Aprendiz de Analista de MídiasSociais – United Way BrasilBELO HORIZONTE , 22 e 23 DE SETEMBRO DE 2012Ana Paula Gaspar e Ad...
Objetivos•Familiarizar os jovens com a UWB, suasferramentas de comunicação digital, canais demídias sociais e parceiros;•I...
Cronograma formação (22/09 e 23/09)•Sábado:  • 10h às 13h e 14h às 18h  • Programa social•Domingo:  •9h às 13h e 14h às 17h
Cronograma pós-formação (24/09 a 06/11)•Acompanhamento do grupo on-line via grupodo Facebook;•Implementação de novas funci...
ProgramaSábado (22 de setembro)10h: Aquecimento do grupo10h15min: Abertura: Apresentação institucionalsobre a UWB – Silvia...
O Analista de Mídias Sociais – 11h00min às11h30minA profissão do Analista de Mídias Sociais: perfil, atividade, mercado de...
ProgramaSábado (22 de setembro)14h: Dinâmica – acordando a preguiça!!!14h15min: Cases – As empresas nas mídias sociais•Per...
O que são Mídias Sociais? http://pt.wikipedia.org/wiki/Nicholas_Negroponte
Negroponte – A Vida Digital• Vivemos a era da pós-informação. A era industrial, fundamentalmente  uma era de átomos, nos d...
Negroponte – A Vida Digital• Na era da informação, os meios de comunicação tornaram-se  simultaneamente maiores e menores....
Era da Pós-Informação - Personalização•   Na era da pós-informação, o público é com freqüência, composto de uma única    p...
Comunidade Virtual•   A comunidade de usuários da internet vai ocupar o centro da vida cotidiana. Sua    demografia vai fi...
Comunidade Virtual• As relações de trabalho também devem, aos poucos, se alterar. A  fronteira entre trabalho e brincadeir...
Características• A era digital, por possuir quatro características básicas, não pode ser  detida. São elas:• Descentraliza...
Mídias Sociais - Wikipediahttp://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%ADdias_sociais
Porque as empresas participam?– Entre as décadas de 50 e 70: previsão de que o uso de computadores de grandeporte em grand...
Porque as empresas participam?http://g1.globo.com/globo-news/mundo-sa/videos/t/todos-os-videos/v/participar-das-redes-soci...
e-BUSINESSConceito:       e-Business é o termo utilizado para negócios realizados por meios       eletrônicos – internet. ...
e-BUSINESSPrincipais vertentes do e-business        Anúncios       • Permite personalização do marketing;       • Não há ...
e-BUSINESSPrincipais vertentes do e-business        Moeda Virtual       • Utilizado em sítios da internet e ambientes vir...
e-BUSINESSPrincipais vertentes do e-business   Prestação de serviços via web.                                     • e-lea...
e-BUSINESSPrincipais vertentes do e-business   Prestação de serviços via web.                                     • Sites...
Porque fez-se necessário o Analista de MídiasSociais?http://www.segs.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=8...
Marketing DigitalObjetivo •Utilizar as tecnologias que estabelecem um canal on-line com o mercado : Web, e-mail, databases...
Mkt Tradicional vs. Mkt Digital
Mkt Tradicional vs. Mkt Digital
O que oAnalista deMídias Sociaisfaz?http://columnfivemedia.com/work-items/socialcast-infographic-the-hectic-schedule-of-a-...
O que oAnalista deMídias Sociaisfaz?http://joserenatogimenez.wordpress.com/2012/08/07/perfil-dos-analistas-de-midias-socia...
O que oAnalista deMídias Sociaisfaz?
O que oAnalista deMídias Sociaisfaz?
Qual o perfildo Analista deMídiasSociais?
Cresce procura por analistas demídias sociaishttp://blogmidia8.com/2012/04/cresce-procura-por-analistas-de-midias.html
Qual é o perfil do profissional deMídias Sociais?http://blogmidia8.com/2012/07/um-bom-analista-de-midias-sociais-faz-a-dif...
Onde buscar formação?
Onde buscar formação e referências? Web •Blogs; • Perfis em mídias sociais; • Grupos de discussão; •ETC; http://www.scoop....
