SlideShare uma empresa Scribd logo
Ricardo Oliveira | jricardol@gmail.com
Universidade Aberta, LE@D
Jornada Internacional Online: Educação, Tecnologia e Inovação
Jornada Internacional Online: Educación, Tecnología e Innovación
4 e 5 de junho de 2015
https://sites.google.com/site/grupouabpeti/home/jio
As Ferramentas da Web:
um canivete multifacetado nas malhas da
Avaliação Digital Alternativa
As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa
1. Breve enquadramento
2. Os desafios pedagógicos da avaliação
2.1. Da memorização às competências
2.2. A problemática da avaliação digital
2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital
3. Conclusão
Índice
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 3
1. Breve enquadramento Curiosidade:
O exército suiço
pretendia, para uso
exclusivo dos seus
soldados, um canivete
que fosse versátil, leve,
resistente e fácil de
transportar.
Fonte: Wikipedia
Evolução
da Web
Fins
Profissionais
Académicos
Pessoais
Entretenimento
Educação
Planificar
Gerir
Conceção
Conteúdos
Atividades
Desafios
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 4
1. Breve enquadramento
Neste estudo pretende abordar-se o tema da avaliação, particularmente a avaliação digital.
Irá ser apresentado um retrato panorâmico baseado em alguns estudos que se têm
debruçado sobre esta problemática.
Na composição desta abordagem propõe-se três pontos fundamentais:
(1) Os desafios pedagógicos, na vertente da avaliação, no século XXI;
(2) A problemática da avaliação digital;
(3) O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital.
 Processo de revisão da literatura com a análise de dados (investigações sobre o tema).
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 5
2. Os desafios pedagógicos da avaliação
2.1. Da memorização às competências
A pedagogia era induzida à aplicação rígida e pouco favorável dos
objetivos relacionados com o raciocínio (Perrenoud, 2002).
Passamos a assistir à preocupação da continuidade das aprendizagens
e do seu caráter em espiral e a uma rutura com a memorização de
factos e regras, projetando-nos para o cenário do desenvolvimento
das competências (Perrenoud, 2002; Macedo, 2002).
Evolução
memorização
memorização
de
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 6
2. Os desafios pedagógicos da avaliação
2.2. A problemática da avaliação digital
 Tema ainda mais complexo no contexto digital.
 Conceitos mais frequentes:
 Avaliação digital (Pereira, Oliveira & Tinoca, 2010; Gomes, Amante & Oliveira, 2012).
 e-Assessment (Tinoca, Oliveira & Pereira, 2013; Dias, 2006).
 Características do Modelo de Avaliação Digital Alternativa:
(Pereira, Oliveira & Tinoca, 2010)
 Diversificação de métodos;
 Avaliação integrada (ensino/aprendizagem);
 Estudantes  papel ativo;
 Transparência nos métodos com critérios explícitos;
 Os resultados não pretendem julgar;
 Fiabilidade e validade.
Curiosidade:
O canivete original,
destinado ao exército
suíço, tinha duas
versões: uma para os
soldados e outra para
os oficiais.
Fonte: Wikipedia
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 7
2. Os desafios pedagógicos da avaliação
2.2. A problemática da avaliação digital
PAC
(Programa de Avaliação
de Competências)
Variedade de
estratégias
Processo
formativo
4 dimensões
Integração:
conhecimentos,
habilidades,
atitudes
Perspetiva
holística
Processo multidimensional
(Porto, 2005)
1. Autenticidade;
2. Consistência;
3. Transparência e
4. Praticabilidade
(Pereira, 2011)
Intervenção dos
estudantes nos
critérios de
avaliação
(Oliveira &
Oliveira, 2013)
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 8
2. Os desafios pedagógicos da avaliação
2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital
Baseado no estudo feito por Peres e Pimenta (2011), apresentam-se
alguns exemplos de propostas de atividades para a avaliação,
proporcionadas pela Web no seu canivete multifacetado de ferramentas,
estabelecendo uma certa relação com a taxonomia de Bloom.
Nível 1
Aquisição
Nível 3
Aplicação
Nível 5
Síntese
Nível 2
Compreensão
Nível 4
Análise
Nível 6
Avaliação
Taxonomia de Bloom
Curiosidade:
A versão dos
soldados tinha
como extras: chave
de fendas, agulha e
abrelatas.
Fonte: Wikipedia
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 9
2. Os desafios pedagógicos da avaliação
2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital
Gynzy
- http://www.gynzy.com/en/corporate
- Atividade: memorização
EasyTestMaker
- http://www.easytestmaker.com/
- Atividade: questões fechadas
GoConqr
- http://www.goconqr.com/
- Atividade: escolha múltipla
WordFast
- http://www.wordfast.net/
- Atividade: glossários
Taxonomia de Bloom
Nível 1 – Aquisição Exemplos de atividades
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 10
2. Os desafios pedagógicos da avaliação
2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital
Mindomo
- http://www.mindomo.com/pt/
- Atividade: mapas concetuais
EDpuzzle
- http://edpuzzle.com/
- Atividade: Vídeo-quizzes
Taxonomia de Bloom
Nível 2 – Compreensão Exemplos de atividades
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 11
2. Os desafios pedagógicos da avaliação
2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital
Wordpress
- http://pt.wordpress.com/
- Atividade: blogues
Thinkfree
- http://www.thinkfree.com/
- Atividade: e-Portefólios
Taxonomia de Bloom
Nível 3 – Aplicação Exemplos de atividades
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 12
2. Os desafios pedagógicos da avaliação
2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital
Tiki-toki
- http://www.tiki-toki.com/
- Atividade: linhas de tempo
Taxonomia de Bloom
Nível 4 – Análise Exemplos de atividades
Curiosidade:
Já a versão dos
oficiais era mais
leve e tinha ainda
um saca-rolhas e
uma segunda
lâmina mais
pequena.
Fonte: Wikipedia
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 13
2. Os desafios pedagógicos da avaliação
