SlideShare uma empresa Scribd logo
Relações entre
sistemas naturais e sociais
Angela Terumi Fushita
Vitor Vieira Vasconcelos
Disciplina: Planejamento e Política Ambiental
Bacharelado em Planejamento Territorial
Universidade Federal do ABC
Setembro, 2020
São Bernardo do Campo - SP 1
Conteúdo
• Ecologia Humana
• Capital Natural
• Modelagem de interações entre sistemas
naturais e sociais
2
Interface entre sistemas naturais e
sociais
• Escola de Chicago de Ecologia Humana
Superestrutura Social
Ambiente
(Recursos
Naturais)
Controle
População
Artefatos
(tecnologia)
Costumes e crenças
(organização)
PARK, R.E. 1936. Human Ecology. American Journal of Sociology, 42:1-15
DUNCAN, O.D. 1961. From social system to ecosystem. Sociological Inquiry, 31:140-149
HAWLEY, A.H. 1973. Ecology and Population. Science, 179: 1196-1201
Cultura
Equilíbrio Social Equilíbrio Biótico
Interface entre sistemas naturais e
sociais
• Economia-Ecológica
Capital
Humano
Capital
Natural
Janson, A.M.; Hammer, M.; Folke, C.; Constanza, R. (eds.) 1994. Investing in natural capital. Washington, D.C.: Island Press
Diferentes Tipos de Capital
Tipo de Capital Exemplos
Financeiro Dinheiro
Físico Produzido Estoques de bens industriais, infraestrutura
Natural Recursos naturais e serviços ecossistêmicos
Humano Educação, habilidades, experiência
Social Redes sociais e relacionamentos
Cultural Costumes e crenças
BOURDIEU, Pierre. The forms of capital.(1986). Cultural theory: An anthology, p. 81-93, 2011.
GOODWIN, Neva R. Five kinds of capital: Useful concepts for sustainable development. Medford,
MA: Tufts University, 2003.
THROSBY, David. Cultural capital. Journal of cultural economics, v. 23, n. 1, p. 3-12, 1999.
Interface entre sistemas naturais e
sociais
• Economia-Ecológica
Capital
criado
pelo Ser
Humano
Capital
Natural
Capital
Cultural
Impactos
sobre
Gerado
por
Costumes e crenças
Social
Humano
VIEIRA, Paulo Freire; BERKES, Fikret; SEIXAS, Cristiana Simão. Gestão integrada e participativa de recursos
naturais: conceitos, métodos e experiências. Secco, 2005.
Interface entre sistemas naturais e
sociais
• Economia-Ecológica
Capital
criado
pelo Ser
Humano
Capital
Natural
VIEIRA, Paulo Freire; BERKES, Fikret; SEIXAS, Cristiana Simão. Gestão integrada e participativa de recursos
naturais: conceitos, métodos e experiências. Secco, 2005.
Capital
Cultural
Constante
desenvolvimento
Capacidade
de adaptação
Sistema de
Informações e
Feedback
Relação entre os tipos de capital
• O crescimento do PIB não leva em conta a
degradação do capital natural
• Deve-se considerar o capital presente e também
as tendências futuras (sustentabilidade)
MEA. Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well-being: A Framework
for Assessment (Island Press, 2003)
Modelagem Sistêmica
Predadores Presas
Retroalimentação
negativa
Retroalimentação
positiva
Plantas Polinizadores
Modelagem Sistêmica
Predadores Presas
Retroalimentação negativa
Retroalimentação positiva
Plantas Polinizadores
Situação Inicial
Explosão
Esgotamento
Tempo
Tempo
Equilíbrio
Situação
Inicial
Modelagem Sistêmica
Uso do recurso
comum
Quantidade do
recurso comum
Retroalimentação negativa
Retroalimentação positiva
Uso do recurso
comum
Quantidade do
recurso comum
Situação Inicial
Uso do Recurso Comum
Quantidade do Recurso Comum
Tempo
Tempo
Equilíbrio
Situação
Inicial
Instituição
reguladora
Síntese
• Ecologia Humana
• Capital Natural
• Modelagem de interações entre sistemas
naturais e sociais
12
Obrigado!
Angela Terumi Fushita
Vitor Vieira Vasconcelos
13

