Questões

5.993 visualizações

Publicada em

Sistema cardiovascular

Publicada em: Educação
0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.993
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Questões

  1. 1. QUESTÕES - SISTEMA CARDIOVASCULAR1. Ao se observar a posição do CORAÇÃO no organismo, NÃO podemos afirmar que:a) ocupa uma região denominada mediastino médiob) é coberto ventralmente pelo esterno e cartilagens costaisc) cerca de dois terços do órgão se encontra a esquerda do plano medianod) o ápice deste órgão aponta para cima, ligeiramente para direita, entre os pulmõese) está repousado sobre o diafragma2. Estudando a estratigrafia do coração, vemos que este órgão, de dentro para fora, é compostopor endocárdio, miocárdio e epicárdio. Este último é sinônimo de:a) lâmina parietal do pericárdio fibrosob) lâmina visceral do pericárdio serosoc) lâmina serosa do pericárdio parietald) lâmina fibrosa do pericárdio viscerale) duas respostas estão corretas3. A CAVIDADE PERICÁRDICA, um espaço potencial, ao ser acessada cirurgicamente nãopode ser suturada, uma vez que poderá ocorrer grave hemorragia, levando a um quadro detamponamento cardíaco. Onde a cavidade pericárdica está situada?a) dentro do coração, profundamente ao endocárdiob) entre o epicárdio e a lâmina parietal do pericárdio serosoc) entre o pericárdio seroso e o pericárdio fibrosod) entre o pericárdio fibroso e a pleura mediastínicae) NRA4. Dentre as seguintes estruturas, aquela, que NÃO trás sangue, durante qualquer período , parao ÁTRIO DIREITO, é:a) veia cava inferiorb) veia cava superiorc) óstio do seio coronáriod) valva AV direitae) NRA5. A estrutura que comunica o ÁTRIO ESQUERDO com o VENTRÍCULO ESQUERDO é:
  2. 2. a) valva AV esquerdab) valva bicúspidec) valva mitrald) duas respostas estão certase) três respostas estão certas6. O sangue proveniente da GRANDE CIRCULAÇÃO (circulação sistêmica) chega ao coraçãopor meio da(das):a) veias pulmonaresb) veias brônquicasc) veias cavasd) aortae) artéria pulmonar7. Quando nos deparamos com um quadro de INFARTO DO MIOCÁRDIO, estamos frente auma situação em que:a) não há retorno venoso sistêmicob) ocorreu uma intensa fibrose ventricularc) o coração está parado, obrigatoriamented) houve um problema com as artérias coronárias, oclusivo ou hemorrágicoe) todas as respostas estão corretas8. O coração possui um sistema próprio de condução, onde o potencial de ação se propaga nãopelos nervos, mas por um conjunto de células musculares que se diferenciaram para realizar talproeza. A SEQÜÊNCIA CORRETA de propagação do impulso desde o marcapasso natural até aestimulação da musculatura ventricular é:a) nodo sinoatrial – nodo AV – fibras internodais – feixe de Hiss – fibras de Purkinjeb) nodo AV – fibras internodais - nodo sinoatrial – feixe de Hiss – fibras de Purkinjec) nodo sinoatrial – feixe atrioventricular – nodo AV – feixe de Hiss – fibras de Purkinjed) nodo AV – nodo sinuatrial – feixe atrioventricular – feixe de Hiss – fibras de Purkimjee) nodo sinoatrial – nodo AV – feixe atrioventricular – feixe de Hiss – fibras de Purkinje9. Uma das artérias nutrícias do coração corre pelo sulco interventricular posterior. Estamosfalando da ARTÉRIA INTERVENTRICULAR POSTERIOR. De qual vaso esta artéria é ramo?a) da artéria coronária esquerda
  3. 3. b) da artéria coronária direitac) da artéria do nodo sinoatriald) da artéria circunflexae) dos ramos marginais direitos10. Os MÚSCULOS PAPILARES estão ligados, por meio das CORDAS TENDÍNEAS às:a) valvas atrioventricularesb) válvulas atrioventricularesc) valvas semilunaresd) válvulas semilunarese) duas respostas estão corretas11. O(s) vaso(s) que mantêm relação com o ÁTRIO DIREITO é(são):a) veia cava inferiorb) veias pulmonaresc) aortad) artéria pulmonare) artérias coronárias12. Estudando superficialmente a fisiologia do coração, descobrimos que este músculo possui doismovimentos básicos, sístole, quando ejeta sangue, e diástole, quando o músculo se relaxa. Dentre osseguintes vasos, aquele que apresenta fluxo sangüíneo MAIOR na diástole é:a) aortab) veias cavasc) veias pulmonaresd) artéria coronária esquerdae) artéria pulmonar13. NÃO é correto afirmar que:a) a pressão na aorta pode chegar a 35 mmHgb) na artéria pulmonar corre sangue arterialc) a aorta é um vaso eferented) as coronárias são ramos da aorta