2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital
Easelly
- http://www.easel.ly/
- Atividade: infográficos
Podomatic
- http://www.podomatic.com
- Atividade: podcasts
Taxonomia de Bloom
Nível 5 – Síntese Exemplos de atividades
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 14
2. Os desafios pedagógicos da avaliação
2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital
Skype
- http://www.skype.com/pt/
- Atividades colaborativas: crítica e discussão (chats,
fóruns, videoconferência)
Taxonomia de Bloom
Nível 6 – Avaliação Exemplos de atividades
Curiosidade:
Os canivetes
assumem várias
combinações de
ferramentas.
No final do séc. XX,
a empresa
apresenta mais de
400 modelos
diferentes.
Fonte: Wikipedia
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 15
2. Os desafios pedagógicos da avaliação
2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital
 Embora as questões de natureza objetiva, como é o caso dos testes online, apresentarem
vantagens diversas (Peres & Pimenta, 2011), entre as quais poderíamos destacar o
feedback imediato e específico (Porto, 2005), não permitem que os estudantes atinjam
níveis mais elaborados que exijam raciocínio, pelo facto de não permitirem a construção
das suas próprias respostas.
 É, por estas razões, importante que se apliquem sistemas que permitam a exploração
dessas competências, através de mecanismos assíncronos (Porto, 2005), como é o caso dos
fóruns de discussão.
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 16
2. Os desafios pedagógicos da avaliação
2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital
 Importância dos fóruns de discussão:
 Projetam conhecimentos e entreajuda nas aprendizagens a realizar;
 Mais-valia para a aprendizagem, encorajando a autorregulação (Oliveira & Oliveira,
2013).
 Importância do feedback (atempado e oportuno):
 O estudante necessita de informação sobre a qualidade do seu trabalho;
 É importante que sejam fornecidas sugestões construtivas como objetivo de melhorar
o desempenho e melhoria da sua aprendizagem (Porto, 2005).
 Outros instrumentos de avaliação (ainda pouco utilizados):
 Mapas concetuais; blogues; quizzes; e-portefólios; redes sociais e mundos imersivos
(Amante, Gomes & Oliveira, 2012).
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 17
3. Conclusão
Regressando aos três pontos fundamentais apresentados no início:
(1) Os desafios pedagógicos, na vertente da avaliação, no século XXI
 O facto de ser mais complexo ensinar e avaliar saberes de nível superior, irá exigir do mundo da
investigação um maior esforço na abordagem da avaliação digital e na apresentação de propostas
exequíveis, demonstrando mais-valias para o ensino.
(2) A problemática da avaliação digital
 Prende-se com a ausência de informações visuais e do impacto direto que a comunicação verbal
apresenta.
 Autenticidade na avaliação digital.
 Mudança de conceções dos professores, muito enraizadas no ambiente presencial.
(3) O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital
 Da planificação à ação para todos os níveis de conhecimento.
 O desnível de práticas avaliativas podem ser derivadas das conceções que os professores têm em
“pisar terrenos desconhecidos” e pelo tempo que é exigido em conhecer e aplicar novos instrumentos
de avaliação.
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 18
3. Conclusão
Acreditamos que só com o conhecimento poderemos desbravar o
desconhecido, daí propormos a abertura do canivete multifacetado
sem receio de o utilizar convenientemente.
Curiosidade:
O modelo mais
conhecido é o
“Swiss Champ”,
dotado de mais de
30 peças e pesando
menos de 200
gramas.
Fonte: Wikipedia
05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 19
4. Referências bibliográficas
• Amante, L.; Gomes, M. J. & Oliveira, I. (2012). Avaliação Digital no Ensino
Superior em Portugal. In: João Matos e outros (Orgs.). Atas do II Congresso
Internacional TIC e Educação: TICEduca 2012. Lisboa: Instituto de
Educação. Pp. 45-66.
• Dias, A. (2006). E-Assessment no Ensino Superior: constrangimentos e
potencialidades. Dissertação de Mestrado. Universidade de Aveiro.
• Gomes, M. J.; Amante, L. & Oliveira, I. (2012). Avaliação Digital no Ensino
Superior em Portugal: primeiros resultados. Revista Linhas - Programa de
Pós-Graduação em Educação. Florianópolis. V. 13(2). jul/dez. 2012.
• Oliveira, R. & Oliveira, I. (2013). Estratégias de avaliação digital: um
estudo de caso no âmbito do ensino superior. In: Atas do III Colóquio Luso-
Brasileirode Educação a Distância e Elearning. Lisboa: Universidade
Aberta - LEAD. dez/2013.
• Pereira, A. (2011). Uma visão alternativa para a avaliaçãoonline. In: Paulo
Dias e António Osório (Orgs.). Atas da VII Conferência Internacional de TIC
na Educação. Braga: Centro de Competência da Universidade do Minho.
Pp.1003-1015.
• Pereira, A., Oliveira, I., & Tinoca, L. (2010). A Cultura de Avaliação:
que dimensões? In: Fernando Costa, Guilhermina Miranda, João
Matos, Isabel Chagas e Elisabete Cruz (Eds.). Actas do I Encontro
Internacional TIC e Educação: TICEduca 2010. Lisboa, novembro
2010.
• Peres, P. & Pimenta, P. (2011). Teorias e Práticas de B-Learning.
Lisboa: Edições Sílabo.
• Perrenoud, P. (2002). Os desafios da avaliação no contexto dos
ciclos de aprendizagem plurianuais. In: Philippe Perrenoud e
Monica Gather (Orgs.). Competências para Ensinar no Século XXI -
A formação dos professores e o desafio da avaliação. Pp.35-59.
Porto Alegre: Artmed.
• Tinoca, L., Oliveira, I., & Pereira, A. (2013). A conceptual
framework for e-assessment in Higher Education–authenticity,
consistency, transparency and praticability. Handbook of Research
on TransnationalHigher Education Management. IGI Global.
05/junho/2015 20
As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa
Obrigado!
Ricardo Oliveira | jricardol@gmail.com
Universidade Aberta, LE@D

