SlideShare uma empresa Scribd logo
Raízes
Funções:
    • Absorver e conduzir
      água e minerais
      dissolvidos;

    • Acumular nutrientes e
      fixar a planta ao solo;

    • Diferencia-se do caule
      por sua estrutura, pelo
      modo como se forma e
      pela falta de apêndices,
      como gemas (meristemas
      externos) e folhas.
• Coifa ou caliptra:
Regiões da raiz:
                                                 é rígida,
                     consequentemente morta, e protege
                     aos meristemas, como um "dedal",
                     contra o atrito e a ação de
                     microorganismos; a coifa estará
                     ausente nas raízes sugadoras ou
                     haustórios.
                   • Zona lisa ou
                     crescimento:         apresenta
                     meristemas primários que alongam a
                     raiz (crescimento subterminal).
                   • Zona pilífera ou
                     absorção: apresenta expansões
                     de células da epiderme com a função
                     de absorção.
                   • Zona suberosa ou
                     ramificação: caracteriza-se
                     pelas ramificações.
                   • Colo ou coleto:         zona de
                     transição entre raiz e caule.
•   Caliptra
Classificação das raízes:
Classificadas de acordo com o ambiente
  em que vivem e com as funções que
  desempenham:
• Raízes terrestres;
• Raízes aéreas;
• Raízes aquáticas.
Raízes terrestres
• Axiais ou Pivotante: raiz                  • Fasciculadas ou
  subterrânea que apresenta um eixo            Cabeleira: raiz em forma
  principal de onde partem ramificações        de cabeleira, sem a formação de um
  secundárias. Exemplo: Pinheiro do Paraná     eixo principal. Occorre em
  (Araucaria angustifolia);                    monocotiledôneas como o milho
                                               (Zea mays).
Tuberosas:     Armazenam substâncias
nutritivas .
Raízes Aéreas ou adventícias: podem surgir em
qualquer parte do sistema caulicular da planta ou mesmo das folhas
(begônias), servindo às mais diversas finalidades.
Suportes ou
escora:
Partem do caule e atingem o
solo, e sua principal função é
aumentar a fixação do
vegetal.
Tabulares:             são
achatadas, e encontradas em
florestas densas, sendo
responsáveis pela fixação,
podendo também serem
respiratórias.
Estrangulantes:
Raiz que se enrola nas árvores que lhe

serve de suporte provocando

posteriormente o estrangulamento delas.

São exemplos os cipós-mata-pau (Ficus

sp.).
Sugadoras ou
Haustórios:
Presentes em hemiparasitas e
holoparasitas, perfuram o caule do
hospedeiro em busca se nutrir.
Crescem até o sistema vascular da
planta hospedeira da qual retira os
nutrientes (seiva). Ex: cipó-chumbo e
erva de passarinho.
Exemplo de Haustório: erva de passarinho
• Respiratórias ou
  Pneumatóforos:
 ramificações com
 geotropismo negativo que
 buscam oxigênio cujo teor
 reduziu-se num solo alagado.
 É o caso das raízes
 secundárias da Rizophora
 mangle.
• Cinturas: raiz com tecidos especializados em absorver e reter água diretamente do ar
  atmosférico, característica fundamental para as epífitas, plantas inquilinas que vivem sobre outras
  plantas, geralmente em busca de um ótimo em luminosidade. Ocorre nas raízes das orquídeas.
Grampiformes:         semelhantes a pequenos grampos para a
fixação de plantas trepadeiras. Ex: Hera.
Raízes aquáticas:
Apresentam parênquima aerífero
bem desenvolvido.
Não apresentam coifa. Ex: raízes
do aguapé e vitória-régia.
ANATOMIA DA RAIZ
Figura 17: Esquema dum corte transversal duma raiz primária de trigo ( Triticum
aestivum), na zona pilosa, mostrando as três vias para o movimento radial
radicular da água. Adaptado de Salisbury e Ross (1992), fig.7.7, pag. 140
Raiz
Raiz
Raiz

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Briofitas
BriofitasBriofitas
Briofitas
jcrrios
 
1 introdução à botânica
1 introdução à botânica1 introdução à botânica
1 introdução à botânica
Cristóvão Lopes
 
Órgãos Vegetativos
Órgãos VegetativosÓrgãos Vegetativos
Órgãos Vegetativos
Jézili Dias
 
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
infoeducp2
 
Morfologia Vegetal - Caule
Morfologia Vegetal - Caule Morfologia Vegetal - Caule
Morfologia Vegetal - Caule
Bruno Djvan Ramos Barbosa
 
Reino das Plantas
Reino das PlantasReino das Plantas
Reino das Plantas
Ikaro Slipk
 
Histologia vegetal
Histologia vegetalHistologia vegetal
Histologia vegetal
Eldon Clayton
 
