SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
TÉCNICO EM RADIOLOGIA                                      C) radiossonografia
                                                                       D) radiocinesia
          Número de Questões: 50 (cinqüenta))
         Valor de Cada Questão: 2 (dois) pontos                    11. Os requerimentos técnicos necessários para um sistema de
                                                                      mamografia moderno objetivam visualizar:
01.Os raios X são radiações:                                           A) lesões grandes e de baixo contraste
    A) eletromagnéticas                                                B) lesões grandes e de alto contraste
    B) mecânicas                                                       C) detalhes pequenos e de baixo contraste
    C) ressonânticas                                                   D) pouco detalhe e com nenhum contraste
    D) elásticas
                                                                   12. A tomografia computadorizada permite imagens sem recons-
02.Os raios X podem ser produzidos por feixes de:                      trução em cortes:
    A) prótons                                                          A) transversais
    B) nêutrons                                                         B) sagitais
    C) elétrons                                                         C) oblíquos
    D) átomos                                                           D) longitinais

03. O tubo de raios X contém um filamento de:                      13. Os fatores que determinam a qualidade de imagem são:
    A) chumbo                                                          A) contraste, ruídos e resolução espacial
    B) cobre                                                           B) contraste, ruídos e resolução axial
    C) alumínio                                                        C) contraste, limiar de irradiação e resolução espacial
    D) tungstênio                                                      D) contraste, limiar de irradiação e resolução axial

04. O tubo de raios X é totalmente circundado por:                 14. Qualquer componente de sinal de uma imagem que não con-
    A) chumbo                                                          tém informação útil chama-se:
    B) cobre                                                            A) interferência
    C) alumínio                                                         B) ruído
    D) tungstênio                                                       C) borramento cinético
                                                                        D) indefinição
05. O gerador que fornece a energia necessária para o tubo de
   raios X é de:                                                   15. A habilidade de uma imagem em produzir fielmente peque-
    A) baixa voltagem                                                 nos detalhes chama-se resolução:
    B) média voltagem                                                  A) axial
    C) alta voltagem                                                   B) integral
    D) voltagem escalonada                                             C) sagital
                                                                       D) espacial
06. O filme radiográfico é uma folha a base de:
    A) celulose                                                    16. Os efeitos prejudiciais da radiação ionizante podem ser clas-
    B) poliéster                                                       sificados em:
    C) gelatina                                                         A) estáticos e dinâmicos
    D) fósforo                                                          B) estáticos e determinísticos
                                                                        C) estocásticos e determinísticos
07. Os cristais de prata usados na emulsão do filme radigráfico         D) estocásticos e dinâmicos
   convencional são compostos de bromo e:
    A) prata                                                       17. O efeito que está associado com um limiar de irradiação
    B) iodo                                                           abaixo do qual não é observado chama-se:
    C) bário                                                           A) determinístico
    D) fósforo                                                         B) dinâmico
                                                                       C) estocástico
08. As radiografias digitais para serem obtidas utilizam um sis-       D) estático
   tema de armazenagem através de:
    A) manganês                                                    18. As doses ocupacionais médias efetivas a que radiologistas e
    B) gelatina                                                       técnicos de raios X são expostos, são respectivamente:
    C) xenônio                                                         A) 0,31 miliSieverts e 0,66 miliSieverts
    D) fósforo                                                         B) 0,71 miliSieverts e 0,96 miliSieverts
                                                                       C) 0, 91 miliSieverts e 0,66 miliSieverts
09. Para gerar radiografias diagnósticas de alta qualidade é ne-       D) 0,99 miliSieverts e 0,96 miliSieverts
   cessário:
     A) controle de pacientes adequados                            19. O princípio que se refere à menor exposição à irradiação que
     B) seleção das regiões do corpo                                   se pode dar aos pacientes, aos trabalhadores da saúde e ao
     C) controle na identificação do paciente                          público em geral chama-se:
     D) controle de dispersão                                           A) MENORADS
                                                                        B) MINIRX
10. A radiografia em tempo real é denominada de :                       C) ARRADS
    A) radiografia endoscópica                                          D) ALARA
    B) radioscopia