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 2 ___desenvolvimento_sustentavel
Aula 2 ___desenvolvimento_sustentavelAula 2 ___desenvolvimento_sustentavel
Aula 2 ___desenvolvimento_sustentavel
Naisa Leal
 
Teorias do Desenvolvimento Econômico
Teorias do Desenvolvimento EconômicoTeorias do Desenvolvimento Econômico
Teorias do Desenvolvimento Econômico
Vitor Vieira Vasconcelos
 
J1 gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentável
J1   gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentávelJ1   gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentável
J1 gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentável
Luís Filipe Marinho
 
J2 serviço dos ecossistemas
J2   serviço dos ecossistemasJ2   serviço dos ecossistemas
J2 serviço dos ecossistemas
Luís Filipe Marinho
 
Educação Ambiental
Educação AmbientalEducação Ambiental
Educação Ambiental
Isabella Galdino
 
(Apo) de portugues
(Apo) de portugues(Apo) de portugues
(Apo) de portugues
psi-fca
 
Aquecimento climatico global roque junges
Aquecimento climatico global   roque jungesAquecimento climatico global   roque junges
Aquecimento climatico global roque junges
babins
 
Taina de assumpcao
Taina de assumpcaoTaina de assumpcao
Taina de assumpcao
Carlos Elson Cunha
 
Servico social e meio ambiente
Servico social e meio ambienteServico social e meio ambiente
Servico social e meio ambiente
Lilian Ataíde Athayde
 
Meio Ambiente
Meio AmbienteMeio Ambiente
Meio Ambiente
pipcbc
 
história do ambientalismo
história do ambientalismohistória do ambientalismo
história do ambientalismo
pedro_s
 
V Fieq
V FieqV Fieq
V Fieq
cefaprotga
 
Princípios em ecologia 1 (2014)
Princípios em ecologia 1 (2014)Princípios em ecologia 1 (2014)
Princípios em ecologia 1 (2014)
Marcelo Gomes
 
Movimentos sociais ambientais
Movimentos sociais ambientaisMovimentos sociais ambientais
Movimentos sociais ambientais
Aline Corso
 
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política AmbientalBases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Comportamento e Práticas Culturais
Comportamento e Práticas CulturaisComportamento e Práticas Culturais
Comportamento e Práticas Culturais
Márcio Borges Moreira
 
Políticas ambientais e as representações sociais cornélio procópio
Políticas ambientais e as representações sociais  cornélio procópioPolíticas ambientais e as representações sociais  cornélio procópio
Políticas ambientais e as representações sociais cornélio procópio
Victor Ha-Kã Azevedo
 
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
Reicla Larissa Villela
 
Trajetória do movimento ambientalista
Trajetória do movimento ambientalistaTrajetória do movimento ambientalista
Trajetória do movimento ambientalista
Natália Pimenta
 
Movimento ambientalista
Movimento ambientalistaMovimento ambientalista
Movimento ambientalista
Rômulo Fernando
 

Mais procurados (20)

Aula 2 ___desenvolvimento_sustentavel
Aula 2 ___desenvolvimento_sustentavelAula 2 ___desenvolvimento_sustentavel
Aula 2 ___desenvolvimento_sustentavel
 
Teorias do Desenvolvimento Econômico
Teorias do Desenvolvimento EconômicoTeorias do Desenvolvimento Econômico
Teorias do Desenvolvimento Econômico
 
J1 gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentável
J1   gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentávelJ1   gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentável
J1 gestão dos ecossitemas e desenvolvimento sustentável
 
J2 serviço dos ecossistemas
J2   serviço dos ecossistemasJ2   serviço dos ecossistemas
J2 serviço dos ecossistemas
 
