SlideShare uma empresa Scribd logo
Transtornos do humor
(Afetivos)
Enf. Me. Aroldo Gavioli
AFETIVIDADE
“Função psíquica que da
cor, brilho e emoção às
esferas intelectivas”
• Relacionada aos
sentimentos, paixões e
emoções”.
"fenômenos da
afetividade; experiência
sensível em relação a
nuances do desejo, dor e
prazer" (Ey, 1985)
função psíquica
• vida emocional
• expressão externa das
experiências internas
Significado psicológico de afeto
Sentimento e
emoção que se
manifestam das
mais variadas
formas: amizade é
uma forma de
afeto.
Psicologia. Um
dos três tipos de
função mental,
juntamente, com
a volição e com a
cognição.
Psicanálise.
Estado emocional
que se relaciona
com a formação
de uma pulsão.
HUMOR
Emoção pervasiva e mantida que dá colorido às percepções
do mundo.
Somatória de emoções e sentimentos que estão presentes
na consciência do indivíduo num determinado momento.
Estado de disposição básica, difusa e prolongada da
afetividade do sujeito.
Capacidade polarizável
Código Internacionais de Doenças
CID- 10
F 30 - EPISÓDIO MANÍACO
F 31 - TRANSTORNO
AFETIVO BIPOLAR
F 32 - EPISÓDIO
DEPRESSIVO
F 33 - TRANSTORNO
DEPRESSIVO RECORRENTE
F 34 - TRANSTORNO
RESISTENTE DO
HUMOR
F 38 - OUTROS
TRANSTORNOS DO
HUMOR
F 39 - TRANSTORNO DO
HUMOR NÃO
ESPECIFICADO
Transtornos do humor - afetivos
Alteração do humor ou do afeto, no sentido de uma depressão ou
elação
Modificação do nível global de atividade
São Recorrentes
Relação estreita com situações ou fatos estressantes.
Acomete ~18% da população
Episódio maníaco
• aumento do humor e da atividade, sem grave prejuízo profissional ou
social.
hipomania:
• Elevação anormal do humor, disforia, perda da atenção, mania de
grandeza com perda das inibições sociais, levando a condutas
imprudentes, irrazoáveis, inapropriadas ou deslocadas.
mania sem
sintomas psicóticos:
• Mania associada a idéias delirantes (em geral de grandeza) e agitação
psicomotora. O sujeito se torna incompreensível ou inacessível a toda
comunicação normal.
• Estupor maníaco
Mania com
sintomas psicóticos
• Dois ou mais episódios de perturbação
do humor e do nível de atividade do
sujeito.
• Alternância entre Elevação do humor e
aumento da energia e da atividade
(mania) e rebaixamento do humor e de
redução da energia e da atividade
(depressão).
• Pacientes que sofrem somente de
episódios repetidos de hipomania ou
mania são classificados como bipolares.
F31 Transtorno afetivo bipolar
Transtorno Afetivo Bipolar
Eu te odeio – eu te
amo;
Perda de
relacionamentos;
Problemas no
trabalho;
Transtorno Afetivo Bipolar
Doença psiquiátrica crônica
que evolui em episódios ou
continuamente;
Alternância no humor:
• Da depressão à euforia.
• Da normalidade à exaltação ou à
raiva e à tristeza.
TAB
• É uma doença
biológica que se
manifesta no
comportamento da
pessoa.
O Transtorno Afetivo Bipolar provoca:
Distorção do humor e pensamentos, provoca comportamentos
terríveis, destrói a base do pensamento racional e com
grande frequência mina o desejo e a vontade de viver.
Esta é uma doença que é biológica em sua origem, porém tem
uma característica psicológica em sua vivência;
uma doença que é singular por conferir vantagens e prazer,
trazendo porém em seu rastro um sofrimento quase que
insuportável e, não raro, suicídio.”
Formas do TAB
Tipo I
• Fases de depressão e mania
Tipo II
• Fases de depressão e de
hipomania
Mania
Humor expansivo,
elevado, eufórico
Busca de necessidade
prazerosa;
Insônia;
Começa muitas
atividades, faz as
coisas ao mesmo
tempo – não termina;
Impulsividade:
• Bebidas,
• Compras,
• Sexo.
Mania
Riscos à integridade física, social
ou econômica:
• Perda de relacionamentos;
• Gastos excessivos;
• Comportamentos de risco – álcool,
drogas, sexo;
Fuga de ideias;
Aumento de energia mental ou
física;
Mania
Sentimento de
invencibilidade;
Sintomas psicóticos:
Cicladores
• Rápidos
• Ultrarrápidos
Estados mistos
Diagnóstico
Tardio – apesar de iniciar cedo a evolução é lenta;
Difere quanto ao seu curso;
Histórico do paciente;
Histórico familiar;
Clínico: não há exames!
Tratamento
Família;
• Mania ou
hipomania: o
paciente não acha
que está doente;
Medicamentos;
• Fase aguda;
• Prevenir recaídas;
Tratamento
Manter qualidade de vida:
• Hábitos saudáveis de vida:
Alimentar-se e dormir bem, fazer
exercício físico regularmente,
evitar o uso de drogas;
Estabilidade;
Medicamentoso;
Psicoeducação;
Psicoterapia – TCC;
Tratamento do TAB
O tratamento do TAB se faz com o uso de estabilizadores de humor(EH).
O EH mais utilizado mundialmente é o Lítio, no Brasil utiliza-se o carbonato de lítio. Em alguns
casos é necessário a utilização conjunta de antidepressivos, antipsicóticos, ansiolíticos.
Por se tratar de uma doença grave, o uso de um único medicamento geralmente é insuficiente para
o controle completo dos sintomas.
A carbamazepina, oxcarbazepina e o ácido valpróico também se mostram eficazes.
Acompanhamento psiquiátrico por longo período deve ser seguido, associado com psicoterapia
que colabora no tratamento comportamental e cognitivo.
Medicação utilizada nos transtornos do humor
EPISÓDIO MANÍACO MEDICAÇÃO dose inicial - faixa terapêutica (mg/dia)
Lítio (1970) 300 – 900; 900 a 1800 - nível plasmático 0,5 a 1,5
mEq/l
Clorpromazina (1995) 25 a 2000
Divalproato (1995) 250 – 750; 500 a 3000 - nível plasmático 80 a 125
mcg/ml ( > eficácia acima de 94 mcg/ml)21
Olanzapina (2000) 10 – 15; 10 – 30
Risperidona (2003) 3; 2 – 8
Quetiapina (2004) 100; 300 – 800
Ziprazidona (2004) 80; 120 - 200
Aripiprazol (2004) 30; 15 – 30
Carbamazepina (2004) 200 – 600; 200 a 1600 – nível plasmático 4 a 12
mcg/ml
Medicação utilizada nos transtornos do humor
EPISÓDIO DEPRESSIVO MEDICAÇÃO dose inicial - faixa terapêutica (mg/dia)
Olanzapina-fluoxetina (2003) 6-25; 6-25 a 12-50, respectivamente
Quetiapina (2006) 100; 300 - 800
MANUTENÇÃO/PROFILAXIA
Lítio (1974) 300 – 900; 900 a 1800 - nível plasmático 0,5 a 1,5
mEq/l
Lamotrigina (2003) 25; 50 – 200. Obs. Prevenção de episódios
depressivos
Olanzapina (2004) 10 – 15; 10 – 30
Aripiprazol (2005) 30; 15 – 30