Histologia vegetal
Histologia vegetalHistologia vegetal
Histologia vegetal
profatatiana
 
Caule
CauleCaule
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folha
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folhaMorfologia vegetal, semente raiz caule e folha
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folha
Marcos Albuquerque
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
Bruna Medeiros
 
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia VegetalSlides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Turma Olímpica
 
Raiz
RaizRaiz
Gimnospermas e angiosperma
Gimnospermas e angiospermaGimnospermas e angiosperma
Gimnospermas e angiosperma
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FolhaSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Turma Olímpica
 
Caule 2012 aula
Caule 2012 aulaCaule 2012 aula
Caule 2012 aula
Priscila Belintani
 
Anatomia e Morfologia Vegetal - Ensino Médio
Anatomia e Morfologia Vegetal - Ensino MédioAnatomia e Morfologia Vegetal - Ensino Médio
Anatomia e Morfologia Vegetal - Ensino Médio
Camila Rossi
 
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermasAula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Fatima Comiotto
 
Anatomia e morfologia de folha
Anatomia e morfologia de folhaAnatomia e morfologia de folha
Anatomia e morfologia de folha
Janaína Baldêz
 
Frutos
FrutosFrutos

Mais procurados (20)

Briofitas
BriofitasBriofitas
Briofitas
 
1 introdução à botânica
1 introdução à botânica1 introdução à botânica
1 introdução à botânica
 
Órgãos Vegetativos
Órgãos VegetativosÓrgãos Vegetativos
Órgãos Vegetativos
 
Reino Plantas
Reino PlantasReino Plantas
Reino Plantas
 
Morfologia Vegetal - Caule
Morfologia Vegetal - Caule Morfologia Vegetal - Caule
Morfologia Vegetal - Caule
 
Reino das Plantas
Reino das PlantasReino das Plantas
Reino das Plantas
 
Histologia vegetal
Histologia vegetalHistologia vegetal
Histologia vegetal
 
Histologia vegetal
Histologia vegetalHistologia vegetal
Histologia vegetal
 
Caule
CauleCaule
Caule
 
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folha
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folhaMorfologia vegetal, semente raiz caule e folha
Morfologia vegetal, semente raiz caule e folha
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
 
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia VegetalSlides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
Slides da aula de Biologia (Renato) Anatofisiologia Vegetal
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Gimnospermas e angiosperma
Gimnospermas e angiospermaGimnospermas e angiosperma
Gimnospermas e angiosperma
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FolhaSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
 
Caule 2012 aula
Caule 2012 aulaCaule 2012 aula
Caule 2012 aula
 
Anatomia e Morfologia Vegetal - Ensino Médio
Anatomia e Morfologia Vegetal - Ensino MédioAnatomia e Morfologia Vegetal - Ensino Médio
Anatomia e Morfologia Vegetal - Ensino Médio
 
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermasAula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
Aula de briófitas, pteridófitas, gimnospermas e angiospermas
 
Anatomia e morfologia de folha
Anatomia e morfologia de folhaAnatomia e morfologia de folha
Anatomia e morfologia de folha
 
Frutos
FrutosFrutos
Frutos
 

Destaque

Tecidos vegetais
Tecidos vegetaisTecidos vegetais
Tecidos vegetais
turma21
 
Biologia - Fisiologia das Angiospermas
Biologia - Fisiologia das AngiospermasBiologia - Fisiologia das Angiospermas
Biologia - Fisiologia das Angiospermas
José Henrique Soares Paiva
 
Raiz
RaizRaiz
Gimnospermas
GimnospermasGimnospermas
Gimnospermas
Ubirajara Neves
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
ISJ
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
Lucas Vieira
 
Tecidos vegetais
Tecidos vegetaisTecidos vegetais
Tecidos vegetais
Escola do Recife
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
Bruna Medeiros
 
Gimnospermas
GimnospermasGimnospermas
Gimnospermas
guest78da28
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
SEMED de Santarém/PA
 

Destaque (11)

Tecidos vegetais
Tecidos vegetaisTecidos vegetais
Tecidos vegetais
 
Biologia - Fisiologia das Angiospermas
Biologia - Fisiologia das AngiospermasBiologia - Fisiologia das Angiospermas
Biologia - Fisiologia das Angiospermas
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Gimnospermas
GimnospermasGimnospermas
Gimnospermas
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
 
Briófitas
BriófitasBriófitas
Briófitas
 
Pteridófitas
PteridófitasPteridófitas
Pteridófitas
 
Tecidos vegetais
Tecidos vegetaisTecidos vegetais
Tecidos vegetais
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Gimnospermas
GimnospermasGimnospermas
Gimnospermas
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 

