SlideShare uma empresa Scribd logo
Redação Publicitária



                Profa. Juliana Santos


                                1
O ESQUEMA ARISTOTÉLICO
Gênero Deliberativo (Visa aconselhar os fiéis a uma ação futura )

     1 – EXÓRDIO
     INÍCIO DO DISCURSO
     O QUE PRETENDE DIZER
       ELOGIO (INDUZ) / CENSURA (AFASTA)

     2 – NARRAÇÃO
     DIZER TUDO A RESPEITO DO
     ASSUNTO
            APENAS FATOS CONHECIDOS
                                                              2
3 – PROVAS
DEMONSTRATIVAS / TEMPO
FUTURO
Tirar exemplos de fatos passados

4 – PERORAÇÃO (EPÍLOGO)
4 FASES:
•PREDISPOR OUVINTE (NOSSO FAVOR)
•AMPLIAR OU ATENUAR O QUE FOI
DITO
•EXCITAR AS PAIXÕES NO OUVINTE
•RECAPITULAÇÃO

                                   3
EXEMPLO
SOFT COLOR
 EXÓRDIO: “ Cabeça não foi feita
         só para pensar”
NARRAÇÃO: 1º Parág.(Assunto
Beleza e inteligência da mulher /
produto que “não é tintura”)
”Raciocínios brilhantes” até “ a
cor mais bonita....”

                                    4
PROVAS
“Isso porque” e vai até “cor da
moda” (Quando afirma que Soft Color é
uma fórmula exclusiva, respeita as
características naturais do cabelo).
PERORAÇÃO
“Propõe” a utilização do produto
“ Experimente Soft Color da Wella”
Sintetiza argumentos
“ Você vai ficar mais bonita até em
pensamento”

                                        5
TEXTO PUBLICITÁRIO

• A UNIDADE
         Exemplo Soft Color

A Proposição do título é o assunto
dominante da mensagem verbal cuja
variedade de informações se articula a ela



                                         6
TEXTO PUBLICITÁRIO
• A Estrutura Circular
O texto em circuito fechado evita o
questionamento e objetiva o leitor a
conclusões definitivas
Umberto Eco
Diferenciar o discurso aberto do discurso
persuasivo.
Prescreve-nos o que devemos desejar,
compreender, temer, querer e não querer.

                                            7
TEXTO PUBLICITÁRIO
• A Escolha lexical
A construção de uma mensagem persuasiva é
fruto de uma cuidadosa pesquisa de palavras
Ex. Retórica da manipulação em jornais por
Adilson Citelli e Maria Aparecida Baccega
Notícias sem-terra: A grande imprensa adota o
verbo invadir os terrenos, enquanto os jornais das
comunidades que apóiam os sem-terra empregam
o verbo ocupar

                                                 8
TEXTO PUBLICITÁRIO
• A Escolha lexical


Ex. Soft Color – Limitação


“valorizar” / “coloração suave” / “cor mais bonita”
“ aquele cheiro forte” / “agradam tanto”




                                                  9
TEXTO PUBLICITÁRIO
FIGURAS DE LINGUAGEM (JAKOBSON)
•REFERENCIAL – A mensagem denota coisas
reais. Ex. “ O assunto em questão é o texto
publicitário”
•EMOTIVA – O emissor fala de si mesmo. Ex.
“ Estou sofrendo a felicidade”
•CONATIVA – o ato comunicativo externa forte
apelo ao receptor, representa uma ordem.
Ex. “ Faça a sua inscrição”
                                               10
TEXTO PUBLICITÁRIO
FIGURAS DE LINGUAGEM (JAKOBSON)
•FÁTICA – O enunciado finge despertar emoções,
mas em verdade pretende verificar se o contato
interlocutor está vivo. Ex. as saudações, os
cumprimentos.
•METALINGÜÍSTICA – A mensagem elege outra
mensagem para seu objeto. Ex. A palavra “oi” é
um exemplo de função fática
•POÉTICA – A Mensagem está estruturada em
modo ambíguo e pretende atrair a atenção do
destinatário para sua própria forma. “Viva a vaia!”
                                                  11
TEXTO PUBLICITÁRIO
USO VITAL DA FUNÇÃO CONATIVA
•AUMENTA O PODER DE SEDUÇÃO DO TEXTO
•O CENTRO É O LEITOR
•EMISSOR FALA INTIMAMENTE COM O
DESTINATÁRIO
•LEVA EM CONTA O QUE O LEITOR PENSE E
DESEJA SABER
•O TEXTO É FOCADO NA 2ª PESSOA, VERBO NO
IMPERATIVO “ VOCÊ, LIGUE”
                                        12
TEXTO PUBLICITÁRIO
               MÍDIA IMPRESSA
                       ANÚNCIO

CÓDIGO LINGÜÍSTICO                  CÓDIGO VISUAL
(Redator)                            (Diretor de Arte)
Figuras de linguagem       Figurativo (Ilustração/foto)
Referencial                Tipográfico (Família letras)
Emotiva                    Cromático (cores / P&B)
Conativa                   Morfológico (layout)
Fática
Poética
Metalinguagem
                                                  13
TEXTO PUBLICITÁRIO
                MÍDIA IMPRESSA
                      ANÚNCIO

APOLÍNEO                                DIONISÍACO
(Deus Apolo)                           (Deus Baco)
Foco: Razão                            Foco: Emoção
Texto Dissertativo                    Texto Narrativo
(Defende um ponto de vista)   (Conta algo comovente)




                                                 14
TEXTO PUBLICITÁRIO
                 MÍDIA IMPRESSA
 CONSTRUÇÃO DO TEXTO APOLÍNEO - RACIONAL

  Respeite o tripé: proposição – argumentação – convite
à ação e/ou conclusão.