Educação Ambiental
Educação AmbientalEducação Ambiental
Educação Ambiental
 
(Apo) de portugues
(Apo) de portugues(Apo) de portugues
(Apo) de portugues
 
Aquecimento climatico global roque junges
Aquecimento climatico global   roque jungesAquecimento climatico global   roque junges
Aquecimento climatico global roque junges
 
Taina de assumpcao
Taina de assumpcaoTaina de assumpcao
Taina de assumpcao
 
Servico social e meio ambiente
Servico social e meio ambienteServico social e meio ambiente
Servico social e meio ambiente
 
Meio Ambiente
Meio AmbienteMeio Ambiente
Meio Ambiente
 
história do ambientalismo
história do ambientalismohistória do ambientalismo
história do ambientalismo
 
V Fieq
V FieqV Fieq
V Fieq
 
Princípios em ecologia 1 (2014)
Princípios em ecologia 1 (2014)Princípios em ecologia 1 (2014)
Princípios em ecologia 1 (2014)
 
Movimentos sociais ambientais
Movimentos sociais ambientaisMovimentos sociais ambientais
Movimentos sociais ambientais
 
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política AmbientalBases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
Bases teóricas e conceituais do Planejamento e da Política Ambiental
 
Comportamento e Práticas Culturais
Comportamento e Práticas CulturaisComportamento e Práticas Culturais
Comportamento e Práticas Culturais
 
Políticas ambientais e as representações sociais cornélio procópio
Políticas ambientais e as representações sociais  cornélio procópioPolíticas ambientais e as representações sociais  cornélio procópio
Políticas ambientais e as representações sociais cornélio procópio
 
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
Monitoramento in situ_da_biodiversidade_versao_final_05.12.2013
 
Trajetória do movimento ambientalista
Trajetória do movimento ambientalistaTrajetória do movimento ambientalista
Trajetória do movimento ambientalista
 
Movimento ambientalista
Movimento ambientalistaMovimento ambientalista
Movimento ambientalista
 

Semelhante a Relações entre sistemas naturais e sociais

Apresent. apreensão conc._bás._ciênc._soc._ambientais_2
Apresent. apreensão conc._bás._ciênc._soc._ambientais_2Apresent. apreensão conc._bás._ciênc._soc._ambientais_2
Apresent. apreensão conc._bás._ciênc._soc._ambientais_2
Pedro Almeida
 
Minicurso Educação Ambiental - Biosemana 2013 - Introdução
Minicurso Educação Ambiental - Biosemana 2013 - IntroduçãoMinicurso Educação Ambiental - Biosemana 2013 - Introdução
Minicurso Educação Ambiental - Biosemana 2013 - Introdução
Leonardo Kaplan
 
Aula 2
Aula 2 Aula 2
Aula 2
USP
 
Aula 2 ecoideologias
Aula 2 ecoideologiasAula 2 ecoideologias
Aula 2 ecoideologias
USP
 
Urbanização e Meio Ambiente
Urbanização e Meio AmbienteUrbanização e Meio Ambiente
Urbanização e Meio Ambiente
Vitor Vieira Vasconcelos
 
filosofia-1-ano-medio-planejamento-bimestral-www.leonardoportal- (1).docx
filosofia-1-ano-medio-planejamento-bimestral-www.leonardoportal- (1).docxfilosofia-1-ano-medio-planejamento-bimestral-www.leonardoportal- (1).docx
filosofia-1-ano-medio-planejamento-bimestral-www.leonardoportal- (1).docx
William Wanderley
 
Almanaque brasil socioambiental 2008
Almanaque brasil socioambiental 2008Almanaque brasil socioambiental 2008
Almanaque brasil socioambiental 2008
Geraldo Oliveira
 
06_Areas_de_Ciencias_Humanas_e_Ciencias_da_Natureza.pdf
06_Areas_de_Ciencias_Humanas_e_Ciencias_da_Natureza.pdf06_Areas_de_Ciencias_Humanas_e_Ciencias_da_Natureza.pdf
06_Areas_de_Ciencias_Humanas_e_Ciencias_da_Natureza.pdf
Renata Duarte
 
Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006
Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006
Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006
AlexandredeGusmaoPedrini
 
Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006
Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006
Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006
AlexandrePedrini
 
Politica Ambiental
Politica AmbientalPolitica Ambiental
Politica Ambiental
Vitor Vieira Vasconcelos
 
O estudo da cultura pela Análise do Comportamento: Contribuições de M. Harris...
O estudo da cultura pela Análise do Comportamento: Contribuições de M. Harris...O estudo da cultura pela Análise do Comportamento: Contribuições de M. Harris...
O estudo da cultura pela Análise do Comportamento: Contribuições de M. Harris...
Márcio Borges Moreira
 
Pensar a Humanidade e as Redes através da Teia da Vida, Revista Cescontexto 3...
Pensar a Humanidade e as Redes através da Teia da Vida, Revista Cescontexto 3...Pensar a Humanidade e as Redes através da Teia da Vida, Revista Cescontexto 3...
Pensar a Humanidade e as Redes através da Teia da Vida, Revista Cescontexto 3...
Jorge Moreira
 
Trilhas e perspectivas juan
Trilhas e perspectivas juanTrilhas e perspectivas juan
Trilhas e perspectivas juan
NEAGERED
 
Texto culturaambiental
Texto culturaambientalTexto culturaambiental
Texto culturaambiental
Fabio Fernandes Villela
 
A sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio Adas
A sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio AdasA sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio Adas
A sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio Adas
Editora Moderna
 
Interfaces do lixo comInterfaces do lixo com o trabalho o trabalho, a saúde e...
Interfaces do lixo comInterfaces do lixo com o trabalho o trabalho, a saúde e...Interfaces do lixo comInterfaces do lixo com o trabalho o trabalho, a saúde e...
Interfaces do lixo comInterfaces do lixo com o trabalho o trabalho, a saúde e...
Luis Natividade
 
À sustentabilidade e suas implicações no design gráfico
À sustentabilidade e suas implicações no design gráficoÀ sustentabilidade e suas implicações no design gráfico
À sustentabilidade e suas implicações no design gráfico
Hospital Italiano de Buenos Aires
 
PANTANAL/MS E AS NOVAS RELAÇÕES COM A NATUREZA: DAS ERVAS MEDICINAIS AOS MEDI...
PANTANAL/MS E AS NOVAS RELAÇÕES COM A NATUREZA: DAS ERVAS MEDICINAIS AOS MEDI...PANTANAL/MS E AS NOVAS RELAÇÕES COM A NATUREZA: DAS ERVAS MEDICINAIS AOS MEDI...
PANTANAL/MS E AS NOVAS RELAÇÕES COM A NATUREZA: DAS ERVAS MEDICINAIS AOS MEDI...
1sested
 
2º ano RELAÇÃO SERHUMANO NATUREZA.pptx
2º ano RELAÇÃO SERHUMANO NATUREZA.pptx2º ano RELAÇÃO SERHUMANO NATUREZA.pptx
2º ano RELAÇÃO SERHUMANO NATUREZA.pptx
JulioCesar1563
 

Semelhante a Relações entre sistemas naturais e sociais (20)

Apresent. apreensão conc._bás._ciênc._soc._ambientais_2
Apresent. apreensão conc._bás._ciênc._soc._ambientais_2Apresent. apreensão conc._bás._ciênc._soc._ambientais_2
Apresent. apreensão conc._bás._ciênc._soc._ambientais_2
 
Minicurso Educação Ambiental - Biosemana 2013 - Introdução
Minicurso Educação Ambiental - Biosemana 2013 - IntroduçãoMinicurso Educação Ambiental - Biosemana 2013 - Introdução
Minicurso Educação Ambiental - Biosemana 2013 - Introdução
 
Aula 2
Aula 2 Aula 2
Aula 2
 
Aula 2 ecoideologias
Aula 2 ecoideologiasAula 2 ecoideologias
Aula 2 ecoideologias
 
