Meio ambiente

755 visualizações

Publicada em

Projeto Anual Educação Infantil 2014

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
755
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
117
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Meio ambiente

  1. 1. EMEI JULIO ALVES PEREIRA TURMAS 6E E 6F MEIO AMBIENTE E CONSUMO CONSCIENTE PROFESSORAS: MAURA E LILAN - 6E MARISA E RUTE – 6F 2014 Coordenadora Pedagógica: Cristina Pollefrone
  2. 2. JUSTIFICATIVA  Verificamos a necessidade de abordarmos as questões que tangem a educação ambiental, pois não podemos fechar os olhos para uma natureza que diariamente revela-se cada vez mais prejudicada pelas ações inconsequentes de nós seres humanos.  Como educadores, devemos contribuir para formação de uma geração consciente em relação ao seu papel como cidadão voltado para uma valoração ética, social, econômica e ambiental, além de pensar numa escola que promova esse aprendizado, a fim de se ensinar a importância de atitudes de preservação, para que as gerações futuras não sofram com a destruição ambiental.  Assim por perceber a necessidade de um trabalho que aborde discussões de preservação ao meio ambiente, esse projeto buscará desenvolver nas crianças uma cultura de sustentabilidade.  Tendo em vista o interesse dos alunos e consciência de que o ambiente urbano é um dos mais poluídos, e que nele ocorrem vários tipos de poluição: sonora, visual, lixo, esgoto, etc. Sendo que uma das principais poluições que causam grande degradação ao Meio Ambiente e ameaça ao ser humano é o lixo urbano. Pois poucas cidades dispõem de aterros sanitários apropriados e raríssimas são as que possuem usinas de tratamento. A maioria das cidades deposita o seu lixo em lixões, que servem de fonte de consumo para muitas pessoas e de proliferação de doenças.  Nesses lixões, que recebem muito lixo doméstico, que é descartado diretamente no solo e onde são encontrados lixos hospitalares, podendo haver contaminação com agulhas, remédios vencidos que poderão causar vários danos à saúde; lixo tóxico como pilhas e baterias que contêm metais pesados como o chumbo e mercúrio em seus produtos. Estima-se que cada bateria ou pilha depositada de forma inadequada contamine uma área de um metro quadrado.  As enchentes também são provocadas pelo homem. Pois apesar da chuva ser um fenômeno natural, elas devastam as cidades por causa das alterações deitas na natureza. A retirada das coberturas vegetais, a utilização de materiais impermeáveis no solo, o depósito indevido de lixo nas ruas e outras atitudes humanas colaboram para a proporção do problema.  As inundações aumentam o risco de aquisição de doenças infecciosas transmitidas pela água contaminada. Escolhemos trabalhar com as nossas turmas sobre o mosquito Aedys Aegypti que transmite a dengue.  A dengue é uma doença infecciosa causada por um arbovírus (existem quatro tipos diferentes de vírus da dengue: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4), que ocorre
  3. 3.  principalmente em áreas tropicais e subtropicais do mundo, inclusive do Brasil. As epidemias geralmente ocorrem no verão, durante ou imediatamente após períodos chuvosos. O dengue clássico se inicia de maneira súbita e pode ocorrer a febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores nas costas. Às vezes aparecem manchas vermelhas no corpo. A febre dura cerca de cinco dias com melhora progressiva dos sintomas em 10 dias. Em alguns poucos pacientes podem ocorrer hemorragias discretas na boca, na urina ou nariz.  A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação d mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d’água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.  Em vista disto, para melhorar as condições de vida nos grandes centros e diminuir os impactos provocados no meio ambiente, é preciso retroceder para melhorar as condições ambientais, é preciso rever os valores que estão norteando o nosso modelo de desenvolvimento e, antes de se falar em lixo, é preciso reciclar nosso modo de viver, produzir, consumir e descartar. Qualquer iniciativa neste sentido deverá absorver, praticar e divulgar os conceitos complementares de Redução, Reutilização e Reciclagem.  Nós podemos mudar esses números, evitando jogar lixo no meio ambiente e praticando 3 regras:  REDUZIR: gerar menos lixo evitando desperdício.  