SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 48
LUAN GABRIEL DINIZ DA COSTA
MANEJO DOS MASTIGADORES DA SOJA
2
•Principais insetos-pragas mastigadores;
•Época de ocorrência e relação do ciclo e do clima;
•Danos à cultura;
•Monitoramento e níveis de controle;
•Manejo integrado de pragas;
•Resistências.
SUMÁRIO
3
O QUE É UM INSETO-PRAGA MASTIGADOR?
4
•Mandíbulas especializadas em raspar, cortar,
triturar e perfurar o tecido vegetal;
•Aparelho bucal mastigador das lagartas é
durante a fase larval.
O QUE É UM INSETO-PRAGA MASTIGADOR?
Fonte: Slideplayer, 2023.
1 Lábio superior
1 Epifaringe
2 Mandíbulas
2 Maxilas
1 Lábio inferior
1 Hipofaringe
Aparelho Bucal Mastigador
Fonte: Maneje Bem, 2023. Fonte: Aegro, 2023.
5
PRINCIPAIS INSETOS-PRAGAS MASTIGADORES
6
INSETO-PRAGA MASTIGADOR
Fonte:
Uniagro,
2023.
Período de alerta
Período de colonização
Insetos saindo
da
hibernação
Pico
populacional
Fonte: Maneje Bem, 2023.
7
•Tem seu corpo curvado em formato da letra “C”;
•Se alimentam das raízes e dos nódulos fixadores de
nitrogênio;
•Reduz a absorção de água e nutrientes.
CORÓ DA SOJA (Phyllophaga cuyabana)
tonalidade branca
cabeça e pernas
marrom
Fonte: Agrobaseapp, 2023.
Fonte: Maneje Bem, 2023.
8
CORÓ DA SOJA (Phyllophaga cuyabana)
9
•Ciclo de 130 dias;
•Uma geração por ano;
•O primeiro instar larval ocorre de novembro a janeiro;
•Praga de hábito noturno, horário que praticam o acasalamento;
•Ciclo completo no interior do solo.
CORÓ DA SOJA (Phyllophaga cuyabana)
Ciclo:
Controle:
•Monitoramento pré-plantio;
•Preparo adequado do solo;
•Tratamento de sementes;
•Armadilha luminosa;
•Uso de biológicos como: Beauveria bassiana e Metarhizium anisopliae.
10
CORÓS (Phyllophaga cuyabana)
Produtos:
11
CORÓS (Phyllophaga cuyabana)
Fonte: Agroimport, 2023. Fonte: Agrofy, 2023.
imidacloprido
(neonicotinóide)
Inseticida
Sistêmico
clorantraniliprole
(antranilamida)
Inseticida de
contato
12
•As larvas se desenvolvem no solo;
•Os adultos se alimentam das folhas, vagens e
flores;
•As larvas fazem galeria nas hastes das
plântulas, causando sua morte.
VAQUINHA VERDE-AMARELA (Diabrotica speciosa)
Fonte: Jaquezattera, 2023.
coloração verde com
manchas amarelas
13
VAQUINHA VERDE-AMARELA (Diabrotica speciosa)
Fonte: Elevagro, 2023. Fonte: Elevagro, 2023.
Larva -alfinete
14
•O ciclo de vida completo dura de 2 a 3 meses;
•Fêmea deposita no solo cerca de 30 ovos;
•A fase larval dura 18 dias;
•Tem 3 estádios larvais;
•Esse processo acontece no solo.
VAQUINHA VERDE-AMARELA (Diabrotica speciosa)
Ciclo:
Controle:
•Tratamento de sementes;
•Beauveria bassiana e Metarhizium anisopliae são
inimigos naturais;
•Pode se utilizar armadilhas para o controle;
•inseticidas pulverizados no sulco do plantio.
15
VAQUINHA VERDE-AMARELA (Diabrotica speciosa)
Fonte: Coleagro, 2023.
Produtos:
16
VAQUINHA VERDE-AMARELA (Diabrotica speciosa)
Fonte:
Nortox,
2023.
Acefato
(organofosforado)
Inseticida de
contato
Fipronil (pirazol)
Inseticida de
contato
Fonte:
Nortox,
2023.
17
•Principal desfolhadora da soja no Brasil;
•Fica na face inferior da folha, ramos e caule;
•Hábitos noturnos;
•Atacam na fase vegetativa e na fase reprodutiva.
LAGARTA-DA-SOJA (Anticarsia gemmatalis)
18
LAGARTA-DA-SOJA (Anticarsia gemmatalis)
Fonte: Agropos, 2023. Fonte: Elevagro, 2023.