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Transtornos depressivos
Transtornos depressivosTranstornos depressivos
Transtornos depressivos
Caio Maximino
 
Transtornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofreniaTranstornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofrenia
Aroldo Gavioli
 
Transtorno afetivo bipolar
Transtorno afetivo bipolarTranstorno afetivo bipolar
Transtorno afetivo bipolar
Rodolpho David
 
Psicofarmacologia
PsicofarmacologiaPsicofarmacologia
Psicofarmacologia
Aroldo Gavioli
 
saude mental
saude mental saude mental
saude mental
IsabeldaCosta5
 
Aula 05 curso de psicopatologia - síndromes psiquiátricas
Aula 05   curso de psicopatologia - síndromes psiquiátricasAula 05   curso de psicopatologia - síndromes psiquiátricas
Aula 05 curso de psicopatologia - síndromes psiquiátricas
Lampsi
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
UNIME
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
Andressa Macena
 
TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo
TOC - Transtorno Obsessivo CompulsivoTOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo
TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo
Aillyn F. Bianchi, Faculdade de Medicina - UNIC
 
A esquizofrenia
A esquizofreniaA esquizofrenia
A esquizofrenia
Marcos Figueiredo
 
Apresentação saude mental 1
Apresentação saude mental 1Apresentação saude mental 1
Apresentação saude mental 1
Alinebrauna Brauna
 
Transtornos de personalidade
Transtornos de personalidadeTranstornos de personalidade
Transtornos de personalidade
gfolive
 
Transtorno afetivo bipolar
Transtorno afetivo bipolarTranstorno afetivo bipolar
Transtorno afetivo bipolar
Antonio Francisco
 
Psicologia aula 4 resumo aulas 1 2-3
Psicologia aula 4 resumo aulas 1 2-3Psicologia aula 4 resumo aulas 1 2-3
Psicologia aula 4 resumo aulas 1 2-3
Cintia Colotoni
 
Saúde Mental
Saúde Mental Saúde Mental
Saúde Mental
Marco Aurélio Leão
 
Transtorno de ansiedade
Transtorno de ansiedadeTranstorno de ansiedade
Transtorno de ansiedade
Fernanda Marinho
 
psicofarmacologia 2
psicofarmacologia 2psicofarmacologia 2
psicofarmacologia 2
Aroldo Gavioli
 
Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...
Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...
Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...
Aroldo Gavioli
 
Aula Saúde Mental
Aula Saúde MentalAula Saúde Mental
Aula Saúde Mental
Simone Elisa Heitor
 
Processo histórico da psiquiatria e da saúde mental
 Processo histórico da psiquiatria e da saúde mental Processo histórico da psiquiatria e da saúde mental
Processo histórico da psiquiatria e da saúde mental
Lorena Albuquerque Vieira
 

Mais procurados (20)

Transtornos depressivos
Transtornos depressivosTranstornos depressivos
Transtornos depressivos
 
Transtornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofreniaTranstornos do pensamento: esquizofrenia
Transtornos do pensamento: esquizofrenia
 
Transtorno afetivo bipolar
Transtorno afetivo bipolarTranstorno afetivo bipolar
Transtorno afetivo bipolar
 
Psicofarmacologia
PsicofarmacologiaPsicofarmacologia
Psicofarmacologia
 
saude mental
saude mental saude mental
saude mental
 
Aula 05 curso de psicopatologia - síndromes psiquiátricas
Aula 05   curso de psicopatologia - síndromes psiquiátricasAula 05   curso de psicopatologia - síndromes psiquiátricas
Aula 05 curso de psicopatologia - síndromes psiquiátricas
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
 
TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo
TOC - Transtorno Obsessivo CompulsivoTOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo
TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo
 
A esquizofrenia
A esquizofreniaA esquizofrenia
A esquizofrenia
 
Apresentação saude mental 1
Apresentação saude mental 1Apresentação saude mental 1
Apresentação saude mental 1
 
Transtornos de personalidade
Transtornos de personalidadeTranstornos de personalidade
Transtornos de personalidade
 
Transtorno afetivo bipolar
Transtorno afetivo bipolarTranstorno afetivo bipolar
Transtorno afetivo bipolar
 
Psicologia aula 4 resumo aulas 1 2-3
Psicologia aula 4 resumo aulas 1 2-3Psicologia aula 4 resumo aulas 1 2-3
Psicologia aula 4 resumo aulas 1 2-3
 
Saúde Mental
Saúde Mental Saúde Mental
Saúde Mental
 
Transtorno de ansiedade
Transtorno de ansiedadeTranstorno de ansiedade
Transtorno de ansiedade
 
psicofarmacologia 2
psicofarmacologia 2psicofarmacologia 2
psicofarmacologia 2
 
Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...
Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...
Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...
 
Aula Saúde Mental
Aula Saúde MentalAula Saúde Mental
Aula Saúde Mental
 
Processo histórico da psiquiatria e da saúde mental
 Processo histórico da psiquiatria e da saúde mental Processo histórico da psiquiatria e da saúde mental
Processo histórico da psiquiatria e da saúde mental
 

Destaque

Transtorno de humor - Enfermagem
Transtorno de humor - Enfermagem Transtorno de humor - Enfermagem
Transtorno de humor - Enfermagem
Júnior Maidana
 
Transtornos do humor
Transtornos do humorTranstornos do humor
Transtornos do humor
Flavia Oliveira
 
ALTERAÇÕES DO HUMOR - síntese de aspectos relevantes a partir da CID-10
ALTERAÇÕES DO HUMOR - síntese de aspectos relevantes a partir da CID-10ALTERAÇÕES DO HUMOR - síntese de aspectos relevantes a partir da CID-10
ALTERAÇÕES DO HUMOR - síntese de aspectos relevantes a partir da CID-10
Alexandre Simoes
 
TRANSTORNO BIPOLAR
TRANSTORNO BIPOLARTRANSTORNO BIPOLAR
TRANSTORNO BIPOLAR
Leticia Costa
 
Aula 3 psicofarmacologia nos transtornos do humor 1
Aula 3   psicofarmacologia nos transtornos do humor 1Aula 3   psicofarmacologia nos transtornos do humor 1
Aula 3 psicofarmacologia nos transtornos do humor 1
Educação Ucpel
 
Transtornos de ansiedade
Transtornos de ansiedadeTranstornos de ansiedade
Transtornos de ansiedade
Miriam Gorender
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
Marco Benetoli
 
Transtorno afetivo bipolar
Transtorno afetivo bipolarTranstorno afetivo bipolar
Transtorno afetivo bipolar
Claudia Paola Aguilar
 
Transtorno bipolar
Transtorno bipolarTranstorno bipolar
Transtorno bipolar
SimoneHelenDrumond
 
Ansiedade e transtorno de ansiedade generalizada
Ansiedade e transtorno de ansiedade generalizadaAnsiedade e transtorno de ansiedade generalizada
Ansiedade e transtorno de ansiedade generalizada
gfolive
 
Psicoses
Psicoses Psicoses
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Modificacoes do DSM-IV para DSM-5
Modificacoes do DSM-IV para DSM-5Modificacoes do DSM-IV para DSM-5
Modificacoes do DSM-IV para DSM-5
Felipe de Souza
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
Rosemar Prota
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
Solange Leite
 
Auditoria e Acreditação no Serviço de Saúde
Auditoria e Acreditação no Serviço de SaúdeAuditoria e Acreditação no Serviço de Saúde
Auditoria e Acreditação no Serviço de Saúde
Júnior Maidana
 
Despersonalização (Complemento do Slide)
Despersonalização (Complemento do Slide) Despersonalização (Complemento do Slide)
Despersonalização (Complemento do Slide)
Aula pratica de!
 
