Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 31-32

1.407 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.407
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
860
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo primeiro ano de 2012 3, aula 31-32

  1. 1. • assertivo Uma cerveja com séculos• diretivo Beba Guiness
  2. 2. • expressivo Como estão bonitos os meus dentes!• compromissivo Dentes brancos em três minutos. // Vou já comprar Colgate
  3. 3. página 326 Funções sintáticas ao nível da frase Sujeito Predicado Modificador Vocativo
  4. 4. A. Aprende-se melhor Português, se setiver penicos de louça fina.sujeito nulo indeterminado
  5. 5. B. Na Idade Média havia anjos combonitas auréolas coloridas.sujeito nulo expletivo
  6. 6. C. Deste uma sova no bom do padre?sujeito nulo subentendido
  7. 7. D. Comunicaram à escola as datas dosexames de Lavores.sujeito nulo indeterminado
  8. 8. E. Hoje nevou no concelho de Sintra,perto da Rinchoa.sujeito nulo expletivo
  9. 9. F. Estou cada vez mais inteligente eburro.sujeito nulo subentendido
  10. 10. Não há sujeito nulo expletivo em a) Há sujeito nulo expletivo nesta alínea. b) Não há sujeito nulo expletivo nesta alínea. c) Todas as sextas chove na sala E13. d) Todas as sextas faço uma pergunta sobre sujeito expletivo.
  11. 11. Há sujeito nulo subentendido em a) Nós nada subentendemos. b) As alheiras com ovo nada me dizem. c) Ezequiel, percebeste tudo? d) No dia 16 de Maio de 2018, chegarão os mercedes, os audis, os BMW.
  12. 12. Não há sujeito nulo indeterminado em a) Compra-se ferro-velho. b) Andaram a difamar o Papa. c) Há bolas de Berlim tão deliciosas! d) Diz-se que o ministro vem cá amanhã.
  13. 13. Na primeira cena, dois aviadoresusam expressões e palavras que elessupõem terem uma aceção diferente doseu significado comum. Acreditam quese trata de palavras que, na gíria da suaprofissão, teriam um significadoespecial. Seriam palavras com
  14. 14. polissemia (ou, pelo menos, com umsegundo sentido, mais figurado, além doseu valor primeiro, o denotativo).No entanto, os colegas não reconhecemos alegados segundos sentidos,conotativos, na linguagem profissional:para eles, aquelas expressões sãomonossémicas.
  15. 15. Na cena passada em família, ohomem da casa vai avaliando palavraspela sua aparência, pelo som. Cria umneologismo (em termos de processo deformação, uma palavra cunhada, já quesurgiu por pura invenção), «gorn», que lheagrada particularmente. Entretanto, atribuiconotações às expressões que elenca,embora esses segundos sentidospareçam inesperados. Na verdade, nãoestaremos bem perante conotações, eainda menos
  16. 16. aceções de uma dada palavra, masperante associações de ideias, por idios-sincrasias do falante. A dada altura, pro-cede a uma série que consitui um campolexical (da ‘pornografia’, ou das «palavrasmarotas», como vem no filme): «sexo»,«coxas firmes», «rabo», «zona erógena»,«concubina».
  17. 17. Ouviremos cinco trechos de bandassonoras de filmes. Ouvida cada música(durante cerca de uns dois minutos),terás mais uns três para escrever poucasfrases (de prosa, de poesia ou de prosapoética) que a música te inspire.
  18. 18. Indícios«é o quarto a seguir ao das crianças»o riso de Paul Marshall ao ver as criançasfestas feitas por Paul Marshall na cabeça dascrianças«belas calças»amo, amas, amat«tens de trincar o chocolate»«o tal de cabelo ruivo não era de confiar» (nahistória escrita por Briony)
  19. 19. choctail< chocolate + cocktail
  20. 20. «recuos estratégicos» =eufemismo de «retirada»
  21. 21. TPC Fazer p. 2 da folha da aula (poesiapara Concurso), aproveitando porventuracomo início do poema o começo de umdos trechos feitos em aula.

×