coloração verde com
uma linha branca
coloração pardo
acizentada
19
LAGARTA-DA-SOJA (Anticarsia gemmatalis)
Ciclo:
•O ciclo biológico é de 30 dias;
•Apresentam 5 estádios larvais;
•O ciclo da larva dura de 12 a 14 dias;
•Em baixas temperaturas se apresentam
em maior população.
Fonte: Grosa, 2023.
20
LAGARTA-DA-SOJA (Anticarsia gemmatalis)
Controle:
•Inseticidas como: organofosforados, piretroides e
reguladores de crescimento;
•Essa espécie é controlada por meio da proteína Cry1Ac;
•Inimigos Naturais: Calosoma spp, Lebia spp, Podisus spp.
Fonte: Oregon, 2023.
Podisus spp
21
LAGARTA HELICOVERPA (Helicoverpa armigera)
•Lagarta exótica no Brasil;
•Se alimentam da parte aérea da planta;
•Em destaque a estrutura reprodutiva nas fases finais do desenvolvimento;
•Grande proliferação na lavoura;
•Causam cerca de 30% de danos na cultura.
22
LAGARTA HELICOVERPA (Helicoverpa armigera)
Fonte: Confap, 2017.
Fonte: Agron, 2021.
Fonte: Ciorganicos, 2014.
protuberâncias com pelos pelos brancos
•Alta fecundidade;
•Deposita de 2.000 a 3.000 ovos;
•A larva tem uma diversa gama de
hospedeiros;
•Chegam a ter de 4 a 6 gerações por ano;
•Ciclo de vida dura de 4 a 6 semanas no
verão.
23
LAGARTA HELICOVERPA (Helicoverpa armigera)
Ciclo:
Fonte: Elevagro, 2023.
24
LAGARTA HELICOVERPA (Helicoverpa armigera)
•Inseticidas do grupo químico das diamidas;
•Apresenta resistência a organofosforados, carbamatos, piretroides e outros
inseticidas;
•O controle deve ser realizado já nas larvas de primeiro estágio;
•Adoção da tecnologia Bt;
•Inserção de genes da bactéria Bacillus Thuringiensis.
Controle:
25
LAGARTA HELICOVERPA (Helicoverpa armigera)
Produtos:
Clorantraniliprole
(diamida)
Inseticida
sistêmico Fonte:
Diamaju,
2023.
Lufenurom
(benzoiluréia)
Inseticida de
contato
Fonte:
Norotx,
2023.
26
LAGARTA-DO-CARTUCHO (Spodoptera frugiperda)
•Ataca a planta no estágio larval;
•Alimenta-se da planta em todos os seus estágios de crescimento;
•Consome inicialmente as folhas, passando a consumir as vagens na fase
inicial de formação;
•Tem um hábito canibal.
27
LAGARTA-DO-CARTUCHO (Spodoptera frugiperda)
Fonte: Plantwise, 2023. Fonte: Plantwise, 2023. Fonte: Plantwise, 2023.
28
LAGARTA-DO-CARTUCHO (Spodoptera frugiperda)
•Possui 6 estágios larvais;
•A fêmea pode depositar em média 1.000 ovos;
•O período larval dura 23 dias;
Ciclo:
Fonte: Ourofino, 2023.
29
LAGARTA-DO-CARTUCHO (Spodoptera frugiperda)
•Tratamento de sementes;
•Controle químico com inseticidas;
•Baculovirus spodoptera e Bacillus
thuringiensis são medidas de controle
biológico;
•Rotação de culturas.
Controle:
Fonte: Syngenta, 2023. Fonte: Vogue, 2023.
30
LAGARTA-DO-CARTUCHO (Spodoptera frugiperda)
Produtos:
Bifentrina
(piretróide)
Inseticida de
contato Fonte:
Nortox,
2023.
Metomil
(metilcarbamato de
oxima)
Inseticida de
contato
Fonte:
Nortox,
2023.
•Praga mais abundante da soja no Ocidente;
•Ocorre na soja desde as primeiras folhas, até o enchimento dos
grãos;
•Não se alimenta das nervuras das plantas, deixando um aspecto
rendilhado.
31
LAGARTA FALSA-MEDIDEIRA (Chrysodeixis includens)
32
LAGARTA FALSA-MEDIDEIRA (Chrysodeixis includens)
Fonte: Revista Cultivar, 2023. Fonte: Elevagro, 2023. Fonte: Revista Cultivar, 2023.
se desloca com se tivesse
medindo palmos
aspecto rendilhado