Urbanização e Meio Ambiente
Urbanização e Meio AmbienteUrbanização e Meio Ambiente
Urbanização e Meio Ambiente
 
filosofia-1-ano-medio-planejamento-bimestral-www.leonardoportal- (1).docx
filosofia-1-ano-medio-planejamento-bimestral-www.leonardoportal- (1).docxfilosofia-1-ano-medio-planejamento-bimestral-www.leonardoportal- (1).docx
filosofia-1-ano-medio-planejamento-bimestral-www.leonardoportal- (1).docx
 
Almanaque brasil socioambiental 2008
Almanaque brasil socioambiental 2008Almanaque brasil socioambiental 2008
Almanaque brasil socioambiental 2008
 
06_Areas_de_Ciencias_Humanas_e_Ciencias_da_Natureza.pdf
06_Areas_de_Ciencias_Humanas_e_Ciencias_da_Natureza.pdf06_Areas_de_Ciencias_Humanas_e_Ciencias_da_Natureza.pdf
06_Areas_de_Ciencias_Humanas_e_Ciencias_da_Natureza.pdf
 
Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006
Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006
Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006
 
Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006
Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006
Artigo educaçãoparasociedadessustentáveis2006
 
Politica Ambiental
Politica AmbientalPolitica Ambiental
Politica Ambiental
 
O estudo da cultura pela Análise do Comportamento: Contribuições de M. Harris...
O estudo da cultura pela Análise do Comportamento: Contribuições de M. Harris...O estudo da cultura pela Análise do Comportamento: Contribuições de M. Harris...
O estudo da cultura pela Análise do Comportamento: Contribuições de M. Harris...
 
Pensar a Humanidade e as Redes através da Teia da Vida, Revista Cescontexto 3...
Pensar a Humanidade e as Redes através da Teia da Vida, Revista Cescontexto 3...Pensar a Humanidade e as Redes através da Teia da Vida, Revista Cescontexto 3...
Pensar a Humanidade e as Redes através da Teia da Vida, Revista Cescontexto 3...
 
Trilhas e perspectivas juan
Trilhas e perspectivas juanTrilhas e perspectivas juan
Trilhas e perspectivas juan
 
Texto culturaambiental
Texto culturaambientalTexto culturaambiental
Texto culturaambiental
 
A sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio Adas
A sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio AdasA sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio Adas
A sustentabilidade socioambiental em sala de aula - Sérgio Adas
 
Interfaces do lixo comInterfaces do lixo com o trabalho o trabalho, a saúde e...
Interfaces do lixo comInterfaces do lixo com o trabalho o trabalho, a saúde e...Interfaces do lixo comInterfaces do lixo com o trabalho o trabalho, a saúde e...
Interfaces do lixo comInterfaces do lixo com o trabalho o trabalho, a saúde e...
 
À sustentabilidade e suas implicações no design gráfico
À sustentabilidade e suas implicações no design gráficoÀ sustentabilidade e suas implicações no design gráfico
À sustentabilidade e suas implicações no design gráfico
 
PANTANAL/MS E AS NOVAS RELAÇÕES COM A NATUREZA: DAS ERVAS MEDICINAIS AOS MEDI...
PANTANAL/MS E AS NOVAS RELAÇÕES COM A NATUREZA: DAS ERVAS MEDICINAIS AOS MEDI...PANTANAL/MS E AS NOVAS RELAÇÕES COM A NATUREZA: DAS ERVAS MEDICINAIS AOS MEDI...
PANTANAL/MS E AS NOVAS RELAÇÕES COM A NATUREZA: DAS ERVAS MEDICINAIS AOS MEDI...
 
