Aula 4 Novo

1.600 visualizações

Publicada em

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.600
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
115
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
59
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 4 Novo

  1. 1. Modulo 7 – CRISES, EMBATES IDEOLÓGICOS E MUTAÇÕES CULTURAIS NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XX 12ºAno Unidade 1 – As Transformações das Primeiras décadas do Século XX
  2. 2. Aula de História 12ºAno Sumário: Conclusão da aula anterior. A regressão do Demoliberalismo
  3. 3. A regressão do demoliberalismo <ul><li>No princípio dos anos 20, a Europa atravessava um período difícil, na medida em que, para responder às necessidades financeiras, os governos procederam ao aumento da massa monetária em circulação, o que se traduziu na desvalorização da moeda e na consequente subida de preços. Por um lado, acentuava-se o endividamento da Europa decorrente da realização de empréstimos junto dos EUA. Mesmo neste país, após um ano de boas perspectivas económicas de 1919, seguiu-se uma crise violenta em 1920-21. </li></ul><ul><li>A diminuição dos empréstimos a países europeus e a redução da procura interna provocaram a diminuição dos preços, a acumulação de stocks, a baixa da produção, a abertura de falências, o desemprego e alguns conflitos sociais. Por outro lado, dada a crescente dependência da economia europeia face à americana, a redução do crédito implicou que a Europa tivesse deixado simplesmente de poder comprar. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Face ao aumento da conflitualidade social (ocupação de fábricas e de terras, greves em diversos sectores), decorrente do aprofundamento da crise, associada às actividades do Komintern , órgão criado com o objectivo de coordenar a acção dos partidos comunistas que contribuiu para a propagação dos ideais da revolução bolchevista , instalou-se o temor no seio da burguesia e das classes médias. Estas, afectadas pela inflação, pela quebra do poder de compra e pela ameaça de proletarização, desejosas de estabilidade social e política, constituíram o alvo preferencial dos apelos da direita que, perante o espantalho do perigo comunista, preconizava o estabelecimento de soluções autoritárias. </li></ul><ul><li>Como consequência, em vários países da Europa (Inglaterra, França, Alemanha, Itália), e mesmo nos EUA, assistiu-se a uma reacção conservadora, nacionalista e autoritária que se concretizou pela viragem à direita por parte de muitos governos, na progressão dos movimentos racistas e nas limitações à imigração. Se o termo da I Guerra Mundial significara o relançamento das democracias parlamentares, no final dos anos 20 e 30 a democracia parecia em nítida regressão. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Impacto da Revolução de Outubro no mundo </li></ul><ul><li>Suscitou grande entusiasmo no mundo, pois mostrou aos seguidores das ideias marxistas e aos partidos operários de todo o mundo que era possível a revolução e a destruição do Estado burguês e capitalista. </li></ul><ul><li>Simultaneamente, suscitou a oposição dos Estados e partidos que defendiam a democracia representativa e o sistema capitalista. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>● Fraqueza e incapacidade das Democracias Liberais na resolução da crise económica e no controle da ordem social </li></ul><ul><li>● Medo do Bolchevismo e da expansão da Revolução Socialista no mundo. </li></ul><ul><li>● Grande descontentamento da alta burguesia, dos grandes proprietários e das classes médias que temem a agitação social, a desordem nas ruas e o bolchevismo. </li></ul><ul><li>● As classes descontentes e temerosas vão apoiar a emergência de soluções autoritárias que prometem instaurar a ordem, restaurar a economia, criar empregos e engrandecer as pátrias. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Radicalização Social e Política nos anos 20 </li></ul><ul><li> Greves Operárias </li></ul><ul><li> Ocupação de terras e de fábricas </li></ul><ul><li> Tentativas de revolução comunista </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Emergência dos Autoritarismos </li></ul><ul><li> Fascismo na Itália (Mussolini) </li></ul><ul><li> Nazismo na Alemanha (Hitler) </li></ul><ul><li> Movimentos autoritários e antidemocráticos </li></ul><ul><li>em vários países europeus </li></ul><ul><li> Ditaduras em vários países europeus: </li></ul><ul><li>- Portugal (Ditadura Militar e Salazarismo) </li></ul><ul><li>- Espanha (Primo de Rivera e Franquismo </li></ul>

×