Material eleicao conselho escolar 22 08_11

29.608 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Excelente material para os encontros de preparação ao processo de eleição do Conselho Escolar
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
29.608
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
143
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
622
Comentários
1
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Material eleicao conselho escolar 22 08_11

  1. 1. 2011
  2. 2. A eleição para Conselho Escolar é o momento em que cada segmento da comunidade escolar (aluno, professor, pais, funcionário) elege um conselheiro que irá representar seu segmento e a escola por dois anos. Portanto, todo candidato deve procurar conhecer um pouco mais acerca do que é um Conselho Escolar seus objetivos, missões e processo eletivo na escola.
  3. 3. O processo eleitoral é uma das formas mais democráticas de se escolher o representante, deve ser organizado de modo participativo e envolvendo toda a comunidade escolar. No Conselho Escolar o processo eleitoral se subdivide em três etapas: PRÉ-ELEIÇÃO, ELEIÇÃO e PÓS-ELEIÇÃO .
  4. 4. Formação da Comissão Eleitoral Deve ser formada preferencialmente pelos membros que compõem o Conselho Escolar vigente (TITULARES ou SUPLENTES), desde que não sejam candidatos. As Comissões compõem-se de: 01 (um) Presidente, 01 (um) Secretário e De 01 ( um) a 03 (três) Mesários.
  5. 5. A data de todas as etapas de execução da eleição do Conselho Escolar deve constar no cronograma eleitoral a ser divulgado para toda escola. Todo o processo deverá ser devidamente registrado nas documentações pertinentes: livro de ata, cédula para votação, listagens de eleitores, mapa de apuração dos votos e urnas identificadas por segmento. Divulgação do Cronograma do Período Eleitoral
  6. 6. Baixa do Edital A escola deve baixar seu edital no mínimo 30(trinta) dias antes do término da vigência do mandato do conselho escolar. A escola não deve permanecer nenhum dia sem o Conselho Escolar devidamente legalizado.
  7. 7. Modelo de Edital SECRETARIA EXECUTIVA REGIONAL ____ Unidade Escolar____________________________________________________________ EDITAL DE CONVOCAÇÃO A Comissão Eleitoral da Escola ____________________________________________ CONVOCA a Comunidade Escolar para Eleição do Conselho Escolar que ocorrerá no dia __ de ______ de 20__, no horário de ______________, nas dependências da referida Escola. Poderão candidatar-se Professores, Alunos, Funcionários e Pais de Alunos da Escola (Patrimonial e Anexos), de acordo com os seguintes critérios: PROFESSORES (Profissionais do Grupo do Magistério): Em efetivo exercício na escola. ESTUDANTES: regularmente matriculados com idade mínima de 12 anos. FUNCIONÁRIOS: servidor em efetivo exercício na escola. PAIS: pais, mães ou responsáveis pela matrícula dos alunos regularmente matriculados na escola. Os referidos candidatos deverão inscrever-se junto à Comissão Eleitoral no período de ______ a ______, no horário de _________________. O período de divulgação e propaganda será de _________ a ________, de acordo com a Comissão Eleitoral do Conselho Escolar e desde que não prejudique o bom funcionamento da Unidade Escolar.