                                            www.pciconcursos.com.br
20. O chumbo padrão de 5 mm reduz a exposição à radiação em:              B) brônquios
    A) 65%                                                                C) bronquíolos
    B) 75%                                                                D) cissuras
    C) 85%
    D) 95%                                                            30. A incidência apico-lordótica do tórax projeta as clavículas:
                                                                          A) sob os ápices pulmonares
21. Marque o período em que o feto é mais sensível aos efeitos            B) sobre os ápices pulmonares
   da radiação.                                                           C) nos ápices pulmonares
    A) dois a cinco dias                                                  D) entre os ápices pulmonares
    B) duas a cinco semanas
    C) cinco a sete semanas                                           31.A radiografia compressiva realizada durante a urografia ex-
    D) oito a quinze semanas                                             cretora tem como objetivo melhor visualização dos:
                                                                          A) sistemas coletores
22. No estudo contrastado do trato gastrintestinal com duplo              B) parênquimas renais
   contraste utiliza-se normalmente:                                      C) vasos renais
                                                                          D) gases intestinais
    A)   iodo e ar
    B)   bário e ar                                                   32. O teste radiográfico mais sensível para cálculos do trato
    C)   iodo e bário                                                    urinário é:
    D)   bário e água                                                     A) radiografia simples
                                                                          B) radiografia contrastada
23. O bário é contra-indicado no estudo contrastado do trato              C) ultra-sonografia
   gastrintestinal quando se suspeita de:                                 D) tomografia computadorizada
    A) história alérgica
    B) edema intestinal                                               33. Os componentes do disco intervertebral são:
    C) perfuração intestinal                                              A) núcleo cartiloginoso e anel calcificado
    D) fístula traqueo-esofágica                                          B) núcleo calcificado e anel cartilaginoso
                                                                          C) ânulo pulposo e núcleo fibroso
24. As estruturas que rotineiramente são estudadas durante uma            D) núcleo pulposo e ânulo fibroso
   EED são:
    A) esôfago, estômago e duodeno                                    34. O mielograma é um método invasivo de avaliação do con-
    B) esôfago, piloro e duodeno                                         teúdo de:
    C) estômago, piloro e duodeno                                         A) medulares dos ossos longos
    D) estômago, duodeno e íleo                                           B) canais vertebrais
                                                                          C) forames cranianos
25. O meio de contraste utilizado em fistulografia é:                     D) forames intervertebrais
    A) dissolúvel
    B) lipossolúvel                                                   35. A imagem em cachorro do corpo vertebral é formada em
    C) hidrossolúvel                                                     radiografias:
    D) insolúvel                                                          A) oblíquas
                                                                          B) antero-posteriores
26. O critério usado para avaliar uma radiografia de tórax com            C) tangencias
   inspiração adequada é a contagem de:                                   D) laterais
    A) costelas descobertas das cúpulas diafragmáticas
    B) vértebras descobertas das cúpulas diafragmáticas               36. As radiografias oblíquas bilaterais cervicais podem ser adi-
    C) vasos descobertos das cúpulas diafragmáticas                      cionadas para visualizar:
    D) seios costofrênicos descobertos das cúpulas diafragmá-             A) o forame neural e as articulações facetárias
         ticas                                                            B) o forame neural e o espaço discal
                                                                          C) o espaço discal e as articulações facetárias
27. O parâmetro de má rotação de uma radiografia de tórax é a             D) os processos espinhosos e transversos
   distância entre:
    A) as vértebras e os processos transversos                        37. A posição do nadador é utilizada para visualizar a vértebra
    B) as escápulas e os processos unciformes                            cervical:
    C) as glenóides e os processos laminares                              A) C3
    D) as clavículas e os processos espinhosos                            B) C5
                                                                          C) C7
28. A preferência de radiografias de tórax em PA ao invés de AP           D) C9
    deve-se à menor distorção do tamanho do(s):
     A) pulmões                                                       38. O número de pares de raízes nervosas cervicais é:
     B) coração                                                           A) dois
     C) hilos                                                             B) quatro
     D) vasos                                                             C) seis
                                                                          D) oito
29. Sacos cheios de ar em forma de cachos de uvas na extremi-
    dade das vias aéreas distais são chamados de:                     39. A vértebra T1 pode ser facilmente identificada na incidência
     A) alvéolos                                                          em:
                                                                  3

