SlideShare uma empresa Scribd logo
Recursos Naturais e
Serviços Ecossistêmicos
Ângela Terumi Fushita
Vitor Vieira Vasconcelos
Disciplina: Planejamento e Política Ambiental
Bacharelado em Planejamento Territorial
Universidade Federal do ABC
Setembro, 2020
São Bernardo do Campo - SP 1
Conteúdo
•Recursos Naturais
•Serviços Ecossistêmicos
Tipologia
Relação com o bem estar humano
Relação com o planejamento
ambiental
2
Recursos Naturais
• Definição relativa dos recursos naturais para
planejamento e gestão
• Para Hanna & Jentoft (1996):
 Quando pessoas usam bens e serviços da natureza estes
se transformam em recursos
 As partes da natureza que são valoradas como recursos
são relativas para cada cultura e para cada período do
tempo
 As pessoas interagem com a natureza por meio da
tecnologia, trabalho e instituições – que definem as
regras e as convenções de comportamentos
3
HANNA, Susan; JENTOFT, Svein. Human use of the natural environment: an overview of social and economic
dimensions. In: HANNA, Susan S.; FOLKE, Carl; MÄLER, Karl-Göran. Rights to nature: ecological, economic,
cultural, and political principles of institutions for the environment. Washington: Island Press, 1996.
Serviços Ecossistêmicos
• Definição:
Benefícios para a população humana que derivam,
direta ou indiretamente, das funções ecossistêmicas
(Constanza et al., 1997)
• Bens + Serviços = Serviços Ecossistêmicos
• Ecossistemas
 Naturais
 Modificados pelo ser humano
COSTANZA, R.; D’ARGE, R.; GROOT, R. de; FARBERK, S.; GRASSO, M.; HANNON, B.; LIMBURG, K.; NAEEM,
S.; O’NEILL, R. S.; PARUELO, J.; RASKIN, R. G.; SUTTONKK, P.; BELT, M. van den. The value of the world’s
ecosystem services and natural capital. Nature, vol 387, 1997.
PAETZOLD, A.; WARREN, P. H.; MALTBY, L. A framework for assessing ecological quality based
on ecosystem services. Ecological Complexity, vol. 7, 273-281. 2010.
Serviços ecossistêmicos
diretos ou de suporte
Ator
Interessado
Agricultura
Fertilidade do
solo
Controle de
Erosão
Ciclagem de
Nutrientes
Ciclagem da
água
Biodiversidade
do solo
Serviço
direto
Serviço de
suporte
Serviço de
suporte
PAETZOLD, A.; WARREN, P. H.; MALTBY, L. A framework for assessing ecological quality based
on ecosystem services. Ecological Complexity, vol. 7, 273-281. 2010.
Serviços ecossistêmicos
diretos ou de suporte
Ator
Interessado
Pesca
Reposição do
estoque de
peixes
Habitat dos
peixes
Qualidade da
água
Vegetação
ripária
Serviço
direto
Estética da
paisagem
ribeirinha
Acesso ao rio
Estabilidade
das margens
Nível da água
Avaliação Ecossistêmica do Milênio
• Iniciada pelas Nações unidas em 2001
• Representantes de convenções internacionais, agências da
ONU, organizações científicas, líderes do setor privado, e
representantes da sociedade civil e organizações indígenas
• Marco teórico:
 MEA. Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human
Well-being: A Framework for Assessment (Island Press, 2003)
https://www.millenniumassessment.org/en/Framework.html
 Resumo oficial em português:
https://www.millenniumassessment.org/documents/document.63.aspx.pdf
• Finalizada em 2005
7
Sustentabilidade na provisão de
Serviços Ecossistêmicos
• Opções de manejo ambiental que garantam:
 Melhor bem estar social
 Disponibilidade para as gerações futuras
 Serviços constantes (evitar escassez e desastres)
MEA. Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well-being: A Framework
for Assessment (Island Press, 2003)
Serviços Ecossistêmicos
MEA. Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well-being: A Framework
for Assessment (Island Press, 2003)
Bem estar
Pobreza
Suporte
Provisão
Regulação
Culturais
Serviços Ecossistêmicos
Segurança
• Viver em um ambiente limpo e seguro
• Reduzir vulnerabilidade aos choques e
estresse ecológicos
Material básico para uma vida boa
