SlideShare uma empresa Scribd logo
Proceso electrónico y   JORGE ALBERTO ARAUJO Juez Titular de la 1ª Vara e Director de Foro del Trabajo de São Leopoldo/RS laboral en BRASIL
 
Proceso laboral en Brasil Dos ritos   1. Ordinário:  Valor de la causa por encima de 40 salarios mínimos. Hasta 3 testigos por parte. 2. Sumariíssimo: Abajo de 40 salarios mínimos. Pedido cierto y determinado (líquido). Hasta 2 testigos por parte.
Proceso laboral en Brasil Competências laborales y de seguridad social Justicia del Trabajo  relaciones entre empleados e empleadores (celetistas), incluyendo las empresas públicas y sociedads de economia mista; accidentes de trabajo; questiones relacionadas a los sindicatos, incluindo las colectivas.
Proceso laboral en Brasil Competências laborais e de seguridade social Justiça Comum (Federal e Estadual)  relações entre servidores públicos e os entes estatais (estatutários); demandas contra a Previdência (seguridade social).
Processo laboral no Brasil Características:
Processo laboral no Brasil Codificação específica:  arts. 763 e seguintes da CLT e Lei 5.584/70. Subsidiariedade da Lei Processual Comum (Código de Processo Civil).
Processo laboral no Brasil Codificação específica:  arts. 763 e seguintes da CLT e Lei 5.584/70. Subsidiariedade da Lei Processual Comum (Código de Processo Civil).
Processo laboral no Brasil Predomínio da oralidade: Petição inicial com resumo dos fatos e pedidos; Audiência após 20 ou 30 dias (média) do ajuizamento; Contestação oral (20 minutos); Prioridade para a realização dos atos em audiência; Sentença em audiência, após a instrução, ou apenas a proclamação do resultado e fundamentos no prazo de 48 horas.
Processo laboral no Brasil Predomínio da oralidade: Petição inicial com resumo dos fatos e pedidos; Audiência após 20 ou 30 dias (média) do ajuizamento; Contestação oral (20 minutos); Prioridade para a realização dos atos em audiência; Sentença em audiência, após a instrução, ou apenas a proclamação do resultado e fundamentos no prazo de 48 horas.
Processo laboral no Brasil Predomínio da oralidade: Petição inicial com resumo dos fatos e pedidos; Audiência após 20 ou 30 dias (média) do ajuizamento; Contestação oral (20 minutos); Prioridade para a realização dos atos em audiência; Sentença em audiência, após a instrução, ou apenas a proclamação do resultado e fundamentos no prazo de 48 horas.
Processo laboral no Brasil Predomínio da oralidade: Petição inicial com resumo dos fatos e pedidos; Audiência após 20 ou 30 dias (média) do ajuizamento; Contestação oral (20 minutos); Prioridade para a realização dos atos em audiência; Sentença em audiência, após a instrução, ou apenas a proclamação do resultado e fundamentos no prazo de 48 horas.
Processo laboral no Brasil Predomínio da oralidade: Petição inicial com resumo dos fatos e pedidos; Audiência após 20 ou 30 dias (média) do ajuizamento; Contestação oral (20 minutos); Prioridade para a realização dos atos em audiência; Sentença em audiência, após a instrução, ou apenas a proclamação do resultado e fundamentos no prazo de 48 horas.
Processo laboral no Brasil Obrigatoriedade de perícia técnica (por médico ou engenheiro do trabalho) para a verificação de insalubridade e periculosidade.
Processo laboral no Brasil Vocação para a conciliação / acordo - duas propostas obrigatórias (início e fim da audiência). Direção sempre pelo juiz (letrado), que é o responsável pela condução das audiências e sentença.
Processo laboral no Brasil Privilégios para a Fazenda Pública  (União, estados e municípios) Prazos especiais - 4x para contestar e 2x para recorrer; Execução por precatório: Inscrição da dívida até junho de um ano para ser pago até junho do ano seguinte.
Processo laboral no Brasil Privilégios para a Fazenda Pública  (União, estados e municípios) Prazos especiais - 4x para contestar e 2x para recorrer; Execução por precatório: Inscrição da dívida até junho de um ano para ser pago até junho do ano seguinte.
Processo laboral no Brasil Cumulação de ações.
Processo laboral no Brasil Demandas mais comuns: Jornada (horas extraordinárias, compensações, intervalos); Saúde e segurança do trabalho (insalubridade, periculosidade, acidentes de trabalho); Justa causa e rescisórias; Reconhecimento da relação de emprego.
Processo laboral no Brasil Demandados (réus) mais freqüentes: Empresas prestadoras de serviços terceirizados; Empresas concessionárias de serviços públicos (telefonia e energia elétrica); Entes estatais (em especial em relação a terceirizações).
Processo laboral no Brasil As decisões são recorríveis através de um recurso ordinário a ser julgado pelo Tribunal Regional do Trabalho. O réu (empresa) para recorrer deve recolher (depositar): custas (2% sobre o valor da condenação). depósito recursal - valor que serve de garantia para a execução no limite de R$ 5.889,50 (US$ 3.500,00)
Processo laboral no Brasil Há duas possibilidades de recursos especiais: 1) Recurso de revista para o Tribunal Superior do Trabalho: não reexamina fatos; decisão deve ser contrária à lei ou à jurisprudência do TST ou de outros tribunais.
Processo laboral no Brasil 2) Recurso de extraordinário para o Supremo Tribunal Federal: matéria constitucional.
Processo laboral no Brasil Observação : o Brasil tem mais de 50 dispositivos na Constituição relacionados ao Direito do Trabalho, que vão desde fixação de adicional de horas extraordinárias até a criação de estabilidades e garantias de emprego.
 
Processo laboral no Brasil Esgotada a fase de conhecimento, que se encerra com a  sentença definitiva , tem início a fase de execução que, no  processo civil  até há algum tempo era uma ação completamente distinta e no  processo laboral  seguia mais ou menos a mesma tendência. Ou seja há todo um arcabouços de defesas, a contar da fase de liquidação até que ocorra o efetivo pagamento.  
Processo laboral no Brasil Execução A fase de execução se inicia de ofício pelo Juiz, que determina a apresentação de contas de liquidação (se a sentença não for líquida). Não sendo apresentadas contas ou havendo divergência é possível se nomear um contador.  Após os procedimentos de liquidação o juiz profere uma sentença de liquidação, onde proclama o valor devido pelo réu. 
Processo laboral no Brasil O réu é, então, citado para pagar. Ele poderá então:  Pagar; Depositar o valor (ou indicar bens para penhora) para discutir a conta de liquidação.
Processo laboral no Brasil Havendo discussão sobre o valor da execução pode se estender a execução sendo que há uma espécie de recurso contra a sentença de liquidação a ser julgada pelo próprio juiz de primeiro grau chamado embargo ou impugnação. Da decisão do juiz de primeiro grau ainda cabe recurso ao TRT, na forma de "agravo de petição".
O processo eletrônico As relações em virtude do mundo moderno tendem a se tornar cada vez mais complexas, e os recursos (materiais, em especial dinheiro, mas também os recursos naturais, como água, papel, alimentos, etc.) mais escassos.
 
