SlideShare uma empresa Scribd logo

Op mni 2

Este documento discute conceitos de criatividade e ensino criativo. Apresenta definições de criatividade como a capacidade de produzir novas combinações e respostas originais. Explora características como fluidez, flexibilidade e originalidade do pensamento, bem como técnicas como brainstorming. Também discute percepção, análise, hipóteses, analogias, intuição e inteligências múltiplas no contexto do pensamento criativo.

1 de 32
Oficina de Projecto
Criatividade e Ensino Criativo
Museu Nacional da Imprensa | Centro de Formação Professor João Soares
O que descobrimos?
«Os jogos infantis são graves ocupações.
Apenas os adultos brincam.»
Henri Barbusse
Parte 1 | Fundamentos Teóricos
Compreende-se por criatividade a capacidade de um
sistema vivo (indivíduo, grupo, organização) produzir novas
combinações, dar respostas inesperadas, originais, úteis e
satisfatórios, dirigidas a uma determinada comunidade.
Katja Tschimmel
Todos os seres humanos têm potencialidades para serem criativos.

Recomendados

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação em pdf que está no ambiente ava
Apresentação em pdf que está no ambiente avaApresentação em pdf que está no ambiente ava
Apresentação em pdf que está no ambiente avaRegina Trilho O Xavier
 
Apresentação2006 Filosofia.
Apresentação2006 Filosofia.Apresentação2006 Filosofia.
Apresentação2006 Filosofia.Glauco Stein
 
Apresentação criatividade cópia
Apresentação criatividade   cópiaApresentação criatividade   cópia
Apresentação criatividade cópiaDenner Macêdo
 
O critério de desempenho do behaviorismo ao funcionalismo
O critério de desempenho do behaviorismo ao funcionalismoO critério de desempenho do behaviorismo ao funcionalismo
O critério de desempenho do behaviorismo ao funcionalismoEmmy Uehara
 
Educação para mudança
Educação para mudançaEducação para mudança
Educação para mudançaJuçara Keylla
 
Pensamentos complexos
Pensamentos complexosPensamentos complexos
Pensamentos complexosangelabss
 
O real e o supra real. seminário de teologia da saúde. iv
O real e o supra real. seminário de teologia da saúde. ivO real e o supra real. seminário de teologia da saúde. iv
O real e o supra real. seminário de teologia da saúde. ivArtemosfera Cia de Artes
 
O pensamento cartesiano descartes e suas contribuições para educação
O pensamento cartesiano  descartes e suas contribuições para educaçãoO pensamento cartesiano  descartes e suas contribuições para educação
O pensamento cartesiano descartes e suas contribuições para educaçãoChris Trarbach
 
Descartes - Trab grupo III
Descartes - Trab grupo IIIDescartes - Trab grupo III
Descartes - Trab grupo IIImluisavalente
 
Eixos do pensamento de Edgar Morin
Eixos do pensamento de Edgar MorinEixos do pensamento de Edgar Morin
Eixos do pensamento de Edgar MorinRodrigo Volponi
 

Mais procurados (14)

Apresentação em ppt do ambiente ava
Apresentação em ppt do ambiente avaApresentação em ppt do ambiente ava
Apresentação em ppt do ambiente ava
 
Apresentação em pdf que está no ambiente ava
Apresentação em pdf que está no ambiente avaApresentação em pdf que está no ambiente ava
Apresentação em pdf que está no ambiente ava
 
Apresentação2006 Filosofia.
Apresentação2006 Filosofia.Apresentação2006 Filosofia.
Apresentação2006 Filosofia.
 