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho Fórum de ferramentas interativas - Conclusão do Grupo 1
Trabalho Fórum de ferramentas interativas -  Conclusão do Grupo 1Trabalho Fórum de ferramentas interativas -  Conclusão do Grupo 1
Trabalho Fórum de ferramentas interativas - Conclusão do Grupo 1
Aracele De Oliveira Fassbinder
 
5 cc red
5 cc red5 cc red
5 cc red
SuleymanAbudo
 
Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem
Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem
Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem
Sandra Oliveira
 
Edital odes
Edital odesEdital odes
Edital odes
debaufscar
 
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEMDEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
Renata Vasconcellos
 
Ticeduca2010 avaliacao webcurriculo google docs e qualiquantisoft
Ticeduca2010 avaliacao webcurriculo google docs e qualiquantisoftTiceduca2010 avaliacao webcurriculo google docs e qualiquantisoft
Ticeduca2010 avaliacao webcurriculo google docs e qualiquantisoft
Renata Aquino
 
Guia do participante autoinstrução curso vi t 1 19 6
Guia do participante autoinstrução curso vi t 1 19 6Guia do participante autoinstrução curso vi t 1 19 6
Guia do participante autoinstrução curso vi t 1 19 6
Karlla Costa
 
Introdução a Educação Digital - 1ª unidade
Introdução a Educação Digital - 1ª unidadeIntrodução a Educação Digital - 1ª unidade
Introdução a Educação Digital - 1ª unidade
catialima
 
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus PapéisA Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Relatório 9° workshop
Relatório 9° workshopRelatório 9° workshop
Relatório 9° workshop
Abadia Cardoso
 

Mais procurados (10)

Trabalho Fórum de ferramentas interativas - Conclusão do Grupo 1
Trabalho Fórum de ferramentas interativas -  Conclusão do Grupo 1Trabalho Fórum de ferramentas interativas -  Conclusão do Grupo 1
Trabalho Fórum de ferramentas interativas - Conclusão do Grupo 1
 
5 cc red
5 cc red5 cc red
5 cc red
 
Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem
Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem
Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem
 
Edital odes
Edital odesEdital odes
Edital odes
 
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEMDEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
DEVICES COMO FERRAMENTAS DE APRENDIZAGEM
 
Ticeduca2010 avaliacao webcurriculo google docs e qualiquantisoft
Ticeduca2010 avaliacao webcurriculo google docs e qualiquantisoftTiceduca2010 avaliacao webcurriculo google docs e qualiquantisoft
Ticeduca2010 avaliacao webcurriculo google docs e qualiquantisoft
 
Guia do participante autoinstrução curso vi t 1 19 6
Guia do participante autoinstrução curso vi t 1 19 6Guia do participante autoinstrução curso vi t 1 19 6
Guia do participante autoinstrução curso vi t 1 19 6
 
Introdução a Educação Digital - 1ª unidade
Introdução a Educação Digital - 1ª unidadeIntrodução a Educação Digital - 1ª unidade
Introdução a Educação Digital - 1ª unidade
 
