iii. O Balanced Scared aplicado aos
fundos de pensão
Me. Rodrigo Romais
r.romais@gmail.com
“A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo
e não pela riqueza dos príncipes”
Adam Smith
iii. O Balanced Scared a...
 Desenvolvido pelos professores da Harvard Business
School, Robert Kaplan e David Norton, em 1992.
 Inicialmente o BSC (...
Para Kaplan e Norton:
 O Balanced Scorecard reflete o equilíbrio entre objetivos de
curto e longo prazo, entre medidas fi...
 Com isto, as empresas acompanhem o desempenho financeiro,
monitorando, ao mesmo tempo, o progresso na construção de
capa...
iii. O Balanced Scared (BSC)
Perspectivas
Fonte: Adaptado de Kaplan e Norton (1997)
Desde que foi criado, o BSC vem sendo utilizado
por centenas de organizações do setor privado, público
e em ONG’s no mundo...
 Kaplan & Norton definiram inicialmente o BSC como um
sistema de mensuração do desempenho e posteriormente,
como um siste...
O principal objetivo é o alinhamento do planejamento
estratégico com as ações operacionais da empresa.
Esse objetivo é alc...
 Esclarecer e traduzir a visão e a estratégia:
É frequente as organizações possuírem uma visão e
estratégias que não são ...
 Comunicar e associar objetivos e medidas estratégicas:
O comprometimento dos colaboradores com a organização
só existirá...
 Planejar, estabelecer metas e alinhar iniciativas estratégicas:
Gestores devem identificar metas desafiantes para os seu...
 Melhorar o feedback e o aprendizado estratégico:
Permite monitorizar continuamente a organização, girando à
volta dos qu...
O que a estratégia
deve alcançar e o
que é crítico para
seu sucesso?
Como será
medido e
acompanhado o
sucesso do
alcance
d...
 Acompanha e controla o desempenho da empresa.
 Para a escolha dos indicadores, deve-se levar em conta o
tipo de emprego...
“A finalidade do sistema de feedback estratégico é
verificar se a estratégia realmente corresponde às
expectativas existen...
 Identificar os temas chaves que conduzem a
estratégia;
 Construir os vínculos estratégicos;
 Determinar os indicadores...
“A mudança por trás da implementação do BSC é muito
maior do que a simples opção por um novo sistema de
indicadores”
(REZE...
Para a implementação segura e garantida, as
companhias que fizeram uso do BSC utilizaram o
seguinte modelo:
 Lançamento;
...
 LANÇAMENTO:
“Caracterizado pelo estabelecimento de um grupo de
pioneiros que recebe a incumbência e treinamento para
esb...
DESENVOLVIMENTO
Nesse momento promove-se a integração e interação
em nível de decisão diária, com soluções baseadas no
con...
 SUSTENTAÇÃO
Esse é o ponto onde a implementação do BSC poderá
enfrentar maior dificuldade (como um todo, no ponto de
vis...