                                             www.pciconcursos.com.br
A)   AP                                                                B) mastóide
    B)   Perfil                                                            C) calota craniana
    C)   Oblíqua                                                           D) base craniana
    D)   Axial
                                                                       50. A incidência obturatriz é realizada para o estudo do:
40. As articulações de Luschka também são conhecidas como                  A) quadril
   articulações:                                                           B) ombro
    A) intervertebrais                                                     C) cotovelo
    B) uncovertebrais                                                      D) punho
    C) inter-espinhosas
    D) inter-apofisárias

41. O estudo da invaginação vértebro-basilar estuda a transição:
    A) lombo-sacra
    B) crânio-cervical
    C) dorso-lombar
    D) dorso-cervical

42. A uretrocistografia realizada em crianças tem como principal
    objetivo avaliar:
     A) bexiga neurogênica
     B) uretrites adquiridas
     C) refluxo vésico-ureteral
     D) má formação renal congênita

43. As incidências realizadas em uma mamografia de rotina são:
    A) crânio-oblíqua e médio-caudal
    B) crânio-medial e oblíqua-caudal
    C) crânio-caudal e médio-axial-oblíqua
    D) crânio-caudal e médio-lateral-oblíqua

44. As radiografias dos seios da face com o objetivo de avaliar
   níveis líquidos são realizadas em :
    A) decúbito ventral
    B) decúbito dorsal
    C) ortostase
    D) decúbito lateral

45. A incidência de Water é também chamada de:
    A) mento-naso
    B) fronto-naso
    C) perfil
    D) axial

46. A incidência fronto-naso estuda com melhor precisão os
   seios:
    A) frontais e maxilares
    B) frontais e etmoidais
    C) frontais e esfenoidais
    D) etmoidais e maxilares

47. As mastóides são mais bem avaliadas por:
    A) radiografias convencionais
    B) radiografias digitais
    C) tomografia computadorizada
    D) ressonância magnética

48. Radiografias para avaliação de escoliose devem ser realiza-
   das em:
    A) decúbito lateral
    B) decúbito dorsal
    C) decúbito ventral
    D) ortostase

49. Os ossos Wormianos apresentam-se no(a):
    A) face
                                                                   4

                                            www.pciconcursos.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula de Imagenologia sobre Tomografia Computadorizada
Aula de Imagenologia sobre Tomografia ComputadorizadaAula de Imagenologia sobre Tomografia Computadorizada
Aula de Imagenologia sobre Tomografia ComputadorizadaJaqueline Almeida
 
Seminário Ap e Perfil de Escápula
Seminário Ap e Perfil de EscápulaSeminário Ap e Perfil de Escápula
Seminário Ap e Perfil de EscápulaCristiane Dias
 
Prof magno formação da imagem
Prof magno   formação da imagemProf magno   formação da imagem
Prof magno formação da imagemCristiane Dias
 
Aula 1 imaginologia
Aula 1 imaginologiaAula 1 imaginologia
Aula 1 imaginologiaradiomed
 
Apostila posicionamento (completa)
Apostila posicionamento (completa)Apostila posicionamento (completa)
Apostila posicionamento (completa)Cristiane Dias
 
Anatomia radiológica da coluna vertebral
Anatomia radiológica da coluna vertebral Anatomia radiológica da coluna vertebral
Anatomia radiológica da coluna vertebral Tony Parente
 
Contraste radiologico
Contraste radiologicoContraste radiologico
Contraste radiologicoradiomed
 
Posicionamento radiológico tórax rotina e complementares
Posicionamento radiológico   tórax rotina e complementaresPosicionamento radiológico   tórax rotina e complementares
Posicionamento radiológico tórax rotina e complementaresMagno Cavalheiro
 
Radiology formação e qualidade da imagem em filme - écran
Radiology formação e qualidade da imagem em filme - écranRadiology formação e qualidade da imagem em filme - écran
Radiology formação e qualidade da imagem em filme - écranCristiane Dias
 
Técnicas de exames radiológicos
Técnicas de exames radiológicosTécnicas de exames radiológicos
Técnicas de exames radiológicosradiomed
 
01 posicionamento de esterno e costelas
01 posicionamento de esterno e costelas01 posicionamento de esterno e costelas
01 posicionamento de esterno e costelasErica Inacio
 
E.d de formação da imagem i
E.d de formação da imagem iE.d de formação da imagem i
E.d de formação da imagem iCristiane Dias
 