  8. 8. Documentação pertinente ao processo eleitoral ELEIÇÃO PARA O CONSELHO ESCOLAR UNIDADE EDUCACIONAL: ______________________________ FICHA DE INSCRIÇÃO DO CANDIDATO NOME:_______________________________________________ SEGMENTO:___________________________________________ DOCUMENTO DE IDENTIDADE:____________________________ DATA:_________ Presidente da Comissão Eleitoral Escolar:_________________ Secretário da Comissão Eleitoral Escolar:_________________
  9. 9. Documentação pertinente ao processo eleitoral: MAPA DE APURAÇÃO DE VOTOS ELEIÇÃO PARA O CONSELHO ESCOLAR ESCOLA______________________________ Segmentos/nº. de eleitor votantes Votos Válidos Votos Brancos Votos Nulos Total Professor Aluno Funcionário
  10. 10. Documentações pertinentes ao processo eleitoral ELEIÇÃO PARA O CONSELHO ESCOLAR EMEIF______________________________ ATA DE ELEIÇÃOPARA O CONSELHO ESCOLAR Aos _______ do mês de ___________ do ano de ______________ ( por extenso ), realizou-se na Escola _______________________________eleição para escolha dos conselheiros escolares da referida unidade. Ao final, foi preenchido o Mapa de Apuração dos votos e lavrados no livro de Ata os resultados. Os representantes eleitos de cada segmento e seus respectivos suplentes são: Efetivos – Segmento Professores: Nome Completo: Identidade: CPF: Endereço Completo: Suplentes – Segmento Professores: Nome Completo: Identidade: CPF: Endereço Completo: Efetivos – Segmento Alunos; Nome Completo: Nº de Matrícula: Identidade: CPF: Endereço Completo:
  11. 11. Documentações pertinentes ao processo eleitoral CONTINUAÇÃO... Efetivos – Segmento Funcionários: Nome Completo: Identidade: CPF: Endereço Completo: Suplentes – Segmento Funcionários: Nome Completo: Identidade: CPF: Endereço Completo: Efetivos – Segmento Pais: Nome Completo: Identidade: CPF: Endereço Completo: Suplentes – Segmento Pais: Nome Completo: Identidade: CPF: Endereço Completo: Efetivos – Segmento Representante da Comunidade: Nome Completo: Identidade: CPF: Endereço Completo: Suplentes – Segmento Representante da Comunidade: Nome Completo: Identidade: CPF: Endereço Completo: Data de início e término do mandato: ___/___/___ a ___/___/___ Fortaleza, __ de ______ de _____ Assinatura da Comissão Eleitoral Escolar - Nome em Letra de Fôrma e assinatura na frente
  12. 12. Documentações pertinentes ao processo eleitoral ATA DA COMPOSIÇÃO DA DIRETORIA DO CONSELHO ESCOLAR Aos ______ dias do mês de ______________ do ano de _________ , às ______ horas, na Escola/CMES ou CEI _________________________________________________________, na Rua ______________________ , nº ____ , Bairro __________________________, na cidade de Fortaleza/CE, o Conselho Escolar reuniu-se com o objetivo de dar posse aos novos conselheiros, para o período de ___/___/___ a ___/___/___ contados a partir desta data. Contando com a presença dos Conselheiros atuais _________________________________ (Membros Efetivos/ Membros Suplentes presentes), ________________________________________ (Secretário), ________________________________ (Tesoureiro), ____________________________ (Diretor) e ____________________________ (outras pessoas presentes, como: representantes da SME, SER, etc.) o Presidente abriu a Sessão saudando os recém eleitos, desejando sucesso, declarando-os empossados: __________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________ Não havendo mais nada a tratar, a Sessão foi encerrada. O Presidente da Sessão lavrou a Ata que foi assinada por ele, pelo(a) Secretário(a) e por todos presentes. Fortaleza, ____ de ______________ de 2011.
  13. 13. <ul><li>Sensibilização de toda a comunidade escolar mediante realização de estudos e debates em plenárias; </li></ul><ul><li>Organização da listagem dos eleitores pela Comissão Eleitoral (a Secretaria Escolar pode colaborar com a elaboração das listas nominais); </li></ul><ul><li>Inscrição dos candidatos conforme edital divulgado. Os nomes dos candidatos figurarão na cédula eleitoral correspondente ao segmento (ver modelo no anexo); </li></ul><ul><li>Divulgação das propostas dos candidatos. </li></ul>ATRIBUIÇÕES DA COMISSÃO ELEITORAL
  14. 14. IMPORTANTE !!!! <ul><li>A Organização de todo o processo eleitoral é de competência exclusiva da Comissão Eleitoral e do(a) Diretor(a) da Escola, cabendo a estes o zelo pelo cumprimento do cronograma da eleição; </li></ul><ul><li>A Comissão Eleitoral deve orientar-se pelo Estatuto do Conselho Escolar e pela Lei Nº. 7.990/96; </li></ul>
  15. 15. QUEM SÃO OS ELEITORES? <ul><li>São considerados eleitores da Comunidade Escolar: alunos, pais, mães ou responsáveis pela matrícula dos alunos, funcionários, professores, Coordenadores Pedagógicos, Supervisores Escolares e Orientadores Educacionais. </li></ul><ul><li>IMPORTANTE: </li></ul><ul><ul><ul><li>Cada eleitor votará apenas em um candidato do seu segmento; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Cada segmento deverá ter no mínimo 01 (um) suplente; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>O suplente deve participar das reuniões do Conselho Escolar, com direito a voz e não a voto . </li></ul></ul></ul>