  4. 4. e) a pressão arterial decresce durante o trajeto artéria->veia14. A sábia utilização de um estetoscópio é imensamente importante. Quando se deseja auscultar osbatimentos cardíacos, ouvimos DOIS RUÍDOS. Qual a origem destes sons?a) abertura brusca das valvasb) fechamento brusco das valvasc) fluxo sangüíneod) contração atrial e ventriculare) movimento do coração, que se projeta para a parede torácica anterior15. Se resolvermos medir a pressão no interior da CAVIDADE ATRIAL DIREITA, uma possívelatitude seria:a) auscultar no segundo espaço intercostal direitob) aferir a pressão por intermédio de um esfingomanômetroc) penetrar um cateter pela veia subcláviad) é impossível medir tal pressãoe) chamar um interno da FMP16. Qual a diferença entre o VENTRÍCULO DIREITO E O VENTRÍCULO ESQUERDO?a) número de valvas maior no ventrículo direitob) no ventrículo direito corre sangue arterial e no esquerdo venosoc) no ventrículo direito temos uma parede muscular mais delgadad) no ventrículo direito temos músculos papilarese) no ventrículo esquerdo temos trabéculas cárneas17. Na(s) seguinte(s) veia(s) corre sangue ARTERIAL:a) veia cava inferiorb) veia cava superiorc) veias pulmonaresd) veias jugularese) veias coronárias18. Não é característica da AORTA:a) é um vaso aferente
  5. 5. b) possui três porçõesc) por ela corre sangue arteriald) é um dos vasos da basee) possui espessa parede muscular19. Podemos diferenciar ARTÉRIAS da VEIAS pelo seguinte critério:a) as artérias são vasos de capacitânciab) as veias são mais elásticasc) as artérias carregam sangued) as artérias emitem tributárias durante o seu trajetoe) as artérias não possuem válvulas, ao contrário das veias20. As VEIAS PULMONARES:a) irrigam o parênquima pulmonarb) vão para o átrio direitoc) carregam sangue venosod) são vasos aferentese) NRA21. O DUCTO ARTERIAL é uma estrutura funcionalmente importante durante o período fetal.No adulto, este ducto se transforma num curto cordão fibroso, o ligamento arterial. Onde estásituado tal ligamento?a) entre a artéria coronária direita e a artéria coronária esquerdab) entre o tronco braquiocefálico e a carótida comum esquerdac) entre as duas carótidas comuns, direita e esquerdad) entre a veia pulmonar esquerda e a artéria pulmonar esquerdae) entre a artéria pulmonar esquerda e a aorta22. São ramos da ARTÉRIA CORONÁRIA ESQUERDA:a) ramo interventricular anterior e circunflexob) ramos laterais esquerdos e circunflexoc) ramos interventriculares anterior e posteriord) ramo interventricular posterior e circunflexo
  6. 6. e) ramo circunflexo e para o nodo sino-atrial23. Em cerca de 90% dos cadáveres, três artérias são provenientes do ARCO DA AORTA. Quaissão elas?a) artérias coronárias e carótida comumb) artéria caródida comum direita, subclávia direita e carótida interna esquerdac) tronco braquiocefálico direito, subclávia direita e carótida externa esquerdad) tronco braquiocefálico esquerdo, carótida comum direita e subclávia direitae) tronco braquiocefálico direito, carótida comum esquerda e subclávia esquerda24. Uma pequena dilatação situada em uma artéria é um importante órgão para a regulação dapressão sangüínea sistêmica por conduzir estímulos a medula oblonga que resultam em aumento oudiminuição da freqüência das batimentos cardíacos. Que estrutura é essa?a) seio venosob) seio aórticoc) seio caróticod) seio braquiale) seio jugular25. Um jovem, durante uma briga, levou uma facada na região anterolateral do pescoço. Seusamigos imediatamente o levaram ao hospital mais próximo. Por sorte, ele encontrou a sua esperaum cirurgião que freqüentava as aulas de anatomia. Após exame do corte, o conceituado cirurgiãoresolveu bloquear o fluxo sangüíneo para minimizar a hemorragia e possibilitar o rápido acessocirúrgico à região. Rapidamente dissecou a artéria carótida comum e ao encontrá-la, impediu ofluxo de sangue nesta artéria por intermédio de uma pinça. O que acontecerá com a irrigação?a) será totalmente prejudicada, por pouco tempo.b) será suprida pela artéria vertebral do mesmo ladoc) será suprida pela artéria tireóidea inferior e outros ramos da subcláviad) será suprida pelas anastomoses entre as artérias carótidas, dos dois ladose) duas respostas estão certas26. Não é ramo da ARTÉRIA CARÓTIDA EXTERNA:a) tiróidea inferiorb) tiróidea superiorc) faciald) occipital
