ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 65 66

639 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

ApresentaçãO Para DéCimo Ano, Aula 65 66

  1. 9. <ul><li>Eram oito horas quando Alexandra chegou a casa, ass o ando-se ruidosamente. Passara a tarde no otorrinolaringologista e estava cada vez mais engripada. Fazia ten ç ão de consultar o correio electrónico, mas deu com o filho refastelado [refestelado] diante do computador: </li></ul>
  2. 10. <ul><li>— Diogo, sai já da í ! Co m c erteza que ainda não fizest e os trabalhos de casa. </li></ul><ul><li>A mulher aproximou-se devagar e colocou-se por tr ás do monitor, mas o rapaz continuou o que estava a fa zer e esboçou um meio-sorriso irónico. Depois, pediu à mãe com um olhar suplicante: </li></ul>
  3. 11. <ul><li>— Deixa-me ficar mais dez minutos. Só aqui estou há meia hora e ainda não conclu í as minhas pesquisas. Além disso, tenho sede. Vai buscar-me um copo de sumo bem geladinho… </li></ul>
  4. 12. <ul><li>— Não c edas a esse miúdo mimado — disse o pai, que ouvira a conversa e permanecia no sofá da sala. </li></ul><ul><li>Mas Alexandra encolheu os ombros e lá foi, arrastando as pernas, a caminho do frigor í fico … </li></ul>
  5. 13. <ul><ul><li>a) 13 ; b) 14; c) 15; d) 16. </li></ul></ul><ul><ul><li>? </li></ul></ul>
  6. 14. <ul><li>1. Indique a frase correcta: </li></ul><ul><li>a) Os carros vinham de cima e debaixo. </li></ul><ul><li>b) Os sapatos estavam de baixo da cama. </li></ul><ul><li>c) Deu um pontapé por debaixo da mesa. </li></ul>
  7. 15. <ul><li>Prep + Nome </li></ul><ul><li>de baixo </li></ul><ul><li>Advérbio </li></ul><ul><li>debaixo </li></ul>
  8. 16. <ul><li>2. O feminino de «ilhéu» é </li></ul><ul><li>a) Ilha </li></ul><ul><li>b) Ilhoa </li></ul><ul><li>c) Ilhé </li></ul><ul><li>d) Ilhota </li></ul>
  9. 17. <ul><li>3. Qual é o plural de «turma-piloto»? </li></ul><ul><li>a) turmas-piloto </li></ul><ul><li>b) turmas-pilotos </li></ul><ul><li>c) turma-pilotos </li></ul>
  10. 18. <ul><li>nome-nome/adjectivo </li></ul><ul><li>obra-prima / obras-primas </li></ul><ul><li>amor-perfeito / amores-perfeitos </li></ul><ul><li>guarda-nocturno / guardas-nocturnos </li></ul>
  11. 19. <ul><li>verbo/preposição-nome </li></ul><ul><li>guarda-sol /guarda-sóis </li></ul><ul><li>vice-presidente / vice-presidentes </li></ul>
  12. 20. <ul><li>nome-nome que funcione como atributo específico do anterior </li></ul><ul><li>palavra-chave / palavras-chave </li></ul><ul><li>ideia-força / ideias-força </li></ul>
  13. 21. <ul><li>nome-preposição-nome </li></ul><ul><li>fim-de-semana / fins-de-semana </li></ul><ul><li>água-de-colónia / águas-de-colónia </li></ul>
  14. 22. <ul><li>aglutinadas </li></ul><ul><li>aguardente / aguardentes </li></ul><ul><li>pontapé / pontapés </li></ul>
  15. 23. <ul><li>4. Qual é a forma correcta? </li></ul><ul><li>a) tu hades ler </li></ul><ul><li>b) tu hás-de ler </li></ul><ul><li>c) tu hás de ler </li></ul><ul><li>(v. p. 357) </li></ul>
  16. 24. <ul><li>5. Na frase «São eles os líderes do país.», como classifica quanto à função na oração, «os líderes do país»? </li></ul><ul><li>a) sujeito </li></ul><ul><li>b) complemento objecto directo </li></ul><ul><li>c) nome predicativo do sujeito </li></ul><ul><li>d) nome predicativo do complemento directo </li></ul>
  17. 25. <ul><li>Predicativo do sujeito é comutável por pronome «o»: </li></ul><ul><li>Eles são- no . </li></ul><ul><li>Eles são os líderes do país . </li></ul><ul><li>* Os líderes do país são-no </li></ul>