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus PapéisA Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
 
Relatório 9° workshop
Relatório 9° workshopRelatório 9° workshop
Relatório 9° workshop
 

Semelhante a As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa

weti-nova-normalidade
weti-nova-normalidadeweti-nova-normalidade
weti-nova-normalidade
Vitor Gonçalves
 
Apresentação à Comissão de Acompanhamento do PhD
Apresentação à Comissão de Acompanhamento do PhDApresentação à Comissão de Acompanhamento do PhD
Apresentação à Comissão de Acompanhamento do PhD
Joaquim Silva
 
[Dia 3] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC
[Dia 3] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC[Dia 3] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC
[Dia 3] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC
Diversão Séria UFABC
 
Ensinar e aprender com TIC
Ensinar e aprender com TICEnsinar e aprender com TIC
Ensinar e aprender com TIC
Carlos Pinheiro
 
Ensinar e aprender online teip 2
Ensinar e aprender online teip 2Ensinar e aprender online teip 2
Ensinar e aprender online teip 2
Universidade Católica Portuguesa
 
Elearning: virtualidades e pontos críticos Congresso Aprendizagem/Desenvolvim...
Elearning: virtualidades e pontos críticos Congresso Aprendizagem/Desenvolvim...Elearning: virtualidades e pontos críticos Congresso Aprendizagem/Desenvolvim...
Elearning: virtualidades e pontos críticos Congresso Aprendizagem/Desenvolvim...
João Paz
 
Artefacto digital 1 | Competências digitais para professores
Artefacto digital 1 | Competências digitais para professoresArtefacto digital 1 | Competências digitais para professores
Artefacto digital 1 | Competências digitais para professores
Margarida Pereira
 
Guia Curso
Guia CursoGuia Curso
Guia Curso
Artur Coelho
 
Trabalho_Quizz_Educacional_corrigido..pdf
Trabalho_Quizz_Educacional_corrigido..pdfTrabalho_Quizz_Educacional_corrigido..pdf
Trabalho_Quizz_Educacional_corrigido..pdf
Camila Martins
 
Apresentacao Tic Agrupamento Versao Final
Apresentacao Tic Agrupamento Versao FinalApresentacao Tic Agrupamento Versao Final
Apresentacao Tic Agrupamento Versao Final
Fernando Rui Campos
 
Unidade 3 - Ambientação Digital e EaD.pdf
Unidade 3 - Ambientação Digital e EaD.pdfUnidade 3 - Ambientação Digital e EaD.pdf
Unidade 3 - Ambientação Digital e EaD.pdf
julianaantunes58
 
Apresentação WAvalia - SBIE 2009
Apresentação WAvalia - SBIE 2009Apresentação WAvalia - SBIE 2009
Apresentação WAvalia - SBIE 2009
Ismar Silveira
 
Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...
Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...
Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...
GILT (Games, Interaction and Learning Technologies) IS Engenharia do Porto
 
O Contributo das Tecnologias Digitais na Transparência da Avaliação Digital n...
O Contributo das Tecnologias Digitais na Transparência da Avaliação Digital n...O Contributo das Tecnologias Digitais na Transparência da Avaliação Digital n...
O Contributo das Tecnologias Digitais na Transparência da Avaliação Digital n...
Ricardo Oliveira
 
Relatório ava_2015martasaraiva
Relatório ava_2015martasaraivaRelatório ava_2015martasaraiva
Relatório ava_2015martasaraiva
Marta Saraiva
 
[Dia 1] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC
[Dia 1] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC [Dia 1] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC
[Dia 1] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC
Diversão Séria UFABC
 
Curso ead gtp
Curso ead   gtpCurso ead   gtp
Curso ead gtp
Cláudia Burihan
 
Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)
Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)
Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)
EB 2,3 Rainha Santa Isabel - Carreira
 
O Aluno de Letras na Era Digital
O Aluno de Letras na Era DigitalO Aluno de Letras na Era Digital
O Aluno de Letras na Era Digital
Kátia Modesto Valério
 
Avaliacao
AvaliacaoAvaliacao
Avaliacao
Monica Freitas
 

Semelhante a As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa (20)

weti-nova-normalidade
weti-nova-normalidadeweti-nova-normalidade
weti-nova-normalidade
 
Apresentação à Comissão de Acompanhamento do PhD
Apresentação à Comissão de Acompanhamento do PhDApresentação à Comissão de Acompanhamento do PhD
Apresentação à Comissão de Acompanhamento do PhD
 
[Dia 3] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC
[Dia 3] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC[Dia 3] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC
[Dia 3] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC
 
Ensinar e aprender com TIC
Ensinar e aprender com TICEnsinar e aprender com TIC
Ensinar e aprender com TIC
 
Ensinar e aprender online teip 2
Ensinar e aprender online teip 2Ensinar e aprender online teip 2
Ensinar e aprender online teip 2
 
Elearning: virtualidades e pontos críticos Congresso Aprendizagem/Desenvolvim...
Elearning: virtualidades e pontos críticos Congresso Aprendizagem/Desenvolvim...Elearning: virtualidades e pontos críticos Congresso Aprendizagem/Desenvolvim...
Elearning: virtualidades e pontos críticos Congresso Aprendizagem/Desenvolvim...
 