  7. 7. e) maxilar27. Qual a origem da ARTÉRIA OCCIPITAL?a) artéria facialb) artéria auricular posteriorc) artéria vertebrald) artéria carótida externae) artéria carótida interna28. É ramo da porção CERVICAL da ARTÉRIA CARÓTIDA INTERNA:a) artéria carótida externab) artéria vertebralc) artéria occipitald) artéria cerebral médiae) essa artéria não possui ramos nesta porção29. O base do encéfalo possui uma ampla rede anastomótica, que permite, em situaçõesparticulares, uma possível e implementada circulação colateral. As artérias que formam esta redesão as carótidas internas, após penetrarem no canal carótico e a basilar. Qual o NOME desta rede equal a origem da artéria BASILAR?a) círculo arterial de Buchmann – artérias vertebraisb) circulo arterial de Petri – artérias cerebraisc) círculo arterial de Willis – artérias cerebraisd) circulo arterial de Buchmann – artérias cerebraise) círculo arterial de Willis – artérias vertebrais30. A artéria TORÁCICA INTERNA é ramo da:a) aortab) artéria subcláviac) artéria axilard) artéria torácica comume) artéria torácica suprema31. NÃO faz parte do CÍRCULO ARTERIAL DE WILLIS:
  8. 8. a) artéria comunicante anteriorb) artéria cerebral anteriorc) artéria comunicante médiad) artéria cerebral posteriore) artéria comunicante posterior32. Podemos afirmar em relação à ARTÉRIA SUBCLÁVIA:a) ela possui 2 porções – uma antes e outra após o músculo escaleno anteriorb) ela passa atrás do músculo escaleno anteriorc) a subclávia esquerda tem origem no tronco braquiocefálicod) a subclávia direita tem origem diretamente na aortae) duas respostas estão corretas33. A ARTÉRIA VERTEBRAL penetra no crânio por meio de qual orifício?a) forames dos processos transversos cervicaisb) forame costotransversárioc) forame magnod) canal carótidoe) forame vertebral34. O TRONCO TIREOCERVICAL – situado na ARTÉRIA SUBCLÁVIA, dá origem a trêsramos. Quais são eles?a) tireóideo inferior, tireóideo superior, supra-escapularb) tireóideo inferior, subescapular, cervical supremac) tireóideo inferior, supra-escapular, cervical transversod) tireóideo superior, supra-escapular, cervical transversoe) tireóidea superior, subescapular, cervical profunda35. A ARTÉRIA TORÁCICA INTERNA possui muitos ramos. São ramos desta artéria, comexceção de:a) pericardicofrênicab) subcostaisc) intercostais anteriores
  9. 9. d) musculofrênicae) epigástrica superior36. A ARTÉRIA AXILAR tem como limites:a) borda interna da primeira costela e tendão do músculo escaleno anteriorb) borda externa da primeira costela e tendão do músculo escaleno anteriorc) borda lateral da primeira costela e tendão do músculo escaleno posteriord) borda interna da primeira costela e tendão do músculo redondo menore) borda externa da primeira costela e tendão do músculo redondo maior37. NÃO é ramo da ARTÉRIA AXILAR:a) torácica supremab) torácica lateralc) toracoacromiald) subescapulare) supra-escapular38. A ARTÉRIA BRAQUIAL é uma importante artéria. Tendo como base estaartéria NÃO podemos afirmar que:a) se divide distalmente em duas outras artérias: artéria radial e ulnarb) podemos aferir a pressão sistólica e diastólica por intermédio desta artériac) é a principal artéria do antebraçod) possui ramos importantes como braquial profunda e colaterais ulnarese) corre medialmente ao músculo bíceps braquial39. O COTOVELO possui uma importante rede anastomótica, ao redor da sua articulação. Quaissão as corretas vias, numa situação sem variação anatômica?a) colateral ulnar superior com recorrente ulnar anteriorb) colateral ulnar inferior com recorrente ulnar posteriorc) recorrente interóssea com recorrente radiald) todas estão erradase) todas estão certas, exceto d
  10. 10. 40. Quando queremos aferir a FREQÜÊNCIA CARDÍACA, qual artéria que utilizamos maisfreqüentemente?a) artéria braquialb) artéria radialc) artéria ulnard) artéria interóssea anteriore) artéria interóssea posterior41. No antebraço, anteriormente a membrana interóssea, encontramos a artéria interósseaanterior, e, posteriormente, a artéria interóssea posterior. Ambas as artérias são provenientesda ARTÉRIA INTERÓSSEA COMUM. Esta ultima é ramo da:a) artéria interóssea supremab) artéria braquialc) artéria ulnard) artéria radiale) artéria colateral ulnar superior42. O ARCO PALMAR SUPERFICIAL é formado por:a) artéria radial e artéria interóssea comumb) artéria ulnar e artéria interóssea posteriorc) artéria