   Faça sempre um título criativo (proposição) ou um
título instigante seguido de um subtítulo informativo.

 Retome no final do texto, como conclusão (slogan) e/ou
convite à ação, a idéia da proposição (estrutura circular)

  Lembre-se que o texto deve ser conciso, preciso, claro
e correto.
                                                         15
TEXTO PUBLICITÁRIO
                 MÍDIA IMPRESSA
 CONSTRUÇÃO DO TEXTO APOLÍNEO - RACIONAL
 Cuidado com o uso exagerado de adjetivos.

 Sempre que possível, use o verbo na voz ativa e no
presente do indicativo. No final lembre-se do imperativo.

 Estruture o texto com frases curtas (uma só idéia). Tra-
balhe com frases afirmativas

  Escolha sempre substantivos exatos e concretos. Se
precisar, use a repetição para estimular a memorização.

 Busque a simplicidade. Nada de palavras pomposas.
                                                      16
TEXTO PUBLICITÁRIO
                  MÍDIA IMPRESSA
CONSTRUÇÃO DO TEXTO DIONISÍACO - EMOCIONAL

Foco narrativo:
  1ª pessoa: narrador presente na narrativa, como
personagem principal ou secundário. Ex. Contar uma
história / sugestionar, testemunhar.
 3ª pessoa (onisciente): Narrador sabe tudo sobre os
personagens (até pensamentos e sentimentos ) e faz
comentários e críticas.
  3ª pessoa (observador): Narrador conhece tudo sobre os
personagens, mas mantém-se neutro, sem invadir o mundo
interior deles.                                        17
TEXTO PUBLICITÁRIO
                  MÍDIA IMPRESSA
CONSTRUÇÃO DO TEXTO DIONISÍACO - EMOCIONAL

Foco narrativo:


 1ª pessoa – Causa um efeito maior de subjetividade.


 3ª pessoa – Causa um efeito maior de objetividade.




                                                       18
TEXTO PUBLICITÁRIO

              INTERTEXTUALIDADE
Diálogo entre textos (citações implícitas):


  Paródias – contestam, ridicularizam, polemiza com as
idéias de outro texto.


 Paráfrases – reafirma as idéias de outro texto.



                                                    19
TEXTO PUBLICITÁRIO

    REDE SEMÂNTICA (SAUSSURE)
 Signo lingüístico é união de uma imagem acústica
 (significante) a um conceito (significado) por meio de
 um laço arbitrário.


 Exemplo:
                        Aspecto concreto (signo)
Palavra: Árvore         Conj. Sonoro (significante)
                        Aspecto conceitual, abstrato
                               (significado)

                                                       20
TEXTO PUBLICITÁRIO
         RELAÇÃO SINTAGMÁTICA
 Faz surgir na mente das pessoas outras palavras
Exemplo:
Palavra: ENSIN AMENTO                    ENSINA MENTO
      RADICAL       AR                  ARMA (SUFIXO)
                    AMOS             DESFIGURA
                                          ELE

Analogia dos significados        as palavras que têm algo em
comum se associam na memória.
A parte significativa no texto publicitário contemporâneo é
meio de relações associativas, sobretudo aquelas por
analogia dos significados.
                                                          21
TEXTO PUBLICITÁRIO

      CONSTELAÇÃO SEMÂNTICA
Uma das formas de se estruturar o texto com uma
retórica diferenciada.


Como construí-la?
Elaborar o texto, utilizando palavras e expressões do
universo lingüístico do produto / marca / assunto
(gancho natural)



                                                    22
TEXTO PUBLICITÁRIO
         CONSTELAÇÃO TEMÁTICA
 Uma outra forma de construir o texto publicitário com
uma retórica diferenciada.
 Como construí-la?
  Elaborar o texto tendo como diretriz um tema criado
 (gancho forjado), utilizando não só palavras e expressões
 do universo lingüístico deste tema, mas também idéias,
 pensamentos e situações a ele associados.

  Quando usá-la?
  Em alternância com o texto publicitário convencional
  e/ou com o texto em constelação semântica.
                                                         23
TEXTO PUBLICITÁRIO
    PROCEDIMENTOS PERSUASIVOS
 Os Estereótipos
 São fórmulas consagradas, tanto nos códios visuais (uma
mulher bonita, de avental, remete a zelosa dona-de-casa).

  Substituição de nomes
  A publicidade, muda palavras que podem influenciar
positiva ou negativamente o destinatário. Substitui-se o
capitalismo por livre iniciativa.

  Criação de inimigos
 É fundamental estar sempre em luta contra algum opositor.
Daí os inúmeros anúncios de detergentes que se posicionam
contra a sujeira.
                                                           24
TEXTO PUBLICITÁRIO
    PROCEDIMENTOS PERSUASIVOS
 Apelo à autoridade
  É a utilização de citações de especialista que dão seu
testemunho favorável, validando assim o que está sendo
afirmado.


 Afirmação e repetição
  A propaganda não pode dar margem a dúvidas; a meta é
aconselhar o destinatário e conquistar a sua adesão, saí as
frases afirmativas e o uso do imperativo na peroração (“abra
sua conta”, “beba Coca-cola”, ligue já”)

                                                           25
TEXTO PUBLICITÁRIO
        ANÚNCIOS NARRATIVOS


  São anúncios em que o texto conta uma história,
sobretudo em peças institucionais. Em anúncios
assim construídos, o produto passa a ser um
elemento inserido pela história de forma sutil.