• Acesso a recursos para salário e
subsistência
Saúde
• Nutrição adequada
• Evitar doenças
• Água potável
• Ar puro
• Energia para se manter aquecido ou frio
Boas relações sociais
• Expressão de valores estéticos e
recreativos
• Expressão de valores culturais e
espirituais
• Observar, estudar e aprender
Liberdadeseescolha
Bem Estar
MEA. Millennium Ecosystem
Assessment. Ecosystems and
Human Well--being: A
Framework for Assessment
(Island Press, 2003)
Serviços Ecossistêmicos e
Vulnerabilidade Social
• População pobre:
 Mais dependente de serviços ecossistêmicos
(especialmente os rurais)
 Segregada para regiões ambientalmente menos
saudáveis/rentáveis
 Sofre maiores riscos no caso de desastres naturais
(mais exposição e menos resiliência)
• População rica
 Pode importar serviços ecossistêmicos de áreas distantes
 Pode estocar para casos de escassez
 Pode investir em tecnologias de substituição/proteção
 Tem dinheiro para reconstruir o que for destruído
MEA. Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well-being: A Framework for
Assessment , Island Press, 2003
12
Global
Regional
Local
MEA. Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well--being: A Framework for Assessment (Island Press, 2003)
Bem estar humano
• Segurança
• Material básico para uma vida boa
• Saúde
• Boas relações sociais
• Liberdade de escolha e ação
Serviços Ecossistêmicos
• Provisão
• Regulação
• Cultural
• Suporte
Fatores indiretos de mudança
• Demográficos
• Econômicos
• Sociopolíticos
• Ciência e Tecnologia
• Cultura e Religião
Fatores diretos de mudança
• Mudanças na cobertura e uso da terra
• Introdução ou remoção de espécies
• Adaptação e uso tecnológico
• Entradas externas
(fertilizantes, poluição)
• Consumo de colheitas e recursos
• Promotores físicos e naturais não
influenciados pelo ser humano
Tendências
dos serviços
ambientais
13
Millennium Ecosystem
Assessment, M.E.A.
Ecosystems and
human well-being.
Synthesis.
Island Press, 2005
O que se busca no
planejamento ambiental
• Ecossistemas saudáveis
 sendo estáveis e sustentáveis, mantendo sua organização e
autonomia no decorrer do tempo e sua resiliência ao stress.
Rapport, D.J., Costanza, R., McMichael, A.J., 1998. Assessing ecosystem health.
• Ecossistemas íntegros
 Proximidade da diversidade, composição de espécies e
organização da comunidade de organismos com o dos habitats
naturais da região
Angermeier, P.L., Karr, J.R., 1994. Biological integrity versus biological diversity as policy directives. BioScience 44, 690–697.
• Maximização dos serviços ecossistêmicos
 Incorpora a saúde e integridade dos ecossistemas, na medida
em que são demandados pela população
 Dependente do contexto geográfico, cultural e ecológico
Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well-being: A Framework for Assessment (Island Press, 2003)
PAETZOLD, A.; WARREN, P. H.; MALTBY, L. A framework for assessing ecological quality based on ecosystem services. Ecological Complexity,
vol. 7, 273-281. 2010
Exemplos aplicados
• Serviços ecossistêmicos de um lago em um parque
 População prefere um lago oligotrófico (águas limpas e
transparentes)
 Um lago mais eutrófico (mais nutrientes) poderia ter mais
biodiversidade
• Serviços de um ecossistema úmido (ex: um pântano)
em uma área poluída
• Quanto maior a produtividade, maior a remoção de
poluentes
• Talvez o máximo de biodiversidade não corresponda ao valor
máximo de produtividade
PAETZOLD, A.; WARREN, P. H.; MALTBY, L. A framework for assessing ecological quality based on ecosystem services. Ecological Complexity,
vol. 7, 273-281. 2010
Síntese
16
•Recursos Naturais
•Serviços Ecossistêmicos
Tipologia
Relação com o bem estar humano
Relação com o planejamento
ambiental
Obrigado!
Ângela Terumi Fushita
Vitor Vieira Vasconcelos
17

