DIDATICA Didática i aula

702 visualizações

Publicada em

DIDATICA

Publicada em: Economia e finanças
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
702
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

DIDATICA Didática i aula

  1. 1. Pensar em didática é pensar em trabalho de professor na sala de aula; é verificar como o professor vive seu cotidiano, as práticas individuais, a maneira de se relacionar consigo mesmo, com os alunos, com o conhecimento, com os colegas, com a organização escolar e com a sociedade. Em suma, é um processo de autoconhecimento e de conhecimento do mundo. Ecl. 12:13
  2. 2. O vocábulo didática deriva da expressão grega didaktiké que se traduz por arte ou técnica de ensinar. DIDÁTICA O PAPEL DA DIDÁTICA Servir como mecanismo de tradução prática, no exercício educativo, de decisões para o desenvolvimento das pessoas, com isto estará apresentando como mecanismo tradutor de posturas teóricas em práticas educativas. CARACTERÍSTICAS DA DIDÁTICA Assumir o compromisso com a transformação social, com a busca de práticas pedagógicas que tornem o ensino eficiente para a maior parte da população; Romper com as práticas profissionais individualistas promovendo o trabalho comum de professores e especialistas; Buscar formas de manter as pessoas na escola; Elaborar a reflexão didática a partir da análise e reflexão sobre experiências concretas, procurando trabalhar continuamente a relação entre a teoria e a prática.
  3. 3. APRENDIZAGEM O QUE É APRENDIZAGEM A aprendizagem é um fenômeno extremamente complexo, envolvendo aspectos cognitivos(percepção, conhecer, atenção, raciocínio), emocionais(impulso ou sentimento dramatizado), orgânicos(desenvolvimento físico), Psicossociais (desenvolvimento do comportamento mental e físico dentro da sociedade) e culturais(diversos valores morais e éticos que guiam nosso comportamento social). A aprendizagem é resultante do desenvolvimento de aptidões e de conhecimentos, bem como da transferência destes para novas situações. O PROCESSO DE APRENDIZAGEM O processo de aprendizagem é desencadeado a partir da motivação. Esse processo se dá no interior do sujeito, estando, entretanto, intimamente ligado às relações de troca que o mesmo estabelece com o meio, principalmente, seus professores e colegas. Nas situações escolares, o interesse é indispensável para que o aluno tenha motivos de ação no sentido de apropriar-se do conhecimento. Cabe aos educadores proporcionar situações de interação tais, que despertem no educando motivação para interação com o objeto do conhecimento, com seus colegas e com os próprios professores. Porque, embora a aprendizagem ocorra na intimidade do sujeito, o processo de construção do conhecimento dá-se na diversidade e na qualidade das suas interações.
  4. 4. ESTILOS DE APRENDIZAGEM Observe as crianças brincando, interagindo, aprendendo e uma coisa vai ficar muito clara, algumas crianças gostam de aprender as coisas de um certo modo enquanto que outras se sentirão mais confortáveis aprendendo a mesma, mas de uma maneira totalmente diferente. Essa "maneira" individual pela qual a criança prefere aprender é, na essência, o Estilo de Aprendizagem dela. O QUE É UM ESTILO DE APRENDIZAGEM? É um método que uma pessoa usa para adquirir conhecimento. Cada indivíduo aprende do seu modo pessoal e único. Um Estilo de Aprendizagem não é o que a pessoa aprende e sim o modo como ela se comporta durante o aprendizado. Só lembrando, Estilos de Aprendizagem ajudam a explicar porque uma criança pode aprender a dizer todo alfabeto após ler um livro de alfabetização, enquanto que outras podem aprender a mesma coisa brincando com Blocos de Construção que tenham letras, e ainda outras podem aprender o mesmo cantando músicas como a Canção do ABC.
  5. 5. ESTILOS DE APRENDIZAGEM Cada indivíduo apresenta um conjunto de estratégias cognitivas que mobilizam o processo de aprendizagem. Em outras palavras, cada pessoa aprende a seu modo, estilo e ritmo. Embora haja discordâncias entre os estudiosos, estas são quatro categorias representativas dos estilos de aprendizagem: Visual: aprendizagem centrada na visualização Auditiva: centrada na audição Leitura/escrita: aprendizagem através de textos Ativa: aprendizagem através do fazer
  6. 6. O manejo de classe é uma grande preocupação de muitos professores principalmente os iniciantes, é natural essa preocupação. Portanto cabe ao professor não ter medo e nem ver neles uma ameaça, pois eles proporcionam a experiência necessária ao seu próprio progresso e aperfeiçoamento. CONSIDERAÇÕES BÁSICAS PARA O MANEJO DE CLASSE Conhecer os alunos(manter um bom relacionamento com os alunos, deve possuir habilidades que o leve a aplicar algumas técnicas de conhecimento). O Professor deve gostar da profissão(este é um forte ingrediente do sucesso). É preciso que o Professor continue a estudar(deve aprimorar-se cada dia, cada mês, cada ano). O Professor precisa amar os alunos(é ele que prepara o aluno para viver e conviver). TÉCNICAS DE MANEJO DE CLASSE A principal tarefa do professor é encontrar uma técnica certa ou combinação de várias delas para cada caso. (Apost. pág.4). O plano de trabalho bem elaborado e bem dosado ajuda muito, pois evita tensões na turma e no professor e com isto pode prever meios de contornar os momentos críticos. ALGUMAS SUGESTÕES PRÁTICAS USADAS POR PROFESSORES EXPERIENTES EM CLASSE (Apost. Pág.5)