                                                  26
TEXTO PUBLICITÁRIO
       ANÚNCIOS INTERATIVOS


  São anúncios criados com a finalidade de levar o
leitor a interagir com o suporte (o meio em que a
propaganda está sendo veiculada), obrigando-o não
apenas a ler, mas a ter algum tipo de ação para
compreender toda a comunicação.



                                                27
TEXTO PUBLICITÁRIO
         ANÚNCIO DO ONIRISMO

  Este tipo de anúncio faz o consumidor “sonhar
acordado”, viver no reino da fantasia, do imaginário.
Exemplos:
- Compre o futuro antes que ele chegue...
- X é o único e fará você uma pessoa diferente.
- ...tem o sabor que só provando você saberá.



                                                        28
TEXTO PUBLICITÁRIO
      ANÚNCIO DE POSITIVIDADE

  Ele objetiva promover o prazer por meio de seu
discurso positivo, no qual exalta a alegria, a moda, o
não-esforço, as boas bebidas, as diversões.
Exemplos:
- Ser moderno é buscar...
- O que busca há tempo, encontra-o aqui...
- Estamos abertos a todos seus desejos

                                                    29
TEXTO PUBLICITÁRIO
           ANÚNCIO DE NOVIDADE

  O    que   é   inesperado,   original    e   atraente,
forçosamente será mais observado e mais aceito;
portanto terá maior poder de persuadir e de induzir ao
consumo – fará mais efeito.
Exemplos:
- Já descobriu o que pe ser moderno? O segredo nós
o temos.
- Com ... você terá a aparência moderna.
                                                      30
TEXTO PUBLICITÁRIO
          ANÚNCIO DE SEDUÇÃO

   O discurso publicitário sempre oculta mais do que
diz, sempre tem mais de superficial do que de
profundo, tem mais de conotativo do que de
referencial.
Exemplos:
- Você terá outro encanto com ...
- A magia do sabor está em ...
- Fazemos tudo por amor...
                                                  31
TEXTO PUBLICITÁRIO
        ANÚNCIO DE HEDONISMO

  É o consumo do prazer como elemento estratégico
da publicidade que enfatiza o anúncio como direito
legítimo de realização humana.
Exemplos:
- Só aquele que tem bom gosto compra ...
- X é mais que um simples prazer, é realização
pessoal.
- Tanto conforto e bem-estar, só com ...        32
TEXTO PUBLICITÁRIO
       ANÚNCIO DE NARCISISMO

  É   a   sedução       narcisista   tão   divulgada   pela
publicidade e que opera “milagres” pelo uso de
cremes,      protetores        solares,      revitalizantes,
fortificantes, perfumes etc.
Exemplos:
- Sua pele merece ...
- Descubra a maravilha de ...
- O velho mais belo e gostoso que você adorará.
                                                          33

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Técnicas em Publicidade e Propaganda
Técnicas em Publicidade e PropagandaTécnicas em Publicidade e Propaganda
Técnicas em Publicidade e Propaganda
DAC UFS
 
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01 - Conceitos
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01  - ConceitosIntrodução à Publicidade e Propaganda - Aula 01  - Conceitos
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01 - Conceitos
Thiago Ianatoni
 
951347 o-texto-publicitario
951347 o-texto-publicitario951347 o-texto-publicitario
951347 o-texto-publicitario
Blogotipos - Diário das Marcas
 
Criação publicitária - Aula 02 - Brainstorm
Criação publicitária - Aula 02  - BrainstormCriação publicitária - Aula 02  - Brainstorm
Criação publicitária - Aula 02 - Brainstorm
Thiago Ianatoni
 
Briefing de criação x estrutura do anúncio publicitário - versão beta
Briefing de criação x estrutura do anúncio publicitário - versão betaBriefing de criação x estrutura do anúncio publicitário - versão beta
Briefing de criação x estrutura do anúncio publicitário - versão beta
Cíntia Dal Bello
 
Criação Publicitária - Aula 04 - Estilo criativo
Criação Publicitária - Aula 04 - Estilo criativoCriação Publicitária - Aula 04 - Estilo criativo
Criação Publicitária - Aula 04 - Estilo criativo
Thiago Ianatoni
 
Propaganda
PropagandaPropaganda
Propaganda
Douglas Gregorio
 
Anúncio publicitário
Anúncio publicitárioAnúncio publicitário
Anúncio publicitário
TalithaNeiva
 
Aula 2 - as tramas do texto publicitário - Avelina
Aula 2 - as tramas do texto publicitário - AvelinaAula 2 - as tramas do texto publicitário - Avelina
Aula 2 - as tramas do texto publicitário - Avelina
Fernando Souza
 
Planejamento publicitário capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
Planejamento publicitário    capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...Planejamento publicitário    capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
Planejamento publicitário capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
Renata Corrêa
 
Planejamento de midia apostila
Planejamento de midia apostilaPlanejamento de midia apostila
Planejamento de midia apostila
Liliane Ennes
 
Storytelling - Técnicas de Redação em RP 2022
Storytelling - Técnicas de Redação em RP 2022Storytelling - Técnicas de Redação em RP 2022
Storytelling - Técnicas de Redação em RP 2022
Renato Melo
 
STORYTELLING MARKETING
STORYTELLING MARKETINGSTORYTELLING MARKETING
STORYTELLING MARKETING
Renato Melo
 
Introdução ao Briefing
Introdução ao BriefingIntrodução ao Briefing
Introdução ao Briefing
Maria Izabel Dias
 
Segmentação, direcionamento e posicionamento aula 5
Segmentação, direcionamento e posicionamento aula 5Segmentação, direcionamento e posicionamento aula 5
Segmentação, direcionamento e posicionamento aula 5
Enrico Trevisan
 