Eventos      http://socialmediaweek.org/saopaulo/
Quais são as possibilidades deespecialização?  http://info.abril.com.br/noticias/carreira/video-ironiza-exigencias-ao-cont...
ProgramaSábado (22 de setembro)11h30min: Perfil nas mídias sociais – Dinâmica•Conhecer a estratégia para a UWB;•Criar o pe...
United Way Brasil1- Objetivo estratégico – Criar presença relevantenas mídias sociais2- Meta - Gerar oportunidades reais d...
Mapa conceitual de temas paraconteúdos em mídias sociais                     • Empresas           UWB       • ONG’s       ...
Facebook•Migrar de Perfil para página•Curtir páginas de parceiros e outras unidades•Promover eventos•Criar grupo de jovens...
LinkedIn• Criar grupo de discussão e seguir organizações parceiras;• Ambientar os jovens quanto ao correto posicionamento ...
Youtube• Criar listas de reprodução com vídeos de outras unidades;•Pensar em produção regular ou substituição de rede soci...
Presença institucional nas redes sociaisFacebook: Perfil X Página
Presença individual nas redes sociaisFacebook x LinkedIn•Quem tem perfil no Facebook? Adicionar ao grupo•Quem tem perfil n...
ProgramaDomingo (23 de setembro)9h: Youtube – conhecendo mais sobre esta mídia•Porque vídeos?•O que é uma lista de reprodu...
ProgramaDomingo (23 de setembro)11h: Conhecendo as ferramentas•Hootsuite;•Google Alertas;•Facebook Insights.13h - almoço
ProgramaDomingo (23 de setembro)14h: Dinâmica – divisão de grupos14h15min: Tarefas e Cronograma•Grupo 1 – Facebook (respon...
Próximos Passos• Entrega de análise e avaliação da formação;• Monitoramento dos grupos de trabalho e dos grupos nas redes ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slides Formação Aprendiz de Mídias Sociais

352 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
352
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slides Formação Aprendiz de Mídias Sociais

  1. 1. Aprendiz de Analista de MídiasSociais – United Way BrasilBELO HORIZONTE , 22 e 23 DE SETEMBRO DE 2012Ana Paula Gaspar e Adriana Costa
  2. 2. Objetivos•Familiarizar os jovens com a UWB, suasferramentas de comunicação digital, canais demídias sociais e parceiros;•Iniciar o processo formativo do grupo e criarestratégias de monitoramento das postagensregionais;•Produzir colaborativamente conteúdos eregras de seleção de vídeos, textos e imagenspara os canais de Mídias Sociais (Youtube,LinkedIn e Facebook).
  3. 3. Cronograma formação (22/09 e 23/09)•Sábado: • 10h às 13h e 14h às 18h • Programa social•Domingo: •9h às 13h e 14h às 17h
  4. 4. Cronograma pós-formação (24/09 a 06/11)•Acompanhamento do grupo on-line via grupodo Facebook;•Implementação de novas funcionalidadessite UWB (Ana e Paula);•Monitoramento de canais de mídias sociais;•Análise de resultados e entrega de relatório.
