SlideShare uma empresa Scribd logo
Revisões para o Teste
Sobre a Revolução Francesa... ,[object Object]
Local:  França
Revoltosos:  Burguesia e Povo
Objectivo:  A cabar com o poder absoluto do Rei e com os pesados impostos e obrigações para com a Nobreza e o Clero.
Lema:  “Igualdade, Liberdade e Fraternidade!”
Sobre Napoleão e o Império... ,[object Object]
Bloqueio Continental:   Em 1806, Napoleão ordenou que todos os países europeus fechassem os seus portos aos navios ingleses.
Oposição ao Bloqueio Continental:  Portugal não obedeceu ao Bloqueio Continental por ser aliado da Inglaterra.
Sobre as Invasões Francesas... ,[object Object]
1.ª Invasão – General Junot.  Derrotas na Batalha da Roliça e Batalha do Vimeiro.
2.ª Invasão – General Soult.
3.ª Invasão – General Massena.  Derrotado no Buçaco.
Sobre as Invasões Francesas... ,[object Object]
Sobre a Revolução Liberal... ,[object Object]
Local:  Porto
Organização:  Sociedade secreta chamada – o Sinédrio.
Objectivos da Revolução Liberal :
- Explusar os Ingleses;

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exercícios de História - 8º Ano
Exercícios de História - 8º AnoExercícios de História - 8º Ano
Exercícios de História - 8º Ano
Vera Sezões
 
o-fio-da-historia-8-caderno-de-apoio-ao-professor.pdf
o-fio-da-historia-8-caderno-de-apoio-ao-professor.pdfo-fio-da-historia-8-caderno-de-apoio-ao-professor.pdf
o-fio-da-historia-8-caderno-de-apoio-ao-professor.pdf
Carla Silva
 
As Invasões Francesas
As Invasões FrancesasAs Invasões Francesas
As Invasões Francesas
jdlimaaear
 
História 8º Renascimento, Reforma e Contrarreforma
História 8º Renascimento, Reforma e ContrarreformaHistória 8º Renascimento, Reforma e Contrarreforma
História 8º Renascimento, Reforma e Contrarreforma
Espaço Crescer Centro de Estudos
 
Da união ibérica à restauração da independência
Da união ibérica à restauração da independênciaDa união ibérica à restauração da independência
Da união ibérica à restauração da independência
xicao97
 
Ctic5 fichas de_avaliacao (5)
Ctic5 fichas de_avaliacao (5)Ctic5 fichas de_avaliacao (5)
Ctic5 fichas de_avaliacao (5)
liliana867102
 
Ficha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESA
Ficha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESAFicha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESA
Ficha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESA
ensinovirtual3ciclo
 
Revolucao francesa
Revolucao francesaRevolucao francesa
Revolucao francesa
cattonia
 
1º Teste B
1º Teste B 1º Teste B
1º Teste B
Mayjö .
 
Conquista de ceuta
Conquista de ceutaConquista de ceuta
Conquista de ceuta
Susana Simões
 
Uniao iberica
Uniao ibericaUniao iberica
Uniao iberica
cattonia
 
Teste hgp 4 república
Teste hgp 4 repúblicaTeste hgp 4 república
Teste hgp 4 república
Ana Pereira
 
Teste hgp a vida nos campos e nas cidades século xix
Teste hgp a vida nos campos e nas cidades século xixTeste hgp a vida nos campos e nas cidades século xix
Teste hgp a vida nos campos e nas cidades século xix
Ana Pereira
 
Teste hgp 3 correção
Teste hgp 3   correçãoTeste hgp 3   correção
Teste hgp 3 correção
Ana Pereira
 
Lab5 teste aval_3a
Lab5 teste aval_3aLab5 teste aval_3a
Lab5 teste aval_3a
Ana Guerra
 
Ficha de avaliação CN6 - alimentação e s. digestivo
Ficha de avaliação CN6 - alimentação e s. digestivoFicha de avaliação CN6 - alimentação e s. digestivo
Ficha de avaliação CN6 - alimentação e s. digestivo
Agrupamento de Escolas de Mortágua
 
A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)
A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)
A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)
CarlosCarvalho728961
 
