Cantando a gente brinca, brincando a gente aprende - Turma 5H

2.565 visualizações

Publicada em

Projeto Educação Infantil 2014; Turma Infantil I 5H

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.565
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
133
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
36
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cantando a gente brinca, brincando a gente aprende - Turma 5H

  1. 1. EMEI JÚLIO ALVES PEREIRA TURMA: 5H PROFESSORA TATIANE 2014
  2. 2. “É preciso preocupar-nos com a formação das crianças, não apenas com o ensino dos conhecimentos sistematizados, mas também com o ensino de expressões, movimentos corporais e percepções; em outras palavras, com a música que está presente em todas as culturas e pode ser utilizada como fator determinante no desenvolvimento motor, linguístico e afetivo de todos os indivíduos”. ( SILVA, 2010 e MARTINS,2004)
  3. 3.  Na educação infantil, as músicas muitas vezes são utilizadas para criar hábitos, como lavar as mãos, hora do lanche e outros, favorecendo o desenvolvimento da criança e sua socialização. Assim a partir de um hábito frequente e prazeroso para os alunos, nasceu nosso projeto. O mesmo se consolidou a partir de observações durante nossas rodas de música, inclusive de nossa aluna de inclusão, que da sua maneira participa desses momentos.  O projeto está pautado no interesse que os alunos apresentaram, e claro visando também à integração de todos, pois a musicalização também favorece a inclusão de crianças portadoras de alguma deficiência, visto que geralmente reagem a música, quando tudo o mais falhou. A música é um vinculo expressivo para o alivio da tensão emocional, superando dificuldades de fala e de linguagem, e muito usada para melhorar a coordenação motora nos casos de paralisia cerebral. Também é usada para ensinar controle de respiração e da dicção nos casos em que existe distúrbios de fala.  Seu caráter lúdico e de livre expressão, não apresentam pressões nem cobranças de resultados, são uma forma de aliviar e relaxar a criança, auxiliando na desinibição, contribuindo para o envolvimento social, despertando noções de respeito e consideração pelo outro, e abrindo espaço para outras aprendizagens.  Nessa perspectiva, nosso trabalho será permeado pelo fazer musical, envolvendo as crianças em atividades musicais, que melhoram sua acuidade auditiva, aprimoram e ampliam a coordenação viso- motora, suas capacidades de compreensão, interpretação e raciocínio, descobrindo sua relação com o meio em que vive, desenvolvendo a expressão corporal e a linguagem oral.  A musica será utilizada para desenvolver os conteúdos e conceitos de forma lúdica, permitindo a fantasia, momentos esses que as crianças curtem e gostam bastante, fazendo com que a aprendizagem aconteça de uma forma muito mais prazerosa.
  4. 4.  A musicalização é um processo de construção do conhecimento, que tem dentre seus objetivos despertar o gosto musical, favorecendo o desenvolvimento da sensibilidade, criatividade, senso rítmico, imaginação, memória, atenção, respeito ao próximo, socialização, afetividade e outros; contribuindo de maneira indelével como reforço no desenvolvimento cognitivo/lingüístico, psicomotor e sócio afetivo da criança.  De acordo com a UNESCO (2005), a música está bastante ligada ao lúdico e ao brincar. Nessa perspectiva, visando uma aprendizagem significativa e prazerosa para nossos alunos, se torna cada vez mais necessária a ludicidade no ambiente educacional, pois ela é capaz de tornar o aprendizado prazeroso e estimulante.  A música consiste em uma linguagem capaz de expressar e comunicar sensações, sentimentos e pensamentos. Ela está presente em varias culturas e consiste em uma importante forma de expressão humana. É uma linguagem cujo conhecimento se constrói não um produto pronto e acabado. Assim a musicalização no ambiente escolar (educação infantil) se torna fundamental.
  5. 5.  Promover a partir da música, a integração dos alunos, dando- lhes oportunidades de expressar sensações, sentimentos e pensamentos, ampliando seu conhecimento de mundo;  Proporcionar a interação e o envolvimento entre pais e filhos, através de atividades direcionadas;