 
O processo eletrônico A Informatização no Brasil
 
 
0,0092%
 
 
 
 
 
 
 
 
Direito e novas tecnologias
 
 
 
 
 
 
 
 
Processo eletrônico no Brasil
Controle eletrônico de horário Portaria MTE n. 1.510 de 21-08-09 Processo eletrônico no Brasil
Processo eletrônico no Brasil
 
CARTA DE DERECHOS DE LAS PERSONAS ANTE LA JUSTICIA EN EL ESPACIO JUDICIAL IBEROAMERICANO  Aprobada en la VII Cumbre Iberoamericana de Presidentes de Cortes Supremas y Tribunales Supremos de Justicia México, 2002 22.   Todas las personas tienen derecho a comunicarse con los órganos jurisdiccionales a través del correo electrónico, videoconferencia y otros medios telemáticos con arreglo a lo dispuesto en las leyes procesales. a)     Los poderes públicos impulsarán el empleo y aplicación de estos medios en el desarrollo de la actividad de los órganos jurisdiccionales así como en las relaciones de ésta con todas las personas. b)     Los documentos emitidos por los órganos jurisdiccionales y por los particulares a través de medios electrónicos y telemáticos, en soportes de cualquier naturaleza, tendrán plena validez y eficacia siempre que quede acreditada su integridad y autenticidad de conformidad con los requisitos exigidos en las leyes. Processo eletrônico no Brasil
Organograma do Poder Judiciário
Lei 9.800, de 26-05-1999. Uso do fax. Lei 11.419, de 19-12-2006. A lei do processo eletrônico. Emenda Constitucional 45/2004. Criou o Conselho Nacional de Justiça - CNJ. DIPLOMAS LEGAIS RELEVANTES
Lei 11.900, de 08 de janeiro de 2009. Vídeoconferência Criminal. Resolução n. 417, de 20 de outubro 2009 - STF. Regulamenta o meio eletrônico de tramitação de processos judiciais, comunicação de atos e transmissão de peças processuais no Supremo Tribunal Federal (e-STF). DIPLOMAS LEGAIS RELEVANTES
ATO Nº 651, de 21 de outubro de 2009, do TST. admite páginas em portais da Rede Mundial de Computadores como repositório autorizado de jurisprudência. DIPLOMAS LEGAIS RELEVANTES
ATO Nº 651, de 21 de outubro de 2009, do TST. admite páginas em portais da Rede Mundial de Computadores como repositório autorizado de jurisprudência. DIPLOMAS LEGAIS RELEVANTES
  A Lei 11.419/2006 Principais postulados   Assinatura digital (art. 1º, § 2º, III, a). Expediente forense de 24 horas on line (art. 3º, par. único, e art. 10, § 1º). Prorrogação do prazo no caso de indisponibilidade de acesso (art. 10, § 2º) Altera o conceito de citação pessoal (íntegra dos autos) (arts 5º, § 6º, e 6º). Juntada automática (art. 10).
  A Lei 11.419/2006 Principais postulados   Assinatura digital (art. 1º, § 2º, III, a). Expediente forense de 24 horas on line (art. 3º, par. único, e art. 10, § 1º). Prorrogação do prazo no caso de indisponibilidade de acesso (art. 10, § 2º) Altera o conceito de citação pessoal (íntegra dos autos) (arts 5º, § 6º, e 6º). Juntada automática (art. 10).
  A Lei 11.419/2006 Principais postulados   Assinatura digital (art. 1º, § 2º, III, a). Expediente forense de 24 horas on line (art. 3º, par. único, e art. 10, § 1º). Prorrogação do prazo no caso de indisponibilidade de acesso (art. 10, § 2º) Altera o conceito de citação pessoal (íntegra dos autos) (arts 5º, § 6º, e 6º). Juntada automática (art. 10).
  A Lei 11.419/2006 Principais postulados   Assinatura digital (art. 1º, § 2º, III, a). Expediente forense de 24 horas on line (art. 3º, par. único, e art. 10, § 1º). Prorrogação do prazo no caso de indisponibilidade de acesso (art. 10, § 2º) Altera o conceito de citação pessoal (íntegra dos autos) (arts 5º, § 6º, e 6º). Juntada automática (art. 10).
  A Lei 11.419/2006 Principais postulados   Assinatura digital (art. 1º, § 2º, III, a). Expediente forense de 24 horas on line (art. 3º, par. único, e art. 10, § 1º). Prorrogação do prazo no caso de indisponibilidade de acesso (art. 10, § 2º) Altera o conceito de citação pessoal (íntegra dos autos) (arts 5º, § 6º, e 6º). Juntada automática (art. 10).
Processo eletrônico no Brasil Principais consequências Situações processuais como prazo comum ou sucessivo terminam: os autos estarão disponíveis para todos em tempo integral. Maior facilidade para serem proferidas decisões parciais.  
Processo eletrônico no Brasil Principais consequências Situações processuais como prazo comum ou sucessivo terminam: os autos estarão disponíveis para todos em tempo integral. Maior facilidade para serem proferidas decisões parciais.  
 
Processo eletrônico no Brasil Outras consequências Arquivos criados eletronicamente não precisam ser impressos (por exemplo controle de horário).  
Processo eletrônico no Brasil Outras consequências Arquivos criados eletronicamente não precisam ser impressos (por exemplo controle de horário). Futuramente se poderão processar os documentos para que eles próprios apresentem dados como resultados.  Por exemplo no próprio controle de horário poderá haver a indicação do número de horas extraordinárias realizadas e a comparação com as pagas nos recibos, conforme critérios informados pelo juiz.   
Processo eletrônico no Brasil Outras consequências Arquivos criados eletronicamente não precisam ser impressos (por exemplo controle de horário). Futuramente se poderão processar os documentos para que eles próprios apresentem dados como resultados. Por exemplo no próprio controle de horário poderá haver a indicação do número de horas extraordinárias realizadas e a comparação com as pagas nos recibos, conforme critérios informados pelo juiz.   
Processo eletrônico no Brasil Outro exemplo posso determinar que informe as horas extraordinárias prestadas em excesso à oitava diária, mas desconsiderando até cinco minutos em cada registro observado o limite de 10 minutos diários.   
Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Peticionamento eletrônico. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet.  
Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Peticionamento eletrônico. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet.  
Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Peticionamento eletrônico. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet. Intimação através de diários eletrônicos.  
Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Peticionamento eletrônico. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet. Intimação através de diários eletrônicos. Cadastramento prévio de iniciais.  
Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Convênio BACEN-JUD - bloqueio eletrônico em contas bancárias dos devedores. Convênio RENA-JUD - indisponibilidade de veículos. Interrogatório por vídeo-conferência. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet.  
Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Convênio BACEN-JUD - bloqueio eletrônico em contas bancárias dos devedores. Convênio RENA-JUD - indisponibilidade de veículos. Interrogatório por vídeo-conferência. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet.  
Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Convênio BACEN-JUD - bloqueio eletrônico em contas bancárias dos devedores. Convênio RENA-JUD - indisponibilidade de veículos. Interrogatório por vídeo-conferência. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet.  
Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Convênio BACEN-JUD - bloqueio eletrônico em contas bancárias dos devedores. Convênio RENA-JUD - indisponibilidade de veículos. Interrogatório por vídeo-conferência. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet.  
Processo eletrônico no Brasil Perspectivas futuras. Citação por Facebook ou Twitter?  Brasil:  TSE concede, pela primeira vez, direito de resposta no Twitter. Inglaterra emite ordem judicial pelo Twitter.  
Processo eletrônico no Brasil Perspectivas futuras. Citação por Facebook ou Twitter?  Brasil:  TSE concede, pela primeira vez, direito de resposta no Twitter . Inglaterra emite ordem judicial pelo Twitter.  
Processo eletrônico no Brasil Perspectivas futuras. Citação por Facebook ou Twitter?  Brasil:  TSE concede, pela primeira vez, direito de resposta no Twitter . Inglaterra emite ordem judicial pelo Twitter.  
MUITO OBRIGADO! [email_address] @JorgeAraujo Direito e Trabalho.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