33
LAGARTA FALSA-MEDIDEIRA (Chrysodeixis includens)
Fonte: Myfarm, 2021.
Lagarta-falsa-medideira
Adaptado: Luan Gabriel, 2023
34
LAGARTA FALSA-MEDIDEIRA (Chrysodeixis includens)
•Ciclo larval dura 20 dias;
•Muda de cor de acordo com os estádios
larvais;
•Ciclo completo dura de 27 a 34 dias;
•A fêmea deposita de 300 a 1.000 ovos durante
a vida.
Ciclo:
Fonte: Agrolink, 2023.
35
LAGARTA FALSA-MEDIDEIRA (Chrysodeixis includens)
•A aplicação de inseticida deve ser
realizada a noite;
•Uso de parasitoides como Copidosoma
truncatellum e Campoletis grioti;
•Tecnologia Bt.
Controle:
Fonte: Engelepasini, 2023.
36
LAGARTA FALSA-MEDIDEIRA (Chrysodeixis includens)
Produtos:
Cloridrato de cartape
Bis (tiocarbamato)
Inseticida de contato
Fonte:
Dva,
2023.
Fonte:
Ihara,
2023.
Benzoato de
Emamectina
(avermectina)
Inseticida de contato
37
Tamanduá-da-soja (Sternechus subsignatus)
•Conhecido como bicudo-da-soja;
•Atacam a cultura na fase inicial até a fase final;
•Consome o tecido da planta, quando jovem;
•Na fase adulta, o bicudo raspa as folhas.
Fonte:
Aegro,
2023.
rostro no formato de bico
38
Tamanduá-da-soja (Sternechus subsignatus)
Fonte:
Elevagro,
2023.
Fonte:
Agrogalxy,
2023.
Fonte:
Maissoja,
2023.
39
Tamanduá-da-soja (Sternechus subsignatus)
•Apresenta o ciclo de um ano;
•As larvas hibernam no solo durante o frio;
•Se transforma em pupa e posteriormente no inseto adulto;
•A oviposição dos ovos é feita no anelamento das plantas;
•Os adultos começam a aparecer em novembro.
Ciclo:
•Rotação de culturas com plantas não hospedeiras (milho, sorgo, girassol e
milheto);
•Mecânico, com roçada da soja, antes das larvas entrarem em hibernação no
solo
•Químico com inseticidas;
•Tratamento de sementes.
40
Tamanduá-da-soja (Sternechus subsignatus)
Controle:
41
Tamanduá-da-soja (Sternechus subsignatus)
Produtos:
Acetamiprido
(neonicotinoide)
Inseticida de contato
Fonte:
Nortox,
2023.
Fonte:
Nortox,
2023.
Acefato
(organofosforado)
Inseticida de
contato
42
MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS (MIP)
Fonte:
Epmip,
2023.
43
MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS (MIP)
São táticas e estratégias
usadas para controlar
pragas em uma cultura;
Monitoramento e
identificação são pontos
essenciais para o
controle;
Associa o ambiente e a
dinâmica populacional
das pragas;
Controle químico,
biológico, rotação de
cultura, iscas, dentre
outras.
44
RESISTÊNCIA A INSETICIDAS
Como acontece a resistência?
45
RESISTÊNCIA A INSETICIDAS
•Uso contínuo do mesmo produto na área ocorre um processo conhecido por
seleção;
•Falha no controle da praga.
Como acontece a resistência?
46
RESISTÊNCIA A INSETICIDAS
•Uso contínuo do mesmo produto na área ocorre um processo conhecido por
seleção;
•Falha no controle da praga.
Como acontece a resistência?
Como controlar a resistência?
47
RESISTÊNCIA A INSETICIDAS
•Uso contínuo do mesmo produto na área ocorre um processo conhecido por
seleção;
•Falha no controle da praga.
Como acontece a resistência?
•Rotação de inseticidas;
•Dose adequada de produto.
Como controlar a resistência?
Entre em contato conosco:
geagraufg.wordpress.com
geagracontato@gmail.com
GEAGRA UFG
@geagraufg
UNINDO CONHECIMENTO EM PROL DA AGRICULTURA!
MANEJO DOS MASTIGADORES DA SOJA
luancosta@discente.ufg.br