Anúncio publicitário e propaganda.
Anúncio publicitário e propaganda.Anúncio publicitário e propaganda.
Anúncio publicitário e propaganda.
Mariany Dutra
 
Publicidade
PublicidadePublicidade
Publicidade
António Mateus
 
Criação em Propaganda: a relação texto x imagem
Criação em Propaganda: a relação texto x imagemCriação em Propaganda: a relação texto x imagem
Criação em Propaganda: a relação texto x imagem
Cíntia Dal Bello
 
Planejamento Estratégico de Comunicação - Aula 03
Planejamento Estratégico de Comunicação - Aula 03Planejamento Estratégico de Comunicação - Aula 03
Planejamento Estratégico de Comunicação - Aula 03
Davi Rocha
 
Curso de Midia - UnG
Curso de Midia - UnGCurso de Midia - UnG
Curso de Midia - UnG
Rodolfo Nakamura
 

Mais procurados (20)

Técnicas em Publicidade e Propaganda
Técnicas em Publicidade e PropagandaTécnicas em Publicidade e Propaganda
Técnicas em Publicidade e Propaganda
 
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01 - Conceitos
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01  - ConceitosIntrodução à Publicidade e Propaganda - Aula 01  - Conceitos
Introdução à Publicidade e Propaganda - Aula 01 - Conceitos
 
951347 o-texto-publicitario
951347 o-texto-publicitario951347 o-texto-publicitario
951347 o-texto-publicitario
 
Criação publicitária - Aula 02 - Brainstorm
Criação publicitária - Aula 02  - BrainstormCriação publicitária - Aula 02  - Brainstorm
Criação publicitária - Aula 02 - Brainstorm
 
Briefing de criação x estrutura do anúncio publicitário - versão beta
Briefing de criação x estrutura do anúncio publicitário - versão betaBriefing de criação x estrutura do anúncio publicitário - versão beta
Briefing de criação x estrutura do anúncio publicitário - versão beta
 
Criação Publicitária - Aula 04 - Estilo criativo
Criação Publicitária - Aula 04 - Estilo criativoCriação Publicitária - Aula 04 - Estilo criativo
Criação Publicitária - Aula 04 - Estilo criativo
 
Propaganda
PropagandaPropaganda
Propaganda
 
Anúncio publicitário
Anúncio publicitárioAnúncio publicitário
Anúncio publicitário
 
Aula 2 - as tramas do texto publicitário - Avelina
Aula 2 - as tramas do texto publicitário - AvelinaAula 2 - as tramas do texto publicitário - Avelina
Aula 2 - as tramas do texto publicitário - Avelina
 
Planejamento publicitário capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
Planejamento publicitário    capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...Planejamento publicitário    capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
Planejamento publicitário capítulos i, ii, iii - roberto corrêa por renata...
 
Planejamento de midia apostila
Planejamento de midia apostilaPlanejamento de midia apostila
Planejamento de midia apostila
 
Storytelling - Técnicas de Redação em RP 2022
Storytelling - Técnicas de Redação em RP 2022Storytelling - Técnicas de Redação em RP 2022
Storytelling - Técnicas de Redação em RP 2022
 
STORYTELLING MARKETING
STORYTELLING MARKETINGSTORYTELLING MARKETING
STORYTELLING MARKETING
 
Introdução ao Briefing
Introdução ao BriefingIntrodução ao Briefing
Introdução ao Briefing
 
Segmentação, direcionamento e posicionamento aula 5
Segmentação, direcionamento e posicionamento aula 5Segmentação, direcionamento e posicionamento aula 5
Segmentação, direcionamento e posicionamento aula 5
 
Anúncio publicitário e propaganda.
Anúncio publicitário e propaganda.Anúncio publicitário e propaganda.
Anúncio publicitário e propaganda.
 
Publicidade
PublicidadePublicidade
Publicidade
 
Criação em Propaganda: a relação texto x imagem
Criação em Propaganda: a relação texto x imagemCriação em Propaganda: a relação texto x imagem
Criação em Propaganda: a relação texto x imagem
 
Planejamento Estratégico de Comunicação - Aula 03
Planejamento Estratégico de Comunicação - Aula 03Planejamento Estratégico de Comunicação - Aula 03
Planejamento Estratégico de Comunicação - Aula 03
 
Curso de Midia - UnG
Curso de Midia - UnGCurso de Midia - UnG
Curso de Midia - UnG
 

Destaque

O texto publicitario2
O texto publicitario2O texto publicitario2
O texto publicitario2
André Bomfim
 
As características do anúncio publicitário 1
As características do anúncio publicitário 1As características do anúncio publicitário 1
As características do anúncio publicitário 1
MariaVerde1995
 
Discurso oratorio
Discurso oratorioDiscurso oratorio
Discurso oratorio
Paola Flores
 
Texto Publicitário
Texto PublicitárioTexto Publicitário
Texto Publicitário
Luiz Otavio Medeiros
 
Apresentação sobre Redação Publicitária, de Carrascoza.
Apresentação sobre Redação Publicitária, de Carrascoza.Apresentação sobre Redação Publicitária, de Carrascoza.
Apresentação sobre Redação Publicitária, de Carrascoza.
Joyce Gomes
 
O Texto PublicitáRio
O Texto PublicitáRioO Texto PublicitáRio
O Texto PublicitáRio
Walace Cestari
 
Tecnicas de redação publicitária i
Tecnicas de redação publicitária  iTecnicas de redação publicitária  i
Tecnicas de redação publicitária i
Katia Manangão
 
Aula Texto Publicitário
Aula Texto Publicitário Aula Texto Publicitário
Aula Texto Publicitário
Eliete
 
