SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
O que é a
Reforma Psiquiátrica?
 É a ampla mudança do atendimento público em Saúde Mental,
garantindo o acesso da população aos serviços e o respeito a
seus direitos e liberdade. É amparada pela Lei Nº
10.216/2001, conquista de uma luta social que durou 12 anos.
Significa a mudança do modelo de tratamento: no lugar do
isolamento, o convivio na familia e na comunidade. O
atendimento é feito no CAPS – Centro de Atenção
Psicossocial, Residências Terapêuticas, Ambulátórios,
Hospitais Gerais, Centros de Convivencia. As internações,
quando necessárias, são feitas em hospitais gerais ou nos
CAPS/24horas.
O que são
Transtornos Mentais?
 São alterações do funcionamento da mente que
prejudicam o desempenho da pessoa na vida familiar,
na vida social, na vida pessoal, no trabalho, nos
estudos, na compreensão de si e dos outros, na
possibilidade de autocrítica, na tolerância aos
problemas e na possibilidade de ter prazer na vida em
geral. Isto significa que os transtornos mentais não
deixam nenhum aspecto da condição humana
intocado.
Dados Importantes
 3% da população geral sofre com transtornos mentais
severos e persistentes;
 Mais que 6% da população apresenta transtornos
psquiátricos decorrentes do uso de Álcool e outras
drogas.
 12% da população necessita de algum atendimento em
saúde mental, seja ele contínuo ou eventual.
 2,3% do orçamento anual do SUS vai para a Saúde
Mental
Transtornos Mentais:
Desafiando os Preconceitos
 Durante séculos as pessoas com sofrimento
mental foram afastadas do resto da sociedade,
algumas vezes encarcerados, em condições
precárias, sem direito a se manifestar na
condução de suas vidas. Hoje em dia, as
atitudes negativas os afastam da sociedade de
maneiras mais sutis, mas com a mesma
efetividade.
Direitos de
Cidadão
 É preciso que pessoas com transtornos mentais sejam
reconhecidas como seres integrais, dignos, com direito à
liberdade, à integridade física e moral, à reabilitação para o
trabalho e à qualidade de vida. Para alcançar esses
objetivos, devemos trabalhar em conjunto e diminuir o
preconceito por parte dos profissionais de saúde, das
famílias e das comunidade. Afinal, aceitar e tratar com
respeito e afeto o portador de transtorno mental é o melhor
caminho para sua reabilitação e para o fortalecimento de
sua cidadania.
Direitos de
Cidadão
 É preciso que pessoas com transtornos mentais sejam
reconhecidas como seres integrais, dignos, com direito à
liberdade, à integridade física e moral, à reabilitação para o
trabalho e à qualidade de vida. Para alcançar esses
objetivos, devemos trabalhar em conjunto e diminuir o
preconceito por parte dos profissionais de saúde, das
famílias e das comunidade. Afinal, aceitar e tratar com
respeito e afeto o portador de transtorno mental é o melhor
caminho para sua reabilitação e para o fortalecimento de
sua cidadania.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reforma Psiquiatrica
Reforma PsiquiatricaReforma Psiquiatrica
Reforma Psiquiatrica
fabiolarrossa
 
História da Luta Antimanicomial: recortes e contextualização
História da Luta Antimanicomial: recortes e contextualizaçãoHistória da Luta Antimanicomial: recortes e contextualização
História da Luta Antimanicomial: recortes e contextualização
Alexandre Simoes
 
História e reforma psiquiátrica parte 1
História e reforma psiquiátrica parte 1História e reforma psiquiátrica parte 1
História e reforma psiquiátrica parte 1
Eduardo Gomes da Silva
 

Mais procurados (20)

Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidadeSaúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
Saúde mental, desenvolvimento e transtornos da personalidade
 
Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...
Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...
Politicas de saúde mental: organização da rede de assistência psicossocial no...
 
A rede de atenção psicossocial (raps)
A rede de atenção psicossocial (raps)A rede de atenção psicossocial (raps)
A rede de atenção psicossocial (raps)
 
saude mental
saude mental saude mental
saude mental
 
Processo histórico da psiquiatria e da saúde mental
 Processo histórico da psiquiatria e da saúde mental Processo histórico da psiquiatria e da saúde mental
Processo histórico da psiquiatria e da saúde mental
 
Saude mental aula 3
Saude mental aula 3Saude mental aula 3
Saude mental aula 3
 
A Política Nacional de Saúde Mental e a Organização da Rede de Atenção Psicos...
A Política Nacional de Saúde Mental e a Organização da Rede de Atenção Psicos...A Política Nacional de Saúde Mental e a Organização da Rede de Atenção Psicos...
A Política Nacional de Saúde Mental e a Organização da Rede de Atenção Psicos...
 
