Controle dos Microorganismos

31.612 visualizações

Publicada em

Aula sobre controle dos microorganismos e antimicrobianos e seus mecanismos de ação

Publicada em: Saúde e medicina, Tecnologia
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
31.612
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
288
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
530
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Controle dos Microorganismos

  1. 1. Márcia Souza Americano CONTROLE DOS MICRORGANISMOS
  2. 2. I- Introdução: O controle, destruição, inibição ou remoção dos microorganismos é importante para manter os micróbios em níveis aceitáveis. FISÍCOS: calor, radiação, filtração, dessecação QUÍMICOS: substâncias desinfetantes, antissépticas, conservantes utilizados em alimentos e antimicrobianos
  3. 3. <ul><li>II- Definição dos termos utilizados no controle do crescimento bacteriano: </li></ul><ul><ul><li>ESTERILIZAÇÃO: é o processo de destruição por meio de agentes químicos ou físicos, de todas as formas de vida presentes num material. </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>FÍSICOS </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>QUÍMICOS </li></ul></ul></ul></ul>
  4. 4. <ul><li> RADIAÇÃO </li></ul><ul><li>Radiações não ionizantes (ultra violeta): </li></ul><ul><ul><li>Esterilização do ar e ambientes </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Uso limitado devido ao baixo poder de penetração) </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>b) Radiações ionizantes (raio gama): </li></ul><ul><li>Alto poder de penetração </li></ul><ul><ul><ul><li>Esterilização de vacinas, substâncias e materiais sensíveis ao calor </li></ul></ul></ul>
  5. 5. <ul><li>II- Definição dos termos utilizados no controle do crescimento bacteriano: </li></ul><ul><ul><ul><li>DESINFECÇÃO: consiste na destruição, remoção ou redução dos microorganismos infecciosos ou nocivos presente num material inanimado. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>AGENTES QUÍMICOS </li></ul></ul></ul></ul>
  6. 6. <ul><li>ANTI-SEPSIA: é um caso particular de desinfecção, referindo-se a remoção de microrganismos em superfícies corporais. </li></ul>DEFINIÇÕES IMPORTANTES <ul><li>ASSEPSIA: ausência de microorganismos em uma área. Técnicas assépticas previnem a entrada de microorganismos. </li></ul>
  7. 7. DEGERMAÇÃO: remoção mecânica de população de microorganismos da pele com ou sem o uso concomitante de saponáceos.   <ul><ul><li>DESCONTAMINAÇÃO: é o processo de desinfecção ou esterilização de objetos e superfícies contaminados com microorganismos patogênicos de forma a torna-los seguros para a manipulação. </li></ul></ul><ul><ul><li>LIMPEZA retirada de sujidade e microrganismos de artigos e superfícies através de fricção mecãnica com agua, sabão, esponja, pano ou escova ou através de máquinas de ulra-som com detergentes/desincrustantes associados ou não com produtos enzimáticos. </li></ul></ul>
  8. 8. ANTIMICROBIANOS
  9. 9. ANTIMICROBIANOS I- Conceitos a) Antimicrobianos ou Antibacterianos : são produtos capazes de destruir microorganismos ou de suprimir sua multiplicação / crescimento. ANTIBIÓTCOS: antimicrobianos produzidos por microorganismos. Ex.: Penicilinas QUIMIOTERÁPICOS: antimicrobianos sintetizados em laboratório. Ex.: Sulfas, Quinolonas
  10. 10. É o tratamento de pacientes com sinais e sintomas clínicos de infecção pela administração de antimicrobianos. A antibioticoterapia tem a finalidade de cura clínica e/ou a cura microbiológica. ANTIBIOTICOTERAPIA ANTIMICROBIANOS
  11. 11. II- Classificação dos Antimicrobianos 1- Origem  Fungos  Bactérias  Síntese 2- Ação biológica  Bactericida  Bacteriostático ANTIMICROBIANOS
  12. 12. II- Classificação dos Antimicrobianos: 3- Espectro de ação Amplo espectro : é capaz de inibir uma grande variedade de Bactérias Gram positivas e Gram negativas. Espectro reduzido : só é ativo contra uma variedade limitada de bactérias ANTIMICROBIANOS
  13. 14. Como atuam os antimicrobianos?????
  14. 15. 1- ANTIBACTERIANOS QUE ATUAM NA PAREDE CELULAR ( Penicilinas, Vancomicina, Cefalosporinas...)
  15. 16. 2- ANTIMICROBIANOS QUE ATUAM NO NÍVEL DA MEMBRANA CITOPLASMÁTICA (Polimixina, Anfotericina B,...) Exemplo de um antibiótico que atua na membrana citoplasmática (Adaptado de Atlas, R.M., Principles of Microbiology, 1997)
  16. 17. 3- ANTIBACTERIANOS QUE INTERFEREM NA SÍNTESE PROTEÍCA ( Cloranfenicol, Tetraciclina, Aminoglicosídeos, Eritromicina...) Ribossomo humano Ribossomo bacteriano
  17. 18. 4- ANTIBACTERIANOS QUE INTERFEREM COM A SÍNTESE DE DNA ( Rifampicinas, Quinolonas, Metronidazol)
  18. 19. 5- ANTIMICROBIANOS ANTIMETABÓLITOS ( Sulfonilamidas, trimetoprim... Precursor PABA Sulfonilamida Ácido diidropteróico Ácido Fólico Ácido tetraidrofólico Trimetoprim Purinas Metionina Timina Serina
  19. 20. REFERÊNCIAS <ul><ul><li>TRABULSI, Luiz Rachid; et al. Microbiologia . 5 ed. São Paulo: Atheneu, 2008. </li></ul></ul><ul><ul><li>KONEMAN, Elmer W.; et al.Diagnóstico Microbiológico: Texto e atlas colorido . 6 ed. Buenos Aires: Panamericana, 2008. </li></ul></ul><ul><ul><li>MURRAY, Patrick R.; et al. Microbiologia médica . 3.ed Rio de janeiro:o: Guanabara Koogan, 2000. </li></ul></ul>

×