Artefacto digital 1 | Competências digitais para professores
Artefacto digital 1 | Competências digitais para professoresArtefacto digital 1 | Competências digitais para professores
Artefacto digital 1 | Competências digitais para professores
 
Guia Curso
Guia CursoGuia Curso
Guia Curso
 
Trabalho_Quizz_Educacional_corrigido..pdf
Trabalho_Quizz_Educacional_corrigido..pdfTrabalho_Quizz_Educacional_corrigido..pdf
Trabalho_Quizz_Educacional_corrigido..pdf
 
Apresentacao Tic Agrupamento Versao Final
Apresentacao Tic Agrupamento Versao FinalApresentacao Tic Agrupamento Versao Final
Apresentacao Tic Agrupamento Versao Final
 
Unidade 3 - Ambientação Digital e EaD.pdf
Unidade 3 - Ambientação Digital e EaD.pdfUnidade 3 - Ambientação Digital e EaD.pdf
Unidade 3 - Ambientação Digital e EaD.pdf
 
Apresentação WAvalia - SBIE 2009
Apresentação WAvalia - SBIE 2009Apresentação WAvalia - SBIE 2009
Apresentação WAvalia - SBIE 2009
 
Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...
Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...
Educação pelo Prazer: as tecnologias emergentes e a construção de um recreio ...
 
O Contributo das Tecnologias Digitais na Transparência da Avaliação Digital n...
O Contributo das Tecnologias Digitais na Transparência da Avaliação Digital n...O Contributo das Tecnologias Digitais na Transparência da Avaliação Digital n...
O Contributo das Tecnologias Digitais na Transparência da Avaliação Digital n...
 
Relatório ava_2015martasaraiva
Relatório ava_2015martasaraivaRelatório ava_2015martasaraiva
Relatório ava_2015martasaraiva
 
[Dia 1] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC
[Dia 1] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC [Dia 1] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC
[Dia 1] Apresentações de trabalhos: Pesquisa e Extensão na UFABC
 
Curso ead gtp
Curso ead   gtpCurso ead   gtp
Curso ead gtp
 
Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)
Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)
Literacia Sociodigital, numa escola orientada para o futuro (AFIRSE 2017)
 
O Aluno de Letras na Era Digital
O Aluno de Letras na Era DigitalO Aluno de Letras na Era Digital
O Aluno de Letras na Era Digital
 
Avaliacao
AvaliacaoAvaliacao
Avaliacao
 

Mais de Ricardo Oliveira

Práticas Pedagógicas em Ambientes Digitais
Práticas Pedagógicas em Ambientes DigitaisPráticas Pedagógicas em Ambientes Digitais
Práticas Pedagógicas em Ambientes Digitais
Ricardo Oliveira
 
O mapa concetual como instrumento de avaliação digital - um estudo realizado ...
O mapa concetual como instrumento de avaliação digital - um estudo realizado ...O mapa concetual como instrumento de avaliação digital - um estudo realizado ...
O mapa concetual como instrumento de avaliação digital - um estudo realizado ...
Ricardo Oliveira
 
Cartaz - II Jornadas Internacionais Online de Educação, Tecnologia e Inovação
Cartaz - II Jornadas Internacionais Online de Educação, Tecnologia e InovaçãoCartaz - II Jornadas Internacionais Online de Educação, Tecnologia e Inovação
Cartaz - II Jornadas Internacionais Online de Educação, Tecnologia e Inovação
Ricardo Oliveira
 
Mapa de conceitos - Objetos de Aprendizagem
Mapa de conceitos - Objetos de AprendizagemMapa de conceitos - Objetos de Aprendizagem
Mapa de conceitos - Objetos de Aprendizagem
Ricardo Oliveira
 
JIO - faltam 3 meses
JIO - faltam 3 mesesJIO - faltam 3 meses
JIO - faltam 3 meses
Ricardo Oliveira
 
Poster JIO - Informações
Poster JIO - InformaçõesPoster JIO - Informações
Poster JIO - Informações
Ricardo Oliveira
 
Implementação e exploração de uma plataforma de e-learning numa escola
Implementação e exploração de uma plataforma de e-learning numa escolaImplementação e exploração de uma plataforma de e-learning numa escola
Implementação e exploração de uma plataforma de e-learning numa escola
Ricardo Oliveira
 
Estratégias de avaliação digital: um estudo de caso no âmbito do ensino superior
Estratégias de avaliação digital: um estudo de caso no âmbito do ensino superiorEstratégias de avaliação digital: um estudo de caso no âmbito do ensino superior
Estratégias de avaliação digital: um estudo de caso no âmbito do ensino superior
Ricardo Oliveira
 