Programa de saúde mental no SUS
Programa de saúde mental no SUSPrograma de saúde mental no SUS
Programa de saúde mental no SUS
 
Reforma Psiquiatrica
Reforma PsiquiatricaReforma Psiquiatrica
Reforma Psiquiatrica
 
Tópicos abordagem paciente saúde mental
Tópicos abordagem paciente saúde mentalTópicos abordagem paciente saúde mental
Tópicos abordagem paciente saúde mental
 
Psicologia aula 4 resumo aulas 1 2-3
Psicologia aula 4 resumo aulas 1 2-3Psicologia aula 4 resumo aulas 1 2-3
Psicologia aula 4 resumo aulas 1 2-3
 
História da Luta Antimanicomial: recortes e contextualização
História da Luta Antimanicomial: recortes e contextualizaçãoHistória da Luta Antimanicomial: recortes e contextualização
História da Luta Antimanicomial: recortes e contextualização
 
Apresentação do caps
Apresentação do capsApresentação do caps
Apresentação do caps
 
História da psiquiatria aula 1
História da psiquiatria   aula 1História da psiquiatria   aula 1
História da psiquiatria aula 1
 
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e PsiquiatriaO papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
O papel do enfermeiro em Saúde Mental e Psiquiatria
 
Como cuidar da minha saúde mental?
Como cuidar da minha saúde mental?Como cuidar da minha saúde mental?
Como cuidar da minha saúde mental?
 
Saúde mental no sus
Saúde mental no susSaúde mental no sus
Saúde mental no sus
 
Transtornos do humor
Transtornos do humorTranstornos do humor
Transtornos do humor
 
História e reforma psiquiátrica parte 1
História e reforma psiquiátrica parte 1História e reforma psiquiátrica parte 1
História e reforma psiquiátrica parte 1
 
Aula saude do idoso
Aula saude do idosoAula saude do idoso
Aula saude do idoso
 

Destaque (7)

Politica de ad
Politica de adPolitica de ad
Politica de ad
 
Pauta Saude
Pauta SaudePauta Saude
Pauta Saude
 
Reforma Psiquiátrica no Brasil
Reforma Psiquiátrica no BrasilReforma Psiquiátrica no Brasil
Reforma Psiquiátrica no Brasil
 
História e histórias de loucura
História e histórias de loucuraHistória e histórias de loucura
História e histórias de loucura
 
A história da loucura - foucault
A história da loucura  - foucaultA história da loucura  - foucault
A história da loucura - foucault
 
Aula reforma psiquiátrica
Aula reforma psiquiátricaAula reforma psiquiátrica
Aula reforma psiquiátrica
 
A história da loucura
A história da loucuraA história da loucura
A história da loucura
 

Semelhante a Saúde mental

enfermagempsiquiatrica-160804165253.pdf
enfermagempsiquiatrica-160804165253.pdfenfermagempsiquiatrica-160804165253.pdf
enfermagempsiquiatrica-160804165253.pdf
GlendaRegoSoares1
 
Cartilha de orientação em saúde mental
Cartilha de orientação em saúde mentalCartilha de orientação em saúde mental
Cartilha de orientação em saúde mental
Pedro Henrique
 
Aula saúde mental I e II
Aula   saúde mental I e II Aula   saúde mental I e II
Aula saúde mental I e II
DaianeCampos19
 
Texto 3 ação psicológica em saúde mental
Texto 3 ação psicológica em saúde mentalTexto 3 ação psicológica em saúde mental
Texto 3 ação psicológica em saúde mental
Psicologia_2015
 
Cartilha saude mental
Cartilha saude mentalCartilha saude mental
Cartilha saude mental
karol_ribeiro
 
JaneiroBranco.pptx cuidados com a saude mental
JaneiroBranco.pptx cuidados com a saude mentalJaneiroBranco.pptx cuidados com a saude mental
JaneiroBranco.pptx cuidados com a saude mental
LedianeDias
 
V18n1 07redução de danos
V18n1 07redução de danosV18n1 07redução de danos
V18n1 07redução de danos
venanciom
 

Semelhante a Saúde mental (20)

saúde mental e CAPS sua epistemologia e funcionamento
saúde mental e CAPS sua epistemologia e funcionamentosaúde mental e CAPS sua epistemologia e funcionamento
saúde mental e CAPS sua epistemologia e funcionamento
 
enfermagempsiquiatrica-160804165253.pdf
enfermagempsiquiatrica-160804165253.pdfenfermagempsiquiatrica-160804165253.pdf
enfermagempsiquiatrica-160804165253.pdf
 
Medicalização: o que ela faz para uma nova abordagem em saúde mental?
Medicalização: o que ela faz para uma nova abordagem em saúde mental?Medicalização: o que ela faz para uma nova abordagem em saúde mental?
Medicalização: o que ela faz para uma nova abordagem em saúde mental?
 