Ficha de trabalho global 5º ano 1
Ficha de trabalho global 5º ano   1Ficha de trabalho global 5º ano   1
Ficha de trabalho global 5º ano 1
Susana Conde
 
Ficha de av. hgp nee 1ª 6ºano
Ficha de av. hgp nee 1ª 6ºanoFicha de av. hgp nee 1ª 6ºano
Ficha de av. hgp nee 1ª 6ºano
maria.antonia
 
Teste.portugues 5º ano
Teste.portugues 5º anoTeste.portugues 5º ano
Teste.portugues 5º ano
Patricia Baptista
 

Mais procurados (20)

Exercícios de História - 8º Ano
Exercícios de História - 8º AnoExercícios de História - 8º Ano
Exercícios de História - 8º Ano
 
o-fio-da-historia-8-caderno-de-apoio-ao-professor.pdf
o-fio-da-historia-8-caderno-de-apoio-ao-professor.pdfo-fio-da-historia-8-caderno-de-apoio-ao-professor.pdf
o-fio-da-historia-8-caderno-de-apoio-ao-professor.pdf
 
As Invasões Francesas
As Invasões FrancesasAs Invasões Francesas
As Invasões Francesas
 
História 8º Renascimento, Reforma e Contrarreforma
História 8º Renascimento, Reforma e ContrarreformaHistória 8º Renascimento, Reforma e Contrarreforma
História 8º Renascimento, Reforma e Contrarreforma
 
Da união ibérica à restauração da independência
Da união ibérica à restauração da independênciaDa união ibérica à restauração da independência
Da união ibérica à restauração da independência
 
Ctic5 fichas de_avaliacao (5)
Ctic5 fichas de_avaliacao (5)Ctic5 fichas de_avaliacao (5)
Ctic5 fichas de_avaliacao (5)
 
Ficha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESA
Ficha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESAFicha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESA
Ficha de Trabalho de História - A EXPANSÃO PORTUGUESA
 
Revolucao francesa
Revolucao francesaRevolucao francesa
Revolucao francesa
 
1º Teste B
1º Teste B 1º Teste B
1º Teste B
 
Conquista de ceuta
Conquista de ceutaConquista de ceuta
Conquista de ceuta
 
Uniao iberica
Uniao ibericaUniao iberica
Uniao iberica
 
Teste hgp 4 república
Teste hgp 4 repúblicaTeste hgp 4 república
Teste hgp 4 república
 
Teste hgp a vida nos campos e nas cidades século xix
Teste hgp a vida nos campos e nas cidades século xixTeste hgp a vida nos campos e nas cidades século xix
Teste hgp a vida nos campos e nas cidades século xix
 
Teste hgp 3 correção
Teste hgp 3   correçãoTeste hgp 3   correção
Teste hgp 3 correção
 
Lab5 teste aval_3a
Lab5 teste aval_3aLab5 teste aval_3a
Lab5 teste aval_3a
 
Ficha de avaliação CN6 - alimentação e s. digestivo
Ficha de avaliação CN6 - alimentação e s. digestivoFicha de avaliação CN6 - alimentação e s. digestivo
Ficha de avaliação CN6 - alimentação e s. digestivo
 
A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)
A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)
A.4 teste diagnóstico – portugal na 2ª metade do século xix (1)
 
Ficha de trabalho global 5º ano 1
Ficha de trabalho global 5º ano   1Ficha de trabalho global 5º ano   1
Ficha de trabalho global 5º ano 1
 
Ficha de av. hgp nee 1ª 6ºano
Ficha de av. hgp nee 1ª 6ºanoFicha de av. hgp nee 1ª 6ºano
Ficha de av. hgp nee 1ª 6ºano
 
Teste.portugues 5º ano
Teste.portugues 5º anoTeste.portugues 5º ano
Teste.portugues 5º ano
 

Destaque

Mini ficha avaliação correção
Mini ficha avaliação   correçãoMini ficha avaliação   correção
Mini ficha avaliação correção
Ana Pereira
 
1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo
cruchinho
 
Mini ficha avaliação
Mini ficha avaliaçãoMini ficha avaliação
Mini ficha avaliação
Ana Pereira
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
Anabela Sobral
 
O Absolutismo
O AbsolutismoO Absolutismo
O Absolutismo
guest22c5e7
 
O despotismo pombalino
O despotismo pombalinoO despotismo pombalino
O despotismo pombalino
borgia
 