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1) (1).pptx

Manejo de Lagartas e Percevejos no Milho
Manejo de Lagartas e Percevejos no MilhoManejo de Lagartas e Percevejos no Milho
Manejo de Lagartas e Percevejos no MilhoGeagra UFG
 
Cana-de-açúcar - Doenças e Pragas
Cana-de-açúcar - Doenças e PragasCana-de-açúcar - Doenças e Pragas
Cana-de-açúcar - Doenças e PragasSávio Sardinha
 
Manejo de doenças na soja
Manejo de doenças na soja Manejo de doenças na soja
Manejo de doenças na soja Geagra UFG
 
Manejo de doenças no sorgo e milheto
Manejo de doenças no sorgo e milhetoManejo de doenças no sorgo e milheto
Manejo de doenças no sorgo e milhetoGeagra UFG
 
Manejo de plantas daninhas na soja
 Manejo de plantas daninhas na soja Manejo de plantas daninhas na soja
Manejo de plantas daninhas na sojaGeagra UFG
 
Bicudo no Algodoeiro
Bicudo no AlgodoeiroBicudo no Algodoeiro
Bicudo no AlgodoeiroGeagra UFG
 
PRAGAS DAS PLANTAS CULTIVADAS - CITRICULTURA - JOSÉ e TALES.pptx
PRAGAS DAS PLANTAS CULTIVADAS - CITRICULTURA - JOSÉ e TALES.pptxPRAGAS DAS PLANTAS CULTIVADAS - CITRICULTURA - JOSÉ e TALES.pptx
PRAGAS DAS PLANTAS CULTIVADAS - CITRICULTURA - JOSÉ e TALES.pptxJosFranciscoNogueira3
 
MIP NO ALGODÃO
MIP NO ALGODÃOMIP NO ALGODÃO
MIP NO ALGODÃOGeagra UFG
 
NEMATOIDES E ÁCAROS NA SOJA
NEMATOIDES E ÁCAROS NA SOJANEMATOIDES E ÁCAROS NA SOJA
NEMATOIDES E ÁCAROS NA SOJAGeagra UFG
 
Pragas e Doenças do Feijoeiro
Pragas e Doenças do FeijoeiroPragas e Doenças do Feijoeiro
Pragas e Doenças do FeijoeiroKiller Max
 
Percevejo marrom (euschistus heros) na cultura da soja
Percevejo marrom (euschistus heros) na  cultura da sojaPercevejo marrom (euschistus heros) na  cultura da soja
Percevejo marrom (euschistus heros) na cultura da sojaAdrielly Freitas da Silva
 
Biossegurança embrapa 2012_fernando
Biossegurança embrapa 2012_fernandoBiossegurança embrapa 2012_fernando
Biossegurança embrapa 2012_fernandoSofia Iba
 
Trabalho de agroecologia ppx.pptx
Trabalho de agroecologia ppx.pptxTrabalho de agroecologia ppx.pptx
Trabalho de agroecologia ppx.pptxdeniseterceiroano
 
