7 Propostas para início de  Actividades em Áreas de Competência RVCC Secundário CLC, STC e CP
Apresentação <ul><li>Nestes diapositivos vamos tentar descodificar e simplificar o que é e como pode ser realizada uma pri...
Áreas de Competência <ul><li>Para o RVC ou EFA Secundário são 3 as áreas de competência: </li></ul><ul><li>Cidadania e Pro...
O Modelo <ul><li>Cada uma das áreas de competência tem dentro de si mesma 3 níveis ou tipologias que podem ou não ser reve...
Área de CP.
Área de STC
Área de CLC
A Validação
Simplificado <ul><li>Um adulto tem que demonstrar que entende, compreende e actua ou não numa determinada área de competên...
Pontos de Partida <ul><li>Deixaremos aqui 7 pistas de trabalho para todas as áreas de forma a que um adulto possa, de form...
Orientação 1 <ul><li>Procure toda a documentação que tem em sua posse e que revele algo profissional ou pessoal sobre si. ...
Orientação 2 <ul><li>Escreva um tipo de diário. Mas não do seu dia-a-dia actual exclusivamente, mas partindo do dia em que...
Orientação 3 <ul><li>Peça aos seus colegas, chefes ou conhecidos que descrevam as suas capacidades e qualidades.  </li></u...
Orientação 4 <ul><li>Leia o livro: “Passeio Aleatório – Pela Ciência do Dia-Dia” de Nuno Crato. </li></ul><ul><li>(Expliqu...
Orientação 5 <ul><li>Procure no Catálogo Nacional para a Qualificação a sua profissão actual e identifique as áreas de for...
Orientação 6 <ul><li>Durante duas semanas leia o jornal Público na sua sessão de economia. Ao fim das duas semanas faça um...
Orientação 7 <ul><li>Consulte o site do ISHST ( http://www.ishst.pt/ ) e consulte a legislação em vigor para Higiene e Seg...
Conclusão <ul><li>Estas linhas de orientação para o trabalhos, sendo abertas e não específicas podem ser um ponto de parti...
FIM <ul><li>Bom trabalho! </li></ul>
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

7 Propostas Para Actividades Em áReas De CompetêNcia

8.503 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.503
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.309
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
371
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

7 Propostas Para Actividades Em áReas De CompetêNcia

  1. 1. 7 Propostas para início de Actividades em Áreas de Competência RVCC Secundário CLC, STC e CP
  2. 2. Apresentação <ul><li>Nestes diapositivos vamos tentar descodificar e simplificar o que é e como pode ser realizada uma primeira abordagem para a evidência de competências ao nível das áreas de CP, CLC e STC do referencial de competências para o nível secundário. </li></ul>
  3. 3. Áreas de Competência <ul><li>Para o RVC ou EFA Secundário são 3 as áreas de competência: </li></ul><ul><li>Cidadania e Profissionalidade (CP) </li></ul><ul><li>Sociedade, Tecnologia e Ciência (STC) </li></ul><ul><li>Cultura, Língua e Comunicação (CLC) </li></ul>
  4. 4. O Modelo <ul><li>Cada uma das áreas de competência tem dentro de si mesma 3 níveis ou tipologias que podem ou não ser reveladas por um adulto: </li></ul><ul><li>Tipo I – Identificação. </li></ul><ul><li>Tipo II – Compreensão. </li></ul><ul><li>Tipo III – Intervenção. </li></ul>
  5. 5. Área de CP.
  6. 6. Área de STC
  7. 7. Área de CLC
  8. 8. A Validação
  9. 9. Simplificado <ul><li>Um adulto tem que demonstrar que entende, compreende e actua ou não numa determinada área de competência. Esta deve ser evidenciada por via de registos ou actividades. No mínimo terá que o fazer para 44 créditos e no mínimo para 2 competências em cada UC. </li></ul>
  10. 10. Pontos de Partida <ul><li>Deixaremos aqui 7 pistas de trabalho para todas as áreas de forma a que um adulto possa, de forma autónoma conseguir trabalhar no seu PRA demonstrando evidências das competências necessárias para validação. </li></ul><ul><li>Estas pistas devem ser repetidas em cada uma das áreas de competência e obviamente não são específicas nem constituem uma regras. São isso mesmo, pistas ou actividades que podem servir de ponto de partida para a elaboração e constituição do PRA. </li></ul>
  11. 11. Orientação 1 <ul><li>Procure toda a documentação que tem em sua posse e que revele algo profissional ou pessoal sobre si. </li></ul><ul><li>(Sem entrar na parte demasiadamente pessoal, lembre-se de tudo o que mudou na sua vida e procure registos desses factos e produza um texto onde reflicta sobre eles do ponto de vista do que aprendeu ou não com aquele acontecimento/momento). </li></ul>
  12. 12. Orientação 2 <ul><li>Escreva um tipo de diário. Mas não do seu dia-a-dia actual exclusivamente, mas partindo do dia em que começou a sua vida profissional. </li></ul><ul><li>(Este “diário” pode e deve reflectir o seu estado de espírito em cada momento, assim como as suas aprendizagens). </li></ul>
  13. 13. Orientação 3 <ul><li>Peça aos seus colegas, chefes ou conhecidos que descrevam as suas capacidades e qualidades. </li></ul><ul><li>(Elabore um comentário critico às análises feitas nos documentos que lhe forem entregues.) </li></ul>
  14. 14. Orientação 4 <ul><li>Leia o livro: “Passeio Aleatório – Pela Ciência do Dia-Dia” de Nuno Crato. </li></ul><ul><li>(Explique em cada momento onde está a Ciência no seu dia-a-dia como é exemplificado neste livro.) </li></ul>
  15. 15. Orientação 5 <ul><li>Procure no Catálogo Nacional para a Qualificação a sua profissão actual e identifique as áreas de formação que domina ou onde já recebeu formação profissional. </li></ul><ul><li>Ver CNQ aqui: www.catalogo.anq.gov.pt </li></ul>
  16. 16. Orientação 6 <ul><li>Durante duas semanas leia o jornal Público na sua sessão de economia. Ao fim das duas semanas faça um artigo com a evolução registada nesse tempo. </li></ul>
  17. 17. Orientação 7 <ul><li>Consulte o site do ISHST ( http://www.ishst.pt/ ) e consulte a legislação em vigor para Higiene e Segurança no trabalho, criando uma comparação entre o que é obrigatório e o que existe no seu local de trabalho. </li></ul>
  18. 18. Conclusão <ul><li>Estas linhas de orientação para o trabalhos, sendo abertas e não específicas podem ser um ponto de partida para a validação de algumas competências. Será sempre interessante e importante reportar estes trabalhos ao CNO e aos profissionais que acompanham os adultos. </li></ul>
  19. 19. FIM <ul><li>Bom trabalho! </li></ul>

×