Introdução à radiologia red. giordano
Introdução à radiologia red. giordanoIntrodução à radiologia red. giordano
Introdução à radiologia red. giordanogrtalves
 
Mão - Anatomia Radiológica
Mão - Anatomia RadiológicaMão - Anatomia Radiológica
Mão - Anatomia RadiológicaDanielle Climaco
 
Técnica radiológica-receptores-imagem
Técnica radiológica-receptores-imagemTécnica radiológica-receptores-imagem
Técnica radiológica-receptores-imagemIsabel Gardiano
 
Meios de contraste iodado
Meios de contraste iodadoMeios de contraste iodado
Meios de contraste iodadoEdna Souza
 

Mais procurados (20)

Aula de Imagenologia sobre Tomografia Computadorizada
Aula de Imagenologia sobre Tomografia ComputadorizadaAula de Imagenologia sobre Tomografia Computadorizada
Aula de Imagenologia sobre Tomografia Computadorizada
 
Seminário Ap e Perfil de Escápula
Seminário Ap e Perfil de EscápulaSeminário Ap e Perfil de Escápula
Seminário Ap e Perfil de Escápula
 
Prof magno formação da imagem
Prof magno   formação da imagemProf magno   formação da imagem
Prof magno formação da imagem
 
Aula 1 imaginologia
Aula 1 imaginologiaAula 1 imaginologia
Aula 1 imaginologia
 
Apostila posicionamento (completa)
Apostila posicionamento (completa)Apostila posicionamento (completa)
Apostila posicionamento (completa)
 
Anatomia radiológica da coluna vertebral
Anatomia radiológica da coluna vertebral Anatomia radiológica da coluna vertebral
Anatomia radiológica da coluna vertebral
 
Contraste radiologico
Contraste radiologicoContraste radiologico
Contraste radiologico
 
Posicionamento radiológico tórax rotina e complementares
Posicionamento radiológico   tórax rotina e complementaresPosicionamento radiológico   tórax rotina e complementares
Posicionamento radiológico tórax rotina e complementares
 
INTRODUÇÃO A RADIOLOGIA
INTRODUÇÃO A RADIOLOGIAINTRODUÇÃO A RADIOLOGIA
INTRODUÇÃO A RADIOLOGIA
 
Anatomia Radiológica
Anatomia RadiológicaAnatomia Radiológica
Anatomia Radiológica
 
Radiology formação e qualidade da imagem em filme - écran
Radiology formação e qualidade da imagem em filme - écranRadiology formação e qualidade da imagem em filme - écran
Radiology formação e qualidade da imagem em filme - écran
 
Técnicas de exames radiológicos
Técnicas de exames radiológicosTécnicas de exames radiológicos
Técnicas de exames radiológicos
 
01 posicionamento de esterno e costelas
01 posicionamento de esterno e costelas01 posicionamento de esterno e costelas
01 posicionamento de esterno e costelas
 
FILMES E ECRÁNS
FILMES E ECRÁNSFILMES E ECRÁNS
FILMES E ECRÁNS
 
E.d de formação da imagem i
E.d de formação da imagem iE.d de formação da imagem i
E.d de formação da imagem i
 
Introdução à radiologia red. giordano
Introdução à radiologia red. giordanoIntrodução à radiologia red. giordano
Introdução à radiologia red. giordano
 
Mão - Anatomia Radiológica
Mão - Anatomia RadiológicaMão - Anatomia Radiológica
Mão - Anatomia Radiológica
 
Técnica radiológica-receptores-imagem
Técnica radiológica-receptores-imagemTécnica radiológica-receptores-imagem
Técnica radiológica-receptores-imagem
 
Aula de rm prof. luis aguiar
Aula de rm   prof. luis aguiarAula de rm   prof. luis aguiar
Aula de rm prof. luis aguiar
 
Meios de contraste iodado
Meios de contraste iodadoMeios de contraste iodado
Meios de contraste iodado
 

Destaque

03.exerccios sistema esqueltico
03.exerccios sistema esqueltico03.exerccios sistema esqueltico
03.exerccios sistema esquelticoVanessa Mello
 
Prova Concurso Técnico em radiologia Rio Saúde 2015
Prova Concurso Técnico em radiologia Rio Saúde 2015Prova Concurso Técnico em radiologia Rio Saúde 2015
Prova Concurso Técnico em radiologia Rio Saúde 2015edersonpinguim
 