Friso CronolóGico
Friso CronolóGicoFriso CronolóGico
Friso CronolóGico
Susana Fartura
 
1820 e o Triunfo Dos Liberais
1820 e o Triunfo Dos Liberais1820 e o Triunfo Dos Liberais
1820 e o Triunfo Dos Liberais
Sandra Sousa
 
As causas da rev 1820
As causas da rev 1820As causas da rev 1820
As causas da rev 1820
Carla Teixeira
 

Destaque (9)

Mini ficha avaliação correção
Mini ficha avaliação   correçãoMini ficha avaliação   correção
Mini ficha avaliação correção
 
1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo
 
Mini ficha avaliação
Mini ficha avaliaçãoMini ficha avaliação
Mini ficha avaliação
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
O Absolutismo
O AbsolutismoO Absolutismo
O Absolutismo
 
O despotismo pombalino
O despotismo pombalinoO despotismo pombalino
O despotismo pombalino
 
Friso CronolóGico
Friso CronolóGicoFriso CronolóGico
Friso CronolóGico
 
1820 e o Triunfo Dos Liberais
1820 e o Triunfo Dos Liberais1820 e o Triunfo Dos Liberais
1820 e o Triunfo Dos Liberais
 
As causas da rev 1820
As causas da rev 1820As causas da rev 1820
As causas da rev 1820
 

Semelhante a RevisõEs 2.º Teste

Da IndependêNcia Do Brasil àS Lutas Liberais E
Da IndependêNcia Do Brasil àS Lutas Liberais EDa IndependêNcia Do Brasil àS Lutas Liberais E
Da IndependêNcia Do Brasil àS Lutas Liberais E
jdlimaaear
 
11 daindependnciadobrasilslutasliberaise
11 daindependnciadobrasilslutasliberaise11 daindependnciadobrasilslutasliberaise
11 daindependnciadobrasilslutasliberaise
R C
 
1820 liberalismoppt-hgp6-2010-11-111128064940-phpapp01
1820 liberalismoppt-hgp6-2010-11-111128064940-phpapp011820 liberalismoppt-hgp6-2010-11-111128064940-phpapp01
1820 liberalismoppt-hgp6-2010-11-111128064940-phpapp01
blade40p
 
1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo
Carolina Tavares
 
1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo 1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo
Ana Beatriz Gonçalves
 
A revolução liberal portuguesa aula2 (1)
A revolução liberal portuguesa aula2 (1)A revolução liberal portuguesa aula2 (1)
A revolução liberal portuguesa aula2 (1)
Ligia Eiras
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
ceufaias
 
1republica
1republica1republica
1republica
aprendizes
 
Revolução Liberal em Portugal
Revolução Liberal em PortugalRevolução Liberal em Portugal
Revolução Liberal em Portugal
Susana Simões
 
A reacção absolutista
A reacção absolutistaA reacção absolutista
A reacção absolutista
Carla Teixeira
 
1republica
1republica1republica
1republica
Álvaro Maurício
 
Guerra civil portuguesa
Guerra civil portuguesaGuerra civil portuguesa
Guerra civil portuguesa
13_ines_silva
 
Hgp correção teste 2
Hgp   correção teste 2Hgp   correção teste 2
Hgp correção teste 2
Carlos Vaz
 
A revolução liberal portuguesa. raquel
A revolução liberal portuguesa. raquelA revolução liberal portuguesa. raquel
A revolução liberal portuguesa. raquel
ceufaias
 
A revolução liberal em portugal
A revolução liberal em portugalA revolução liberal em portugal
A revolução liberal em portugal
QI- Centro de Estudos
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
MC123456789
 
1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo
Joana12so
 
A revolução liberal e a independência do brasil
A revolução liberal e a independência do brasilA revolução liberal e a independência do brasil
A revolução liberal e a independência do brasil
helenasoares
 
1820 E O Liberalismo
1820 E O Liberalismo1820 E O Liberalismo
1820 E O Liberalismo
Projecto Alunos Inovadores
 
Apresentação resumida do liberalismo em Portugal
Apresentação resumida do liberalismo em PortugalApresentação resumida do liberalismo em Portugal
Apresentação resumida do liberalismo em Portugal
Dora Alexandra Batista de Sousa Rocha
 