  16. 16. QUEM PODE SE CANDIDATAR? <ul><li>Alunos regularmente matriculados na escola com idade mínima de 12 anos; </li></ul><ul><li>Pais ou responsáveis com o filho regularmente matriculado na escola; </li></ul><ul><li>Servidores municipais efetivos em função na escola (agentes administrativos, auxiliares administrativos, secretária escolar, serviços gerais, merendeiras, porteiros e vigilantes); </li></ul><ul><li>Professores efetivos devidamente lotados na respectiva escola; </li></ul><ul><li>Professores substitutos devidamente lotados na respectiva escola; </li></ul><ul><li>Professores em estágio probatório; </li></ul><ul><li>Funcionários terceirizados; </li></ul><ul><li>Professores, funcionários, alunos e pais de alunos das unidades anexas às escolas patrimoniais. </li></ul>
  17. 17. IMPORTANTE <ul><li>Professores em Estágio Probatório, Professores Substitutos e Funcionários terceirizados não devem concorrer à presidência do Conselho Escolar. </li></ul><ul><li>Profissionais da Educação que respondem a processo administrativo podem concorrer ao Conselho, mas não podem se candidatar à Diretoria do Conselho Escolar; </li></ul><ul><li>As ocorrências extraordinárias que fogem à competência da Comissão Eleitoral deverão ser encaminhadas ao respectivo Distrito de Educação de cada SER, devidamente protocoladas, durante o pleito. </li></ul>
  18. 18. QUEM NÃO PODE VOTAR E SER VOTADO? <ul><li>Servidores Públicos Municipais que estejam à disposição em outros órgãos; </li></ul><ul><li>Professores e demais profissionais afastados por Licença de qualquer natureza; </li></ul><ul><li>Membro nato (Diretor/Diretora) e seu suplente (Vice-Diretor/Vice-Diretora); </li></ul><ul><li>Pais, cujos filhos já não se encontram matriculados na escola. </li></ul>
  19. 19. Segundo passo: Eleição <ul><li>A eleição do Conselho Escolar será realizada na escola, por votação direta, secreta e nominal ; </li></ul><ul><li>O eleitor deverá se apresentar à seção de votação com um documento de identificação : identidade, carteira de estudante, título de eleitor ou registro de nascimento, para posteriormente dirigir-se-á à cabine eleitoral onde efetuará o seu voto; </li></ul><ul><li>O eleitor que comparecer à Seção Eleitoral e não constar seu nome na lista de eleitores (comprovada sua condição de eleitor), assinará uma outra lista e votará em separado. O voto deverá ser rubricado pelo Presidente da Comissão Eleitoral, colocado em urna à parte, e registrado na Ata a ser lavrada ao encerrar a eleição. </li></ul>
  20. 20. Terceiro passo: Pós-Eleição <ul><li>Encerramento da votação pelo(a) Presidente da Comissão Eleitoral Escolar; </li></ul><ul><li>Contagem de votos por segmento ao término da votação na presença de candidatos; </li></ul><ul><li>Lavrar Ata no Livro de Atas do Conselho Escolar (ver modelo em anexo), com o registro das ocorrências e o resultado da apuração dos votos. </li></ul>
  21. 21. Continuação: <ul><li>Não é permitida campanha eleitoral no dia da eleição; </li></ul><ul><li>No dia da eleição, os nomes dos candidatos, por segmento, devem estar fixados no local da votação; </li></ul><ul><li>As urnas devem ser identificadas por segmentos; </li></ul><ul><li>A eleição deverá ocorrer em todos os turnos de funcionamento da Escola; </li></ul><ul><li>No Conselho deverá ser garantida a paridade (quando todos os segmentos possuem o mesmo número de representantes titulares) e proporcionalidade (quando o somatório do número de alunos e de pais for igual ao somatório do número de professores e funcionários): </li></ul><ul><li>A + P1 = P2 + F </li></ul>A = ALUNO P1 = PAIS P2 = PROFESSOR F = FUNCIONÁRIO
  22. 22. IMPORTANTE! <ul><li>No caso de algum dos membros da Seção Eleitoral Escolar deixar de comparecer ao local da votação, o Presidente da Comissão Eleitoral providenciará sua substituição, convocando, para ocupar o seu lugar, um dos eleitores presentes, que não seja candidato; </li></ul><ul><li>A Comissão Eleitoral poderá solicitar junto ao TRE urnas eletrônicas; </li></ul><ul><li>Na cédula eleitoral deverá constar a rubricas do Presidente da Comissão Eleitoral Escolar e do mesário, ambos escolhidos por esta Comissão; </li></ul><ul><li>Em caso de escolas recém-criadas fica a cargo da gestão escolar a sensibilização para a constituição da Comissão Eleitoral; </li></ul><ul><li>No dia da eleição a aula transcorrerá normalmente. </li></ul>
  23. 23. Quais os critérios de votação da eleição? VOTO VÁLIDO <ul><li>Voto de acordo com o disposto no edital. </li></ul>VOTO NULO <ul><li>Preenchido por pessoas não habilitadas a votar; </li></ul><ul><li>Não rubricado pelo Presidente da Comissão Eleitoral Escolar; </li></ul><ul><li>Cédula não correspondente ao modelo oficial, com mais de um candidato assinalado e com rasuras e demais expressões (frases, desenhos, etc.) . </li></ul>VOTO EM SEPARADO <ul><li>Quando o nome do eleitor não constar na listagem de eleitores e for comprovado o seu segmento. </li></ul>
  24. 24. QUAIS OS CRITÉRIOS DE DESEMPATE DA ELEIÇÃO? SEGMENTO CRITÉRIOS ESTUDANTE 1. Maior idade; 2. Maior tempo do aluno na escola; 3. Maior assiduidade. PAIS 1. Filho matriculado a mais tempo na escola. 2. Maior número de filhos matriculados na escola; PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS 1. Maior Idade 2.Maior tempo de serviço na escola.