Semelhante a Raiz

Morfologia e anatomia de caule e raíz
Morfologia e anatomia de caule e raízMorfologia e anatomia de caule e raíz
Morfologia e anatomia de caule e raíz
letyap
 
Orgaos vegetais
Orgaos vegetaisOrgaos vegetais
Orgaos vegetais
jonathacioly
 
Morfologia vegetal 2o.m
Morfologia vegetal 2o.mMorfologia vegetal 2o.m
Morfologia vegetal 2o.m
le_firmino
 
Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1
Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1
Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1
Albano Novaes
 
Aula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth BergerAula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth Berger
Matheus Yuri
 
7º ano reino plantae 1
7º ano    reino plantae 17º ano    reino plantae 1
7º ano reino plantae 1
Simone Maia
 
Raiz, caule e folha aula alex ppt
Raiz, caule e folha   aula alex pptRaiz, caule e folha   aula alex ppt
Raiz, caule e folha aula alex ppt
Gaspar Neto
 
7º ano cap 12 e 13 angiospermas - órgãos
7º ano cap 12 e 13   angiospermas - órgãos7º ano cap 12 e 13   angiospermas - órgãos
7º ano cap 12 e 13 angiospermas - órgãos
ISJ
 
óRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisóRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetais
aulasdoaris
 
óRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisóRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetais
aulasdoaris
 
Caule
CauleCaule
Caule
CauleCaule
1 morfologia vegetal_raiz
1 morfologia vegetal_raiz1 morfologia vegetal_raiz
1 morfologia vegetal_raiz
rrodrigues57
 
Raízes e sementes
Raízes e sementesRaízes e sementes
Raízes e sementes
Airton Dos Santos
 
Morfologiavegetalsementeraizcauleefolha 111108063906-phpapp01
Morfologiavegetalsementeraizcauleefolha 111108063906-phpapp01Morfologiavegetalsementeraizcauleefolha 111108063906-phpapp01
Morfologiavegetalsementeraizcauleefolha 111108063906-phpapp01
adrianapaulon
 
Raiz, caule e folha. aulaalexppt-111219160415-phpapp02
Raiz, caule e folha. aulaalexppt-111219160415-phpapp02Raiz, caule e folha. aulaalexppt-111219160415-phpapp02
Raiz, caule e folha. aulaalexppt-111219160415-phpapp02
Gaspar Neto
 
MorfologiaVegetal.ppt
MorfologiaVegetal.pptMorfologiaVegetal.ppt
MorfologiaVegetal.ppt
Sabrina Nascimento
 
Trabalho sobre raízes
Trabalho sobre raízesTrabalho sobre raízes
Trabalho sobre raízes
juninhowwave
 
Mateus, michel e adriele 6ª m1
Mateus, michel e adriele  6ª m1Mateus, michel e adriele  6ª m1
Mateus, michel e adriele 6ª m1
juninhowwave
 
Apostila 1 convertido
Apostila 1 convertidoApostila 1 convertido
Apostila 1 convertido
Ana Munhós
 

Semelhante a Raiz (20)

Morfologia e anatomia de caule e raíz
Morfologia e anatomia de caule e raízMorfologia e anatomia de caule e raíz
Morfologia e anatomia de caule e raíz
 
Orgaos vegetais
Orgaos vegetaisOrgaos vegetais
Orgaos vegetais
 
Morfologia vegetal 2o.m
Morfologia vegetal 2o.mMorfologia vegetal 2o.m
Morfologia vegetal 2o.m
 
Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1
Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1
Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1
 
Aula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth BergerAula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth Berger
 
7º ano reino plantae 1
7º ano    reino plantae 17º ano    reino plantae 1
7º ano reino plantae 1
 
Raiz, caule e folha aula alex ppt
Raiz, caule e folha   aula alex pptRaiz, caule e folha   aula alex ppt
Raiz, caule e folha aula alex ppt
 
7º ano cap 12 e 13 angiospermas - órgãos
7º ano cap 12 e 13   angiospermas - órgãos7º ano cap 12 e 13   angiospermas - órgãos
7º ano cap 12 e 13 angiospermas - órgãos
 
óRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisóRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetais
 
óRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetaisóRgãos e tecidos vegetais
óRgãos e tecidos vegetais
 
Caule
CauleCaule
Caule
 
Caule
CauleCaule
Caule
 
1 morfologia vegetal_raiz
1 morfologia vegetal_raiz1 morfologia vegetal_raiz
1 morfologia vegetal_raiz
 
Raízes e sementes
Raízes e sementesRaízes e sementes
Raízes e sementes
 
Morfologiavegetalsementeraizcauleefolha 111108063906-phpapp01
Morfologiavegetalsementeraizcauleefolha 111108063906-phpapp01Morfologiavegetalsementeraizcauleefolha 111108063906-phpapp01
Morfologiavegetalsementeraizcauleefolha 111108063906-phpapp01
 