radial e artéria interóssea anteriord) artéria ulnar e ramo palmar superficial da artéria radiale) artéria radial e ramo palmar superficial da artéria ulnar43. A AORTA TORÁCICA começa na borda caudal da quarta vértebra torácica, onde se continuacom o arco aórtico. Levando em consideração a aorta torácica, NÃO podemos afirmar que:a) é a primeira porção da aorta descendenteb) o vaso descreve uma curva de concavidade ventralc) atravessa o hiato aórtico no diafragma e, a partir daí, é denominada aorta abdominald) irriga o parênquima pulmonar por intermédio das artérias bronquiais, seus ramose) desce inicialmente a direita da coluna vertebral e em seguida, passa a ser anterior a ela44. NÃO são ramos da aorta torácica:a) intercostais posteriores
  11. 11. b) frênicos superioresc) frênicos inferioresd) mediastínicose) esofágicos45. As artérias bronquiais esquerdas são, geralmente, em número de duas e se originamdiretamente da aorta torácica. A ARTÉRIA BRONQUIAL DIREITA usualmente se origina da:a) artéria pulmonar direitab) primeira intercostal aórtica ou da artéria bronquial esquerda cranialc) artéria esofágicad) artéria mediastínica ou da intercostal anteriore) diretamente do arco da aorta46. Quando precisamos fazer a drenagem do espaço pleural, devemos introduzir umcateter ACIMA da margem superior da costela. Com isso impedimos que sejam lesadas algumasestruturas importantes, como artérias, veias e nervos. As artérias em questão são as intercostaisanteriores. Qual a origem destas artérias e a relação entre elas e as outras estruturas na paredeanterior do tórax?a) origem – aorta torácica, relação – medial ao nervo e a veia intercostalb) origem – aorta abdominal, relação – superior ao nervo e à veia intercostalc) origem – aorta torácica, relação – inferior ao nervo e à veia intercostald) origem – torácica interna, relação – medial ao nervo e à veia intercostale) origem – torácica interna, relação – superior ao nervo e à veia intercostal47. Os ramos frênicos superiores, que são provenientes da aorta torácica, participam da irrigaçãodo diafragma. Além deste ramo outros contribuem também para a irrigação deste músculoestriado. Quais são eles?a) Esofagicofrênica, musculofrênica e frênica inferiorb) Musculofrênica, pericardicofrênica e frênica inferiorc) Pericardicofrênica, bronquiofrênica e frênica inferiord) Bronquiofrênica, mediastinicofrênica e frênica inferiore) Mediastinicofrênica, subcostofrênica e frênica inferior48. Em relação às ARTÉRIAS ESOFÁGICAS, NÃO podemos afirmar que:a) elas são ramos viscerais da aorta torácica
  12. 12. b) elas formam uma cadeia de anastomoses em torno do tuboc) se anastomosam também com ramos da artéria tireoidéia inferiord) correm em direção anterior para o esôfagoe) NRA49. São ramos das ARTÉRIAS TORÁCICAS INTERNAS, que se originam ao nível do terceiro,quarto e quinto espaços intercostais. Aumentam consideravelmente durante um período específico.Quais são eles?a) ramos tímicosb) ramos esternaisc) ramos mamáriosd) ramos torácicos lateraise) artéria intercostal lateral50. O últimos ramos da AORTA TORÁCICA são:a) esofágicosb) mediastínicosc) pericárdicosd) frênicos superiorese) subcostais51. Dorsalmente está separada das vértebras lombares e discos intervertebrais pelo ligamentolongitudinal anterior e veias lombares esquerdas. Do seu lado direito estão a veia ázigos, cisterna doquilo, ducto torácico e pilar direito do diafragma. Do lado esquerdo estão algumas alças dointestino delgado e pilar esquerdo do diafragma. Esta é a anatomia de relação da(s):a) aorta torácicab) aorta abdominalc) artéria torácica internad) artéria intercostal posteriore) artérias esofágicas52. A AORTA ABDOMINAL, continuação da aorta torácica, emite vários ramos durante o seutrajeto. Dentre os seguintes ramos, aquele que não tem equivalente contralateral, ou seja, é umramo impar deste vaso é:a) artéria frênica inferior