2º ano RELAÇÃO SERHUMANO NATUREZA.pptx
2º ano RELAÇÃO SERHUMANO NATUREZA.pptx2º ano RELAÇÃO SERHUMANO NATUREZA.pptx
2º ano RELAÇÃO SERHUMANO NATUREZA.pptx
 

Mais de Vitor Vieira Vasconcelos

Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversityRelationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Análise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveisAnálise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveis
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveisFishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos ComunsRecursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços EcossistêmicosValoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Planejamento territorial
Planejamento territorialPlanejamento territorial
Planejamento territorial
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Coremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento ParticipativoCoremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento Participativo
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Cartografia Social
Cartografia SocialCartografia Social
Cartografia Social
Vitor Vieira Vasconcelos
 
MIgrações
MIgraçõesMIgrações
Conflitos fundiários
Conflitos fundiáriosConflitos fundiários
Conflitos fundiários
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Conflitos Territoriais
Conflitos TerritoriaisConflitos Territoriais
Conflitos Territoriais
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São BernardoChácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Governo e Território
Governo e TerritórioGoverno e Território
Governo e Território
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Segregação e Interação Territorial
Segregação e Interação TerritorialSegregação e Interação Territorial
Segregação e Interação Territorial
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Território e Poder
Território e PoderTerritório e Poder
Território e Poder
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em ROperações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Lugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
Lugar, Ambiente, Paisagem e SentimentoLugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
Lugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Dados espaciais em R (2020)
Dados espaciais em R (2020)Dados espaciais em R (2020)
Dados espaciais em R (2020)
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Interpretação do Espaço
Interpretação do EspaçoInterpretação do Espaço
Interpretação do Espaço
Vitor Vieira Vasconcelos
 
Território e Sociedade - Apresentação
Território e Sociedade - ApresentaçãoTerritório e Sociedade - Apresentação
Território e Sociedade - Apresentação
Vitor Vieira Vasconcelos
 

Mais de Vitor Vieira Vasconcelos (20)

Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversityRelationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
Relationships among socioeconomic affluence, yard management, and biodiversity
 
Análise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveisAnálise espacial de doenças transmissíveis
Análise espacial de doenças transmissíveis
 
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveisFishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
Fishbanks! Jogo de simulação de gestão de recursos renováveis
 
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos ComunsRecursos Comuns e Tragédia dos Comuns
Recursos Comuns e Tragédia dos Comuns
 
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços EcossistêmicosValoração de Serviços Ecossistêmicos
Valoração de Serviços Ecossistêmicos
 
Planejamento territorial
Planejamento territorialPlanejamento territorial
Planejamento territorial
 
Coremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento ParticipativoCoremática e Mapeamento Participativo
Coremática e Mapeamento Participativo
 
Cartografia Social
Cartografia SocialCartografia Social
Cartografia Social
 
MIgrações
MIgraçõesMIgrações
MIgrações
 
Conflitos fundiários
Conflitos fundiáriosConflitos fundiários
Conflitos fundiários
 
Conflitos Territoriais
Conflitos TerritoriaisConflitos Territoriais
Conflitos Territoriais
 
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São BernardoChácara Baronesa - Haras São Bernardo
Chácara Baronesa - Haras São Bernardo
 
Governo e Território
Governo e TerritórioGoverno e Território
Governo e Território
 
Segregação e Interação Territorial
Segregação e Interação TerritorialSegregação e Interação Territorial
Segregação e Interação Territorial
 
Território e Poder
Território e PoderTerritório e Poder
Território e Poder
 
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em ROperações com dados espaciais (Vetor) em R
Operações com dados espaciais (Vetor) em R
 
Lugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
Lugar, Ambiente, Paisagem e SentimentoLugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
Lugar, Ambiente, Paisagem e Sentimento
 
Dados espaciais em R (2020)
Dados espaciais em R (2020)Dados espaciais em R (2020)
Dados espaciais em R (2020)
 
Interpretação do Espaço
Interpretação do EspaçoInterpretação do Espaço
Interpretação do Espaço
 
Território e Sociedade - Apresentação
Território e Sociedade - ApresentaçãoTerritório e Sociedade - Apresentação
Território e Sociedade - Apresentação
 