  25. 25. IMPORTANTE! <ul><li>A classificação dos candidatos de cada segmento dar-se-á após a contagem dos votos (logo que for concluída a votação), considerando o total de conselheiros previstos no Estatuto; </li></ul><ul><li>No dia seguinte à eleição, a Comissão Eleitoral Escolar deverá encaminhar à sua Secretaria Executiva Regional (SER), o resultado do pleito (anexar cópias da documentação utilizada). Os votos apurados deverão ser arquivados na escola. </li></ul>
  26. 26. Como ocorre a Posse do Conselho Escolar? <ul><li>A solenidade de posse deverá ocorrer coletivamente no âmbito da escola; </li></ul><ul><li>Compete à Comissão Eleitoral empossar o Conselho Escolar eleito, registrando-o em ata; </li></ul><ul><li>O Conselho Escolar empossado promoverá a primeira reunião na qual definirá a sua diretoria, composta por, no mínimo, 01(um)secretário(a), 01(um) tesoureiro(a) e 01 (um) presidente. Em caso de empate para escolha dos cargos, cabe ao Conselho Escolar definir os critérios de desempate. </li></ul>
  27. 27. IMPORTANTE! <ul><li>Para solicitar a inclusão da escola nos programas de financiamento da educação, o Conselho Escolar, logo após a eleição, deve encaminhar ofício ao Banco do Brasil com os seguintes documentos em anexo: </li></ul><ul><li>Cópia da Ata de eleição do Conselho Escolar </li></ul><ul><li>Cópia da ata de posse do Conselho Escolar; </li></ul><ul><li>Cópia da ata da escolha da diretoria do Conselho Escolar; </li></ul>
  28. 28. Quais os procedimentos para a legalização do Conselho Escolar? <ul><li>As escolas que estão constituindo seu primeiro Conselho Escolar deverão dirigir-se à sua Secretaria Executiva Regional (SER) e ao Cartório levando os seguintes documentos: </li></ul><ul><li>Estatuto do Conselho Escolar; </li></ul><ul><li>Relação dos conselheiros titulares e suplentes com endereços, CPF, RG, segmento escolar e cargo de Diretoria (caso ocupe); </li></ul><ul><li>As atas de eleição, posse e escolha da Diretoria. </li></ul>OBS: É exigido visto de Advogado (com registro na OAB) no Estatuto do Conselho Escolar.
  29. 29. <ul><li>Escola que já possui seu Conselho Escolar deve dirigir-se ao cartório, à Receita Federal e Banco do Brasil para atualização de seu registro; </li></ul><ul><li>As custas cartoriais para a regularização do Conselho Escolar são de responsabilidade do poder público, devendo ser previstas no Plano de Aplicação Financeira – (PAF) da escola. O recurso será proveniente do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) ou Programa Municipal do Desenvolvimento da Educação (PMDE); </li></ul><ul><li>No caso da escola estar realizando sua primeira eleição de Conselho, cabe ao presidente do Conselho Escolar providenciar seu cadastro junto à Receita Federal (via internet) munido de toda documentação cartorial e fotocópias dos documentos (CPF, RG e comprovante de residência). </li></ul>
  30. 30. Equipe de Gestão Escolar da Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza/CE.

×