Apresentação criatividade cópia
Apresentação criatividade   cópiaApresentação criatividade   cópia
Apresentação criatividade cópia
 
O critério de desempenho do behaviorismo ao funcionalismo
O critério de desempenho do behaviorismo ao funcionalismoO critério de desempenho do behaviorismo ao funcionalismo
O critério de desempenho do behaviorismo ao funcionalismo
 
René Descartes (1596 1650)
René Descartes (1596 1650)René Descartes (1596 1650)
René Descartes (1596 1650)
 
Educação para mudança
Educação para mudançaEducação para mudança
Educação para mudança
 
1 ano razao empirismo
1 ano razao empirismo1 ano razao empirismo
1 ano razao empirismo
 
Pensamentos complexos
Pensamentos complexosPensamentos complexos
Pensamentos complexos
 
O real e o supra real. seminário de teologia da saúde. iv
O real e o supra real. seminário de teologia da saúde. ivO real e o supra real. seminário de teologia da saúde. iv
O real e o supra real. seminário de teologia da saúde. iv
 
A metamorfose da vida nas organizações 2010
A metamorfose da vida nas organizações 2010 A metamorfose da vida nas organizações 2010
A metamorfose da vida nas organizações 2010
 
O pensamento cartesiano descartes e suas contribuições para educação
O pensamento cartesiano  descartes e suas contribuições para educaçãoO pensamento cartesiano  descartes e suas contribuições para educação
O pensamento cartesiano descartes e suas contribuições para educação
 
Descartes - Trab grupo III
Descartes - Trab grupo IIIDescartes - Trab grupo III
Descartes - Trab grupo III
 
Eixos do pensamento de Edgar Morin
Eixos do pensamento de Edgar MorinEixos do pensamento de Edgar Morin
Eixos do pensamento de Edgar Morin
 

Destaque

Registo actividade1 net
Registo actividade1 netRegisto actividade1 net
Registo actividade1 netJoão Lima
 
Museu das Comunicações Cristina Weber
Museu das Comunicações Cristina WeberMuseu das Comunicações Cristina Weber
Museu das Comunicações Cristina WeberJoão Lima
 
História e ensino criativo acção 6 - lisboa
História e ensino criativo   acção 6 - lisboaHistória e ensino criativo   acção 6 - lisboa
História e ensino criativo acção 6 - lisboaJoão Lima
 
Registo actividade em aula hac le net
Registo actividade em aula hac le netRegisto actividade em aula hac le net
Registo actividade em aula hac le netJoão Lima
 
O ACESSO A INFORMAÇÃO DE SAÚDE & A WEB 2.0
O ACESSO A INFORMAÇÃO DE SAÚDE & A WEB 2.0O ACESSO A INFORMAÇÃO DE SAÚDE & A WEB 2.0
O ACESSO A INFORMAÇÃO DE SAÚDE & A WEB 2.0Rubens De Fraga Junior
 

Destaque (8)

Registo actividade1 net
Registo actividade1 netRegisto actividade1 net
Registo actividade1 net
 
Museu das Comunicações Cristina Weber
Museu das Comunicações Cristina WeberMuseu das Comunicações Cristina Weber
Museu das Comunicações Cristina Weber
 
Bj4103381384
Bj4103381384Bj4103381384
Bj4103381384
 
MangreenArticle (2)
MangreenArticle (2)MangreenArticle (2)
MangreenArticle (2)
 
História e ensino criativo acção 6 - lisboa
História e ensino criativo   acção 6 - lisboaHistória e ensino criativo   acção 6 - lisboa
História e ensino criativo acção 6 - lisboa
 
Academic Profile MKB_Abstract
Academic Profile MKB_AbstractAcademic Profile MKB_Abstract
Academic Profile MKB_Abstract
 
Registo actividade em aula hac le net
Registo actividade em aula hac le netRegisto actividade em aula hac le net
Registo actividade em aula hac le net
 
O ACESSO A INFORMAÇÃO DE SAÚDE & A WEB 2.0
O ACESSO A INFORMAÇÃO DE SAÚDE & A WEB 2.0O ACESSO A INFORMAÇÃO DE SAÚDE & A WEB 2.0
O ACESSO A INFORMAÇÃO DE SAÚDE & A WEB 2.0
 

Semelhante a Op mni 2

História, arte e criatividade 1
História, arte e criatividade 1História, arte e criatividade 1
História, arte e criatividade 1João Lima
 
A verdade e a criatividade
A verdade e a criatividadeA verdade e a criatividade
A verdade e a criatividadeunesp
 