AULA 04 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIA
AULA 04 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIAAULA 04 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIA
AULA 04 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIA
Esdras Arthur Lopes Pessoa
 
14. do processo da fase de conhecimento - peticao inicial - resposta do reu...
14. do processo   da fase de conhecimento - peticao inicial - resposta do reu...14. do processo   da fase de conhecimento - peticao inicial - resposta do reu...
14. do processo da fase de conhecimento - peticao inicial - resposta do reu...
walkir
 
Prova Comentada - Direito Processual Civil - TRT20ºR
Prova Comentada - Direito Processual Civil - TRT20ºRProva Comentada - Direito Processual Civil - TRT20ºR
Prova Comentada - Direito Processual Civil - TRT20ºR
Ricardo Torques
 
Aula V - segurança juridica e processo
Aula V -  segurança juridica e processoAula V -  segurança juridica e processo
Aula V - segurança juridica e processo
Heitor Carvalho
 
Agravo em recurso extraordinario stf - master classica
Agravo em recurso extraordinario   stf - master classicaAgravo em recurso extraordinario   stf - master classica
Agravo em recurso extraordinario stf - master classica
Consultor JRSantana
 
21 Recurso Extraordinario
21 Recurso Extraordinario21 Recurso Extraordinario
21 Recurso Extraordinario
DeSordi
 
2053 - PRÁTICA JURÍDICA II - MODELO EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL - ILEGITIMIDAD...
2053 - PRÁTICA JURÍDICA II - MODELO EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL - ILEGITIMIDAD...2053 - PRÁTICA JURÍDICA II - MODELO EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL - ILEGITIMIDAD...
2053 - PRÁTICA JURÍDICA II - MODELO EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL - ILEGITIMIDAD...
Consultor JRSantana
 
Recurso Extraordinário - STF
Recurso Extraordinário - STFRecurso Extraordinário - STF
Recurso Extraordinário - STF
Consultor JRSantana
 
1032- AÇÃO DECLARATÓRIA DE PRESCRIÇÃO
1032- AÇÃO DECLARATÓRIA DE PRESCRIÇÃO1032- AÇÃO DECLARATÓRIA DE PRESCRIÇÃO
1032- AÇÃO DECLARATÓRIA DE PRESCRIÇÃO
Consultor JRSantana
 
Normas processuais para o artigo
Normas processuais para o artigoNormas processuais para o artigo
Normas processuais para o artigo
Professor Gabriel Borges
 
Agefis decisão STF inspetor fiscal e auditor agefis
Agefis decisão STF inspetor fiscal e auditor agefisAgefis decisão STF inspetor fiscal e auditor agefis
Agefis decisão STF inspetor fiscal e auditor agefis
Gamalivre
 
1021- Ação de Obrigação de Fazer Cc Indenização e Tutela de Urgência 3212
1021- Ação de Obrigação de Fazer Cc Indenização e Tutela de Urgência 32121021- Ação de Obrigação de Fazer Cc Indenização e Tutela de Urgência 3212
1021- Ação de Obrigação de Fazer Cc Indenização e Tutela de Urgência 3212
Consultor JRSantana
 
1177- Embargo a execução
1177- Embargo a execução1177- Embargo a execução
1177- Embargo a execução
Consultor JRSantana
 
Recurso Extraordinário em Recurso Especial
Recurso Extraordinário em Recurso EspecialRecurso Extraordinário em Recurso Especial
Recurso Extraordinário em Recurso Especial
Consultor JRSantana
 
Petição inicial trabalhista
Petição inicial trabalhistaPetição inicial trabalhista
Petição inicial trabalhista
Mirtz Correa
 
2124 - Tutela Cautelar Antecedente - Atualizado Novo CPC
2124 - Tutela Cautelar Antecedente - Atualizado Novo CPC 2124 - Tutela Cautelar Antecedente - Atualizado Novo CPC
2124 - Tutela Cautelar Antecedente - Atualizado Novo CPC
Consultor JRSantana
 
Aula do dia 19 10 - dr. rodrigo dalla pria
Aula do dia 19 10 - dr. rodrigo dalla priaAula do dia 19 10 - dr. rodrigo dalla pria
Aula do dia 19 10 - dr. rodrigo dalla pria
Fernanda Moreira
 
Modelo execução contra fazenda pública
Modelo execução contra fazenda públicaModelo execução contra fazenda pública
Modelo execução contra fazenda pública
Alexandre Alex
 

Mais procurados (18)

AULA 04 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIA
AULA 04 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIAAULA 04 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIA
AULA 04 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIA
 
14. do processo da fase de conhecimento - peticao inicial - resposta do reu...
14. do processo   da fase de conhecimento - peticao inicial - resposta do reu...14. do processo   da fase de conhecimento - peticao inicial - resposta do reu...
14. do processo da fase de conhecimento - peticao inicial - resposta do reu...
 
Prova Comentada - Direito Processual Civil - TRT20ºR
Prova Comentada - Direito Processual Civil - TRT20ºRProva Comentada - Direito Processual Civil - TRT20ºR
Prova Comentada - Direito Processual Civil - TRT20ºR
 
Aula V - segurança juridica e processo
Aula V -  segurança juridica e processoAula V -  segurança juridica e processo
Aula V - segurança juridica e processo
 
Agravo em recurso extraordinario stf - master classica
Agravo em recurso extraordinario   stf - master classicaAgravo em recurso extraordinario   stf - master classica
Agravo em recurso extraordinario stf - master classica
 
21 Recurso Extraordinario
21 Recurso Extraordinario21 Recurso Extraordinario
21 Recurso Extraordinario
 
2053 - PRÁTICA JURÍDICA II - MODELO EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL - ILEGITIMIDAD...
2053 - PRÁTICA JURÍDICA II - MODELO EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL - ILEGITIMIDAD...2053 - PRÁTICA JURÍDICA II - MODELO EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL - ILEGITIMIDAD...
2053 - PRÁTICA JURÍDICA II - MODELO EMBARGOS À EXECUÇÃO FISCAL - ILEGITIMIDAD...
 