REUTILIZAR: usar o lixo antes de descarta-lo, para a mesma função ou utilizá-lo de outras formas.  RECICLAR: aproveitar produtos jogados no lixo para a fabricação de novos objetos.  A reciclagem é uma saída para amenizar a quantidade de lixo produzido por cada pessoa, mas somente 2% de todo o lixo produzido é encaminhado para a reciclagem. Ela consiste na separação (seleção) e recuperação dos diferentes tipos de matérias orgânicos e inorgânicos (vidros, papel, plástico, metal, etc.). A seleção e a recuperação do lixo urbano no mundo, principalmente em países desenvolvidos já é prática rotineira e generalizada.
  4. 4. OBJETIVO GERAL  Estimular nas crianças o respeito ecológico e mostrar a elas a importância da sua participação no cuidado com o Meio Ambiente em que vive reconhecer-se como um indivíduo natural e que a Natureza é extremamente importante para a sobrevivência da humanidade. Proporcionar o conhecimento e a conscientização dos alunos de séries iniciais acerca dos temas que envolvem meio ambiente e cidadania incluindo a sua importância e o cuidado para as futuras gerações.
  5. 5. OBJETIVOS ESPECÍFICOS  Despertar nas crianças valores e ideias de preservação da natureza e senso de responsabilidade para com as gerações futuras;  Sensibilizar de forma lúdica sobre o uso sustentável dos recursos naturais através de suas próprias ações;  Apresentar alternativas e soluções para as questões ambientais pertinentes no dia a dia escolar.  Conscientizar as crianças sobre a importância do meio ambiente e como o homem está inserido neste meio;  Estimular para que perceba a importância do homem na transformação do meio em que vive e o que as interferências negativas tem causado à natureza;  Incorporar o respeito e o cuidado para com o meio ambiente.  Incorporar a rotina da coleta seletiva.  Reconhecer atitudes inadequadas para com o seu meio ambiente  Reconhecer que os cuidados com o meio ambiente promovem a qualidade de vida para os seres vivos.  Estimular a mudança prática de atitudes e a formação de novos hábitos com relação à utilização dos recursos naturais.  Conscientizar sobre as diferentes formas de coleta e destino do lixo, na escola, casa e espaços em comum.  Conscientizar sobre o uso adequando e renovação de certas matérias primas: Reciclagem;  Pesquisar em livros e revistas;  Participar de rodas de conversas sobre o tema;  Familiarizar-se, aos poucos, com a escrita por meio da participação em situações nas quais ela se faz necessária e do contato no cotidiano com os livros, revistas, histórias em quadrinhos, painéis etc;  Estabelecer aproximações a algumas noções matemáticas presentes no seu cotidiano, como contagem, relações espaciais, seriação, etc;
  6. 6.  Reconhecer cores e formas;  Aproximar os acontecimentos da atualidade, do mundo que nos cerca, com a sala de aula,  Explorar o ambiente, para que possa se relacionar com outras crianças;  Estabelecer contato com objetos diversos, manifestando curiosidade e interesse;  Estabelecer relações entre fenômenos da natureza;  Aprimorar os cinco sentidos através de atividades com materiais concretos e lúdicos;  Desenvolver progressivamente hábito de higiene pessoal (escovar os dentes, lavar as mãos, tomar banho e lavar o rosto) e social (quanto a jogar o lixo no lixo e preservar o ambiente);  Observar o limite disponível para os desenhos, pinturas e colagens, usando diversos materiais dispostos na sala, como papel, sulfite, canson, pincel, tesoura, tintas.  Iniciar recortes livres com tesoura;  Ampliar o reconhecimento de mundo que possuem, manipulando diferentes objetos e materiais, explorando suas características, propriedades e possibilidades de manuseio e entrando em contato com formas diversas de expressão artística;  Explorar e confeccionar brinquedos com materiais recicláveis;  Nas aulas de informática, fazer pesquisas de vídeos e imagens e jogos relacionados ao tema.
  7. 7. CONTEÚDO  Consumo consciente da água  Dengue  Poluição do ar  Lixo e reciclagem
  8. 8. PROCEDIMENTOS  Interpretações oral e através de desenhos;  Atividades orais e escritas;  Brincadeiras e Jogos que serão confeccionados pelas crianças;  Músicas e Danças;  Pinturas, Dobraduras e Recortes;  Confecção de livros coletivos e Painéis;  Parlendas; Contos; Adivinhas; Trava-língua; Poemas; Rimas;  Ler histórias ou filme sobre educação ambiental, reciclagem e ação do homem sobre a natureza.  Releituras de livros infantis e quadros.