  7. 7. No conceito moderno, ensinar não é apenas transmitir conhecimentos, mas também promover aprendizagem por parte do aluno. Essa aprendizagem não pode ser forçada nem introduzida no educando como ato de vestir uma peça de roupa. Primeiro deve-se despertar, motivar e interessar a mente do aluno e em seguida dirigi-la no processo de aprendizado. A palavra “educar” é derivada de uma outra que literalmente significa: “conduzir para fora” (Aristóteles). Com isso conclui-se que o professor é aquele que conduz o aluno ao encontro das experiências da vida de tal forma que ele possa viver vitoriosa e sabiamente, diante de Deus e de seus semelhantes. Analisando a Lei do ensino, podemos observar que: “para ser um professor eficiente, não basta dominar o conteúdo a ser ministrado, precisa-se conhecer também aqueles a quem se vai ensinar”. A maneira como o aluno aprende deve determinar a forma como ensinamos.
  8. 8. Diferença entre Ensino e Didática Ensino: É a Transmissão de informações Informações Didática:É Como transmitir as informações
  9. 9. AS SETE LEIS DO ENSINO A LEI DO PROFESSOR Basear o ensino numa rica experiência de vida. A LEI DO ENSINO Dominar a matéria e conhecer muito bem as pessoas a quem se ensina. A LEI DA ATIVIDADE Envolver os alunos numa experiência altamente educativa. “Ouço e esqueço; vejo, e guardo na memória; faço e compreendo”. A LEI DA COMUNICAÇÃO Construir pontes de ligação entre o comunicador e o receptor. A LEI DO CORAÇÃO Atingir a personalidade como um todo – intelecto, sentimento e vontade. A LEI DA MOTIVAÇÃO Descobrir e cultivar as motivações humanas intrínsecas (é aquela proveniente de fatores externos). A LEI DA PREPRAÇÃO PRÉVIA Preparar o professor para ensinar e o aluno para aprender.
  10. 10. O método consiste no estabelecimento daquelas condições sobre as quais melhor se possa verificar o enriquecimento e controle da experiência. O método é pois, a utilização dos recursos feitos pelo professor, de modo que desperte o aluno para a atividade, ministrando-lhe orientação ao lidar com esses recursos, resultando no aprendizado. á alguns fatores que determinam a escolha dos métodos, tais como: Objetivo ou propósito da lição; Habilidade do professor e do aluno; O tamanho do grupo; O tempo disponível; Equipamentos necessários. É Como ajudar o aluno a aprender
  11. 11. Finalidade dos métodos de ensino: É adaptar a lição ao aluno. Nunca ao contrário; O uso dos métodos de ensino: Uma aula apresenta normalmente uma combinação de dois ou mais métodos. Nunca um só. Jesus ensinou usando métodos. Os métodos de ensino afetam os sentidos físicos, os quais os meios de comunicação da alma com o mundo exterior. É por meio deles que ele explora o mundo em volta de si, bem como recebe suas impressões, são eles: Método de preleção(é feito por uma pessoa diante de um auditório) Métodos de perguntas e respostas(leva o aluno a expressar sua própria idéia) Método de discussão(é uma conversação ou troca de idéias planejada sobre um assunto) Método audiovisual(está provado que uma pessoa lembra cinco vezes mais o que vê do que o que ouve) Método da Narração(São as histórias que depois de narradas precisam ser aplicadas O bom samaritano, a ovelha perdida, o filho pródigo) Método de leitura(O professor pode mandar os alunos procurarem texto em suas bíblias e lerem) Método de tarefas(esse é o grande método aprender fazendo) Método demonstrativo(esse é o método faça como eu faço, é o método do exemplo) Os acessórios de ensino: Alguns deles são: quadros, gravuras, Flanelografo, projetores de variados tipos, mapas bíblicos, livro de trabalho manuais, lápis em cores.
  12. 12. MÉTODO DE PERGUNTAS E RESPOSTAS Apesar do avanço das técnicas de dinâmica de grupo, muito se ensina ainda através de perguntas, quer como método especial; quer como elemento importante na composição de outros métodos. Vantagens deste Método Dá ao aluno oportunidade para investigar a verdade por si mesmo; Aguça a curiosidade e estimula o interesse; Leva o aluno a expressar sua própria idéia; Ajuda o aluno a desenvolver o raciocínio crítico; Possibilita o professor estabelecer e conservar o contato com a mente de cada aluno Técnicas de Perguntar Devem ser formuladas de tal maneira que prenda o interesse de toda classe; Devem ser feitas a modo de conversação; Devem ser distribuídas de modo a que os alunos tenham oportunidade de aprender o mais igualmente possível; Dar tempo suficiente para o aluno responder; Devem ser feitas de modo a não sugerir respostas. As perguntas podem ser usadas para Incentivar uma discussão sobre um tema conhecido; Apresentar um tema novo; Entrevistar um convidado na classe; Esclarecer os valores expressos pelas pessoas; Provocar uma explosão de idéias sobre algum problema ou assunto. Tipos de Perguntas Imaginação: Que faria você...? Como se sentiria...? Raciocínio: Por que será que o rei Josias mandou destruir a casa dos rapazes escandalosos? Memória: Para que País Moisés fugiu depois de matar o egípcio?
  13. 13. Fatores que Encantam o Aluno M.A.C.C.E.T.E •Motivação •Atenção •Conteúdo •Criatividade •Empatia •Testes desafiadores •Espírito empreendedor.
  14. 14. O Professor que realmente se preocupa com o manejo de classe consegue boa disciplina, conduz bem a aula. Fazendo assim ele facilita o trabalho do professor e aluno. "Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar possibilidades para sua produção ou sua construção. Quem ensina aprende ao ensinar e quem aprende ensina ao aprender." (Paulo Freire.)

×