  13. 13. b) artéria renalc) artéria gonadald) artéria mesentérica inferiore) artéria supra-renal53. O TRONCO CELÍACO, um poderoso ramo da aorta abdominal, é o responsável pela irrigaçãode muitas vísceras. Normalmente se divide em três grandes ramos. Quais são eles?a) gástrico direito, hepático comum, esplênicob) gástrico direito, hepático própria, mesentérico superiorc) gástrico direito, hepático comum, ileocólicod) gástrico esquerdo, hepático comum, esplênicoe) gástrico esquerdo, hepática própria, ileocólica54. A seguinte artéria possui um ramo anterior, um ramo posterior e um terceiro, que é chamadoramo cardioesofágico. De qual artéria estamos falando?a) gástrica direitab) gástrica esquerdac) gastroepiplóica esquerdad) gastroepiplóica direitae) lombar55. NÃO é irrigado(a) pelo TRONCO CELÍACO:a) estômagob) fígadoc) baçod) duodenoe) jejuno56. Ocorre uma importante anastomose entre as artérias: GASTROEPIPLÓICAESQUERDA e GASTROEPIPLÓICA DIREITA na grande curvatura do estômago. Qual a origemdestas artérias?a) gastroepiplóica esquerda – esplênica, gastrepiplóica direita – gastroduodenalb) gastroepiplóica esquerda – gástrica esquerda, gastroepiplóica direita – gástrica direitac) gastroepiplóica esquerda – gatroduodenal, gastroepiplóica direita – esplênica
  14. 14. d) gastroepiplóica esquerda – tronco celíaco, gástroepiplóica direita – mesentérica superiore) NRA57. Qual a SEQÜÊNCIA CORRETA?a) tronco celíaco -> artéria gástrica esquerda -> gastroepiplóica esquerdab) tronco celíaco -> artéria hepática comum -> artéria gastroduodenalc) tronco celíaco -> artéria mesentérica superior -> artéria ileocólicad) tronco celíaco -> artéria hepática própria -> artéria hepática comume) duas respostas estão corretas58. A ARTÉRIA ESPLÊNICA caminha em direção ao baço. Durante o seu trajeto emite diversosramos importantes, que irrigam o estômago. Quais são eles?a) gástricos curtosb) gástrica esquerdac) gastroepiplóico esquerdod) duas respostas estão corretase) três respostas estão corretas59. NÃO é(são) ramo(s) da ARTÉRIA MESENTÉRICA SUPERIOR:a) jejunoileaisb) ileocólicoc) cólico direitod) cólico esquerdoe) cólico médio60. A ARTÉRIA APENDICULAR, que desce dorsalmente à parte final do íleo e penetra nomesentério do apêndice vermiforme, é ramo de qual vaso?a) artéria cólica médiab) artéria cólica direitac) artéria ileocólicad) artéria mesentérica inferiore) artéria gonadal61. O seguinte vaso é ramo da ARTÉRIA MESENTÉRICA INFERIOR:
  15. 15. a) artéria retal superiorb) artéria retal inferiorc) artéria retal médiad) artéria cólica direitae) artéria cólica média62. Qual a origem das ARTÉRIAS SUPRA-RENAIS?a) artérias renaisb) artéria renal direitac) artéria renal esquerdad) artérias intercostais posteriorese) aorta abdominal63. Ao nível da quarta vértebra lombar, do lado esquerdo da CV, a aorta se divide em duasartérias. Em relação a estas artérias, podemos afirmar que:a) a artéria ilíaca externa é também chamada de artéria hipogástricab) a artéria ilíaca externa fornece ramos importantes para a irrigação da coxac) a artéria ilíaca externa é duas vezes maior do que a ilíaca interna, no fetod) a circulação após ligadura da artéria ilíaca interna é realizada por inúmeras anastomosese) a artéria ilíaca interna drena a pelve e a ilíaca externa drena o membro inferior64. É importante ramo PARIETAL da ARTÉRIA ILÍACA INTERNA:a) artéria vesical inferiorb) artéria retalc) artéria uterinad) artéria iliolombare) artéria sacral mediana65. A artéria vesical inferior é ramo direto da artéria ilíaca interna. Qual a origem da ARTÉRIAVESICAL SUPERIORa) aorta abdominalb) artéria sacral medianac) artéria ilíaca externa
  16. 16. d) artéria umbilicale) artéria gonadal66. A artéria glútea superior é ramo direto da artéria ilíaca interna. Qual a origem da ARTÉRIAGLÚTEA INFERIOR?a) artéria femoralb) artéria ilíaca externac) artéria ilíaca internad) artéria obturatóriae) artéria sacral lateral67. Qual a correta relação da origem da irrigação do RETO?a) artéria retal superior: artéria mesentérica inferiorb) artéria retal média: artéria ilíaca internac) artéria retal inferior: artéria pudenda internad) duas respostas estão corretase) três respostas estão corretas68. A ARTÉRIA PROFUNDA DO PÊNIS e a ARTÉRIA DORSAL DO PÊNIS possuem origemcomum. Qual é a origem destas artérias?a) artéria uretralb) artéria pudenda internac) artéria do bulbod) artéria perineale) artéria umbilical69. Além dos vários pequenos ramos para o psoas maior e linfonodos vizinhos, a ARTÉRIAILÍACA EXTERNA dá origem a dois ramos de grande tamanho. Quais são eles?a) artéria circunflexa ilíaca profunda e artéria epigástrica inferiorb) artéria circunflexa ilíaca profunda e artéria epigástrica superiorc) artéria femoral e artéria glútea inferiord) artéria femoral profunda e artéria glútea inferiore) artéria femoral profunda e artéria glútea superior