AULA 1 SAUDE MENTAL.pptx
AULA 1 SAUDE MENTAL.pptxAULA 1 SAUDE MENTAL.pptx
AULA 1 SAUDE MENTAL.pptx
 
Cartilha de orientação em saúde mental
Cartilha de orientação em saúde mentalCartilha de orientação em saúde mental
Cartilha de orientação em saúde mental
 
Saúde Mental no seu Contexto Geral tesouro o1.pptx
Saúde Mental no seu Contexto Geral tesouro o1.pptxSaúde Mental no seu Contexto Geral tesouro o1.pptx
Saúde Mental no seu Contexto Geral tesouro o1.pptx
 
Aula saúde mental I e II
Aula   saúde mental I e II Aula   saúde mental I e II
Aula saúde mental I e II
 
Texto 3 ação psicológica em saúde mental
Texto 3 ação psicológica em saúde mentalTexto 3 ação psicológica em saúde mental
Texto 3 ação psicológica em saúde mental
 
04 PROSAD_Saúde mental do adolescente (1).pptx
04 PROSAD_Saúde mental do adolescente (1).pptx04 PROSAD_Saúde mental do adolescente (1).pptx
04 PROSAD_Saúde mental do adolescente (1).pptx
 
saude mental Trabalho 01,02,2023.pptx
saude mental Trabalho 01,02,2023.pptxsaude mental Trabalho 01,02,2023.pptx
saude mental Trabalho 01,02,2023.pptx
 
Resumo prova 1º bimestre
Resumo prova 1º bimestreResumo prova 1º bimestre
Resumo prova 1º bimestre
 
O sentido do cuidar para familiares de pessoas com transtorno mental: um estu...
O sentido do cuidar para familiares de pessoas com transtorno mental: um estu...O sentido do cuidar para familiares de pessoas com transtorno mental: um estu...
O sentido do cuidar para familiares de pessoas com transtorno mental: um estu...
 
Cartilha saude mental
Cartilha saude mentalCartilha saude mental
Cartilha saude mental
 
C4916edb248964f8c9888b9b35b61d25 04
C4916edb248964f8c9888b9b35b61d25  04C4916edb248964f8c9888b9b35b61d25  04
C4916edb248964f8c9888b9b35b61d25 04
 
apresentação saude mental.pptx
apresentação saude mental.pptxapresentação saude mental.pptx
apresentação saude mental.pptx
 
Saúde mental no sus (1)
Saúde mental no sus (1)Saúde mental no sus (1)
Saúde mental no sus (1)
 
JaneiroBranco.pptx cuidados com a saude mental
JaneiroBranco.pptx cuidados com a saude mentalJaneiroBranco.pptx cuidados com a saude mental
JaneiroBranco.pptx cuidados com a saude mental
 
Corpo e Mente
Corpo e MenteCorpo e Mente
Corpo e Mente
 
Jornal CEASA PARA A VIDA -Edição 2
Jornal CEASA PARA A VIDA -Edição 2Jornal CEASA PARA A VIDA -Edição 2
Jornal CEASA PARA A VIDA -Edição 2
 
V18n1 07redução de danos
V18n1 07redução de danosV18n1 07redução de danos
V18n1 07redução de danos
 

Mais de Alinebrauna Brauna (20)

Pnab
PnabPnab
Pnab
 
Orientacoes coleta analise_dados_antropometricos
Orientacoes coleta analise_dados_antropometricosOrientacoes coleta analise_dados_antropometricos
Orientacoes coleta analise_dados_antropometricos
 
Livro completo senad5
Livro completo senad5Livro completo senad5
Livro completo senad5
 
Radis 131 web
Radis 131 webRadis 131 web
Radis 131 web
 
Copia de radis_129_23maio2013
Copia de radis_129_23maio2013Copia de radis_129_23maio2013
Copia de radis_129_23maio2013
 