Último

Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 

Relações entre sistemas naturais e sociais

  • 1. Relações entre sistemas naturais e sociais Angela Terumi Fushita Vitor Vieira Vasconcelos Disciplina: Planejamento e Política Ambiental Bacharelado em Planejamento Territorial Universidade Federal do ABC Setembro, 2020 São Bernardo do Campo - SP 1
  • 2. Conteúdo • Ecologia Humana • Capital Natural • Modelagem de interações entre sistemas naturais e sociais 2
  • 3. Interface entre sistemas naturais e sociais • Escola de Chicago de Ecologia Humana Superestrutura Social Ambiente (Recursos Naturais) Controle População Artefatos (tecnologia) Costumes e crenças (organização) PARK, R.E. 1936. Human Ecology. American Journal of Sociology, 42:1-15 DUNCAN, O.D. 1961. From social system to ecosystem. Sociological Inquiry, 31:140-149 HAWLEY, A.H. 1973. Ecology and Population. Science, 179: 1196-1201 Cultura Equilíbrio Social Equilíbrio Biótico
  • 4. Interface entre sistemas naturais e sociais • Economia-Ecológica Capital Humano Capital Natural Janson, A.M.; Hammer, M.; Folke, C.; Constanza, R. (eds.) 1994. Investing in natural capital. Washington, D.C.: Island Press
  • 5. Diferentes Tipos de Capital Tipo de Capital Exemplos Financeiro Dinheiro Físico Produzido Estoques de bens industriais, infraestrutura Natural Recursos naturais e serviços ecossistêmicos Humano Educação, habilidades, experiência Social Redes sociais e relacionamentos Cultural Costumes e crenças BOURDIEU, Pierre. The forms of capital.(1986). Cultural theory: An anthology, p. 81-93, 2011. GOODWIN, Neva R. Five kinds of capital: Useful concepts for sustainable development. Medford, MA: Tufts University, 2003. THROSBY, David. Cultural capital. Journal of cultural economics, v. 23, n. 1, p. 3-12, 1999.
  • 6. Interface entre sistemas naturais e sociais • Economia-Ecológica Capital criado pelo Ser Humano Capital Natural Capital Cultural Impactos sobre Gerado por Costumes e crenças Social Humano VIEIRA, Paulo Freire; BERKES, Fikret; SEIXAS, Cristiana Simão. Gestão integrada e participativa de recursos naturais: conceitos, métodos e experiências. Secco, 2005.
  • 7. Interface entre sistemas naturais e sociais • Economia-Ecológica Capital criado pelo Ser Humano Capital Natural VIEIRA, Paulo Freire; BERKES, Fikret; SEIXAS, Cristiana Simão. Gestão integrada e participativa de recursos naturais: conceitos, métodos e experiências. Secco, 2005. Capital Cultural Constante desenvolvimento Capacidade de adaptação Sistema de Informações e Feedback
  • 8. Relação entre os tipos de capital • O crescimento do PIB não leva em conta a degradação do capital natural • Deve-se considerar o capital presente e também as tendências futuras (sustentabilidade) MEA. Millennium Ecosystem Assessment. Ecosystems and Human Well-being: A Framework for Assessment (Island Press, 2003)
  • 10. Modelagem Sistêmica Predadores Presas Retroalimentação negativa Retroalimentação positiva Plantas Polinizadores Situação Inicial Explosão Esgotamento Tempo Tempo Equilíbrio Situação Inicial
  • 11. Modelagem Sistêmica Uso do recurso comum Quantidade do recurso comum Retroalimentação negativa Retroalimentação positiva Uso do recurso comum Quantidade do recurso comum Situação Inicial Uso do Recurso Comum Quantidade do Recurso Comum Tempo Tempo Equilíbrio Situação Inicial Instituição reguladora
  • 12. Síntese • Ecologia Humana • Capital Natural • Modelagem de interações entre sistemas naturais e sociais 12
  • 13. Obrigado! Angela Terumi Fushita Vitor Vieira Vasconcelos 13