 Endereço Eletrônico: http://www.abrapp.org.br/
 KAPLAN, Robert S.; NORTON, David. P. A estratégia em ação: Balanced
Sco...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula 3 e 4 - orçamento e controle com bsc (2)

431 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
431
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 3 e 4 - orçamento e controle com bsc (2)

  1. 1. iii. O Balanced Scared aplicado aos fundos de pensão Me. Rodrigo Romais r.romais@gmail.com
  2. 2. “A riqueza de uma nação se mede pela riqueza do povo e não pela riqueza dos príncipes” Adam Smith iii. O Balanced Scared aplicado aos fundos de pensão
  3. 3.  Desenvolvido pelos professores da Harvard Business School, Robert Kaplan e David Norton, em 1992.  Inicialmente o BSC (Balanced Scorecard) foi tratado como um método.  BSC é uma sigla que pode ser traduzida para Indicadores Balanceados de Desempenho. iii. O Balanced Scared (BSC)
  4. 4. Para Kaplan e Norton:  O Balanced Scorecard reflete o equilíbrio entre objetivos de curto e longo prazo, entre medidas financeiras e não-financeiras. Entre indicadores de tendências e ocorrências e, ainda, entre as perspectivas interna e externa de desempenho.  Este conjunto abrangente de medidas serve de base para o sistema de medição e gestão estratégica por meio do qual o desempenho organizacional é mensurado de maneira equilibrada sob as quatro perspectivas. iii. O Balanced Scared (BSC)
  5. 5.  Com isto, as empresas acompanhem o desempenho financeiro, monitorando, ao mesmo tempo, o progresso na construção de capacidades e na aquisição dos ativos intangíveis necessários para o crescimento futuro.  o BSC permite descrever a estratégia de forma muito clara, por intermédio de quatro perspectivas: financeira; clientes; processos internos; aprendizado e crescimento. iii. O Balanced Scared (BSC)
  6. 6. iii. O Balanced Scared (BSC) Perspectivas Fonte: Adaptado de Kaplan e Norton (1997)
  7. 7. Desde que foi criado, o BSC vem sendo utilizado por centenas de organizações do setor privado, público e em ONG’s no mundo inteiro. Foi escolhido pela renomada revista Harvard Business Review como uma das práticas de gestão mais importantes e revolucionárias dos últimos 75 anos. iii. O Balanced Scared (BSC)
  8. 8.  Kaplan & Norton definiram inicialmente o BSC como um sistema de mensuração do desempenho e posteriormente, como um sistema de gestão estratégica.  O BSC também é classificado como um sistema de suporte à decisão, pois pretende reunir os elementos-chave para poder acompanhar o cumprimento da estratégia. iii. O Balanced Scared (BSC)
  9. 9. O principal objetivo é o alinhamento do planejamento estratégico com as ações operacionais da empresa. Esse objetivo é alcançado pelas seguintes ações: • Esclarecer e traduzir a visão e a estratégia. • Comunicar e associar objetivos e medidas estratégicas. • Planejar, estabelecer metas e alinhar iniciativas estratégicas. • Melhorar o feedback e o aprendizado estratégico. iii. O Balanced Scared (BSC) Objetivos e Perspectivas
  10. 10.  Esclarecer e traduzir a visão e a estratégia: É frequente as organizações possuírem uma visão e estratégias que não são devidamente esclarecidas e discutidas. A clarificação e tradução da visão estratégica pelos membros da organização, facilita o seu sucesso. Definindo o mapa estratégico através de uma sequência de relações de causa e efeito entre resultados e vetores de desempenho, o BSC ajuda a esclarecer as ações a empreender. Este método também contribui para a criação de consensos, entre os gestores, da visão e estratégia da organização. iii. O Balanced Scared (BSC) Objetivos e Perspectivas
  11. 11.  Comunicar e associar objetivos e medidas estratégicas: O comprometimento dos colaboradores com a organização só existirá quando os objetivos pré-estabelecidos estiver alinhados com as expectativas dos gestores. Se o sucesso da organização depende dos objetivos estratégicos da organização serem atingidos, tal meta só torna-se possível quando os colaboradores os conhecem e reconhecem como seus. O colaborador se esforçará na mesma medida e proporção em que conhecer as intenções estratégicas da empresa e se rever nelas. A estratégia de comunicação poderá sustentar-se no próprio canal interno de comunicação, como a intranet, newsletters, etc. iii. O Balanced Scared (BSC) Objetivos e Perspectivas