Recurso Extraordinário - STF
Recurso Extraordinário - STFRecurso Extraordinário - STF
Recurso Extraordinário - STF
 
1032- AÇÃO DECLARATÓRIA DE PRESCRIÇÃO
1032- AÇÃO DECLARATÓRIA DE PRESCRIÇÃO1032- AÇÃO DECLARATÓRIA DE PRESCRIÇÃO
1032- AÇÃO DECLARATÓRIA DE PRESCRIÇÃO
 
Normas processuais para o artigo
Normas processuais para o artigoNormas processuais para o artigo
Normas processuais para o artigo
 
Agefis decisão STF inspetor fiscal e auditor agefis
Agefis decisão STF inspetor fiscal e auditor agefisAgefis decisão STF inspetor fiscal e auditor agefis
Agefis decisão STF inspetor fiscal e auditor agefis
 
1021- Ação de Obrigação de Fazer Cc Indenização e Tutela de Urgência 3212
1021- Ação de Obrigação de Fazer Cc Indenização e Tutela de Urgência 32121021- Ação de Obrigação de Fazer Cc Indenização e Tutela de Urgência 3212
1021- Ação de Obrigação de Fazer Cc Indenização e Tutela de Urgência 3212
 
1177- Embargo a execução
1177- Embargo a execução1177- Embargo a execução
1177- Embargo a execução
 
Recurso Extraordinário em Recurso Especial
Recurso Extraordinário em Recurso EspecialRecurso Extraordinário em Recurso Especial
Recurso Extraordinário em Recurso Especial
 
Petição inicial trabalhista
Petição inicial trabalhistaPetição inicial trabalhista
Petição inicial trabalhista
 
2124 - Tutela Cautelar Antecedente - Atualizado Novo CPC
2124 - Tutela Cautelar Antecedente - Atualizado Novo CPC 2124 - Tutela Cautelar Antecedente - Atualizado Novo CPC
2124 - Tutela Cautelar Antecedente - Atualizado Novo CPC
 
Aula do dia 19 10 - dr. rodrigo dalla pria
Aula do dia 19 10 - dr. rodrigo dalla priaAula do dia 19 10 - dr. rodrigo dalla pria
Aula do dia 19 10 - dr. rodrigo dalla pria
 
Modelo execução contra fazenda pública
Modelo execução contra fazenda públicaModelo execução contra fazenda pública
Modelo execução contra fazenda pública
 

Semelhante a Proceso laboral electronico en brasil español para chile

Apostila da Perícia Trabalhista
Apostila da Perícia TrabalhistaApostila da Perícia Trabalhista
Apostila da Perícia Trabalhista
Robson Peixoto
 
Informatização Judicial Para
Informatização Judicial ParaInformatização Judicial Para
Informatização Judicial Para
José Carlos de Araújo Almeida Filho
 
AULA 07 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIA
AULA 07 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIAAULA 07 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIA
AULA 07 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIA
Esdras Arthur Lopes Pessoa
 
Atos de Ofício (Conforme novo CPC) p/ Concurso TJ-MG
Atos de Ofício (Conforme novo CPC) p/ Concurso TJ-MGAtos de Ofício (Conforme novo CPC) p/ Concurso TJ-MG
Atos de Ofício (Conforme novo CPC) p/ Concurso TJ-MG
Estratégia Concursos
 
Aula 01 tgp
Aula 01   tgpAula 01   tgp
Aula 01 tgp
Evandro Filho
 
Aula V - Segurança jurídica
Aula V - Segurança jurídicaAula V - Segurança jurídica
Aula V - Segurança jurídica
Heitor Carvalho
 
Fontes do direito 2011-1
Fontes do direito   2011-1Fontes do direito   2011-1
Fontes do direito 2011-1
Fabiana Del Padre Tomé
 
Curso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJ
Curso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJCurso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJ
Curso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJ
Estratégia Concursos
 
Aula - FAAP-SJC - Fontes - 25/05/2011
Aula - FAAP-SJC - Fontes - 25/05/2011Aula - FAAP-SJC - Fontes - 25/05/2011
Aula - FAAP-SJC - Fontes - 25/05/2011
camilavergueirocatunda
 
Aula Direito Processual do Trabalho.pptx
Aula Direito Processual do Trabalho.pptxAula Direito Processual do Trabalho.pptx
Aula Direito Processual do Trabalho.pptx
TonyGleydsonBarros
 
Pedido de suspensão de decreto Rondônia
Pedido de suspensão de decreto RondôniaPedido de suspensão de decreto Rondônia
Pedido de suspensão de decreto Rondônia
Jornal Tudorondonia
 
1012- Ação Anulatória de Débito Fiscal
1012- Ação Anulatória de Débito Fiscal1012- Ação Anulatória de Débito Fiscal
1012- Ação Anulatória de Débito Fiscal
Consultor JRSantana
 
Processo Eletrônico Justina
Processo Eletrônico JustinaProcesso Eletrônico Justina
Processo Eletrônico Justina
Instituto Besc
 
Leia a íntegra da decisão de soltar Michel Temer
Leia a íntegra da decisão de soltar Michel TemerLeia a íntegra da decisão de soltar Michel Temer
Leia a íntegra da decisão de soltar Michel Temer
Portal NE10
 
O que é uma "petição".
O que é uma "petição".O que é uma "petição".
O que é uma "petição".
Vinicius Lima
 
Slides da aula gratuita sobre Lei nº 10.259/01 para o Concurso TRF 3
Slides da aula gratuita sobre Lei nº 10.259/01 para o Concurso TRF 3Slides da aula gratuita sobre Lei nº 10.259/01 para o Concurso TRF 3
Slides da aula gratuita sobre Lei nº 10.259/01 para o Concurso TRF 3
Estratégia Concursos
 
Barroso suspende pagamento de auxílios a membros do MP de MG
Barroso suspende pagamento de auxílios a membros do MP de MGBarroso suspende pagamento de auxílios a membros do MP de MG
Barroso suspende pagamento de auxílios a membros do MP de MG
R7dados
 
Direito processo trabalho
Direito processo trabalhoDireito processo trabalho
Direito processo trabalho
Adriano Vieira
 
Lula contesta
Lula contestaLula contesta
Lula contesta
Luiz Carlos Azenha
 
2068 - AGRAVO DE INSTRUMENTO CC EF. ATIVO - CPC Atualizado
2068 - AGRAVO DE INSTRUMENTO CC EF. ATIVO  - CPC Atualizado2068 - AGRAVO DE INSTRUMENTO CC EF. ATIVO  - CPC Atualizado
2068 - AGRAVO DE INSTRUMENTO CC EF. ATIVO - CPC Atualizado
Consultor JRSantana
 

Semelhante a Proceso laboral electronico en brasil español para chile (20)

Apostila da Perícia Trabalhista
Apostila da Perícia TrabalhistaApostila da Perícia Trabalhista
Apostila da Perícia Trabalhista
 
Informatização Judicial Para
Informatização Judicial ParaInformatização Judicial Para
Informatização Judicial Para
 
AULA 07 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIA
AULA 07 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIAAULA 07 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIA
AULA 07 OAB XX PROCESSO CIVIL ESTRATÉGIA
 
Atos de Ofício (Conforme novo CPC) p/ Concurso TJ-MG
Atos de Ofício (Conforme novo CPC) p/ Concurso TJ-MGAtos de Ofício (Conforme novo CPC) p/ Concurso TJ-MG
Atos de Ofício (Conforme novo CPC) p/ Concurso TJ-MG
 
Aula 01 tgp
Aula 01   tgpAula 01   tgp
Aula 01 tgp
 
Aula V - Segurança jurídica
Aula V - Segurança jurídicaAula V - Segurança jurídica
Aula V - Segurança jurídica
 
Fontes do direito 2011-1
Fontes do direito   2011-1Fontes do direito   2011-1
Fontes do direito 2011-1
 
Curso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJ
Curso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJCurso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJ
Curso de Direito Processual Civil para Concurso TJ-RJ
 