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
Jane Mary Lima Castro
 
Pegada Ecológica
Pegada EcológicaPegada Ecológica
Pegada Ecológica
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Aula de sustentabilidade_ambiental
Aula de sustentabilidade_ambientalAula de sustentabilidade_ambiental
Aula de sustentabilidade_ambiental
Fundação Educacionbal Unificada Campograndense
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
blogjl
 
Preservação ambiental
Preservação ambientalPreservação ambiental
Preservação ambiental
Sandra Alves
 
AULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdf
AULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdfAULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdf
AULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdf
PaulaMariaMagalhesTe
 
A sustentabilidade no Século XXI
A sustentabilidade no Século XXIA sustentabilidade no Século XXI
A sustentabilidade no Século XXI
Fundação Dom Cabral - FDC
 
Sustentabilidade e meio ambiente
Sustentabilidade e meio ambienteSustentabilidade e meio ambiente
Sustentabilidade e meio ambiente
EMEFEzequiel
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
Nubia Lopes
 
Lista Vermelha
Lista VermelhaLista Vermelha
Lista Vermelha
unesp
 
Aula 1 desenvolvimento sustentável
Aula 1 desenvolvimento sustentávelAula 1 desenvolvimento sustentável
Aula 1 desenvolvimento sustentável
Carlos Priante
 
Aula 2 introdução a qualidade ambiental qualidade
Aula 2   introdução a qualidade ambiental qualidadeAula 2   introdução a qualidade ambiental qualidade
Aula 2 introdução a qualidade ambiental qualidade
Giovanna Ortiz
 
O Turismo
O TurismoO Turismo
O Turismo
Diogo Mateus
 
Politicas Ambientais
Politicas AmbientaisPoliticas Ambientais
Politicas Ambientais
Ezequias Guimaraes
 
Sustentabilidade
Sustentabilidade Sustentabilidade
Sustentabilidade
Jrh Recursos Humanos Ltda
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
-
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
lucasvinicius98
 
Ecoturismo
EcoturismoEcoturismo
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
João Costa
 
Meio ambiente 1º
Meio ambiente 1ºMeio ambiente 1º
Meio ambiente 1º
Carlos Eduardo
 

Mais procurados (20)

Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 
Pegada Ecológica
Pegada EcológicaPegada Ecológica
Pegada Ecológica
 
Aula de sustentabilidade_ambiental
Aula de sustentabilidade_ambientalAula de sustentabilidade_ambiental
Aula de sustentabilidade_ambiental
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 
Preservação ambiental
Preservação ambientalPreservação ambiental
Preservação ambiental
 
AULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdf
AULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdfAULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdf
AULA SNUC - UNIDADES DE CONSERVAÇÃO.pdf
 
A sustentabilidade no Século XXI
A sustentabilidade no Século XXIA sustentabilidade no Século XXI
A sustentabilidade no Século XXI
 
Sustentabilidade e meio ambiente
Sustentabilidade e meio ambienteSustentabilidade e meio ambiente
Sustentabilidade e meio ambiente
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 
Lista Vermelha
Lista VermelhaLista Vermelha
Lista Vermelha
 
Aula 1 desenvolvimento sustentável
Aula 1 desenvolvimento sustentávelAula 1 desenvolvimento sustentável
Aula 1 desenvolvimento sustentável
 
Aula 2 introdução a qualidade ambiental qualidade
Aula 2   introdução a qualidade ambiental qualidadeAula 2   introdução a qualidade ambiental qualidade
Aula 2 introdução a qualidade ambiental qualidade
 
O Turismo
O TurismoO Turismo
O Turismo
 
Politicas Ambientais
Politicas AmbientaisPoliticas Ambientais
Politicas Ambientais
 