Trabalho de grupo (depressão)
Trabalho de grupo (depressão)Trabalho de grupo (depressão)
Trabalho de grupo (depressão)
gomespereira64
 
Transtorno de Despersonalização
Transtorno de DespersonalizaçãoTranstorno de Despersonalização
Transtorno de Despersonalização
Aula pratica de!
 
Saude mental melhoramentos de vida - portugues 2012
Saude mental   melhoramentos de vida - portugues 2012Saude mental   melhoramentos de vida - portugues 2012
Saude mental melhoramentos de vida - portugues 2012
Italo Silva
 

Destaque (20)

Transtorno de humor - Enfermagem
Transtorno de humor - Enfermagem Transtorno de humor - Enfermagem
Transtorno de humor - Enfermagem
 
Transtornos do humor
Transtornos do humorTranstornos do humor
Transtornos do humor
 
ALTERAÇÕES DO HUMOR - síntese de aspectos relevantes a partir da CID-10
ALTERAÇÕES DO HUMOR - síntese de aspectos relevantes a partir da CID-10ALTERAÇÕES DO HUMOR - síntese de aspectos relevantes a partir da CID-10
ALTERAÇÕES DO HUMOR - síntese de aspectos relevantes a partir da CID-10
 
TRANSTORNO BIPOLAR
TRANSTORNO BIPOLARTRANSTORNO BIPOLAR
TRANSTORNO BIPOLAR
 
Aula 3 psicofarmacologia nos transtornos do humor 1
Aula 3   psicofarmacologia nos transtornos do humor 1Aula 3   psicofarmacologia nos transtornos do humor 1
Aula 3 psicofarmacologia nos transtornos do humor 1
 
Transtornos de ansiedade
Transtornos de ansiedadeTranstornos de ansiedade
Transtornos de ansiedade
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Transtorno afetivo bipolar
Transtorno afetivo bipolarTranstorno afetivo bipolar
Transtorno afetivo bipolar
 
Transtorno bipolar
Transtorno bipolarTranstorno bipolar
Transtorno bipolar
 
Ansiedade e transtorno de ansiedade generalizada
Ansiedade e transtorno de ansiedade generalizadaAnsiedade e transtorno de ansiedade generalizada
Ansiedade e transtorno de ansiedade generalizada
 
Psicoses
Psicoses Psicoses
Psicoses
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
Modificacoes do DSM-IV para DSM-5
Modificacoes do DSM-IV para DSM-5Modificacoes do DSM-IV para DSM-5
Modificacoes do DSM-IV para DSM-5
 
Saúde Mental
Saúde MentalSaúde Mental
Saúde Mental
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Auditoria e Acreditação no Serviço de Saúde
Auditoria e Acreditação no Serviço de SaúdeAuditoria e Acreditação no Serviço de Saúde
Auditoria e Acreditação no Serviço de Saúde
 
Despersonalização (Complemento do Slide)
Despersonalização (Complemento do Slide) Despersonalização (Complemento do Slide)
Despersonalização (Complemento do Slide)
 
Trabalho de grupo (depressão)
Trabalho de grupo (depressão)Trabalho de grupo (depressão)
Trabalho de grupo (depressão)
 
Transtorno de Despersonalização
Transtorno de DespersonalizaçãoTranstorno de Despersonalização
Transtorno de Despersonalização
 
Saude mental melhoramentos de vida - portugues 2012
Saude mental   melhoramentos de vida - portugues 2012Saude mental   melhoramentos de vida - portugues 2012
Saude mental melhoramentos de vida - portugues 2012
 

Semelhante a Transtornos do humor

TRANSTORNO BIPOLAR (1).pptx
TRANSTORNO BIPOLAR (1).pptxTRANSTORNO BIPOLAR (1).pptx
TRANSTORNO BIPOLAR (1).pptx
MIRIAN FARIA
 
Resumo para a prova de psicopatologia II
Resumo para a prova de psicopatologia IIResumo para a prova de psicopatologia II
Resumo para a prova de psicopatologia II
Sandra Pintos
 
Bipolar Apresentação final?
Bipolar Apresentação final?Bipolar Apresentação final?
Bipolar Apresentação final?
adglm
 
Transtorno bipolar e transtornos relacionados
Transtorno bipolar e transtornos relacionadosTranstorno bipolar e transtornos relacionados
Transtorno bipolar e transtornos relacionados
Caio Maximino
 
