SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
2
31
DIAL9_CBP©PortoEditora
Redigir… vários tipos de texto 3
O texto argumentativo procura persuadir o recetor de uma determinada opinião, refutá-la
ou debater um tema. Para tal, o emissor assume uma posição, apresentando argumentos
que permitam justificá-la. O recurso a exemplos ou citações poderá permitir fortalecer os
argumentos. Os conectores discursivos (página 315 do manual) são utilizados para articular as
partes do texto.
Relembra a estrutura do texto argumentativo:
Apresenta o tema.
Adota uma perspetiva – a favor ou contra.
Aponta argumentos que a apoiem
(prevendo, eventualmente, contra-argumentos).
Indica factos, provas ou exemplos que confirmem os teus argumentos.
Reforça a tua posição, apresentando uma opinião geral.
Vamos construir um texto argumentativo.
Introdução
Desenvolvimento
Conclusão
Atualmente, vários são os apelos a que cada indivíduo, no dia a dia, se responsabilize
pelas consequências dos seus atos no meio ambiente.
Escreve um texto correto e bem estruturado, adequado a um jornal escolar, com um
mínimo de 180 e um máximo de 240 palavras, em que expresses a tua opinião
acerca da responsabilidade de cada cidadão na preservação da Terra, apelando a
uma alteração de comportamentos.
Exame Nacional de Língua Portuguesa, 9.º ano, 1.ª chamada, 2009
Planificação
Cria um esquema, distribuindo a informação pelas partes do texto.
Tema
Responsabilidade de cada cidadão na preservação da Terra
• A importância do
envolvimento individual
napreservaçãodaTerra.
• Opinião favorável.
• Que podemos fazer
individualmente?
- 3 R
• Apelo à alteração de
comportamentos.
• Poluição.
• Aquecimento global e
alterações climáticas.
• Necessidade de preservar
espécies animais e vegetais.
Introdução ConclusãoDesenvolvimento
3. Texto argumentativo
2 Diálogos, 9.º ano ­– Chegar a bom porto…
32
ATerraéumplanetacadavezmaisameaçado,sendo,muitasvezes,oserhumanoo
responsável pela sua destruição. Por isso mesmo, na minha opinião, a sua preservação
dependedecadaumdenós.
Com efeito, o ser humano é responsável pela degradação do planeta, quando,
porexemplo,utilizatransportespoluentes,nãocolocaolixonoslocaisapropriados,usa
recursos em excesso, destrói os habitats de animais e plantas na ânsia de construir
mais habitações, mais lojas, mais fábricas... Estas ações têm que ser suspensas ou
minimizadas,poisconduzemaoaquecimentoglobale,consequentemente,aalterações
climáticas. Aliás, vários cientistas procuram uma relação entre estas e o aumento do
número de fenómenos meteorológicos extremos, como furacões, inundações, secas
extremas,maremotos…Alémdisso,apoluiçãoprovocaamortedeinúmerasespécies
animaisevegetais,destruindoadiversidadedonossoplanetadeformairreversível.
Há quem diga que estes problemas não se resolvem com atitudes individuais, que
têmdeserosgovernosaencontrarsoluções.Noentanto,todospodemosajudaradimi-
nuí-los.Sãoaspequenasgotasqueformamooceano,istoé,cadaumdosnossosgestos
podecontribuirparaamudança.
Em suma, não podemos acabar com a poluição em todo o planeta, mas podemos
mudaranossaescola,anossacidade!Tutambémpodesajudar:reduzosprodutosque
utilizas,reutiliza-os,recicla-os.Fazatuaparte:nãopoluas,protegeoambiente!
(232 palavras)
DIAL9_CBP©PortoEditora
3
Redação e revisão
Escreve o teu texto:
– indica o teu ponto de vista através de expressões como: considero que, na minha opi-
nião, acho que, a meu ver…
– utiliza conectores para organizar o discurso: para apresentar os teus argumentos – por-
que, visto que, pois; para introduzir exemplos e explicações – isto é, ou seja, por exem-
plo, como, é o caso de, como se pode ver; para concluir – em suma; etc.
– no final, conta o número de palavras e amplia ou reduz o texto, se necessário.
IntroduçãoDesenvolvimentoConclusão
Relê o texto e confirma, com uma X, se respeitaste os pontos abaixo.
(1)
(2)
(2)
(3)
(1) Perspetiva
adotada.
(2) Exemplos
(3) Antecipação
de um contra­
‑argumento
Apresentei o tema.
Adotei uma perspetiva – a favor ou contra.
Indiquei argumentos.
Forneci dados / exemplos.
Utilizei os articuladores adequados.
Respeitei o número de palavras exigido.
Propostas de outros temas para a redação de textos argumentativos
1.	Alguns animais são mantidos em cativeiro em jardins zoológicos, em parques temáticos
ou em circos. Concordas com esta situação?
2.	A obesidade infantil e juvenil é um grave problema. Pensas que a venda de alimentos
ricos em açúcar e gordura devia ser totalmente proibida nas escolas?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaEstrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Vanda Sousa
 