Sustentabilidade
Sustentabilidade Sustentabilidade
Sustentabilidade
 
Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 
Ecoturismo
EcoturismoEcoturismo
Ecoturismo
 
Desenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento SustentávelDesenvolvimento Sustentável
Desenvolvimento Sustentável
 
Meio ambiente 1º
Meio ambiente 1ºMeio ambiente 1º
Meio ambiente 1º
 

Semelhante a Recursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos

PES COURSE - RECIFE (Payment for ecosystem services / FERNANDO VEIGA)
PES COURSE - RECIFE (Payment for ecosystem services / FERNANDO VEIGA)PES COURSE - RECIFE (Payment for ecosystem services / FERNANDO VEIGA)
PES COURSE - RECIFE (Payment for ecosystem services / FERNANDO VEIGA)
Environmental Leadership and Training Initiative (ELTI), Yale University
 
PES COURSE - PORTO SEGURO (Ecosystem services in Mata Atlântica / ANTONIO TAF...
PES COURSE - PORTO SEGURO (Ecosystem services in Mata Atlântica / ANTONIO TAF...PES COURSE - PORTO SEGURO (Ecosystem services in Mata Atlântica / ANTONIO TAF...
PES COURSE - PORTO SEGURO (Ecosystem services in Mata Atlântica / ANTONIO TAF...
Environmental Leadership and Training Initiative (ELTI), Yale University
 
Impactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricos
Impactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricosImpactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricos
Impactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricos
João Vitor Soares Ramos
 
Conservação da biodiversidade em espaço urbano 2
Conservação da biodiversidade em espaço urbano 2Conservação da biodiversidade em espaço urbano 2
Conservação da biodiversidade em espaço urbano 2
Mário Miranda
 
Sementes de conhecimento
Sementes de conhecimentoSementes de conhecimento
Sementes de conhecimento
José André
 
Ma desafio e perspectivas
Ma desafio e perspectivasMa desafio e perspectivas
Ma desafio e perspectivas
Paulo Eugenio Soares Gonçalves
 
recursos naturais minerais terapeuticos e turisticos RNMTT 2009
recursos naturais minerais terapeuticos e turisticos RNMTT 2009 recursos naturais minerais terapeuticos e turisticos RNMTT 2009
recursos naturais minerais terapeuticos e turisticos RNMTT 2009
Termalismo Brasil
 
11_perturbacoes_equilibrio_ecossistemas1.pptx
11_perturbacoes_equilibrio_ecossistemas1.pptx11_perturbacoes_equilibrio_ecossistemas1.pptx
11_perturbacoes_equilibrio_ecossistemas1.pptx
DinaPinto12
 
As abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiro
As abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiroAs abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiro
As abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiro
João Vitor Soares Ramos
 
As abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiro
As abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiroAs abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiro
As abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiro
João Vitor Soares Ramos
 
Livro - Diversidade Biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e orla do Guaíba...
Livro - Diversidade Biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e orla do Guaíba...Livro - Diversidade Biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e orla do Guaíba...
Livro - Diversidade Biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e orla do Guaíba...
Guellity Marcel
 
Indicadores ambientais
Indicadores ambientaisIndicadores ambientais
Indicadores ambientais
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Diversidade biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e Orla do Guaíba no Muni...
Diversidade biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e Orla do Guaíba no Muni...Diversidade biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e Orla do Guaíba no Muni...
Diversidade biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e Orla do Guaíba no Muni...
Luciano Moura
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
Gourgel Abias
 
As Abelhas, os serviços ecossistêmicos e o Código Florestal Brasileiro
As Abelhas, os serviços ecossistêmicos e o Código Florestal BrasileiroAs Abelhas, os serviços ecossistêmicos e o Código Florestal Brasileiro
As Abelhas, os serviços ecossistêmicos e o Código Florestal Brasileiro
APIME
 
Biodiversidade 4 (1)
Biodiversidade 4 (1)Biodiversidade 4 (1)
Biodiversidade 4 (1)
Rogerio de Souza Souza
 