Aquecimento Global (RedaçãO)
Aquecimento Global (RedaçãO)Aquecimento Global (RedaçãO)
Aquecimento Global (RedaçãO)
ceama
 
Aula propaganda
Aula propagandaAula propaganda
Aula propaganda
liviacelia25
 
Presentation1
Presentation1Presentation1
Presentation1
Ton Viena
 
A Retórica do Texto Publicitário para Campanha Escolar
A Retórica do Texto Publicitário para Campanha EscolarA Retórica do Texto Publicitário para Campanha Escolar
A Retórica do Texto Publicitário para Campanha Escolar
Glória Guimarães
 
Retorica da publicidade
Retorica da publicidadeRetorica da publicidade
Retorica da publicidade
Isaque Tomé
 
Seminário publicidade semântica
Seminário publicidade semânticaSeminário publicidade semântica
Seminário publicidade semântica
Vinicius Barbizani
 
Modalidades discursivas
Modalidades discursivasModalidades discursivas
Modalidades discursivas
Ellie M Álvarez C
 
atelie_criacao_grafica_andre_bomfim [em processo]
atelie_criacao_grafica_andre_bomfim [em processo]atelie_criacao_grafica_andre_bomfim [em processo]
atelie_criacao_grafica_andre_bomfim [em processo]
André Bomfim
 
O aspecto visual e o título da redação
O aspecto visual e o título da redaçãoO aspecto visual e o título da redação
O aspecto visual e o título da redação
Katcavenum
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Propaganda direta & marketing direto
Propaganda direta & marketing diretoPropaganda direta & marketing direto
Propaganda direta & marketing direto
Josué Brazil
 
Tipos de discurso
Tipos de discursoTipos de discurso
Tipos de discurso
ma.no.el.ne.ves
 

Destaque (20)

O texto publicitario2
O texto publicitario2O texto publicitario2
O texto publicitario2
 
As características do anúncio publicitário 1
As características do anúncio publicitário 1As características do anúncio publicitário 1
As características do anúncio publicitário 1
 
Discurso oratorio
Discurso oratorioDiscurso oratorio
Discurso oratorio
 
Texto Publicitário
Texto PublicitárioTexto Publicitário
Texto Publicitário
 
Apresentação sobre Redação Publicitária, de Carrascoza.
Apresentação sobre Redação Publicitária, de Carrascoza.Apresentação sobre Redação Publicitária, de Carrascoza.
Apresentação sobre Redação Publicitária, de Carrascoza.
 
O Texto PublicitáRio
O Texto PublicitáRioO Texto PublicitáRio
O Texto PublicitáRio
 
Tecnicas de redação publicitária i
Tecnicas de redação publicitária  iTecnicas de redação publicitária  i
Tecnicas de redação publicitária i
 
Aula Texto Publicitário
Aula Texto Publicitário Aula Texto Publicitário
Aula Texto Publicitário
 
Aquecimento Global (RedaçãO)
Aquecimento Global (RedaçãO)Aquecimento Global (RedaçãO)
Aquecimento Global (RedaçãO)
 
Aula propaganda
Aula propagandaAula propaganda
Aula propaganda
 
Presentation1
Presentation1Presentation1
Presentation1
 
A Retórica do Texto Publicitário para Campanha Escolar
A Retórica do Texto Publicitário para Campanha EscolarA Retórica do Texto Publicitário para Campanha Escolar
A Retórica do Texto Publicitário para Campanha Escolar
 
Retorica da publicidade
Retorica da publicidadeRetorica da publicidade
Retorica da publicidade
 
Seminário publicidade semântica
Seminário publicidade semânticaSeminário publicidade semântica
Seminário publicidade semântica
 
Modalidades discursivas
Modalidades discursivasModalidades discursivas
Modalidades discursivas
 
atelie_criacao_grafica_andre_bomfim [em processo]
atelie_criacao_grafica_andre_bomfim [em processo]atelie_criacao_grafica_andre_bomfim [em processo]
atelie_criacao_grafica_andre_bomfim [em processo]
 
O aspecto visual e o título da redação
O aspecto visual e o título da redaçãoO aspecto visual e o título da redação
O aspecto visual e o título da redação
 
Aula 3
Aula 3Aula 3
Aula 3
 
Propaganda direta & marketing direto
Propaganda direta & marketing diretoPropaganda direta & marketing direto
Propaganda direta & marketing direto
 
Tipos de discurso
Tipos de discursoTipos de discurso
Tipos de discurso
 

Semelhante a Redação

Gêneros textuais e crase
Gêneros textuais e craseGêneros textuais e crase
Gêneros textuais e crase
Fabioarslonga
 
Apostila Português – UFBA 2017 – Nível médio - Amostra
Apostila Português – UFBA 2017 – Nível médio  -   AmostraApostila Português – UFBA 2017 – Nível médio  -   Amostra
Apostila Português – UFBA 2017 – Nível médio - Amostra
Antônio Carlos Zeferino
 
Texto e linguagem
Texto e linguagemTexto e linguagem
Texto e linguagem
Adão Lourenço
 
A argumentacao
A argumentacaoA argumentacao
A argumentacao
wanderaula
 
Recursos retóricos
Recursos retóricosRecursos retóricos
Recursos retóricos
Helia Coelho Mello
 
Texto Dissertativo-Argumentativo
Texto Dissertativo-ArgumentativoTexto Dissertativo-Argumentativo
Texto Dissertativo-Argumentativo
7 de Setembro
 
Propaganda
PropagandaPropaganda
Propaganda
Renato Oliveira
 
O texto e suas tessituras
O texto e suas tessiturasO texto e suas tessituras
O texto e suas tessituras
Sérgio Assis
 