No escuro da noite. Uma reflexão sobre a violência em pessoas idosas.
No escuro da noite. Uma reflexão sobre a violência em pessoas idosas.No escuro da noite. Uma reflexão sobre a violência em pessoas idosas.
No escuro da noite. Uma reflexão sobre a violência em pessoas idosas.
Ricardo Oliveira
 
Sistema Circulatório
Sistema CirculatórioSistema Circulatório
Sistema Circulatório
Ricardo Oliveira
 
Acção 3 - AgrupAT
Acção 3 - AgrupATAcção 3 - AgrupAT
Acção 3 - AgrupAT
Ricardo Oliveira
 

Mais de Ricardo Oliveira (11)

Práticas Pedagógicas em Ambientes Digitais
Práticas Pedagógicas em Ambientes DigitaisPráticas Pedagógicas em Ambientes Digitais
Práticas Pedagógicas em Ambientes Digitais
 
O mapa concetual como instrumento de avaliação digital - um estudo realizado ...
O mapa concetual como instrumento de avaliação digital - um estudo realizado ...O mapa concetual como instrumento de avaliação digital - um estudo realizado ...
O mapa concetual como instrumento de avaliação digital - um estudo realizado ...
 
Cartaz - II Jornadas Internacionais Online de Educação, Tecnologia e Inovação
Cartaz - II Jornadas Internacionais Online de Educação, Tecnologia e InovaçãoCartaz - II Jornadas Internacionais Online de Educação, Tecnologia e Inovação
Cartaz - II Jornadas Internacionais Online de Educação, Tecnologia e Inovação
 
Mapa de conceitos - Objetos de Aprendizagem
Mapa de conceitos - Objetos de AprendizagemMapa de conceitos - Objetos de Aprendizagem
Mapa de conceitos - Objetos de Aprendizagem
 
JIO - faltam 3 meses
JIO - faltam 3 mesesJIO - faltam 3 meses
JIO - faltam 3 meses
 
Poster JIO - Informações
Poster JIO - InformaçõesPoster JIO - Informações
Poster JIO - Informações
 
Implementação e exploração de uma plataforma de e-learning numa escola
Implementação e exploração de uma plataforma de e-learning numa escolaImplementação e exploração de uma plataforma de e-learning numa escola
Implementação e exploração de uma plataforma de e-learning numa escola
 
Estratégias de avaliação digital: um estudo de caso no âmbito do ensino superior
Estratégias de avaliação digital: um estudo de caso no âmbito do ensino superiorEstratégias de avaliação digital: um estudo de caso no âmbito do ensino superior
Estratégias de avaliação digital: um estudo de caso no âmbito do ensino superior
 
No escuro da noite. Uma reflexão sobre a violência em pessoas idosas.
No escuro da noite. Uma reflexão sobre a violência em pessoas idosas.No escuro da noite. Uma reflexão sobre a violência em pessoas idosas.
No escuro da noite. Uma reflexão sobre a violência em pessoas idosas.
 
Sistema Circulatório
Sistema CirculatórioSistema Circulatório
Sistema Circulatório
 
Acção 3 - AgrupAT
Acção 3 - AgrupATAcção 3 - AgrupAT
Acção 3 - AgrupAT
 

Último

REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
BiancaCristina75
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 

Último (20)

REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdfCurativo de cateter venoso central na UTI.pdf
Curativo de cateter venoso central na UTI.pdf
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 