Curso O Desenvolvimento Infantil - Módulo A Etiologia das Neuroses
Curso O Desenvolvimento Infantil - Módulo A Etiologia das NeurosesCurso O Desenvolvimento Infantil - Módulo A Etiologia das Neuroses
Curso O Desenvolvimento Infantil - Módulo A Etiologia das NeurosesTacio Aguiar
 
Fundamentos das Ciências Sociais
Fundamentos das Ciências SociaisFundamentos das Ciências Sociais
Fundamentos das Ciências SociaisMaria Clara Silva
 
Slides - Aula 04 - Síntese Kantiana.pdf
Slides - Aula 04 - Síntese Kantiana.pdfSlides - Aula 04 - Síntese Kantiana.pdf
Slides - Aula 04 - Síntese Kantiana.pdfNatan Baptista
 
AFenomenologiadaepistemologiatica_20220830155830 (1).pptx
AFenomenologiadaepistemologiatica_20220830155830 (1).pptxAFenomenologiadaepistemologiatica_20220830155830 (1).pptx
AFenomenologiadaepistemologiatica_20220830155830 (1).pptxIgorBuarque1
 
Ciência política
Ciência política  Ciência política
Ciência política edd365
 
Inovação & tecnologia aula criatividade
Inovação & tecnologia   aula criatividadeInovação & tecnologia   aula criatividade
Inovação & tecnologia aula criatividadeDra. Camila Hamdan
 
Via da Complexidade
Via da ComplexidadeVia da Complexidade
Via da ComplexidadeLucila Pesce
 
A psicologia das organizações na modernidade
A psicologia das organizações na modernidadeA psicologia das organizações na modernidade
A psicologia das organizações na modernidadeMAE, DONA DE CASA
 
O despertar da consciência
O despertar da consciênciaO despertar da consciência
O despertar da consciênciaescoladepaisewrs
 
Inteligências Múltiplas
Inteligências MúltiplasInteligências Múltiplas
Inteligências MúltiplasRegina Fazioli
 

Semelhante a Op mni 2 (20)

História, arte e criatividade 1
História, arte e criatividade 1História, arte e criatividade 1
História, arte e criatividade 1
 
A verdade e a criatividade
A verdade e a criatividadeA verdade e a criatividade
A verdade e a criatividade
 
Curso O Desenvolvimento Infantil - Módulo A Etiologia das Neuroses
Curso O Desenvolvimento Infantil - Módulo A Etiologia das NeurosesCurso O Desenvolvimento Infantil - Módulo A Etiologia das Neuroses
Curso O Desenvolvimento Infantil - Módulo A Etiologia das Neuroses
 
Fundamentos das Ciências Sociais
Fundamentos das Ciências SociaisFundamentos das Ciências Sociais
Fundamentos das Ciências Sociais
 
Criatividade
CriatividadeCriatividade
Criatividade
 
Teoria Gardneriana
Teoria GardnerianaTeoria Gardneriana
Teoria Gardneriana
 
Slides - Aula 04 - Síntese Kantiana.pdf
Slides - Aula 04 - Síntese Kantiana.pdfSlides - Aula 04 - Síntese Kantiana.pdf
Slides - Aula 04 - Síntese Kantiana.pdf
 
Desenvindividual
DesenvindividualDesenvindividual
Desenvindividual
 
AFenomenologiadaepistemologiatica_20220830155830 (1).pptx
AFenomenologiadaepistemologiatica_20220830155830 (1).pptxAFenomenologiadaepistemologiatica_20220830155830 (1).pptx
AFenomenologiadaepistemologiatica_20220830155830 (1).pptx
 
2º anos (Filosofia) Consciência
2º anos (Filosofia) Consciência2º anos (Filosofia) Consciência
2º anos (Filosofia) Consciência
 
Aula de conhecimento 2010.2
Aula de conhecimento 2010.2Aula de conhecimento 2010.2
Aula de conhecimento 2010.2
 