O que são conferências 21.05.2012
O que são conferências 21.05.2012O que são conferências 21.05.2012
O que são conferências 21.05.2012
 
Pmaq
PmaqPmaq
Pmaq
 
Pmaq
PmaqPmaq
Pmaq
 
Violência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentesViolência sexual contra crianças e adolescentes
Violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Todo sentimento
Todo sentimentoTodo sentimento
Todo sentimento
 
Suas os desafios da assistencia social
Suas   os desafios da assistencia socialSuas   os desafios da assistencia social
Suas os desafios da assistencia social
 
Slides infanto completo
Slides infanto completoSlides infanto completo
Slides infanto completo
 
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociais
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociaisO papel do cuidador e seus aspectos psicossociais
O papel do cuidador e seus aspectos psicossociais
 
Mpcda
MpcdaMpcda
Mpcda
 
Histórico sobre o eca
Histórico sobre o ecaHistórico sobre o eca
Histórico sobre o eca
 
Perguntas e-respostas-crack
Perguntas e-respostas-crackPerguntas e-respostas-crack
Perguntas e-respostas-crack
 
Palestra álcool
Palestra álcoolPalestra álcool
Palestra álcool
 
O que é violência sexual
O que é violência sexualO que é violência sexual
O que é violência sexual
 
Manual prevencao suicidio_saude_mental
Manual prevencao suicidio_saude_mentalManual prevencao suicidio_saude_mental
Manual prevencao suicidio_saude_mental
 
Lei maria da penha
Lei maria da penhaLei maria da penha
Lei maria da penha
 

Saúde mental

  • 1. O que é a Reforma Psiquiátrica?  É a ampla mudança do atendimento público em Saúde Mental, garantindo o acesso da população aos serviços e o respeito a seus direitos e liberdade. É amparada pela Lei Nº 10.216/2001, conquista de uma luta social que durou 12 anos. Significa a mudança do modelo de tratamento: no lugar do isolamento, o convivio na familia e na comunidade. O atendimento é feito no CAPS – Centro de Atenção Psicossocial, Residências Terapêuticas, Ambulátórios, Hospitais Gerais, Centros de Convivencia. As internações, quando necessárias, são feitas em hospitais gerais ou nos CAPS/24horas.
  • 2. O que são Transtornos Mentais?  São alterações do funcionamento da mente que prejudicam o desempenho da pessoa na vida familiar, na vida social, na vida pessoal, no trabalho, nos estudos, na compreensão de si e dos outros, na possibilidade de autocrítica, na tolerância aos problemas e na possibilidade de ter prazer na vida em geral. Isto significa que os transtornos mentais não deixam nenhum aspecto da condição humana intocado.
  • 3. Dados Importantes  3% da população geral sofre com transtornos mentais severos e persistentes;  Mais que 6% da população apresenta transtornos psquiátricos decorrentes do uso de Álcool e outras drogas.  12% da população necessita de algum atendimento em saúde mental, seja ele contínuo ou eventual.  2,3% do orçamento anual do SUS vai para a Saúde Mental
  • 4. Transtornos Mentais: Desafiando os Preconceitos  Durante séculos as pessoas com sofrimento mental foram afastadas do resto da sociedade, algumas vezes encarcerados, em condições precárias, sem direito a se manifestar na condução de suas vidas. Hoje em dia, as atitudes negativas os afastam da sociedade de maneiras mais sutis, mas com a mesma efetividade.
  • 5. Direitos de Cidadão  É preciso que pessoas com transtornos mentais sejam reconhecidas como seres integrais, dignos, com direito à liberdade, à integridade física e moral, à reabilitação para o trabalho e à qualidade de vida. Para alcançar esses objetivos, devemos trabalhar em conjunto e diminuir o preconceito por parte dos profissionais de saúde, das famílias e das comunidade. Afinal, aceitar e tratar com respeito e afeto o portador de transtorno mental é o melhor caminho para sua reabilitação e para o fortalecimento de sua cidadania.
  • 6. Direitos de Cidadão  É preciso que pessoas com transtornos mentais sejam reconhecidas como seres integrais, dignos, com direito à liberdade, à integridade física e moral, à reabilitação para o trabalho e à qualidade de vida. Para alcançar esses objetivos, devemos trabalhar em conjunto e diminuir o preconceito por parte dos profissionais de saúde, das famílias e das comunidade. Afinal, aceitar e tratar com respeito e afeto o portador de transtorno mental é o melhor caminho para sua reabilitação e para o fortalecimento de sua cidadania.