Argumentação
ArgumentaçãoArgumentação
Argumentação
Olivaldo Ferreira
 
Técnicas de redacao
Técnicas de redacaoTécnicas de redacao
Técnicas de redacao
Luiz Avelar
 
Técnicas de redação
Técnicas de redaçãoTécnicas de redação
Técnicas de redação
Daniel Cabral
 
Tecnicas de redacao
Tecnicas de redacaoTecnicas de redacao
Tecnicas de redacao
J M
 
Técnicas de redação
Técnicas de redaçãoTécnicas de redação
Técnicas de redação
belschlatter
 
Apostila tecnicas de redação
Apostila   tecnicas de redaçãoApostila   tecnicas de redação
Apostila tecnicas de redação
afmrtnez
 
Figuras de linguagem apresentação
Figuras de linguagem   apresentaçãoFiguras de linguagem   apresentação
Figuras de linguagem apresentação
Zenia Ferreira
 
A redação aula 1
A redação   aula 1A redação   aula 1
TéCnicas De RedaçãO
TéCnicas De RedaçãOTéCnicas De RedaçãO
TéCnicas De RedaçãO
Leona Zolonso
 
Generosetipostextuais
GenerosetipostextuaisGenerosetipostextuais
Generosetipostextuais
bumomi
 
Generosetipostextuais
GenerosetipostextuaisGenerosetipostextuais
Generosetipostextuais
bumomi
 
Aulas 1 e 2
Aulas 1 e 2Aulas 1 e 2

Semelhante a Redação (20)

Gêneros textuais e crase
Gêneros textuais e craseGêneros textuais e crase
Gêneros textuais e crase
 
Apostila Português – UFBA 2017 – Nível médio - Amostra
Apostila Português – UFBA 2017 – Nível médio  -   AmostraApostila Português – UFBA 2017 – Nível médio  -   Amostra
Apostila Português – UFBA 2017 – Nível médio - Amostra
 
Texto e linguagem
Texto e linguagemTexto e linguagem
Texto e linguagem
 
A argumentacao
A argumentacaoA argumentacao
A argumentacao
 
Recursos retóricos
Recursos retóricosRecursos retóricos
Recursos retóricos
 
Texto Dissertativo-Argumentativo
Texto Dissertativo-ArgumentativoTexto Dissertativo-Argumentativo
Texto Dissertativo-Argumentativo
 
Propaganda
PropagandaPropaganda
Propaganda
 
O texto e suas tessituras
O texto e suas tessiturasO texto e suas tessituras
O texto e suas tessituras
 
Argumentação
ArgumentaçãoArgumentação
Argumentação
 
Técnicas de redacao
Técnicas de redacaoTécnicas de redacao
Técnicas de redacao
 
Técnicas de redação
Técnicas de redaçãoTécnicas de redação
Técnicas de redação
 
Tecnicas de redacao
Tecnicas de redacaoTecnicas de redacao
Tecnicas de redacao
 
Técnicas de redação
Técnicas de redaçãoTécnicas de redação
Técnicas de redação
 
Apostila tecnicas de redação
Apostila   tecnicas de redaçãoApostila   tecnicas de redação
Apostila tecnicas de redação
 
Figuras de linguagem apresentação
Figuras de linguagem   apresentaçãoFiguras de linguagem   apresentação
Figuras de linguagem apresentação
 
A redação aula 1
A redação   aula 1A redação   aula 1
A redação aula 1
 
TéCnicas De RedaçãO
TéCnicas De RedaçãOTéCnicas De RedaçãO
TéCnicas De RedaçãO
 
Generosetipostextuais
GenerosetipostextuaisGenerosetipostextuais
Generosetipostextuais
 
Generosetipostextuais
GenerosetipostextuaisGenerosetipostextuais
Generosetipostextuais
 