Oração subordinada adjetiva relativa
Oração subordinada adjetiva relativaOração subordinada adjetiva relativa
Oração subordinada adjetiva relativa
António Fernandes
 
Texto dramático - características
Texto dramático - característicasTexto dramático - características
Texto dramático - características
Lurdes Augusto
 
Estrutura do texto argumentativo
Estrutura do texto argumentativoEstrutura do texto argumentativo
Estrutura do texto argumentativo
7 de Setembro
 
Análise do episódio "Consílio dos deuses"
Análise do episódio "Consílio dos deuses"Análise do episódio "Consílio dos deuses"
Análise do episódio "Consílio dos deuses"
Inês Moreira
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas
Lurdes Augusto
 

Mais procurados (20)

Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação CríticaEstrutura do Texto de Apreciação Crítica
Estrutura do Texto de Apreciação Crítica
 
Texto de opinião
Texto de opiniãoTexto de opinião
Texto de opinião
 
Recursos expressivos
Recursos expressivosRecursos expressivos
Recursos expressivos
 
O Texto Expositivo
O Texto ExpositivoO Texto Expositivo
O Texto Expositivo
 
Textos de opinião
Textos de opiniãoTextos de opinião
Textos de opinião
 
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
Ficha formativa_ Recursos Expressivos (I)
 
Quantificadores
QuantificadoresQuantificadores
Quantificadores
 
Autopsicografia e Isto
Autopsicografia e IstoAutopsicografia e Isto
Autopsicografia e Isto
 
Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
 
Conetores
ConetoresConetores
Conetores
 
Oração subordinada adjetiva relativa
Oração subordinada adjetiva relativaOração subordinada adjetiva relativa
Oração subordinada adjetiva relativa
 
Sebastianismo - Frei Luís de Sousa
Sebastianismo - Frei Luís de SousaSebastianismo - Frei Luís de Sousa
Sebastianismo - Frei Luís de Sousa
 
Texto dramático - características
Texto dramático - característicasTexto dramático - características
Texto dramático - características
 
Estrutura do texto argumentativo
Estrutura do texto argumentativoEstrutura do texto argumentativo
Estrutura do texto argumentativo
 
Análise do episódio "Consílio dos deuses"
Análise do episódio "Consílio dos deuses"Análise do episódio "Consílio dos deuses"
Análise do episódio "Consílio dos deuses"
 
Oracoes subordinadas
Oracoes subordinadasOracoes subordinadas
Oracoes subordinadas
 
Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas Análise de Os Lusíadas
Análise de Os Lusíadas
 
Crónica de D. João I de Fernão Lopes
Crónica de D. João I de Fernão LopesCrónica de D. João I de Fernão Lopes
Crónica de D. João I de Fernão Lopes
 
Sebastianismo: Os Lusíadas & Mensagem
Sebastianismo: Os Lusíadas & MensagemSebastianismo: Os Lusíadas & Mensagem
Sebastianismo: Os Lusíadas & Mensagem
 
Texto Argumentativo
Texto Argumentativo Texto Argumentativo
Texto Argumentativo
 

Semelhante a Texto argumentativo exemplo

Ficha de trabalho floresta virgem
Ficha de trabalho floresta virgemFicha de trabalho floresta virgem
Ficha de trabalho floresta virgem
Helena Cordeiro
 
Mudanças climáticas_-_fórum (1)
 Mudanças climáticas_-_fórum (1) Mudanças climáticas_-_fórum (1)
Mudanças climáticas_-_fórum (1)
santaritadf
 
Apostila de educação ambiental
Apostila  de  educação ambiental Apostila  de  educação ambiental
Apostila de educação ambiental
danieladod
 
Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.
Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.
Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.
v4hp2q4ph4
 

Semelhante a Texto argumentativo exemplo (20)

dial9bp_pg31_32.pdf
dial9bp_pg31_32.pdfdial9bp_pg31_32.pdf
dial9bp_pg31_32.pdf
 
dial9bp_pg31_32.pdf
dial9bp_pg31_32.pdfdial9bp_pg31_32.pdf
dial9bp_pg31_32.pdf
 
dial9bp_pg31_32.pdf
dial9bp_pg31_32.pdfdial9bp_pg31_32.pdf
dial9bp_pg31_32.pdf
 
Ficha informativa textoargumentativo
Ficha informativa textoargumentativoFicha informativa textoargumentativo
Ficha informativa textoargumentativo
 
texto 5 de Junho.docx
texto 5 de Junho.docxtexto 5 de Junho.docx
texto 5 de Junho.docx
 