Manejo de Podridão de Colmo, Raiz, Espigas, Grãos ardidos e Helmintosporiose
Manejo de Podridão de Colmo, Raiz, Espigas, Grãos ardidos e HelmintosporioseManejo de Podridão de Colmo, Raiz, Espigas, Grãos ardidos e Helmintosporiose
Manejo de Podridão de Colmo, Raiz, Espigas, Grãos ardidos e HelmintosporioseGeagra UFG
 
Manejo Integrado de Doenças no Arroz
Manejo Integrado de Doenças no ArrozManejo Integrado de Doenças no Arroz
Manejo Integrado de Doenças no ArrozGeagra UFG
 
Percevejo marrom (euschistus heros) na cultura da soja
Percevejo marrom (euschistus heros) na  cultura da sojaPercevejo marrom (euschistus heros) na  cultura da soja
Percevejo marrom (euschistus heros) na cultura da sojaAdrielly Freitas da Silva
 
MANEJO DO BICUDO NO ALGODOEIRO E ALTERNATIVAS DE CONTROLE
MANEJO DO BICUDO NO ALGODOEIRO E ALTERNATIVAS DE CONTROLEMANEJO DO BICUDO NO ALGODOEIRO E ALTERNATIVAS DE CONTROLE
MANEJO DO BICUDO NO ALGODOEIRO E ALTERNATIVAS DE CONTROLEGeagra UFG
 

Semelhante a SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1) (1).pptx (20)

Manejo de Lagartas e Percevejos no Milho
Manejo de Lagartas e Percevejos no MilhoManejo de Lagartas e Percevejos no Milho
Manejo de Lagartas e Percevejos no Milho
 
Cana-de-açúcar - Doenças e Pragas
Cana-de-açúcar - Doenças e PragasCana-de-açúcar - Doenças e Pragas
Cana-de-açúcar - Doenças e Pragas
 
Manejo de doenças na soja
Manejo de doenças na soja Manejo de doenças na soja
Manejo de doenças na soja
 
Manejo de doenças no sorgo e milheto
Manejo de doenças no sorgo e milhetoManejo de doenças no sorgo e milheto
Manejo de doenças no sorgo e milheto
 
Manejo de plantas daninhas na soja
 Manejo de plantas daninhas na soja Manejo de plantas daninhas na soja
Manejo de plantas daninhas na soja
 
Bicudo no Algodoeiro
Bicudo no AlgodoeiroBicudo no Algodoeiro
Bicudo no Algodoeiro
 
Popula+ç+òes e din+émica de popula+ç+òes para floresta
Popula+ç+òes e din+émica de popula+ç+òes para florestaPopula+ç+òes e din+émica de popula+ç+òes para floresta
Popula+ç+òes e din+émica de popula+ç+òes para floresta
 
PRAGAS DAS PLANTAS CULTIVADAS - CITRICULTURA - JOSÉ e TALES.pptx
PRAGAS DAS PLANTAS CULTIVADAS - CITRICULTURA - JOSÉ e TALES.pptxPRAGAS DAS PLANTAS CULTIVADAS - CITRICULTURA - JOSÉ e TALES.pptx
PRAGAS DAS PLANTAS CULTIVADAS - CITRICULTURA - JOSÉ e TALES.pptx
 
MIP NO ALGODÃO
MIP NO ALGODÃOMIP NO ALGODÃO
MIP NO ALGODÃO
 
ID-31376.pdf
ID-31376.pdfID-31376.pdf
ID-31376.pdf
 
NEMATOIDES E ÁCAROS NA SOJA
NEMATOIDES E ÁCAROS NA SOJANEMATOIDES E ÁCAROS NA SOJA
NEMATOIDES E ÁCAROS NA SOJA
 
Pragas e Doenças do Feijoeiro
Pragas e Doenças do FeijoeiroPragas e Doenças do Feijoeiro
Pragas e Doenças do Feijoeiro
 
Percevejo marrom (euschistus heros) na cultura da soja
Percevejo marrom (euschistus heros) na  cultura da sojaPercevejo marrom (euschistus heros) na  cultura da soja
Percevejo marrom (euschistus heros) na cultura da soja
 