Aulas 1 e 2
Aulas 1 e 2Aulas 1 e 2
Aulas 1 e 2
 

Redação

  • 1. Redação Publicitária Profa. Juliana Santos 1
  • 2. O ESQUEMA ARISTOTÉLICO Gênero Deliberativo (Visa aconselhar os fiéis a uma ação futura ) 1 – EXÓRDIO INÍCIO DO DISCURSO O QUE PRETENDE DIZER ELOGIO (INDUZ) / CENSURA (AFASTA) 2 – NARRAÇÃO DIZER TUDO A RESPEITO DO ASSUNTO APENAS FATOS CONHECIDOS 2
  • 3. 3 – PROVAS DEMONSTRATIVAS / TEMPO FUTURO Tirar exemplos de fatos passados 4 – PERORAÇÃO (EPÍLOGO) 4 FASES: •PREDISPOR OUVINTE (NOSSO FAVOR) •AMPLIAR OU ATENUAR O QUE FOI DITO •EXCITAR AS PAIXÕES NO OUVINTE •RECAPITULAÇÃO 3
  • 4. EXEMPLO SOFT COLOR EXÓRDIO: “ Cabeça não foi feita só para pensar” NARRAÇÃO: 1º Parág.(Assunto Beleza e inteligência da mulher / produto que “não é tintura”) ”Raciocínios brilhantes” até “ a cor mais bonita....” 4
  • 5. PROVAS “Isso porque” e vai até “cor da moda” (Quando afirma que Soft Color é uma fórmula exclusiva, respeita as características naturais do cabelo). PERORAÇÃO “Propõe” a utilização do produto “ Experimente Soft Color da Wella” Sintetiza argumentos “ Você vai ficar mais bonita até em pensamento” 5
  • 6. TEXTO PUBLICITÁRIO • A UNIDADE Exemplo Soft Color A Proposição do título é o assunto dominante da mensagem verbal cuja variedade de informações se articula a ela 6
  • 7. TEXTO PUBLICITÁRIO • A Estrutura Circular O texto em circuito fechado evita o questionamento e objetiva o leitor a conclusões definitivas Umberto Eco Diferenciar o discurso aberto do discurso persuasivo. Prescreve-nos o que devemos desejar, compreender, temer, querer e não querer. 7
  • 8. TEXTO PUBLICITÁRIO • A Escolha lexical A construção de uma mensagem persuasiva é fruto de uma cuidadosa pesquisa de palavras Ex. Retórica da manipulação em jornais por Adilson Citelli e Maria Aparecida Baccega Notícias sem-terra: A grande imprensa adota o verbo invadir os terrenos, enquanto os jornais das comunidades que apóiam os sem-terra empregam o verbo ocupar 8
  • 9. TEXTO PUBLICITÁRIO • A Escolha lexical Ex. Soft Color – Limitação “valorizar” / “coloração suave” / “cor mais bonita” “ aquele cheiro forte” / “agradam tanto” 9
  • 10. TEXTO PUBLICITÁRIO FIGURAS DE LINGUAGEM (JAKOBSON) •REFERENCIAL – A mensagem denota coisas reais. Ex. “ O assunto em questão é o texto publicitário” •EMOTIVA – O emissor fala de si mesmo. Ex. “ Estou sofrendo a felicidade” •CONATIVA – o ato comunicativo externa forte apelo ao receptor, representa uma ordem. Ex. “ Faça a sua inscrição” 10
  • 11. TEXTO PUBLICITÁRIO FIGURAS DE LINGUAGEM (JAKOBSON) •FÁTICA – O enunciado finge despertar emoções, mas em verdade pretende verificar se o contato interlocutor está vivo. Ex. as saudações, os cumprimentos. •METALINGÜÍSTICA – A mensagem elege outra mensagem para seu objeto. Ex. A palavra “oi” é um exemplo de função fática •POÉTICA – A Mensagem está estruturada em modo ambíguo e pretende atrair a atenção do destinatário para sua própria forma. “Viva a vaia!” 11
  • 12. TEXTO PUBLICITÁRIO USO VITAL DA FUNÇÃO CONATIVA •AUMENTA O PODER DE SEDUÇÃO DO TEXTO •O CENTRO É O LEITOR •EMISSOR FALA INTIMAMENTE COM O DESTINATÁRIO •LEVA EM CONTA O QUE O LEITOR PENSE E DESEJA SABER •O TEXTO É FOCADO NA 2ª PESSOA, VERBO NO IMPERATIVO “ VOCÊ, LIGUE” 12
  • 13. TEXTO PUBLICITÁRIO MÍDIA IMPRESSA ANÚNCIO CÓDIGO LINGÜÍSTICO CÓDIGO VISUAL (Redator) (Diretor de Arte) Figuras de linguagem Figurativo (Ilustração/foto) Referencial Tipográfico (Família letras) Emotiva Cromático (cores / P&B) Conativa Morfológico (layout) Fática Poética Metalinguagem 13
  • 14. TEXTO PUBLICITÁRIO MÍDIA IMPRESSA ANÚNCIO APOLÍNEO DIONISÍACO (Deus Apolo) (Deus Baco) Foco: Razão Foco: Emoção Texto Dissertativo Texto Narrativo (Defende um ponto de vista) (Conta algo comovente) 14
  • 15. TEXTO PUBLICITÁRIO MÍDIA IMPRESSA CONSTRUÇÃO DO TEXTO APOLÍNEO - RACIONAL Respeite o tripé: proposição – argumentação – convite à ação e/ou conclusão. Faça sempre um título criativo (proposição) ou um título instigante seguido de um subtítulo informativo. Retome no final do texto, como conclusão (slogan) e/ou convite à ação, a idéia da proposição (estrutura circular) Lembre-se que o texto deve ser conciso, preciso, claro e correto. 15
  • 16. TEXTO PUBLICITÁRIO MÍDIA IMPRESSA CONSTRUÇÃO DO TEXTO APOLÍNEO - RACIONAL Cuidado com o uso exagerado de adjetivos. Sempre que possível, use o verbo na voz ativa e no presente do indicativo. No final lembre-se do imperativo. Estruture o texto com frases curtas (uma só idéia). Tra- balhe com frases afirmativas Escolha sempre substantivos exatos e concretos. Se precisar, use a repetição para estimular a memorização. Busque a simplicidade. Nada de palavras pomposas. 16
  • 17. TEXTO PUBLICITÁRIO MÍDIA IMPRESSA CONSTRUÇÃO DO TEXTO DIONISÍACO - EMOCIONAL Foco narrativo: 1ª pessoa: narrador presente na narrativa, como personagem principal ou secundário. Ex. Contar uma história / sugestionar, testemunhar. 3ª pessoa (onisciente): Narrador sabe tudo sobre os personagens (até pensamentos e sentimentos ) e faz comentários e críticas. 3ª pessoa (observador): Narrador conhece tudo sobre os personagens, mas mantém-se neutro, sem invadir o mundo interior deles. 17