Raiz, caule e folha. aulaalexppt-111219160415-phpapp02
Raiz, caule e folha. aulaalexppt-111219160415-phpapp02Raiz, caule e folha. aulaalexppt-111219160415-phpapp02
Raiz, caule e folha. aulaalexppt-111219160415-phpapp02
 
MorfologiaVegetal.ppt
MorfologiaVegetal.pptMorfologiaVegetal.ppt
MorfologiaVegetal.ppt
 
Trabalho sobre raízes
Trabalho sobre raízesTrabalho sobre raízes
Trabalho sobre raízes
 
Mateus, michel e adriele 6ª m1
Mateus, michel e adriele  6ª m1Mateus, michel e adriele  6ª m1
Mateus, michel e adriele 6ª m1
 
Apostila 1 convertido
Apostila 1 convertidoApostila 1 convertido
Apostila 1 convertido
 

Último

UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
Deiciane Chaves
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
Ailton Barcelos
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
y6zh7bvphf
 

Último (20)

UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
 

Raiz

  • 2. Funções: • Absorver e conduzir água e minerais dissolvidos; • Acumular nutrientes e fixar a planta ao solo; • Diferencia-se do caule por sua estrutura, pelo modo como se forma e pela falta de apêndices, como gemas (meristemas externos) e folhas.
  • 3. • Coifa ou caliptra: Regiões da raiz: é rígida, consequentemente morta, e protege aos meristemas, como um "dedal", contra o atrito e a ação de microorganismos; a coifa estará ausente nas raízes sugadoras ou haustórios. • Zona lisa ou crescimento: apresenta meristemas primários que alongam a raiz (crescimento subterminal). • Zona pilífera ou absorção: apresenta expansões de células da epiderme com a função de absorção. • Zona suberosa ou ramificação: caracteriza-se pelas ramificações. • Colo ou coleto: zona de transição entre raiz e caule.
  • 4. Caliptra
  • 5. Classificação das raízes: Classificadas de acordo com o ambiente em que vivem e com as funções que desempenham: • Raízes terrestres; • Raízes aéreas; • Raízes aquáticas.
  • 6. Raízes terrestres • Axiais ou Pivotante: raiz • Fasciculadas ou subterrânea que apresenta um eixo Cabeleira: raiz em forma principal de onde partem ramificações de cabeleira, sem a formação de um secundárias. Exemplo: Pinheiro do Paraná eixo principal. Occorre em (Araucaria angustifolia); monocotiledôneas como o milho (Zea mays).
  • 7. Tuberosas: Armazenam substâncias nutritivas .
  • 8. Raízes Aéreas ou adventícias: podem surgir em qualquer parte do sistema caulicular da planta ou mesmo das folhas (begônias), servindo às mais diversas finalidades.
  • 9. Suportes ou escora: Partem do caule e atingem o solo, e sua principal função é aumentar a fixação do vegetal.
  • 10. Tabulares: são achatadas, e encontradas em florestas densas, sendo responsáveis pela fixação, podendo também serem respiratórias.
  • 11. Estrangulantes: Raiz que se enrola nas árvores que lhe serve de suporte provocando posteriormente o estrangulamento delas. São exemplos os cipós-mata-pau (Ficus sp.).
  • 12. Sugadoras ou Haustórios: Presentes em hemiparasitas e holoparasitas, perfuram o caule do hospedeiro em busca se nutrir. Crescem até o sistema vascular da planta hospedeira da qual retira os nutrientes (seiva). Ex: cipó-chumbo e erva de passarinho.
  • 13. Exemplo de Haustório: erva de passarinho
  • 14. • Respiratórias ou Pneumatóforos: ramificações com geotropismo negativo que buscam oxigênio cujo teor reduziu-se num solo alagado. É o caso das raízes secundárias da Rizophora mangle.
  • 15. • Cinturas: raiz com tecidos especializados em absorver e reter água diretamente do ar atmosférico, característica fundamental para as epífitas, plantas inquilinas que vivem sobre outras plantas, geralmente em busca de um ótimo em luminosidade. Ocorre nas raízes das orquídeas.
  • 16. Grampiformes: semelhantes a pequenos grampos para a fixação de plantas trepadeiras. Ex: Hera.
  • 17. Raízes aquáticas: Apresentam parênquima aerífero bem desenvolvido. Não apresentam coifa. Ex: raízes do aguapé e vitória-régia.
  • 18. ANATOMIA DA RAIZ Figura 17: Esquema dum corte transversal duma raiz primária de trigo ( Triticum aestivum), na zona pilosa, mostrando as três vias para o movimento radial radicular da água. Adaptado de Salisbury e Ross (1992), fig.7.7, pag. 140