Depressão
Depressão Depressão
Depressão
Natália Lopes
 
comorbidades_11_ago.pdf
comorbidades_11_ago.pdfcomorbidades_11_ago.pdf
comorbidades_11_ago.pdf
MaxDrummond1
 
DEPRESSÃO
DEPRESSÃODEPRESSÃO
DEPRESSÃO
Elva Judy Nieri
 
seminário toc
seminário tocseminário toc
seminário toc
Gabriela Souza
 
Bipolaridade.pptx
Bipolaridade.pptxBipolaridade.pptx
Bipolaridade.pptx
GenilsonSantos40
 
DEPRESSÃO palestra para autoconhecimento
DEPRESSÃO palestra para autoconhecimentoDEPRESSÃO palestra para autoconhecimento
DEPRESSÃO palestra para autoconhecimento
Nidia. Paula.
 
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdf
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdfAulas 10 e 11 Guanambi.pdf
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdf
JainnyBeatriz1
 
TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.
TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.
TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.
Gustavo Malvestiti de Oliveira
 
SP.3.4 – Dois lados....docx
SP.3.4 – Dois lados....docxSP.3.4 – Dois lados....docx
SP.3.4 – Dois lados....docx
LeilaneSilvaPessoa
 
Esquizofrenia
EsquizofreniaEsquizofrenia
Esquizofrenia
anacarreira2
 
Psicologia na vida adulta
Psicologia na vida adultaPsicologia na vida adulta
Psicologia na vida adulta
edi
 
Perturbação Bipolar
Perturbação BipolarPerturbação Bipolar
Perturbação Bipolar
Oficina Psicologia
 
Visão medico e espirita da depressão
Visão medico e espirita da depressãoVisão medico e espirita da depressão
Visão medico e espirita da depressão
Marcelo Monteiro
 
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trataA depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
Cosmo Palasio
 
2013-03-13-Aula-Obsessão e Transtornos Psíquicos-Rosana De Rosa
2013-03-13-Aula-Obsessão e Transtornos Psíquicos-Rosana De Rosa2013-03-13-Aula-Obsessão e Transtornos Psíquicos-Rosana De Rosa
2013-03-13-Aula-Obsessão e Transtornos Psíquicos-Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Folder Transtorno Bipolar
Folder Transtorno BipolarFolder Transtorno Bipolar
Folder Transtorno Bipolar
Maria Cristina Borges
 

Semelhante a Transtornos do humor (20)

TRANSTORNO BIPOLAR (1).pptx
TRANSTORNO BIPOLAR (1).pptxTRANSTORNO BIPOLAR (1).pptx
TRANSTORNO BIPOLAR (1).pptx
 
Resumo para a prova de psicopatologia II
Resumo para a prova de psicopatologia IIResumo para a prova de psicopatologia II
Resumo para a prova de psicopatologia II
 
Bipolar Apresentação final?
Bipolar Apresentação final?Bipolar Apresentação final?
Bipolar Apresentação final?
 
Transtorno bipolar e transtornos relacionados
Transtorno bipolar e transtornos relacionadosTranstorno bipolar e transtornos relacionados
Transtorno bipolar e transtornos relacionados
 
Depressão
Depressão Depressão
Depressão
 
comorbidades_11_ago.pdf
comorbidades_11_ago.pdfcomorbidades_11_ago.pdf
comorbidades_11_ago.pdf
 
DEPRESSÃO
DEPRESSÃODEPRESSÃO
DEPRESSÃO
 
seminário toc
seminário tocseminário toc
seminário toc
 
Bipolaridade.pptx
Bipolaridade.pptxBipolaridade.pptx
Bipolaridade.pptx
 
DEPRESSÃO palestra para autoconhecimento
DEPRESSÃO palestra para autoconhecimentoDEPRESSÃO palestra para autoconhecimento
DEPRESSÃO palestra para autoconhecimento
 
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdf
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdfAulas 10 e 11 Guanambi.pdf
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdf
 
TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.
TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.
TRANSTORNO BIPOLAR E DE ANSIEDADE.
 
SP.3.4 – Dois lados....docx
SP.3.4 – Dois lados....docxSP.3.4 – Dois lados....docx
SP.3.4 – Dois lados....docx
 
Esquizofrenia
EsquizofreniaEsquizofrenia
Esquizofrenia
 
Psicologia na vida adulta
Psicologia na vida adultaPsicologia na vida adulta
Psicologia na vida adulta
 
Perturbação Bipolar
Perturbação BipolarPerturbação Bipolar
Perturbação Bipolar
 
Visão medico e espirita da depressão
Visão medico e espirita da depressãoVisão medico e espirita da depressão
Visão medico e espirita da depressão
 
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trataA depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
 
2013-03-13-Aula-Obsessão e Transtornos Psíquicos-Rosana De Rosa
2013-03-13-Aula-Obsessão e Transtornos Psíquicos-Rosana De Rosa2013-03-13-Aula-Obsessão e Transtornos Psíquicos-Rosana De Rosa
2013-03-13-Aula-Obsessão e Transtornos Psíquicos-Rosana De Rosa
 