Educação Ambiental como ferramenta indispensável à comunidade ribeirinha de ...
Educação Ambiental como ferramenta indispensável  à comunidade ribeirinha de ...Educação Ambiental como ferramenta indispensável  à comunidade ribeirinha de ...
Educação Ambiental como ferramenta indispensável à comunidade ribeirinha de ...
fernanda
 
Meio ambiente sustentabilidade e agroecologia
Meio ambiente sustentabilidade e agroecologiaMeio ambiente sustentabilidade e agroecologia
Meio ambiente sustentabilidade e agroecologia
Sandro Marcelo de Caires
 
Comunidades aula 1
Comunidades aula 1Comunidades aula 1
Comunidades aula 1
marcielcarvalho24
 
Biodiversidade mgomes2014
Biodiversidade mgomes2014Biodiversidade mgomes2014
Biodiversidade mgomes2014
Marcelo Gomes
 

Semelhante a Recursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos (20)

PES COURSE - RECIFE (Payment for ecosystem services / FERNANDO VEIGA)
PES COURSE - RECIFE (Payment for ecosystem services / FERNANDO VEIGA)PES COURSE - RECIFE (Payment for ecosystem services / FERNANDO VEIGA)
PES COURSE - RECIFE (Payment for ecosystem services / FERNANDO VEIGA)
 
PES COURSE - PORTO SEGURO (Ecosystem services in Mata Atlântica / ANTONIO TAF...
PES COURSE - PORTO SEGURO (Ecosystem services in Mata Atlântica / ANTONIO TAF...PES COURSE - PORTO SEGURO (Ecosystem services in Mata Atlântica / ANTONIO TAF...
PES COURSE - PORTO SEGURO (Ecosystem services in Mata Atlântica / ANTONIO TAF...
 
Impactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricos
Impactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricosImpactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricos
Impactos potenciais das alterações do código florestal nos recursos hídricos
 
Conservação da biodiversidade em espaço urbano 2
Conservação da biodiversidade em espaço urbano 2Conservação da biodiversidade em espaço urbano 2
Conservação da biodiversidade em espaço urbano 2
 
Sementes de conhecimento
Sementes de conhecimentoSementes de conhecimento
Sementes de conhecimento
 
Ma desafio e perspectivas
Ma desafio e perspectivasMa desafio e perspectivas
Ma desafio e perspectivas
 
recursos naturais minerais terapeuticos e turisticos RNMTT 2009
recursos naturais minerais terapeuticos e turisticos RNMTT 2009 recursos naturais minerais terapeuticos e turisticos RNMTT 2009
recursos naturais minerais terapeuticos e turisticos RNMTT 2009
 
11_perturbacoes_equilibrio_ecossistemas1.pptx
11_perturbacoes_equilibrio_ecossistemas1.pptx11_perturbacoes_equilibrio_ecossistemas1.pptx
11_perturbacoes_equilibrio_ecossistemas1.pptx
 
As abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiro
As abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiroAs abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiro
As abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiro
 
As abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiro
As abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiroAs abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiro
As abelhas, os serviços ecossistêmicos e código florestal brasileiro
 
Livro - Diversidade Biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e orla do Guaíba...
Livro - Diversidade Biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e orla do Guaíba...Livro - Diversidade Biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e orla do Guaíba...
Livro - Diversidade Biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e orla do Guaíba...
 
Indicadores ambientais
Indicadores ambientaisIndicadores ambientais
Indicadores ambientais
 
Diversidade biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e Orla do Guaíba no Muni...
Diversidade biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e Orla do Guaíba no Muni...Diversidade biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e Orla do Guaíba no Muni...
Diversidade biológica dos Arroios Capivaras, Ribeiro e Orla do Guaíba no Muni...
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
As Abelhas, os serviços ecossistêmicos e o Código Florestal Brasileiro
As Abelhas, os serviços ecossistêmicos e o Código Florestal BrasileiroAs Abelhas, os serviços ecossistêmicos e o Código Florestal Brasileiro
As Abelhas, os serviços ecossistêmicos e o Código Florestal Brasileiro
 
Biodiversidade 4 (1)
Biodiversidade 4 (1)Biodiversidade 4 (1)
Biodiversidade 4 (1)
 
Educação Ambiental como ferramenta indispensável à comunidade ribeirinha de ...
Educação Ambiental como ferramenta indispensável  à comunidade ribeirinha de ...Educação Ambiental como ferramenta indispensável  à comunidade ribeirinha de ...
Educação Ambiental como ferramenta indispensável à comunidade ribeirinha de ...
 