Lista de exercícios VI Fisiologia e Anatomia
Lista de exercícios VI Fisiologia e AnatomiaLista de exercícios VI Fisiologia e Anatomia
Lista de exercícios VI Fisiologia e AnatomiaCarlos Priante
 
Como se preparar para concurso de radiologia
Como se preparar para concurso de radiologiaComo se preparar para concurso de radiologia
Como se preparar para concurso de radiologiaMagno Cavalheiro
 
Terminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológico
Terminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológicoTerminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológico
Terminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológicoCristiane Dias
 
Questões Anatomia (sist. cardiovascular)
Questões Anatomia (sist. cardiovascular)Questões Anatomia (sist. cardiovascular)
Questões Anatomia (sist. cardiovascular)Camilla Lima
 
Crânio,saf,sela,mandibula,atm
Crânio,saf,sela,mandibula,atmCrânio,saf,sela,mandibula,atm
Crânio,saf,sela,mandibula,atmfirenze
 
História da radiologia aula
História da radiologia aulaHistória da radiologia aula
História da radiologia aulaDouglas Henrique
 
Exerccios sobre o Sistema Muscular
Exerccios sobre o Sistema MuscularExerccios sobre o Sistema Muscular
Exerccios sobre o Sistema MuscularJuarez Silva
 
Prova da lanat para impressão
Prova da lanat para impressãoProva da lanat para impressão
Prova da lanat para impressãoLucas Rufino
 
Prova ENAD Tecnologia em Radiologia Médica - 2007
Prova ENAD Tecnologia em Radiologia Médica - 2007Prova ENAD Tecnologia em Radiologia Médica - 2007
Prova ENAD Tecnologia em Radiologia Médica - 2007Alex Eduardo Ribeiro
 
Questionário de estudo radiológico de cotovelo
Questionário de estudo radiológico de cotoveloQuestionário de estudo radiológico de cotovelo
Questionário de estudo radiológico de cotoveloMagno Cavalheiro Faria
 
História da radiologia no mundo aula 1
História da radiologia no mundo   aula 1História da radiologia no mundo   aula 1
História da radiologia no mundo aula 1Magno Cavalheiro
 
Provas tecnico enfermagem
Provas tecnico enfermagemProvas tecnico enfermagem
Provas tecnico enfermagemeliane_leite
 
AULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕES
AULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕESAULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕES
AULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕESMagno Cavalheiro
 
Provas anteriores ( de 2008 a 2012) IFCE - Integrado
Provas anteriores ( de 2008 a 2012) IFCE - IntegradoProvas anteriores ( de 2008 a 2012) IFCE - Integrado
Provas anteriores ( de 2008 a 2012) IFCE - IntegradoEliasdelimaneto Educação
 
Aula filmes radiográficos
Aula   filmes radiográficosAula   filmes radiográficos
Aula filmes radiográficosLucas Pereira
 

Destaque (20)

03.exerccios sistema esqueltico
03.exerccios sistema esqueltico03.exerccios sistema esqueltico
03.exerccios sistema esqueltico
 
Prova Concurso Técnico em radiologia Rio Saúde 2015
Prova Concurso Técnico em radiologia Rio Saúde 2015Prova Concurso Técnico em radiologia Rio Saúde 2015
Prova Concurso Técnico em radiologia Rio Saúde 2015
 
Questões comentadas - Técnico em Radiologia EMSERH
Questões comentadas - Técnico em Radiologia EMSERHQuestões comentadas - Técnico em Radiologia EMSERH
Questões comentadas - Técnico em Radiologia EMSERH
 
Lista de exercícios VI Fisiologia e Anatomia
Lista de exercícios VI Fisiologia e AnatomiaLista de exercícios VI Fisiologia e Anatomia
Lista de exercícios VI Fisiologia e Anatomia
 
Como se preparar para concurso de radiologia
Como se preparar para concurso de radiologiaComo se preparar para concurso de radiologia
Como se preparar para concurso de radiologia
 
Questoes anatomia pelve
Questoes anatomia pelveQuestoes anatomia pelve
Questoes anatomia pelve
 
