Capitulo 1 – Conceitos        Básicos1 – Conceitos Básicos
As organizações e os indivíduos, no seu dia adia, efectuam operações financeiras, quer sejaquando aplicam capitais que pos...
Através da actividade económica são geradosfundos (poupança) para os vários agenteseconómicos (Estado, Empresas, Famílias)...
Em todas as operações financeiras o valor dos capitaisaplicados num dado momento modifica-se com otempo.O valor de uma uni...
Variáveis Fundamentais do Cálculo               FinanceiroO Cálculo Financeiro assenta em três conceitosbásicos: capital, ...
Tempo: prazo durante o qual o capital éaplicado ou utilizado. O tempo será dividido emunidades de tempo. Uma unidade de te...
NomenclaturaCapital – CTempo – n ou tJuro – JTaxa de juro – iCapital inicial – C0Capital acumulado – Cn
2 – Capitalização e Actualização2.1 – Elementos genéricos
CapitalizaçãoProcesso pelo qual um determinado capitalinicial C0, aplicado no momento 0, durante umcerto número de período...
Desconto ou ActualizaçãoProcesso pelo qual um determinado capital Cn,que se vence no momento n, sofre uma reduçãopara se c...
BibliografiaRodrigues, J. e Nicolau, I. Elementos de CálculoFinanceiro (9.ª Edição), Áreas Editora, 2010                  ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Cf capitulo 1 conceitos básicos

251 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
251
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cf capitulo 1 conceitos básicos

  1. 1. Capitulo 1 – Conceitos Básicos1 – Conceitos Básicos
  2. 2. As organizações e os indivíduos, no seu dia adia, efectuam operações financeiras, quer sejaquando aplicam capitais que possuem, quer sejaquando obtêm capitais para financiar as suasnecessidades.Operações financeiras: todas as acções quetêm por finalidade produzir ou modificar umcapital.Exemplos: Depósitos bancários, empréstimos,investimento na criação de uma empresa.
  3. 3. Através da actividade económica são geradosfundos (poupança) para os vários agenteseconómicos (Estado, Empresas, Famílias).Estes agentes económicos, para não ficaremcom capital improdutivo, irão efectuarinvestimentos.Em troca do seu investimento esperam receberum rendimento adequado para a aplicação decapital efectuada.Este rendimento pode ter uma natureza certa(juro) ou incerta (lucro).
  4. 4. Em todas as operações financeiras o valor dos capitaisaplicados num dado momento modifica-se com otempo.O valor de uma unidade de capital é diferenteconsoante o momento em que se situa: hoje é um eamanhã será outro.A tomada de uma decisão financeira requer que sejatido em conta que o valor de uma capital é função dotempo.O Cálculo Financeiro (ou Matemática Financeira)permite reportar o valor de um capital (ou de umconjunto de capitais) a diferentes momento no tempo epossibilita o cálculo da taxa de rendimento/custo deuma operação financeira.
  5. 5. Variáveis Fundamentais do Cálculo FinanceiroO Cálculo Financeiro assenta em três conceitosbásicos: capital, tempo e juro.Capital: conjunto de meios líquidos (moeda ouequivalente), cedidos durante um determinadoespaço de tempo, temporária oudefinitivamente, produzindo uma certaremuneração para o seu proprietário.
  6. 6. Tempo: prazo durante o qual o capital éaplicado ou utilizado. O tempo será dividido emunidades de tempo. Uma unidade de tempodenomina-se período. O período poderá seranual, semestral, quadrimestral, trimestral,mensal, etc.Juro: remuneração recebida em contrapartida dacedência do capital durante um determinadoespaço de tempo.Taxa de juro: acréscimo de uma unidade decapital durante uma unidade de tempo (períodode referência da taxa).
  7. 7. NomenclaturaCapital – CTempo – n ou tJuro – JTaxa de juro – iCapital inicial – C0Capital acumulado – Cn
  8. 8. 2 – Capitalização e Actualização2.1 – Elementos genéricos
  9. 9. CapitalizaçãoProcesso pelo qual um determinado capitalinicial C0, aplicado no momento 0, durante umcerto número de períodos n, a uma taxa de juroi, se transforma num capital acumulado Cn, nofinal daquele prazo, por virtude da produção deum juro J. C n = C0 + J
  10. 10. Desconto ou ActualizaçãoProcesso pelo qual um determinado capital Cn,que se vence no momento n, sofre uma reduçãopara se conhecer o seu valor num momento kanterior ao seu vencimento. É o oposto dacapitalização, ou seja, um capital Cn vencível nomomento n é transformado num capital inferiorsubtraindo o valor do desconto D. O capitalobtido Ck é o valor actual de Cn nesse momento. C k = Cn - D
  11. 11. BibliografiaRodrigues, J. e Nicolau, I. Elementos de CálculoFinanceiro (9.ª Edição), Áreas Editora, 2010 Paulo Correia

×