  5. 5. ProgramaSábado (22 de setembro)10h: Aquecimento do grupo10h15min: Abertura: Apresentação institucionalsobre a UWB – Silvia Zanotti10h30min: Café11h: A profissão do Analista de Mídias Sociais: perfil,atividade, mercado de trabalho e estratégia deatuação UWB – Ana Paula Gaspar
  6. 6. O Analista de Mídias Sociais – 11h00min às11h30minA profissão do Analista de Mídias Sociais: perfil, atividade, mercado detrabalho e estratégia de atuação UWB-O que são Mídias Sociais?-Porque as empresas participam?-Porque fez-se necessário o Analista de Mídias Sociais?-O que o analista faz?-Qual é o perfil de mercado?-Onde buscar formação?-Especialização-Referências
  7. 7. ProgramaSábado (22 de setembro)14h: Dinâmica – acordando a preguiça!!!14h15min: Cases – As empresas nas mídias sociais•Perfis de parceiros da United Way (quem são?) Eu procuro ou deixo elesprocurarem? Como as estratégias se cruzam? Focamos nessas• Traçar perfil empresas: •Monsanto •Stanley Morgan •P&G •PWCRoda de conversa: quais são os temas vinculados à área de trabalho daUWB?•Levantamento de temas e eleição de 3 principais;•Divisão em sub-grupos para buscar na internet conteúdos relevantes aostemas (textos e imagens)•Apresentar a seleção no grupo e discussão.•18h: Pizza
  8. 8. O que são Mídias Sociais? http://pt.wikipedia.org/wiki/Nicholas_Negroponte
  9. 9. Negroponte – A Vida Digital• Vivemos a era da pós-informação. A era industrial, fundamentalmente uma era de átomos, nos deu o conceito de produção em massa e, com ele, economias que empregam operários uniformizados e métodos repetitivos na fabricação de um produto num determinado espaço ou tempo.• A era da informação e dos computadores mostrou-nos as mesmas economias de escala, porém menos preocupada com o espaço e o tempo. A confecção de bits poderia se dar em qualquer lugar e a qualquer tempo
  10. 10. Negroponte – A Vida Digital• Na era da informação, os meios de comunicação tornaram-se simultaneamente maiores e menores. Novas formas de transmissão televisiva atingiram públicos maiores, ao passo que revistas especializadas, videocassetes e serviços por cabo deram-nos exemplos de narrowcasting, atendendo a grupos demográficos pequenos.
  11. 11. Era da Pós-Informação - Personalização• Na era da pós-informação, o público é com freqüência, composto de uma única pessoa. Tudo é feito por encomenda, e a informação é extremamente personalizada. Sendo digital, eu sou eu mesmo, e não um subconjunto estatístico. Ser eu mesmo é algo que pressupõe informações e acontecimentos desprovidos de qualquer significado demográfico ou estatístico.• A verdadeira personalização é tarefa nossa. A era da pós-informação tem a ver com conhecimento paulatino: máquinas entendendo indivíduos com o mesmo grau de sutileza que esperamos de outros seres humanos.
  12. 12. Comunidade Virtual• A comunidade de usuários da internet vai ocupar o centro da vida cotidiana. Sua demografia vai ficar cada vez mais parecida com a do próprio mundo. O valor real de uma rede tem menos a ver com informação do que com vida comunitária. A superestrada da informação é mais do que um atalho para o acervo da Biblioteca do Congresso. Ela está criando um tecido social inteiramente novo e global.http://info.abril.com.br/noticias/blogs/omg/redes-sociais/o-lindo-mapa-das- conexoes-do-facebook/
  13. 13. Comunidade Virtual• As relações de trabalho também devem, aos poucos, se alterar. A fronteira entre trabalho e brincadeira tende a tornar-se cada vez mais tênue, pois a mídia utilizada será basicamente a mesma. "As paletas do prazer e do dever, da auto-expressão e do trabalho em grupo serão mais semelhantes".
  14. 14. Características• A era digital, por possuir quatro características básicas, não pode ser detida. São elas:• Descentralização - Por mais que existam empresas maiores, o sistema funciona com uma quantidade de independência que não há como deter integralmente.• Globalização e harmonização - Áreas de influência e de permeabilidade que transcendem as fronteiras geográficas e os limites econômicos e de relações entre os países. "Essa criançada está liberta da limitação imposta pela proximidade geográfica como único terreno para o desenvolvimento da amizade, da colaboração, do divertimento e da vizinhança".• Capacitação - O acesso, a mobilidade e a capacidade de produzir a mudança são os fatores que tornarão o futuro tão diferente do presente. À medida que as crianças se apropriarem de um recurso de informação global, e à medida que descobrirem que só os adultos precisam de licença para aprender, nós com certeza encontraremos uma nova esperança e dignidade em lugares onde ambos existiam apenas em pequena medida.