Folder Transtorno Bipolar
Folder Transtorno BipolarFolder Transtorno Bipolar
Folder Transtorno Bipolar
 

Mais de Aroldo Gavioli

Transtornos mentais orgânicos
Transtornos mentais orgânicosTranstornos mentais orgânicos
Transtornos mentais orgânicos
Aroldo Gavioli
 
Síndrome de dependência de substâncias – aspectos neurobiológicos
Síndrome de dependência de substâncias – aspectos neurobiológicosSíndrome de dependência de substâncias – aspectos neurobiológicos
Síndrome de dependência de substâncias – aspectos neurobiológicos
Aroldo Gavioli
 
Grupos terapêuticos e intervenção em família
Grupos terapêuticos e intervenção em famíliaGrupos terapêuticos e intervenção em família
Grupos terapêuticos e intervenção em família
Aroldo Gavioli
 
O diagnóstico de enfermagem em saúde mental
O diagnóstico de enfermagem em saúde mentalO diagnóstico de enfermagem em saúde mental
O diagnóstico de enfermagem em saúde mental
Aroldo Gavioli
 
Exame Físico em Saúde Mental
Exame Físico em Saúde MentalExame Físico em Saúde Mental
Exame Físico em Saúde Mental
Aroldo Gavioli
 
Rede de atenção em saude mental
Rede de atenção em saude mentalRede de atenção em saude mental
Rede de atenção em saude mental
Aroldo Gavioli
 
Drogas psicotrópica
Drogas psicotrópicaDrogas psicotrópica
Drogas psicotrópica
Aroldo Gavioli
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
Aroldo Gavioli
 
Critérios de admissão em Unidade de Terapia Intensiva
Critérios de admissão em Unidade de Terapia IntensivaCritérios de admissão em Unidade de Terapia Intensiva
Critérios de admissão em Unidade de Terapia Intensiva
Aroldo Gavioli
 
Intervenção em crises
Intervenção em crisesIntervenção em crises
Intervenção em crises
Aroldo Gavioli
 
Segurança do paciente em unidades de urgência
Segurança do paciente em unidades de urgênciaSegurança do paciente em unidades de urgência
Segurança do paciente em unidades de urgência
Aroldo Gavioli
 
Métodos dialíticos intermitentes
Métodos dialíticos intermitentesMétodos dialíticos intermitentes
Métodos dialíticos intermitentes
Aroldo Gavioli
 
Métodos dialíticos contínuos
Métodos dialíticos contínuosMétodos dialíticos contínuos
Métodos dialíticos contínuos
Aroldo Gavioli
 
O Processo de enfermagem na enfermagem em saúde mental
O Processo de enfermagem na enfermagem em saúde mentalO Processo de enfermagem na enfermagem em saúde mental
O Processo de enfermagem na enfermagem em saúde mental
Aroldo Gavioli
 
Time de resposta rápida e escore news
Time de resposta rápida e escore newsTime de resposta rápida e escore news
Time de resposta rápida e escore news
Aroldo Gavioli
 
Organização do sistema de saúde brasileiro, a atenção às urgências e o papel ...
Organização do sistema de saúde brasileiro, a atenção às urgências e o papel ...Organização do sistema de saúde brasileiro, a atenção às urgências e o papel ...
Organização do sistema de saúde brasileiro, a atenção às urgências e o papel ...
Aroldo Gavioli
 
Método de classificação de risco pelo protocolo de manchester
Método de classificação de risco pelo protocolo de manchesterMétodo de classificação de risco pelo protocolo de manchester
Método de classificação de risco pelo protocolo de manchester
Aroldo Gavioli
 
Humanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergência
Humanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergênciaHumanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergência
Humanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergência
Aroldo Gavioli
 
Saúde mental e cidadania
Saúde mental e cidadaniaSaúde mental e cidadania
Saúde mental e cidadania
Aroldo Gavioli
 
Escore NEWS - time de resposta rápida
Escore NEWS - time de resposta rápidaEscore NEWS - time de resposta rápida
Escore NEWS - time de resposta rápida
Aroldo Gavioli
 

Mais de Aroldo Gavioli (20)

Transtornos mentais orgânicos
Transtornos mentais orgânicosTranstornos mentais orgânicos
Transtornos mentais orgânicos
 
Síndrome de dependência de substâncias – aspectos neurobiológicos
Síndrome de dependência de substâncias – aspectos neurobiológicosSíndrome de dependência de substâncias – aspectos neurobiológicos
Síndrome de dependência de substâncias – aspectos neurobiológicos
 
Grupos terapêuticos e intervenção em família
Grupos terapêuticos e intervenção em famíliaGrupos terapêuticos e intervenção em família
Grupos terapêuticos e intervenção em família
 