  17. 17. 70. A ARTÉRIA CREMASTÉRICA ( artéria espermática externa ), que acompanha o funículoespermático tem importante função na irrigação do músculo cremaster e das túnicas do funículo.Qual a origem deste vaso?a) artéria femoralb) artéria epigástrica inferiorc) artéria ilíaca internad) artéria ilíaca externae) artéria umbilical71. Ao estudar a ARTÉRIA FEMORAL, podemos afirmar que este vaso:a) passa superficialmente ao ligamento inguinalb) é a principal artéria da pernac) no terço superior está contida no triângulo femorald) no terço médio da coxa está contida no canal do adutor (de Hunter)e) duas respostas estão corretas72. A anatomia de relação entre a ARTÉRIA FEMORAL E A VEIA VEMORAL é, levando-se emconsideração a artéria:a) anteriormente à parte proximal e lateralmente à parte distalb) posteriormente à parte proximal e medialmente à parte distalc) lateralmente à parte proximal e anteriormente à parte distald) medialmente à parte proximal e posteriormente à parte distale) sempre posteriormente em todo o percurso73. Depois da ligadura da ARTÉRIA FEMORAL, os principais canais que garantem a circulaçãosão as anastomoses entre:a) ramos glúteos superior/inferior da ilíaca interna e as circunflexas femoral medial/lateralb) ramo obturatório da ilíaca interna com o circunflexo femoral medial da profundac) pudenda interna da ilíaca interna com pudenda externa/superficial da femorald) circunflexa ilíaca profunda da ilíaca externa com circunflexa femorale) todas as alternativas estão corretas74. É(são) ramo(s) da ARTÉRIA FEMORAL:a) epigástrica superior
  18. 18. b) epigástrica inferiorc) epigástrica superficiald) duas alternativas corretase) três alternativas corretas75. A artéria FEMORAL PROFUNDA, um ramo importante da artéria femoral, também seramifica no interior da coxa. São seus ramos, EXCETO:a) ramos perfurantes – penetrando no adutor magnob) ramos musculares – alguns terminam, outros perfuram o adutor magnoc) ramos superficiais – alguns terminam no tecido subcutâneo, posteriormented) artéria circunflexa femoral medial - divide-se em ramos ascendente e transversoe) artéria circunflexa femoral lateral – ascende anteriormente a articulação do quadril76. Em relação à ARTÉRIA POPLÍTEA podemos afirmar que:a) é ramo direto da ARTÉRIA ILÍACA EXTERNAb) caminha no cavo poplíteo, anteriormente à articulação do joelhoc) medialmente está o bíceps femoral e lateralmente o semitendinoso e semimembranosod) recebe seu nome no local onde o vaso precedente perfura o forame do adutor magnoe) todas as respostas estão erradas77. A lesão na ARTÉRIA POPLÍTEA é freqüente causa de hemorragia no membro inferior, qualo motivo das lesões neste vaso?a) sua delgada parede muscularb) sua espessa parede muscularc) sua desproteçãod) seu atrito com a tíbiae) seu atrito com a fíbula78. As ramificações da ARTÉRIA POPLÍTEA é(são):a) artéria superior medial do joelhob) artéria superior lateral do joelhoc) artéria inferior medial do joelhod) artéria inferior lateral do joelho
  19. 19. e) todas acima e outras como cutâneos e musculares79. A ARTÉRIA DESCENDENTE DO JOELHO é ramo da:a) artéria ilíaca externab) artéria femoralc) artéria poplítead) artéria tibiale) artéria fibular80. Com relação à ARTÉRIA BICCIPITAL podemos afirmar que:a) é importante ramo da artéria femoralb) possui ampla anastomose com a artéria femoral profundac) não é possível a medida do pulso arterial neste vasod) possui parede muscular mais delgada que a sua precedentee) não existe tal artéria no corpo humano81. Existe uma intensa vascularização ao redor da articulação do joelho. Essa rica rede de vasospermite intensa mobilização de sangue durante uma atividade muscular intensa. Essas redes sãochamadas de:a) plexo superficial e plexo profundob) plexo lateral e plexo medialc) plexo anterior e plexo posteriord) plexo superior e plexo inferiore) plexo adiposo e plexo muscular82. É ramo da artéria poplítea, seus 2/3 superiores do seu trajeto repousam sobre a membranainteróssea. No tornozelo ela é cruzada, do seu lado lateral para o medial, pelo tendão do extensorlongo do hálux. Estamos nos referindo a qual vaso?a) artéria inferior medial do joelhob) artéria tibial anteriorc) artéria tibial posteriord) artéria fibulare) artéria interóssea83. Qual a origem da ARTÉRIA FIBULAR?