  18. 26. <ul><li>6. Designa-se por pronome enclítico aquele que está ligado ao verbo </li></ul><ul><li>a) no fim </li></ul><ul><li>b) no meio </li></ul><ul><li>c) no princípio </li></ul>
  19. 27. <ul><li>próclise: disse que me ouve </li></ul><ul><li>mesóclise: ouvir- me -ás </li></ul><ul><li>ênclise: ouve- me </li></ul>
  20. 28. <ul><li>7. A consoante J é: </li></ul><ul><li>a) velar </li></ul><ul><li>b) palatal </li></ul><ul><li>c) alveolar </li></ul>
  21. 29. <ul><li>velares: c [k], g, k, r-, -rr- </li></ul><ul><li>palatais: ch, j , g, x, (-s), lh, nh </li></ul><ul><li>alveolares: l, n, -r- </li></ul>
  22. 30. <ul><li>8. Qual é a frase correcta? </li></ul><ul><li>a) Está um dia soalheiro; portanto vou passear. </li></ul><ul><li>b) Hoje está a chover; por tanto levo o guarda-chuva. </li></ul><ul><li>c) Fiquei tisnado portanto sol que apanhei. </li></ul>
  23. 31. <ul><li>9. Por ter escrito dezenas de romances e novelas, Agustina Bessa-Luís é uma autora </li></ul><ul><li>a) prolixa </li></ul><ul><li>b) prolífica </li></ul><ul><li>c) provida </li></ul><ul><li>d) proléptica </li></ul>
  24. 32. <ul><li>prolixa = ‘expresso por muitas palavras, fastididioso, extenso’ </li></ul><ul><li>prolífica = ‘que produz, que gera’ </li></ul><ul><li>provida = ‘guarnecida’ </li></ul><ul><li>proléptica = ‘em que há prolepse’ </li></ul>
  25. 33. <ul><li>10. Qual das seguintes palavras não é de origem árabe? </li></ul><ul><li>a) almocreve </li></ul><ul><li>b) ginete </li></ul><ul><li>c) lezíria </li></ul><ul><li>d) alvará </li></ul><ul><li>e) alvitre </li></ul><ul><li>f) alfinete </li></ul>
  26. 34. <ul><li>comércio / animais </li></ul><ul><li>trabalhos do campo / cavalos </li></ul><ul><li>topografia / agricultura </li></ul><ul><li>administração </li></ul><ul><li>alvitre (< do lat. ARBITRIU) </li></ul><ul><li>trabalhos domésticos </li></ul>
  27. 35. <ul><li>11. Qual destas frases é a correcta? </li></ul><ul><li>a) São parentes um do outro, porque têm uma tia a fim . </li></ul><ul><li>b) Viajo de comboio, a fim de poupar para outros fins. </li></ul><ul><li>c) Vou mais cedo para casa, afim de descansar o necessário. </li></ul>
  28. 36. <ul><li>afim (= 'próximo'), adj. </li></ul><ul><li>a fim de que (= 'para que'), conj. final </li></ul>
  29. 37. <ul><li>12. No verso «Fui cisne, e lírio, e águia, e catedral!» ocorre </li></ul><ul><li>a) um oxímoro </li></ul><ul><li>b) um pleonasmo </li></ul><ul><li>c) uma aliteração </li></ul><ul><li>d) um polissíndeto </li></ul>
  30. 38. <ul><li>oxímoro: «eloquente silêncio» </li></ul><ul><li>pleonasmo: «subir para cima» </li></ul><ul><li>aliteração: «um f raco rei f az f raca a f orte gente» </li></ul><ul><li>polissíndeto: «comi melancias e maçãs e laranjas e limões» </li></ul>
  31. 39. <ul><li>— Então, que tal correu a reunião? Cheg aste a encontrar-te com o ár bitro ? </li></ul><ul><li>— Telefonei-lhe ontem, mas nada feito! O homem não foi na nossa conversa. Creio que h ouve um equ í voco qualquer… </li></ul><ul><li>— Mau, mau! Ofereceste-lhe o que combin á mos ? </li></ul>
  32. 40. <ul><li>— Claro que lhe ofereci, mas ele não se deixou convencer. Até parece que vai pedir d i spensa dos próximos jogos. </li></ul><ul><li>— Mas que berbicacho! A culpa é tua, Z e quinha , porque não conseguiste convenc ê -lo . </li></ul><ul><li>E agora? </li></ul><ul><li>— Sinceramente, não sei o que te diga. A situação é cr í tica … </li></ul>