  9. 9. METODOLOGIA  Os procedimentos serão assim trabalhados:  Apresentação do tema aos alunos. Conversa dirigida a respeito do tema:  Apresentação de vídeo educativo infantil, que trate da questão do lixo, da preservação do meio ambiente trazendo a importância da reciclagem;  Explicação sobre a importância de Reciclar, Reaproveitar, Reutilizar, respeitando a vida e a ecologia.  Aula Passeio: Proporcionar a turma um passeio onde eles serão orientados sobre reciclagem e sua importância  Análise da realidade ambiental na comunidade  Campanha contra a Dengue, um dos problemas com o acúmulo de lixo, (com cartazes e informativos)  Reciclagem – explicar sobre a reciclagem, sua importância e como é feita.  Montar latas de lixo de coleta seletiva na escola, apresentando que cada cor de lata recebe um tipo de lixo  Apresentar os símbolos da reciclagem que são usados para cada tipo de material  Iniciar os trabalhos manuais, como cartazes, panfletos educativos, avisos que trazem informações importantes à população  Confeccionar painéis;  Confeccionar brinquedos e utilitários com materiais recicláveis  Preparação para a exposição dos trabalhos
  10. 10. PRODUTO FINAL  Exposição de todos os trabalhos desenvolvidos durante o projeto na Feira Cultural;  Fotos do desenvolvimento dos trabalhos.
  11. 11. AVALIAÇÃO  A avaliação deverá ser contínua, através de observação e registro da participação e envolvimento de cada criança.
  12. 12. RECURSOS  Livros de histórias sobre o tema e de pesquisas em sala de aula;  DVD’s com músicas ou histórias que contemplem o tema do nosso projeto;  Internet para pesquisas;  Máquina fotográfica para registro das atividades;  Material de pintura como: lápis de cor, canetinhas, giz de cera, guache;  Revistas para recorte, papéis variados para pintura, recorte e colagem;  Sucatas.
  13. 13. PRODUTO FINAL  Esse projeto foi desenvolvido pelas crianças de 05 a 06 anos de idade do Infantil II – 6E e 6F no decorrer do ano.
  14. 14. CRONOGRAMA  FEVEREIRO Mês de adaptação das crianças  MARÇO Observação do interesse e necessidade da turma; Rodas de conversas sobre o tema; Histórias sobre o tema; Exploração do conhecimento das crianças em relação ao tema; Conversas sobre o tempo: calor, frio, chuva.  ABRIL Tema do mês: ÁGUA. Consumo consciente da água – economia; Enchentes; Músicas e histórias sobre o tema; Dengue – pesquisas na internet sobre a contaminação.
  15. 15.  MAIO Tema do mês: POLUIÇÃO DO AR Queimadas; Soltar balões – (festa Junina); Musicas e histórias sobre o tema.  JUNHO Participação das Famílias Construir com as crianças utilitários de sucatas, como: porta-lápis, cofre, porta-joias, etc.  JULHO Tema do mês: LIXO Reutilização do lixo; Coleta seletiva; Reciclagem; Música e histórias sobre o tema.
  16. 16.  AGOSTO Tema do mês: Materiais Recicláveis Construção de brinquedos de sucatas com as crianças; Jogos sobre o tema; Construção de jogos; Música e histórias sobre o tema.  SETEMBRO Feira Cultural, com exposição dos trabalhos; Avaliação do projeto.
  17. 17. Leitura da história: Para se ter uma floresta
  18. 18. Releitura da história
  19. 19. Releitura do livro: 10 coisas que eu posso fazer para ajudar meu planeta Desligo a torneira enquanto escovo meus dentes Eu como toda a comida na hora do almoço
  20. 20. Eu cuido das árvores da escola Eu separo o lixo para coleta seletiva
  21. 21. Tudo isso porque: EU AMO MEU PLANETA
  22. 22. COLETA SELETIVA
  23. 23. As crianças trouxeram o lixo para a escola e juntos fizemos a seleção distribuindo nos latões conforme as cores da reciclagem.
  24. 24. Saída com as crianças ao Comércio de Material Reciclável da Região
  25. 25. Material reciclável que encontramos na rua a caminho do C.M.R.
  26. 26. Arrecadamos óleo de cozinha usado com as famílias para fazer sabão caseiro.
  27. 27. Construção com Sucatas em Sala de aula
  28. 28. Construção com Sucata com a participação da família
  29. 29. PUDIM DE PÃO – Reaproveitando o pão amanhecido
  30. 30. Degustando o Pudim
  31. 31. FEIRA CULTURAL
  32. 32. FESTA DO SORVETE Resultado da venda de sucatas no C.M.R.
  33. 33. ÁRVORE DE NATAL

×