  20. 20. a) artéria poplíteab) artéria tibial posteriorc) artéria tibial anteriord) artéria recorrente tibial posteriore) variável, na maioria das vezes a artéria tibial anterior ou posterior84. Um importante vaso relacionado com o pé é a ARTÉRIA DORSAL DO PÉ. Ela correanteriormente à articulação do tornozelo, ao longo da borda tibial do dorso do pé, para a parteproximal do primeiro espaço intermetatársico, onde se divide em dois ramos: primeiro metatárcicodorsal e plantar profundo. A ARTÉRIA DORSAL DO PÉ?a) bifurcação da artéria tibial posteriorb) ramo da artéria tibial posteriorc) continuação da artéria tibial posteriord) continuação da artéria tibial anteriore) ramo da artéria tibial anterior85. O(s) ramo(s) terminal(terminais) da ARTÉRIA TIBIAL POSTERIOR é(são):a) plantar medialb) plantar lateralc) artéria tibial recorrented) artéria calcaneare) duas respostas estão corretas86. As VEIAS PULMONARES drenam o sangue oxigenado e o levam ao coração para serpropelido para o resto do corpo. Em relação às veias pulmonares, podemos afirmar que:a) elas são superiores à artéria pulmonar no hilo do pulmão esquerdob) no interior dos pulmões, as ramificações das veias não acompanham os brônquiosc) possuem como origem três troncos para cada pulmãod) a veia do lobo médio se une com a do lobo superior no pulmão esquerdoe) duas respostas estão certas87. Ao analisarmos as VEIAS, de um modo geral, podemos verificar que elas:a) são mais calibrosas e em maior número que as artériasb) seus condutos sistêmicos são de três tipos: superficiais, profundas e seios venosos
  21. 21. c) suas paredes são mais delgadas que as paredes das artériasd) todas as alternativas estão certase) todas as alternativas estão erradas88. As VEIAS SUPERFICIAIS DA FACE, veia facial, temporal superficial, auricular posterior,occipital e retromandibular são TRIBUTÁRIAS de quais vasos?a) veias jugulares externa e internab) veia carótida interna e externac) veias vertebraisd) veias cervicaise) veias do encéfalo89. Durante o módulo de osteologia do primeiro ano da Faculdade de Medicina de Petrópolisalguns estudantes tiveram a sorte de realizar a prova prática de anatomia com o professor LuísFernando. Durante o exame, ao observarem atentamente a base do crânio, os estudantes notaram apresença de uma proeminente marca de giz e logo associaram tal marcação ao acidenteanatômico SULCO DO SEIO SIGMÓIDE. Agora, após terem estudado exaustivamente o sistemacardiovascular, os estudantes podem afirmar que tal acidente aloja o SEIO SIGMÓIDE. Este éapenas um dos muitos outros SEIOS DA DURA-MATER. O que são estes seios?a) são lojas arteriais que mantém a circulação constante, evitando assim hipertensãob) são condutos venosos que drenam para a veia jugular internac) são seios paranasais profundos e que são acometidos por secreção durante a meningited) são seios do sistema linfático que possibilitam a interação antígeno-anticorpoe) são seios compostos de tecido nervoso que possuem poderosos quimioceptores90. Um seio PÓSTERO-SUPERIOR da dura-mater é:a) o seio transversob) o seio cavernosoc) o seio petroso superiord) o seio petroso inferiore) nenhum destes, todos acima são seios ântero-inferiores91. A veia jugular interna é uma tributária direta da braquiocefálica. A VEIA JUGULAREXTERNA e a VEIA VERTEBRAL são tributárias de qual veia?a) também do tronco braquiocefálicob) da veia cava superior
