Igrejas
Medievais
I
Introdução:
Séc. v Séc. XVSéc. XI
Neste período a igreja
toma o lugar do
estado, centraliza o
poder, decide o que é
corret...
A igreja
Importância
inicio
Social
Econômica
cultural
Alta idade média
Com a ruralizarão da
sociedade e a ausência de
um p...
igreja
Principal instituição
organizada
Capital estavel
(roma)
Se manteu muito
mais do que muitos
estados
renda
doenças
es...
Mesmo com o monopólio da
cultura erudita e do controle
ideológico da igreja
Massas camponesas eram pagãs e
cristãs
Element...
Cultura erudita + cultura popular
Alta idade média Ensino restrito
aos clerios
Escolas fundadas nos
mosteiros e abadias
Di...
Os intelectuais da idade média Baixa idade média Mais escolas
nas catedrais
Preparação aos
estudos da
teologia
Redescobert...
A universidade na baixa idade média
O resultado da expansão
democrática e urbana Crescimento econômico
Clero mais bem
prep...
A cultura em fins da Idade média Influencias nos
planos da
arte, literatura e
filosofiaNas badias nos
conventos, guardaava...
Corrente de
protestos
Contra a hierarquia
eclesiaática
Defensora
da pobreza
e indigena
Igreja
acusou
seus
seguidores
de
hi...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Igrejas medievais

587 visualizações

Publicada em

trata-se de um resumo brevio sobre as igrejas medievais

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
587
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Igrejas medievais

  1. 1. Igrejas Medievais I
  2. 2. Introdução: Séc. v Séc. XVSéc. XI Neste período a igreja toma o lugar do estado, centraliza o poder, decide o que é correto ou não fazer, punindo os que a contrariam. Alta idade média baixa idade média Inicio da reforma protestante É o período em que seus ideais começaram a ser questionados e criticados. A igreja perde inúmeros seguidores e com isso o suas riquezas e poder.
  3. 3. A igreja Importância inicio Social Econômica cultural Alta idade média Com a ruralizarão da sociedade e a ausência de um poder politico efetivoA igreja substitui o esrado atuando na vida real O poder da igreja cresceu com a aquisição de terras Enriquecimento de proletário (dizimo) Tribos germânicas passam a se converter ao cristianismo Pessoas passam a ter hábitos por influencia igreja
  4. 4. igreja Principal instituição organizada Capital estavel (roma) Se manteu muito mais do que muitos estados renda doenças esmolas impostos Tinham 1/3 da terra da Europa cruzadas 1° em 1095 por pedido do papa UrbanoII Criar expedições militares Recuperar a terra santa dos Árabes Objetivo implícito Reabrir o comércio entre os mercadores e os ricos Ceribato implantado no séc XI para todos os membros da igreja Padres e monges fugiram para os mosteiros Em 1231 foram criados os tribunais inquisitores Forçar o comprimento da igreja
  5. 5. Mesmo com o monopólio da cultura erudita e do controle ideológico da igreja Massas camponesas eram pagãs e cristãs Elementos culturais dos bárbaros Não eram exercidos pelo clero Durante um tempo de paz as práticas da igreja católica e das igrejas pagãs vieram em harmonia Cristianização das festas populares A igreja aproveitava as tradições culturais coletividade Ex: nascimento de Jesus (natal) Religião germânica Roma antiga
  6. 6. Cultura erudita + cultura popular Alta idade média Ensino restrito aos clerios Escolas fundadas nos mosteiros e abadias Difusão do ensino Baixa idade média Tentativa de harmonizar o cristianismo e a filosofia grega Valorizou-se o Platão Santo agostinho Valorizou a razão e a fé antes depois Politica Com influencia religiosa Acreditavam que o poder podia ser dado pelo papa
  7. 7. Os intelectuais da idade média Baixa idade média Mais escolas nas catedrais Preparação aos estudos da teologia Redescoberta do pensamento aristotélico Espaço a duvida e á investigação AbelardoConciliou a fé e a razão Pesquisar a verdade = duvidar Redefinição das concepções teológicas aceitas pela igrejas até então São Tomás de Aquino “sem a fé e a graça divina, não se alcança o conhecimento” Conciliaram a filosofia e teologia da razão e da fé, e também o aristotelismo e o pensamento cristão
  8. 8. A universidade na baixa idade média O resultado da expansão democrática e urbana Crescimento econômico Clero mais bem preparado Especialista em direito Funcionários com maior beneficiação 1° controle das igrejas 2° controles dos burgueses Perda de monopólio da igreja intelectuais A igreja “concedeu a licença docente a aqueles que se mostrarem capazes” Universidades lutam por mais direitos Querem independência Revalorização das culturas greco- latinas e bizantina Influencia no direito e medicina
  9. 9. A cultura em fins da Idade média Influencias nos planos da arte, literatura e filosofiaNas badias nos conventos, guardaava-se as obras publicadas na antiguidades a Copiadas por monges Preservando as ideias dos gregos e romanos Colocavam em risco as ideias da igreja baixa idade média A igreja não era mais detentora do monopólio do conhecimento Expansão demográfica Crescimento urbano Movimento comunal Busca da autonomia nas cidades Ordens medicantes Baixa idade média Ricos X pobres Alto clero
  10. 10. Corrente de protestos Contra a hierarquia eclesiaática Defensora da pobreza e indigena Igreja acusou seus seguidores de hierarquia Sec XII Ordens medicantes

×