mathusso Lunavo – phlipwilker@gmail.com Email da escola: efrestaquinha@gmail.com Página | 1 PLANO DE AULA E PLANO DE AVALIÇÃO Plano de aula, o que é? O plano de aula é um documento que descreve de uma forma específica tudo que o professor junto com o aluno realizarão na sala durante a aula de um período específico (Libâneo, 1985; Piletti, 2013; Quist, 2007; Haidt, 2006). Ainda Haidt (2006) diz que, “planificar é um processo mental de análise da realidade, prevendo as condições de execução e de avaliação para o alcance dos objectivos”. Porquê planificar? De acordo com Quist (2007:32), “uma das razões principais para planificar é que este acto lhe permite organizar o seu material duma maneira que vai despertar o interesse dos alunos. Assegura também uma variedade de actividades e tarefas adequadas às várias habilidades dos alunos na sua turma”. Na elaboração de um plano de aula devem ser considerados vários pontos e critérios que unidos especificam quais os objectivos finais o professor espera alcançar no decorrer da explicação dos conteúdos. Os critérios que o professor deve estar atento durante a confecção de seu plano de aula são: O conhecimento do conteúdo; A organização e gestão da turma; Os recursos disponíveis; Os métodos e as estratégias; O tipo de aluno e a forma de captação da matéria; bem como Avaliação Além de conter esses critérios, o plano de aula deve ser elaborado seguindo as fases da aprendizagem, ou seja, deve seguir uma linha de ensino-aprendizagem contínua. São as fases de aprendizagem: Introdução e Motivação; Mediação e Assimilação; Domínio e Consolidação, e Controlo e Avaliação. Alguns pontos a ter em conta na definição dos objectivos ao fazer um plano de aula Os objectivos abrangem seis grandes áreas do conhecer: Conhecimento – Conhecer, apontar, criar, identificar, descrever, classificar, definir, reconhecer e relatar. Compreensão – Compreender, concluir, demonstrar, determinar, diferenciar, discutir, deduzir, localizar. Aplicação – Aplicar, desenvolver, empregar, estruturar, operar, organizar, praticar, seleccionar, traçar. Análise – Analisar, comparar, criticar, debater, diferenciar, discriminar, investigar, provar. Síntese – Sintetizar, compor, construir, documentar, especificar, esquematizar, formular, propor, reunir, voltar. Avaliação – Avaliar, argumentar, contratar, decidir, escolher, estimar, julgar, medir, seleccionar. Apresentamos em seguida alguns verbos adequados para exprimir objectivos gerais: 1. Domínio Cognitivo: Analisar, Aprender, Aplicar, Avaliar, Compreender, Conhecer, Construir, Entender, Formular, Identificar, Interpretar, Propor, Resolver, Sintetizar, Transferir. 2. Domínio Afectivo: Aceitar, Apreciar, Demonstrar, Gostar, Valorizar, Conscietizar. 3. Domínio Psicomotor: Adquirir, Aperfeiçoar, Desenvolver, Demonstrar
  2. 2. Plano de aula e Plano de avaliação Formação Peramanente dos formadores –EPFR de Estaquinha/2015 Organização: Formador Filipe Mathusso Lunavo – phlipwilker@gmail.com Email da escola: efrestaquinha@gmail.com Página | 2 Verbos adequados para exprimir objectivos específicos: 1. Domínio Cognitivo: Aplicar, Avaliar, Calcular, Categorizar, Citar, Classificar, Combinar, Compilar, Comparar, Compor, Concluir, Confirmar, Constatar, Converter, Criar, Criticar, Defender, Definir, Descrever, Diferenciar, Discriminar, Distinguir, Enumerar, Enunciar, Escrever, Especificar, Exemplificar, Explicar, Expressar, Generalizar, Identificar, Ilustrar, Indicar, Inferir, Interpretar, Inventar, Justificar, Listar, Modificar, Organizar, Preparar, Produzir, Reconstruir, Redigir, Reescrever, Relacionar, Relatar, Reproduzir, Resolver, Resumir, Reorganizar, Seleccionar, Separar, Subdividir, Utilizar. 2. Domínio afectivo: Assumir, Actuar, Apresentar, Alterar, Conformar, Defender, Demonstrar, Escolher, Formar, Reconhecer, Prestar, Manter, Modificar, Mostrar, Organizar, Responder, Seguir, Trabalhar. 3. Domínio Psicomotor: Colocar, Demonstrar, Efectuar, Executar, Fixar, Iniciar, Juntar, Ligar, Manipular, Prender, Segurar, Trabalhar, Realizar, Usar, Utilizar Métodos Os métodos de ensino “são acções, processos ou vias - caminhos planificados e posteriormente utilizados pelo professor para colocar o aluno na situação de aprendizagem em função dos objectivos (Haidt, 2006) Critérios para a escolha de métodos ao fazer um plano de aula a) Adequação aos objectivos definidos; b) Ter em conta a natureza do conteúdo seleccionado; c) As características dos alunos; d) As condições físicas e o tempo disponível. Eis alguns métodos e as suas técnicas: Método Técnica Elaboração Conjunta Debate, trabalho de grupo Trabalho de grupo Realização conjunta Trabalho independente Expositivo Exposição de cartazes, síntese, projecção de filme, apresentação de peça teatral, declamação de poesia, Dedutivo Dedução Indutivo Indução Demonstrativo Demonstração; exposição de cartazes, plantas, etc; projecção de filme; Gráfico Experimental Experimentação (pode ser em laboratórios, produção de uma determinada cultura, etc) Explicativo Comparativo Comparação (pode ser para comparar duas variedades de uma cultura, comparar célula animal e vegetal, comparar gráficos de duas ou mais funções, etc.) Analítico Análise ( por exemplo: multiplicação de bactérias num determinado local, a reacção de um determinado composto, etc)