Aula - FAAP-SJC - Fontes - 25/05/2011
Aula - FAAP-SJC - Fontes - 25/05/2011Aula - FAAP-SJC - Fontes - 25/05/2011
Aula - FAAP-SJC - Fontes - 25/05/2011
 
Aula Direito Processual do Trabalho.pptx
Aula Direito Processual do Trabalho.pptxAula Direito Processual do Trabalho.pptx
Aula Direito Processual do Trabalho.pptx
 
Pedido de suspensão de decreto Rondônia
Pedido de suspensão de decreto RondôniaPedido de suspensão de decreto Rondônia
Pedido de suspensão de decreto Rondônia
 
1012- Ação Anulatória de Débito Fiscal
1012- Ação Anulatória de Débito Fiscal1012- Ação Anulatória de Débito Fiscal
1012- Ação Anulatória de Débito Fiscal
 
Processo Eletrônico Justina
Processo Eletrônico JustinaProcesso Eletrônico Justina
Processo Eletrônico Justina
 
Leia a íntegra da decisão de soltar Michel Temer
Leia a íntegra da decisão de soltar Michel TemerLeia a íntegra da decisão de soltar Michel Temer
Leia a íntegra da decisão de soltar Michel Temer
 
O que é uma "petição".
O que é uma "petição".O que é uma "petição".
O que é uma "petição".
 
Slides da aula gratuita sobre Lei nº 10.259/01 para o Concurso TRF 3
Slides da aula gratuita sobre Lei nº 10.259/01 para o Concurso TRF 3Slides da aula gratuita sobre Lei nº 10.259/01 para o Concurso TRF 3
Slides da aula gratuita sobre Lei nº 10.259/01 para o Concurso TRF 3
 
Barroso suspende pagamento de auxílios a membros do MP de MG
Barroso suspende pagamento de auxílios a membros do MP de MGBarroso suspende pagamento de auxílios a membros do MP de MG
Barroso suspende pagamento de auxílios a membros do MP de MG
 
Direito processo trabalho
Direito processo trabalhoDireito processo trabalho
Direito processo trabalho
 
Lula contesta
Lula contestaLula contesta
Lula contesta
 
2068 - AGRAVO DE INSTRUMENTO CC EF. ATIVO - CPC Atualizado
2068 - AGRAVO DE INSTRUMENTO CC EF. ATIVO  - CPC Atualizado2068 - AGRAVO DE INSTRUMENTO CC EF. ATIVO  - CPC Atualizado
2068 - AGRAVO DE INSTRUMENTO CC EF. ATIVO - CPC Atualizado
 

Mais de Jorge Alberto Araujo

45 fotografías históricas
45 fotografías históricas45 fotografías históricas
45 fotografías históricas
Jorge Alberto Araujo
 
Fwd: [juizesfree] Enc: LAPONIA....
Fwd: [juizesfree] Enc: LAPONIA....Fwd: [juizesfree] Enc: LAPONIA....
Fwd: [juizesfree] Enc: LAPONIA....
Jorge Alberto Araujo
 
CAVALOS DE PAU
CAVALOS DE PAUCAVALOS DE PAU
CAVALOS DE PAU
Jorge Alberto Araujo
 
Otra Venecia
Otra VeneciaOtra Venecia
Otra Venecia
Jorge Alberto Araujo
 
AVE MARIA DO MORRO, um presente...
AVE MARIA DO MORRO, um presente...AVE MARIA DO MORRO, um presente...
AVE MARIA DO MORRO, um presente...
Jorge Alberto Araujo
 
Fwd: O que a bebida faz, ou melhor, fez...
Fwd: O que a bebida faz, ou melhor, fez...Fwd: O que a bebida faz, ou melhor, fez...
Fwd: O que a bebida faz, ou melhor, fez...
Jorge Alberto Araujo
 
A LENDA da coisa dura
A LENDA da coisa duraA LENDA da coisa dura
A LENDA da coisa dura
Jorge Alberto Araujo
 
Fwd: FW: autoestima de las mujeres
Fwd: FW: autoestima de las mujeresFwd: FW: autoestima de las mujeres
Fwd: FW: autoestima de las mujeres
Jorge Alberto Araujo
 
Fwd: PUBLICIDADE RIVERA
Fwd: PUBLICIDADE RIVERAFwd: PUBLICIDADE RIVERA
Fwd: PUBLICIDADE RIVERA
Jorge Alberto Araujo
 
MUDAM OS PALHAÇOS, MAS O PICADEIRO É O MESMO (Música de Juca Chaves)
MUDAM OS PALHAÇOS, MAS O PICADEIRO  É O MESMO (Música de Juca Chaves)MUDAM OS PALHAÇOS, MAS O PICADEIRO  É O MESMO (Música de Juca Chaves)
MUDAM OS PALHAÇOS, MAS O PICADEIRO É O MESMO (Música de Juca Chaves)
Jorge Alberto Araujo
 
O ângulo perfeito da foto
O ângulo perfeito da fotoO ângulo perfeito da foto
O ângulo perfeito da foto
Jorge Alberto Araujo
 
É_lindo_e_importante
É_lindo_e_importanteÉ_lindo_e_importante
É_lindo_e_importante
Jorge Alberto Araujo
 
Frases Perfeitas
Frases PerfeitasFrases Perfeitas
Frases Perfeitas
Jorge Alberto Araujo
 
Mano a mano - Julio Sosa
Mano a mano - Julio SosaMano a mano - Julio Sosa
Mano a mano - Julio Sosa
Jorge Alberto Araujo
 
Acidente Vascular Cerebral
Acidente Vascular CerebralAcidente Vascular Cerebral
Acidente Vascular Cerebral
Jorge Alberto Araujo
 
Seguridadeneltrabajo
SeguridadeneltrabajoSeguridadeneltrabajo
Seguridadeneltrabajo
Jorge Alberto Araujo
 

Mais de Jorge Alberto Araujo (20)

45 fotografías históricas
45 fotografías históricas45 fotografías históricas
45 fotografías históricas
 
A Familia Rosales
A Familia RosalesA Familia Rosales
A Familia Rosales
 
Fwd: [juizesfree] Enc: LAPONIA....
Fwd: [juizesfree] Enc: LAPONIA....Fwd: [juizesfree] Enc: LAPONIA....
Fwd: [juizesfree] Enc: LAPONIA....
 
CAVALOS DE PAU
CAVALOS DE PAUCAVALOS DE PAU
CAVALOS DE PAU
 
Otra Venecia
Otra VeneciaOtra Venecia
Otra Venecia
 
AVE MARIA DO MORRO, um presente...
AVE MARIA DO MORRO, um presente...AVE MARIA DO MORRO, um presente...
AVE MARIA DO MORRO, um presente...
 
Fwd: O que a bebida faz, ou melhor, fez...
Fwd: O que a bebida faz, ou melhor, fez...Fwd: O que a bebida faz, ou melhor, fez...
Fwd: O que a bebida faz, ou melhor, fez...
 