Exercicio anatomia planos
Exercicio anatomia planosExercicio anatomia planos
Exercicio anatomia planos
 
Terminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológico
Terminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológicoTerminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológico
Terminologia radiológica termos gerais usados no posicionamento radiológico
 
Questões Anatomia (sist. cardiovascular)
Questões Anatomia (sist. cardiovascular)Questões Anatomia (sist. cardiovascular)
Questões Anatomia (sist. cardiovascular)
 
Crânio,saf,sela,mandibula,atm
Crânio,saf,sela,mandibula,atmCrânio,saf,sela,mandibula,atm
Crânio,saf,sela,mandibula,atm
 
História da radiologia aula
História da radiologia aulaHistória da radiologia aula
História da radiologia aula
 
Exerccios sobre o Sistema Muscular
Exerccios sobre o Sistema MuscularExerccios sobre o Sistema Muscular
Exerccios sobre o Sistema Muscular
 
Prova da lanat para impressão
Prova da lanat para impressãoProva da lanat para impressão
Prova da lanat para impressão
 
Prova ENAD Tecnologia em Radiologia Médica - 2007
Prova ENAD Tecnologia em Radiologia Médica - 2007Prova ENAD Tecnologia em Radiologia Médica - 2007
Prova ENAD Tecnologia em Radiologia Médica - 2007
 
Questionário de estudo radiológico de cotovelo
Questionário de estudo radiológico de cotoveloQuestionário de estudo radiológico de cotovelo
Questionário de estudo radiológico de cotovelo
 
História da radiologia no mundo aula 1
História da radiologia no mundo   aula 1História da radiologia no mundo   aula 1
História da radiologia no mundo aula 1
 
Provas tecnico enfermagem
Provas tecnico enfermagemProvas tecnico enfermagem
Provas tecnico enfermagem
 
AULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕES
AULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕESAULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕES
AULA DE FÍSICA DAS RADIAÇÕES
 
Provas anteriores ( de 2008 a 2012) IFCE - Integrado
Provas anteriores ( de 2008 a 2012) IFCE - IntegradoProvas anteriores ( de 2008 a 2012) IFCE - Integrado
Provas anteriores ( de 2008 a 2012) IFCE - Integrado
 
Aula filmes radiográficos
Aula   filmes radiográficosAula   filmes radiográficos
Aula filmes radiográficos
 

Mais de Douglas Henrique

Mais de Douglas Henrique (12)

Aula de enema opaco
Aula de enema opacoAula de enema opaco
Aula de enema opaco
 
Aulas douglas
Aulas douglasAulas douglas
Aulas douglas
 
A importância da anatomia humana para o tecnólogo
A importância da anatomia humana para o tecnólogoA importância da anatomia humana para o tecnólogo
A importância da anatomia humana para o tecnólogo
 
Lequesne e ducroquet
Lequesne e ducroquetLequesne e ducroquet
Lequesne e ducroquet
 
Axial longo tornozelo[1]
Axial longo tornozelo[1]Axial longo tornozelo[1]
Axial longo tornozelo[1]
 
Sistema osseo cranio.pdf
Sistema osseo cranio.pdfSistema osseo cranio.pdf
Sistema osseo cranio.pdf
 
Ressonância magnética
Ressonância magnéticaRessonância magnética
Ressonância magnética
 
Medicina nuclear
Medicina nuclearMedicina nuclear
Medicina nuclear
 
Slide padrão
Slide padrãoSlide padrão
Slide padrão
 
1ª tc[1].ppt cópia
1ª tc[1].ppt   cópia1ª tc[1].ppt   cópia
1ª tc[1].ppt cópia
 
Aula de coluna cervical
Aula de coluna cervicalAula de coluna cervical
Aula de coluna cervical
 
Anatomia da coluna cervical
Anatomia da coluna cervicalAnatomia da coluna cervical
Anatomia da coluna cervical
 