  22. 22. c) da veia subcláviad) da veia jugular internae) NRA92. Uma veia superficial do membro superior que é originada na rede venosa dorsal da mão,dirige-se proximalmente na superfície posterior do lado ulnar do antebraço e se tornandoprofunda, sobe do lado medial da artéria braquial, sendo uma poderosa tributária da veia braquialé:a) veia cefálicab) veia basílicac) veia interóssea posteriord) veia dorsal dos dedose) veia mediana do cotovelo93. É uma veia especial do tórax, que drena o sangue da parede torácica e espaços intercostais.Ascende do lado direito da CV, posteriormente à aorta. É a primeira tributária da veia cavasuperior e une-se a ela após cavalgar o pedículo pulmonar direito. De qual vaso estamos falando?a) da veia subcláviab) da veia braquiocefálicac) da veia ázigosd) da veia intercostal supremae) da veia cava inferior94. Várias veias que emergem do dorso do testículo, recebem tributárias do epidídimo, formamum plexo tortuoso, constituindo a maior massa do funículo espermático. Esse plexo vai convergir,formando, de cada lado do corpo uma veia testicular. A veia testicular direita abre-se na veia cavainferior. Qual o nome deste plexo e onde se abre a veia testicular esquerda?a) plexo testicular – veia vaca inferiorb) plexo espermático – veia cava inferiorc) plexo pampiniforme – veia renal esquerdad) plexo vesical – veia renal esquerdae) plexo cremastérico – veia renal esquerda95. Começa posterior ao maléolo lateral, sobe inicialmente ao longo da borda lateral do tendãocalcâneo e depois cruza-o para alcançar a parte média do dorso da perna. Possui de nove a dozeválvulas e é tributária da veia poplítea. Que veia é essa?a) veia safena magna
  23. 23. b) veia safena parvac) veia femorald) veia dorsal da pernae) veia tibial posterior96. O SISTEMA PORTA inclui todas as veias que drenam da parte abdominal do tubo digestivo edo baço, pâncreas e vesícula biliar. Destas vísceras o sangue é conduzido para o fígado através daveia porta. Dentre as seguintes veias, aquela(s) que não faz(fazem) parte do sistema porta é:a) veia esplênicab) veia mesentérica superiorc) veia gástrica direita e esquerdad) veias císticas e para-umbilicaise) todas acima fazem parte do sistema porta97. O DUCTO LINFÁTICO DIREITO drena a linfa de qual região do corpo?a) dos membros superiores membro inferior direitob) dos membros inferiores e membro superior direitoc) somente dos membros direitos e lado direito do tóraxd) do lado direito da cabeça, do membro superior direito e lado direito do tóraxe) NRA98. A origem dilatada do DUCTO TORÁCICO é denominada:a) cisterna lombarb) cisterna torácicac) cisterna do quilod) cisterna do troncoe) cisterna aórtica99. O DUCTO TORÁCICO desemboca em em qual região do corpo humano?a) na veia cava inferiorb) na veia cava superiorc) na junção da veia jugular interna esquerda e da veia subclávia esquerdad) na junção da veia jugular externa esquerda e da veia subclávia esquerda
  24. 24. e) na junção da veia jugular externa direita e da veia subclávia direita100. A disseminação das células tumorais para os linfonodos satélites é uma terrível catástrofe. Estaprocura é realizada quando se deseja verificar a:a) existência do câncerb) origem do câncerc) patogenia do câncerd) intensidade do câncere) malignidade do câncerGABARITO1-D 2-B 3-B 4-D 5-E 6-C 7-D 8-E 9-B 10-B11-A 12-D 13-B 14-B 15-C 16-C 17-C 18-A 19-E 20-D21-E 22-A 23-E 24-C 25-E 26-A 27-D 28-E 29-E 30-B31-C 32-B 33-C 34-C 35-B 36-E 37-E 38-C 39-D 40-B41-C 42-D 43-E 44-C 45-B 46-D 47-B 48-D 49-C 50-E51-B 52-D 53-D 54-B 55-E 56-A 57-B 58-D 59-D 60-C61-A 62-E 63-D 64-D 65-D 66-C 67-E 68-B 69-A 70-B71-E 72-A 73-E 74-C 75-C 76-D 77-C 78-E 79-B 80-E81-A 82-B 83-E 84-D 85-E 86-B 87-D 88-A 89-B 90-A91-C 92-B 93-C 94-C 95-B 96-E 97-D 98-C 99-C 100-E

×