A LENDA da coisa dura
A LENDA da coisa duraA LENDA da coisa dura
A LENDA da coisa dura
 
Fwd: FW: autoestima de las mujeres
Fwd: FW: autoestima de las mujeresFwd: FW: autoestima de las mujeres
Fwd: FW: autoestima de las mujeres
 
Fwd: PUBLICIDADE RIVERA
Fwd: PUBLICIDADE RIVERAFwd: PUBLICIDADE RIVERA
Fwd: PUBLICIDADE RIVERA
 
MUDAM OS PALHAÇOS, MAS O PICADEIRO É O MESMO (Música de Juca Chaves)
MUDAM OS PALHAÇOS, MAS O PICADEIRO  É O MESMO (Música de Juca Chaves)MUDAM OS PALHAÇOS, MAS O PICADEIRO  É O MESMO (Música de Juca Chaves)
MUDAM OS PALHAÇOS, MAS O PICADEIRO É O MESMO (Música de Juca Chaves)
 
O ângulo perfeito da foto
O ângulo perfeito da fotoO ângulo perfeito da foto
O ângulo perfeito da foto
 
É_lindo_e_importante
É_lindo_e_importanteÉ_lindo_e_importante
É_lindo_e_importante
 
Frases Perfeitas
Frases PerfeitasFrases Perfeitas
Frases Perfeitas
 
Mano a mano - Julio Sosa
Mano a mano - Julio SosaMano a mano - Julio Sosa
Mano a mano - Julio Sosa
 
Acidente Vascular Cerebral
Acidente Vascular CerebralAcidente Vascular Cerebral
Acidente Vascular Cerebral
 
Fantasias
FantasiasFantasias
Fantasias
 
Pelo Mundo Pp Tda Catalonia
Pelo Mundo Pp Tda CataloniaPelo Mundo Pp Tda Catalonia
Pelo Mundo Pp Tda Catalonia
 
Belgium Jacques Brel Plat Pays
Belgium Jacques Brel Plat PaysBelgium Jacques Brel Plat Pays
Belgium Jacques Brel Plat Pays
 
Seguridadeneltrabajo
SeguridadeneltrabajoSeguridadeneltrabajo
Seguridadeneltrabajo
 