Prova técnico radiologia

  • 1. TÉCNICO EM RADIOLOGIA C) radiossonografia D) radiocinesia Número de Questões: 50 (cinqüenta)) Valor de Cada Questão: 2 (dois) pontos 11. Os requerimentos técnicos necessários para um sistema de mamografia moderno objetivam visualizar: 01.Os raios X são radiações: A) lesões grandes e de baixo contraste A) eletromagnéticas B) lesões grandes e de alto contraste B) mecânicas C) detalhes pequenos e de baixo contraste C) ressonânticas D) pouco detalhe e com nenhum contraste D) elásticas 12. A tomografia computadorizada permite imagens sem recons- 02.Os raios X podem ser produzidos por feixes de: trução em cortes: A) prótons A) transversais B) nêutrons B) sagitais C) elétrons C) oblíquos D) átomos D) longitinais 03. O tubo de raios X contém um filamento de: 13. Os fatores que determinam a qualidade de imagem são: A) chumbo A) contraste, ruídos e resolução espacial B) cobre B) contraste, ruídos e resolução axial C) alumínio C) contraste, limiar de irradiação e resolução espacial D) tungstênio D) contraste, limiar de irradiação e resolução axial 04. O tubo de raios X é totalmente circundado por: 14. Qualquer componente de sinal de uma imagem que não con- A) chumbo tém informação útil chama-se: B) cobre A) interferência C) alumínio B) ruído D) tungstênio C) borramento cinético D) indefinição 05. O gerador que fornece a energia necessária para o tubo de raios X é de: 15. A habilidade de uma imagem em produzir fielmente peque- A) baixa voltagem nos detalhes chama-se resolução: B) média voltagem A) axial C) alta voltagem B) integral D) voltagem escalonada C) sagital D) espacial 06. O filme radiográfico é uma folha a base de: A) celulose 16. Os efeitos prejudiciais da radiação ionizante podem ser clas- B) poliéster sificados em: C) gelatina A) estáticos e dinâmicos D) fósforo B) estáticos e determinísticos C) estocásticos e determinísticos 07. Os cristais de prata usados na emulsão do filme radigráfico D) estocásticos e dinâmicos convencional são compostos de bromo e: A) prata 17. O efeito que está associado com um limiar de irradiação B) iodo abaixo do qual não é observado chama-se: C) bário A) determinístico D) fósforo B) dinâmico C) estocástico 08. As radiografias digitais para serem obtidas utilizam um sis- D) estático tema de armazenagem através de: A) manganês 18. As doses ocupacionais médias efetivas a que radiologistas e B) gelatina técnicos de raios X são expostos, são respectivamente: C) xenônio A) 0,31 miliSieverts e 0,66 miliSieverts D) fósforo B) 0,71 miliSieverts e 0,96 miliSieverts C) 0, 91 miliSieverts e 0,66 miliSieverts 09. Para gerar radiografias diagnósticas de alta qualidade é ne- D) 0,99 miliSieverts e 0,96 miliSieverts cessário: A) controle de pacientes adequados 19. O princípio que se refere à menor exposição à irradiação que B) seleção das regiões do corpo se pode dar aos pacientes, aos trabalhadores da saúde e ao C) controle na identificação do paciente público em geral chama-se: D) controle de dispersão A) MENORADS B) MINIRX 10. A radiografia em tempo real é denominada de : C) ARRADS A) radiografia endoscópica D) ALARA B) radioscopia www.pciconcursos.com.br
  • 2. 20. O chumbo padrão de 5 mm reduz a exposição à radiação em: B) brônquios A) 65% C) bronquíolos B) 75% D) cissuras C) 85% D) 95% 30. A incidência apico-lordótica do tórax projeta as clavículas: A) sob os ápices pulmonares 21. Marque o período em que o feto é mais sensível aos efeitos B) sobre os ápices pulmonares da radiação. C) nos ápices pulmonares A) dois a cinco dias D) entre os ápices pulmonares B) duas a cinco semanas C) cinco a sete semanas 31.A radiografia compressiva realizada durante a urografia ex- D) oito a quinze semanas cretora tem como objetivo melhor visualização dos: A) sistemas coletores 22. No estudo contrastado do trato gastrintestinal com duplo B) parênquimas renais contraste utiliza-se normalmente: C) vasos renais D) gases intestinais A) iodo e ar B) bário e ar 32. O teste radiográfico mais sensível para cálculos do trato C) iodo e bário urinário é: D) bário e água A) radiografia simples B) radiografia