As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa

  • 1. Ricardo Oliveira | jricardol@gmail.com Universidade Aberta, LE@D Jornada Internacional Online: Educação, Tecnologia e Inovação Jornada Internacional Online: Educación, Tecnología e Innovación 4 e 5 de junho de 2015 https://sites.google.com/site/grupouabpeti/home/jio As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa
  • 2. As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 1. Breve enquadramento 2. Os desafios pedagógicos da avaliação 2.1. Da memorização às competências 2.2. A problemática da avaliação digital 2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital 3. Conclusão Índice
  • 3. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 3 1. Breve enquadramento Curiosidade: O exército suiço pretendia, para uso exclusivo dos seus soldados, um canivete que fosse versátil, leve, resistente e fácil de transportar. Fonte: Wikipedia Evolução da Web Fins Profissionais Académicos Pessoais Entretenimento Educação Planificar Gerir Conceção Conteúdos Atividades Desafios
  • 4. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 4 1. Breve enquadramento Neste estudo pretende abordar-se o tema da avaliação, particularmente a avaliação digital. Irá ser apresentado um retrato panorâmico baseado em alguns estudos que se têm debruçado sobre esta problemática. Na composição desta abordagem propõe-se três pontos fundamentais: (1) Os desafios pedagógicos, na vertente da avaliação, no século XXI; (2) A problemática da avaliação digital; (3) O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital.  Processo de revisão da literatura com a análise de dados (investigações sobre o tema).
  • 5. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 5 2. Os desafios pedagógicos da avaliação 2.1. Da memorização às competências A pedagogia era induzida à aplicação rígida e pouco favorável dos objetivos relacionados com o raciocínio (Perrenoud, 2002). Passamos a assistir à preocupação da continuidade das aprendizagens e do seu caráter em espiral e a uma rutura com a memorização de factos e regras, projetando-nos para o cenário do desenvolvimento das competências (Perrenoud, 2002; Macedo, 2002). Evolução memorização memorização de
  • 6. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 6 2. Os desafios pedagógicos da avaliação 2.2. A problemática da avaliação digital  Tema ainda mais complexo no contexto digital.  Conceitos mais frequentes:  Avaliação digital (Pereira, Oliveira & Tinoca, 2010; Gomes, Amante & Oliveira, 2012).  e-Assessment (Tinoca, Oliveira & Pereira, 2013; Dias, 2006).  Características do Modelo de Avaliação Digital Alternativa: (Pereira, Oliveira & Tinoca, 2010)  Diversificação de métodos;  Avaliação integrada (ensino/aprendizagem);  Estudantes  papel ativo;  Transparência nos métodos com critérios explícitos;  Os resultados não pretendem julgar;  Fiabilidade e validade. Curiosidade: O canivete original, destinado ao exército suíço, tinha duas versões: uma para os soldados e outra para os oficiais. Fonte: Wikipedia
  • 7. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 7 2. Os desafios pedagógicos da avaliação 2.2. A problemática da avaliação digital PAC (Programa de Avaliação de Competências) Variedade de estratégias Processo formativo 4 dimensões Integração: conhecimentos, habilidades, atitudes Perspetiva holística Processo multidimensional (Porto, 2005) 1. Autenticidade; 2. Consistência; 3. Transparência e 4. Praticabilidade (Pereira, 2011) Intervenção dos estudantes nos critérios de avaliação (Oliveira & Oliveira, 2013)
  • 8. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 8 2. Os desafios pedagógicos da avaliação 2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital Baseado no estudo feito por Peres e Pimenta (2011), apresentam-se alguns exemplos de propostas de atividades para a avaliação, proporcionadas pela Web no seu canivete multifacetado de ferramentas, estabelecendo uma certa relação com a taxonomia de Bloom. Nível 1 Aquisição Nível 3 Aplicação Nível 5 Síntese Nível 2 Compreensão Nível 4 Análise Nível 6 Avaliação Taxonomia de Bloom Curiosidade: A versão dos soldados tinha como extras: chave de fendas, agulha e abrelatas. Fonte: Wikipedia
  • 9. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 9 2. Os desafios pedagógicos da avaliação 2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital Gynzy - http://www.gynzy.com/en/corporate - Atividade: memorização EasyTestMaker - http://www.easytestmaker.com/ - Atividade: questões fechadas GoConqr - http://www.goconqr.com/ - Atividade: escolha múltipla WordFast - http://www.wordfast.net/ - Atividade: glossários Taxonomia de Bloom Nível 1 – Aquisição Exemplos de atividades
  • 10. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 10 2. Os desafios pedagógicos da avaliação 2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital Mindomo - http://www.mindomo.com/pt/ - Atividade: mapas concetuais EDpuzzle - http://edpuzzle.com/ - Atividade: Vídeo-quizzes Taxonomia de Bloom Nível 2 – Compreensão Exemplos de atividades
  • 11. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 11 2. Os desafios pedagógicos da avaliação 2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital Wordpress - http://pt.wordpress.com/ - Atividade: blogues Thinkfree - http://www.thinkfree.com/ - Atividade: e-Portefólios Taxonomia de Bloom Nível 3 – Aplicação Exemplos de atividades
  • 12. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 12 2. Os desafios pedagógicos da avaliação 2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital Tiki-toki - http://www.tiki-toki.com/ - Atividade: linhas de tempo Taxonomia de Bloom Nível 4 – Análise Exemplos de atividades Curiosidade: Já a versão dos oficiais era mais leve e tinha ainda um saca-rolhas e uma segunda lâmina mais pequena. Fonte: Wikipedia