Edgar morin 21.06.11
Edgar morin 21.06.11Edgar morin 21.06.11
Edgar morin 21.06.11
 
Ciência política
Ciência política  Ciência política
Ciência política
 
Palestra Terceira inteligência
Palestra Terceira inteligênciaPalestra Terceira inteligência
Palestra Terceira inteligência
 
Consciencia (1)
Consciencia (1)Consciencia (1)
Consciencia (1)
 
Inovação & tecnologia aula criatividade
Inovação & tecnologia   aula criatividadeInovação & tecnologia   aula criatividade
Inovação & tecnologia aula criatividade
 
Via da Complexidade
Via da ComplexidadeVia da Complexidade
Via da Complexidade
 
A psicologia das organizações na modernidade
A psicologia das organizações na modernidadeA psicologia das organizações na modernidade
A psicologia das organizações na modernidade
 
O despertar da consciência
O despertar da consciênciaO despertar da consciência
O despertar da consciência
 
Inteligências Múltiplas
Inteligências MúltiplasInteligências Múltiplas
Inteligências Múltiplas
 

Mais de João Lima

Ensaio sobre a fome
Ensaio sobre a fome Ensaio sobre a fome
Ensaio sobre a fome João Lima
 
Utopias 2014 Programa
Utopias 2014 ProgramaUtopias 2014 Programa
Utopias 2014 ProgramaJoão Lima
 
Um Gato Verde e um Homem Velho
Um Gato Verde e um Homem VelhoUm Gato Verde e um Homem Velho
Um Gato Verde e um Homem VelhoJoão Lima
 
Aula Cenários e Silêncios
Aula Cenários e SilênciosAula Cenários e Silêncios
Aula Cenários e SilênciosJoão Lima
 
Prototype Present
Prototype PresentPrototype Present
Prototype PresentJoão Lima
 
Ideas and Choices
Ideas and ChoicesIdeas and Choices
Ideas and ChoicesJoão Lima
 
Empathy Map and Problem Statement
Empathy Map and Problem StatementEmpathy Map and Problem Statement
Empathy Map and Problem StatementJoão Lima
 
Roteiro de exploração pedagógica 5
Roteiro de exploração pedagógica 5Roteiro de exploração pedagógica 5
Roteiro de exploração pedagógica 5João Lima
 
Roteiro de exploração pedagógica 4
Roteiro de exploração pedagógica 4Roteiro de exploração pedagógica 4
Roteiro de exploração pedagógica 4João Lima
 
Roteiro de exploração pedagógica 3
Roteiro de exploração pedagógica 3Roteiro de exploração pedagógica 3
Roteiro de exploração pedagógica 3João Lima
 
Roteiro de exploração pedagógica 2
Roteiro de exploração pedagógica 2Roteiro de exploração pedagógica 2
Roteiro de exploração pedagógica 2João Lima
 
Arte e literatura cacgm
Arte e literatura cacgmArte e literatura cacgm
Arte e literatura cacgmJoão Lima
 
Roteiro de exploração pedagógica 1
Roteiro de exploração pedagógica 1Roteiro de exploração pedagógica 1
Roteiro de exploração pedagógica 1João Lima
 
Roteiro de exploração pedagógica 6
Roteiro de exploração pedagógica 6Roteiro de exploração pedagógica 6
Roteiro de exploração pedagógica 6João Lima
 
Da escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina WeberDa escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina WeberJoão Lima
 
Da escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina WeberDa escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina WeberJoão Lima
 
Lugares e Não-Lugares - Vítor Tavares
Lugares e Não-Lugares - Vítor TavaresLugares e Não-Lugares - Vítor Tavares
Lugares e Não-Lugares - Vítor TavaresJoão Lima
 
Ferramentas da Linguagem Visual _ Maria de Lourdes Riobom
Ferramentas da Linguagem Visual _ Maria de Lourdes RiobomFerramentas da Linguagem Visual _ Maria de Lourdes Riobom
Ferramentas da Linguagem Visual _ Maria de Lourdes RiobomJoão Lima
 

Mais de João Lima (20)