  3. 3. Plano de aula e Plano de avaliação Formação Peramanente dos formadores –EPFR de Estaquinha/2015 Organização: Formador Filipe Mathusso Lunavo – phlipwilker@gmail.com Email da escola: efrestaquinha@gmail.com Página | 3 Elementos a constar no plano de aula para o caso das EFR´s Escola: Nome do/a formador/a:_________________________________________________ Data:____ de _____________ de 20____ Alternância:____ Período:___________ Tempo:______ Disciplina:_______________________ Ano:_______ Duração:___________ Tipo de aula:______________ Módulo:_________________________________________ Tema de estudo:_____________________________________________________________ Tema de aula:_______________________________________________________________ Objectivo Educacional: O formando deve ser capaz de: ______________________________________________________________________________________ Objectivos instrucionais: O formando deve ser capaz de: _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________________________ Recursos didácticos: ______________________________________________________________________ Tempo Função Didáctica Conteúdo Actividades do Método OBSFormador Formando Introdução e Motivação1 Mediação e Assimilação2 Domínio e Consolidação3 Controlo e Avaliação4 NB: Para Piletti (1990), Quist (2007:105) & Haidt (2006), explicam que, recursos, meios e materiais didácticos esses termos remetem ao mesmo ofício, isto não há diferença entre si. Portanto são classificados em visuais (projecções, cartazes, gravuras) auditivos (rádio, gravação) e audiovisuais (cinema, televisão), apesar de se reconhecer que as expressões verbais, sonoras e visuais se complementam. 1 O formador neste espaço, pode escrever o tema da aula no quadro, anunciar os objectivos, fazer correcção do TPC, fazer a marcação da presença, contar uma história, anedota, cantar uma canção, fazer recapturação ou síntese da aula anterior, etc. 2 A explicação do conteúdo da aula, ditar apontamentos, etc. 3 Exercícios orais ou escritos que geralmente tem sido individuais para permitir ao formador fazer a análise do alcance dos objectivos anunciados. Todavia, este momento da aula pode ser colocado em acção em simultâneo com o momento antecedente. Se achar que os seus formandos entenderam a matéria, pode usar este momento para exercícios escritos se tiver que será seguido pelo acompanhamento personalizado dos formandos, isto é, o formador deverá observar atentamente o trabalho que cada formando ou cada micro – grupo está a realizar. 4 O formador geralmente neste momento solicita voluntários ou indica alguns formandos para apresentarem as respostas das questões que estavam a resolver como exercício. Pode marcar o TPC, e em algumas vezes marcação da presença -embora não aconselhado.
  4. 4. Plano de aula e Plano de avaliação Formação Peramanente dos formadores –EPFR de Estaquinha/2015 Organização: Formador Filipe Mathusso Lunavo – phlipwilker@gmail.com Email da escola: efrestaquinha@gmail.com Página | 4 Plano de avaliação Escola: Nome do/a formador/a:_________________________________________________ Data:____ de _____________ de 20____ Alternância:____ Período:___________ Tempo:______ Disciplina:_______________________ Ano:_______ Duração:___________ Módulo:______________________________________________________________________ __ Avaliação Sumativa (Normal/ Recorrência ___) Semestre:_______ Grelha de Perguntas Ordem Perguntas/Questões Objectivo Nível OBS Grelha de respostas Ordem Respostas/ Soluções Cotação OBSParcial Total Tabela de níveis de perguntas com os respectivos verbos Nível Objectivo Conhecimento Conhecer, Apontar, Criar, Identificar, Descrever, Classificar, Definir, Reconhecer e Relatar. Compreensão Compreender, Concluir, Demonstrar, Determinar, Diferenciar, Discutir, Deduzir, Localizar. Aplicação Aplicar, Desenvolver, Empregar, Estruturar, Operar, Organizar, Praticar, Seleccionar, Traçar. Análise Analisar, Comparar, Criticar, Debater, Diferenciar, Discriminar, Investigar, Provar. Síntese Sintetizar, Compor, Construir, Documentar, Especificar, Esquematizar, Formular, Propor, Reunir, Voltar. Avaliação Avaliar, Argumentar, Contratar, Decidir, Escolher, Estimar, Julgar, Medir, Seleccionar Referências Bibliográficas 1. HAIDT, Regina Célia C. Curso de Didáctica Geral. 8ª ed, Ática, São Paulo, 2006 2. LIBÂNEO, José (1985); A Prática Pedagógica de Professores da Escola Pública. São Paulo. 3. LUCKESI, C.C. Avaliação da aprendizagem escolar. 14ª Ed. São Paulo: Cortez, 2002. 4. PILET, Nelson (2000); Psicologia Educacional, Editora Ática, 17ª Edição, São Paulo 5. PILETTI, C. Dadáctica; Cortez editora; SP, 1990 6. QUIST, Dawn. Métodos do Ensino Primário. Manual do Professor. ENM. Maputo, 2007, 1ª ed.

×