O diagnóstico de enfermagem em saúde mental
O diagnóstico de enfermagem em saúde mentalO diagnóstico de enfermagem em saúde mental
O diagnóstico de enfermagem em saúde mental
 
Exame Físico em Saúde Mental
Exame Físico em Saúde MentalExame Físico em Saúde Mental
Exame Físico em Saúde Mental
 
Rede de atenção em saude mental
Rede de atenção em saude mentalRede de atenção em saude mental
Rede de atenção em saude mental
 
Drogas psicotrópica
Drogas psicotrópicaDrogas psicotrópica
Drogas psicotrópica
 
Doença de Alzheimer
Doença de AlzheimerDoença de Alzheimer
Doença de Alzheimer
 
Critérios de admissão em Unidade de Terapia Intensiva
Critérios de admissão em Unidade de Terapia IntensivaCritérios de admissão em Unidade de Terapia Intensiva
Critérios de admissão em Unidade de Terapia Intensiva
 
Intervenção em crises
Intervenção em crisesIntervenção em crises
Intervenção em crises
 
Segurança do paciente em unidades de urgência
Segurança do paciente em unidades de urgênciaSegurança do paciente em unidades de urgência
Segurança do paciente em unidades de urgência
 
Métodos dialíticos intermitentes
Métodos dialíticos intermitentesMétodos dialíticos intermitentes
Métodos dialíticos intermitentes
 
Métodos dialíticos contínuos
Métodos dialíticos contínuosMétodos dialíticos contínuos
Métodos dialíticos contínuos
 
O Processo de enfermagem na enfermagem em saúde mental
O Processo de enfermagem na enfermagem em saúde mentalO Processo de enfermagem na enfermagem em saúde mental
O Processo de enfermagem na enfermagem em saúde mental
 
Time de resposta rápida e escore news
Time de resposta rápida e escore newsTime de resposta rápida e escore news
Time de resposta rápida e escore news
 
Organização do sistema de saúde brasileiro, a atenção às urgências e o papel ...
Organização do sistema de saúde brasileiro, a atenção às urgências e o papel ...Organização do sistema de saúde brasileiro, a atenção às urgências e o papel ...
Organização do sistema de saúde brasileiro, a atenção às urgências e o papel ...
 
Método de classificação de risco pelo protocolo de manchester
Método de classificação de risco pelo protocolo de manchesterMétodo de classificação de risco pelo protocolo de manchester
Método de classificação de risco pelo protocolo de manchester
 
Humanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergência
Humanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergênciaHumanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergência
Humanização, acolhimento e classificação de risco em urgência e emergência
 
Saúde mental e cidadania
Saúde mental e cidadaniaSaúde mental e cidadania
Saúde mental e cidadania
 
Escore NEWS - time de resposta rápida
Escore NEWS - time de resposta rápidaEscore NEWS - time de resposta rápida
Escore NEWS - time de resposta rápida
 