contrastada 23. O bário é contra-indicado no estudo contrastado do trato C) ultra-sonografia gastrintestinal quando se suspeita de: D) tomografia computadorizada A) história alérgica B) edema intestinal 33. Os componentes do disco intervertebral são: C) perfuração intestinal A) núcleo cartiloginoso e anel calcificado D) fístula traqueo-esofágica B) núcleo calcificado e anel cartilaginoso C) ânulo pulposo e núcleo fibroso 24. As estruturas que rotineiramente são estudadas durante uma D) núcleo pulposo e ânulo fibroso EED são: A) esôfago, estômago e duodeno 34. O mielograma é um método invasivo de avaliação do con- B) esôfago, piloro e duodeno teúdo de: C) estômago, piloro e duodeno A) medulares dos ossos longos D) estômago, duodeno e íleo B) canais vertebrais C) forames cranianos 25. O meio de contraste utilizado em fistulografia é: D) forames intervertebrais A) dissolúvel B) lipossolúvel 35. A imagem em cachorro do corpo vertebral é formada em C) hidrossolúvel radiografias: D) insolúvel A) oblíquas B) antero-posteriores 26. O critério usado para avaliar uma radiografia de tórax com C) tangencias inspiração adequada é a contagem de: D) laterais A) costelas descobertas das cúpulas diafragmáticas B) vértebras descobertas das cúpulas diafragmáticas 36. As radiografias oblíquas bilaterais cervicais podem ser adi- C) vasos descobertos das cúpulas diafragmáticas cionadas para visualizar: D) seios costofrênicos descobertos das cúpulas diafragmá- A) o forame neural e as articulações facetárias ticas B) o forame neural e o espaço discal C) o espaço discal e as articulações facetárias 27. O parâmetro de má rotação de uma radiografia de tórax é a D) os processos espinhosos e transversos distância entre: A) as vértebras e os processos transversos 37. A posição do nadador é utilizada para visualizar a vértebra B) as escápulas e os processos unciformes cervical: C) as glenóides e os processos laminares A) C3 D) as clavículas e os processos espinhosos B) C5 C) C7 28. A preferência de radiografias de tórax em PA ao invés de AP D) C9 deve-se à menor distorção do tamanho do(s): A) pulmões 38. O número de pares de raízes nervosas cervicais é: B) coração A) dois C) hilos B) quatro D) vasos C) seis D) oito 29. Sacos cheios de ar em forma de cachos de uvas na extremi- dade das vias aéreas distais são chamados de: 39. A vértebra T1 pode ser facilmente identificada na incidência A) alvéolos em: 3 www.pciconcursos.com.br
  • 3. A) AP B) mastóide B) Perfil C) calota craniana C) Oblíqua D) base craniana D) Axial 50. A incidência obturatriz é realizada para o estudo do: 40. As articulações de Luschka também são conhecidas como A) quadril articulações: B) ombro A) intervertebrais C) cotovelo B) uncovertebrais D) punho C) inter-espinhosas D) inter-apofisárias 41. O estudo da invaginação vértebro-basilar estuda a transição: A) lombo-sacra B) crânio-cervical C) dorso-lombar D) dorso-cervical 42. A uretrocistografia realizada em crianças tem como principal objetivo avaliar: A) bexiga neurogênica B) uretrites adquiridas C) refluxo vésico-ureteral D) má formação renal congênita 43. As incidências realizadas em uma mamografia de rotina são: A) crânio-oblíqua e médio-caudal B) crânio-medial e oblíqua-caudal C) crânio-caudal e médio-axial-oblíqua D) crânio-caudal e médio-lateral-oblíqua 44. As radiografias dos seios da face com o objetivo de avaliar níveis líquidos são realizadas em : A) decúbito ventral B) decúbito dorsal C) ortostase D) decúbito lateral 45. A incidência de Water é também chamada de: A) mento-naso B) fronto-naso C) perfil D) axial 46. A incidência fronto-naso estuda com melhor precisão os seios: A) frontais e maxilares B) frontais e etmoidais C) frontais e esfenoidais D) etmoidais e maxilares 47. As mastóides são mais bem avaliadas por: A) radiografias convencionais B) radiografias digitais C) tomografia computadorizada D) ressonância magnética 48. Radiografias para avaliação de escoliose devem ser realiza- das em: A) decúbito lateral B) decúbito dorsal C) decúbito ventral D) ortostase 49. Os ossos Wormianos apresentam-se no(a): A) face 4 www.pciconcursos.com.br