Meio ambiente sustentabilidade e agroecologia
Meio ambiente sustentabilidade e agroecologiaMeio ambiente sustentabilidade e agroecologia
Meio ambiente sustentabilidade e agroecologia
 
Comunidades aula 1
Comunidades aula 1Comunidades aula 1
Comunidades aula 1
 
Biodiversidade mgomes2014
Biodiversidade mgomes2014Biodiversidade mgomes2014
Biodiversidade mgomes2014
 

Mais de Vitor Vieira Vasconcelos

Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversityRelationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Análise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveisAnálise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveis
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveisFishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos NaturaisRegimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos ComunsRecursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Relações entre sistemas naturais e sociais
Relações entre sistemas naturais e sociaisRelações entre sistemas naturais e sociais
Relações entre sistemas naturais e sociais
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços EcossistêmicosValoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política AmbientalBases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Planejamento territorial
Planejamento territorialPlanejamento territorial
Planejamento territorial
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Coremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento ParticipativoCoremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento Participativo
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Cartografia Social
Cartografia SocialCartografia Social
Cartografia Social
Vitor Vieira Vasconcelos
 
MIgrações
MIgraçõesMIgrações
Conflitos fundiários
Conflitos fundiáriosConflitos fundiários
Conflitos fundiários
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Conflitos Territoriais
Conflitos TerritoriaisConflitos Territoriais
Conflitos Territoriais
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São BernardoChácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Governo e Território
Governo e TerritórioGoverno e Território
Governo e Território
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Segregação e Interação Territorial
Segregação e Interação TerritorialSegregação e Interação Territorial
Segregação e Interação Territorial
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Território e Poder
Território e PoderTerritório e Poder
Território e Poder
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em ROperações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Lugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
Lugar, Ambiente, Paisagem e SentimentoLugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
Lugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
Vitor Vieira Vasconcelos
 

Mais de Vitor Vieira Vasconcelos (20)

Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversityRelationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
 
Análise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveisAnálise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveis
 
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveisFishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
 
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos NaturaisRegimes de Apropriação de Recursos Naturais
Regimes de Apropriação de Recursos Naturais
 
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos ComunsRecursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
 
Relações entre sistemas naturais e sociais
Relações entre sistemas naturais e sociaisRelações entre sistemas naturais e sociais
Relações entre sistemas naturais e sociais
 
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços EcossistêmicosValoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
 
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política AmbientalBases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
 
Planejamento territorial
Planejamento territorialPlanejamento territorial
Planejamento territorial
 
Coremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento ParticipativoCoremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento Participativo
 
Cartografia Social
Cartografia SocialCartografia Social
Cartografia Social
 
MIgrações
MIgraçõesMIgrações
MIgrações
 
Conflitos fundiários
Conflitos fundiáriosConflitos fundiários
Conflitos fundiários
 
Conflitos Territoriais
Conflitos TerritoriaisConflitos Territoriais
Conflitos Territoriais
 
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São BernardoChácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
 
Governo e Território
Governo e TerritórioGoverno e Território
Governo e Território
 
Segregação e Interação Territorial
Segregação e Interação TerritorialSegregação e Interação Territorial
Segregação e Interação Territorial
 
Território e Poder
Território e PoderTerritório e Poder
Território e Poder
 
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em ROperações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
 
Lugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
Lugar, Ambiente, Paisagem e SentimentoLugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
Lugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
 

Último

Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exerciciosdengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
wfsouza2
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
SETCESP - Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região
 

Último (7)

Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exerciciosdengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
dengue atividade e caça-palavras 6 ano exercicios
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESPJornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
Jornada da Sustentabilidade - Encontro ESG - SETCESP
 

Recursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos

  • 1. Recursos Naturais e Serviços Ecossistêmicos Ângela Terumi Fushita Vitor Vieira Vasconcelos Disciplina: Planejamento e Política Ambiental Bacharelado em Planejamento Territorial Universidade Federal do ABC Setembro, 2020 São Bernardo do Campo - SP 1
  • 2. Conteúdo •Recursos Naturais •Serviços Ecossistêmicos Tipologia Relação com o bem estar humano Relação com o planejamento ambiental 2
  • 3. Recursos Naturais • Definição relativa dos recursos naturais para planejamento e gestão • Para Hanna & Jentoft (1996):  Quando pessoas usam bens e serviços da natureza estes se transformam em recursos  As partes da natureza que são valoradas como recursos são relativas para cada cultura e para cada período do tempo  As pessoas interagem com a natureza por meio da tecnologia, trabalho e instituições – que definem as regras e as convenções de comportamentos 3 HANNA, Susan; JENTOFT, Svein. Human use of the natural environment: an overview of social and economic dimensions. In: HANNA, Susan S.; FOLKE, Carl; MÄLER, Karl-Göran. Rights to nature: ecological, economic, cultural, and political principles of institutions for the environment. Washington: Island Press, 1996.
  • 4. Serviços Ecossistêmicos • Definição: Benefícios para a população humana que derivam, direta ou indiretamente, das funções ecossistêmicas (Constanza et al., 1997) • Bens + Serviços = Serviços Ecossistêmicos • Ecossistemas  Naturais  Modificados pelo ser humano COSTANZA, R.; D’ARGE, R.; GROOT, R. de; FARBERK, S.; GRASSO, M.; HANNON, B.; LIMBURG, K.; NAEEM, S.; O’NEILL, R. S.; PARUELO, J.; RASKIN, R. G.; SUTTONKK, P.; BELT, M. van den. The value of the world’s ecosystem services and natural capital. Nature, vol 387, 1997.
  • 5. PAETZOLD, A.; WARREN, P. H.; MALTBY, L. A framework for assessing ecological quality based on ecosystem services. Ecological Complexity, vol. 7, 273-281. 2010. Serviços ecossistêmicos diretos ou de suporte Ator Interessado Agricultura Fertilidade do solo Controle de Erosão Ciclagem de Nutrientes Ciclagem da água Biodiversidade do solo Serviço direto Serviço de suporte
  • 6. Serviço de suporte PAETZOLD, A.; WARREN, P. H.; MALTBY, L. A framework for assessing ecological quality based on ecosystem services. Ecological Complexity, vol. 7, 273-281. 2010. Serviços ecossistêmicos diretos ou de suporte Ator Interessado Pesca Reposição do estoque de peixes Habitat dos peixes Qualidade da água Vegetação ripária Serviço direto Estética da paisagem ribeirinha Acesso ao rio Estabilidade das margens Nível da água
  • 7. Avaliação Ecossistêmica do Milênio • Iniciada pelas Nações unidas em 2001 • Representantes de convenções internacionais, agências da ONU, organizações científicas, líderes do setor privado, e representantes da sociedade civil e organizações indígenas • Marco teórico:  MEA. Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well-being: A Framework for Assessment (Island Press, 2003) https://www.millenniumassessment.org/en/Framework.html  Resumo oficial em português: https://www.millenniumassessment.org/documents/document.63.aspx.pdf • Finalizada em 2005 7
  • 8. Sustentabilidade na provisão de Serviços Ecossistêmicos • Opções de manejo ambiental que garantam:  Melhor bem estar social  Disponibilidade para as gerações futuras  Serviços constantes (evitar escassez e desastres) MEA. Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well-being: A Framework for Assessment (Island Press, 2003)
  • 9. Serviços Ecossistêmicos MEA. Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well-being: A Framework for Assessment (Island Press, 2003)