Ensaio sobre a fome
Ensaio sobre a fome Ensaio sobre a fome
Ensaio sobre a fome
 
Utopias 2014 Programa
Utopias 2014 ProgramaUtopias 2014 Programa
Utopias 2014 Programa
 
Um Gato Verde e um Homem Velho
Um Gato Verde e um Homem VelhoUm Gato Verde e um Homem Velho
Um Gato Verde e um Homem Velho
 
Aula Cenários e Silêncios
Aula Cenários e SilênciosAula Cenários e Silêncios
Aula Cenários e Silêncios
 
Prototype
PrototypePrototype
Prototype
 
Prototype Present
Prototype PresentPrototype Present
Prototype Present
 
Ideas and Choices
Ideas and ChoicesIdeas and Choices
Ideas and Choices
 
Empathy Map and Problem Statement
Empathy Map and Problem StatementEmpathy Map and Problem Statement
Empathy Map and Problem Statement
 
Roteiro de exploração pedagógica 5
Roteiro de exploração pedagógica 5Roteiro de exploração pedagógica 5
Roteiro de exploração pedagógica 5
 
Roteiro de exploração pedagógica 4
Roteiro de exploração pedagógica 4Roteiro de exploração pedagógica 4
Roteiro de exploração pedagógica 4
 
Roteiro de exploração pedagógica 3
Roteiro de exploração pedagógica 3Roteiro de exploração pedagógica 3
Roteiro de exploração pedagógica 3
 
Roteiro de exploração pedagógica 2
Roteiro de exploração pedagógica 2Roteiro de exploração pedagógica 2
Roteiro de exploração pedagógica 2
 
Arte e literatura cacgm
Arte e literatura cacgmArte e literatura cacgm
Arte e literatura cacgm
 
Roteiro de exploração pedagógica 1
Roteiro de exploração pedagógica 1Roteiro de exploração pedagógica 1
Roteiro de exploração pedagógica 1
 
Roteiro de exploração pedagógica 6
Roteiro de exploração pedagógica 6Roteiro de exploração pedagógica 6
Roteiro de exploração pedagógica 6
 
Op mni 1
Op mni 1Op mni 1
Op mni 1
 
Da escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina WeberDa escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina Weber
 
Da escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina WeberDa escola ao museu das comunicações Cristina Weber
Da escola ao museu das comunicações Cristina Weber
 
Lugares e Não-Lugares - Vítor Tavares
Lugares e Não-Lugares - Vítor TavaresLugares e Não-Lugares - Vítor Tavares
Lugares e Não-Lugares - Vítor Tavares
 
Ferramentas da Linguagem Visual _ Maria de Lourdes Riobom
Ferramentas da Linguagem Visual _ Maria de Lourdes RiobomFerramentas da Linguagem Visual _ Maria de Lourdes Riobom
Ferramentas da Linguagem Visual _ Maria de Lourdes Riobom
 

Último

MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...assessoriaff01
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...excellenceeducaciona
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...azulassessoriaacadem3
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...apoioacademicoead
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMHisrelBlog
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...azulassessoriaacadem3
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...azulassessoriaacadem3
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...azulassessoriaacadem3
 
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...azulassessoriaacadem3
 
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...apoioacademicoead
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxColmeias
 

Último (20)

MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
MAPA - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 51/2024 (ENGENHARIA DE PRODUÇÃO) 2...
 
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creato...
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO         _
SANTO AMARO NO LAR VALE FORMOSO _
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
 
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
3. Como você (aluno) relaciona as informações coletadas na entrevista com o c...
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
 
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
Considerando a Teoria da Autodeterminação abordada no livro da disciplina, de...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptxUm círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
Um círculo de Leitura Fada Oriana. Colmeias.pptx
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 