Biossegurança embrapa 2012_fernando
Biossegurança embrapa 2012_fernandoBiossegurança embrapa 2012_fernando
Biossegurança embrapa 2012_fernando
 
Trabalho de agroecologia ppx.pptx
Trabalho de agroecologia ppx.pptxTrabalho de agroecologia ppx.pptx
Trabalho de agroecologia ppx.pptx
 
Manejo de Podridão de Colmo, Raiz, Espigas, Grãos ardidos e Helmintosporiose
Manejo de Podridão de Colmo, Raiz, Espigas, Grãos ardidos e HelmintosporioseManejo de Podridão de Colmo, Raiz, Espigas, Grãos ardidos e Helmintosporiose
Manejo de Podridão de Colmo, Raiz, Espigas, Grãos ardidos e Helmintosporiose
 
Manejo Integrado de Doenças no Arroz
Manejo Integrado de Doenças no ArrozManejo Integrado de Doenças no Arroz
Manejo Integrado de Doenças no Arroz
 
Percevejo marrom (euschistus heros) na cultura da soja
Percevejo marrom (euschistus heros) na  cultura da sojaPercevejo marrom (euschistus heros) na  cultura da soja
Percevejo marrom (euschistus heros) na cultura da soja
 
MANEJO DO BICUDO NO ALGODOEIRO E ALTERNATIVAS DE CONTROLE
MANEJO DO BICUDO NO ALGODOEIRO E ALTERNATIVAS DE CONTROLEMANEJO DO BICUDO NO ALGODOEIRO E ALTERNATIVAS DE CONTROLE
MANEJO DO BICUDO NO ALGODOEIRO E ALTERNATIVAS DE CONTROLE
 
MIP DO AÇAÍ
MIP DO AÇAÍMIP DO AÇAÍ
MIP DO AÇAÍ
 

Mais de Geagra UFG

MICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Aline Castro
MICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Aline CastroMICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Aline Castro
MICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Aline CastroGeagra UFG
 
MICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Palestrante: Aline Castro
MICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Palestrante: Aline CastroMICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Palestrante: Aline Castro
MICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Palestrante: Aline CastroGeagra UFG
 
BIOTECNOLOGIA E POSICIONAMENTO DE CULTIVARES
BIOTECNOLOGIA E POSICIONAMENTO DE CULTIVARESBIOTECNOLOGIA E POSICIONAMENTO DE CULTIVARES
BIOTECNOLOGIA E POSICIONAMENTO DE CULTIVARESGeagra UFG
 
MACRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA.pptx
MACRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA.pptxMACRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA.pptx
MACRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA.pptxGeagra UFG
 
Biotecnologias e manejos de cultivares .
Biotecnologias e manejos de cultivares .Biotecnologias e manejos de cultivares .
Biotecnologias e manejos de cultivares .Geagra UFG
 
REGULADORES DE CRESCIMENTO, DESFOLHANTES E MATURADORES.
REGULADORES DE CRESCIMENTO, DESFOLHANTES E MATURADORES.REGULADORES DE CRESCIMENTO, DESFOLHANTES E MATURADORES.
REGULADORES DE CRESCIMENTO, DESFOLHANTES E MATURADORES.Geagra UFG
 
INTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptx
INTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptxINTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptx
INTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptxGeagra UFG
 
Colheita e armazenamento da soja........
Colheita e armazenamento da soja........Colheita e armazenamento da soja........
Colheita e armazenamento da soja........Geagra UFG
 
Manejo de doenças da soja...............
Manejo de doenças da soja...............Manejo de doenças da soja...............
Manejo de doenças da soja...............Geagra UFG
 
Mecanismo de ação de fungicidas.........
Mecanismo de ação de fungicidas.........Mecanismo de ação de fungicidas.........
Mecanismo de ação de fungicidas.........Geagra UFG
 
Mecanismo de ação de inseticidas........
Mecanismo de ação de inseticidas........Mecanismo de ação de inseticidas........
Mecanismo de ação de inseticidas........Geagra UFG
 