  • 10. Bem estar Pobreza Suporte Provisão Regulação Culturais Serviços Ecossistêmicos Segurança • Viver em um ambiente limpo e seguro • Reduzir vulnerabilidade aos choques e estresse ecológicos Material básico para uma vida boa • Acesso a recursos para salário e subsistência Saúde • Nutrição adequada • Evitar doenças • Água potável • Ar puro • Energia para se manter aquecido ou frio Boas relações sociais • Expressão de valores estéticos e recreativos • Expressão de valores culturais e espirituais • Observar, estudar e aprender Liberdadeseescolha Bem Estar MEA. Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well--being: A Framework for Assessment (Island Press, 2003)
  • 11. Serviços Ecossistêmicos e Vulnerabilidade Social • População pobre:  Mais dependente de serviços ecossistêmicos (especialmente os rurais)  Segregada para regiões ambientalmente menos saudáveis/rentáveis  Sofre maiores riscos no caso de desastres naturais (mais exposição e menos resiliência) • População rica  Pode importar serviços ecossistêmicos de áreas distantes  Pode estocar para casos de escassez  Pode investir em tecnologias de substituição/proteção  Tem dinheiro para reconstruir o que for destruído MEA. Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well-being: A Framework for Assessment , Island Press, 2003
  • 12. 12 Global Regional Local MEA. Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well--being: A Framework for Assessment (Island Press, 2003) Bem estar humano • Segurança • Material básico para uma vida boa • Saúde • Boas relações sociais • Liberdade de escolha e ação Serviços Ecossistêmicos • Provisão • Regulação • Cultural • Suporte Fatores indiretos de mudança • Demográficos • Econômicos • Sociopolíticos • Ciência e Tecnologia • Cultura e Religião Fatores diretos de mudança • Mudanças na cobertura e uso da terra • Introdução ou remoção de espécies • Adaptação e uso tecnológico • Entradas externas (fertilizantes, poluição) • Consumo de colheitas e recursos • Promotores físicos e naturais não influenciados pelo ser humano
  • 13. Tendências dos serviços ambientais 13 Millennium Ecosystem Assessment, M.E.A. Ecosystems and human well-being. Synthesis. Island Press, 2005
  • 14. O que se busca no planejamento ambiental • Ecossistemas saudáveis  sendo estáveis e sustentáveis, mantendo sua organização e autonomia no decorrer do tempo e sua resiliência ao stress. Rapport, D.J., Costanza, R., McMichael, A.J., 1998. Assessing ecosystem health. • Ecossistemas íntegros  Proximidade da diversidade, composição de espécies e organização da comunidade de organismos com o dos habitats naturais da região Angermeier, P.L., Karr, J.R., 1994. Biological integrity versus biological diversity as policy directives. BioScience 44, 690–697. • Maximização dos serviços ecossistêmicos  Incorpora a saúde e integridade dos ecossistemas, na medida em que são demandados pela população  Dependente do contexto geográfico, cultural e ecológico Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well-being: A Framework for Assessment (Island Press, 2003) PAETZOLD, A.; WARREN, P. H.; MALTBY, L. A framework for assessing ecological quality based on ecosystem services. Ecological Complexity, vol. 7, 273-281. 2010
  • 15. Exemplos aplicados • Serviços ecossistêmicos de um lago em um parque  População prefere um lago oligotrófico (águas limpas e transparentes)  Um lago mais eutrófico (mais nutrientes) poderia ter mais biodiversidade • Serviços de um ecossistema úmido (ex: um pântano) em uma área poluída • Quanto maior a produtividade, maior a remoção de poluentes • Talvez o máximo de biodiversidade não corresponda ao valor máximo de produtividade PAETZOLD, A.; WARREN, P. H.; MALTBY, L. A framework for assessing ecological quality based on ecosystem services. Ecological Complexity, vol. 7, 273-281. 2010
  • 16. Síntese 16 •Recursos Naturais •Serviços Ecossistêmicos Tipologia Relação com o bem estar humano Relação com o planejamento ambiental
  • 17. Obrigado! Ângela Terumi Fushita Vitor Vieira Vasconcelos 17