Ficha de trabalho floresta virgem
Ficha de trabalho floresta virgemFicha de trabalho floresta virgem
Ficha de trabalho floresta virgem
 
Mudanças climáticas_-_fórum (1)
 Mudanças climáticas_-_fórum (1) Mudanças climáticas_-_fórum (1)
Mudanças climáticas_-_fórum (1)
 
Apostila de educação ambiental
Apostila  de  educação ambiental Apostila  de  educação ambiental
Apostila de educação ambiental
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Grupo maguas
Grupo maguasGrupo maguas
Grupo maguas
 
Trabalho..
Trabalho..Trabalho..
Trabalho..
 
especialidade Reciclagem.pptx
especialidade Reciclagem.pptxespecialidade Reciclagem.pptx
especialidade Reciclagem.pptx
 
Texto resumo
Texto resumoTexto resumo
Texto resumo
 
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptxDesenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
Desenvolvimento (in)sustentavel 2024 pptx
 
52 gestos para biodiversidade.pdf
52 gestos para biodiversidade.pdf52 gestos para biodiversidade.pdf
52 gestos para biodiversidade.pdf
 
Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.
Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.
Aula numero 1 - A Sustentabilidade. Definições.
 
Jornal inteiro
Jornal inteiroJornal inteiro
Jornal inteiro
 
Poluição
PoluiçãoPoluição
Poluição
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
52 gestos para a Biodiversidade
52 gestos para a Biodiversidade52 gestos para a Biodiversidade
52 gestos para a Biodiversidade
 

Mais de FJDOliveira (20)

aepal12_as_03.pptx
aepal12_as_03.pptxaepal12_as_03.pptx
aepal12_as_03.pptx
 
Tabelas_CCT_08_10_2021.pdf
Tabelas_CCT_08_10_2021.pdfTabelas_CCT_08_10_2021.pdf
Tabelas_CCT_08_10_2021.pdf
 
EX-Port639-F1-2023-V1.pdf
EX-Port639-F1-2023-V1.pdfEX-Port639-F1-2023-V1.pdf
EX-Port639-F1-2023-V1.pdf
 
EX-Port639-F1-2023-V2.pdf
EX-Port639-F1-2023-V2.pdfEX-Port639-F1-2023-V2.pdf
EX-Port639-F1-2023-V2.pdf
 
EX-Port639-F1-2023-CC-VD_net.pdf
EX-Port639-F1-2023-CC-VD_net.pdfEX-Port639-F1-2023-CC-VD_net.pdf
EX-Port639-F1-2023-CC-VD_net.pdf
 
Retoma_Educacao_Literaria_10_11_12.pdf
Retoma_Educacao_Literaria_10_11_12.pdfRetoma_Educacao_Literaria_10_11_12.pdf
Retoma_Educacao_Literaria_10_11_12.pdf
 
IP-EX-Port639-2023-2.pdf
IP-EX-Port639-2023-2.pdfIP-EX-Port639-2023-2.pdf
IP-EX-Port639-2023-2.pdf
 
Apoio12_EN_G_II.pdf
Apoio12_EN_G_II.pdfApoio12_EN_G_II.pdf
Apoio12_EN_G_II.pdf
 
Intertextualidade_Sintese1.pdf
Intertextualidade_Sintese1.pdfIntertextualidade_Sintese1.pdf
Intertextualidade_Sintese1.pdf
 
DICAS_EN_PORT12.pdf
DICAS_EN_PORT12.pdfDICAS_EN_PORT12.pdf
DICAS_EN_PORT12.pdf
 
Conteudos_EN_PORT12_GI_III_2013_2022.pdf
Conteudos_EN_PORT12_GI_III_2013_2022.pdfConteudos_EN_PORT12_GI_III_2013_2022.pdf
Conteudos_EN_PORT12_GI_III_2013_2022.pdf
 
doc_ef_57.pdf
doc_ef_57.pdfdoc_ef_57.pdf
doc_ef_57.pdf
 
doc_ef_41.pdf
doc_ef_41.pdfdoc_ef_41.pdf
doc_ef_41.pdf
 
doc_ef_13.pdf
doc_ef_13.pdfdoc_ef_13.pdf
doc_ef_13.pdf
 
doc_ef_42.pdf
doc_ef_42.pdfdoc_ef_42.pdf
doc_ef_42.pdf
 
doc_ef_43.pdf
doc_ef_43.pdfdoc_ef_43.pdf
doc_ef_43.pdf
 
Teste3
Teste3Teste3
Teste3
 
Teste2
Teste2Teste2
Teste2
 
Teste1
Teste1Teste1
Teste1
 
Os Maias
Os MaiasOs Maias
Os Maias
 

Último

atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 

Último (20)

APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 

Texto argumentativo exemplo

  • 1. 2 31 DIAL9_CBP©PortoEditora Redigir… vários tipos de texto 3 O texto argumentativo procura persuadir o recetor de uma determinada opinião, refutá-la ou debater um tema. Para tal, o emissor assume uma posição, apresentando argumentos que permitam justificá-la. O recurso a exemplos ou citações poderá permitir fortalecer os argumentos. Os conectores discursivos (página 315 do manual) são utilizados para articular as partes do texto. Relembra a estrutura do texto argumentativo: Apresenta o tema. Adota uma perspetiva – a favor ou contra. Aponta argumentos que a apoiem (prevendo, eventualmente, contra-argumentos). Indica factos, provas ou exemplos que confirmem os teus argumentos. Reforça a tua posição, apresentando uma opinião geral. Vamos construir um texto argumentativo. Introdução Desenvolvimento Conclusão Atualmente, vários são os apelos a que cada indivíduo, no dia a dia, se responsabilize pelas consequências dos seus atos no meio ambiente. Escreve um texto correto e bem estruturado, adequado a um jornal escolar, com um mínimo de 180 e um máximo de 240 palavras, em que expresses a tua opinião acerca da responsabilidade de cada cidadão na preservação da Terra, apelando a uma alteração de comportamentos. Exame Nacional de Língua Portuguesa, 9.º ano, 1.ª chamada, 2009 Planificação Cria um esquema, distribuindo a informação pelas partes do texto. Tema Responsabilidade de cada cidadão na preservação da Terra • A importância do envolvimento individual napreservaçãodaTerra. • Opinião favorável. • Que podemos fazer individualmente? - 3 R • Apelo à alteração de comportamentos. • Poluição. • Aquecimento global e alterações climáticas. • Necessidade de preservar espécies animais e vegetais. Introdução ConclusãoDesenvolvimento 3. Texto argumentativo
  • 2. 2 Diálogos, 9.º ano ­– Chegar a bom porto… 32 ATerraéumplanetacadavezmaisameaçado,sendo,muitasvezes,oserhumanoo responsável pela sua destruição. Por isso mesmo, na minha opinião, a sua preservação dependedecadaumdenós. Com efeito, o ser humano é responsável pela degradação do planeta, quando, porexemplo,utilizatransportespoluentes,nãocolocaolixonoslocaisapropriados,usa recursos em excesso, destrói os habitats de animais e plantas na ânsia de construir mais habitações, mais lojas, mais fábricas... Estas ações têm que ser suspensas ou minimizadas,poisconduzemaoaquecimentoglobale,consequentemente,aalterações climáticas. Aliás, vários cientistas procuram uma relação entre estas e o aumento do número de fenómenos meteorológicos extremos, como furacões, inundações, secas extremas,maremotos…Alémdisso,apoluiçãoprovocaamortedeinúmerasespécies animaisevegetais,destruindoadiversidadedonossoplanetadeformairreversível. Há quem diga que estes problemas não se resolvem com atitudes individuais, que têmdeserosgovernosaencontrarsoluções.Noentanto,todospodemosajudaradimi- nuí-los.Sãoaspequenasgotasqueformamooceano,istoé,cadaumdosnossosgestos podecontribuirparaamudança. Em suma, não podemos acabar com a poluição em todo o planeta, mas podemos mudaranossaescola,anossacidade!Tutambémpodesajudar:reduzosprodutosque utilizas,reutiliza-os,recicla-os.Fazatuaparte:nãopoluas,protegeoambiente! (232 palavras) DIAL9_CBP©PortoEditora 3 Redação e revisão Escreve o teu texto: – indica o teu ponto de vista através de expressões como: considero que, na minha opi- nião, acho que, a meu ver… – utiliza conectores para organizar o discurso: para apresentar os teus argumentos – por- que, visto que, pois; para introduzir exemplos e explicações – isto é, ou seja, por exem- plo, como, é o caso de, como se pode ver; para concluir – em suma; etc. – no final, conta o número de palavras e amplia ou reduz o texto, se necessário. IntroduçãoDesenvolvimentoConclusão Relê o texto e confirma, com uma X, se respeitaste os pontos abaixo. (1) (2) (2) (3) (1) Perspetiva adotada. (2) Exemplos (3) Antecipação de um contra­ ‑argumento Apresentei o tema. Adotei uma perspetiva – a favor ou contra. Indiquei argumentos. Forneci dados / exemplos. Utilizei os articuladores adequados. Respeitei o número de palavras exigido. Propostas de outros temas para a redação de textos argumentativos 1. Alguns animais são mantidos em cativeiro em jardins zoológicos, em parques temáticos ou em circos. Concordas com esta situação? 2. A obesidade infantil e juvenil é um grave problema. Pensas que a venda de alimentos ricos em açúcar e gordura devia ser totalmente proibida nas escolas?