  15. 15. Mídias Sociais - Wikipediahttp://pt.wikipedia.org/wiki/M%C3%ADdias_sociais
  16. 16. Porque as empresas participam?– Entre as décadas de 50 e 70: previsão de que o uso de computadores de grandeporte em grandes organizações aumentaria a centralização e autoridade de gestão;– Década de 80 e início de 90: previsão de que o computador em rede interna e osurgimento da computação pessoal aumentaria a descentralização e iria melhorar apartilha de informação e ampliar a colaboração;– Meados de 90: crescimento exponencial do uso da internet.Fonte: Orlikowshi, W – The truth is not out there –An enacted view of the “Digital Ecomony”.
  17. 17. Porque as empresas participam?http://g1.globo.com/globo-news/mundo-sa/videos/t/todos-os-videos/v/participar-das-redes-sociais-e-o-mais-importante-para-empresas-diz-especialista/1886174
  18. 18. e-BUSINESSConceito: e-Business é o termo utilizado para negócios realizados por meios eletrônicos – internet. Negócios eletrônicos de forma AMPLIFICADA  comércio  contado fornecedor / cliente  pesquisa de mercados  ensino a distância  bancos via internet  etc.Fonte: www.e-commerce.org.br
  19. 19. e-BUSINESSPrincipais vertentes do e-business  Anúncios • Permite personalização do marketing; • Não há limite de espaço para a propaganda.  Monetização • Transformando acesso em dinheiro • Blogs, sites de namoros, etc.  Pagamento Único • Pagamentos únicos para aquisição de software.  Produtos de Informação • Conceito “FreeMium”Fonte: www.stanford2009.wikispaces.com
  20. 20. e-BUSINESSPrincipais vertentes do e-business  Moeda Virtual • Utilizado em sítios da internet e ambientes virtuais. • Ex.: Facebook, PagSeguro, e-bit, Unibanco  Bens Virtuais • Podem gerar receita de U$$ 5 bilhões no mundo; • Associados ao capital social construído no site.  Ecossistemas • Aplicativos desenvolvidos para “ecossistemas” definidos. • iPhoneFonte: www.stanford2009.wikispaces.com
  21. 21. e-BUSINESSPrincipais vertentes do e-business Prestação de serviços via web. • e-learning • e-banking
  22. 22. e-BUSINESSPrincipais vertentes do e-business Prestação de serviços via web. • Sites de buscas • Agendamento online
  23. 23. Porque fez-se necessário o Analista de MídiasSociais?http://www.segs.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=85352:o-dilema-da-escassez-de-mao-de-obra-qualificada-e-as-midias-sociais&catid=45:cat-seguros&Itemid=324
  24. 24. Marketing DigitalObjetivo •Utilizar as tecnologias que estabelecem um canal on-line com o mercado : Web, e-mail, databases, mobile/wireless & digital TVEstratégia •Investir em atividades de marketing focadas na rentabilidade do processo de aquisição e retenção de clientes frente a fragmentados processos de compra e complexos ciclos de vida de consumidoresTática • Reconhecer a importância estratégica das tecnologias digitais e construir um plano para alcançar e migrar consumidores para os serviços on-line via comunicação eletrônica ou tradicional • Estratégia de retenção fundamentada na melhor compreensão dos nossos próprios clientes (de seus perfis, comportamento, valores e lealdades) e no uso de comunicação integrada, targeteada, on-line e em consonância
  25. 25. Mkt Tradicional vs. Mkt Digital
  26. 26. Mkt Tradicional vs. Mkt Digital
  27. 27. O que oAnalista deMídias Sociaisfaz?http://columnfivemedia.com/work-items/socialcast-infographic-the-hectic-schedule-of-a-social-media-manager-2/
  28. 28. O que oAnalista deMídias Sociaisfaz?http://joserenatogimenez.wordpress.com/2012/08/07/perfil-dos-analistas-de-midias-sociais/
  29. 29. O que oAnalista deMídias Sociaisfaz?
  30. 30. O que oAnalista deMídias Sociaisfaz?
  31. 31. Qual o perfildo Analista deMídiasSociais?