Proceso laboral electronico en brasil español para chile

  • 1. Proceso electrónico y JORGE ALBERTO ARAUJO Juez Titular de la 1ª Vara e Director de Foro del Trabajo de São Leopoldo/RS laboral en BRASIL
  • 2.  
  • 3. Proceso laboral en Brasil Dos ritos   1. Ordinário:  Valor de la causa por encima de 40 salarios mínimos. Hasta 3 testigos por parte. 2. Sumariíssimo: Abajo de 40 salarios mínimos. Pedido cierto y determinado (líquido). Hasta 2 testigos por parte.
  • 4. Proceso laboral en Brasil Competências laborales y de seguridad social Justicia del Trabajo  relaciones entre empleados e empleadores (celetistas), incluyendo las empresas públicas y sociedads de economia mista; accidentes de trabajo; questiones relacionadas a los sindicatos, incluindo las colectivas.
  • 5. Proceso laboral en Brasil Competências laborais e de seguridade social Justiça Comum (Federal e Estadual)  relações entre servidores públicos e os entes estatais (estatutários); demandas contra a Previdência (seguridade social).
  • 6. Processo laboral no Brasil Características:
  • 7. Processo laboral no Brasil Codificação específica:  arts. 763 e seguintes da CLT e Lei 5.584/70. Subsidiariedade da Lei Processual Comum (Código de Processo Civil).
  • 8. Processo laboral no Brasil Codificação específica:  arts. 763 e seguintes da CLT e Lei 5.584/70. Subsidiariedade da Lei Processual Comum (Código de Processo Civil).
  • 9. Processo laboral no Brasil Predomínio da oralidade: Petição inicial com resumo dos fatos e pedidos; Audiência após 20 ou 30 dias (média) do ajuizamento; Contestação oral (20 minutos); Prioridade para a realização dos atos em audiência; Sentença em audiência, após a instrução, ou apenas a proclamação do resultado e fundamentos no prazo de 48 horas.
  • 10. Processo laboral no Brasil Predomínio da oralidade: Petição inicial com resumo dos fatos e pedidos; Audiência após 20 ou 30 dias (média) do ajuizamento; Contestação oral (20 minutos); Prioridade para a realização dos atos em audiência; Sentença em audiência, após a instrução, ou apenas a proclamação do resultado e fundamentos no prazo de 48 horas.
  • 11. Processo laboral no Brasil Predomínio da oralidade: Petição inicial com resumo dos fatos e pedidos; Audiência após 20 ou 30 dias (média) do ajuizamento; Contestação oral (20 minutos); Prioridade para a realização dos atos em audiência; Sentença em audiência, após a instrução, ou apenas a proclamação do resultado e fundamentos no prazo de 48 horas.
  • 12. Processo laboral no Brasil Predomínio da oralidade: Petição inicial com resumo dos fatos e pedidos; Audiência após 20 ou 30 dias (média) do ajuizamento; Contestação oral (20 minutos); Prioridade para a realização dos atos em audiência; Sentença em audiência, após a instrução, ou apenas a proclamação do resultado e fundamentos no prazo de 48 horas.
  • 13. Processo laboral no Brasil Predomínio da oralidade: Petição inicial com resumo dos fatos e pedidos; Audiência após 20 ou 30 dias (média) do ajuizamento; Contestação oral (20 minutos); Prioridade para a realização dos atos em audiência; Sentença em audiência, após a instrução, ou apenas a proclamação do resultado e fundamentos no prazo de 48 horas.
  • 14. Processo laboral no Brasil Obrigatoriedade de perícia técnica (por médico ou engenheiro do trabalho) para a verificação de insalubridade e periculosidade.
  • 15. Processo laboral no Brasil Vocação para a conciliação / acordo - duas propostas obrigatórias (início e fim da audiência). Direção sempre pelo juiz (letrado), que é o responsável pela condução das audiências e sentença.
  • 16. Processo laboral no Brasil Privilégios para a Fazenda Pública  (União, estados e municípios) Prazos especiais - 4x para contestar e 2x para recorrer; Execução por precatório: Inscrição da dívida até junho de um ano para ser pago até junho do ano seguinte.
  • 17. Processo laboral no Brasil Privilégios para a Fazenda Pública  (União, estados e municípios) Prazos especiais - 4x para contestar e 2x para recorrer; Execução por precatório: Inscrição da dívida até junho de um ano para ser pago até junho do ano seguinte.
  • 18. Processo laboral no Brasil Cumulação de ações.
  • 19. Processo laboral no Brasil Demandas mais comuns: Jornada (horas extraordinárias, compensações, intervalos); Saúde e segurança do trabalho (insalubridade, periculosidade, acidentes de trabalho); Justa causa e rescisórias; Reconhecimento da relação de emprego.
  • 20. Processo laboral no Brasil Demandados (réus) mais freqüentes: Empresas prestadoras de serviços terceirizados; Empresas concessionárias de serviços públicos (telefonia e energia elétrica); Entes estatais (em especial em relação a terceirizações).
  • 21. Processo laboral no Brasil As decisões são recorríveis através de um recurso ordinário a ser julgado pelo Tribunal Regional do Trabalho. O réu (empresa) para recorrer deve recolher (depositar): custas (2% sobre o valor da condenação). depósito recursal - valor que serve de garantia para a execução no limite de R$ 5.889,50 (US$ 3.500,00)
  • 22. Processo laboral no Brasil Há duas possibilidades de recursos especiais: 1) Recurso de revista para o Tribunal Superior do Trabalho: não reexamina fatos; decisão deve ser contrária à lei ou à jurisprudência do TST ou de outros tribunais.
  • 23. Processo laboral no Brasil 2) Recurso de extraordinário para o Supremo Tribunal Federal: matéria constitucional.
  • 24. Processo laboral no Brasil Observação : o Brasil tem mais de 50 dispositivos na Constituição relacionados ao Direito do Trabalho, que vão desde fixação de adicional de horas extraordinárias até a criação de estabilidades e garantias de emprego.
  • 25.  
  • 26. Processo laboral no Brasil Esgotada a fase de conhecimento, que se encerra com a sentença definitiva , tem início a fase de execução que, no processo civil até há algum tempo era uma ação completamente distinta e no processo laboral seguia mais ou menos a mesma tendência. Ou seja há todo um arcabouços de defesas, a contar da fase de liquidação até que ocorra o efetivo pagamento.  
  • 27. Processo laboral no Brasil Execução A fase de execução se inicia de ofício pelo Juiz, que determina a apresentação de contas de liquidação (se a sentença não for líquida). Não sendo apresentadas contas ou havendo divergência é possível se nomear um contador.  Após os procedimentos de liquidação o juiz profere uma sentença de liquidação, onde proclama o valor devido pelo réu. 
  • 28. Processo laboral no Brasil O réu é, então, citado para pagar. Ele poderá então:  Pagar; Depositar o valor (ou indicar bens para penhora) para discutir a conta de liquidação.
  • 29. Processo laboral no Brasil Havendo discussão sobre o valor da execução pode se estender a execução sendo que há uma espécie de recurso contra a sentença de liquidação a ser julgada pelo próprio juiz de primeiro grau chamado embargo ou impugnação. Da decisão do juiz de primeiro grau ainda cabe recurso ao TRT, na forma de "agravo de petição".
  • 30. O processo eletrônico As relações em virtude do mundo moderno tendem a se tornar cada vez mais complexas, e os recursos (materiais, em especial dinheiro, mas também os recursos naturais, como água, papel, alimentos, etc.) mais escassos.
  • 31.  
  • 32.  
  • 33. O processo eletrônico A Informatização no Brasil
  • 34.  
  • 35.  
  • 37.  
  • 38.  
  • 39.  
  • 40.  
  • 41.  
  • 42.  
  • 43.  
  • 44.  
  • 45. Direito e novas tecnologias
  • 46.  
  • 47.  
  • 48.  
  • 49.  
  • 50.  
  • 51.  
  • 52.  
  • 53.  
  • 55. Controle eletrônico de horário Portaria MTE n. 1.510 de 21-08-09 Processo eletrônico no Brasil
  • 57.  
  • 58. CARTA DE DERECHOS DE LAS PERSONAS ANTE LA JUSTICIA EN EL ESPACIO JUDICIAL IBEROAMERICANO  Aprobada en la VII Cumbre Iberoamericana de Presidentes de Cortes Supremas y Tribunales Supremos de Justicia México, 2002 22.   Todas las personas tienen derecho a comunicarse con los órganos jurisdiccionales a través del correo electrónico, videoconferencia y otros medios telemáticos con arreglo a lo dispuesto en las leyes procesales. a)     Los poderes públicos impulsarán el empleo y aplicación de estos medios en el desarrollo de la actividad de los órganos jurisdiccionales así como en las relaciones de ésta con todas las personas. b)     Los documentos emitidos por los órganos jurisdiccionales y por los particulares a través de medios electrónicos y telemáticos, en soportes de cualquier naturaleza, tendrán plena validez y eficacia siempre que quede acreditada su integridad y autenticidad de conformidad con los requisitos exigidos en las leyes. Processo eletrônico no Brasil
  • 59. Organograma do Poder Judiciário
  • 60. Lei 9.800, de 26-05-1999. Uso do fax. Lei 11.419, de 19-12-2006. A lei do processo eletrônico. Emenda Constitucional 45/2004. Criou o Conselho Nacional de Justiça - CNJ. DIPLOMAS LEGAIS RELEVANTES
  • 61. Lei 11.900, de 08 de janeiro de 2009. Vídeoconferência Criminal. Resolução n. 417, de 20 de outubro 2009 - STF. Regulamenta o meio eletrônico de tramitação de processos judiciais, comunicação de atos e transmissão de peças processuais no Supremo Tribunal Federal (e-STF). DIPLOMAS LEGAIS RELEVANTES
  • 62. ATO Nº 651, de 21 de outubro de 2009, do TST. admite páginas em portais da Rede Mundial de Computadores como repositório autorizado de jurisprudência. DIPLOMAS LEGAIS RELEVANTES
  • 63. ATO Nº 651, de 21 de outubro de 2009, do TST. admite páginas em portais da Rede Mundial de Computadores como repositório autorizado de jurisprudência. DIPLOMAS LEGAIS RELEVANTES
  • 64.   A Lei 11.419/2006 Principais postulados   Assinatura digital (art. 1º, § 2º, III, a). Expediente forense de 24 horas on line (art. 3º, par. único, e art. 10, § 1º). Prorrogação do prazo no caso de indisponibilidade de acesso (art. 10, § 2º) Altera o conceito de citação pessoal (íntegra dos autos) (arts 5º, § 6º, e 6º). Juntada automática (art. 10).
  • 65.   A Lei 11.419/2006 Principais postulados   Assinatura digital (art. 1º, § 2º, III, a). Expediente forense de 24 horas on line (art. 3º, par. único, e art. 10, § 1º). Prorrogação do prazo no caso de indisponibilidade de acesso (art. 10, § 2º) Altera o conceito de citação pessoal (íntegra dos autos) (arts 5º, § 6º, e 6º). Juntada automática (art. 10).
  • 66.   A Lei 11.419/2006 Principais postulados   Assinatura digital (art. 1º, § 2º, III, a). Expediente forense de 24 horas on line (art. 3º, par. único, e art. 10, § 1º). Prorrogação do prazo no caso de indisponibilidade de acesso (art. 10, § 2º) Altera o conceito de citação pessoal (íntegra dos autos) (arts 5º, § 6º, e 6º). Juntada automática (art. 10).
  • 67.   A Lei 11.419/2006 Principais postulados   Assinatura digital (art. 1º, § 2º, III, a). Expediente forense de 24 horas on line (art. 3º, par. único, e art. 10, § 1º). Prorrogação do prazo no caso de indisponibilidade de acesso (art. 10, § 2º) Altera o conceito de citação pessoal (íntegra dos autos) (arts 5º, § 6º, e 6º). Juntada automática (art. 10).
  • 68.   A Lei 11.419/2006 Principais postulados   Assinatura digital (art. 1º, § 2º, III, a). Expediente forense de 24 horas on line (art. 3º, par. único, e art. 10, § 1º). Prorrogação do prazo no caso de indisponibilidade de acesso (art. 10, § 2º) Altera o conceito de citação pessoal (íntegra dos autos) (arts 5º, § 6º, e 6º). Juntada automática (art. 10).
  • 69. Processo eletrônico no Brasil Principais consequências Situações processuais como prazo comum ou sucessivo terminam: os autos estarão disponíveis para todos em tempo integral. Maior facilidade para serem proferidas decisões parciais.  
  • 70. Processo eletrônico no Brasil Principais consequências Situações processuais como prazo comum ou sucessivo terminam: os autos estarão disponíveis para todos em tempo integral. Maior facilidade para serem proferidas decisões parciais.  
  • 71.  
  • 72. Processo eletrônico no Brasil Outras consequências Arquivos criados eletronicamente não precisam ser impressos (por exemplo controle de horário).  
  • 73. Processo eletrônico no Brasil Outras consequências Arquivos criados eletronicamente não precisam ser impressos (por exemplo controle de horário). Futuramente se poderão processar os documentos para que eles próprios apresentem dados como resultados. Por exemplo no próprio controle de horário poderá haver a indicação do número de horas extraordinárias realizadas e a comparação com as pagas nos recibos, conforme critérios informados pelo juiz.   
  • 74. Processo eletrônico no Brasil Outras consequências Arquivos criados eletronicamente não precisam ser impressos (por exemplo controle de horário). Futuramente se poderão processar os documentos para que eles próprios apresentem dados como resultados. Por exemplo no próprio controle de horário poderá haver a indicação do número de horas extraordinárias realizadas e a comparação com as pagas nos recibos, conforme critérios informados pelo juiz.   
  • 75. Processo eletrônico no Brasil Outro exemplo posso determinar que informe as horas extraordinárias prestadas em excesso à oitava diária, mas desconsiderando até cinco minutos em cada registro observado o limite de 10 minutos diários.   
  • 76. Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Peticionamento eletrônico. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet.  
  • 77. Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Peticionamento eletrônico. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet.  
  • 78. Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Peticionamento eletrônico. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet. Intimação através de diários eletrônicos.  
  • 79. Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Peticionamento eletrônico. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet. Intimação através de diários eletrônicos. Cadastramento prévio de iniciais.  
  • 80. Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Convênio BACEN-JUD - bloqueio eletrônico em contas bancárias dos devedores. Convênio RENA-JUD - indisponibilidade de veículos. Interrogatório por vídeo-conferência. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet.  
  • 81. Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Convênio BACEN-JUD - bloqueio eletrônico em contas bancárias dos devedores. Convênio RENA-JUD - indisponibilidade de veículos. Interrogatório por vídeo-conferência. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet.  
  • 82. Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Convênio BACEN-JUD - bloqueio eletrônico em contas bancárias dos devedores. Convênio RENA-JUD - indisponibilidade de veículos. Interrogatório por vídeo-conferência. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet.  
  • 83. Processo eletrônico no Brasil Outros usos atuais. Convênio BACEN-JUD - bloqueio eletrônico em contas bancárias dos devedores. Convênio RENA-JUD - indisponibilidade de veículos. Interrogatório por vídeo-conferência. Publicação de despachos, sentenças e acórdãos pelo Internet.  
  • 84. Processo eletrônico no Brasil Perspectivas futuras. Citação por Facebook ou Twitter?  Brasil:  TSE concede, pela primeira vez, direito de resposta no Twitter. Inglaterra emite ordem judicial pelo Twitter.  
  • 85. Processo eletrônico no Brasil Perspectivas futuras. Citação por Facebook ou Twitter?  Brasil:  TSE concede, pela primeira vez, direito de resposta no Twitter . Inglaterra emite ordem judicial pelo Twitter.  
  • 86. Processo eletrônico no Brasil Perspectivas futuras. Citação por Facebook ou Twitter?  Brasil:  TSE concede, pela primeira vez, direito de resposta no Twitter . Inglaterra emite ordem judicial pelo Twitter.  
  • 87. MUITO OBRIGADO! [email_address] @JorgeAraujo Direito e Trabalho.com