  • 13. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 13 2. Os desafios pedagógicos da avaliação 2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital Easelly - http://www.easel.ly/ - Atividade: infográficos Podomatic - http://www.podomatic.com - Atividade: podcasts Taxonomia de Bloom Nível 5 – Síntese Exemplos de atividades
  • 14. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 14 2. Os desafios pedagógicos da avaliação 2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital Skype - http://www.skype.com/pt/ - Atividades colaborativas: crítica e discussão (chats, fóruns, videoconferência) Taxonomia de Bloom Nível 6 – Avaliação Exemplos de atividades Curiosidade: Os canivetes assumem várias combinações de ferramentas. No final do séc. XX, a empresa apresenta mais de 400 modelos diferentes. Fonte: Wikipedia
  • 15. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 15 2. Os desafios pedagógicos da avaliação 2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital  Embora as questões de natureza objetiva, como é o caso dos testes online, apresentarem vantagens diversas (Peres & Pimenta, 2011), entre as quais poderíamos destacar o feedback imediato e específico (Porto, 2005), não permitem que os estudantes atinjam níveis mais elaborados que exijam raciocínio, pelo facto de não permitirem a construção das suas próprias respostas.  É, por estas razões, importante que se apliquem sistemas que permitam a exploração dessas competências, através de mecanismos assíncronos (Porto, 2005), como é o caso dos fóruns de discussão.
  • 16. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 16 2. Os desafios pedagógicos da avaliação 2.3. O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital  Importância dos fóruns de discussão:  Projetam conhecimentos e entreajuda nas aprendizagens a realizar;  Mais-valia para a aprendizagem, encorajando a autorregulação (Oliveira & Oliveira, 2013).  Importância do feedback (atempado e oportuno):  O estudante necessita de informação sobre a qualidade do seu trabalho;  É importante que sejam fornecidas sugestões construtivas como objetivo de melhorar o desempenho e melhoria da sua aprendizagem (Porto, 2005).  Outros instrumentos de avaliação (ainda pouco utilizados):  Mapas concetuais; blogues; quizzes; e-portefólios; redes sociais e mundos imersivos (Amante, Gomes & Oliveira, 2012).
  • 17. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 17 3. Conclusão Regressando aos três pontos fundamentais apresentados no início: (1) Os desafios pedagógicos, na vertente da avaliação, no século XXI  O facto de ser mais complexo ensinar e avaliar saberes de nível superior, irá exigir do mundo da investigação um maior esforço na abordagem da avaliação digital e na apresentação de propostas exequíveis, demonstrando mais-valias para o ensino. (2) A problemática da avaliação digital  Prende-se com a ausência de informações visuais e do impacto direto que a comunicação verbal apresenta.  Autenticidade na avaliação digital.  Mudança de conceções dos professores, muito enraizadas no ambiente presencial. (3) O impacto das ferramentas da Web na avaliação digital  Da planificação à ação para todos os níveis de conhecimento.  O desnível de práticas avaliativas podem ser derivadas das conceções que os professores têm em “pisar terrenos desconhecidos” e pelo tempo que é exigido em conhecer e aplicar novos instrumentos de avaliação.
  • 18. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 18 3. Conclusão Acreditamos que só com o conhecimento poderemos desbravar o desconhecido, daí propormos a abertura do canivete multifacetado sem receio de o utilizar convenientemente. Curiosidade: O modelo mais conhecido é o “Swiss Champ”, dotado de mais de 30 peças e pesando menos de 200 gramas. Fonte: Wikipedia
  • 19. 05/junho/2015 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa 19 4. Referências bibliográficas • Amante, L.; Gomes, M. J. & Oliveira, I. (2012). Avaliação Digital no Ensino Superior em Portugal. In: João Matos e outros (Orgs.). Atas do II Congresso Internacional TIC e Educação: TICEduca 2012. Lisboa: Instituto de Educação. Pp. 45-66. • Dias, A. (2006). E-Assessment no Ensino Superior: constrangimentos e potencialidades. Dissertação de Mestrado. Universidade de Aveiro. • Gomes, M. J.; Amante, L. & Oliveira, I. (2012). Avaliação Digital no Ensino Superior em Portugal: primeiros resultados. Revista Linhas - Programa de Pós-Graduação em Educação. Florianópolis. V. 13(2). jul/dez. 2012. • Oliveira, R. & Oliveira, I. (2013). Estratégias de avaliação digital: um estudo de caso no âmbito do ensino superior. In: Atas do III Colóquio Luso- Brasileirode Educação a Distância e Elearning. Lisboa: Universidade Aberta - LEAD. dez/2013. • Pereira, A. (2011). Uma visão alternativa para a avaliaçãoonline. In: Paulo Dias e António Osório (Orgs.). Atas da VII Conferência Internacional de TIC na Educação. Braga: Centro de Competência da Universidade do Minho. Pp.1003-1015. • Pereira, A., Oliveira, I., & Tinoca, L. (2010). A Cultura de Avaliação: que dimensões? In: Fernando Costa, Guilhermina Miranda, João Matos, Isabel Chagas e Elisabete Cruz (Eds.). Actas do I Encontro Internacional TIC e Educação: TICEduca 2010. Lisboa, novembro 2010. • Peres, P. & Pimenta, P. (2011). Teorias e Práticas de B-Learning. Lisboa: Edições Sílabo. • Perrenoud, P. (2002). Os desafios da avaliação no contexto dos ciclos de aprendizagem plurianuais. In: Philippe Perrenoud e Monica Gather (Orgs.). Competências para Ensinar no Século XXI - A formação dos professores e o desafio da avaliação. Pp.35-59. Porto Alegre: Artmed. • Tinoca, L., Oliveira, I., & Pereira, A. (2013). A conceptual framework for e-assessment in Higher Education–authenticity, consistency, transparency and praticability. Handbook of Research on TransnationalHigher Education Management. IGI Global.
  • 20. 05/junho/2015 20 As Ferramentas da Web: um canivete multifacetado nas malhas da Avaliação Digital Alternativa Obrigado! Ricardo Oliveira | jricardol@gmail.com Universidade Aberta, LE@D