Projeto Interdisciplinar Corpo e Movimento Agosto, 2011
Grupo: Heloisa Garcia Maristela Paim Medeiros Paula Christina Fernandes Moreira da Silva Paula Schoemer Jardim Professora:...
Conceito:  Limite Faixa etária:  4 a 6 anos
O limite hoje e a percepção do outro é fundamental pra o desenvolvimento e aprendizagem da criança. O limite hoje é uma qu...
Atividades aplicadas
As crianças em um espaço delimitado na sala pelo educador ficarão espalhados onde andarão livremente.  Ao escutar a palma ...
 
As  crianças serão divididas em equipes que cada uma escolherá seu representante. O educador entregará duas folhas de jorn...
Após a primeira “partida”o educador fará algumas modificações nas regras no percorrer da criança do ponto de partida/chega...
 
O educador entregará para cada aluno uma folha de jornal, explicando como poderia economizar espaço na lixeira ou saco de ...
 
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projeto interdisciplinar rascunho 1

1.442 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.442
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
213
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto interdisciplinar rascunho 1

  1. 1. Projeto Interdisciplinar Corpo e Movimento Agosto, 2011
  2. 2. Grupo: Heloisa Garcia Maristela Paim Medeiros Paula Christina Fernandes Moreira da Silva Paula Schoemer Jardim Professora: Fátima Jardim
  3. 3. Conceito: Limite Faixa etária: 4 a 6 anos
  4. 4. O limite hoje e a percepção do outro é fundamental pra o desenvolvimento e aprendizagem da criança. O limite hoje é uma questão preocupante, pois as crianças estão cada vez mais agitadas, sem atenção, precisando se organizarem no tempo e no espaço para terem um comportamento adequado para as diferentes situações (limite), terem escuta para ocorrer a aprendizagem, e respeito ao próximo para o convívio social. Através das brincadeiras com o corpo, a criança vai percebendo seu corpo, seu espaço, percebendo e respeitando o corpo e o espaço do outro. Dessa forma mais tarde o educador pode trabalhar as regras, os combinados, que representam exatamente o limite dentro de uma rotina, o convívio social, o respeito ao próximo, os jogos, as regras, entre diversos aspectos em que a criança encontra-se envolvida.
  5. 5. Atividades aplicadas
  6. 6. As crianças em um espaço delimitado na sala pelo educador ficarão espalhados onde andarão livremente. Ao escutar a palma e o comando pedido pelo responsável alterarão conforme solicitado, preocupando-se sempre com o cuidado de não encostarem-se e esbarrarem-se entre si. Exemplos de comandos: andar de costas, de lado, abaixado, rodando os braços, devagar, rápido, devagar nas pontas dos pés, etc.
  7. 8. As crianças serão divididas em equipes que cada uma escolherá seu representante. O educador entregará duas folhas de jornal para cada um, mostrando o percurso a ser percorrido (ponto de partida e chegada). Explicará para todas as crianças como será desenvolvido a atividade, aplicando as regras através de uma linguagem da “fantasia”. Exemplo: A criança deverá ir a uma ilha buscar doces gostosos para sua equipe que não poderá ir nadando porque o rio está cheio de jacarés e é muito perigoso. Então, terá que criar uma ponte com as folhas de jornais. Como a ilha é muito distante e eles só possuem duas folhas de jornal, deverão montar a ponte folha por folha, ou seja, colocará uma folha no chão e pisará com os dois pés, em seguida a segunda folha com o mesmo procedimento, repetindo até o ponto de chegada.
  8. 9. Após a primeira “partida”o educador fará algumas modificações nas regras no percorrer da criança do ponto de partida/chegada, gradativamente dificultando ou não o percurso. Em cada “partida” haverá trocas de representantes, para que cada criança possa vir a participar. O educador deverá ter cuidado ao aplicar a atividade para não tornar uma competição e todos envolvidos respeitem a individualidade e dificuldade de cada um.
  9. 11. O educador entregará para cada aluno uma folha de jornal, explicando como poderia economizar espaço na lixeira ou saco de lixo a folha descartada, demonstrando através de comparação do amassar e dobrar o material apresentado. Para que cada um possa colocar em prática a explicação dada, o educador dará uma atividade onde a criança irá dançar em cima da folha e em cada parada de música, ela deverá dobrar o jornal e permanecer dançando. O espaço vai diminuindo e quem ficar por último é que conseguiu explorar o espaço menor (normalmente a criança fica num pé só e trabalha também o equilíbrio).

×