Op mni 2

  • 1. Oficina de Projecto Criatividade e Ensino Criativo Museu Nacional da Imprensa | Centro de Formação Professor João Soares
  • 3. «Os jogos infantis são graves ocupações. Apenas os adultos brincam.» Henri Barbusse
  • 4. Parte 1 | Fundamentos Teóricos
  • 5. Compreende-se por criatividade a capacidade de um sistema vivo (indivíduo, grupo, organização) produzir novas combinações, dar respostas inesperadas, originais, úteis e satisfatórios, dirigidas a uma determinada comunidade. Katja Tschimmel
  • 6. Todos os seres humanos têm potencialidades para serem criativos.
  • 7. A capacidade criativa depende da interacção de múltiplas variáveis, não sendo compreensível numa visão restrita. Os principais elementos deste sistema complexo são uma inteligência específica da área, habilidades e atitudes do pensamento criativo, a intencionalidade e motivação, o conhecimento do campo, um ambiente de trabalho estimulante e a orientação para objectivos concretos. Nenhum destes elementos isolados tem a capacidade de criar seja o que for. Só pela interacção se pode aumentar a capacidade do sistema e possibilitar a emergência de ideias inovadoras. Katja Tschimmel
  • 8. Três faculdades principais que caracterizam uma pessoa criativa: a fluidez, a flexibilidade e a originalidade do pensamento.
  • 9. A fluidez do pensamento refere-se à facilidade de produzir ideias em quantidade num tempo limitado. Trata-se de um pensamento acrítico que pode ser incentivado por técnicas como o ‘brainstorming’ ou ‘brainwriting’.
  • 11. A flexibilidade do pensamento caracteriza-se pela facilidade de produzir ideias não só em quantidade, mas também em qualidade e encontrar respostas que permitam diferentes classificações: uma pedra pode, por exemplo, ser utilizada como material de construção, instrumento de percussão, objecto para escrever, arma, suporte, adorno, etc. Em oposição à flexibilidade estão ‘a rigidez, a imobilidade, a incapacidade de mudar atitudes, comportamentos ou pontos de vista, a impossibilidade de oferecer outras alternativas ou mudar um método já aplicado’. Katja Tschimmel
  • 12. Quando uma proposta produzida se diferencia das outras, quando, num determinado contexto, ela é única ou pouco comum, falamos de originalidade do pensamento.
  • 13. A percepção é o elemento mais importante do pensamento criativo. É a maneira de ver, ouvir, sentir, cheirar o ambiente envolvente e a maneira de estruturar o nosso mundo. É a organização e interpretação dos estímulos e das informações recolhidas pelos sentidos. Katja Tschimmel
  • 15. Muitos erros de pensamento, são, na realidade, erros de percepção, muitos bloqueios são bloqueios perceptivos.
  • 16. O pensamento analítico é o procedimento de reconhecer, classificar e descrever os elementos de um problema. O homem descreve-se a si próprio, aos outros e ao mundo enquanto ser analítico que examina e decompõe tudo em partes. No processo de criação, a análise desmonta primeiro a situação existente para criar depois um estado caótico, e, após uma primeira síntese (a concepção de uma nova ordem), a análise examina o novo, tal como o faz a Natureza no seu processo de selecção. As conclusões da análise podem dar pistas para a realização de uma hipótese, uma analogia ou uma nova síntese. Katja Tschimmel
  • 17. A realização de hipóteses é outro procedimento do pensamento criativo. É a habilidade de supor e fundamentar. É a procura de causas e consequências. Considerando que o nosso mundo é um sistema de interrelações em que tudo está ligado a tudo, o criativo tem que ter a noção de que cada produto provoca uma quantidade de efeitos: pode provocar novos comportamentos, novos valores ou outras ideias. Katja Tschimmel (Adaptado)
  • 18. Um procedimento importante do pensamento hipotético é a ‘interrogação divergente’. Perguntas divergentes permitem várias respostas válidas.