Transtornos do humor

  • 2. AFETIVIDADE “Função psíquica que da cor, brilho e emoção às esferas intelectivas” • Relacionada aos sentimentos, paixões e emoções”. "fenômenos da afetividade; experiência sensível em relação a nuances do desejo, dor e prazer" (Ey, 1985) função psíquica • vida emocional • expressão externa das experiências internas
  • 3. Significado psicológico de afeto Sentimento e emoção que se manifestam das mais variadas formas: amizade é uma forma de afeto. Psicologia. Um dos três tipos de função mental, juntamente, com a volição e com a cognição. Psicanálise. Estado emocional que se relaciona com a formação de uma pulsão.
  • 4. HUMOR Emoção pervasiva e mantida que dá colorido às percepções do mundo. Somatória de emoções e sentimentos que estão presentes na consciência do indivíduo num determinado momento. Estado de disposição básica, difusa e prolongada da afetividade do sujeito. Capacidade polarizável
  • 5. Código Internacionais de Doenças CID- 10 F 30 - EPISÓDIO MANÍACO F 31 - TRANSTORNO AFETIVO BIPOLAR F 32 - EPISÓDIO DEPRESSIVO F 33 - TRANSTORNO DEPRESSIVO RECORRENTE F 34 - TRANSTORNO RESISTENTE DO HUMOR F 38 - OUTROS TRANSTORNOS DO HUMOR F 39 - TRANSTORNO DO HUMOR NÃO ESPECIFICADO
  • 6. Transtornos do humor - afetivos Alteração do humor ou do afeto, no sentido de uma depressão ou elação Modificação do nível global de atividade São Recorrentes Relação estreita com situações ou fatos estressantes. Acomete ~18% da população
  • 7. Episódio maníaco • aumento do humor e da atividade, sem grave prejuízo profissional ou social. hipomania: • Elevação anormal do humor, disforia, perda da atenção, mania de grandeza com perda das inibições sociais, levando a condutas imprudentes, irrazoáveis, inapropriadas ou deslocadas. mania sem sintomas psicóticos: • Mania associada a idéias delirantes (em geral de grandeza) e agitação psicomotora. O sujeito se torna incompreensível ou inacessível a toda comunicação normal. • Estupor maníaco Mania com sintomas psicóticos
  • 8. • Dois ou mais episódios de perturbação do humor e do nível de atividade do sujeito. • Alternância entre Elevação do humor e aumento da energia e da atividade (mania) e rebaixamento do humor e de redução da energia e da atividade (depressão). • Pacientes que sofrem somente de episódios repetidos de hipomania ou mania são classificados como bipolares. F31 Transtorno afetivo bipolar
  • 9. Transtorno Afetivo Bipolar Eu te odeio – eu te amo; Perda de relacionamentos; Problemas no trabalho;
  • 10. Transtorno Afetivo Bipolar Doença psiquiátrica crônica que evolui em episódios ou continuamente; Alternância no humor: • Da depressão à euforia. • Da normalidade à exaltação ou à raiva e à tristeza.
  • 11. TAB • É uma doença biológica que se manifesta no comportamento da pessoa.
  • 12. O Transtorno Afetivo Bipolar provoca: Distorção do humor e pensamentos, provoca comportamentos terríveis, destrói a base do pensamento racional e com grande frequência mina o desejo e a vontade de viver. Esta é uma doença que é biológica em sua origem, porém tem uma característica psicológica em sua vivência; uma doença que é singular por conferir vantagens e prazer, trazendo porém em seu rastro um sofrimento quase que insuportável e, não raro, suicídio.”
  • 13. Formas do TAB Tipo I • Fases de depressão e mania Tipo II • Fases de depressão e de hipomania
  • 14. Mania Humor expansivo, elevado, eufórico Busca de necessidade prazerosa; Insônia; Começa muitas atividades, faz as coisas ao mesmo tempo – não termina; Impulsividade: • Bebidas, • Compras, • Sexo.
  • 15. Mania Riscos à integridade física, social ou econômica: • Perda de relacionamentos; • Gastos excessivos; • Comportamentos de risco – álcool, drogas, sexo; Fuga de ideias; Aumento de energia mental ou física;
  • 18. Diagnóstico Tardio – apesar de iniciar cedo a evolução é lenta; Difere quanto ao seu curso; Histórico do paciente; Histórico familiar; Clínico: não há exames!
  • 19. Tratamento Família; • Mania ou hipomania: o paciente não acha que está doente; Medicamentos; • Fase aguda; • Prevenir recaídas;
  • 20. Tratamento Manter qualidade de vida: • Hábitos saudáveis de vida: Alimentar-se e dormir bem, fazer exercício físico regularmente, evitar o uso de drogas; Estabilidade; Medicamentoso; Psicoeducação; Psicoterapia – TCC;
  • 21. Tratamento do TAB O tratamento do TAB se faz com o uso de estabilizadores de humor(EH). O EH mais utilizado mundialmente é o Lítio, no Brasil utiliza-se o carbonato de lítio. Em alguns casos é necessário a utilização conjunta de antidepressivos, antipsicóticos, ansiolíticos. Por se tratar de uma doença grave, o uso de um único medicamento geralmente é insuficiente para o controle completo dos sintomas. A carbamazepina, oxcarbazepina e o ácido valpróico também se mostram eficazes. Acompanhamento psiquiátrico por longo período deve ser seguido, associado com psicoterapia que colabora no tratamento comportamental e cognitivo.
  • 22. Medicação utilizada nos transtornos do humor EPISÓDIO MANÍACO MEDICAÇÃO dose inicial - faixa terapêutica (mg/dia) Lítio (1970) 300 – 900; 900 a 1800 - nível plasmático 0,5 a 1,5 mEq/l Clorpromazina (1995) 25 a 2000 Divalproato (1995) 250 – 750; 500 a 3000 - nível plasmático 80 a 125 mcg/ml ( > eficácia acima de 94 mcg/ml)21 Olanzapina (2000) 10 – 15; 10 – 30 Risperidona (2003) 3; 2 – 8 Quetiapina (2004) 100; 300 – 800 Ziprazidona (2004) 80; 120 - 200 Aripiprazol (2004) 30; 15 – 30 Carbamazepina (2004) 200 – 600; 200 a 1600 – nível plasmático 4 a 12 mcg/ml
  • 23. Medicação utilizada nos transtornos do humor EPISÓDIO DEPRESSIVO MEDICAÇÃO dose inicial - faixa terapêutica (mg/dia) Olanzapina-fluoxetina (2003) 6-25; 6-25 a 12-50, respectivamente Quetiapina (2006) 100; 300 - 800 MANUTENÇÃO/PROFILAXIA Lítio (1974) 300 – 900; 900 a 1800 - nível plasmático 0,5 a 1,5 mEq/l Lamotrigina (2003) 25; 50 – 200. Obs. Prevenção de episódios depressivos Olanzapina (2004) 10 – 15; 10 – 30 Aripiprazol (2005) 30; 15 – 30