A pedagogia do século XIX (Pestalozzi, Frobel, Humboldt, Hegel e Hebart).

1.734 visualizações

Publicada em

Neste slide, esta desenvolvido um pouco do que foi a pedagogia do Século XIX, baseado principalmente nos estudos dos livros a História da Pedagogia de Franco Cambi e a História da pedagogia de Maria Lúcia Aranha, onde é apontadas as principais ideias e métodos dos principais pedagogos da época.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.734
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A pedagogia do século XIX (Pestalozzi, Frobel, Humboldt, Hegel e Hebart).

  1. 1. Universidade Federal de Pernambuco Campus Acadêmico do Agreste Núcleo de Formação Docente Curso de Licenciatura em Pedagogia Estudantes: Eros Deyvison; José Diego; Marcos Ismar. Período: 1º (primeiro período) Disciplina: História da Educação Professora: Maria Betânia
  2. 2. Contextualização: • Ressaca Revolução Francesa (Ideologias – liberalismo burguês, socialismo utópico, o anarquismo, etc.); • Triunfo da Burguesia(Luta de Classes); • Urbanização Acelerada; • Afirmação do Industrialismo; • Revolução Cultural; • Unificação dos Estados.
  3. 3. Pestalozzi • Revive o drama da educação; • Ideais Românticos; • Novo modelo pedagógico: – Opõem-se a vanguarda (iluminismo) da pedagogia; – Formação do homem e do cidadão; – Família;
  4. 4. Pestalozzi • Três Teorias Pedagógicas: – Educação como processo que deve seguir a natureza (lembra-se de Rousseau); – Formação espiritual do homem como unidade de “coração”, “mente” e “mão”; – Instrução. Como Gertrude instrui seus filhos
  5. 5. Schiller • Harmonia interior do homem grego(maximum); • Educação do sentimento: – Importância da arte; – Ideal da beleza; • “Alma bela”.
  6. 6. Goethe • Segui e desenvolve num contexto mais prático e ao mesmo tempo mais decisivamente utópico as concepções de Schiller; • Imagina a educação institucionalizada; • “Respeito”.
  7. 7. Wilhelm von Humboldt • Tinha o objetivo de reafirma o valor da educação humanística (línguas clássicas); • Contra o interesse quase exclusivo dedicado à instrução elementar; • Plano de reforma escolar: – Elementar; – Escolar; – Universitária.
  8. 8. Fichte • Herdeiro de Kant • Educação Nacional; • Papel do Estado.
  9. 9. Schleirmacher • Ética; • Educação Familiar (Moral); • Educação Escolar (Intelectual e Civil); • Epistemologia entre Teoria e Práxis;
  10. 10. Richter • Retomada do Sturm and Drang; • Da ênfase ao mundo da primeira infância e a educação familiar; • Papel do educador (inocência infantil)
  11. 11. Fröbel • Três Aspectos do pensamento educativo de Fröbel: – A concepção da infância; – A organização dos “Kindergartem” (Jardins de Infância); – Didática para a primeira infância. • “Dados” • Imagem da infância.
  12. 12. Hegel • Opõem-se a cultura do romantismo (Pedagogia) • Humanismo Integral (desenvolvimento da dialética)
  13. 13. Hegel • Nova Bildung – Individualismo – O habito é o mecanismo central da educação – Participação Social • Três Classes Superiores – Primeira Classe – Segunda e Terceira Classes – Quarta Classe Fenomenologia do Espirito
  14. 14. Herbart • Pedagogia como Ciência (rigor do método); • Caráter (Moral); • A educação da Vontade: –Governo; –Instrução; –Disciplina.
  15. 15. Herbart • Método de Instrução – Cinco passos formais: – Preparação; – Apresentação; – Assimilação; – Generalização; – Aplicação. Pedagogia Geral