  • 19. Uma outra operação elementar para resolver criativamente um problema é o pensamento analógico- comparativo. Trata-se de um processo mental de ‘biassociação de ideias’ , que permite estabelecer relações novas, incomuns, entre objectos e situações. As ideias são biassociações; criar é recombinar o conhecimento disponível. O desenvolvimento do pensamento analógico exige um treino da imaginação e o uso de metáforas. Katja Tschimmel
  • 20. O artista Didir Frenet reveste, com um duche de cabos de cobre, a escultura clássica, Femme Voilée, de Corradini.
  • 21. Finalmente, um não menos importante procedimento mental no processo de criação é a intuição. Trata-se de uma contemplação directa e imediata de uma realidade ou de um problema, pela qual se atinge uma solução de ordem diferente da que se alcança através da razão ou do conhecimento. É um pensamento inconsciente, em que o procedimento não é explicável. Segundo o físico Gerd Binnig, a intuição é um tipo de análise ou de síntese que não se processa logicamente quando o problema é demasiado complexo. Katja Tschimmel
  • 22. O pensamento intuitivo ajuda a tomar uma decisão se a situação projectual está mal definida e pouco clara e os dados são contraditórios, incompletos ou demasiado subjectivos.
  • 23. Três “Ideias” Museus | Criatividade | Educação
  • 26. • Lógico-matemática - a capacidade de confrontar e avaliar objectos e abstracções, discernindo as suas relações e princípios subjacentes. Possuem esta característica matemáticos, cientistas e filósofos como Stanislaw Ulam, Alfred North Whitehead, Henri Poincaré, Albert Einstein, Marie Curie, entre outros. • Linguística - caracteriza-se por um domínio e gosto especial pelos idiomas e pelas palavras e por um desejo em os explorar. É predominante em poetas, escritores, e linguistas, como T. S. Eliot, Noam Chomsky, e W. H. Auden. • Musical - identificável pela habilidade para compor e executar padrões musicais, executando pedaços de ouvido, em termos de ritmo e timbre, mas também escutando-os e discernindo-os. Pode estar associada a outras inteligências, como a linguística, espacial ou corporal-cinestésica. É predominante em compositores, maestros, músicos, críticos de música como por exemplo, Ludwig van Beethoven, Leonard Bernstein, Midori, John Coltrane.
  • 27. • Espacial - expressa-se pela capacidade de compreender o mundo visual com precisão, permitindo transformar, modificar percepções e recriar experiências visuais até mesmo sem estímulos físicos. É predominante em arquitectos, artistas, escultores, cartógrafos, navegadores e jogadores de xadrez, como por exemplo Michelangelo, Frank Lloyd Wright, Garry Kasparov, Louise Nevelson, Helen Frankenthaler. • Corporal-Cinestésica - traduz-se na maior capacidade de controlar e orquestrar movimentos do corpo. É predominante entre actores e aqueles que praticam a dança ou desportos, como por exemplo Marcel Marceau, Martha Graham, Michael Jordan, Pelé. • Intrapessoal - expressa na capacidade de se conhecer, estando mais desenvolvida em escritores, psicoterapeutas e conselheiros, como por exemplo, Sigmund Freud.
  • 28. • Interpessoal - expressa pela habilidade de entender as intenções, motivações e desejos dos outros. Encontra-se mais desenvolvida em políticos, religiosos e professores, como por exemplo o Mahatma Gandhi. • Naturalista - traduz-se na sensibilidade para compreender e organizar os objectos, fenómenos e padrões da natureza, como reconhecer e classificar plantas, animais, minerais, incluindo rochas e gramíneas e toda a variedade de fauna, flora, meio ambiente e seus componentes. É característica de paisagistas e arquitectos, por exemplo. São exemplos deste tipo de inteligência Charles Darwin, Rachel Carson, John James Audubon, Thomas Henry Huxley. • Existencial - investigada no terreno ainda do "possível", carece de maiores evidências. Abrange a capacidade de reflectir e ponderar sobre questões fundamentais da existência. Seria característica de líderes espirituais e de pensadores filosóficos como por exemplo Jean-Paul Sartre, Søren A. Kierkegaard, Maya Angelou, Paul Erdös, Frida Kahlo, Alvin Ailey, Margaret Mead, o Dalai Lama, Charles Darwin ou Joni Mitchell.»
  • 31. Bom trabalho e boas ideias…
  • 32. FIM