  33. 41. <ul><li>Pois é. O jogo está i minente e, se não fizermo s nada, arriscamo-nos a que nos saia a Páscoa à sexta-feira . Achas que vale a pena insistir? </li></ul><ul><li>— Penso que não. Ele anda com medo de ter o telefone sob escuta e não quer comprometer-se. </li></ul><ul><li>— Agora que falas nisso, parece-me que estou a ouvir uns r uí dos estranhos… </li></ul>
  34. 42. <ul><li>13. Na frase «Ninguém te vai agradecer.», o pronome «te» desempenha a função sintáctica de </li></ul><ul><li>a) sujeito </li></ul><ul><li>b) complemento objecto directo </li></ul><ul><li>c) complemento objecto indirecto </li></ul><ul><li>d) adjunto adnominal </li></ul><ul><li>e) vocativo </li></ul>
  35. 43. <ul><li>adjunto adnominal: </li></ul><ul><li>castelos soberbos </li></ul><ul><li>homem de consciência </li></ul><ul><li>duas semanas </li></ul>
  36. 44. <ul><li>14. Qual destas frases está errada? </li></ul><ul><li>a) Já expliquei que o que hoje requeiro é coisa simples. </li></ul><ul><li>b) Não é mais nem menos do que requeri no mês passado. </li></ul><ul><li>c) Eles pensam passar em a vida a fazer requerimentos inúteis. </li></ul>
  37. 45. <ul><li>15. Complete o provérbio: «Quando não chove em Fevereiro, nem bom pão nem bom </li></ul><ul><li>a) ...canteiro» </li></ul><ul><li>b) ...fumeiro» </li></ul><ul><li>c) ...celeiro» </li></ul><ul><li>d) ...lameiro» </li></ul>
  38. 46. <ul><li>16. Diga qual é a forma irregular do particípio passado do verbo «afeiçoar». </li></ul><ul><li>a) afeiçoado </li></ul><ul><li>b) afecto </li></ul><ul><li>c) afeito </li></ul>
  39. 47. <ul><li>v. p. 360 </li></ul><ul><li>Regular Irregular </li></ul><ul><li>afeiçoar | afeiçoado | afecto </li></ul><ul><li>afazer | afeito </li></ul>
  40. 48. <ul><li>17. Nas frases «A princesinha fiava o linho.» e «O padeiro fiava aos camponeses.», como classifica, quanto à relação do sentido e da forma, a palavra fiava»? </li></ul><ul><li>a) homófona </li></ul><ul><li>b) homógrafa </li></ul><ul><li>c) homónima </li></ul><ul><li>d) divergente </li></ul>
  41. 49. <ul><li>18. Na frase «Eles consideram-no inteligente.», como classifica, quanto à função na oração, a palavra «inteligente»? </li></ul><ul><li>a) complemento objecto directo </li></ul><ul><li>b) nome predicativo do sujeito </li></ul><ul><li>c) nome predicativo do complemento directo </li></ul><ul><li>d) complemento circunstancial de modo </li></ul>
  42. 50. <ul><li> Eles consideram- no inteligente . </li></ul><ul><li>Sujeito Predicado Cod Npcd </li></ul>
  43. 51. <ul><li>Bento Conhé Benje </li></ul><ul><li>Largo da filosofia kantiana, n.º 3,1415926 frente </li></ul><ul><li>4321-234 Ermesinde </li></ul><ul><li>Ermesinde, 0 de Dezembro de 2007 </li></ul><ul><li>Ex. mo Senhor </li></ul><ul><li>Presidente da Câmara Municipal de Valongo </li></ul><ul><li>Excelência, </li></ul>
  44. 52. <ul><li>Venho, na qualidade de munícipe, dar conhecimento das condições lastimosas em que vive o Sr. Carlos Simões Ribeiro, um valonguense distinto. Este idoso — conta agora # anos —, que ainda exerce o seu ofício de barbeiro e tem a seu cargo um filho deficiente, está em risco de .... </li></ul><ul><li>[tal e tal, tal e tal] </li></ul>
  45. 53. <ul><li>Certo de que V. Ex.ª está atento aos interesses e necessidades dos munícipes, apresento os meus melhores cumprimentos. </li></ul><ul><li>Subscreve-se respeitosamente </li></ul><ul><li>Bento Conhé Benje </li></ul>
  46. 54. <ul><li>TPC </li></ul><ul><li>Vai lendo os textos informativos sobre sobre «Crónica» (pp. 266-267; cimo da p. 269). </li></ul>

×