  16. 16. As Pedagogias Burguesas • Novo Modelo Educativo: – Laico; – Estatal; – Burguês • Alemanha – Educação Romântica – Pestalozzi – Humboldt
  17. 17. As Pedagogias Burguesas - França • JOSEPH DE MAISTRE (1753-1821) • Pedagogias tradicionalistas e espiritualistas • Educação pública • Liberalismo • “Liberdade dos modernos”BENJAMIN CONSTANT (1767- 1830)
  18. 18. As Pedagogias Burguesas- França FELICITÉ- ROBERT DE LAMENNAIS (1782-1854) • Senso comum • Catolicismo liberal • Psicologia anti-sensorial • Ecletismo FRANÇOIS-PIERRE MAINE DE BIRON (1766-1824) VICTOR COUSIN (1792-1867)
  19. 19. As Pedagogias Burguesas - Inglaterra • Ideologias utilitaristas-evolucionistas • Controle do estado • Boa ação e comportamento são a razão do prazer pessoal • Dramáticas, Empírica • EUA – Escolas Públicas Horace Mann (1796-1859) JEREMY BENTHAN (1748-1832) JAMES MILL (1773-1836)
  20. 20. As Pedagogias Burguesas - Inglaterra • Educação voltada para os criminosos • “Moral da simpatia“ • O positivismo e o evolucionismo retoma uma pedagogia empirista • STUART falava do positivismo como uma lógica metodológica e • SPENCER era focado no naturalístico e na metafísica (teoria geral e abstrata). HERBERT SPENCER (1820-1903) JOHN STUART MILL (1806- 1873)
  21. 21. As Pedagogias Burguesas - Inglaterra • Teórico do anarquismo • INVESTIGAÇÃO SOBRE OS PRINCÍPIOS DA JUSTIÇA POLÍTICA (1793) • Mentes sãs dos sadios para adquirir a sabedoria • Contrário ao empirismo proposto por MILL e SPENCER • Escola dominical WILLIAM GODWIN (1756-1836) ROBERT RAIKES (1753-1811)
  22. 22. As Pedagogias Burguesas - Inglaterra • Método do ensino mútuo • O EXPERIMENTO DE EDUCAÇÃO, 1796 • Método econômico • Acompanha o método de ANDREW • Ao monitor era confiado o trabalho de aprendizagem por setores • Pacifista e anticorformista JOSEPH LANCAST ER (1778- 1838) ANDREW BELL (1778-1838)
  23. 23. As Pedagogias Burguesas - Suíça • EDUCAÇÃO PROGRESSIVA (1835-1841) • A infância, a adolescência e a juventude • Processo de formação constante, aberto e aperfeiçoado • "KANT moral“, anti-rousseauniana • Dedica-se à mulher pedagoga • Criou a obra DO ENSINO REGULAR DA LÍNGUA MATERNA NAS ESCOLAS E NAS FAMÍLIAS (1844) • Formação do pensamento da mente infantil JEAN BAPTISTE GIRARD (1765- 1850) ALBERTINE NECKER DE SAUSSURE (1766-1841)
  24. 24. As Pedagogias Burguesas - Rússia LEÃO NIKOLAIEVICH TOLSTOI (1828-1910) grande romancista, original e radical na pedagogia, herdeiro do libertarismo “Liberdade através da liberdade”livres atividades Resgate do povo pela língua materna, do trabalho e do professor exemplo V.F ODOEVSKY (1804-1869) V.G BELINSKY (1811-1848)
  25. 25. Conclusão • Oposição ao século anterior(Iluminismo); • Ideologias (Liberdade); • Importância dada a educação infantil; • Reformulação das funções da educação; • Educação Pública; • Controle do Estado sobre as escolas;
  26. 26. Conclusão • Aspectos desenvolvidos na pedagogia oitocentista: –Bildung’s; –Função educativa da arte (atividades lúdicas), prática; –Epistemologia; –Reorganização Técnica.
  27. 27. Referências CAMBI, Franco. Século XIX: O Século da pedagogia - In: História da pedagogia. 1º Edição. Editora UNESP . São Paulo – SP, 1999. Pág.: 407-433. ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. Século XIX: A Educação Nacional In: História da Educação e da Pedagogia: Geral e Brasil – 3º Edição. Editora Moderna . São Paulo – SP, 2006. Pág.: 200-215.

×