Notas do Editor

  1. Salário mínimo 445,00 = R$ 17800,00 ou US$ 10.000,00.
  2. Antigamente havia as Juntas de Conciliação e Julgamento com juízes leigos (representantes dos empregados e empregadores), que foram extintos. Na Justiça Comum dos Estados há juizados em que os juízes são leigos, que presidem audiências e dão decisões.
  3. Eleições 2000. Brasil - mais de 100 milhões votaram de forma eletrônica com resultados proclamados ao final do dia.
  4. Há pelo menos 15 anos a declaração de ajuste de Imposto de Renda no Brasil é feita pela Internet.
  5. Enquanto isso nos EUA por uma diferença de 0,0092% George W. Bush levou os 25 votos da Flórida, consagrando-se presidente sobre o democrata Al Gore, sem que se tenha permitido a recontagem dos votos do estado, descumprindo-se a legislação do estado, o que foi chancelado pela Suprema Corte pelo placar de 5 x 4, em favor do republicano.
  6. Em 2008 Barack Obama foi eleito através de uma agressiva campanha envolvendo redes sociais, smartphones, mensagens para celulares, de áudio para telefones, etc. obtento uma vantagem nestes campos impressionante sobre o seu adversário McCain.
  7. Filipinas março/2001 Através de simples mensagens de celular via SMS se reuniram mais de 3 miilhões de pessoas nas ruas para depor o presidenteJoseph Estrada
  8. Nos dias atuais Atualmente no Oriente Médio em diversos países a população se reúne, organizada através das redes sociais para pedir a deposição doa seus governantes, o que ocorreu com sucesso já na Tunísia e no Egito e que, com uma maior dose de conflito ocorre agora na Líbia, de Kadaffi.
  9. No Brasil quando os primeiros juízes passaram a adotar as máquinas de escrever para registrar as suas decisões, houve reações. Chegou a ocorrer reforma das decisões, pois a escrita à máquina afastava a "pessoalidade" da decisão. 
  10. O que é um processo. É isso?
  11. Ou isso?
  12. Em 1962 o físico estadunidens Thomas Kuhn legou ao mundo o seu livro A Estrutura das Revoluções Científicas. Nesta obra ele referia que a academia guardava um especial apreço pelas idéias vitoriosas para a solução de problemas. Ou seja um determinado fenômeno ou fato científico, após obter uma explicação plausível dos cientistas da época se transforma em um "paradigma". Este paradigma, ainda que não responda a todas as dificuldades que se apresentem posteriormente, tende a ser defendido pelos cientistas que a ele aderiam, sendo que os novos cientistas ou as novas idéias têm dificuldades de se estabelecer a ponto de afastar estas soluções pré-concebidas. Assim apenas quando as velhas teorias começam a dar muitos problemas é que passam a ser aceitas as novas. Seria mais ou menos como a troca de uma lente, em que se passa a ver o mundo sob uma nova forma de olhar. 
  13. Galileu Galilei.
  14. Concepção creacionista do homem. Criado a partir da vontade de Deus.
  15. Com o advento da Informática, em especial da microinformática ou do Personal Computer ou PC e a sua popularização se começou a experimentar o seu uso nos cartórios judiciais. Primeiro como um substituto da máquina de escrever e, logo a seguir, como uma alternativa para a organização do próprio cartório.
  16. No entanto o modelo se esgotou. Atualmente quase que 100% dos documentos são elaborados e armazenados de forma eletrônica, sendo que uma das únicas utilidades das impressoras atualmente é a impressão para a inclusão dos documentos em processos judiciais.
  17. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  18. Não se justifica mais sob nenhum aspecto que o processo seja este acumulado de papéis e ácaros. 
  19. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  20. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  21. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  22. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  23. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  24. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  25. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  26. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  27. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  28. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  29. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  30. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  31. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  32. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  33. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  34. E também se popularizam os meios de acesso a este material.
  35. E também se popularizam os meios de acesso a este material.