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptxSLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptxGeagra UFG
 
Cópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdf
Cópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdfCópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdf
Cópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdfGeagra UFG
 
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptx
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptxMANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptx
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptxGeagra UFG
 
Manejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de sojaManejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de sojaGeagra UFG
 
Tecnologia de aplicação
Tecnologia de aplicaçãoTecnologia de aplicação
Tecnologia de aplicaçãoGeagra UFG
 
Manejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de sojaManejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de sojaGeagra UFG
 
inoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptx
inoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptxinoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptx
inoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptxGeagra UFG
 
Correção do solo e adubação na soja
Correção do solo e adubação na sojaCorreção do solo e adubação na soja
Correção do solo e adubação na sojaGeagra UFG
 
SLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptx
SLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptxSLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptx
SLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptxGeagra UFG
 

Mais de Geagra UFG (20)

MICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Aline Castro
MICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Aline CastroMICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Aline Castro
MICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Aline Castro
 
MICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Palestrante: Aline Castro
MICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Palestrante: Aline CastroMICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Palestrante: Aline Castro
MICRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA Palestrante: Aline Castro
 
BIOTECNOLOGIA E POSICIONAMENTO DE CULTIVARES
BIOTECNOLOGIA E POSICIONAMENTO DE CULTIVARESBIOTECNOLOGIA E POSICIONAMENTO DE CULTIVARES
BIOTECNOLOGIA E POSICIONAMENTO DE CULTIVARES
 
MACRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA.pptx
MACRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA.pptxMACRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA.pptx
MACRONUTRIENTES NO SOLO E NA PLANTA.pptx
 
Biotecnologias e manejos de cultivares .
Biotecnologias e manejos de cultivares .Biotecnologias e manejos de cultivares .
Biotecnologias e manejos de cultivares .
 
REGULADORES DE CRESCIMENTO, DESFOLHANTES E MATURADORES.
REGULADORES DE CRESCIMENTO, DESFOLHANTES E MATURADORES.REGULADORES DE CRESCIMENTO, DESFOLHANTES E MATURADORES.
REGULADORES DE CRESCIMENTO, DESFOLHANTES E MATURADORES.
 
INTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptx
INTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptxINTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptx
INTRODUÇÃO À COTONICULTURA - THAÍS MOREIRA.pptx
 
Colheita e armazenamento da soja........
Colheita e armazenamento da soja........Colheita e armazenamento da soja........
Colheita e armazenamento da soja........
 
Manejo de doenças da soja...............
Manejo de doenças da soja...............Manejo de doenças da soja...............
Manejo de doenças da soja...............
 
Mecanismo de ação de fungicidas.........
Mecanismo de ação de fungicidas.........Mecanismo de ação de fungicidas.........
Mecanismo de ação de fungicidas.........
 
Mecanismo de ação de inseticidas........
Mecanismo de ação de inseticidas........Mecanismo de ação de inseticidas........
Mecanismo de ação de inseticidas........
 
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptxSLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptx
SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pptx
 
Cópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdf
Cópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdfCópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdf
Cópia de SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1).pdf
 
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptx
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptxMANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptx
MANEJO DE PLANTAS DANINHAS DA SOJA. .pptx
 
Manejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de sojaManejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de soja
 
Tecnologia de aplicação
Tecnologia de aplicaçãoTecnologia de aplicação
Tecnologia de aplicação
 
Manejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de sojaManejo do solo e plantio de soja
Manejo do solo e plantio de soja
 
inoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptx
inoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptxinoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptx
inoculantes_coinoculantes_e_adubaASSAPSo_foliar.pptx
 
Correção do solo e adubação na soja
Correção do solo e adubação na sojaCorreção do solo e adubação na soja
Correção do solo e adubação na soja
 
SLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptx
SLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptxSLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptx
SLIDE DINÂMICA DOS NUTRIENTES OF.pptx
 

SLIDE OFICIAL GEAGRA 2023.2 (2).pptx (1) (1).pptx