  12. 12.  Planejar, estabelecer metas e alinhar iniciativas estratégicas: Gestores devem identificar metas desafiantes para os seus funcionários, definir processos internos, planejar o desempenho financeiro e o crescimento. A definição de objetivos conduz à mensuração dos mesmos comprometendo os colaboradores na redução do tempo de execução das tarefas; na introdução consolidada de produtos no mercado e no aumento da sua capacitação e competências. iii. O Balanced Scared (BSC) Objetivos e Perspectivas
  13. 13.  Melhorar o feedback e o aprendizado estratégico: Permite monitorizar continuamente a organização, girando à volta dos quatro itens:  Perspectiva Financeira Como somo vistos pelos nossos acionistas?  Perspectiva de Clientes : Como é que os clientes nos veem?  Perspectiva de processos internos Em que temos de ser excelentes?  Perspectiva de aprendizagem e crescimento Como podemos melhorar e criar valor? iii. O Balanced Scared (BSC) Objetivos e Perspectivas
  14. 14. O que a estratégia deve alcançar e o que é crítico para seu sucesso? Como será medido e acompanhado o sucesso do alcance da estratégia? O nível de desempenho ou a taxa de melhoria necessária? Ações chave necessárias para se alcançarem os objetivos? Objetivo Indicadores Meta Projeto Correr 100 metros rasos de forma rápida. Tempo de corrida. Partida pontual. 9,7 segundos Bater recorde mundial de atletismo: Prova dos 100 metros rasos. iii. O Balanced Scared (BSC) Objetivos e Perspectivas Fonte: Próprio autor (2014)
  15. 15.  Acompanha e controla o desempenho da empresa.  Para a escolha dos indicadores, deve-se levar em conta o tipo de emprego, estabelecimento de metas e objetivos, expressos em números, taxas, índices, porcentagem, etc.  O BSC utiliza indicadores tanto financeiros, quanto não financeiros. Cada indicador deverá ter uma meta, com a finalidade de mensuração do desempenho da organização, e deverá ser atingível. iii. O Balanced Scared (BSC) Indicadores
  16. 16. “A finalidade do sistema de feedback estratégico é verificar se a estratégia realmente corresponde às expectativas existentes no momento em que foram fixadas” (KAPLAN, 1998). iii. O Balanced Scared (BSC) Indicadores
  17. 17.  Identificar os temas chaves que conduzem a estratégia;  Construir os vínculos estratégicos;  Determinar os indicadores e metas;  Selecionar os projetos prioritários;  Criar plano de implementação. iii. O Balanced Scared (BSC) Implementação
  18. 18. “A mudança por trás da implementação do BSC é muito maior do que a simples opção por um novo sistema de indicadores” (REZENDE, 2003). iii. O Balanced Scared (BSC) Implementação
  19. 19. Para a implementação segura e garantida, as companhias que fizeram uso do BSC utilizaram o seguinte modelo:  Lançamento;  Mobilização;  Desenvolvimento e sustentação. iii. O Balanced Scared (BSC) Implementação
  20. 20.  LANÇAMENTO: “Caracterizado pelo estabelecimento de um grupo de pioneiros que recebe a incumbência e treinamento para esboçar, elaborar e implementar o BSC na organização” (REZENDE, 2003). Esse momento é crucial, e deve ser dotado de muita credibilidade por aqueles que têm essa responsabilidade, de demonstrar a estratégia para todos na organização. iii. O Balanced Scared (BSC) Implementação
  21. 21. DESENVOLVIMENTO Nesse momento promove-se a integração e interação em nível de decisão diária, com soluções baseadas no conhecimento, oriundas de um novo comportamento organizacional, a aprendizagem estratégica com uma mudança de filosofia e procedimentos. iii. O Balanced Scared (BSC) Implementação
  22. 22.  SUSTENTAÇÃO Esse é o ponto onde a implementação do BSC poderá enfrentar maior dificuldade (como um todo, no ponto de vista organizacional da empresa). Necessária a ajuda de multiplicadores altamente treinados e engajados com a nova ferramenta de gestão, para sua disseminação e monitoramento e evolução das novas práticas de gestão. iii. O Balanced Scared (BSC) Implementação
  23. 23.  Endereço Eletrônico: http://www.abrapp.org.br/  KAPLAN, Robert S.; NORTON, David. P. A estratégia em ação: Balanced Scorecard. São Paulo: Campus, 1997.  Revista da Católica, Uberlândia, v. 2, n. 3, p. 25-38, 2010 – catolicaonline.com.br/revistadacatolica29.  REZENDE, José Francisco de Carvalho. Balanced Scorecard e a Gestão do Capital Intelectual: Alcançando a performance balanceada na economia do conhecimento. 2ª ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2003, p. 99-104.  SOUSA, Marcos; GAMA, Luciana Santos. A Evolução do Pensamento Estratégico. RMGN -Revista Mineira de Gestão de Negócios, Uberlândia, v. 1, n. 1, p.29-51, jan./jun. 2005. Referências (Aula 1, 2, 3 e 4)

×