  • 18. TEXTO PUBLICITÁRIO MÍDIA IMPRESSA CONSTRUÇÃO DO TEXTO DIONISÍACO - EMOCIONAL Foco narrativo: 1ª pessoa – Causa um efeito maior de subjetividade. 3ª pessoa – Causa um efeito maior de objetividade. 18
  • 19. TEXTO PUBLICITÁRIO INTERTEXTUALIDADE Diálogo entre textos (citações implícitas): Paródias – contestam, ridicularizam, polemiza com as idéias de outro texto. Paráfrases – reafirma as idéias de outro texto. 19
  • 20. TEXTO PUBLICITÁRIO REDE SEMÂNTICA (SAUSSURE) Signo lingüístico é união de uma imagem acústica (significante) a um conceito (significado) por meio de um laço arbitrário. Exemplo: Aspecto concreto (signo) Palavra: Árvore Conj. Sonoro (significante) Aspecto conceitual, abstrato (significado) 20
  • 21. TEXTO PUBLICITÁRIO RELAÇÃO SINTAGMÁTICA Faz surgir na mente das pessoas outras palavras Exemplo: Palavra: ENSIN AMENTO ENSINA MENTO RADICAL AR ARMA (SUFIXO) AMOS DESFIGURA ELE Analogia dos significados as palavras que têm algo em comum se associam na memória. A parte significativa no texto publicitário contemporâneo é meio de relações associativas, sobretudo aquelas por analogia dos significados. 21
  • 22. TEXTO PUBLICITÁRIO CONSTELAÇÃO SEMÂNTICA Uma das formas de se estruturar o texto com uma retórica diferenciada. Como construí-la? Elaborar o texto, utilizando palavras e expressões do universo lingüístico do produto / marca / assunto (gancho natural) 22
  • 23. TEXTO PUBLICITÁRIO CONSTELAÇÃO TEMÁTICA Uma outra forma de construir o texto publicitário com uma retórica diferenciada. Como construí-la? Elaborar o texto tendo como diretriz um tema criado (gancho forjado), utilizando não só palavras e expressões do universo lingüístico deste tema, mas também idéias, pensamentos e situações a ele associados. Quando usá-la? Em alternância com o texto publicitário convencional e/ou com o texto em constelação semântica. 23
  • 24. TEXTO PUBLICITÁRIO PROCEDIMENTOS PERSUASIVOS Os Estereótipos São fórmulas consagradas, tanto nos códios visuais (uma mulher bonita, de avental, remete a zelosa dona-de-casa). Substituição de nomes A publicidade, muda palavras que podem influenciar positiva ou negativamente o destinatário. Substitui-se o capitalismo por livre iniciativa. Criação de inimigos É fundamental estar sempre em luta contra algum opositor. Daí os inúmeros anúncios de detergentes que se posicionam contra a sujeira. 24
  • 25. TEXTO PUBLICITÁRIO PROCEDIMENTOS PERSUASIVOS Apelo à autoridade É a utilização de citações de especialista que dão seu testemunho favorável, validando assim o que está sendo afirmado. Afirmação e repetição A propaganda não pode dar margem a dúvidas; a meta é aconselhar o destinatário e conquistar a sua adesão, saí as frases afirmativas e o uso do imperativo na peroração (“abra sua conta”, “beba Coca-cola”, ligue já”) 25
  • 26. TEXTO PUBLICITÁRIO ANÚNCIOS NARRATIVOS São anúncios em que o texto conta uma história, sobretudo em peças institucionais. Em anúncios assim construídos, o produto passa a ser um elemento inserido pela história de forma sutil. 26
  • 27. TEXTO PUBLICITÁRIO ANÚNCIOS INTERATIVOS São anúncios criados com a finalidade de levar o leitor a interagir com o suporte (o meio em que a propaganda está sendo veiculada), obrigando-o não apenas a ler, mas a ter algum tipo de ação para compreender toda a comunicação. 27
  • 28. TEXTO PUBLICITÁRIO ANÚNCIO DO ONIRISMO Este tipo de anúncio faz o consumidor “sonhar acordado”, viver no reino da fantasia, do imaginário. Exemplos: - Compre o futuro antes que ele chegue... - X é o único e fará você uma pessoa diferente. - ...tem o sabor que só provando você saberá. 28
  • 29. TEXTO PUBLICITÁRIO ANÚNCIO DE POSITIVIDADE Ele objetiva promover o prazer por meio de seu discurso positivo, no qual exalta a alegria, a moda, o não-esforço, as boas bebidas, as diversões. Exemplos: - Ser moderno é buscar... - O que busca há tempo, encontra-o aqui... - Estamos abertos a todos seus desejos 29
  • 30. TEXTO PUBLICITÁRIO ANÚNCIO DE NOVIDADE O que é inesperado, original e atraente, forçosamente será mais observado e mais aceito; portanto terá maior poder de persuadir e de induzir ao consumo – fará mais efeito. Exemplos: - Já descobriu o que pe ser moderno? O segredo nós o temos. - Com ... você terá a aparência moderna. 30
  • 31. TEXTO PUBLICITÁRIO ANÚNCIO DE SEDUÇÃO O discurso publicitário sempre oculta mais do que diz, sempre tem mais de superficial do que de profundo, tem mais de conotativo do que de referencial. Exemplos: - Você terá outro encanto com ... - A magia do sabor está em ... - Fazemos tudo por amor... 31
  • 32. TEXTO PUBLICITÁRIO ANÚNCIO DE HEDONISMO É o consumo do prazer como elemento estratégico da publicidade que enfatiza o anúncio como direito legítimo de realização humana. Exemplos: - Só aquele que tem bom gosto compra ... - X é mais que um simples prazer, é realização pessoal. - Tanto conforto e bem-estar, só com ... 32
  • 33. TEXTO PUBLICITÁRIO ANÚNCIO DE NARCISISMO É a sedução narcisista tão divulgada pela publicidade e que opera “milagres” pelo uso de cremes, protetores solares, revitalizantes, fortificantes, perfumes etc. Exemplos: - Sua pele merece ... - Descubra a maravilha de ... - O velho mais belo e gostoso que você adorará. 33