  32. 32. Cresce procura por analistas demídias sociaishttp://blogmidia8.com/2012/04/cresce-procura-por-analistas-de-midias.html
  33. 33. Qual é o perfil do profissional deMídias Sociais?http://blogmidia8.com/2012/07/um-bom-analista-de-midias-sociais-faz-a-diferenca-na-comunicacao-das-empresas.html
  34. 34. Onde buscar formação?
  35. 35. Onde buscar formação e referências? Web •Blogs; • Perfis em mídias sociais; • Grupos de discussão; •ETC; http://www.scoop.it/t/analista-de-midias-digitais
  36. 36. Eventos http://socialmediaweek.org/saopaulo/
  37. 37. Quais são as possibilidades deespecialização? http://info.abril.com.br/noticias/carreira/video-ironiza-exigencias-ao-contratar- analista-de-redes-sociais-05092012-46.shl
  38. 38. ProgramaSábado (22 de setembro)11h30min: Perfil nas mídias sociais – Dinâmica•Conhecer a estratégia para a UWB;•Criar o perfil do grupo no Facebook (já existe);•Passar de perfil para página•Montar o perfil dos jovens no LinkedIn (como fazerum perfil e um CV)•Conversa no sub-grupo – diferenças de perfilFacebook/LinkedIn (como se posicionar em cadauma das redes)13h - almoço
  39. 39. United Way Brasil1- Objetivo estratégico – Criar presença relevantenas mídias sociais2- Meta - Gerar oportunidades reais de colocaçãoprofissional para jovens participantes da formaçãopor meio dos canais3- Site 4- FacebookMonitoramento de visitação e Migrar de perfil para página einserção de elementos de alimentação de conteúdoconversão 6 – LinkedIn5- Youtube Criar grupo de conexão doRegularizar postagens ecossistema7- Indicadores – Visitação ao site, alcance FB, Visualizações do Youtube eparticipações no LinkedIn
  40. 40. Mapa conceitual de temas paraconteúdos em mídias sociais • Empresas UWB • ONG’s • Formação Jovens • Identidade • Aprendiz Trabalho • Voluntariado Ferramenta: http://tagcrowd.com/
  41. 41. Facebook•Migrar de Perfil para página•Curtir páginas de parceiros e outras unidades•Promover eventos•Criar grupo de jovens, colaboradores e técnicos
  42. 42. LinkedIn• Criar grupo de discussão e seguir organizações parceiras;• Ambientar os jovens quanto ao correto posicionamento nas redes sociaisprofissionais;
  43. 43. Youtube• Criar listas de reprodução com vídeos de outras unidades;•Pensar em produção regular ou substituição de rede social;•Pesquisar sobre formação para produção audiovisual.
  44. 44. Presença institucional nas redes sociaisFacebook: Perfil X Página
  45. 45. Presença individual nas redes sociaisFacebook x LinkedIn•Quem tem perfil no Facebook? Adicionar ao grupo•Quem tem perfil no LinkedIn? Criar/Editar perfilhttp://www.midiatismo.com.br/midias-sociais/voce-acha-que-todo-mundo-esta-no-facebook-este-infografico-mostra-que-isso-e-coisa-de-gente-da-publicidade
  46. 46. ProgramaDomingo (23 de setembro)9h: Youtube – conhecendo mais sobre esta mídia•Porque vídeos?•O que é uma lista de reprodução?•Quem produz conteúdo no grupo?•Conhecer conteúdos no canal do Youtube dosparceiros e de outras unidades UWB;•Selecionar lista de vídeos.10h30min: Café
  47. 47. ProgramaDomingo (23 de setembro)11h: Conhecendo as ferramentas•Hootsuite;•Google Alertas;•Facebook Insights.13h - almoço
  48. 48. ProgramaDomingo (23 de setembro)14h: Dinâmica – divisão de grupos14h15min: Tarefas e Cronograma•Grupo 1 – Facebook (responsável e seleção);•Grupo 2 – LinkedIn;•Grupo 3 – Youtube (responsável e seleção);16h: Apresentação de conteúdos Pen Drive.
  49. 49. Próximos Passos• Entrega de análise e avaliação da formação;• Monitoramento dos grupos de trabalho e dos grupos nas redes sociaisFacebook e LinkedIn.

×