Semelhante a RevisõEs 2.º Teste (20)

Da IndependêNcia Do Brasil àS Lutas Liberais E
Da IndependêNcia Do Brasil àS Lutas Liberais EDa IndependêNcia Do Brasil àS Lutas Liberais E
Da IndependêNcia Do Brasil àS Lutas Liberais E
 
11 daindependnciadobrasilslutasliberaise
11 daindependnciadobrasilslutasliberaise11 daindependnciadobrasilslutasliberaise
11 daindependnciadobrasilslutasliberaise
 
1820 liberalismoppt-hgp6-2010-11-111128064940-phpapp01
1820 liberalismoppt-hgp6-2010-11-111128064940-phpapp011820 liberalismoppt-hgp6-2010-11-111128064940-phpapp01
1820 liberalismoppt-hgp6-2010-11-111128064940-phpapp01
 
1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo
 
1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo 1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo
 
A revolução liberal portuguesa aula2 (1)
A revolução liberal portuguesa aula2 (1)A revolução liberal portuguesa aula2 (1)
A revolução liberal portuguesa aula2 (1)
 
A revolução francesa
A revolução francesaA revolução francesa
A revolução francesa
 
1republica
1republica1republica
1republica
 
Revolução Liberal em Portugal
Revolução Liberal em PortugalRevolução Liberal em Portugal
Revolução Liberal em Portugal
 
A reacção absolutista
A reacção absolutistaA reacção absolutista
A reacção absolutista
 
1republica
1republica1republica
1republica
 
Guerra civil portuguesa
Guerra civil portuguesaGuerra civil portuguesa
Guerra civil portuguesa
 
Hgp correção teste 2
Hgp   correção teste 2Hgp   correção teste 2
Hgp correção teste 2
 
A revolução liberal portuguesa. raquel
A revolução liberal portuguesa. raquelA revolução liberal portuguesa. raquel
A revolução liberal portuguesa. raquel
 
A revolução liberal em portugal
A revolução liberal em portugalA revolução liberal em portugal
A revolução liberal em portugal
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo
 
A revolução liberal e a independência do brasil
A revolução liberal e a independência do brasilA revolução liberal e a independência do brasil
A revolução liberal e a independência do brasil
 
1820 E O Liberalismo
1820 E O Liberalismo1820 E O Liberalismo
1820 E O Liberalismo
 
Apresentação resumida do liberalismo em Portugal
Apresentação resumida do liberalismo em PortugalApresentação resumida do liberalismo em Portugal
Apresentação resumida do liberalismo em Portugal
 

Mais de jdlimaaear

Uma História, um Ponto
Uma História, um PontoUma História, um Ponto
Uma História, um Ponto
jdlimaaear
 
Social web e knowledge web
Social web e knowledge webSocial web e knowledge web
Social web e knowledge web
jdlimaaear
 
Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)
jdlimaaear
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
jdlimaaear
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
jdlimaaear
 
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado NovoDo Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
jdlimaaear
 
Revises
RevisesRevises
Revises
jdlimaaear
 
Apresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 aApresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 a
jdlimaaear
 
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhosMaquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
jdlimaaear
 
Maquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliaçãoMaquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliação
jdlimaaear
 
Reconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempoReconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempo
jdlimaaear
 
Casa das histórias
Casa das históriasCasa das histórias
Casa das histórias
jdlimaaear
 
RevisõEs
RevisõEsRevisõEs
RevisõEs
jdlimaaear
 
Think Apresentação
Think ApresentaçãoThink Apresentação
Think Apresentação
jdlimaaear
 
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim DaDas Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
jdlimaaear
 
Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10
jdlimaaear
 
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
jdlimaaear
 
A Queda Da Monarquia
A Queda Da MonarquiaA Queda Da Monarquia
A Queda Da Monarquia
jdlimaaear
 
Da Vida Nas Cidades
Da Vida Nas CidadesDa Vida Nas Cidades
Da Vida Nas Cidades
jdlimaaear
 

Mais de jdlimaaear (20)

Uma História, um Ponto
Uma História, um PontoUma História, um Ponto
Uma História, um Ponto
 
Social web e knowledge web
Social web e knowledge webSocial web e knowledge web
Social web e knowledge web
 
Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)Apresentação1 jl (1)
Apresentação1 jl (1)
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
 
Estado novo
Estado novoEstado novo
Estado novo
 
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado NovoDo Golpe Militar Ao Estado Novo
Do Golpe Militar Ao Estado Novo
 
Cartaz Europa
Cartaz EuropaCartaz Europa
Cartaz Europa
 
Revises
RevisesRevises
Revises
 
Apresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 aApresentação – grupo 25 a
Apresentação – grupo 25 a
 
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhosMaquetes, batalhas e outros trabalhos
Maquetes, batalhas e outros trabalhos
 
Maquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliaçãoMaquete, fichas avaliação
Maquete, fichas avaliação
 
Reconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempoReconstruir a história do tempo
Reconstruir a história do tempo
 
Casa das histórias
Casa das históriasCasa das histórias
Casa das histórias
 
RevisõEs
RevisõEsRevisõEs
RevisõEs
 
Think Apresentação
Think ApresentaçãoThink Apresentação
Think Apresentação
 
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim DaDas Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
Das Novas Ideias Da RepúBlica Ao Fim Da
 
Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10Apresentação Final Makt10
Apresentação Final Makt10
 
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
A RevoluçãO De 5 De Outubro De 1910
 
A Queda Da Monarquia
A Queda Da MonarquiaA Queda Da Monarquia
A Queda Da Monarquia
 
Da Vida Nas Cidades
Da Vida Nas CidadesDa Vida Nas Cidades
Da Vida Nas Cidades
 

RevisõEs 2.º Teste

  • 2.
  • 5. Objectivo: A cabar com o poder absoluto do Rei e com os pesados impostos e obrigações para com a Nobreza e o Clero.
  • 6. Lema: “Igualdade, Liberdade e Fraternidade!”
  • 7.
  • 8. Bloqueio Continental: Em 1806, Napoleão ordenou que todos os países europeus fechassem os seus portos aos navios ingleses.
  • 9. Oposição ao Bloqueio Continental: Portugal não obedeceu ao Bloqueio Continental por ser aliado da Inglaterra.
  • 10.
  • 11. 1.ª Invasão – General Junot. Derrotas na Batalha da Roliça e Batalha do Vimeiro.
  • 12. 2.ª Invasão – General Soult.
  • 13. 3.ª Invasão – General Massena. Derrotado no Buçaco.
  • 14.
  • 15.
  • 17. Organização: Sociedade secreta chamada – o Sinédrio.
  • 19. - Explusar os Ingleses;
  • 20. - Por fim à Monarquia Absoluta e implementar uma Monarquia Liberal ou Parlamentar.
  • 21.
  • 22. Sobre a Monarquia Absolutista Vs Monarquia Liberal...
  • 23.
  • 24.
  • 25. Foi o famoso “Grito do Ipiranga!” .
  • 26.
  • 27. Sobre a Guerra Civil... Com a vinda de D. João VI para Portugal, D. Pedro, seu filho, ficou a governar o Brasil e quando as cortes exigiram o seu regresso este, com o apoio da burguesia, declarou a independência daquela território. No entanto, quando D. João VI morreu D. Pedro é declarado rei de Portugal e tenta negociar com o seu irmão, D. Miguel, uma forma de governar Portugal que fosse do agrado dos dois grupos que se opunham – Liberais e Absolutistas. Deixou o trono para a sua filha e D. Miguel como regente. No entanto este, rapidamente, deixou de respeitar as condições de D. Pedro e corou-se rei absoluto. Os absolutistas começaram a perseguir os liberais e D. Pedro organizou um exército que desembarcou em Portugal vindo dos Açores e tomou a cidade do Porto. Estava iniciada uma guerra civil.
  • 28. Confronto… D. Pedro IV - Liberal D. Miguel I - Absolutista Vs
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32. D. Miguel ao saber desta armada levantou o cerco do Porto e enviou parte do seu exército para o sul…
  • 33.
  • 34.
  • 35. D. Miguel foi expulso de Portugal . Quando D. Pedro IV morreu foi D. Maria quem ficou no trono de Portugal.
  • 36. A derrota de D. Miguel contribuiu para o triunfo da monarquia constitucional que se manterá em Portugal até 1910.
  • 37. Bom estudo e Bom trabalho! FIM