  6. 6.  - Estimular a linguagem oral e escrita;  - Ampliar as experiências no campo do ritmo, audição e expressão corporal;  - Desenvolver a atenção, o gosto e a sensibilidade;  - Proporcionar o desenvolvimento do raciocínio lógico, da expressão oral, corporal, coordenação motora, percepção visual e auditiva;  - Motivar e integrar os alunos através da música;  - Confeccionar atividades diferenciadas com base nas músicas trabalhadas;  - Desenvolver hábitos de leitura e escrita;  - Facilitar a assimilação;  - Desenvolver ritmos;  - Melhorar a interação e a confiança;  - Ampliar as experiências sensoriais, afetivas e intelectuais...
  7. 7.  Rodas de música; brincadeiras e cantigas de roda; dança da cadeira; jogos musicais;  Rodas de leitura;  Cartazes com letras de músicas (músicas preferidas);  Confecção de livro com as músicas preferidas da sala;  Desenhos, pinturas, pinturas em tecido,dobraduras, modelagem, recortes e colagens;  Confecção de instrumentos musicais utilizando materiais reciclados;  Ritmos e movimentos; estilos musicais; e outros que vierem a surgir no decorrer do processo.
  8. 8. Interdisciplinar o assunto em diversas áreas uma vez que a musicalização é feita através de atividades lúdicas visando o desenvolvimento e aperfeiçoamento da percepção auditiva, imaginação, coordenação motora, memorização, socialização, expressividade, percepção espacial e outras. O lúdico funcionará como elemento motivador e de estímulo para o desenvolvimento da expressão musical onde a imitação, a percepção e a criação são os principais elementos deste processo. Através da interdisciplinaridade iremos trabalhar os eixos sugeridos pelo Referencial Curricular Nacional (linguagem oral e escrita, matemática, natureza e sociedade, artes, música e movimento); de uma forma lúdica e prazerosa.
  9. 9.  Exposição dos trabalhos realizados durante o ano;  Exposição dos trabalhos realizados em parceria com as famílias;  Apresentação de diversas formas de registros, entre elas fotos e relatos dos pais;
  10. 10.  No decorrer de todo processo será avaliado o desempenho e desenvolvimento de cada aluno nas atividades propostas; através de observação e registros realizados pela professora.
  11. 11. Os trabalhos realizados pelos alunos durante o ano letivo, bem como as construções confeccionadas em parceria com as famílias, foram expostas em nossa Mostra Cultural que foi realizada no dia de setembro de 2014:
  12. 12. Livro com as músicas preferidas dos alunos, confeccionados durante o desenvolvimento do projeto.
  13. 13. Seu lobato tinha um sítio... A canoa virou, vou deixar ela virar... A dona aranha...
  14. 14. O urso do barulho!!! A cobra não tem pé... A cobra não tem mão... O sapo não lava o pé...
  15. 15. A roda do ônibus roda, roda...
  16. 16. Se eu fosse um peixinho e soubesse nadar...
  17. 17. Colcha de retalhos, confeccionada pelos pais Mural de fotos
  18. 18. Lembrancinhas: chaveirinhos em formato de violão Relato dos pais, sobre o projeto
  19. 19. Instrumentos Musicais Confeccionados pelas Famílias, Utilizando Material Reciclado Ideias Super Criativas
  20. 20. Contamos com a colaboração e participação dos pais em todas as etapas do projeto. Desde a primeira reunião quando apresentamos o projeto até sua finalização. O resultado foi um trabalho maravilhoso, realizado em parceria com as famílias que culminou em nossa Mostra Cultural, com a exposição de trabalhos surpreendentes!!! PROJETO: CANTANDO A GENTE BRINCA, BRINCANDO A GENTE APRENDE!!!
  21. 21. EMEI JÚLIO ALVES PEREIRA 5H Prof. TATIANE E FÁTIMA
  22. 22.  CHIARELLI, L. K. M.; BARRETO, S. DE J. A importância da musicalização na educação infantil e no ensino fundamental: a música como meio de desenvolver a inteligência e a integração do ser. Revista Recre@rte. n. 3, 2005.  FERREIRA, D. L. DE A.; GOES, T. A.; PARANGABA, C. DE O.; SILVA, M. DA R.; FERRO, O. M. DOS R. A Influência Da Linguagem Musical Na Educação Infantil. In: jornada do HISTEDBR, 7, 2007, Campo Grande. Anais da VII Jornada do HISTEDBR – História, Sociedade e Educação no Brasil, Campo Grande, 2007.  SILVA, D. G. da. A importância da música no processo de aprendizagem da criança na educação infantil: uma análise da literatura. 2010. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2010.  SOUSA, J. V. DE; VIVALDO, L. A importância da música na Educação Infantil. P@rtes Revista Eletrônica. 2010.  UNESCO, BANCO MUNDIAL, FUNDAÇÃO MAURÍCIO SIROTSKY SOBRINHO. A Criança Descobrindo, Interpretando e Agindo sobre o Mundo. Brasília, 2005.

×